CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Graduação | Ciências Biológicas - Bacharelado | Pesquisa Científica

Ciências Biológicas

Bacharelado | 8 semestres letivos | Noturno

Pesquisa Científica


Buscar projeto por

Resumo:
A abelha indígena sem ferrão Tetragonisca angustula (jataí) é uma das espécies mais conhecidas na América Tropical. Devido sua capacidade de adaptação e hábitos de nidificação, vivem em grandes e pequenas cidades, nas florestas virgens e capoeiras, nos cerrados, em ocos dos paredões de pedra, etc. O fato desta abelha ser facilmente localizada na natureza, e de ser manejada com facilidade, adaptando-se muito bem em vários tipos de caixas de observação, fez com ela fosse a espécie mais estudada pela comunidade acadêmica brasileira. Em abelhas do gênero Apis, operárias nutrizes alimentam suas larvas com a geleia real, que possui diversos compostos, como as proteínas principais da geleia real (MRJPs). Dentre as proteínas, a MRJP3 apresenta alto polimorfismo e já é utilizada como marcador molecular em estudos genômicos com abelhas. Neste trabalho espera-se encontrar a proteína MRJP3 em operárias de abelhas jataís, a fim se iniciar os estudos genômicos com abelhas sem ferrão.

Protocolo: 4947 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 9/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEONARDO DE OLIVEIRA LOPES
GABRIEL APARECIDO GODOY RIBEIRO
Professor(es): ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A água é considerada o principal fator limitante para a produtividade das plantas em ambientes naturais e na agricultura. Nas plantas é necessário um equilíbrio entre as taxas de absorção de água e a perda através da transpiração, gerando um desafio devido as altas temperaturas e longas épocas de estiagem como no nordeste brasileiro. Neste contexto as aquaporinas tornam-se importantes, uma vez que as plantas desenvolveram uma ampla variedade de respostas à escassez de água em níveis fisiológicos, bioquímicos e moleculares ao longo do curso da evolução. As AQPs são proteínas intrínsecas de membrana (MIP) encontradas em uma grande diversidade de organismos, são caracterizadas como facilitadoras do fluxo de água e circulação de outros metabólitos de baixo peso molecular, sendo agente importante para o crescimento e desenvolvimento das plantas. AQPs participam de diferentes processos fisiológicos: em resposta a estresses abióticos, fotossíntese e condutância estomática e mesofílica, longevidade e viabilidade das sementes, entre outras. As aquaporinas podem ser classificadas em cinco subfamílias baseadas em homologia de sequências: (PIPs), (TIPs), (NIPs), (SIPs) e (XIPs). No entanto, existem poucas informações sobre a superfamília dos genes da AQP no gênero Coffea. Recentemente o genoma de C. canephora foi disponibilizado permitindo o uso desses dados na identificação de novos genes com potencial biotecnológico. O objetivo desse projeto será analisar e classificar as aquaporinas de C. canephora usando o genoma completo disponível, também será realizado o perfil de expressão dos genes de algumas classes dessa família em resposta ao déficit hídrico. Será construída uma árvore filogenética com base no alinhamento de sequências dos genes de CcAQPs e após será feito um alinhamento com espécies de plantas superiores incluindo um "outgroup". Para o experimento de estresse hídrico serão utilizadas dez plantas de dois clones de C. canephora que terão o potencial hídrico das folhas monitorado por psicometria após a suspensão de irrigação. Será realizado a extração de RNA total das folhas e também a síntese de cDNA e posteriormente a validação por RT-qPCR com repetições de 40 ciclos. Ao término da reação será determinada a curva de melting para verificação de um pico pra o gene específico. Será realizada a análise da expressão gênica seguindo os perfis transcricionais dos genes selecionados detectados a partir do equipamento StepOnePlusTM Real-Time PCR System (Applied Biosystems). A quantificação relativa da expressão de cada gene seguirá o método 2-ΔΔCt os níveis de transcrição dos genes alvo serão normalizados contra o perfil transcricional do gene CcEF1α.

Protocolo: 4942 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 3/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DILIANE HARUMI YAGUINUMA
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): ALESSANDRA FERREIRA RIBAS
TIAGO BENEDITO DOS SANTOS

Resumo:
Estudos com abelhas vêm crescendo ao longo dos anos, devido esses insetos realizarem um papel de suma importância ecológica como agente polinizadores e bioindicadores. Envolvendo a melhor produção de mel, geleia real, pólen, própolis, apitoxina e cera, programas de melhoramento genético com abelhas vêm se tornando cada vez mais eficazes e procurados no mercado. As MRJPs são proteínas que fazem parte da composição proteica da geleia real em abelhas Apis mellifera, e dentre elas está a MRJP3 uma proteína altamente polimórfica devido a presença de um número variável de repetições em tandem localizados na região condificante C-terminal. Desta forma, pode ser utilizada como marcador molecular do tipo microssatélite. Este estudo irá avaliar colônias de abelhas Apis mellifera localizadas na UNOESTE (campus 2), por meio da coleta de operárias nutrizes e extração e isolamento do DNA, a fim de avaliar por meio da técnica de PCR se há polimorfismo nas colônias.

Protocolo: 4886 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIEL APARECIDO GODOY RIBEIRO
Professor(es): ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A Escherichia coli é um bacilo anaeróbio facultativo que faz parte da microbiota gastrointestinal. No entanto, vem crescendo o número de cepas patogênicas de E. coli, o qual se tornou um dos principais agentes causadores de diarreia e doenças extraintestinais tanto em indivíduos saudáveis quanto em imunocomprometidos. As doenças diarreicas são um sério problema de saúde pública e uma das principais causas de morbidade e mortalidade em bebês e crianças pequenas, especialmente em países em desenvolvimento, sendo considerada a segunda maior causa de mortalidade infantil. As cepas de Escherichia coli são classificadas de acordo com o diagnóstico clinico, fatores de virulência, padrão de adesão e invasão em cultura de células epiteliais e com base em antígenos O. O objetivo do presente estudo é determinar o padrão de invasão ás células epiteliais de patótipos de Escherichia coli diarreiogênica (DEC), isoladas de crianças diarreicas, com até 5 anos de idade, residentes da região da Alta Paulista e Oeste Paulista, São Paulo, Brasil. Os padrões de invasão dos isolados serão avaliados qualitativamente em células HeLa.

Protocolo: 4915 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
A diarreia é uma das principais doenças intestinais causadas por Escherichia coli e um sério problema de saúde publica em países em desenvolvimento, sendo causa de morbidade e mortalidade, especialmente em crianças de até 5 anos de idade. As cepas de Escherichia coli são classificadas em 7 patótipos específicos de E. coli diarreiogênicos de acordo com o antígeno O, o diagnóstico clinico, os genes de virulência e o padrão de adesão em cultura de células epiteliais. O objetivo do presente estudo, é determinar o padrão de adesão às células epiteliais in vitro das Escherichia coli diarreiogênica (DEC), isoladas de crianças com diarreia, residentes nas regiões da Alto Paulista e do Oeste Paulista, São Paulo, Brasil. A identificação do padrão de adesão das amostras será realizada em testes de cultura de células epiteliais in vitro utilizando células HeLa. O padrão de adesão será avaliado para a presença do padrão localizado de adesão (AL), padrão agregativo (AA), padrão difuso de adesão (AD) e padrão localizado-like (AL-l). Os resultados obtidos serão utilizados para auxiliar na classificação e na caracterização das amostras isoladas dessa região com o intuito de se tomar ações mais efetivas como medidas profiláticas mais eficazes na prevenção da diarreia em crianças.

Protocolo: 4916 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Com o desenvolvimento do setor agropecuário, o consumo de agrotóxicos se tornou essencial para o cultivo em larga escala. Esses agroquímicos proporcionaram diversos benefícios e principalmente produtos com melhor qualidade. No entanto, o uso excessivo destes compostos pode levar a impactos sobre o meio ambiente e a saúde humana e animal. O ácido diclorofenoxiacético (2,4-D) é um herbicida amplamente utilizado na agricultura mundial. Tem sido relatado que a exposição a este herbicida pode levar a vários efeitos adversos, como carcinogênese, embriotoxicidade, neurotoxicidade, desregulação endócrina e estresse oxidativo. Desta forma, o objetivo do presente projeto é avaliar os efeitos da exposição crônica oral e inalatória ao 2,4-D sobre a qualidade espermática de ratos adultos. Para isto, ratos da linhagem Wistar serão divididos em 8 grupos experimentais (n=10/grupo): 4 grupos de exposição inalatória (controle e 3 concentrações de 2,4-D) e 4 grupos de exposição oral (controle e 3 concentrações de 2,4-D). Os animais (via inalatória) ou ração (via oral) serão expostos ao herbicida diariamente por 15 minutos, por meio de nebulização, durante 4 meses. Após o período exposição, os animais sofrerão eutanásia e os órgãos reprodutivos serão coletados. Serão realizadas as seguintes análises espermáticas: motilidade, morfologia, integridade da membrana plasmática, cálculo da produção de espermatozoides por testículo e contagem do número e do tempo de trânsito dos espermatozoides no epidídimo. Os dados serão avaliados pelos seguintes algoritmos de aprendizagem de máquina: Artificial Neural Network (ANN), Bayes Classifier (BAY), K-Nearest Neighbors (K-NN), Support Vector Machine (SVM) e Optimum Path Forest (OPF). Os resultados serão comparados através da Análise de Variância com o teste "a posteriori" de Tukey e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, considerando como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 4868 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DOUGLAS GONCALVES
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
ANA PAULA ALVES FAVARETO
DANILLO ROBERTO PEREIRA

Resumo:
O Laboratório do Pólo Alto Sorocabana foi credenciado pelo Ministério da Saúde em 1995 para realizar o diagnóstico laboratorial da raiva em aproximadamente 53 municípios que compõem a 10ª região administrativa do Estado de São Paulo. O presente estudo tem como objetivo fazer um levantamento das amostras encaminhadas para diagnostico da raiva de diferentes espécies animais de 1995 a 2015 na região oeste do Estado de São Paulo, Brasil. Os animais foram encaminhados ao laboratório de raiva da Agência de Tecnologia do Agronegócio (APTA) de Presidente Prudente - SP. Para tal finalidade, se fez uso do teste de imunofluorescência direta e prova biológica (inoculação em camundongos). Todas as amostras testadas (positivas ou negativas) foram devidamente registradas em livros que estão em poder do laboratório e que posteriormente serão consultados para confirmar os dados que serviram de subsídios para este trabalho. Os casos de raiva, negativos ou positivos, apresentados como valores absolutos e os valores relativos serão calculados para a taxa de positividade, a distribuição entre as espécies e a difusão entre os municípios. O teste do Qui-quadrado será empregado para investigar se a ocorrência da raiva estava associada com os meses do ano, com a espécie acometida e com as mesorregiões geográficas. O teste de correlação de Pearson será empregado para verificar a existência de correlações entre o número de casos confirmados, o número de amostras enviadas e a taxa de positividade anuais consideraram-se somente as informações dos últimos vinte anos (1995-2015), respeitando a contemporaneidade com a informação disponível sobre a localização dos casos positivos. Será utilizado o programa Sigma Stat 3.1 para a realização das análises estatísticas, admitindo-se a probabilidade de erro de 5.

Protocolo: 4935 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VIVIANE APARECIDA DOS SANTOS
LUIZA CRISTINA SAVIO RODENAS
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
As espécies Colossoma macropomum (tambaqui) e Piaractus mesopotamicus (pacu) possuem grande aceitação no mercado, especialmente por apresentarem características desejáveis para o ambiente de produção. Embora estas espécies apresentem grande semelhança em termos de hábito alimentar, há grandes variações em termos de melhor adaptação à temperatura de cultivo e taxa de crescimento. O tambaqui apresenta uma maior taxa de crescimento quando comparado ao pacu que por sua vez, apresenta uma maior adaptação a temperaturas mais baixas. No entanto, considerando os indivíduos originados à partir da hibridização entre estas duas espécies, o tambacu, apresenta características que se sobrepõem às observadas em seus parentais, sendo por essa razão, muitas vezes o mais indicado para o ambiente de cultivo. Apesar da comprovada importância do pacu, tambaqui e tambacu para a aquicultura brasileira, as informações genéticas para estes genótipos são extremamente escassas nos bancos de dados especializados. Neste sentido, realizou-se a caracterização do transcriptoma (RNAs mensageiros transcritos) dos três genótipos estudados (etapa já realizada). Neste estudo, buscaremos realizar uma análise comparativa do transcriptoma dos três genótipos tendo como objetivos específicos: (i) Identificar o perfil de expressão diferencial das sequências transcritas referentes a via PI3K/AKT/mTOR em cada genótipo parental (pacu e tambaqui) em relação ao híbrido (tambacu); (ii) avaliar o grau de similaridade das sequências nucleotídicas entre os três genótipos avaliados em função da via do anabolismo (PI3K/AKT/mTOR); (iii) avaliar a expressão dos genes PI3K, AKT e a subunidade mTOR1 através de RT-qPCR. Os resultados obtidos possibilitarão estabelecer uma base sólida para estudos futuros com os genótipos avaliados, além de contribuir indiretamente para uma melhor compreensão dos processos biológicos relacionados com a maior taxa de crescimento apresentado pelo tambaqui e a maior adaptação a temperaturas baixas observadas em pacus.

Protocolo: 4855 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEONARDO DE OLIVEIRA LOPES
Professor(es): EDSON ASSUNÇÃO MARECO

Resumo:
A rinossinusite é definida como uma doença inflamatória dos seios paranasais e cavidade nasal. Na Rinossinusite Crônica com Polipose (RSCcP) a produção local de IgE é um evento marcante e algumas bactérias podem estar relacionadas, como Staphylococcus e Streptococcus. Pacientes com RSCcP apresentam inflamação eosinofílica e níveis significativamente maiores de IL-5 e ECP (proteína eosinofílica catiônica) quando são detectados enterotoxinas estafilocócicas e biofilmes formados por S. aureus. A vacina pneumocócica 23-valente (PPSV23) contém antígenos contra 23 dos 94 sorotipos e resultados de testes clínicos revelaram que a PPSV23, tradicionalmente recomendada para uso em adultos e idosos, é eficaz contra a doença invasiva pneumocócica. Desta forma, complicações causadas por RSC podem ser minimizadas quando um paciente colonizado por S. pneumoniae recebe a imunização. A RSC é uma doença de difícil tratamento e com recorrências frequentes e é de extrema importância avaliar a relação do perfil bacteriano, os índices de resistência aos antibióticos e a prevalência de imunodeficiências em pacientes com RSC para otimizar o diagnóstico e tratamento. Assim o objetivo deste estudo é caracterizar S. pneumoniae e S. aureus isolados de pacientes com RSC quanto à susceptibilidade aos antimicrobianos e fatores de virulência estafilocócicos e avaliar a imunodeficiência e a resposta à vacina do pneumococo-23 nesses pacientes. Serão selecionados 50 pacientes com RSC e 20 pacientes saudáveis, dos quais serão coletadas amostras bacterianas através de swabs nasais e da orofaringe e os isolados identificados como S. pneumoniae e S. aureus serão submetidos ao teste de susceptibilidade aos antimicrobianos pelo método de disco-difusão. Os genes das enterotoxinas estafilocócicas clássicas e do biofilme serão detectados por PCR e a produção do biofilme será realizada em ágar Vermelho do Congo. Todos pacientes serão vacinados para pneumo23 e as imunoglobulinas totais e anti-pneumo23 serão dosados por ELISA. Os dados serão submetidos a análises univariadas e multivariadas (por regressão logística e o nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05).

Protocolo: 4785 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 1/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA VITORIA BEZERRA MARQUES
THAISA PICHININI DE SOUZA
ARIANE RAMOS RIBEIRO PELEGRINI
ANDRESSA CORTES CAVALLERI
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Colmeias de Apis melífera são acometidas mundialmente pelo ácaro Varroa destructor. Esse parasita, apesar de não causar sérios problemas em Apis no território brasileiro, nos últimos anos, a incidência desses ácaros tem se mostrado cada vez maior, sendo necessário realizar um monitoramento das colônias como forma básica de manejo. O presente trabalho tem como objetivo analisar o nível de invasão do ácaro em crias operculadas de abelhas operárias, além de avaliar a taxa de infestação do ácaro em abelhas operárias africanizadas adultas e também as taxas de reprodução total e efetiva do ácaro em colônias de abelhas africanizadas, com o intuito de verficar se os valores correspondem com os normalmente encontrados no Brasil para abelhas africanizadas em relação às europeias obtidas em outros países. Os dados serão obtidos em 8 colmeias localizadas no campus ll da Universidade do Oeste Paulista, onde será feita a contagem do ácaro por colônia, e por meio de cálculos matemáticos será possível encontrar o número exato de incidência do Varroa destructor em cada uma das colmeias analisadas.

Protocolo: 4801 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIEL FERNANDO MANFRE
Professor(es): ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A Escherichia coli é uma bactéria gram-negativa, anaeróbica facultativa em forma de bacilo, faz parte da microbiota gastrointestinal e coloniza os animais de sangue quente logo após o nascimento. As doenças diarreiogênicas são problemas comumente de países subdesenvolvidos, em razão da falta de água potável, higiene e saneamento básico inadequado. O tratamento com antibióticos faz com esses microrganismos desenvolvam resistência. Desta forma, o objetivo desse projeto visa identificar o perfil de resistência das DECs isoladas nas regiões da Alta Paulista e do Oeste Paulista através de testes de sensibilidade a drogas pelo método de difusão em ágar. Os antimicrobianos testados serão: a ampicilina (10 µg), ácido amoxicilinaácido clavulânico (30 µg), cefazolina (30 µg), cefuroxima (30 µg), cefotaxima (30 µg), cefepime (30 µg), imipenem (10 µg), gentamicina (10 µg), tobramicina (10 µg), ciprofloxacina (5 µg) e cotrimoxazol (25 µg). Será realizado uma análise qualitativa com base nos diâmetros da zona de inibição presentes no ágar, onde serão medidos em milímetros e interpretados de acordo com as recomendações dos fabricantes. Os dados obtidos serão reportados em porcentagem de resistência e servirão para direcionar eventuais medidas profiláticas para cada uma dessas regiões estudadas.

Protocolo: 4783 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
IRANILDO DO AMARANTE FERNANDES
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Desde que foram descobertas, a Escherichia coli há quase um século, se tornou um dos organismos modelo mais importantes e bem estudados. O gênero compreende bactérias Gram negativas fermentadoras, anaeróbias facultativas, que colonizam o trato gastrointestinal. A E. coli comensal, pertencente a microbiota intestinal, não é patogênica, além de apresentar um importante papel fisiológico para o bom funcionamento do organismo. As patogênicas se dividem em sete categorias, são estas as responsáveis por causarem infecções intestinais em homens e animais, sendo denominadas de E. coli diarreiogênicas. Elas são diferenciadas de acordo com sorotipos, as síndromes clinicas que promovem e pela presença de fatores de virulência como adesinas fimbriais e afimbriais, toxinas e invasinas. Este estudo tem como objetivo a determinação molecular do antígeno H nas amostras de E. coli diarreiogênicas através do método PCR, pois a mesma permite diferenciar o antígeno flagelar das E. coli diarreiogenicas nas regiões da Alta Paulista e do Oeste Paulista fornecendo assim informações mais precisas, relativas ao espectro de patógenos associados e desse modo, realizar as medidas profiláticas necessárias nestas regiões.

Protocolo: 4876 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 6/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
LUCIANA MACHADO GUABERTO
ROGERIA KELLER

Resumo:
As poucas informações disponíveis sobre a dieta de psitacideos (em especifico Ara ararauna) deixam espaços a serem preenchidos, e.g., acerca das espécies de plantas utilizadas, os itens consumidos e do efeito da predação pré-dispersão e dispersão de sementes sobre a estruturação fitofisionômica dos ambientes em que estão inseridos, e sua degradação. Para preencher tais lacunas, serão avaliados episódios de alimentação de A. ararauna com o uso de registros fotográficos realizados em todo o Brasil e disponibilizados na plataforma http://www.wikiaves.com.br/, A enciclopédia das aves do Brasil. Serão construídas planilhas para determinar a dieta e espécies botânica alimentícias, bem como os itens consumidos e sua distribuição por bioma. Com isso buscaremos compreender os hábitos alimentares de Ara ararauna, seu papel ecológico, preferência de habitats, respostas adaptativas as ações antrópicas. Por fim, pretendemos ter um arcabouço empírico que fortaleça ações de conservação de A. ararauna, bem como de funções ecológicas a ela atribuída.

Protocolo: 4689 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS SOBRAL DOS SANTOS
STEPHANIE TELES DOS SANTOS
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA

Resumo:
A doença diarreica ainda persiste como um problema de saúde pública, sendo uma das principais causas de mortalidade infantil. Essa doença pode ser causada pela Escherichia coli, uma bactéria comensal na qual pode adquirir fatores de virulência, transformando-a em E.coli diarreiogênica. Os isolados desta bactéria são capazes de causar a diarreia tanto em adulto quanto em crianças. A E.coli diarreiogênica pode ser dividida em sete patótipos de acordo com as características clínicas e seus fatores de virulência. Além disso, podem ser divididas em quatro filogrupos (A, B1, B2 e D) sendo que os filogrupos A e B1 são predominantes nas cepas intestinais que intensamente colonizam o intestino de humanos saudáveis, já os filogrupos B2 e D possuem uma linhagem de cepas virulentas que estão associadas a infecções de sítios extraintestinais. Será realizada a determinação do grupo filogenético das linhagens através do PCR- quadriplex com o intuito de classificar as cepas de E. coli dentro de um dos sete grupos filogenéticos conhecidos (A, B1, B2, C, D , E e F), utilizando primers específicos.Os dados serão analisados através da presença ou não das bandas correspondentes aos genes representantes dos grupos filogenéticos.

Protocolo: 4664 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Grande parcela da população mundial necessita diretamente de recursos naturais, sobretudo os de origem vegetal, portando a etnobotânica tem sido determinada como uma ciência que estuda simultaneamente a correlação direta entre os seres humanos e plantas, evidenciando as interações entre sociedades humana com a natureza. Desde o início de sua existência o homem tem se relacionado com as plantas, aprendeu a utilizar essa interação para satisfazer suas necessidades, desfrutar dos recursos da natureza e garantir sua sobrevivência e sua adaptação ao meio. Consequentemente ocorre a necessidade de explorar o ambiente, recursos de sobrevivência que serão utilizados para as mais variadas finalidades, como a utilização de plantas na alimentação, abrigo, vestuário e na saúde. O uso sustentável e saudável de plantas alimentícias não convencionais, que são plantas, cujo uso na alimentação ainda é muito desconhecido e é vista como pragas ou ervas daninhas, dispõem de considerável valor nutricional. Este estudo tem como objetivo avaliar através de levantamento etnobotânicos questionários realizados com comunidades ribeirinha de pescadores do município de Presidente Epitácio, com enfoque o resgate cultural do saber tradicional sobre a diversidade de plantas utilizadas na alimentação e sua influência na saúde dessas famílias, amplificar o conhecimento para a população de forma clara e sistematizada.

Protocolo: 4706 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRESSA GONCALVES DE OLIVEIRA
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
A Escherichia coli é um bacilo anaeróbio facultativo que faz parte da microbiota gastrointestinal. No entanto, vem crescendo o número de cepas patogênicas sendo, portanto um dos principais agentes causadores de diarreia e doenças extraintestinais tanto em indivíduos saudáveis quanto em imunossuprimidos. As doenças diarreicas são um sério problema de saúde pública e uma das principais causas de morbidade e mortalidade em bebês e crianças pequenas, especialmente em países em desenvolvimento, sendo considerada a segunda maior causa de mortalidade infantil. As cepas de Escherichia coli são classificadas de acordo com o diagnóstico clinico, fatores de virulência, padrão de adesão em cultura de células epiteliais e com base em antígenos O que são componentes do lipopolissacarídeo (LPS) no envelope celular. Os antígenos O são importantes fatores de virulência e por serem altamente imunogênicos e apresentar especificidade antigênica única para cada cepa, os antígenos O são os biomarcadores para a designação de O-types. O objetivo do presente estudo é determinar o sorogrupo O da Escherichia coli diarreiogênica (DEC), em amostra de fezes de crianças diarreicas e saudáveis, com até 5 anos de idade, da região do Oeste Paulista e da Alta Paulista. A identificação dos antígenos somáticos (O) será realizada por testes de aglutinação padrão com anti-soros específicos. Pretende-se dessa forma categorizar as amostras de diarreia nessa região para que medidas profiláticas mais eficazes sejam realizadas.

Protocolo: 4651 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
A Escherichia coli é um bacilo anaeróbio facultativo que faz parte da microbiota gastrointestinal. No entanto, vem crescendo o número de cepas patogênicas sendo, assim umas dos principais agentes de diarreia e doenças extraintestinais tanto em indivíduos saudáveis quanto em imunossuprimidos. As doenças diarreicas são um sério problema de saúde pública e uma das principais causas de morbidade e mortalidade em bebês e crianças pequenas, especialmente em países em desenvolvimento, sendo considerada a segunda maior causa de mortalidade infantil. O objetivo do presente estudo é determinar a prevalência de Escherichia coli diarreiogênica (DEC), obtidas a partir de amostra de fezes de crianças diarreicas e saudáveis, com até 5 anos de idade, residentes no Oeste Paulista e na Alta Paulista, Brasil. Os isolados de crianças com e sem diarreia serão obtidos de laboratórios clínicos do para o estudo da prevalência de E. coli diarreiogênica nessa população. As colônias com características morfológicas relativas à E. coli serão isoladas e semeadas em ágar MacConkey e logo em seguida serão submetidas a confirmação em testes bioquímicos para identificação de E. coli. As E. coli a seguir serão submetidas a testes de aglutinação para determinação do antígeno O. A caracterização das E. coli diarreiogênicas na região do oeste paulista e da alta paulista se faz necessária para que medidas profiláticas sejam efetuadas de acordo com as amostras encontradas na região.

Protocolo: 4652 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
O gênero Escherichia compreende bacilos gram-negativos anaeróbicos facultativos, que colonizam o trato gastrointestinal. No entanto, podem tornarem-se patogênicas e dessa forma serem uma das principais causas de morbidade e mortalidade no mundo todo, principalmente nos países em desenvolvimento. A Escherichia coli, pode ser classificada em sete categorias de acordo com o perfil de virulência. Este estudo tem como objetivo determinar os principais genes de virulência presente nas amostras de E. coli diarreiogênicas através do método PCR. Esta aplicação permite melhorar a qualidade do levantamento dos patógenos bacterianos diarreicos nas regiões da Alta Paulista e do Oeste Paulista, fornecendo informações mais precisas, relativas ao espectro de patógenos associados e desse modo, realizar as medidas profiláticas necessárias nestas regiões.

Protocolo: 4647 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
O mel apresenta vários benefícios se tratando de saúde, sendo utilizado há milhares de anos como um composto empírico para tratar feridas, úlceras, queimaduras e para prevenir infecções. Possui propriedade curativa e imunomodeladora, destacando-se como agente antibacteriano contra infecções muitas vezes causadas por Staphylococcus. O objetivo deste estudo é verificar a ação antibacteriana do mel das abelhas sem ferrão em cepas de S. aureus. Serão utilizados cinco tipos de meles das espécies de abelhas Tretagona claviceps (abelha Borá), Tetragonisca angustula (abelha Jataí), Melipona marginata (abelha Manduri), Plebeia remota (abelha MirimGuaçu) e Scaptotrigona bipunctata (abelha Tubuna), esterilizados e mantidos longe da luz do sol, sendo verificados os teores de pH, umidade e açúcar. Serão utilizadas cinco diferentes cepas de S. aureus: ATCC 25923, ATCC 33591, ATCC 13565, ATCC 14458 e ATCC 19095. O caldo nutriente será utilizado como meio de cultura, onde cepas bacterianas serão cultivadas na presença e ausência (controle) de diferentes concentrações de mel. O tipo de mel será considerado bacteriostático se o crescimento ocorrer, e bactericida quando a inibição do crescimento persistir. Para analisar os dados, médias serão calculadas para cada organismo teste e para cada amostra de mel. A avaliação estatística será realizada por meio da análise de variância (ANOVA), seguida pelo teste de Tukey, considerando-se diferenças significativas quando p<0,05.

Protocolo: 4655 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MILENA RODRIGUES SALES
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA
ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A Floresta Estacional Semidecidual tem sido extensamente devastada principalmente pela expansão da agropecuária. As atividades de ocupação desse território podem levar à contaminação do solo e da atmosfera por substâncias xenobióticas como, por exemplo, os metais pesados que alteraram extensivamente o ciclo e equilíbrio dos processos biológicos. Plantas submetidas à altas concentrações de metais pesados podem apresentar estresse oxidativo e alterações no seu desenvolvimento em diferentes estádios de desenvolvimento. Neste sentido, o objetivo deste estudo será analisar os efeitos causados pela presença de diferentes concentrações de cádmio (Cd) sobre a atividade antioxidante e desenvolvimento inicial de duas espécies nativas da Floresta Estacional Semidecidual, uma mais tolerante e outra mais sensível a presença Cd. Sementes de Casearia lasiophylla e Croton floribundus serão germinadas em duas camadas de papel filtro enrolados e acomodados em sacos plásticos transparentes em câmara do tipo Mangelsdorf com temperatura em 25°C sob luz branca e fria com fotoperíodo de 12 horas e deixadas em desenvolvimento até germinarem. As sementes uniformemente germinadas serão submetidas à quatro tratamentos em placas de petri: controle (água destilada) e concentrações baixa, média e alta de CdCl2. Após uma semana em desenvolvimento, as plântulas de cada réplica serão coletadas para análise dos parâmetros biométricos, bioquímicos, e de índice de tolerância ao Cd. A análise do comprimento das plântulas será mensurada utilizando o software ImageJ®. A parte aérea e as raízes serão imersas em nitrogênio líquido para congelamento rápido e armazenadas separadamente em frascos do tipo Falcon. A atividade da enzima superóxido dismutase, catalase e peroxidase, a peroxidação de lipídeos e o conteúdo de prolina serão avaliados por espectrofotometria. Os dados de cada variável serão analisados conforme a homogeneidade das variâncias por meio do teste de Levene, e a normalidade pelo teste de Shapiro-wilk. Resultados serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p <0,05), e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 4631 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELIDA REGINA SALA
Professor(es): WILLYAM DE LIMA VIEIRA
ADRIANA LIMA MORO
SUZANA CHIARI BERTOLLI

Resumo:
As orquídeas são plantas comumente utilizadas na ornamentação. A intensa coleta de plantas nativas e a degradação de seu habitat natural têm aumentado significativamente o número de espécies extintas. Desta forma, cada vez mais são utilizados bancos de germoplasma com a finalidade de conservar e propagar estas plantas. Sendo assim, o objetivo deste trabalho é testar condições de armazenamento para fins de conservação de pólen de orquídeas, além da germinação do pólen após o armazenamento e das sementes provenientes da fecundação de pólen armazenado e fresco. As espécies utilizadas serão Cattleya brevicaulis, C. intermedia e Oncidium baueri, as políneas serão armazenadas em condições de 8 a 10 de umidade relativa (UR) em temperaturas de 5, -18 e -196ºC. Serão realizados testes de germinação e viabilidade em amostras de pólen fresco e armazenado. Para germinação os dados serão expressos em valores médios de desvio padrão, delineamento experimental será ao acaso e as análises serão realizadas no software SISVAR, para a viabilidade do pólen, os dados serão expressos em porcentagem, o delineamento experimental será ao acaso e a médias serão comparadas pelo teste Tukey a 5 de probabilidade. Serão realizadas polinizações com amostras de pólen e após a formação das cápsulas, testes de germinação e viabilidade serão feitos para analisar a qualidade das sementes.

Protocolo: 4749 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS NOGUEIRA WATANABE
JESSICA FONTES FILETI
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
CECI CASTILHO CUSTODIO
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
O músculo estriado esquelético é um tecido adaptado para se contrair e executar as mais variadas funções em nosso organismo. A perda da massa mus-cular conhecida como atrofia muscular promove diversas alterações funcionais rele-vantes, gerando condições fisiopatológicas oriundas por exemplo, da imobilização, da desenervação, do envelhecimento, ou ainda de doença (caquexia). Independen-temente do evento iniciador, a atrofia do músculo esquelético é caracterizada por uma diminuição no teor de proteína, diâmetro da fibra, produção da força e resistên-cia à fadiga. Os diferentes tipos de condições que produzem atrofia implicam na ati-vação ou desativação de diferentes vias de sinalização. Técnicas como RT-qPCR buscam identificar e quantificar genes relacionados com tais vias de sinalização. No entanto, para que se tenha uma boa reprodutibilidade das análises, é necessário uma correta seleção de genes que se mantenham estáveis independente dos perío-dos e tratamento analisados. Desta forma, o objetivo do presente projeto de pesqui-sa, é através de dados em larga escala (microarray) disponíveis na literatura, seleci-onar genes de referência em experimentos de buscaram avaliar o efeito de diferen-tes tipos de atrofia muscular.

Protocolo: 4451 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA CAETANO TAGLIATI
Professor(es): EDSON ASSUNÇÃO MARECO

Resumo:
O gênero Staphylococcus abrange bactérias comensais oportunistas capazes de causar sérias infecções, principalmente em crianças e idosos. Um grande problema nos tratamentos de infecções estafilocócicas é a resistência aos antimicrobianos. A utilização indiscriminada de antimicrobianos seleciona bactérias resistentes à essas drogas. A resistência de Staphylococcus spp. à meticilina é a mais documentada na literatura e esses microrganismos são resistentes a todos agentes beta-lactâmicos, limitando as opções de tratamento para as infecções causadas por bactérias desse gênero. Para a correta identificação dessas bactérias é de grande importância a utilização de técnicas genotípicas que auxiliam também na determinação de resistência à meticilina. Assim este estudo visa Identificar espécies do gênero Staphylococcus isolados das cavidades nasais de idosos por métodos genotípicos e determinar o gene mecA. Serão utilizadas 32 amostras de Staphylococcus previamente isolados de idosos de um Lar de Repouso em estudo anterior. Esses isolados serão identificados por PCR multiplex e a determinação do gene mecA será realizada por PCR. Para análise dos resultados obtidos será utilizado o Teste de X2. O nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05.

Protocolo: 4309 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KESIA PRISCILA ISQUERDO DIAS
NATALIA DOS SANTOS MEIA CASA
PRISCILA HIKARI KIMURA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
A temperatura do ambiente pode ser considerada tanto um fator estimulante quanto limitante dos processos fisiológicos da planta. Dependendo da intensidade, duração, número de exposição, genótipo e a combinação de outros fatores abióticos, podem levar a planta a uma condição de estresse. O objetivo do presente trabalho será analisar o efeito da temperatura sobre o desenvolvimento de plântulas de diferentes grupos sucessionais, Heliocarpus popayanensis L. (Malvaceae), Gallesia integrifólia (Phytolacaceae), Cariniana strellensis (Lecythidaceae), sendo, pioneira, secundária inicial e climáx, respectivamente. Serão analisados parâmetros de trocas gasosas, eficiência fotoquímica, índice de estabilidade da membrana celular, índice de conteúdo de clorofila e biomassa, em nove repetições para cada tratamento, 30ºC / 20ºC (diurno / noturno) e 37ºC / 25º C (diurno / noturno). Os resultados de cada variável serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p< 0,05), considerando os esquemas fatoriais em cada experimento, e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p< 0,05).

Protocolo: 4297 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ITALO RAFAEL DE FREITAS
Professor(es): HILTON FABRÍCIO VITOLO

Resumo:
A obesidade é uma doença crônica associada a fatores sociais, comportamentais, ambientais, culturais, psicológicos, metabólicos e genéticos. É caracterizado pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, ou seja, tecido adiposo que resulta em um desequilíbrio energético prolongado, podendo ser causado por excesso de consumo de calorias e inatividade física, comprometendo a saúde dos indivíduos. O objetivo do presente trabalho é avaliar o excesso de gordura corporal através do calculo IMC e classificar cada categoria de acordo com os dados obtidos associando os fatores de riscos, o triglicérides e colesterol em mulheres com sobrepeso. Será constituído de 20 voluntárias, sexo feminino, com faixa etária entre 18 a 35 anos, as quais apresentam acúmulo de gordura abdominal de pelo menos 1,5 cm de prega cutânea supra ilíaca, em uso de contraceptivo oral e sedentárias, classificadas assim, pelo Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). O delineamento do estudo compreenderá 12 visitas ao centro de estética, nas quais serão realizadas as avaliações antropométricas iniciais e finais (medidas de perimetria abdominal, relação cintura e quadril e índice de massa corpórea e bioimpedância), e ás sessões de aplicação da terapia combinada (ultrassom focalizado de alta potência -SONOFOCUS).Essas intervenções serão acompanhadas pelas medidas do triglicérides e colesterol, IMC e a avaliação autonômica. A avaliação autonômica acontecerá na primeira e na décima segunda sessão, antes e após a aplicação da intervenção, os intervalos R-R nestes períodos serão obtidos por meio cardiofrequencímetro Polar S810i e serão analisados os índices no domínio do tempo (RMSSD, SDNN) e no domínio da frequência (HF, LF un e ms2). Após realizada normalidade dos dados, a análise dos efeitos sobre a composição corporal será a aplicado os teste de T Student ou teste Wilcoxon, e para as comparações entre as variáveis de triglicérides e colesterol encontrados nos momentos pré e pós-intervenção será feita por meio de Anova One-Way. O nível de significância será estabelecido em p <0,05 para todos testes.

Protocolo: 4329 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA FERREIRA DE LIMA
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER
ANA CLARA CAMPAGNOLO GONÇALVES TOLEDO

Resumo:
Os nematoides são vermes presentes no solo que ocasionam grandes perdas nas produções agrícolas, medidas para controlarem esses seres tornam-se necessárias. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a capacidade da bactéria Bacillus subtilis como controle biológico dos nematoides Meloidogyne incognita no cultivo da alface. Para tal experimento, será utilizado a alface crespa, pois esta é suscetível a espécie de nematoide escolhida. O solo que será utilizado no experimento, será autoclavado e irá preencher vasos com capacidade de 5 dm³, sendo que estes irão ser inoculados com uma suspensão de 5000 ovos por vaso. O tratamento das mudas utilizando Bacillus subtilis será realizado em 5 épocas diferentes, sendo estas de 15, 10, 5 e 1 dia antes do transplantio e no dia do transplantio. As plantas serão mantidas por 35 dias e depois serão avaliados alguns critérios para determinar a eficiência da Bacillus subtilis como controle biológico dos nematoides Meloidogyne incognita.

Protocolo: 4270 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ PRADO E SILVA
Professor(es): RITA DE CÁSSIA LIMA MAZZUCHELLI

Resumo:
As abelhas sem ferrão pertencentes à superfamília Apoidea, família Apidae, subfamília Apinae e tribo Meliponini, possuem o ferrão atrofiado e desta maneira elas não conseguem ferroar. São abelhas sociais, encontradas principalmente em regiões tropicais. O excesso de desmatamentos e construções faz com que esses insetos diminuam ou migrem para áreas urbanas, já que dependem do cultivo das flores, para formação do mel, e de seu ninho. A diminuição das abelhas pode interferir no número de espécies vegetais devido à falta de polinização, e desta forma, estudos envolvendo as abelhas são de fundamental importância para a preservação dos recursos naturais. Os meliponídeos possuem hábitos de nidificação bem diversificados, com ninhos que podem ser pequenos ou grandes, caracterizando a espécie habitada por sua espessura e seu formato. Algumas espécies são bem seletivas com relação aos ninhos, podendo escolher ambientes menos perturbados para se alojarem. Reduções de áreas verdes em áreas urbanas podem causa uma diminuição nas populações de abelhas, implicando de forma direta na extinção das espécies nativas importantes ao nosso ecossistema. O trabalho terá como proposta a identificação, o estudo do hábito de nidificação e a organização estrutural de diferentes espécies de abelhas sem ferrão que estão alojadas em duas áreas urbanizadas na cidade de Presidente Prudente-SP, como o Capus II, da Universidade do Oeste Paulista e no Parque Ecológico Cidade da Criança.

Protocolo: 4286 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA DA SILVA OLIVEIRA
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA
ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
As abelhas em geral são consideradas de extrema importância para a manutenção de vida no planeta, sendo responsáveis pela polinização de ecossistemas naturais e agrícolas. Os meliponídeos são conhecidos como insetos sociais que possuem o ferrão atrofiado para o seu uso. Apesar dessa característica, as abelhas sem ferrão apresentam mecanismos de defesa particulares de cada espécie. São responsáveis pela produção de mel, própolis, geleia real e pólen, que são utilizados para o consumo humano e também nos ramos de medicamentos e cosméticos. Para conseguir alimento as abelhas sem ferrão saem para realizar suas atividades conhecidas como forrageamento, e alguns mecanismos podem influenciar na atividade de voo desses insetos como: oferta de alimento, temperatura, umidade do ar, velocidade do vento, dentre outros. Neste experimento, colônias encontradas em ambiente natural de áreas urbanizadas serão observadas durante cinco dias consecutivos, nos períodos de Fevereiro a Novembro de 2018. A coleta de dados será realizada por meio de observações feitas junto à entrada da colônia, sendo uma observação feita de dez minutos a cada meia hora, entre 6h:00min até 18h:10min. As espécies de abelhas analisadas pertencerão aos ambientas naturais do Campus II da Universidade do Oeste Paulista e do Parque Ecológico Cidade da Criança, ambos localizados na cidade de Presidente Prudente-SP.

Protocolo: 4281 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TALITA COSTA YOSHIHARA
Professor(es): RONDINELLE ARTUR SIMÕES SALOMÃO
ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A mosca-branca (Bemisia tabaci) é uma praga que atualmente ataca diversas culturas, e ocasiona quedas de folhas, murcha e perda de frutos, causando muitos prejuízos aos agricultores. O repolho (Brassica oleraceavar), uma hortaliça muito importante para a alimentação brasileira, vem sendo muito afetado por essa praga. O objetivo desse experimento é encontrar por meio de extratos vegetais um inseticida natural que seja eficaz no combate as moscas-brancas (B. tabaci). Será feito o experimento em campo, com um total de quatro extratos vegetais, oito tratamentos, e três repetições, por um período de dez dias para cada repetição. Os extratos vegetais utilizados serão retirados das seguintes plantas: Mastruz (Chenopodium ambrosioides Carolus Linnaeus), Casca da Jaqueira (Artocarpus heteruphyllus Lamark), Cinamomo (Melia azedarach Carolus Linnaeus) e Noz moscada (Myristica fragrans Martinus Houttuyn). Estudos anteriores demonstram que esses extratos obtiveram resultados positivos quando utilizados para combate de outras pragas. Desta forma, iremos analisar a eficácia dos extratos naturais no combate da mosca branca, por meio da taxa de mortalidade apresentada em cada tratamento. Os dados coletados durante o experimento serão analisados por meio da analise de variância e as médias comparadas pelo método de Tukey.

Protocolo: 4218 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DEBORA PACHECO RIBEIRO
Professor(es): SUZANA CHIARI BERTOLLI
ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
A bioprospecção de rizobactérias visa aumentar a produtividade de forma sustentável, ocasionando um ambiente favorável para essas bactérias denominado de rizosfera. O objetivo do presente trabalho será isolar bactérias do gênero Bacillus, provenientes da rizosfera de plantas de milho, no antagonismo de fungos fitopatogênicos, produção de auxinas e fosfatases e para a promoção do crescimento de plantas. Serão utilizadas 150 plantas de milho com aproximadamente 50 dias após a data de semeadura, divididas em 5 áreas distintas de produção de grãos, com 30 plantas de cada uma dessas localidades. As plantas então irão para o laboratório, onde a parte área será separada da raiz para o isolamento da bactéria do gênero Bacillus. Como forma de caracterização fenotípica os isolados selecionados quanto a atividades bioquímica de importância agrícola, serão realizados ensaios em laboratório quanto ao antagonismo a fungos fitopatogênicos, produção de auxinas, fosfatases e proteases. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância e teste F utilizando&#8208;se o teste Scott Knott (5) para comparação das médias.

Protocolo: 4219 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DIEGO FELIPE MARASSI SANTOS
Professor(es): RITA DE CÁSSIA LIMA MAZZUCHELLI

Resumo:
Insetos são muito utilizados como bioindicadores ambientais, devido sua importância na manutenção de espécies de plantas pela realização de polinização e consequentemente auxiliando a reprodução das plantas além de serem comumente utilizados como fontes de energia na teia alimentar. Borboletas da espécie Heliconius erato quando utilizadas como bioindicadores podem indicar desequilíbrios relacionados às suas necessidades fisiológicas como o desaparecimento de plantas Passifloraceae para a ovoposição e obtenção de glicosídeo cianogênico ou o enfraquecimento das relações miméticas ao qual essa borboleta pertence. Fragmentos de floresta estacional semidecidual (mata atlântica) estão em constante ação antrópica, e analises de seu equilíbrio são necessárias, não apenas para a preservação de biodiversidade, mas também no impacto do ser humano. A utilização de H. erato e da flora essencial para essa borboleta serão parâmetros de comparação utilizados neste estudo para a observação do equilíbrio em fragmentos de mata atlântica do Campus II da Universidade do Oeste Paulista e da Cidade da Criança na cidade de Presidente Prudente, SP.

Protocolo: 4226 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MATHEUS FEITOSA DOS SANTOS
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA
ANA PAULA NUNES ZAGO OLIVEIRA

Resumo:
Amarelo tartrazina tem sido alvo de estudos de mutagênese e carcinogênese, por produzir, assim como todos os corantes azoicos, uma amina aromática o ácido sulfanílico, após ser metabolizado pela microflora gastrintestinal. Estudos mostraram que a tartrazina induz ao dano no DNA em estômago, cólons e bexiga urinária com dose de 7,5mg/Kg, sendo está dose próxima a aceitável para o consumo. Nesse sentido, este estudo avaliará os efeitos possíveis efeitos carcinogênicos do corante tartrazina na bexiga de ratos do Wistar. Serão utilizadas vesícula urinária de quarenta ratos Wistar, sendo vinte do grupo teste (GT) e os demais do grupo controle (GC). O GT receberá tartrazina via gavagem na dose de 7,5mg/Kg diariamente por dez meses, já o GC receberá por gavagem água filtrada, diariamente, também por dez meses. Ao final da experimentação in vivo, depois da última gavagem proceder-se-á à eutanásia para coleta das bexigas. Estas serão preparadas pela rotina histólogica e sequencialmente avaliadas pela técnica de dimensão fractal. Para avaliação comparativa dos resultados (grupo teste vs grupo controle) serão utilizados os testes estatísticos análise de variância com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnett, e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, dependendo das características de cada variável. As análises estatísticas serão realizadas com o programa estatístico BioEstat 5.3 (Curitiba, Paraná, Brasil), e utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 4186 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VANESSA DE DEUS FERREIRA BONFIM
PATRICIA DOS SANTOS GIMENEZ
ELISA DE FREITAS
HILDENISE DOS SANTOS FERREIRA
FERNANDA GABRIELLY NASCIMENTO
Professor(es): ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
A vegetação urbana tem sido reconhecida por melhorar o conforto térmico em centros urbanos, uma vez que a copa da árvore reduz a incidência solar sobre o solo e edificações, enquanto que influencia indiretamente a temperatura pela transpiração das folhas. A falta ou o mal planejamento da arborização urbana, pode aumentar o consumo de energia elétrica por dispositivos de climatização, gerando problemas econômicos aos habitantes. Nesse sentido, o objetivo deste projeto é avaliar a diversidade de espécies arbóreas em conjuntos habitacionais construídos pelo PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e verificar a sua relação com o conforto térmico e consumo de energia elétrica das edificações em diferentes épocas do ano. A hipótese deste estudo é que a presença de arborização, assim como a diversidade de espécies arbóreas podem alterar o conforto térmico das edificações, influenciando o consumo de energia elétrica de residenciais padrões do PAC. Três bairros (um sem arborização e dois com arborização) construídos nos moldes do PAC, com desenho urbano e casas térreas semelhantes serão avaliadas no verão e no inverno de 2018. O conforto térmico será analisado com um Confortímetro Sensu®, que fornece variáveis de temperatura do ar (Ta); temperatura radiante média (Trm); e umidade relativa do ar (UR). Esses parâmetros serão avaliados em três períodos do dia (manhã, tarde e noite). Durante o período de coletas de dados, estações de monitoramento serão instalados nas áreas de estudo para o acompanhamento das variações de umidade relativa do ar, radiação solar e concentração de poluentes atmosféricos. Os indivíduos arbóreos das áreas de estudo serão inventariados considerando aqueles com circunferência a altura do peito (CAP) igual ou maior que 15 cm. A distância entre uma árvore e a árvore mais próxima, o diâmetro da copa e a altura estimada da árvore serão mensuradas. O consumo de energia elétrica por habitante será avaliado por meio de um questionário simples que será aplicado aos moradores dessas residências. O conforto térmico nos diferentes horários, características da arborização nas ruas, diversidade de espécies e média de consumo de energia elétrica por residente em diferentes épocas do ano serão analisados por meio de equações de regressão.

Protocolo: 4133 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 3/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ SANTANA DE ALMEIDA
GABRIELLY GOMES MUNHOZ
CAMILA GONCALVES DE SOUZA
ISADORA APARECIDA LEAL FARIA
MARIANA FREDERICO AFONSO
ANA ELISA SAYURI KOBATA
ANDRESSA APARECIDA FONSECA FARIAS
BRUNO FELIPE PICOLI DE OLIVEIRA
DJANINE DOLOVET MARTINS
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
PAULO ANTONIO DA SILVA
SUZANA CHIARI BERTOLLI

Resumo:
Diabetes mellitus (DM) é um transtorno metabólico de alta complexidade e altamente prevalente na população, e o uso de plantas com potenciais para esse fim tem aumentado consideravelmente, por serem de fácil acesso e apresentarem baixo custo, e também, pela crença de que elas possuem efeitos benéficos e são livres de efeitos colaterais ou adversos. Entre as plantas utilizadas pelo homem como fonte alimentícia e medicamentos estão àquelas pertencentes ao gênero Spondias, e as espécies Spondias dulcis Forst. F. e Spondias purpurea L. produzem frutos comestíveis que são utilizados como medicamentos para diversas enfermidades. Embora essas plantas tenham diversas aplicações, nenhum estudo relacionando a atividade hipoglicemiante da casca das mesmas está disponível atualmente. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar, de forma inédita, a capacidade hipoglicemiante do extrato etanólico da casca da S. dulcis e da S. purpurea, através da análise de seus efeitos em ratos diabéticos, que foram induzidos pela administração de aloxana, por via endovenosa. A avaliação será feita através de aspectos gerais, como o peso, a ingestão hídrica e alimentar, diurese, bem como dosagens laboratoriais de colesterol e glicemia do sangue total dos animais, além da quantificação de glicogênio hepático e muscular.

Protocolo: 4000 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA CRUZ EVANGELISTA
FABIANA AFANACI NOGUEIRA
DEBORAH MARINA DE MATOS RAMOS
Professor(es): MARCIA REGINA PESSOA D ANDRADE
MARCOS ALBERTO ZOCOLER
LEANDRA ERNST KERCHE

Resumo:
Muitos problemas de saúde em humanos são atribuídos à contaminação do meio ambiente por resíduos decorrentes das atividades antrópicas. Para a avaliação de riscos mutagênicos, a detecção de agentes contaminantes e o biomonitoramento ambiental, os bioensaios com plantas superiores têm sido amplamente utilizados, sendo que uma das espécies mais empregadas é o Allium cepa L. (cebola comum). O objetivo dessa pesquisa é avaliar a citotoxicidade e a genotoxicidade da água coletada do córrego do Limoeiro, situado na cidade de Presidente Prudente, SP, por meio do sistema teste Allium cepa como bioindicador. Pretende-se verificar a ocorrência e os tipos de danos causados em células meristemáticas radiculares através dos testes de aberrações cromossômicas, índice mitótico e micronúcleo. Os testes serão realizados em amostras coletadas em cinco pontos do córrego, desde a sua nascente, ao longo do percurso do curso d´água dentro do município e até alguns quilômetros distantes da área urbana. Serão avaliados dois períodos do ano, sendo as primeiras amostras coletadas nos meses de junho a agosto, quando o clima é predominantemente seco. As demais amostras serão coletadas nos meses de janeiro a março, quando o clima tem predominância chuvosa. Serão utilizados 10 bulbos de Allium cepa para cada ensaio em cada um dos cinco pontos de amostragem. Serão utilizados como controle negativo bulbos mantidos sobre água destilada e, como controle positivo, bulbos mantidos em solução com peróxido de Hidrogênio a 300mM, perfazendo um total de 70 bulbos para os testes realizados em cada estação climática. Pontas de raízes em crescimento serão coletadas em fixador Carnoy e mantidos em geladeira até o preparo das lâminas. Será empregada a técnica de esmagamento de meristemas radiculares após a sua coloração pelo método de Feulgen. Configurações celulares serão observadas em microscópio óptico, através da técnica de varredura, onde serão contadas 2000 células por ponto de coleta. O índice mitótico será avaliado através da observação do número de células em cada fase da divisão celular. Será analisada a frequência dos diferentes tipos de aberrações cromossômicas, tais como: formação de anel, atraso na separação de cromátides-irmãs, presença de pontes e fragmentos cromossômiicos em anáfase e telófase, formação de micronúcleos e outras anomalias que permitam a detecção de danos ao DNA a nível qualitativo. Os resultados serão submetidos à análise de variância pelo teste F e ao teste de Tukey para a comparação de médias ao nível de 5 de probabilidade, utilizando-se o programa estatístico Assistat.

Protocolo: 3977 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IAGO FERNANDES SANTOS
GABRIELA ARAUJO LOURENCO
ANA CAROLINA PRETO MALAMAN
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA

Resumo:
Os fatores que interferem no desenvolvimento e crescimento de uma planta são constantemente estudados para otimizar o cultivo de espécies. Neste projeto, a formação de tecidos vasculares secundários e a alocação de biomassa na plântula serão examinados sob diferentes condições luminosas. Serão analisadas um total de 420 plântulas de jenipapeiro (Genipa americana L.) divididas entre 3 tratamentos de condições luminosas diferentes (140 por tratamento) sendo o primeiro, o tratamento controle em plena irradiação solar; o segundo com telas de sombreamento de 50; e o terceiro com telas de sombreamento de 70. Data Loggers serão instalados em cada tratamento para monitorar a temperatura e a umidade do local. Coletas de 7 plântulas por tratamento serão feitas a cada 10 dias. Serão seccionadas em raiz, caule e folha, mesurando a massa e a área foliar. Na produção de lâminas para análise laboratorial da atividade cambial a partir do caule, serão coletadas amostras de 1 centímetro a partir de 2 centímetros colo, fixadas em F.A.A 70 e preservados em álcool etílico 70. Serão preparadas lâminas semipermanentes e as secções em corte livre das secções transversais do caule serão preparadas com glicerina e coradas com Safranina 1. Para cada amostra, o número radial de células na zona cambial, fase de alargamento radial, fase de espessamento da parede celular e células maduras serão contados ao longo de três fileiras radiais. Os resultados de cada variável serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p <= 0,05), e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 3929 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TULIO LOPES MARINHO LINARD
Professor(es): WILLYAM DE LIMA VIEIRA
ALEXANDRIUS DE MORAES BARBOSA

Resumo:
Os microrganismos patogênicos podem contaminar os alimentos por meio de suas toxinas. Os estafilococos são alguns dos microrganismos significantes que podem causar intoxicação alimentar, por meio de características oportunistas e generalistas. Esses microrganismos, principalmente a espécie S. aureus, podem ser encontrados em amostras de leite bovino. As intoxicações alimentares causadas por enterotoxinas estafilocócicas têm evolução aguda com rápida manifestação dos sinais, que incluem náuseas e emese grave, acompanhada ou não de diarreia. Assim, este estudo visa o isolamento de S. aureus de amostras de leite bovino e a detecção das enterotoxinas estafilocócicas clássicas para caracterização da virulência dessas cepas. Serão obtidas amostras de 20 propriedades rurais, localizadas na região de Presidente Prudente (São Paulo), que realizam a entrega em uma Usina de Beneficiamento. Essas amostras serão processadas para a contagem das Unidades formadoras de colônias e identificadas para a detecção deS. aureus. S. aureus isolados serão submetidos à técnica de PCR para detecção das enterotoxinas A, B, C e D. Para análise dos resultados obtidos será utilizado o Teste de X2. O nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05.

Protocolo: 3920 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULO HENRIQUE GARCIA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Staphylococcus aureus éa principal bactéria do gênero Staphylococcus. Apesar de pertencer a microbiota humana, é capaz de causar sérias infecções que podem ser agravadas quando essas cepas apresentam resistências aos antimicrobianos. S. aureus resistentes à meticilina (MRSA) são de difícil tratamento, pois são resistentes à todos antimicrobianos beta-lactâmicos. Uma das doenças que podem ter complicações quando há colonização por S. aureus é o diabetes, principalmente em casos de feridas crônicas. Tendo em vista a dificuldade do tratamento de feridas crônicas em pacientes diabéticos, o conhecimento da susceptibilidade de S. aureus às drogas utilizadas no tratamento contribuirá para uma melhor e mais eficiente conduta médica. Dessa forma, o presente estudo visa identificar a colonização de S. aureus e MRSA em pacientes diabéticos e avaliar a susceptibilidade desses microrganismos aos antimicrobianos. Para isso serão coletadas 30 amostras das cavidades nasais e possíveis feridas crônicas de diabéticos. Durante a coleta o paciente responderá um questionário com informações sociais e de sáude. A coleta será feita com um swab steril e semeada em àgar Manitol e após o crescimento serão realizadas a coloração de Gram e o teste de catalase e coagulase para a identificação de S. aureus. A susceptibilidade aos antimicrobianos será determinada a partir de discos impregnados com Oxacilina, Cefoxitina, Penicilina, Clindamicina, Eritromicina, Vancomicina e Levofloxacina. Para a extração do DNA será utilizado o kit illustra e a detecção do gene mecA será através das reações de PCR. As analises dos resultados serão feitas através do teste de X², com nível de significância de p < 0,05.

Protocolo: 3919 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA MADEIRA DE CASTRO
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Um dos queijos mais populares do Brasil é o queijo fresco do tipo Minas Frescal, que é uma variedade não maturada para consumo imediato e de curta duração, largamente produzido no Brasil e consumido por todas camadas da população. Sua produção envolve baixo custo e representa a maioria dos queijos disponíveis em feiras, mercearias e bares, sendo armazenados em sacos comum sem usar vácuo, podendo assim ser comercializado a preços acessíveis. Na sua embalagem é possível observar um exudato, devido a sua alta umidade e forma de armazenamento, que pode favorecer o crescimento microbiano, sendo mais preocupante o crescimento de bactérias patogênicas, pois envolve a segurança de alimentos que é essencial para os consumidores e para todos os órgãos responsáveis pela Saúde Pública. As bactérias do gênero Staphylococcus são consideradas importantes patógenos em alimentos, não apenas quando são detectadas células viáveis, mas também quando produzem as enterotoxinas, que são termoestáveis. Assim, o trabalho visa a detecção de S. aureus em queijos artesanais do tipo Minas frescal provenientes de feiras e mercearias de três municípios do Oeste Paulista.

Protocolo: 3918 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NAIARA CRISTINA DE OLIVEIRA
SILMARA DE JESUS ROQUE MARINHEIRO
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
O manjericão é uma planta nativa do oriente médio que ficou muito conhecida após a chegada dos imigrantes italianos no Brasil. Ela é utilizada na culinária, na indústria farmacêutica e na indústria de cosméticos. O Ocimum basilicum produz óleo essencial, assim como outras plantas aromáticas, que tal óleo serve de matéria prima para remédios e produtos de perfumaria. Assim como o óleo essencial, o etileno também é produzido em situação de estresse, podendo haver uma relação entre eles. A síntese de etileno é estimulada por lesões fisiológicas e o óleo essencial é produzido em situações causadas por lesões fisiológicas. O objetivo deste trabalho é estudar a influência da aplicação de etileno na produção de óleo essencial de Ocimum basilicum. O experimento será conduzido em casa de vegetação, localizada no Campus II da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE, em Presidente Prudente-SP. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado com cinco tratamentos e 5 repetições e cada parcela constituída por 10 plantas. Os tratamentos serão doses crescentes de ácido 2-cloroetilfosfônico sendo utilizados 0, 50, 100, 150 e 200 mg L-1 do princípio ativo. O ácido 2-cloroetilfosfônico será utilizado na forma do produto comercial Ethrel® contendo 240 g de ácido 2-cloroetilfosfônico por litro de produto. Serão analisadas as variáveis: alturas das plantas, espessura do caule, o número de folhas, massa fresca da planta, massa seca e a quantidade de óleo essencial produzida.

Protocolo: 3899 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 1/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS NOGUEIRA WATANABE
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
A Ruta graveolens L. é uma espécie vegetal, conhecido popularmente como Arruda; possui grande importância econômica na medicina popular, devido a composição de seus óleos essenciais que conferem propriedades fitoterápicas. O presente trabalho, estudará o rendimento do óleo essencial em função de diferentes condições de luz. As mudas serão plantadas em vasos plásticos, preenchidos com solo e esterco bovino. Será utilizado o delineamento inteiramente casualizado composto por tratamentos com plantas cultivadas em pleno sol submetidas a diferentes níveis de sombreamento. Ao longo do crescimento das plantas, serão feitas medições das seguintes variáveis: altura, diâmetro do caule, e número de folhas, para caracterizar as fases de seu desenvolvimento. Após 120 dias de plantio, através da coleta de suas folhas e flores secas à sombra em local ventilado e/ou em um secador com temperatura máxima 40°, será feita a pesagem do material para a obtenção de massa seca. A secagem do material para a extração dos óleos essenciais será realizada por hidrodestilação à vapor. O rendimento do óleo extraído será calculado em relação a massa, densidade, volume e massa fresca da amostra, onde os resultados serão submetidos à analises estatísticas de variância e teste de tukey.

Protocolo: 3907 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 1/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOYCIENE GOIS ALVES
TULIO LOPES MARINHO LINARD
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
É muito importante a realização de testes toxicológicos com compostos químicos para conhecer os possíveis efeitos dos defensores agrícolas na saúde humana e impactos ambientais. A Atrazina (1-chloro-3-ethylamino-5-isopropylamino-2,4,6-triazine) é um herbicida do grupo das triazinas utilizada no controle de ervas daninhas e outras culturas, tais como gramíneas em milho, sorgo, cana-de-açúcar, algodão, abacaxi, vegetações e paisagens. No cultivo de milho, por exemplo, a Atrazina vem sendo utilizada a mais de 11 anos, é transportada ao solo por escoamento ou lixiviação o que acarreta em contaminação do solo, água do subsolo e lagos e cursos d´água próximos a áreas de plantio das diversas culturas, onde a frequencia e a localização da aplicação que determina o processo de contaminação por esse herbicida. Por conseguinte, este trabalho tem como objetivo realizar uma análise fitotoxicológica do herbicida Atrazina em diferentes concentrações utilizando as sementes de alface (Lactuca sativa) como organismo teste.

Protocolo: 3886 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAELA TORQUATO DE AGOSTINI
TAINA TENORIO COSTA
Professor(es): EDNA ANTONIA TORQUATO DE AGOSTINI

Resumo:
Mantidas pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar, as cozinhas piloto desempenham grande papel na alimentação escolar, visto que são responsáveis pela elaboração e distribuição da refeição em escolas públicas, atendendo públicos de crianças à adolescentes. Porém, esses alimentos estão sujeitos à contaminação bacteriana através das falhas de higienização dos manipuladores de alimentos. Por fazer parte da microbiota humana, a bactéria Staphylococcus aureus é um dos agentes patogênicos mais frequentes encontrados nesse ambiente, já que esses funcionários podem facilitar a disseminação dessas bactérias aos alimentos e superfícies. A presença desse agente patológico indica grande risco à saúde dos consumidores, já que em condições favoráveis, esses microrganismos podem se aderir a superfícies e, através de medidas moleculares, formarem biofilme, garantindo assim maior resistência à antimicrobianos e agentes químicos, persistindo no ambiente. A formação do biofilme é codificada através dos genes do operon ica, principalmente icaA e icaD. O objetivo desse estudo é detectar os genes responsáveis pela formação de biofilme em amostras de S. aureus coletas em manipuladores de alimento de uma cozinha piloto. Será realizada a extração de DNA utilizando o Kit Illustra. Logo depois, será realizada a detecção dos genes icaA e icaD através das reações de PCR. Em todas as reações realizadas serão utilizadas linhagens de referência internacional de controle positivo e negativo de S. epidermidis ATCC 35985 (produtora de biofilme) e S. epidermidis ATCC 12228. Para a análise de dados multivariada será construídos modelos de regressão logística, com inserção gradual de variáveis. O nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05.

Protocolo: 3890 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAEL DA SILVA ROSA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
A berinjela (Solanum melongena) pertence à família Solanaceae que contém cerca de 90 gêneros com, aproximadamente, 3.000 espécies onde muitas delas apresentam grande importância econômica. O crescimento da planta é definido a partir da distribuição de assimilados entre seus diferentes órgãos. O fluxo desses assimilados na planta é governado por uma série de processos metabólicos e de transporte através do sistema fonte-dreno. A produção e qualidade de suas sementes podem sofrer interferência pela quantidade de frutos na planta, sendo que as plantas conduzidas com maior número de frutos apresentam maior produção de sementes. Relacionando o efeito fonte-dreno com a qualidade das sementes, nota-se que ele pode contribuir negativamente, pois a concentração de assimilados em cada fruto, leva em consideração a quantidade total de frutos na planta, uma vez que uma planta com um número maior de frutos teria uma menor concentração de nutrientes por fruto e uma concentração muito baixa de nutrientes na semente. Este trabalho tem por objetivo estudar esta influência que o número de frutos na planta pode apresentar sobre a qualidade e produção de sementes, relacionando-o com o efeito fonte-dreno. O experimento foi realizado nas instalações da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE, Presidente Prudente-SP. Serão obtidas sementes berinjela da variedade Ciça. O delineamento experimental será o inteiramente casualizado havendo quatro tratamentos (frutos produzidos na segunda, terceira, quarta e quinta bifurcação da planta) com cinco repetições e cinco plantas por repetição. Para verificar a qualidade das sementes as mesmas serão submetidas a câmaras de germinação para obter resultados que serão submetidos ao teste de Shapiro-Wilk e ao teste de Levene para verificar a normalidade e a homogeneidade das variâncias dos dados. Caso atendam estes dois pressupostos, os mesmo serão submetidos à análise de variância e análise de regressão linear e polinomial.

Protocolo: 3915 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELA APARECIDA COUTO TENORIO BREETZ
ALANA BARBOSA DE OLIVEIRA
FABIANA AFANACI NOGUEIRA
DEBORAH MARINA DE MATOS RAMOS
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
O Manjericão (Ocimum basilicum L.) é uma erva aromática muito utilizada no cenário culinário e medicinal e possui reservas de flavonoides entre seus compostos. Os flavonoides são metabólitos secundários e possuem grande atividade terapêutica no metabolismo humano, como antioxidante, antiviral, antitumoral e entre outras. Neste estudo, objetiva-se estudar a influência do déficit hídrico na produção e rendimento de flavonoides no manjericão. Será empregado o delineamento interamente casualizado com dois tratamentos, composto por dosi regimes hídricos 100 e 40 da capacidade do pote, com 10 repetições. A semeadura ocorrerá em bandejas de poliestireno expandido e após 30 dias serão transplantadas para potes de plásticos preenchidos com solo previamente corrigido e adubado. A aplicação do déficit hídrico ocorrerá vinte dias antes da colheita e após este período será coletada a altura, diâmetro do caule, número de folhas, massa fresca e massa seca. Será estudado o teor de flavonoides totais e a atividade da enzima fenilalanina amônia liase. Os resultados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas, pelo teste de Tukey à 5 de probabilidade.

Protocolo: 3906 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 1/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MILENA RODRIGUES SALES
MATHEUS FELIPE DUARTE DA SILVA
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
Um dos maiores vícios atualmente citados no mundo é o uso de uma droga psicoativa lícita que é o cigarro. De acordo com as literaturas o uso do tabaco é revertido em inúmeras doenças crônicas, sendo na maioria delas não transmissíveis. Doenças essa que além de serem normalmente irreversíveis, tem um alto índice de mortes. Os fumantes não são os únicos expostos à fumaça do cigarro, pois os não-fumantes também são agredidos por ela, tornando-se fumantes passivos. Os poluentes do cigarro dispersam-se pelo ambiente, fazendo com que os não-fumantes próximos ou distantes dos fumantes inalem também as substâncias tóxicas. O objetivo desse estudo é avaliar os efeitos dos aditivos: prebiótico, probiótico e simbiótico, sobre a influência do consumo de cigarro e analisar parâmetros bioquímicos hepáticos, renais, lipídicos e glicêmicos. Serão selecionados 80 ratos machos jovens da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 10 animais cada: Grupo Controle (GC); Grupo Controle Tabagista (GCT); Grupo Prebiótico (GP); Grupo Prebiótico Tabagista (GPT); Grupo Probiótico (GPRO); Grupo Probiótico Tabagista (GPROT); Grupo Simbiótico (GS); Grupo Simbiótico Tabagista (GST). O experimento terá duração de 65 dias, os ratos serão expostos a fumaça de cigarro uma hora por dia, no final do período experimental, todos os grupos de animais serão anestesiados e serão colhidas amostras de sangue de todos os animais, por punção cardíaca, em tubos "vacutainer" contendo heparina, para os exames bioquímicos e serão analisados os parâmetros de: fosfatase alcalina, albumina, gama-glutamil transferase (GGT), uréia, glicose,colesterol total, HDL, , triglicerídeo e o hormônio e testosterona. A análise estatística dos resultados bioquímicos será elaborada com a utilização do programa estatístico SAS 8.0 (2004). Os dados serão submetidos à análise de variância e as diferenças (P<0,05) entre as médias serão compradas pelo teste t de Student.

Protocolo: 3585 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2017 - 2/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA BELONE LOPES
VIVIANE APARECIDA DOS SANTOS
ANA VANUIRE ROMBI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO

Resumo:
Retocolite ulcerativa é uma doença inflamatória intestinal que se leva a uma inflamação prolongada e recidivante do colon, e compromete a qualidade e expectativa de vida, com aumento do risco de desenvolvimento de cancêr colo-retal. Não se conhece a causa da retocolite ulcerativa, mas fatores genéticos estão envolvidos no seu aparecimento e progressão, que envolve resposta imune anormal para destruir antígenos da microbiota intestinal, o que sugere interações complexas entre fatores genéticos e comunidades microbianas endógenas. A incidência de câncer colorretal (CCR) em pacientes com retocolite ulcerativa é maior que na população em geral. Os processos inflamatórios desempenham papel relevante na etiologia de varias doenças, e envolve múltiplos sistemas fisiopatológicos na modulação, entre os quais, o endócrino, notadamente, a testosterona. O presente estudo tem como objetivo avaliar a influencia da suplementação com mananoligossacarideos em ratos com colite induzida por TNBS experimentalmente e tratados com prednisolona na concentração sérica da testosterona em comparação com o grupo controle. Serão utilizados neste estudo 9 grupos (n=8) de ratos wistar divididos em: Animais não-colíticos (GC, G dieta 0,1, G dieta 0,2), animais coliticos (GC TNBS, G dieta 0,1, G dieta 0,2, G Tratamento predinisolona, G Tratamento prednisolona+dieta 0,1, G Tratamento+dieta 0,2). Serão realizadas dosagens da concentração de testosterona sérica nos animais de todos os grupos após os 7 dias de aclimatação dos animais (momento zero) e após 14 dias de tratamento. As analises serão realizados no soro dos animais. A análise estatística dos dados será realizada utilizando o software SPSS (versão 21). Para a análise de comparação das médias será empregado o teste de Mann-Whitney para os dados não paramétricos. A significância estatística foi de p<0,05 em todas as comparações efetuadas.

Protocolo: 3586 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2017 - 6/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JORDANA MENDES RIBEIRO PRADO
MARCOS NATAL RUFINO
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA
ROGERIA KELLER
MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
As bactérias do gênero Staphylococcus são cocos gram-positivos que normalmente fazem parte da microbiota humana como comensais, mas sua característica oportunista pode levar a sérias infecções. Staphylococcus aureus e estafilococos coagulase-negtiva (ECN) são microrganismos frequentemente isolados em hemoculturas, que é um exame de importância em suspeitas clínicas de bacteremia, pois seu resultado possibilita a identificação do agente etiológico e contribui para a determinação da conduta terapêutica específica. Normalmente ECN estão envolvidos em processos infecciosos em paciente imunocomprometidos ou que fazem uso de cateteres, sendo descritos como a maior causa de bacteremia nosocomial. Além disso, a resistência desses microrganismos aos antimicrobianos utilizados na clínica podem agravar essas infecções, dificultando o seu tratamento. A correta identificação de bactérias em amostras de sangue representa importante recurso diagnóstico em doenças infecciosas, principalmente os ECN, pois muitas vezes são considerados contaminação. Assim, este estudo visa identificar S. aureus e as diferentes espécies de ECN de amostras de hemoculturas, além de testar a sua suscetibilidade frente aos antimicrobianos utilizados no tratamento de infecções estafilocócicas.

Protocolo: 3869 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): STEPHANIE MIDORI KIRIHARA DA ROZA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
O uso de plantas para fins terapêuticos tem aumentado consideravelmente, assim como a crença de que elas possuem efeitos benéficos e são livres de efeitos colaterais ou adversos. No entanto, a maioria das informações disponíveis sobre o consumo dessas plantas não tem nenhum suporte científico e seu uso é baseado apenas na cultura popular. Entre as plantas utilizadas pela humanidade como fonte de alimentação e de medicamentos estão aquelas pertencentes ao gênero Spondias. A espécie Spondias purpurea L. produz frutos comestíveis conhecidos popularmente no Brasil como seriguela e em inglês como jocote. Há relatos de utilização dessa planta para diarreia, coceiras, disenterias, inchaços e etc. Embora essas e outras atividades tenham sido reportadas, pouquíssimos estudos relacionando os efeitos dos frutos e das folhas da S. purpurea sobre o DNA (indução, redução ou prevenção de mutações) estão disponíveis atualmente, e nenhum estudo relacionado à casca. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar in vitro os potenciais citotóxicos e genotóxicos do extrato etanólico da casca dessa planta, através dos testes do MTT e ensaio do cometa, respectivamente, além de avaliar os possíveis efeitos sobre a morte celular e sobre alguns parâmetros de estresse oxidativo (GSH e MDA). A avaliação in vitro acontecerá em células de ovário de hamster chinês (CHO-k1).

Protocolo: 3505 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA MELO SALES DOS SANTOS
Professor(es): MARCOS ALBERTO ZOCOLER
LEANDRA ERNST KERCHE

Resumo:
O PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), garante o repasse de recursos financeiros diretamente aos Municípios, Estados e Distrito Federal a fim de garantir as necessidades nutricionais da população escolar, sendo a cozinha piloto um dos departamentos beneficiados por esse órgão. A cozinha piloto é responsável pelo preparo e distribuição da merenda escolar nos municípios da União, com isso uma das grandes preocupações com o alimento diz respeito a sua qualidade, sendo indispensável conhecer as condições higiênico-sanitárias estabelecidas durante a sua produção. As doenças veiculadas por via oral estão, principalmente, relacionadas ao consumo de alimentos contaminados por micro-organismos patogênicos. As bactérias contaminantes dos alimentos podem ser organismos pertencentes à microbiota ou essencialmente patogênicos, sendo ambos, transmitidos pelas mãos devido a deficientes hábitos de higiene dos manipuladores. Entre as bactérias pertencente à microbiota, encontra-se a espécie Staphylococcus aureus. A consequência da intoxicação alimentar estafilocócica ocorre devido à ingestão de enterotoxinas pré-formadas no alimento contaminado pela bactéria, encontrando-se a mesma viável ou não. Além das contaminações bacterianas, entre as causas de doenças de origem alimentar deve-se dar importância às enteroparasitoses. A contaminação alimentar por enteroparasitas pode ocorrer mediante a ingestão de ovos de helmintos e/ou cistos de protozoários, os quais podem ser encontrados no solo, água, alimentos e mãos que tiveram contato prévio com fezes humanas ou animais contaminadas. Visto a importância do conhecimento das condições higiênico-sanitárias e da condição de portador de microrganismos oportunistas, este trabalho tem como objetivo a detecção de S. aureus e enteroparasitas provenientes de trabalhadores de uma cozinha-piloto.

Protocolo: 3465 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRE APARECIDO DIAS
DIEGO JUNIOR SANTOS GONCALVES
CAMILA DE JESUS SILVA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
O estabelecimento de culturas in vitro com elevado potencial embriogênico é uma das etapas fundamentais para o sucesso na obtenção de plantas transgênicas. Será avaliado o potencial regenerativo in vitro a partir de segmentos basais foliares de diferentes genótipos de Urochloa. Após determinação do protocolo de regeneração será construído um cassete de expressão contendo o gene ipt sob controle do promotor estresse-induzido AIPC. A superprodução de citocininas através da expressão do gene ipt em plantas transgênicas de várias espécies demonstrou que o programa de senescência nestas plantas foi alterado apresentando menor abscisão foliar, manutenção de folhas fotossinteticamente ativas por maior tempo e tolerância a estresses abióticos. Contudo, a expressão constitutiva de citocininas causa efeitos negativos na morfologia, no desenvolvimento e na fertilidade das plantas. Sendo assim um promotor induzível seria mais eficiente. O complexo promotor estresse-induzido AIPC tem sido utilizado com sucesso na expressão de genes induzidos por estresse em monocotiledôneas. Nosso grupo dispõe de construções gênicas contento o promotor AIPC e o gene ipt em vetores separados. O vetor aqui construído será utilizado em concentrações equimolares aos dos vetores pEmuKN o qual contém o gene de resistência à canamicina, para o co-bombardeamento das regiões meristemáticas de Urochloa sp. Portanto o objetivo desse trabalho é estabelecer um protocolo para regeneração in vitro de espécies de Urochloa a partir de regiões meristemáticas e construir um cassete de expressão contendo o gene ipt sob controle do promotor estresse-induzido AIPC.

Protocolo: 3421 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DILIANE HARUMI YAGUINUMA
Professor(es): LUIZ GONZAGA ESTEVES VIEIRA
ALESSANDRA FERREIRA RIBAS

Resumo:
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS) tem ocorrido um aumento gradativo na expectativa de vida mundial, transformando a população idosa em cerca de um quinto da população total, devido a esse fato a preocupação com a saúde dessa porção está aumentando. O número de infecções em idosos é grande e um dos agentes prevalentes nesses casos é o Staphylococcus aureus, que é uma bactéria do tipo coco gram positivo, arredondada com arranjo em formato de "cacho de uva", possui cápsula de polísacarrideos, não são formadores de esporos e são anaeróbios facultativos, o S. aureus causa diversas infecções humanas desde simples foliculites até bacteremias, ela pode estar presente nas mucosas nasais, garganta, intestino e pele de parte da população saudável, levando a infecções de difícil tratamento quando se tornam patogênicas ao hospedeiro. O S. aureus possui diversos fatores ligados a sua patogenicidade, entre eles a produção de uma estrutura chamada biofilme que impede a fagocitose, além disso os S. aureus possuem um alto perfil de resistência, incluindo a resistência a meticilina (MRSA) fato que tem sido preocupação a nível mundial. O presente estudo tem como objetivo verificar a produção de biofilme e a suscetibilidade aos antimicrobianos em Staphylococcus aureus isolados de idosos de lares de repouso de Presidente Prudente/SP.

Protocolo: 3342 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLA CAROLINA RODRIGUES DOS SANTOS GOES
KESIA PRISCILA ISQUERDO DIAS
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
A maior diversidade de samambaias ocorre nos trópicos onde aproximadamente ¾ das espécies são encontradas. Na flora brasileira, as pteridófitas possuem uma megadiversidade. Constituem um importante grupo vegetal. O objetivo deste trabalho foi estudar os diferentes tipos de meio de cultura, na germinação dos esporos de samambaias Polypodium aureum. As frondes serão esterilizadas em solução de hipoclorito de sódio a 20 durante 30 minutos. Depois de secar completamente em temperatura ambiente durante 72 horas, os esporângios serão removidos das frondes com auxílio de um pincel e armazenados em frascos de vidro sob refrigeração e temperatura de 7 ± 1°C. O delineamento experimental utilizado será o inteiramente casualizado sendo composto por 5 tratamentos e 10 repetições. As soluções nutritivas serão previamente esterilizadas em autoclave, por 20 minutos a 120°C e serão depositadas em erlenmeyers. Cada erlenmeyer receberá aproximadamente 30mg de esporos. Os erlenmeyers serão tampados com filme de polipropileno, fixos por elástico e transferidos para câmara de germinação, à temperatura de 25ºC e luz branca contínua cuja densidade de fluxo de fótons será de aproximadamente 30 µmol m-2 s-1. Este material será mantido nessas condições durante 45 dias. As avaliações ocorrerão a cada 3 dias, sendo contado o número de esporos germinados. Após esse período, será calculada a porcentagem de germinação, tempo médio de germinação, índice de velocidade de germinação e freqüência e sincronização da germinação.

Protocolo: 3336 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PATRICIA APARECIDA SANTOS ALVES
Professor(es): WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
A vida acadêmica acarreta em várias mudanças na vida do estudante, as quais podem alterar de forma benéfica ou até mesmo maléfica. No caso dos benefícios, o fato de obter conhecimento e aprender uma profissão são os mais importantes. Já os malefícios podem ser caracterizados como possível falta de tempo para fazer outras atividades, pressão dos professores e principalmente o estresse. Por sua vez a pressão por resultados e o estresse acabam levando o estudante a fazer uso de substâncias para aliviar os problemas. Assim, o objetivo do presente estudo é indicar o uso de antidepressivos, ansiolíticos e psicoestimulantes em estudantes de graduação da Unoeste de Presidente Prudente-SP. Para isso, participarão da pesquisa estudantes maiores de 18 anos dos cursos de graduação. Os participantes responderão um questionário online com dezesseis questões, com informações acerca do uso de psicoativos com e sem prescrições médicas. Igualmente, a forma de uso será esclarecida, sendo esta intermitente ou contínua e por fim serão apontados os dados referentes a origem da droga, ou seja, o local onde o usuário obteve a substância. Os dados serão analisados de forma descritiva, em função do número de respostas apresentadas para cada questão do questionário e uma Análise Multivariada de Variância (MANOVA) será executada para avaliar se há padrões detectáveis de uso de substâncias (lícitas ou ilícitas), isto é, se há substâncias que são utilizadas mais frequentemente em conjunto.

Protocolo: 3319 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KELEM APARECIDA ALVES
AMANDA NEVES AMARAL
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Vazamentos em postos de combustíveis provocam grandes problemas ao meio ambiente, principalmente no que diz respeito à contaminação de águas subterrâneas e solos. Os maiores problemas da contaminação por derivados de petróleo são atribuídos aos hidrocarbonetos monoaromáticos (BTX - benzeno, tolueno e xileno), que são os constituintes mais solúveis e mais móveis da fração da gasolina, sendo os primeiros a atingir o lençol freático. A contaminação causada por vazamentos leva à possível exposição da população em geral, quando em contato com água e solo contaminados. No mais recente levantamento realizado pela Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), identificou-se que mais de 85 dos casos de contaminação na região do Oeste Paulista estão relacionados à resíduos de postos de combustíveis. Apesar da preocupação sobre os potenciais riscos à saúde, causados pela exposição aos componentes da gasolina, a maioria dos estudos de toxicologia reprodutiva abordam os constituintes separadamente. Desta forma, o presente estudo pretende avaliar os efeitos da exposição de ratos machos adultos à mistura comercial de gasolina/etanol (75/25 em volume) sobre a integridade de membrana acrossomal do espermatozoide. Para realização do presente estudo, serão utilizados espermatozoides a serem coletados de animais provenientes do projeto cadastrado e aprovado na CPDI e Comissão de Ética no Uso de Animais (CEUA), sob protocolo nº 3183. Desta forma, não serão utilizados mais animais para a realização do presente projeto. Serão avaliadas amostras espermáticas do epidídimo de 32 ratos Wistar adultos, alocados em 4 grupos experimentais: Grupo de alta dose: 800 mg/kg/dia de gasolina, contendo 200 mg/kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de média dose: 160 mg/kg/dia de gasolina, contendo 40 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de baixa dose: 16 mg/kg/dia de gasolina, contendo 4 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo controle: óleo de milho, por 30 dias, via gavagem. A membrana acrossomal será analisada em microscópio de luz, após coloração de Pope (Fast Green/Rosa Bengala). Os resultados serão comparados pelo teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn. Será considerado como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 3341 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARINA MARTINS SILVA
ANDRESSA AGATA FERNANDES TAMIAO
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O consumo de peixe vem sendo estimulado de longa data e tem sido importante para o desenvolvimento social e econômico de inúmeras regiões do país. A criação de pesqueiros é uma atividade muito aceita no Brasil por conciliar lazer com a prática da pesca. Entretanto, deve ser necessário o monitoramento da qualidade da água dos tanques uma vez que isso influencia diretamente a sobrevida dos seres vivos daquele ambiente. Este trabalho tem como objetivo a avaliação de parâmetros físico-químicos e microbiológicos em amostras coletadas de tanques de pesqueiro da região de Presidente PrudenteSP em duas estações do ano (verão e inverno). As amostras coletadas serão submetidas à análise da condutividade, pH, e nível de oxigênio dissolvido. Além disso, será quantificada a presença de coliformes termotolerantes. Após as análises os resultados serão compilados em gráficos e tabelas e analisados estatisticamente.

Protocolo: 3277 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYSA BARBOSA GOMES
Professor(es): LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
Em florestas tropicais, diferentes características estruturais das folhas das espécies arbóreas são evidenciadas pelas variações nas diferentes condições de luminosidade incidente. A diversidade morfológica foliar está fortemente relacionada ao transporte de água e as trocas gasosas. Estudos alométricos dos tecidos foliares (epiderme, mesofilo e feixes vasculares) vêm auxiliando na compreensão de suas relações com fluxo de água e CO2. O objetivo do estudo é avaliar a relação entre a organização dos tecidos vasculares e de revestimento de folha com as trocas gasosas em plântula de Guazuma ulmifolia Lam. sob diferentes condições de luminosidade. As plântulas serão obtidas de sementes e germinadas em condições de casa de vegetação com ambiente controlado. Noventa dias após a germinação, os vasos de PVC (12dm3) serão transferidos para o local do experimento para permitir a aclimatação das plântulas em condições de sol e sombra. O delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, com dois tratamentos: pleno sol e sombreamento artificial limitando a luminosidade à cerca de 15 de irradiância. As plântulas serão mantidas nestas condições por 60 dias antes das medições dos parâmetros. Serão mensurados os parâmetros (1) anatômicos como a distância entre as nervuras (Dn-n) e a distância da nervura até a epiderme (Dn-e); (2) fisiológicos como taxa máxima de assimilação de CO2 (capacidade fotossintética, Amax), condutância estomática (gs), concentração intercelular de CO2 (Ci), e transpiração (E). A partir dessas medidas será calculada a eficiência do uso da água (EUA = A/E). Os resultados de cada parâmetro medido/calculado no estudo serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p<0,05), e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade. Para quantificar as correlações entre as características morfológicas, fisiológicas e de condutância será utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. As correlações são consideradas como "significativa" quando P <0,05. Todas as análises estatísticas serão realizadas utilizando o software SISVAR.

Protocolo: 3268 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCUS VINICIUS DE LIMA COSTA
Professor(es): WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
A arquitetura hidráulica da planta influencia a taxa em que a água pode ser transportada da raiz a parte aérea, diferenças na estrutura condutora do xilema tem o potencial de afetar os estado da água e consequentemente limitar a fotossíntese e o crescimento O objetivo do estudo é relacionar as modificações do xilema de caule, pecíolo e folha com as trocas gasosas de plântulas da espécie arbórea Gochnatia polymorpha (Less.) Cabrera em diferentes ambientes luminosos. As plântulas serão obtidas de sementes e germinadas em condições de casa de vegetação com ambiente controlado. Noventa dias após a germinação, os vasos de PVC (12dm3) serão transferidos para o local do experimento para permitir a aclimatação das plântulas em condições de sol e sombra. O delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, com dois tratamentos: pleno sol e sombreamento artificial limitando a luminosidade à cerca de 15 de irradiância. As plântulas serão mantidas nestas condições por 60 dias antes das medições dos parâmetros. Serão mensurados os parâmetros (1) anatômicos como a a espessura da epiderme adaxial e abaxial, parênquima paliçádico e esponjoso, densidade estomática e o número e o diâmetro dos elementos de vaso de caule, pecíolo e nervura central; (2) fisiológicos como taxa máxima de assimilação de CO2 (capacidade fotossintética, Amax), condutância estomática (gs), concentração intercelular de CO2 (Ci), e transpiração (E). A partir dessas medidas será calculada a eficiência do uso da água (EUA = A/E). Os resultados de cada parâmetro medido/calculado no estudo serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p<0,05), e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade. Para quantificar as correlações entre as características morfológicas, fisiológicas e de condutância será utilizado o coeficiente de correlação de Pearson. As correlações são consideradas como "significativa" quando P <0,05. Todas as análises estatísticas serão realizadas utilizando o software SISVAR.

Protocolo: 3267 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PEDRO ANTONIO DE LIMA FELIS
Professor(es): WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
O Brasil é o terceiro maior centro de origem da família cactaceae, sendo o gênero Cereus, um dos que apresenta maior distribuição no território brasileiro. Apesar da grande importância ecológica que esta família apresenta, os estudos fenológicos são escassos, sobretudo na região do Oeste Paulista. Neste sentido, este trabalho objetiva estudar os estádios fenológicos do gênero Cereus nas condições do Oeste Paulista. O estudo será conduzido no Campus II da Universidade do Oeste Paulista, situado no município de Presidente Prudente/SP, serão monitorados 20 indivíduos no período de agosto de 2016 a julho de 2017. As características biométricas que serão aferidas durante o período vegetativo são, altura da planta, diâmetro a altura do peito, número de ramos e número de brotos vegetativos. Durante o período reprodutivo, além das medias que são feitas no período vegetativo, também serão estudados o número de botões florais, número de flores, número de frutos e número de vezes que a planta floresce ao longo do seu período reprodutivo. Os dados coletados serão correlacionados com os dados climáticos de temperatura e precipitação.

Protocolo: 3270 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA LAIS DA SILVA
EDUARDO JUNIOR DOS SANTOS ANDRADE
THAISSA FERNANDES SILVA
Professor(es): LUIZ WALDEMAR DE OLIVEIRA
WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
A produção de suínos representa um importante segmento da agroindústria brasileira. Porém, o despejo dos efluentes líquidos gerados nos corpos receptores causa degradação da qualidade da água e afeta o equilíbrio ambiental, bem como, a saúde dos seres humanos. Nos últimos anos o interesse pela fitorremediação tem crescido esta que é uma técnica que utiliza de plantas para descontaminar solos e água, podendo ser resultante: da assimilação direta de contaminantes e acumulação de metabólicos não tóxicos nos tecidos vegetais, como componentes estruturais e do estímulo da atividade microbriana provocada pela liberação de exsudatos que favorecem o aumento da mineralização do contaminante na rizosfera. O estudo será desenvolvido no Campus II da UnoesteUniversidade do Oeste Paulista, utilizando-se caixas de policloreto de vinila (PVC), com capacidade de 300 litros para realização do cultivo das plantas. As plantas serão cultivadas durante 90 dias e após esse período serão realizadas medidas biométricas e medidas fisiológicas. As medidas fisiológicas utilizadas serão índice de teor de clorofila (SPAD), e de trocas gasosas.

Protocolo: 3269 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MURILO NEVES ARAUJO
CAMILA DIAS PINAFFI
Professor(es): CARLOS HENRIQUE DOS SANTOS
WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
As aves são valiosos componentes dos ambientes devido aos papeis ecológicos que exercem e serviços que prestam, os quais são relevantes para o funcionamento dos ecossistemas. As aves silvestres têm sido cada vez mais forçadas a viver em ambientes antropizados. Contudo, até o momento, ainda há parca noção de como as assembleias de aves estão estruturadas nesses ambientes. Três questões são o pano de fundo para o bom entendimento da estrutura da assembleia local de aves, bem como dos fatores ambientais relacionados com a sua manutenção: 1) qual é a composição (pool de espécie e abundância de indivíduos e diversidade) da avifauna habitante de áreas antropizadas? 2) qual é a organização trófica dessa avifauna? 3) a avifauna em áreas antropizadas é dominada por espécies especialistas ou generalistas, i.e., típicas de bordas e oportunistas? 4) qual o papel da vegetação local na manutenção da estrutura da avifauna? Buscaremos responder tais questões através de amostragens sistemáticas de aves em um cemitério localizado no município de Presidente Prudente. O método de amostragem das aves será o de Pontos de Raio Fixo. A influência da vegetação será avaliada mediante um quadro comparativo, i.e., com pontos estabelecidos em locais rico e pobre em vegetação. A principal forma de análise dos dados se dará através de produção de Índices de Abundância. Este estudo integra um projeto de análise dos impactos de atividade cemiterial na região de Presidente Prudente. Com esse estudo, pretende-se gerar informações que podem ser bases para o planejamento e manejo de áreas cemiteriais, sobretudo no sentido de amenizar o local hostil que eles representam para muitas pessoas.

Protocolo: 3261 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 11/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MIRIAN FELIX DE OLIVEIRA
TAMIRIS HELENA ANDRADE SILVA
LETICIA APARECIDA COSTA
LUCILENE DE BRITO
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA

Resumo:
A invasão por espécies exóticas é um dos problemas ambientais mais significativos da atualidade. Tais espécies são capazes de alterar a estrutura do ambiente natural, reduzindo a biodiversidade local, regional e global. Nesse sentido, identificar espécies exóticas potencialmente invasoras e os mecanismos pelos quais elas podem invadir uma área é fundamental, sobretudo no sentido de elaborar estratégias de manejo ambiental. O uso de plantas ornamentais na arborização de áreas antropizadas é uma das principais vias de disseminação de espécies invasoras. Este estudo tem por objetivo avaliar as interações de aves com os frutos da palmeira exótica Roystonea oleracea (Arecaceae), vulgarmente conhecida como palmeira-imperial, cultivadas em áreas antropizadas. Nossa hipótese é de que os frutos dessa palmeira foram integrados na rede local de aves dispersoras de semente. Portanto, tal planta exótica é uma invasora incipiente. O estudo será conduzido no Campus II da Universidade do Oeste Paulista, onde 30 indivíduos de R. oleracea serão selecionados para a avaliação da fenologia da frutificação, bem como da riqueza de aves associadas aos frutos maduros, de suas respectivas abundâncias, número de visitas e número de frutos removidos por elas. Nós basicamente testaremos duas hipóteses: 1) de que plantas de R. oleracea agrupadas são mais atrativas as aves do que plantas cultivadas solitariamente; 2) de que a frutificação dessa palmeira intensifica na estação seca, o que potencializa maiores taxas de remoção de frutos por diferentes guildas de aves. Os dados serão analisados sobretudo por meio de ANOVAS (aninhada e fatorial). Pretende-se, com esse estudo, gerar informações úteis em ações de manejo da área antrópica, ou seja, para um melhor planejamento da arborização.

Protocolo: 3260 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA LAIS DA SILVA
DEVLIN BREDA BOER
CAMILA DE PAULA PALMYRO
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA

Resumo:
A capivara, Hydrochoerus hydrochaeris, é o maior roedor vivente na atualidade. Este mamífero habita áreas úmidas (e.g., cursos d´água, lagos, lagoas e açudes), onde encontra abrigo, alimento e sítio de reprodução e cria da prole. Tal roedor parece generalista quanto a dieta e uso do hábitat. Nesse sentido, seleciona ambientes antropizados, desde que nas proximidades de corpos d´água. Porém, não se sabe ao certo em que período do ano as capivaras tendem a ser mais abundantes em tais áreas, e.g., em plantações, bem como áreas ocupadas pelo homem. Espera-se que o uso dessas áreas intensifica-se numa escala sazonal, ou seja, no período de seca, uma vez que o alimento tende a escassear nas áreas naturais. Esta hipótese será testada por meio de avaliação das mudanças sazonais nos hábitos alimentares e uso do hábitat por capivaras. Para isso, diferentes grupos de capivaras serão monitorados sistematicamente em um mosaico de ambientes antropogênicos em Presidente Venceslau. O estudo terá duração de um ano e consistirá de avaliações do comportamento alimentar e contagens de indivíduos em pontos distribuídos numa área pré-selecionada, a qual contém ambientes naturais e antropizados (agrícola, pastagens e residencial). Será usado o método de varredura (Scan sampling), onde o comportamento das capivaras será anotado em intervalos regulares. Métodos indiretos de detecção de atividade, ou seja, baseado em vestígios, também serão usados. As atividades das capivaras entre ás área, inclusive em escala sazonal, será comparada através de ANOVA fatorial. A variação na dieta, entre áreas e estações, será avaliada por meio do teste chi-quadrado. Índices de diversidade da dieta também serão calculados, no sentido de explorar em quais ambientes, e em quais momentos, o nicho alimentar das capivaras pode ser ampliado ou retraído. Os dados obtidos de forma indireta serão usados, sobretudo, para gerar mapas de uso do ambiente. Os resultados desse estudo serão úteis para entender como as capivaras persistem em áreas modificadas pelo homem. Também auxiliará na verificação do potencial de expansão das populações de capivaras mediante modificações antrópicas da paisagem natural.

Protocolo: 3259 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CHRISTIAN VICTOR DE MORAES BRAGA
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA

Resumo:
A classe Insecta apresenta o maior número de espécies entre todos os seres vivos. Sua diversidade de nichos e hábitos é marcante, podendo ser benéficos ou causar prejuízos tanto ambientais como econômicos. Objetivando um maior conhecimento de fauna, o presente trabalho será realizado por meio de um levantamento entomológico em fragmento de mata de transição entre Cerrado Stricto Sensu e Mata Ombrófila Semidecídua, presente no Campus II da Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE. A captura será feita com 10 armadilhas do tipo Moericke, colocadas a um metro do solo, divididos em cores verde e laranja distando entre si, cerca de um metro. Os resultados serão analisados utilizando-se de índice de Shannon, e índices de Constância e Dominância. As amostragens serão realizadas semanalmente no período de Agosto de 2016 a Março de 2017.

Protocolo: 3250 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA DE MOURA FAGUNDES
Professor(es): LUIS GUSTAVO RODRIGUES IEMMA

Resumo:
O conjunto de microrganismos em uma determinada superfície e a resultante formação do biofilme são estratégias desenvolvidas pelas bactérias para se protegerem dos vários fatores externos que podem prejudica-las. As bactérias em biofilme podem causar sérios problemas na área médica, devido ao fato de serem resistentes aos antimicrobianos. Desta forma dificultam o tratamento médico principalmente de pacientes com baixa imunidade e recém-nascidos; como consequência desta contaminação aumenta-se a taxa de mortalidade. Por estas razões os biofilmes bacterianos são considerados um importante problema de saúde pública. Sendo assim as medias de profilaxia de forma a evitar contaminação incluem higienização de todos os materiais relacionados ao biofilme bem como a higienização dos profissionais responsáveis pela manipulação desses objetos. No entanto medidas profiláticas relacionadas ao uso de antimicrobianos devem ser evitados de maneira a não agravar a resistência antimicrobiana destas bactérias. Portanto conhecer os mecanismos envolvidos na formação do biofilme é de extrema importância, pois irá trazer amplo conhecimento sobre o assunto, além de reforçar formas de prevenção e controle, de maneira que possamos erradica-los de forma efetiva. Assim, o presente estudo tem por finalidade identificar à presença de Staphylococcus epidermidis em biofilme nos moradores de uma Casa de Repouso de Presidente Prudente.

Protocolo: 3272 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE RODRIGUES COSTA
LANA APARECIDA DE OLIVEIRA PEREIRA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Uma das grandes preocupações relacionada a saúde pública é a resistência bacteriana aos antimicrobianos. Devido ao uso indiscriminado de antimicrobianos dentro do ambiente hospitalar, o número de microrganismos multirresistente têm aumentado nos últimos anos. A detecção de Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) é de grande importância, pois é indicativo de resistência a todos antimicrobianos beta-lactâmicos, deixando poucas alternativas de tratamento das infecções causadas por esses microrganismos. Além disso, a produção do biofilme é um fator que contribui para o agravamento de dificuldade do tratamento dessas infecções. Os profissionais de saúde que trabalham no Estratégia Saúde da Família (ESF) podem migrar de ambientes hospitalares para essas unidades, que tem por finalidade atender as demandas de saúde da população que necessite de um tipo de cuidado menos complexo. Esses profissionais de saúde podem ser colonizados por cepas de S. aureus de origem hospitalar e disseminar na comunidade durante o tratamento dos pacientes. Assim, o presente trabalho visa detectar MRSA e determinar a produção de biofilme em S. aureus isolados em profissionais de saúde pertencentes ao ESF.

Protocolo: 3271 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA BEATRIZ DE OLIVEIRA
WELLYNTON DE LIMA SILVA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
O glifosato (N-fosfonometil-glicina) é um herbicida de amplo espectro, pós-emergente e de ação não-seletiva. Este herbicida livre no solo é degradado rapidamente a dióxido de carbono, pela atividade microbiana. No entanto, o glifosato adsorvido é degradado mais lentamente, ou não degradado, persistindo inativo durante anos. Apesar deste herbicida ser considerado um produto de mediana ou baixa toxicidade, estudos recentes têm demonstrado que ele pode apresentar toxicidade, mesmo quando em baixas concentrações, especialmente sobre o sistema reprodutor masculino. Diante desta problemática, os processos oxidativos avançados (POA) são uma ferramenta promissora para a degradação de diversos compostos, inclusive do glifosato. A avaliação da eficiência dos POA, através de ensaios de toxicidade, é essencial, visto que tais processos podem resultar na formação de espécies químicas intermediárias mais tóxicas do que os compostos iniciais. Desta forma, o presente estudo pretende avaliar o potencial toxicológico da exposição de ratos machos adultos ao glifosato antes e após o processo de tratamento UV/H2O2, com ênfase nos possíveis impactos sobre a morfofisiologia reprodutiva. Para isso, 24 ratos Wistar adultos serão alocados em três grupos experimentais: controle (água destilada) e expostos ao glifosato antes e após processo de tratamento UV/H2O2. As exposições serão realizadas por 30 dias consecutivos, via oral por gavagem. Após o término do período de exposição, os animais sofrerão eutanásia com 100mg/kg de tiopental sódico. Os órgãos reprodutivos serão coletados e pesados. Serão realizadas as seguintes análise espermáticas: contagens em testículo e epidídimo, morfologia, motilidade e vitalidade. Além disso, serão realizadas analise da histologia testicular, contagem de células de Sertoli e células germinativas e avaliação da dinâmica da espermatogênese. Os resultados serão comparados por ANOVA com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnet, e o teste de Kruskall- Wallis, com "a posteriori" de Dunn, considerando como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05). No presente trabalho, a toxicidade reprodutiva de solução aquosa de glifosato será investigada, por meio de um modelo experimental mamífero, antes e após o processo de tratamento UV/H2O2, a fim de determinar a eficiência do processo na possível diminuição da toxicidade.

Protocolo: 3263 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 5/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA SILVESTRE GONCALVES
PRISCILLA MARIA THEES DE CASTRO
THIELE VEIGA LIMA
HUGO LUIS LEAL CASTALDELLI
Professor(es): HAMILTON MITSUGU ISHIKI
ANA PAULA ALVES FAVARETO
MARCELA PRADO SILVA

Resumo:
A reposição com o hormônio sintético levotiroxina sódica (LTX) constitui um tratamento amplamente utilizado para o hipotireoidismo. Este fármaco pode ser considerado um potencial micropoluente, com possíveis impactos sobre a saúde humana, animal e ambiental. Este hormônio pode ser encontrado em afluentes e efluentes de plantas de tratamento de esgoto convencionais, por não ser completamente degradado. Diante desta problemática, os processos oxidativos avançados (POA) são uma ferramenta promissora no tratamento de efluentes para a degradação de diversos compostos orgânicos. A avaliação da eficiência dos POA, através de ensaios de toxicidade, é essencial, visto que tais processos podem resultar na formação de espécies químicas intermediárias mais tóxicas do que os compostos iniciais. Desta forma, o presente estudo pretende avaliar o potencial toxicológico da exposição de ratos machos adulto à LTX antes e após o processo de tratamento UV/H2O2, com ênfase nos possíveis impactos sobre a morfofisiologia reprodutiva. Para isso, 24 ratos Wistar adultos serão alocados em três grupos experimentais: controle (água destilada) e expostos à LTX (levotiroxina sódica) antes e após processo de tratamento UV/H2O2. As exposições serão realizadas por 30 dias consecutivos, via oral por gavagem. Após o término do período de exposição, os animais sofrerão eutanásia com 100mg/kg de tiopental sódico. Os órgãos reprodutivos serão coletados e pesados. Serão realizadas as seguintes análise espermáticas: contagens em testículo e epidídimo, morfologia, motilidade e vitalidade. Além disso, serão realizadas analise da histologia testicular, contagem de células de Sertoli e células germinativas e avaliação da dinâmica da espermatogênese. Os resultados serão comparados por ANOVA com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnet, e o teste de Kruskall- Wallis, com "a posteriori" de Dunn, considerando como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05). No presente trabalho, a toxicidade reprodutiva de solução aquosa de LTX será investigada, por meio de um modelo experimental mamífero, antes e após o processo de tratamento UV/H2O2, a fim de determinar a eficiência do processo na possível diminuição da toxicidade.

Protocolo: 3262 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RENATA GARDENAL TELES
AMANDA BORGES VILELA
THIELE VEIGA LIMA
FLAVIO DE SOUZA RODRIGUES
MARIELE PEREIRA DE CAMARGO
Professor(es): HAMILTON MITSUGU ISHIKI
ANA PAULA ALVES FAVARETO
MARCELA PRADO SILVA

Resumo:
Plantas com potencial terapêutico vêm sendo profundamente estudadas nos últimos anos, por serem de fácil acesso e apresentarem um baixo custo. Entre as plantas utilizadas pelo homem como fonte alimentícia e medicamentosa estão aquelas pertencentes ao gênero Spondias, e as espécies Spondias dulcis Forst. F. e Spondias purpurea L. produzem frutos comestíveis que são utilizados como medicamentos para diversas enfermidades. Embora essas plantas tenham diversas aplicações, nenhum estudo relacionando as propriedades antioxidantes da casca das mesmas está disponível atualmente. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho é avaliar a capacidade antioxidante dos extratos etanólicos das cascas da S. dulcis e S. purpurea, através da análise de seus efeitos de sequestro de espécies reativas em meio in vitro sem células. A avaliação será feita através da geração das espécies reativas hidroxila (HO-), peróxido de hidrogênio (H2O2) e óxido nítrico (NO-) em meio in vitro e avaliação da porcentagem de sequestro dessas espécies pelo extrato, e através da medida da capacidade antioxidante total, pelo teste do fosfomolibdênio. A porcentagem de sequestro de espécies reativas e a capacidade antioxidante total serão comparadas com o ácido ascórbico (Vitamina C), um antioxidante muito bem conhecido. Também serão realizadas dosagens dos componentes fenólicos e flavonoides totais.

Protocolo: 3222 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO AUGUSTO RIZZO CAMARA
Professor(es): MARCOS ALBERTO ZOCOLER
LEANDRA ERNST KERCHE

Resumo:
O objetivo do presente estudo é avaliar o efeito dos aditivos prebióticos, probióticos e simbióticos sobre o tamanho e diâmetro das vilosidades intestinais de ratos albinos da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) receberá dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) receberá dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) receberá dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) receberá dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probioticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 185 dias, cinco dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos tabagistas a exposição ao cigarro por 10 minutos e 180 dias de experimentação, onde os animais serão expostos ou não a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. Os animais serão anestesiados e abatidos por exsanguinação e depois de constatada a morte, será coletada amostras de intestino delgado e grosso para avaliação histológica das vilosidades. O delineamento estatístico será inteiramente casualizado e para a análise estatística será utilizada a análise de variância, "ANOVA" fator duplo com repetição, com nível de significância (alfa) p<0,05, para comparar os valores obtidos na mensuração de todas as vilosidades e criptas de ambos os lados do corte e não somente pelas médias dos mesmos. Para comparar as medidas da altura, profundidade, área e do comprimento das vilosidades será utilizada a regressão linear.

Protocolo: 3196 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 7/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VIVIANE APARECIDA DOS SANTOS
THIAGO TOMIO TAKABATAKE
Professor(es): HERMANN BREMER NETO

Resumo:
O uso de macroinvertebrados aquáticos se dá desde estudos de ecologia teórica, quanto de ecologia aplicada. O conhecimento desta fauna e sua distribuição são necessários para a criação de programas de monitoramento ambiental. Os grupos mais utilizados para este fim estão encerrados na classe Insecta que compreende mais de um milhão de espécies descritas, muitas dessas podendo servir como bioindicadores de qualidade ambiental. A partir do conhecimento do ciclo de vida destes insetos, pode-se chegar a um parâmetro de como o ambiente foi afetado ou se ainda não sofreu alterações graças a presença antrópica. Um dos ambientes mais estudados neste tipo de pesquisa é o ambiente aquático, já que a qualidade em que ele se encontra se relaciona também com a vegetação em seu entorno. De acordo com as famílias de insetos encontradas no local a partir da captura e identificação o ambiente será classificado quanto a diferentes níveis de impacto baseado no índice BMWP.

Protocolo: 3249 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 12/2017 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): NIKOLAS CORDEIRO PEREZ ALVES
JOHN LENON BENEDITO DA SILVA
Professor(es): PAULO ANTONIO DA SILVA
LUIS GUSTAVO RODRIGUES IEMMA

Resumo:
Vazamentos em postos de combustíveis provocam grandes problemas ao meio ambiente, principalmente no que diz respeito à contaminação de águas subterrâneas e solos. Os maiores problemas da contaminação por derivados de petróleo são atribuídos aos hidrocarbonetos monoaromáticos (BTX - benzeno, tolueno e xileno), que são os constituintes mais solúveis e mais móveis da fração da gasolina, sendo os primeiros a atingir o lençol freático. A contaminação causada por vazamentos leva à possível exposição da população em geral, quando em contato com água e solo contaminados. No mais recente levantamento realizado pela Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), identificou-se que mais de 85 dos casos de contaminação na região do Oeste Paulista estão relacionados à resíduos de postos de combustíveis. Apesar da preocupação sobre os potenciais riscos à saúde, causados pela exposição aos componentes da gasolina, a maioria dos estudos de toxicologia reprodutiva abordam os constituintes separadamente. Para realização do presente estudo, serão utilizados testículos a serem coletados de animais provenientes do projeto cadastrado e aprovado na CPDI e Comissão de Ética Uso de Animais (CEUA), sob protocolo nº 3183. Desta forma, não serão utilizados mais animais para a realização do presente projeto. O presente estudo pretende avaliar os efeitos da exposição de ratos machos adultos à mistura comercial de gasolina/etanol (75/25 em volume) sobre espermatogênese. Serão avaliados testículos de 32 ratos Wistar adultos, alocados em 4 grupos experimentais: Grupo de alta dose: 800 mg/kg/dia de gasolina, contendo 200 mg/kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de média dose: 160 mg/kg/dia de gasolina, contendo 40 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de baixa dose: 16 mg/kg/dia de gasolina, contendo 4 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo controle: óleo de milho, por 30 dias, via gavagem. Os testículos coletados serão seccionados para processamento histológico de rotina. As lâminas histológicas serão usadas para avaliação da população celular do estágio VIII do ciclo do epitélio seminífero e razões entre números celulares da espermatogênese. Os resultados serão comparados análise de Variância com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnett, e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, dependendo das características de cada variável. Será considerado como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 3234 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARINA MARTINS SILVA
ANDRESSA AGATA FERNANDES TAMIAO
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Compostos tóxicos podem ser formados durante o processamento de alimentos e têm gerado preocupação quanto à saúde dos consumidores, pois alguns destes compostos têm o potencial de causar danosa à saúde do ser humano. Dentre eles, estão os cloropropanóis que são utilizados para definir um grupo de contaminantes químicos derivados do glicerol, caracterizados estruturalmente por álcoois e dióis de três carbonos, ligados a um ou dois átomos de cloro, que podem ser encontrados numa grande variedade de alimentos. Dentro deste grupo de contaminantes, os mais conhecidos são o 3-monocloropropano-1,2-diol (3-MCPD) e o 1,3-dicloropropan-2-ol (1,3-DCP), que compreendem um grupo de contaminantes químicos com propriedades carcinogênicas e genotóxicas. O presente projeto tem como objetivo avaliar os efeitos do cloropropanol 3-monocloropropano-1,2-diol (3-MPCD) sobre a morfologia da próstata de ratos machos expostos ao composto a partir da peri-puberdade. Para realização do estudo, serão utilizados materiais biológicos (próstata ventral) coletados de animais provenientes do projeto aprovado pelo CAPI (Comitê Assessor de Pesquisa Institucional) e pela Comissão de Ética Uso de Animais (CEUA), sob Protocolo nº 2055. Desta forma, não serão utilizados mais animais para a realização do presente projeto. A próstata ventral mantida em álcool 70 será submetida a processamento histológico de rotina, que consistiu na inclusão do material em Paraplast, obtenção de cortes com espessura de 5&#956;m. Serão obtidos três cortes histológicos por animal (1 por lâmina). Um deles será submetido è coloração com hematoxilina e eosina e os outros dois serão submetidos à coloração histoquímica com Tricrômico de Masson e PSA (Ácido Periódico de Schiff). Cortes corados pela Hematoxilina-Eosina serão utilizados para análise geral da estrutura glandular. Os cortes corados pelo Tricrômico de Masson serão utilizados para a análise das fibras colágenas e pelo PAS para análise da secreção glicoproteica.

Protocolo: 3191 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA EDUARDA LEITE DE OLIVEIRA
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Vazamentos em postos de combustíveis provocam grandes problemas ao meio ambiente, principalmente no que diz respeito à contaminação de águas subterrâneas e solos. Os maiores problemas da contaminação por derivados de petróleo são atribuídos aos hidrocarbonetos monoaromáticos (BTX - benzeno, tolueno e xileno), que são os constituintes mais solúveis e mais móveis da fração da gasolina, sendo os primeiros a atingir o lençol freático. A contaminação causada por vazamentos leva à possível exposição da população em geral, quando em contato com água e solo contaminados. No mais recente levantamento realizado pela Companhia Estadual de Tecnologia de Saneamento Ambiental do Estado de São Paulo (CETESB), identificou-se que mais de 85 dos casos de contaminação na região do Oeste Paulista estão relacionados à resíduos de postos de combustíveis. Apesar da preocupação sobre os potenciais riscos à saúde, causados pela exposição aos componentes da gasolina, a maioria dos estudos de toxicologia reprodutiva abordam os constituintes separadamente. Desta forma, o presente estudo pretende avaliar o potencial toxicológico da exposição de ratos machos adultos à mistura comercial de gasolina/etanol (75/25 em volume), com ênfase nos possíveis impactos sobre a morfofisiologia reprodutiva. Para isso, 32 ratos Wistar adultos serão alocados em 4 grupos experimentais: Grupo de alta dose: 800 mg/kg/dia de gasolina, contendo 200 mg/kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de média dose: 160 mg/kg/dia de gasolina, contendo 40 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo de baixa dose: 16 mg/kg/dia de gasolina, contendo 4 mg//kg/dia de etanol, diluído em óleo de milho; Grupo controle: óleo de milho, por 30 dias, via gavagem. Após o período de exposição os órgãos reprodutivos serão coletados e pesados. Serão realizadas as seguintes análise espermáticas: morfologia e motilidade. Além disso, será feita a contagem de células de Sertoli, analise da histologia e morfometria testicular e da dinâmica da espermatogênese. Os resultados serão comparados por ANOVA com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnet, e o teste de Kruskall- Wallis, com "a posteriori" de Dunn, considerando como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 3183 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 2/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARINA MARTINS SILVA
ANDRESSA AGATA FERNANDES TAMIAO
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Devido à sua constituição mineral, a análise histopatológica do tecido ósseo exige técnicas específicas de descalcificação que consistem basicamente emimersão das amostras ósseas em solução ácida. Essa é técnica utilizada na rotina diagnóstica, uma vez que permite obter cortes delgados ao micrótomo, com preservação dos componentes orgânicos. A solução ácida deve ser completamente removida do tecido, antes que este prossiga seu processamento histológico, pois sua persistência no tecido interfere nas interações tintoriais e pode limitar seriamente a utilização de outras técnicas de diagnóstico, tais como imuno-histoquímica e biologia molecular. Desse modo, uma etapa essencial é a lavagem dos fragmentos descalcificados em água. Alguns serviçosadotam a prática de lavar os fragmentos em água corrente, no mínimo, durante 1 hora, método que apresenta grande consumo de água. Nesse estudo será testada a lavagem com banhos em água parada, visando diminuição no consumo de água sem que haja prejuízos à qualidade do tecido e consequentemente à imagem microscópica. Para isso, serão utilizados fragmentos ósseos divididos em dois grupos, A e B, que serão descalcificados pelo mesmo período de tempo, sendo que o grupo A será lavado em água corrente durante 1hora e o grupo B em 4 banhos consecutivosde 15 minutos em recipientes com 1 litro de água parada. Os fragmentos seguirão processamento histológico e a qualidade da imagem microscópica será avaliada por patologista experiente. Os dados obtidos serão tabulados em planilha excel e será procedida análise estatística Qui-quadrado considerando valor de p<0,05 pelo software Graphpad Prisma 5,0 (San Diego, CA, USA).

Protocolo: 3184 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELA AKEMI OSHIKIRI
Professor(es): ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
Este trabalho objetiva avaliar o efeito dos aditivos prebióticos, probióticos e simbióticos sobre parâmetros histomorfométricos do trato digestório de ratos albinos da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) receberá dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) receberá dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) receberá dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) receberá dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probioticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 185 dias, cinco dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos tabagistas a exposição ao cigarro por 10 minutos e 173 dias de experimentação, onde os animais serão expostos ou não a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. Os animais serão anestesiados e abatidos por exsanguinação e depois de constatada a morte, será coletada amostras de intestino delgado e grosso para avaliação histológica das vilosidades usando as colorações de Hematoxilina e eosina, técnica de imuno-histoquímica pelo método da estreptavidina-biotina-peroxidase, onde será incluído controle positivo para o anticorpo Ki-67. O delineamento estatístico será inteiramente casualizado e para a análise estatística será utilizada a análise de variância, "ANOVA" fator duplo com repetição, com nível de significância (alfa) p<0,05, para comparar os valores obtidos na mensuração de todas as vilosidades e criptas de ambos os lados do corte e não somente pelas médias dos mesmos. Para comparar as medidas da altura, profundidade, área e do comprimento das vilosidades será utilizada a regressão linear.

Protocolo: 3195 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VIVIANE APARECIDA DOS SANTOS
THIAGO TOMIO TAKABATAKE
Professor(es): HERMANN BREMER NETO

Resumo:
A presente pesquisa pretende analisar a documentação referencial das coleções museológicas disponíveis e contextualizar a influência arquitetônica que pode ser aplicada sobre estes, para que, uma vez aliados, resultem em uma relação catalisadora para a educação, de modo a promover um aumento no interesse social pelo Acervo Educacional de Ciências Naturais (AECIN), mantido pela Universidade do Oeste Paulista (Unoeste) na cidade de Presidente Prudente-SP. Propondo como diretriz norteadora a readequação do espaço, a pesquisa terá como objetivo, portando, promover, através de levantamento de dados qualitativos, propostas de melhoria da qualidade do ambiente e da coleção museológica do indicado acervo, atingindo com os resultados obtidos, não só a comunidade acadêmica, mas também a sociedade civil. Em específico, pretende-se avaliar literatura condescendente às bases históricas da instituição museológica, sua relação com a arquitetura e transformações até a atualidade. Serão realizadas pesquisas para delinear as funções sócio educacionais, erigir normativas e fundamentação teórica, essenciais para a constituição e o funcionamento de uma instituição museológica. Em seguida, será analisado o projeto existente e formuladas propostas de readequação do espaço, visando à melhoria da qualidade do ambiente e a sua maximização. Por fim, pretende-se elaborar novas propostas para exposições de peças como instrumento educacional em relação ao meio ambiente e, além da adequação do espaço físico, promover visitas virtuais, acompanhando a contemporaneidade dos museus. Para tanto, serão utilizadas análises teórico-prática com a finalidade de contribuir para a transformação da realidade prevista, traduzindo em abordagens metodológicas de pesquisa qualitativa e aplicada, se delimitando, no entanto, a ser dedutiva. Também serão utilizadas bases de dados digitais, em buscas por referencial específico, portais especializados e, além destes, serão consultadas as homepages oficiais dos órgãos regulamentadores pertinentes e de outras coleções museológicas que utilizam as referidas tecnologias.

Protocolo: 3090 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 3/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CARLA ZANETTI SEGATTO
Professor(es): ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
GRAZIELLA PLAÇA OROSCO DE SOUZA
FABRÍCIA DIAS DA CUNHA DE MORAES FERNANDES BORGES

Resumo:
Esta pesquisa se propõe a discutir o processo de ambientalização curricular na educação superior, definido como a internalização da preocupação ambiental no currículo da graduação, tomando a Universidade do Oeste Paulista como espaço de análise. Dentro dos processos de ambientalização serão destacadas as disciplinas ambientalmente orientadas, as quais explicitam dimensões socioambientais nos seus planos de ensino. A pesquisa buscará verificar o papel destas disciplinas na formação acadêmica e profissional dos discentes, a partir das perspectivas de professores e de alunos. A metodologia utilizada consistirá num questionário diagnóstico com os coordenadores dos cursos de graduação do Unoeste, além de revisão bibliográfica .

Protocolo: 3055 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 1/2018 Programa: PPD - Programa de Pesquisa Docente/PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS
ANA PAULA ALVES FAVARETO
CAMELIA SANTINA MURGO

Resumo:
O uso de plantas para fins terapêuticos tem aumentado consideravelmente, assim como a crença de que elas possuem efeitos benéficos e são livres de efeitos colaterais ou adversos. Entre as plantas utilizadas pela humanidade como fonte de alimentação e de medicamentos estão aquelas pertencentes ao gênero Spondias, e a espécie Spondias dulcis Forst. F. produz frutos comestíveis que são utilizados como medicamentos para diversas enfermidades. Embora essa planta tenha diversas aplicações, nenhum estudo relacionando os efeitos da casca, dos frutos e das folhas da S. dulcis sobre o estresse oxidativo estão disponíveis atualmente. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar a capacidade antioxidante do extrato etanólico da casca dessa planta, além de avaliar a capacidade antioxidante protetora do extrato, utilizando o quimioterápico ciclofosfamida e o hidrocarboneto aromático benzopireno como controles positivos. A avaliação será feita através da dosagem dos níveis de glutationa (GSH) e catalase (CAT) do sangue total, e dos níveis de substâncias reativas ao ácido tiobarbitúrico (TBARS) e GSH nos rins e fígado dos animais. As dosagens de GSH e CAT no sangue total serão realizadas por meio de análise colorimétrica em espectrofotômetro, utilizando para a dosagem da GSH a &#945;-cisteína como curva padrão, e a dosagem CAT será realizada em espectrofotômetro ultravioleta. Já os níveis de TBARS e GSH dos rins e fígado também serão investigados por análise colorimétrica, utilizando como curva padrão o 1,1,3,3 ethoxypropano e a &#945;-cisteína, respectivamente.

Protocolo: 2950 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 5/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE DE SOUZA ARAUJO
LORRANE DAVI BRITO
Professor(es): MARCOS ALBERTO ZOCOLER
FELIPE VIEGAS RODRIGUES
LEANDRA ERNST KERCHE

Resumo:
Staphylococcus aureus é considerado um patógeno oportunista e está frequentemente associado às infecções adquiridas na comunidade e no ambiente hospitalar. As infecções causadas por S. aureus podem ser agravadas quando essas bactérias apresentam resistência aos antimicrobianos utilizados no tratamento dessas doenças. No ambiente hospitalar, os profissionais de saúde estão sujeitos à colonização por S. aureus, na condição de portadores, disseminadores e responsáveis por possíveis surtos de infecção. O Programa Saúde da Família (PSF), atualmente definido como Estratégia Saúde da Família (ESF), que tem por finalidade atender as demandas de saúde da população que necessite de um tipo de cuidado menos complexo, podem incluir profissionais colonizados por S. aureus. Assim esse trabalho propõe a detecção de S. aureus e da suscetibilidade desses microrganismos aos antimicrobianos em amostras provenientes de profissionais de saúde atuantes em unidades do Estratégia Saúde da Família (ESF) da cidade de Pirapozinho/SP.

Protocolo: 2895 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LALESSA DE OLIVEIRA SANTOS
JESSICA CRISTINA DAS DORES
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
VALERIA CATANELI PEREIRA
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
Para realização do presente estudo, serão utilizados materiais biológicos (órgãos do sistema reprodutor masculino) coletados de animais provenientes do projeto aprovado pela CCPq e pela Comissão de Ética Uso de Animais (CEUA), sob protocolo Protocolo nº 2097. Desta forma, não serão utilizados mais animais para a realização do presente projeto. O presente projeto tem como objetivo avaliar os efeitos do consumo de prebiótico, probiótico e simbiótico sobre a morfologia testicular de ratos expostos à fumaça de cigarro a partir da pré-puberdade. Serão avaliados testículos de 96 ratos machos da linhagem Wistar, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) = dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) = dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) = dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) = dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. Os ratos de todos os grupos iniciaram a exposição diária (2 vezes ao dia/ 30 minutos) aos 23 dias de idades, que se estendeu por 90 dias. Os testículos coletados serão seccionados para processamento histológico de rotina. As lâminas histológicas serão usadas para avaliação para análise da histologia, morfometria, dinâmica da espermatogênse e contagem de células de Sertoli.

Protocolo: 2860 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA CASTELO DE OLIVEIRA RODRIGUES
THIELE VEIGA LIMA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ADRIANO FALVO
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Para realização do presente estudo, serão utilizados materiais biológicos (órgãos do sistema reprodutor masculino) coletados de animais provenientes do projeto aprovado pela CCPq e pela Comissão de Ética Uso de Animais (CEUA), sob protocolo Protocolo nº 2097. Desta forma, não serão utilizados mais animais para a realização do presente projeto O presente projeto tem como objetivo avaliar os efeitos do consumo de prebiótico, probiótico e simbiótico sobre parâmetros espermáticos de ratos expostos à fumaça de cigarro a partir da pré-puberdade. Serão avaliados testículos de 96 ratos machos da linhagem Wistar, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) = dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) = dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) = dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) = dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) = dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) = dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. Os ratos de todos os grupos iniciaram a exposição diária (2 vezes ao dia/ 30 minutos) aos 23 dias de idades, que se estendeu por 90 dias. Serão realizadas as seguintes análise: contagens espermáticas em testículo e epidídimo, para identificação da produção diária de epsermatozoides e do tempo de trânsito pelo epidídimo, morfologia e motilidade espermáticas.

Protocolo: 2859 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLA CAROLINA RODRIGUES DOS SANTOS GOES
KARINA MARTINS SILVA
ANDRESSA AGATA FERNANDES TAMIAO
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ADRIANO FALVO
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O maracujá doce é uma espécie nativa do Brasil, entretanto seu cultivo para consumo é bem primitivo, dessa forma, uma das principais utilizações é como porta-enxerto. Uma das características necessárias à um porta-enxerto é que suas sementes apresentem uma boa germinação, assim como a capacidade de serem armazenadas. Na literatura consta que as sementes de maracujá doce são ortodoxas, entretanto, segundo os resultados obtidos por diversos estudos demonstram que as sementes não apresentam boa viabilidade após a secagem e armazenamento. Neste sentido, este trabalho tem como objetivo estudar a viabilidade das sementes submetidas a diferentes níveis de secagem e armazenadas em diferentes períodos de tempo para uma possível reclassificação das sementes. O trabalho será conduzido em câmara de germinação em condições de temperatura e fotoperíodo controlado controladas, apresentando delineamento experimental inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 3, sendo três níveis de umidade (9, 6 e 3 de umidade) e três períodos de armazenamento (recém extraídas, 3 e 9 meses após extração). Será avaliada a porcentagem de germinação, índice de velocidade de germinação, tempo médio de germinação, índice de sincronização e frequência de germinação das sementes. Após a realização dos testes de germinação, as sementes que não germinarem serão submetidas ao teste de tetrazólio para verificar sua viabilidade.

Protocolo: 2832 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SANDRA CRISTIAN BASTAZIN
LETICIA SANTOS BEZERRA
AUGUSTO CESAR SOARES DE OLIVEIRA
Professor(es): ADRIANA LIMA MORO
WILLIAM HIROSHI SUEKANE TAKATA

Resumo:
Embora o controle químico de pragas tenha reduzido o índice de doenças para homens e animais e incrementado a produção agrícola, agentes químicos podem permanecer ativos no meio ambiente por longos períodos, afetando os ecossistemas. Os efeitos desses agentes ao longo do tempo representam um grande risco para a saúde pública, sendo necessários o monitoramento e a vigilância desses produtos em águas, solos, alimentos e ar. A infertilidade e outros problemas relacionados ao sistema reprodutor masculino podem estar associado à contaminação crônica por compostos organoclorados. Embora seu uso seja proibido em território brasileiro, exceto para programas de saúde pública, ainda sofremos os impactos do uso descontrolado dessa classe de praguicida nas últimas décadas. Acredita-se que as moléculas dos organoclorados interajam quimicamente com as estruturas contidas no núcleo dos espermatozoides, gerando anomalias no sistema reprodutor masculino. O presente trabalho visa identificar as possíveis alterações químicas no DNA dos espermatozoides expostos ao metolacloro por meio de Espectroscopia de Espalhamento Raman. Amostras de espermatozoides humano não expostas (controle) e expostas in vitro ao metolacloro em diferentes concentrações serão caracterizadas através de seus espectros vibracionais, para possível verificação das alterações químicas ocorridas em sua estrutura, durante o período da exposição.

Protocolo: 2844 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE MORETTI SANCHES
GUILHERME RODRIGUES FIGUEIREDO
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
A atenção consiste num processo cognitivo de focalização, concentração e seleção de estímulos. As teorias atuais consideram dois tipos de atenção com relação ao mecanismo de orientação: atenção automática, que envolve mecanismos de ativação de baixo-para-cima, e orientação voluntária, dependente de mecanismos de cima-para-baixo. De um ponto de vista clínico, a atenção é classificada pela sua forma de operacionalização. Uma dessas formas é a atenção dividida, que envolve a divisão de recursos entre dois ou mais estímulos do ambiente. Estudos realizados acerca do tema apontam que cindir a atenção pode acarretar prejuízos à qualidade e quantidade de informação absorvida pelo indivíduo, quando este se submete a realização simultânea de tarefas (multitasking) que exijam demandas de atenção, ou quando realiza tarefas na presença de estímulos distratores. O presente estudo tem por objetivo avaliar a magnitude da interferência do celular no mecanismo atencional, testando voluntários saudáveis num Teste de Busca Visual (TBV) e colocando um aparelho celular como um estímulo distrator.

Protocolo: 2800 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CINTHIA DE SOUSA NOGUCHI
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
O Parque Estadual do Morro do Diabo é a sétima maior unidade de conservação do estado de São Paulo, o sexto maior Parque Estadual e o maior do interior sudoeste. Situado no Município de Teodoro Sampaio-SP o PEMD possui uma área total de 33.845,33 hectares, sendo o mais rico remanescente de Mata Atlântica de interior e estando classificado como tipo de Floresta Tropical Estacional Semidecidual. O Parque possui uma rica biodiversidade vegetal, muitas espécies até então catalogadas e explícitas no plano de manejo da própria unidade, porém não há um aprofundamento de estudos em relação a identificar e classificar as espécies da família Orchidaceae; portanto o presente estudo tem como objetivo obter informações das espécies de orquídeas encontradas sobre as trilhas da UC, através de um levantamento florístico, bem como abordar as formas de habitat e distribuição geográfica das espécies.

Protocolo: 2827 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): WILTON FELIPE TEIXEIRA
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
CECI CASTILHO CUSTODIO
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
O crescimento constante das atividades relacionadas á agricultura tem gerado um aumento no consumo de praguicidas, sendo que o Brasil se destaca neste cenário. Entre os compostos encontrados no mercado de defensivos agrícolas, destacam-se o tiofanato metílico e o clorotalonil, comercializados como o composto Cerconil WP®, um fungicida amplamente utilizado nos seringais para eliminação e prevenção da Antracnose. A avaliação do potencial toxicológico destes compostos pode fornecer informações importantes para sua utilização em níveis seguros para exposição humana. Desta forma, o presente projeto trata-se de uma continuação do projeto intitulado "Exposição a tiofanato metílico e clorotalonil: efeitos sobre a estrutura química do látex de seringueira e o desenvolvimento embriofetal em ratos ", aprovado sob protocolo nº 2242, pelo CAPI (Comitê Assessor de Pesquisa Institucional) e CEUA (Comitê de Ética no Uso de Animais) da UNOESTE. No projeto, acima referido, foram coletadas as placentas apenas para inspeção macroscópica e pesagem. Assim, no presente projeto, pretende-se dar continuidade ao estudo, tendo como objetivo investigar de forma específica os efeitos da exposição aos fungicidas tiofanato metílico e clorotalonil (Cerconil WP®) sobre desenvolvimento placentário de ratas Wistar. Para isto, serão utilizadas as placentas de ratas expostas aos fungicidas em diferentes doses (controle, 200, 400, 600, 1000 mg/kg/dia), via gavagem, do 6º ao 15º dia gestacional (DG), coletadas no DG 20. As placentas (n=08/grupo experimental) serão fixadas e processadas para confecção de lâminas para análise histológica e morfometrica.

Protocolo: 2763 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NAYARA RODRIGUES MONTEIRO
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
As hortaliças são alimentos essenciais para a dieta diária do ser humano devido ao alto teor de nutrientes como sais minerais e fibras alimentares. A alface (Lactuca sativa) é uma hortaliça de porte herbáceo e com grande importância agrícola em virtude do seu fácil cultivo e obtenção para o consumo humano, e está entre as hortaliças mais consumidas in natura. O objetivo do trabalho é pesquisar a incidência de parasitas intestinais presentes nas alfaces (Lactuca sativa) do tipo crespa, americana e mimosa, comercializadas para o consumo da população na cidade de Presidente Bernardes. Para a realização do trabalho serão utilizadas 50 amostras de alface (Lactuca sativa) obtidas dos pontos mais procurados pelos moradores da cidade. De cada pé será retirado folhas da verdura fresca que serão colocadas dentro de um saco plástico com água destilada e detergente neutro incolor, cada saco conterá dez folhas de um único pé. Em seguida esses sacos serão homogeneizados e posteriormente a solução de cada um será colocada em recipientes separados e identificados com números para sedimentação espontânea, sendo filtrados com uma gaze dobrada em quatro camadas e uma peneira, ficando em repouso por no mínimo 24 horas.

Protocolo: 2713 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 11/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDUARDO PAES DUARTE
Professor(es): NAIR TOSHIKO TASHIMA

Resumo:
O uso dos praguicidas tem aumentado cada vez mais na agricultura, e a aplicação desses agentes pelos agricultores da região do Pontal do Paranapanema tem levado à degradação ambiental e a incidência de intoxicação ocupacional. Pesquisas demonstram que alguns praguicidas e o cigarro isoladamente podem comprometer o sistema auditivo e vestibular, provocando alterações nas vias auditivas periféricas e centrais, podendo ser caracterizadas como irreversíveis. Além disso, a monitorização da exposição de indivíduos a agentes químicos através de análises de biomarcadores específicos pode ser muito importante para a detecção precoce de alterações biológicas e prevenção de doenças e agravos à saúde de manifestação silenciosa. O objetivo deste estudo é avaliar possíveis alterações auditivas de trabalhadores expostos à combinação de praguicidas e cigarro, correlacionando-as a um biomarcador de genotoxicidade. Trata-se de um estudo observacional, prospectivo e transversal. A amostra populacional será composta de trabalhadores de ambos os sexos, com faixa etária de 18 a 39 anos, que serão divididos em 4 grupos: 1) Controle (indivíduos saudáveis que nunca utilizaram de forma direta (ocupacional) qualquer tipo de praguicida e que não sejam fumantes ou ex-fumantes); 2) Grupo exposto a praguicidas (trabalhadores que apresentam exposição ocupacional a praguicidas a pelo menos um ano e que não sejam fumantes ou ex-fumantes); 3) Grupo exposto ao cigarro (fumantes, que fumam há pelo menos um ano, o mínimo de cinco cigarros por dia e que nunca tenham tido contato ocupacional com praguicidas; 4) Grupo exposto à associação praguicida e cigarro (trabalhadores que façam o uso dos dois produtos, seguindo o mesmo critério de tempo de exposição). Serão realizados exames auditivos (audiometria convencional e de alta frequência e imitânciometria) e teste de biomarcador de genotoxicidade (teste do micronúcleo, realizado a partir das células da mucosa oral). Verificar os possíveis danos que o uso dessas substâncias (cigarro e praguicida), isoladas ou em conjunto, pode causar à audição e organismo como um todo, é de extrema importância, já que não foram encontrados estudos onde fosse investigada essa associação.

Protocolo: 2754 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 3/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA DOS SANTOS MEIA CASA
JAMILE SILVEIRA TOMIAZZI
JOSE LUIZ SANTOS PARIZI
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos dos aditivos prebiótico, probióticos e simbiótico sobre a microbiota intestinal de Lactobacillus em ratos fumantes passivos. Serão utilizados 96 ratos machos jovens da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) receberá dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) receberá dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) receberá dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) receberá dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probioticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 97 dias, sete dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos tabagistas a exposição ao cigarro por 10 minutos e 90 dias de experimentação, onde os animais serão expostos ou não a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. No final do período experimental, serão coletadas amostras fecais de todos os animais. As contagens bacterianas relativas a Lactobacillus será realizada através de ensaios de PCR em tempo real para amplificar o gene 16S rRNA de Lactobacillus. Os resultados obtidos serão analisados por método estatístico pelo Modelo Linear Geral e a significância estatística será considerada quando P < 0,05.

Protocolo: 2656 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 7/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA MARIOTO PEREZ
BRUNA RAFAELA DOS SANTOS SILVA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
O consumo de hortaliças tem sido incentivado, visto que dados científicos mostram a presença de características nutricionais associadas a benefícios para a saúde humana. No entanto, a qualidade microbiológica das hortaliças tem despertado interesse e preocupação de pesquisadores, uma vez que hortaliças são veículo de patógenos aos humanos, especialmente agentes parasitários de importância zoonótica. O presente estudo tem como objetivo analisar a contaminação parasitológica em alfaces crespas (Lactuca sativa) cultivadas em diversos sistemas de produção (convencional, orgânico e hidropônico), comercializadas por associados da COAF (Cooperativa de Agricultura Familiar), situada no município de Presidente Prudente/SP. As coletas serão repetidas em intervalos semanais, durante o período de junho a novembro de 2015, em um total de 20 coletas, totalizando 180 amostras de hortaliças. As folhas das hortaliças serão lavadas individualmente com Extran MA 02 a 0,5 e o fluído resultante submetido às técnicas de Hoffmann e Faust, para recuperação de enteroparasitas. As contagens de estruturas parasitárias serão comparadas, em diferentes sistemas, pelo teste de Krus Kall-Wallis com contraste pelo método de Dunn. Todas as análises serão realizadas com auxílio do programa Biostat. 5.3, e com valor de significância de 5.

Protocolo: 2561 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 5/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAMIRIS CHRISTANTE MOTA
ANA CAROLINY CARRION PEREIRA
JULIANA SANTIAGO SANTOS
CRISTINA ATSUMI KUBA
FRANCISLAINE ANELIZE GARCIA SANTOS
Professor(es): VAMILTON ALVARES SANTAREM
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A bioinformática tem auxiliado na geração, armazenamento e análise de dados biológicos e tem facilitado a realização de estudos de comparação de sequências de nucleotídeos para diversas finalidades. Por sua vez, substâncias antioxidantes são conhecidas por agir impedindo a formação de radicais livres, evitando a formação de lesões em nossas células, removendo os danos causados e reconstituindo os tecidos danificados. A presente pesquisa se propõe a realizar uma análise comparativa de sequências nucleotídicas existentes em várias espécies vegetais, de genes para compostos antioxidantes enzimáticos considerados essenciais ao processo evolutivo, a saber: superóxido dismutase e peroxidase, bem como de genes não-enzimáticos e que não são essenciais a esse processo, tais como: licopeno e ácido ascórbico. Sequências gênicas destes compostos, disponíveis nas bases NCBI (Estados Unidos), EBI (Europa) e DDBJ (Japão), serão analisadas através da ferramenta BLAST, cujo acesso é público e gratuito. Será realizado o levantamento das espécies vegetais em que estas substâncias já foram identificadas, de modo a viabilizar a realização de estudos filogenéticos ao nível molecular. As sequências de nucleotídeos serão convertidas para o formato "FASTA´, e analisadas através da ferramenta de alinhamento múltiplo, denominada Clustal W, com o objetivo de avaliar o grau de similaridade entre as sequências. Serão produzidos cladogramas que possam representar o grau de similaridade entre sequências de uma mesma espécie, bem como entre sequências de espécies classificadas em diferentes táxons. Serão empregadas também as ferramentas de bioinformática T-COFFEE e MAFFT, de modo a identificar as regiões de cada gene que apresentam maior variabilidade dentro das espécies e entre as espécies analisadas. Espera-se que esta pesquisa possa colaborar para estudos avançados das relações filogenéticas das espécies envolvidas e da evolução molecular dos genes avaliados.

Protocolo: 2539 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 8/2016 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA PRETO MALAMAN
Professor(es): ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR

Resumo:
A cultura da soja possuí grande importância no cenário agrícola brasileiro, sendo um dos principais produtos agrícolas comercializados no mundo. Entretanto seu potencial produtivo pode ser afetado uma vez que a qualidade das sementes pode ser afetada por diversos fatores durante o processo de produção, sendo a deficiência hídrica um fator limitante. Recentemente, moléculas neurotransmissoras também tem sido encontradas em plantas desempenhando funções ligadas a regulação do desenvolvimento sob estresse. O Ácido &#947;-aminobutírico (GABA) atua no desenvolvimento das plantas como um sinalizador de processos fisiológicos, e também na defesa em respostas ao estresse, podendo desempenhar um papel osmoprotetor. A acetilcolina (Ach) nas células vegetais é sintetizada nos caules, folhas, nós e raízes em resposta ao estresse, verificando-se sua participação na sinalização entre a raiz e a parte aérea. O objetivo deste estudo será analisar os potenciais efeitos da aplicação exógena de GABA e Ach na germinação de sementes de soja sob diferentes condições de potencial osmótico induzido por Manitol. Será testada a hipótese de que aplicação exógena de GABA e Ach na germinação de soja sob deficiência hídrica proporcionará um crescimento mais vigoroso da plântula durante a germinação de soja, uma vez que o GABA pode incrementar o ajuste osmótico e a Ach promover maior crescimento radicular. Será realizada a aplicação de GABA e Ach na germinação de soja sob diferentes potenciais de água para indução do estresse hídrico. Para verificar os possíveis efeitos do GABA e Ach na germinação, serão realizados testes de germinação, análises bioquímicas (SOD, CAT, POD), análises de aminoácidos e açúcares totais. Os dados serão analisados por análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p<0.05).

Protocolo: 2530 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 7/2016 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA DOLORES PISSOLATO
Professor(es): GUSTAVO MAIA SOUZA
LUIZ GONZAGA ESTEVES VIEIRA
ADRIANA LIMA MORO

Resumo:
A cana-de-açúcar é considerada uma espécie C4 subtipo NADP-ME. Entretanto, inúmeras evidências moleculares, bioquímicas e fisiológicas indicam que plantas C4 do subtipo NADP-ME poderiam exibir certo nível de flexibilidade na utilização dos três subtipos de descarboxilação e que estes subtipos podem não ser geneticamente determinados de maneira rígida. A flexibilidade na utilização das enzimas de diferentes subtipos C4 tem consequências diretas nas necessidades energéticas para a fotossíntese.Além disto, ainda há a possibilidade destes mecanismos serem controlados de modo diferencial dependendo tanto dos estádios de desenvolvimento das plantas quanto de fatores ambientais. Assim o objetivo deste trabalho será estudar a atividade enzimática e relações fisiológicas em mecanismo C4 em plantas de cana-de-açúcar submetidas a condições controladas de restrição hídrica e altas temperaturas durante diferentes estádios de desenvolvimento de folhas.

Protocolo: 2529 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 7/2016 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIEL MOREIRA NERIS
Professor(es): GUSTAVO MAIA SOUZA
LUIZ GONZAGA ESTEVES VIEIRA
ADRIANA LIMA MORO

Resumo:
O uso de plantas para fins terapêuticos tem aumentado consideravelmente, assim como a crença de que elas possuem efeitos benéficos e são livres de efeitos colaterais ou adversos. No entanto, a maioria das informações disponíveis sobre o consumo dessas plantas não tem nenhum suporte científico e seu uso é baseado apenas na cultura popular. Entre as plantas utilizadas pela humanidade como fonte de alimentação e de medicamentos estão aquelas pertencentes ao gênero Spondias. A espécie Spondias purpurea L. produz frutos comestíveis conhecidos popularmente no Brasil como seriguela e em inglês como jocote. Há relatos de utilização dessa planta para diarreia, coceiras, disenterias, inchaços e etc. Embora essas e outras atividades tenham sido reportadas, pouquíssimos estudos relacionando os efeitos dos frutos e das folhas da S. purpurea sobre o DNA (indução, redução ou prevenção de mutações) estão disponíveis atualmente, e nenhum estudo relacionado à casca. Dessa forma, o objetivo do presente estudo é avaliar os potenciais citotóxicos e mutagênicos dessa planta, além de avaliar os possíveis efeitos protetores contra os danos oxidativos produzidos no DNA pelo quimioterápico ciclofosfamida e pelo hidrocarboneto aromático benzopireno. A avaliação acontecerá em testes agudos in vivo em camundongos utilizando o teste do micronúcleo em células da medula óssea e de sangue periférico.

Protocolo: 2444 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 8/2016 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE DE SOUZA ARAUJO
LORRANE DAVI BRITO
Professor(es): MARCOS ALBERTO ZOCOLER
LEANDRA ERNST KERCHE
MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
A obesidade é caracterizada pelo acúmulo de gordura corporal na forma de tecido adiposo. Esse elevado grau de adiposidade expõe o individuo a diversas doenças, levando a desordens metabólicas que podem afetar múltiplos órgãos, assim como o fígado, um órgão de múltiplas funções fundamentais no equilíbrio da homeostasia e armazenamento de ferro. Porém o acumulo de ferro é extremamente tóxico, gerando processos oxidativos, Por isso, estudos que avaliam as condições fisiológicas, morfológicas e patológicas dos indivíduos obesos são fundamentais, onde este tem o objetivo de analisar o acumulo de ferro e inflamações hepáticas em ratos obesos, e sua relação com a prática de atividade física regular. Foram utilizados 56 Ratos machos Wistar onde os animais controles serão alimentados com ração padrão e água de torneira , e os obesos seguirão uma dieta hiperlipídica (dieta de cafeteria). Esses animais foram submetidos ao treinamento intermitente, de modo que o animal ficava imobilizado por um colete adaptado sobre uma plataforma metálica com estimulação elétrica, onde realizou o movimento de extensão completa da pata (joelho e tornozelo) levantando uma carga posicionada na parte posterior do colete. Os fragmentos de fígado dos ratos serão corados por hematoxilina-eosina e perls para que sejam realizadas as análises histopatológicas, onde se associará o acumulo de ferro e inflamações hepáticas a obesidade.

Protocolo: 2372 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2015 - 12/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE PANCERA LAURINDO
KAREN CRISTINA REGO GREGORIO
MAURICIO AUGUSTO DE PAULA GONCALVES
LARISSA LAIS DA SILVA
Professor(es): RENATA CALCIOLARI ROSSI

Resumo:
A cultura da soja possuí grande importância no cenário agrícola brasileiro, sendo um dos principais produtos agrícolas comercializados no mundo. Entretanto seu potencial produtivo pode ser afetado uma vez que a qualidade das sementes pode ser afetada por diversos fatores durante o processo de produção, sendo a deficiência hídrica um fator limitante. Recentemente, moléculas neurotransmissoras também tem sido encontradas em plantas desempenhando funções ligadas a regulação do desenvolvimento sob estresse. O Ácido &#947;-aminobutírico (GABA) atua no desenvolvimento das plantas como um sinalizador de processos fisiológicos, e também na defesa em respostas ao estresse, podendo desempenhar um papel osmoprotetor. A acetilcolina (Ach) nas células vegetais é sintetizada nos caules, folhas, nós e raízes em resposta ao estresse, verificando-se sua participação na sinalização entre a raiz e a parte aérea. O objetivo deste estudo será analisar os potenciais efeitos da aplicação exógena de GABA e Ach na germinação de sementes de soja sob diferentes condições de potencial osmótico induzido por Manitol. Será testada a hipótese de que aplicação exógena de GABA e Ach na germinação de soja sob deficiência hídrica proporcionará um crescimento mais vigoroso da plântula durante a germinação de soja, uma vez que o GABA pode incrementar o ajuste osmótico e a Ach promover maior crescimento radicular. Será realizada a aplicação de GABA e Ach na germinação de soja sob diferentes potenciais de água para indução do estresse hídrico. Para verificar os possíveis efeitos do GABA e Ach na germinação, serão realizados testes de germinação, análises bioquímicas (SOD, CAT, POD), análises de aminoácidos e açúcares totais. Os dados serão analisados por análise de variância e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p<0.05).

Protocolo: 2221 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA DOLORES PISSOLATO
Professor(es): LUIZ GONZAGA ESTEVES VIEIRA

Resumo:
O chumbo (Pb) é um metal considerado na atualidade como um dos poluentes mais perigosos, devido ao seu alto potencial tóxico. É encontrado no solo por consequência das atividades antropogênicas, e é liberado na atmosfera em forma de micro e macro partículas, sendo que essa última se deposita com rapidez no solo. Uma das maneiras de recuperar esse solo contaminado por chumbo é a fitorremediação, uma biotecnologia que utiliza um sistema vegetativo fotossintetizante e sua microbiota para desintoxicar áreas degradadas e poluídas. No processo de fitorremediação a vegetação a ser utilizada deve tolerar o contaminante e não anular essa toxicidade. O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil e apresenta comunidades vegetais que possuem características favoráveis para a utilização no processo de fitorremediação, como crescimento rápido, elevada produção de biomassa, competitividade, vigor e tolerância à poluição. A espécie Qualea grandiflora Mart. é uma das espécies acumuladoras mais abundante do Cerrado, é amplamente dispersa em todas as fitofisionomias do Cerrado do Brasil central. Este estudo tem como objetivo avaliar os efeitos do solo contaminado por chumbo (Pb) na morfologia e fisiologia em plântulas de Q. grandiflora e determinar a concentração desse metal em diferentes partes da planta. As plantas serão cultivadas em casa de vegetação por 120 dias, sob sete tratamento, controle e com adição de (Pb(NO3)2), 18.8, 75, 150, 300, 600, 1.200 mg kg-1. Serão mensurados os parâmetros (1) anatômicos como espessura da epiderme adaxial e abaxial, parênquima paliçádico e esponjoso, e na nervura central serão mensurados o número de elementos condutores e diâmetro do xilema, densidade de venação e estomática, (2) morfológicos (área foliar específica), altura, número de folhas, (3) fisiológicos, taxa de assimilação de CO2, condutância estomática, concentração intercelular de CO2, eficiência quântica potencial e efetiva do FSII, coeficiente de extinção não-fotoquímico da fluorescência e a taxa de transporte de elétrons e (4) amostras do solo e do tecido vegetal serão coletadas para a quantificação das massas das matérias secas da parte área e das raízes e para a determinação do acúmulo de chumbo nos tecidos vegetais. Os resultados de cada parâmetro serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p = 0,05), e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 2222 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE DE SOUZA ARAUJO
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
O tabagismo é hoje um dos principais problemas de saúde, sendo responsável por cerda de 5 milhões de mortes anuais, devido as varias complicações associadas aos tabagistas passivos, ate mesmo as pessoas que se considerem livres dos efeitos do cigarros, uma vez que não fazem uso dos mesmos, estão sujeitos aos males que o tabagismo podem ocasionar. Estima-se que o tabagismo passivo seja hoje à terceira causa de morte. O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos dos aditivos: prebiótico (Immunowall®), probiótico (Proenzime®) e simbiótico (Immunowall® + Proenzime®), sobre parâmetros bioquímicos cardíacos no organismo animal, como modelo experimental em ratos expostos ou não à uma hora de exposição à fumaça de cigarro/dia, como fumante passivo. Serão utilizados 80 ratos machos jovens da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 10 animais cada: Grupo Controle (GC) = dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) = dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo prebiótico (GP) = dieta basal incorporada com 1g de Immunowall® por kg da dieta; Grupo Prebiótico Tabagista (GPT) = dieta basal incorporada com 1g do produto Immunowall® por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) = dieta basal incorporada com 2g do produto Proenzime® por kg da dieta; Grupo Proenzime Tabagista (GPROT) = dieta basal incorporada com 2g do produto Proenzime® por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) = dieta basal incorporada com 1g Immunowall® + 2g de Proenzime® por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) = dieta basal incorporada com 1g Immunowall® + 2g de Proenzime® por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 65 dias, cinco dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos de ratos tabagistas serão expostos ao cigarro por 10 minutos. Os 60 dias de experimentação os animais fumantes passivos serão expostos a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. No final do período experimental, todos os grupos de animais serão anestesiados e serão colhidas amostras de sangue de todos os animais, por punção cardíaca, em tubos "vacutainer" contendo heparina, para os exames bioquímicos e serão analisados os parâmetros de Creatinoquinase (CK), Creatina Fosfoquinase (CPK), Transaminase Glutâmico Oxaloacética (TGO), Transaminase Glutâmica Pirúvica (TGP), Troponina (T). A análise estatística dos resultados bioquímicos será realizada com a utilização do programa estatístico SAS 8.0 (2004). Os dados serão submetidos à análise de variância e as diferenças (P<0,05) entre as médias serão compradas pelo teste t de Student.

Protocolo: 2346 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2015 - 1/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): HELIARD RODRIGUES DOS SANTOS CAETANO
PAULA MARIOTO PEREZ
THIAGO TOMIO TAKABATAKE
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
CECILIA LAPOSY SANTAREM

Resumo:
Nos dias de hoje é amplamente utilizado plantas medicinais como forma de tratamento alternativo para diversas doenças. O Zingiber officinalis, popularmente conhecido como gengibre é uma dessas plantas fitoterápicas, usada na culinária e na medicina. É crescente o número de estudos relacionados à alimentação e alterações citogenéticas, isso devido à importância das doenças relacionadas à mutagêneses causados pelas substâncias presentes nesses alimentos. Devido a isso, o objetivo desse trabalho é pesquisar sobre possíveis alterações no DNA causadas pelo gengibre (Zingiber officinalis) em ratos utilizando o teste do micronúcleo. Para a realização do experimento, serão utilizados vinte ratos, divididos em quatro grupos. Três dos grupos serão submetidos ao tratamento de gengibre com concentrações diferentes e o quarto grupo será utilizado como controle negativo tratado com água. Após 15 dias de tratamento, os animais serão submetidos para a coleta de sangue periférico para a confecção das lâminas, sendo coradas e observadas no microscópio para contagem de Eritrócitos Policromáticos e a identificação do micronúcleo. Os parâmetros serão analisados por ANOVA seguida do teste de Tukey para identificar as diferenças significativas. Os tratamentos serão considerados diferentes estatisticamente quando P<0,05.

Protocolo: 2278 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2015 - 10/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIANE CRISTINA RODRIGUES
VANESSA APARECIDA CABRAL
Professor(es): LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
A seringueira (Hevea brasiliensis), pertencente à família Euphorbiaceae, é a principal fonte de borracha natural explorada no mundo. O Brasil responde por aproximadamente 1 da produção mundial de borracha natural. Atualmente, o déficit de borracha natural chega a quase 179 mil toneladas, o que justifica a necessidade de expansão da heveicultura nacional. O plantio de seringueira é atacado por vários tipos de parasitas, denominados na agricultura como pragas, o que leva o agricultor ao uso de grande quantidade de agrotóxicos. Com esta elevada utilização, têm ocorrido grandes impactos ambientais, além de possíveis alterações sobre a saúde humana. Dentre as variedades de praguicidas encontradas no mercado de defensivos agrícolas, destacam-se o tiofanato metílico e o clorotalonil, comercializados como o composto Cerconil WP®, um fungicida amplamente utilizado nos seringais para eliminação e prevenção da Antracnose. Assim, o objetivo do presente estudo é identificar os possíveis efeitos da exposição ao tiofanato metílico e clorotalonil sobre a estrutura química do látex de seringueira, via espectroscopia de Espalhamento Raman, bem como o seus possíveis efeitos teratogênicos, utilizando o rato com modelo animal. Para tanto, amostras de látex de seringueira de diferentes origens (expostas ou não ao fungicida Cerconil WP®) serão analisadas quanto á cor, viscosidade, elasticidade e caracterização química via espectroscopia Raman, para identificação dos efeitos do praguicida sobre a qualidade do látex. Posteriormente, serão avaliados os efeitos sobre o desenvolvimento embriofetal. Para isto, ratas Wistar adultas prenhes serão divididas em 4 grupos experimentais (n=10/grupo), que receberão 0; 400; 600 ou 1000mg/kg/dia de Cerconil WP®, via gavage, do 6º ao 15º dia gestacional (DG). No DG20, as ratas prenhes sofrerão eutanásia com 100 mg/kg tiopental sódico (ip.). As ratas serão submetidas à laparotomia para coleta, inspeção e pesagem dos ovários e útero gravídico, para a avaliação da performance reprodutiva. Os fetos coletados serão processados para análise externa, esquelética e visceral. Para comparação dos resultados dos grupos experimentais serão utilizados os testes estatísticos Análise de Variância com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnett, e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, dependendo das características de cada variável. Será considerado como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 2242 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 2/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA OLIVEIRA DOS SANTOS
ANA CAROLINY CARRION PEREIRA
JAQUELINE NASCIMENTO DA SILVA
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
A atenção é um fenômeno neurofisiológico que promove a seleção da atividade de certas regiões neurais, acelerando o desempenho em curso. Pelo menos em parte, a atenção depende de circuitos adrenérgicos que promovem a ativação de todo o córtex cerebral, circuitos estes que são também determinantes para o estado de vigília de um indivíduo (e se encontram desativados em sono profundo). É também conhecido que indivíduos que sofrem de privação de sono tem prejuízos tanto físicos quanto cognitivos, incluindo o desempenho da atenção. O objetivo do presente trabalho é analisar as consequências da privação do sono no desempenho da atenção em indivíduos saudáveis, além de verificar se a privação de sono é capaz de alterar a assimetria da orientação da atenção normalmente verificada em indivíduos saudáveis.

Protocolo: 2182 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSIELLE CARDOSO
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A exposição solar é um dos fatores ambientais que contribui para o fotoenvelhecimento. Além das inúmeras alterações celulares e histológicas causadas por esse tipo de agente mutagênico, o fotoenvelhecimento aumenta a concentração de radicais livres no organismo, os quais estão frequentemente associados ao envelhecimento precoce do organismo. Substâncias antioxidantes são conhecidas por agir impedindo a formação de radicais livres, evitando a formação de lesões em nossas células, removendo os danos causados e reconstituindo as células danificadas. Nos últimos anos, a bioinformática tem auxiliado no armazenamento, análise e geração de dados biológicos facilitando pesquisas nos estudos de comparação de sequências de nucleotídeos para diversas finalidades. O presente projeto tem por objetivos sistematizar a análise de sequências nucleotídicas dos genes para os compostos: ácido ascórbico, licopeno e resveratrol a partir de bases genômicas disponíveis publicamente, por se tratarem de substâncias antioxidantes envolvidas com a proteção contra o processo de envelhecimento celular. Serão analisadas sequencias gênicas disponíveis nas bases NCBI (Estados Unidos), EBI (Europa) e DDBJ (Japão), através da ferramenta BLAST, de modo a verificar em quais espécies vegetais as três substâncias já foram analisadas do ponto de vista de sequenciamento do DNA. A seguir, sequencias de nucleotídeos serão convertidas para o formato FASTA e analisadas através do recurso ClustalW, com o objetivo de avaliação do grau de similaridade de sequencias e produção de dendrogramas. Espera-se que esta pesquisa possa colaborar para estudos avançados das relações filogenéticas e evolução molecular dos genes avaliados.

Protocolo: 2071 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 7/2015 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA PRETO MALAMAN
Professor(es): ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR

Resumo:
A disponibilidade de recursos em ambientes naturais é um fator determinante para o desenvolvimento das plantas, alterando o seu comportamento. Além disso, os estudos vêm demonstrando que a estratégia adotada pelas plantas para a aquisição de recursos pode depender da presença de vizinhos bem como da sua identidade. As raízes das plantas apresentam a capacidade de auto-referenciamento, ou seja, as raízes são capazes de distinguir "auto" (raízes da mesma planta) de "não-auto" (raízes de outras plantas), mesmo quando as outras plantas são geneticamente idênticas e mesmo sem contato físico entre as raízes. Uma vez que a plasticidade fenotípica surge como um indicativo para avaliar as mudanças estruturais no corpo de uma planta, a observação de alterações morfológicas pode fornecer informações complementares sobre o comportamento geral desses indivíduos. Assim, o objetivo deste trabalho é avaliar se a capacidade de auto-referenciamento influencia a estrutura morfológica de folhas de plantas de E. urophylla. Além disso, verificar se a morfologia foliar de indivíduos que apresentam a capacidade de auto-referenciamento é alterada de acordo com o grau de parentesco e/ou alterações ambientais. Serão usados três grupos de plantas de E. urophylla: o primeiro grupo é formado por mudas de clones (nível baixo de variabilidade); o segundo grupo, por mudas provenientes de sementes de uma única planta-mãe (nível médio de variabilidade); e o terceiro grupo, por mudas provenientes de sementes de população (nível alto de variabilidade). As plantas terão as raízes podadas, deixando-se apenas duas raízes principais de igual tamanho por planta (split-root). Três plantas serão arranjadas em três vasos unidos entre si, formando tríades (três plantas por unidade experimental). Cada vaso conterá ou duas raízes da mesma planta (Ar) ou duas raízes de plantas diferentes (NAr). As tríades de alto e baixo nível de variabilidade genética serão submetidas a diferentes condições ambientais (disponibilidade hídrica e temperatura) durante 30 dias de cultivo, em condições de câmara de crescimento. O comportamento das plantas será avaliado a partir da plasticidade fenotípica de parâmetros morfológicos e anatômicos. Os resultados de cada variável medida ou calculada serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p = 0,05), considerando o esquema fatorial de cada experimento, e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p = 0,05).

Protocolo: 2053 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 7/2015 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIEL MOREIRA NERIS
Professor(es): LUIZ GONZAGA ESTEVES VIEIRA
WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
A atenção é um dos processos neurofisiológicos mais essenciais para uma correta interação de uma pessoa com o ambiente. Ela permite a seleção de estímulos relevantes e a inibição daqueles irrelevantes para o comportamento. A atenção também parece ser assimétrica, com favorecimento para o lado direito do espaço em pessoas saudáveis. Há evidências de que os idosos apresentam declínio dos níveis de atenção voluntária, o que poderia gerar alterações da capacidade normal da atenção e alterar o favorecimento à direita do espaço. O presente trabalho propõe investigar se a assimetria da atenção voluntária comumente encontrada em adultos saudáveis está alterada em idosos, através do teste de bissecção de linhas e do teste de Landmark. Um total de 20 idosos (idade entre 60 e 85 anos) farão tanto o teste de bissecção de linhas, que consiste em pedir ao voluntário que seccionem linhas horizontais, de tamanhos variados, o mais ao centro possível; quanto o teste de Landmark, uma variação do teste de bissecção de linhas que requer ao voluntário julgar se linhas pré-cortadas estão corretamente seccionadas ao centro ou não. Os voluntários serão instruídos a julgarem se as linhas estão corretamente cortadas ao centro e, caso não, se estão à direita ou à esquerda do centro. O teste dos idosos será comparado àquele de um Grupo Controle (idade entre 20 e 40 anos, n=20) através de análises de variância (ANOVA).

Protocolo: 2067 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 8/2016 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DOUGLAS STUANI LOPES
SAMARA MIGUEL DE SOUZA
ALINE HAGUI
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Os cloropropanóis são conhecidos contaminantes produzidos durante o processamento de alimentos. A presença destes contaminantes na dieta traz preocupações pelos riscos que eles podem representar à saúde, uma vez que muitos deles são considerados possíveis agentes carcinogênicos em seres humanos. Apesar da ampla exposição da população aos cloropropanóis, os estudos sobre os aspectos toxicológicos dos ésteres de 3-monocloropropano-1,2-diol (3-MPCD), formados a partir do processamento de alimentos, até o momento são escassos. Desta forma, o presente projeto tem como objetivo avaliar os efeitos do 3-MPCD sobre a histofisiologia reprodutiva de ratos machos expostos ao composto durante a peri-puberdade. Para isto, ratos machos Wistar de 45 dias de idade serão alocados em 4 grupos experimentais (n=10/grupo): controle e tratados com 2,5; 5 ou 10mg/kg/dia de 3-MCPD, por 30 dias, via gavage. Após o término do tratamento, os animais sofrerão eutanásia com 100mg/kg de tiopental sódico. Os órgãos reprodutivos serão coletados, pesados. Serão realizadas as seguintes análise espermáticas: contagens e testículo e epidídimo, morfologia e motilidade. Além disso, será avaliada a espermatogênese (histologia, morfometria e dinâmica) e a estrutura epididimária. Considerando que a população em geral está exposta aos cloropropanóis via alimentação, identificar possível prejuízo á histofisiologia reprodutiva, pode trazer informações importantes sobre os possíveis impactos dos contaminantes alimentares sobre a fertilidade dos animais.

Protocolo: 2055 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 7/2015 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Diariamente somos expostos a diversas informações e é comum parte delas não serem memorizadas quando não nos parecem úteis ou quando destinamos a atenção para algo mais importante, por exemplo. No entanto, há informações que mesmo nos despertando a atenção e sendo de extrema relevância, não ficam armazenadas em nossa memória. Dessa maneira, mesmo expostos a conteúdos que queremos de fato aprender e aos quais dedicamos tempo, atenção e estudo, podemos esquecê-los. Neste trabalho é apresentada uma revisão de literatura a respeito de como determinadas situações e mecanismos favorecem a retenção de informações pelo cérebro ou a prejudica.

Protocolo: 2109 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANNE CAROLYNE MARINHEIRO RODRIGUES
RAFAEL ZONZINI VICENTE VEIGA
GABRIELLA VELOSO SANTANA
LUIZ FELIPE FARIAS BARBOSA
Professor(es): CAMELIA SANTINA MURGO
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Orchidacae é citada como a maior família vegetal (cerca de 20-25 mil espécies). Algumas espécies têm grande importância econômica, portanto com a intensa degradação de seus habitats, tem resultado na extinção localizada de populações nativas. Uma cápsula dessa família pode conter de centenas a milhares de sementes, com isso, a conservação de sementes pode ser uma estratégia muito importante. Para a análise de qualidade fisiológica e monitoramento da conservação das sementes em armazenamento, o método mais utilizado é o teste de germinação associado ao teste de tetrazólio. A redução da temperatura e da umidade do ar tende a aumentar o período de conservação das sementes. A temperatura de nitrogênio líquido (-196°C) pode proporcionar uma maior preservação, porém essa resposta não é sempre observada. Para compreender o potencial de conservação de sementes de orquídeas brasileiras do gênero Catlleya, sementes de quatro espécies serão armazenadas em três condições de temperatura (5°C, -18°C e -196°C) com sementes condicionadas em três unidades de umidade relativa do ar (1,5, 6,4 e 12). Os tratamentos serão avaliados em períodos de zero, três, seis e nove meses pelos testes de germinação e tetrazólio e o experimento será conduzido em delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições.

Protocolo: 2017 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2014 - 6/2015 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): MARIANE MARANGONI HENGLING
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
CECI CASTILHO CUSTODIO
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
Quirópteros são um dos grupos de mamíferos mais diversificados do mundo. Apresentam hábitos alimentares bem diversificados e desempenham uma grande importância biológica. O laboratório da APTA recebeu 176 exemplares de quirópteros de 19 municípios do oeste paulista. Os morcegos chegaram ao laboratório, principalmente, por meio das Unidades Básicas de Saúde ou Centros de Controle de Zoonoses dos municípios que compõem a 10ª Região Administrativa do Estado de São Paulo (total de 53), região oeste paulista. . Os morcegos foram submetidos a diagnostico laboratorial da raiva no ano de 2013. O objetivo do presente estudo é a classificação desses morcegos com a finalidade de um maior conhecimento sobre a fauna regional dos mesmos.

Protocolo: 2078 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIZA CRISTINA SAVIO RODENAS
Professor(es): HERMANN BREMER NETO

Resumo:
Nas últimas décadas, com o aumento populacional e a consequente necessidade de obtenção de maior e melhor produção agrícola, tem sido crescente o uso de praguicidas, especialmente os herbicidas, para o desenvolvimento de várias culturas. O uso extensivo e descontrolado destes praguicidas pode levar à contaminação do solo, água e alimentos, expondo a população em geral, aos seus possíveis efeitos tóxicos. Dentre os herbicidas, destaca-se o S-metolacloro, usado especialmente em culturas de cana-de-açúcar, algodão, milho e soja. Seus efeitos sobre o organismo humano e animal ainda são pouco conhecidos. O presente projeto trata-se de uma continuação do projeto intitulado "Performance reprodutiva e desenvolvimento embriofetal da progênie de ratas expostas ao herbicida metolacloro durante o período gestacional", aprovado sob protocolo nº 1595, pelo CAPI (Comitê Assessor de Pesquisa Institucional) e CEUA (Comitê de Ética no Uso de Animais) da UNOESTE. No projeto, acima referido, foram coletados os seguintes órgãos maternos para inspeção macroscópica e pesagem: coração, pulmão, fígado, baço, rim e placentas. Assim, no presente projeto pretende-se dar continuidade ao estudo, tendo como objetivo investigar de forma específica os efeitos do metolacloro sobre a morfologia destes órgãos e se há ou não interações químicas do herbicida com os mesmos e como estas estão estabelecidas. Para isto, serão realizadas análises histológicas e de espectroscopia vibracional, via Espalhamento Raman nos órgãos maternos provenientes de ratas Wistar expostas a 0, 150, 300 e 1000mg/Kg do herbicida metolacloro, via oral, do 6º ao 15º dia gestacional. As modificações das espectrais serão caracterizadas por número de onda, largura da banda e intensidade relativa, para que seja realizada a comparação entre os grupos experimentais.

Protocolo: 2004 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSE MARCOS SANCHES JUNIOR
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Blattella germanica (barata alemã) é uma das três espécies de baratas domissanitárias mais importantes, pois vem causando grande preocupação e prejuízos em países tropicais como o Brasil, desenvolvendo altas populações em restaurantes, residências, hospitais e locais de armazenamento de alimentos. Segundo relatos colhidos de moradores de um edifício residencial situado em uma cidade do interior paulista, a B. germanica, ou baratinha como eles a conhecem, é presença constante em todos os cômodos dos apartamentos. Tendo em vista a frequência da presença de Blattella germanica no ambiente domiciliar e a importância desta, como vetor de microrganismos potencialmente patogênicos, este trabalho se propõe a avaliar seu potencial na transmissão de infecções, por meio do isolamento e identificação dos microrganismos encontrados em sua superfície.

Protocolo: 1912 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2014 - 10/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIO CESAR DA SILVA
WANDERLEY DA SILVA RODRIGUES
Professor(es): ANA RITA PALADINO TUMITAN

Resumo:
A utilização desenfreada de agrotóxicos está contribuindo com o agravamento da poluição ambiental, pois na maioria das vezes a forma de aplicação desses produtos facilita a contaminação de solos e recursos hídricos, afetando espécies aquáticas e terrestres, podendo ainda interferir na saúde das pessoas que estão envolvidas diretamente e indiretamente com a aplicação. Considerando a extensa área ocupada por cana-de-açúcar na Região do Oeste Paulista, e também a quantidade significativa de herbicidas utilizados para eliminação de plantas daninhas na produção desta cultura, este estudo trata-se de uma pesquisa qualitativa e quantitativa que visa à avaliação de parâmetros de qualidade espermática humana e da interação espermatozóide-herbicida, por meio de Espectroscopia de Espalhamento Raman, após a exposição in vitro à diferentes concentrações de atrazina e 2,4-D. Serão selecionadas amostras de acordo com os parâmetros normais de testes que avaliam a qualidade espermática como liquefação, viscosidade, aparência, volume, pH, concentração de espermatozóides, morfologia e motilidade. Estas amostras serão expostas aos herbicidas de estudo, variando o tempo e a concentração, e serão feitas novamente análise da motilidade e outro parâmetro que será de vitalidade, analisando as interferências. Desta forma então será estipulado um tempo e uma concentração, para o estudo por Espalhamento Raman que caracterizará as possíveis interações químicas que estes herbicidas podem causar a nível molecular em espermatozóide humano.

Protocolo: 1843 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 2/2015 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEON FERREIRA MARQUES MILANI
VIVIANE RIBAS PEREIRA
TAMIRIS GARBIATTI DE OLIVEIRA
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O presente trabalho tem objetivo delimitar a potencialidade do uso do solo para auxiliar no planejamento da exploração dos recursos naturais da bacia do córrego do Limoeiro, situada nos município de Presidente Prudente e Alvares Machado. Aplicar-se-à uma metodologia de análise empírica da fragilidade ambiental, através da elaboração de Inventário e Diagnóstico Ambiental, mapeando as características físicas e de uso da terra, empregando programas especializados. Pretende-se discutir os limites da potencialidade de uso do solo verificando se bacia está protegida da erosão, quais os fatores e as condições atuais e avaliar a qualidade sanitária da Bacia

Protocolo: 1820 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2013 - 5/2015 Programa: PPD - Programa de Pesquisa Docente/PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): ANDRE TURIN SANTANA
MURILO MENDES DE ANGELO
ANDERSON MURILO DE LIMA
TAMIRIS GARBIATTI DE OLIVEIRA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
EDILENE MAYUMI MURASHITA TAKENAKA
MARIA HELENA PEREIRA MIRANTE
PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
MARCOS NORBERTO BOIN
MILENA PINOTTI SEGATO
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
A Física, como uma ciência fundamental, tem por objetivo o estudo dos fenômenos naturais de nosso universo. Quando se trata desses fenômenos geralmente vêm à mente aqueles que estão ligados diretamente com a natureza macroscópica de nosso cotidiano, deixando-se de considerar, por diversas situações, aqueles fenômenos naturais microscópicos observados exteriormente a nosso organismo, assim como em seu interior. Dessa forma, a proposta desse projeto é desenvolver uma pesquisa minuciosa a respeito, inicialmente, dos conceitos da Física que são mais úteis no entendimento das ciências médicas e biomédicas e, posteriormente, da aplicação desses conceitos sobre as diversas situações envolvendo o contexto, mais especificamente, da biomedicina. Para tal, serão investigados, de início, as áreas da biomedicina que envolvem, em seu fundamento, conceitos físicos (básicos e/ou avançados), como por exemplo o diagnóstico por imagem envolvendo o uso de radiação ionizante ou não ionizante, ou até mesmo fenômenos da biofísica tais como o transporte de substâncias através da membrana celular. Finalmente, toda essa pesquisa de caráter preferencialmente teórico dar-se-á por um processo investigativo que será baseado nas referências, nacionais e internacionais, já existentes a respeito desses assuntos, assim como aquelas adquiridas em possíveis congressos, colóquios, encontros, workshops e afins. Sendo assim, o maior interesse desse projeto é, com o produto obtido em função de seu desenvolvimento, fornecer um material que sirva também de referência para os cursos da área médica que envolvem estudos de biofísica, física das radiações ou qualquer outra área correlata.

Protocolo: 1669 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 12/2014 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Aluno(s): RAFAEL HENRIQUE RIBEIRO DE OLIVEIRA
PRISCILA SILVA FIABANI
VITOR AFONSO PIRES DA SILVA
Professor(es): JOÃO LUCAS CORREIA SILVA

Resumo:
O Cerrado é considerado como um complexo de formações oreádicas, que vão desde o campo limpo até o cerradão. Esse gradiente fisionômico que o Cerrado compõe apresenta uma heterogeneidade nas condições luminosas em função da variabilidade do componente arbóreo. A luz é o recurso limitante mais importante para o estabelecimento, crescimento e sobrevivência em ecossistemas florestais. Espécies arbóreas tem a capacidade de ajustar sua morfologia e fisiologia à disponibilidade de luz em diferentes níveis de organização incluindo trocas gasosas, e propriedades ópticas e hidráulicas da folha. O estabelecimento de plântulas de espécies de savana e floresta responde diferentemente ao tipo de cobertura da vegetação. Este estudo tem como objetivo avaliar as correlações da condutância hidráulica da folha com as trocas gasosas e estruturas morfo-anatômicas de plântulas de duas espécies congenéricas típicas do cerrado em diferentes condições de irradiância. Plântulas de espécies do gênero Hymenae: Hymeneae stigonocarpa Mart. Ex Hayne (espécie comum nas formações abertas do Cerrado lato sensu e Campo Cerrado) e Hymeneae martiana (espécie encontrada em áreas de interface com Cerrado e florestas estacionais) serão submetidas a dois tipos de irradiância: pleno sol e sombra com apenas 3 de luz incidente. Serão mensurados parâmetros 1- anatômicos como espessura da epiderme adaxial e abaxial, parênquima paliçádico e esponjo, e na nervura central será mensurada o número de condutores do xilema, densidade de venação e estomática; 2- morfológicos (área foliar específica), altura, número de folhas; e 3- fisiológicos taxa de assimilação de CO2, condutância estomática, concentração intercelular de CO2, eficiência quântica potencial e efetiva do FSII, coeficiente de extinção não-fotoquímico da fluorescência e a taxa de transporte de elétrons, e condutância hidráulica da folha. Os resultados de cada parâmetro serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p = 0,05), e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 1590 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 8/2014 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RENATA ESPOLADOR SAO JOAO
Professor(es): ANA CLAUDIA PACHECO SANTOS
GUSTAVO MAIA SOUZA
WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
Nas últimas décadas, com o aumento populacional e a consequente necessidade de obtenção de maior e melhor produção agrícola, tem sido crescente o uso de praguicidas, especialmente os herbicidas, para o desenvolvimento de várias culturas. O uso extensivo e descontrolado destes praguicidas pode levar à contaminação do solo, água e alimentos, expondo a população em geral, aos seus possíveis efeitos tóxicos. Dentre os herbicidas, destaca-se o S-metolacloro, usado especialmente em culturas de cana-de-açúcar, algodão, milho e soja. Seus efeitos sobre o organismo humano e animal ainda são pouco conhecidos, especialmente sobre a reprodução e o desenvolvimento embriofetal. Assim, o presente projeto tem como objetivo avaliar os possíveis efeitos do S-metolacloro sobre a performance reprodutiva de ratas adultas, bem como, o seu potencial teratogênico, quando administrado durante o período da organogênese. Para tanto, ratas Wistar adultas prenhes serão divididas em 4 grupos experimentais (n=10/grupo), que receberão 0; 150; 300 ou 1000mg/kg/dia de S-metolacloro, via gavage, do 6º ao 15º dia gestacional (DG). No DG20, as ratas prenhes sofrerão eutanásia com 100 mg/kg tiopental sódico (ip.). As ratas serão submetidas à laparotomia para coleta, inspeção e pesagem dos ovários e útero gravídico, para a avaliação da performance reprodutiva. Além disso, serão coletados e pesados fígado, baço, coração e rins maternos. Os fetos coletados serão processados para análise externa, esquelética e visceral. Para comparação dos resultados dos grupos experimentais serão utilizados os testes estatísticos Análise de Variância com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnett, e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, dependendo das características de cada variável. Será considerado como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 1595 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 8/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
JENNIFER CARDOSO COUTO
Professor(es): ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O objetivo do presente estudo será a de avaliar a capacidade in vitro de aglutinação dos aditivos prebióticos Bio-MosTM, ActigenTM e ImmunoWallTM, produtos a base de mananoligossacarídeos (MOS), a cepa de Escherichia coli. Serão isoladas E. coli sem linhagens específicas, de pacientes com diarreia infantil, com faixa etária de até 5 anos, cedidas pelo Laboratório de Microbiologia Clínica do Hospital Regional de Presidente Prudente - SP. As amostras de E. coli serão reisoladas e as linhagens que apresentarem características fenotípicas compatíveis com a espécie E. coli serão submetidas a classificação bioquímica. A pesquisa dos tipos fimbriais presente nos isolados será realizadas pelo teste de microhemoaglutinação com suspensões de hemácias a 1 de cobaio, galinha, ovino e equino em presença de D-manose 1. As linhagens que apresentarem aglutinação inibida pela D-manose serão consideradas como portadoras das fimbrias do Tipo 1. Uma cepa de E. coli com atividade hamaglutinante manose-sensível isolada de suínos com enterite será empregada como controle positivo. As linhagens que apresentarem o fenótipo correspondente a expressão da fimbria Tipo 1 serão submetidas a testes de aglutinação em lâmina empregando amostras de produtos comerciais (Bio-MosTM, ActigenTM e ImmunoWallTM) contendo MOS. Serão realizados três testes para cada produto. Os resultados serão avaliados na forma de escores (forte, fraca e ausente). Suspensões puras de MOS a 1 em PBS de cada um dos produtos avaliados será empregada como controle negativo.

Protocolo: 1531 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2013 - 3/2014 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCELO WAINER MOTTA ABDELNUR
TAMIRYS MAYARA DO AMARAL ZANINI MENDES
GABRIEL ZANUTO SAKITA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA

Resumo:
A espécie Eruca sativa L., conhecida como Rúcula é uma hortaliça herbácea anual, de pequeno porte, originária do sul da Europa e da parte ocidental da Ásia. O cultivo de hortaliças sofre grande limitação devido aos fatores climáticos, tais como a temperatura e a qualidade da luz. Esses são importantes fatores ambientais, que apresentam papel crucial na regulação do crescimento e desenvolvimento das plantas. Com a crescente demanda de rúcula durante todo o ano, surgiu a necessidade de investimento em novos sistemas de cultivo, permitindo a produção de hortaliças adaptada às condições adversas do ambiente durante todo o ano sem perda de qualidade. O cultivo protegido se caracteriza pela construção de uma estrutura que protege as plantas de agentes climáticos permitindo a passagem de luz. Um dos tipos mais comuns de ambientes protegidos são as telas fotoconversoras, que reduzem a intensidade de radiação solar diretamente nas plantas e a temperatura do ambiente, acarretando em benefícios para a fotossíntese, contribuindo para o aumento do seu desempenho produtivo. A radiação recebida pela folha durante o crescimento nessas condições pode ter grande influência sobre sua anatomia, uma vez que a folha é um órgão plástico e sua estrutura interna se adapta às condições externas do ambiente. O objetivo deste estudo é avaliar o efeito da alteração da intensidade e da qualidade da luz, sobre características da anatomia foliar em plantas de Eruca sativa L., utilizando telas fotoconversoras no inverno e verão. O experimento será instalado no município de Álvares Machado-SP. O material avaliado será a rúcula (Eruca sativa) cultivar de folha larga, no espaçamento de 25 cm entre linhas e 10 cm entre covas com 3 plantas. Os tratamentos serão compostos por quatro ambientes luminosos gerados artificialmente com o uso de diferentes telas fotoconversoras (sombrites), visando criar ambientes com diferentes qualidades de luz, comparando-os com um tratamento controle a pleno sol: T1) sombrite vermelho 35; T2) sombrite azul 35; T3) sombrite preto 35; T4) Aluminet 35 e T5) testemunha sem sombrite (pleno sol). Será adotado o delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições. Serão instalados dois ensaios, um na época de inverno (2012) e outro no verão (2012-2013). Para análise das características anatômicas da folha serão coletadas seis folhas de cada tratamento. Lâminas permanentes serão montadas e nas secções transversais da região mediana do limbo das folhas será mensurada a espessura da epiderme adaxial e abaxial, parênquima paliçádico e esponjo, e da nervura central será mensurada o número de condutores do xilema. Para a medida de densidade de venação será realizada a diafanização das folhas. Em secções paradérmicas será mensurada a densidade estomática, comprimento e largura do estômato. Área foliar específica e conteúdo de clorofila serão mensurados. Os dados obtidos serão submetidos à análise de variância e as médias comparadas pelo teste de Tukey a 5 de probabilidade.

Protocolo: 1498 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2012 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDSON KIYOHARU HIRATA
RENATA ESPOLADOR SAO JOAO
Professor(es): WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
A arborizações nas cidades apresentam diversos problemas relacionados à abundâncias e escolhas das espécies utilizadas. E devem ser priorizadas as espécies nativas, evitando as espécies exóticas que podem causar danos ao ambiente e perda da biodiversidade e alteração da paisagem natural. Entretanto a arborização urbana é um quesito importante para proporcionar um ambiente físico saudável na qualidade de vida para a população. Os estudos nas áreas de ecologia urbana tem demonstrado que os efeitos da arborização têm resultados positivo na qualidade ambiental, fauna e flora. Objetivo desse trabalho é avaliar a situação da arborização (árvores, palmeiras, coníferas e arbustos). Situados nas ruas e praças do município de Rancharia- SP.

Protocolo: 1467 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2012 - 9/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCILENE DE BRITO
Professor(es): LUIZ WALDEMAR DE OLIVEIRA
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
RAPD é uma técnica que se baseia na amplificação de DNA genômico em PCR utilizando primers de sequência arbitrária. Caracteristicamente utiliza-se apenas um tipo de primer, em cada reação, sendo este formado por diferentes combinações das quatro bases nitrogenadas. O objetivo deste trabalho será selecionar primers decâmeros e de sequência aleatória, que produzam perfis de bandas estáveis, bem visíveis em gel de agarose para futuramente utilizar em estudos de variabilidade genética de leveduras encontradas no processo da fermentação, para a realização da pesquisas, Será utilizado 03 amostras de leveduras desenvolvidas em meio de cultura liquído PDA (agar batata enriquecido com sacarose), no qual as amostras passaram por processo de centrifugação para separação das leveduras do meio de cultura.O protocolo de extração de DNA será o método CTAB de Doyle&Doyle com adaptações. Após a extração do DNA genômico às amostras serão submetidas á técnica de eletroforese, para visualização da qualidade do DNA e quantificação por espectrofotômetro luz UV. Para seleção dos primers serão utilizados 80 primers do conjunto OPERON . As reações de PCR-RAPD serão realizadas em um termociclador MJPTC 100, em 48 ciclos desnaturação inicial de 94°C por 5 minutos, cada ciclo constituirá de: desnaturação 92°C por 30 segundos; anelamento 37°C por 1 minuto e 30 segundos e extensão final de 5 minutos a 72°C. Após as reações as amostras serão aplicadas em gel de agarose e realizada a corrida de eletroforese para escolha dos primers

Protocolo: 1466 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2013 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ROBERTA VALENTIM GARCIA
TAKANORI TOKOJIMA
Professor(es): FABIO FERNANDO DE ARAUJO
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O objetivo deste trabalho é comparar duas técnicas de avaliação do micronúcleo em ratos para explicar a vantagem e desvantagem de cada uma. A técnica do (MN) consiste na identificação de fragmentos de cromossomo ou de cromossomos inteiros que não são incluídos no núcleo principal durante a mitose. MNs surgem por alterações genéticas espontâneas ou são induzidos por agentes genotóxicos. A análise dos micronúcleos tem sido utilizada como uma ferramenta importante de biomonitoramento de populações. Estudos demonstram que organismos expostos a determinados agentes em função de sua ocupação ou estilo de vida apresentam um elevado número de MNs nas células.Para analise dos MN as lâminas serão confeccionadas a partir de coletas de sangue periféricos e medula 10 ratos, as lâminas serão fixadas em estufa a 37 por 1 hora,coradas com Giemsa.Serão avaliadas 1000 células de cada animal através de microscopia ótica utilizando-se a leitura Ziguezague.Os resultados serão submetidos à análise da variância (ANOVA) de uma via e, após, ao teste de Tukey.

Protocolo: 1463 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2013 - 12/2013 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA FERREIRA BATISTA
NAYARA ANITELLI ARTERO
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA
ALESSANDRA MELCHERT
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O ambiente em que as plantas estão imersas, além dos recursos necessários para sua sobrevivência, estão susceptíveis as intempéries climáticas que restringem seu desenvolvimento, podendo levar a uma situação de estresse. Dentre os fatores abióticos, a disponibilidade de luz é o mais limitante. Todavia, plantas possuem a capacidade de modificar características morfológicas, anatômicas e fisiológicas em resposta à luz, sendo um fator crítico para a sobrevivência das plantas em qualquer ecossistema. O estudo tem como objetivo investigar as estratégias de utilização da luz em espécies arbóreas nativas de diferentes grupos sucessionais. As espécies utilizadas serão: Croton urucurana (pioneira) e Ficus guaranitica (secundária), crescidas em ambientes luminosos distintos . O delineamento experimental utilizado será inteiramente casualizado, com dois tratamentos: pleno sol e sombreamento artificial limitando a luminosidade à cerca de 10 de irradiância, com a utilização de sombrite preto. Serão utilizadas oito repetições (plantas) por tratamento e avaliados os seguintes parâmetros: fluorescência da clorofila a, índice de conteúdo de clorofila, variáveis de crescimento e extravasamento de eletrólitos celulares. Os resultados de cada variável serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA p< 0,05) e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p< 0,05), além do cálculo de índice de plasticidade fenotípica (IPF).

Protocolo: 1488 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2012 - 8/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DOUGLAS ALBUQUERQUE FERREIRA
Professor(es): HILTON FABRÍCIO VITOLO
WILLYAM DE LIMA VIEIRA

Resumo:
Este trabalho considerou a urgência do diagnóstico da infecção pelo HIV em situações especiais - gestantes. Ressaltando a importância do acompanhamento pré-natal, do oferecimento de testagem sorológica para HIV e a urgência do diagnóstico como forma de reduzir a transmissão vertical do HIV. Tem como objetivo investigar e estabelecer a prevalência de testes sorológicos indeterminados e positivos na triagem para HIV, realizados no CLR Instituto Adolfo Lutz Presidente Prudente V, em situações especiaisgestantes, bem como o seguimento do fluxograma estabelecido nestes casos. Este Centro Laboratorial segue a Portaria SVS/MS Nº 151, de 14 de outubro de 2009, que estabelece etapas seqüenciadas e Fluxograma Mínimo para o diagnóstico, e determina a utilização dos testes moleculares para amostras indeterminadas e ou positivas em gestantes. Esta investigação serve como instrumento de referência aos Serviços de Saúde, na melhoria do aconselhamento pré teste durante o pré-natal, possibilitando esclarecer a importância da adesão diante dos possíveis resultados. Consolidando ainda a qualidade da oferta do diagnóstico para HIV, na realização de teste de triagem e testes confirmatórios, e ressaltando a confiabilidade na conclusão de diagnóstico para facilitar o acesso da gestante ao diagnóstico do HIV e consequentemente minimizando o risco da transmissão vertical.

Protocolo: 1329 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 6/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ESPERDINA SILVA DE PAULA FOLTRAN
Professor(es): REBECA DELATORE SIMOES

Resumo:
Os acidentes por animais peçonhentos especialmente nas áreas rurais de países tropicais e subtropicais, é um problema de ordem médica, social e econômica. O estudo tem como objetivo avaliar através de exames laboratorial e histopatológico possível dano hepático e renal provocados pela administração de diferentes doses de soro anticrotálico e antibotrópico em ratos wistar. Serão utilizados 100 ratos wistar, distribuídos em: Grupo controle (n=10); Grupo soro anticrotálico (SAC n=30); Grupo soro antibotrópico (SAB n=30); Grupo soro antibotrópico/anticrotálico (SABC n=30) os quais serão avaliados com vinte e quatro e sessenta horas após administração do soro. Será feito colheita de sangue por punção cardíaca (após anestesia do animal) para realização de exame bioquímico (uréia, creatinina, alanino aminostransferase (ALT), aspartato aminotransferase (AST), fosfatase alcalina (FA), gama glutamil transferase (GGT), albumina, proteína e para avaliação histopatológica, colheita de amostra de rim e fígado. Para as variáveis paramétricas as diferenças de cada momento entre grupos será avaliada pelo teste de análise de variância (ANOVA on-way) com contrastes pelo método de Tukey. Para as variáveis entre momentos será empregado o teste de análise de variância para amostras dependentes com contrastes pelo método de Tukey. As diferenças entre as freqüências dos parâmetros histopatológicos entre grupos serão comparadas pelo teste de Qui-quadrado. Todas as análises serão realizadas segundo os métodos estatísticos em Maroco (2007). O nível de significância adotado para todas as análises será de 5.

Protocolo: 1171 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 4/2014 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS BATISTA DOS SANTOS
HERNANI CESAR BARBOSA SANTOS
Professor(es): ROSA MARIA BARILLI NOGUEIRA

Resumo:
O objetivo do presente estudo é avaliar o efeito dos aditivos prebióticos Bio-MosTM, ActigenTM e ImmunoWallTM sobre a bioquímica sanguínea (leucometria global e específica, proteínas totais, albumina, globulina, hemoglobulina, ureia e glicose) de ratos albinos da linhagem Wistar, sendo que para isso serão utilizados 160 ratos machos jovens com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos em 04 grupos experimentais. Os animais serão mantidos durante 63 dias em gaiolas individuais, sendo 07 dias de adaptação ao manejo e alimentação basal e 56 dias aos tratamentos: Grupo Controle = dieta basal; Grupo Bio-Mos = dieta basal incorporada com 1g de Bio-MosTM por kg da dieta; Grupo Actigen = dieta basal incorporada com 0,4g de ActigenTM por kg da dieta; Grupo ImmunoWall = dieta basal incorporada com 1g de ImmunoWallTM por kg da dieta. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão nas condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. A avaliação, sob o ponto de vista bioquímico, ocorrerá em quatro momentos: M1: 14 dias após o inicio do experimento (n=40), M2: 28 dias após o inicio do experimento (n=40), M3: 42 dias após o inicio do experimento (n=40) e M4: 56 dias após o inicio do experimento (n=40). A análise estatística aplicada será pelo teste t de Student, aos dados obtidos com os quatro grupos de animais. O nível de significância foi estabelecido em 0,05, em uma prova bilateral.

Protocolo: 1179 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2012 - 7/2013 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA MARIOTO PEREZ
GABRIEL ZANUTO SAKITA
Professor(es): CHRISTIANE MARTINEZ HUNGARO
HERMANN BREMER NETO

Resumo:
As orquídeas representam o maior grupo entre as Angiospermas em número de espécies. São muito utilizadas para ornamentação, tanto como plantas de vaso como flores de corte. Algumas espécies têm grande importância econômica e estão sob risco de extinção. O estabelecimento de bancos de sementes é fundamental para a conservação das espécies cultivadas e silvestres. Todavia, as informações para armazenamento de sementes de orquídeas são limitadas, e ainda há divergências entre autores quanto ao que são consideradas condições mais adequadas. Sementes armazenadas a temperatura de nitrogênio liquido (-196°C) têm uma preservação maior. O presente estudo visa avaliar o efeito do armazenamento na qualidade fisiológica de sementes de oito espécies de orquideas em quatro condições de armazenamento: ambiente, 5ºC, -18ºC e -196ºC por três, seis e nove meses após armazenamento. As variáveis avaliadas serão a germinação, o índice de velocidade de germinação e a vitalidade por meio do teste de tetrazólio.

Protocolo: 908 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2011 - 11/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANE MARANGONI HENGLING
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
CECI CASTILHO CUSTODIO
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
As interações competitivas entre plantas tem se mostrado tão sofisticadas que sugerem que as plantas possuem um sistema de percepção seletivo, o qual as permite diferenciar entre informações significantes e não, gerando uma resposta competitiva otimizada, em direção ao alvo correto, evitando desperdiçar alocação de recursos para competir com ela mesma, com parentes ou com competidores superiores. Dessa forma espera-se que as plantas possuam não apenas adaptações que favoreçam a captação de recursos, mas também mecanismos que as permitam decidir se evitam, confrontam ou toleram seus vizinhos. O objetivo deste trabalho é avaliar se o grau de variabilidade genética influencia na capacidade de auto referência e não-auto referência em mudas de eucalipto e se a disponibilidade hídrica pode influenciar no tipo de interação entre os indivíduos (competição ou colaboração). Assim, dentro deste contexto, pretende-se testar as seguintes hipóteses: a) à medida que a variabilidade genética aumenta, as plantas aumentariam a capacidade de auto referência e não-auto referência; 2) em uma situação de limitação de recursos é esperado o predomínio de interações competitivas em indivíduos com maior variabilidade genética, e o predomínio de interações colaborativas em indivíduos com menor variabilidade genética. Para o experimento, usaremos três grupos de estacas de E. Urograndis, o primeiro grupo será formado por clones (baixo nível de variabilidade) que serão obtidos através do método de miniestaquia de uma única planta; o segundo grupo será formado por indivíduos meio-irmãos (médio nível de variabilidade) que serão obtidos de miniestaquias de plantas germinadas a partir de sementes provenientes da mesma planta-mãe; e o terceiro grupo, por miniestacas provenientes de plantas germinadas a partir de sementes de populações de E. urograndis (alto nível de variabilidade). De 30 a 45 dias após o enraizamento das miniestacas, as plantas serão retiradas dos tubetes, suas raízes serão lavadas e as raízes secundárias serão cortadas, deixando-se apenas duas raízes principais de igual tamanho por planta (split-root). Cada vaso conterá duas raízes da mesma planta (tratamento de auto referência) ou duas raízes de plantas diferentes (tratamento de não-auto referência), formando tríades. As tríades serão submetidas a duas condições de irrigação, uma com 100 de reposição de água evapontranspirada e outra com 40 de reposição, durante 30 dias de cultivo, em condições de câmara de crescimento (fitotron). Ao final do experimento as plantas terão as raízes excisadas e serão feitas avaliações de crescimento da parte aérea e das raízes. Os resultados de cada variável serão analisados por meio de análise de variância (ANOVA, p = 0,05), considerando o esquema fatorial do experimento, e as médias serão comparadas pelo teste de Tukey (p = 0,05).

Protocolo: 892 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2011 - 9/2012 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Aluno(s): GABRIEL RICARDO AGUILERA DE TOLEDO
Professor(es): GUSTAVO MAIA SOUZA

Resumo:
A síndrome do X-frágil é uma anomalia causada por uma elevação das repetições de CGG (acima de 200) no exon 1 do gene FMR-1, localizado na região q27.3 do cromossomo X. Os indivíduos afetados também podem apresentar hipermetilação da região promotora, que ocasiona o silenciamento deste gene. As características clínicas dos indivíduos portadores dessa mutação são: retardo mental ou autismo de etiologia desconhecida; hiperatividade significativa; desenvolvimento lento e/ou leve deficiência cognitiva e aspectos físicos ou comportamentais típicos da síndrome. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de Presidente PrudenteSP apresenta grande número de estudantes com diferentes graus de dificuldade de aprendizado sem diagnóstico laboratorial sindrômico confirmatório. Assim, o objetivo do presente projeto é identificar, através de diagnóstico molecular, a incidência da síndrome do X-frágil entre os estudantes da instituição, que apresentam características clínicas associadas à doença. Para isto, será utilizada a metodologia de PCR, que permite a amplificação de alelos normais, pré-mutados e mutados totais e desse modo provém um completo reconhecimento das repetições CGG. É necessário ressaltar a importância desse estudo para melhor direcionamento e tratamento mais eficiente, em busca de melhorar a qualidade de vida dos indivíduos portadores dessa síndrome.

Protocolo: 891 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2011 - 6/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HUGO RICARDO MARQUINI
TALITA RIZO PEREIRA
Professor(es): ELZA AKIKO NATSUMEDA UTINO
ANA CRISTINA MESSAS
LILIANA MARTOS NICOLETTI
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
O presente trabalho terá como objetivo avaliar o efeito do dicromato de potássio, com ou sem probiótico, em dietas para Rattus novergicus linhagem Wistar (n = 96) sobre o ganho de peso, consumo, eficiência alimentar e parâmetros séricos como glicose, colesterol, lipídios totais e cortisol, visando à determinação de limites biologicamente seguros para inclusão do dicromato de potássio em dietas para animais pelo período de 97 dias, sendo 7 dias de adaptação ao manejo e 90 dias aos tratamentos (Grupo 0 = dieta basal; Grupo 1 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 2 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 3 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 4 = dieta basal incorporada com 0,2 de probiótico, Proenzime®; Grupo 5 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; Grupo 6 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; e Grupo 7 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental aos ratos machos jovens, com 21 a 25 dias e 30 - 45g de peso corporal, provenientes do Biotério Central da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE. Serão determinados o consumo de alimento, ganho de peso, eficiência alimentar e as concentrações séricas de glicose, colesterol e lipídios totais serão determinadas através de kits comerciais e as concentrações séricas de cortisol dos ratos serão mensuradas utilizando-se kit comercial de radioimunoensaio de fase sólida, a partir do soro obtido por centrifugação do sangue e mantido congelado a 20oC até o momento da realização dos ensaios. As análises laboratoriais serão realizadas no Laboratório de BiofísicaBloco GCampus I da UNOESTE. A determinação do crômio será feita através do soro e a determinação das concentrações serão realizadas no Laboratório de Biofísica - Bloco G - Campus I da UNOESTE. Os resultados serão submetidos ao teste "t" (Student), ao nível de 5 de probabilidade.

Protocolo: 785 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2011 - 8/2012 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDO ALMEIDA SILVA
VIVIANE MARIA CODOGNOTO
SORAIA YOUNAN COLUNA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
PAULO EDUARDO PARDO

Resumo:
O objetivo será o de avaliar os efeitos clastogênicos e aneugênicos na administração oral do dicromato de potássio, em dietas com ou sem probiótico, em ratos albinos da linhagem Wistar e para isto serão utilizados 96 ratos machos jovens, com 21 a 25 dias e 45 - 50g de massa corporal, provenientes do Biotério Central da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE, divididos em 8 grupos experimentais. Os animais serão mantidos durante 97 dias em gaiolas individuais, sendo 7 dias de adaptação ao manejo e alimentação e 90 dias aos tratamentos (Grupo 0 = dieta basal (Ração Supra Lab); Grupo 1 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio (K2Cr2O7, 99,999 de pureza); Grupo 2 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 3 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 4 = dieta basal incorporada com 0,2 de probiótico (Proenzime® - EMBRAUPEC); Grupo 5 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; Grupo 6 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; e Grupo 7 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão nas condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. Após o período experimental, os animais serão anestesiados e amostras de sangue de todos os ratos dos grupos experimentais serão colhidas, por punção intracardíaca e usadas para a extração do DNA genômico.Após serem colhidas as amostras de sangue os animais serão eutanasiados por sobredosagem anestésica e o fêmur dos animais serão retirados para a realização do Teste do Micronúcleo em eritrócitos policromáticos. Os dados serão submetidos à análise de variância com um critério de classificação, ou seja, inteiramente ao acaso comparando as medidas dos tratamentos.

Protocolo: 786 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2011 - 8/2012 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DEMETRYUS KAUE SILVA FERREIRA
SORAIA YOUNAN COLUNA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
PAULO EDUARDO PARDO
ANA CRISTINA MESSAS
GISELE ALBORGHETTI NAI

Resumo:
O Parque Estadual do Morro do Diabo (PEMD) está situado na cidade de Teodoro Sampaio, á oeste do estado de São Paulo, tendo como área 33.845,33 hectares; perímetro seco: 88 km; úmido: 34 km, sob as coordenadas geográficas: S 22° 27´ a S 22° 40´ de latitude e W 52° 22´ de longitude e fica inserido na Bacia Hidrográfica do Pontal Paranapanema. O Parque tem perdido muitos animais pertencentes a sua fauna através da caça, pesca e pelas queimadas devastadoras. Os impactos causados à fauna por atropelamentos nas estradas e rodovias têm recebido a atenção de pesquisadores em vários países. Quando os atropelamentos ocorrem em estradas e rodovias que se localizam no interior ou no entorno das Unidades de Conservação (UCs), o problema é, ainda, mais grave, uma vez que, em muitas destas áreas existem espécimes ameaçadas de extinção. O presente estudo tem como objetivo levantar informações dos animais atropelados na rodovia SP-613, nas proximidades do Parque Estadual do Morro do DiaboSP. Serão avaliados a freqüência de atropelamentos, sazonalidade e principais trechos de atropelamentos. As carcaças que estiverem em boas condições serão cadastradas em Boletim de Ocorrência e encaminhadas para instituições de pesquisa e/ou ensino. Estas informações serão importantes para subsidiar programas e ações que visem reduzir o número de atropelamentos na SP - 613.

Protocolo: 782 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2011 - 8/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): VINICIUS ALVES RODRIGUES
Professor(es): SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
ResumoEstudos de conservação e seleção genética de espécies nativas requerem um pleno entendimento da diversidade genética das populações, bem como da ocorrência de fluxo gênico. Nas regiões de cerrado é comum a ocorrência natural de algumas frutíferas nativas que possuem grande potencial econômico, dentre elas, a gabiroba (Campomanesia adamantium), pertencente a família Myrtaceae, com origem e dispersão natural da região dos cerrados paulistas. As informações sobre a planta e a variabilidade genética das populações são escassas. O presente projeto tem por objetivo estudar a variabilidade genética de uma populações de gabiroba, usando técnicas de marcadores moleculares RAPD. Serão utilizadas no estudo da variabilidade uma população de gabiroba da região do Pontal do Paranapanema no estado de São Paulo.

Protocolo: 775 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2011 - 8/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): KATIUSCIA SANABRIA ALVAREZ EVANGELISTA
MARIANA AZEVEDO DOS SANTOS
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
SILVERIO TAKAO HOSOMI
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O objetivo deste estudo será o de avaliar o efeito de probiótico e do dicromato de potássio sobre as fezes de ratos, machos jovens, albinos linhagem Wistar (n = 96), provenientes do Biotério Central da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE. Os animais serão mantidos em gaiolas individuais durante um período experimental de 22 dias, sendo 7 dias de adaptação ao manejo e 15 dias aos tratamentos (Grupo 0 = dieta basal (Ração Supra Lab); Grupo 1 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 2 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 3 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio; Grupo 4 = dieta basal incorporada com 0,2 de probiótico (Proenzime®EMBRAUPEC); Grupo 5 = dieta basal incorporada com 12 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; Grupo 6 = dieta basal incorporada com 24 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico; e Grupo 7 = dieta basal incorporada com 36 mg.kg-1 de dicromato de potássio e 0,2 de probiótico. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental. Os ratos terão seus níveis bacterianos populacionais determinados por contagens nas fezes dos animais no primeiro, terceiro, quinto, sétimo, nono, décimo-primeiro, décimo-terceiro e décimo-quinto dias, nos grupos controles e experimentais, assim como os números de unidades formadoras de colônia (UFC) de lactobacilos e bifidobactérias. O delineamento experimental será inteiramente casualizado em esquema fatorial 2 x 4 (com e sem probiótico; quatro níveis de dicromato de potássio), com doze repetições por tratamento. Para a análise estatística vai se utilizar o programa SAEG, com nível de significância de 5. A comparação entre os grupos foi realizada com os testes do qui-quadrado ou exato de Fisher para as variáveis categóricas e os testes de Mann-Whitney ou Wilcoxon para variáveis contínuas.

Protocolo: 763 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2011 - 8/2012 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JACKSON PEDRO FERREIRA NETO
SORAIA YOUNAN COLUNA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
PAULO EDUARDO PARDO
ANA CRISTINA MESSAS
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA

Resumo:
O Brasil, sendo o país com maior concentração de árvores tanantes do mundo, deveria possuir mais indústrias exploradoras dessa substância, para utilização no tratamento de água de abastecimento e esgoto com vistas a uma melhor floculação e clarificação. O tanino pode ser encontrado abundantemente em várias partes das árvores como: raízes, galhos, folhas, flores, frutos e sementes. O presente trabalho tem como objetivo quantificar o conteúdo de polifenóis e taninos totais em Syzygium jambolanum DC e Psidium guajava L. As folhas dessas espécies serão coletadas no Campus II da UNOESTE, secas a temperatura ambiente em local arejado e à sombra e pulverizadas. O doseamento de fenóis totais será realizado pelo reativo de Folin Denis em meio de solução de carbonato de sódio 35 em extratos obtidos em meio aquoso por refluxo a 89-90 °C por 30 minutos e pelo método Folin-Ciocalteau com extrato obtido por refluxo em solução de metanol a 80. O teor de taninos será quantificado pelo método da precipitação da caseína. Será utilizado como solução padrão o ácido tânico. A absorbância será lida em um espectrofotômetro a 760 nm. A quantidade de taninos corresponde à diferença entre o valor da absorbância encontrado nessa leitura e o obtido na determinação de fenóis totais. A quantidade de taninos totais será calculada pela diferença entre o valor obtido na leitura pela precipitação da caseína e o obtido na determinação de fenóis totais. Os fenóis e os taninos serão expressos em mg de matéria seca.

Protocolo: 529 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2010 - 10/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PEDRO SOARES DE CASTRO MESQUITA
Professor(es): NEIDE TOSHIKO KOMATSU DE MELO

Resumo:
As orquídeas constituem um dos maiores e mais diversos grupos de angiospermas, apresentando sementes muito numerosas, com tamanho e peso peculiarmente reduzido. São utilizadas principalmente para ornamentação e por esse motivo vêm sendo intensamente exploradas, o que, juntamente com a degradação de seus habitats, têm resultado na extinção localizada de populações nativas. Uma solução para tal problema seria o armazenamento de sementes, tanto para espécies silvestres que carregam características próprias, quanto para espécies já melhoradas. A avaliação da qualidade fisiológica das sementes pode auxiliar na rápida tomada de decisões quanto ao uso ou descarte de lotes destinados à conservação. Para analisar a qualidade das sementes pode-se utilizar o teste do tetrazólio, um dos mais tradicionais para a avaliação de qualidade e vigor. A realização opcional de procedimentos de pré-condicionamento, que consistem em promover a penetração do tetrazólio nos tecidos de interesse a serem avaliados, tem melhorado a eficácia do referido teste, porém não foi descrita ainda para orquídeas. Na avaliação do uso do pré-condicionamento para sementes de orquídeas, 4 lotes de sementes serão aliquotados e submetidos à diferentes tratamentos: 1) em solução de sacarose a 10; 2) solução de glicose a 10; 3) solução de frutose a 10; 4) em água em temperatura ambiente por 24 horas. Após o pré-condicionamento, as sementes serão imersas em soluções de tetrazólio com solução tampão e em água nas concentrações de 0,1, 0,5 e 1,0 em períodos de 3, 12 e 24 horas, a 40º C, em banho-maria no escuro. Todas as amostras serão analisadas por digitalização de imagens através de scanner de mesa, o que permitirá a quantificação de sementes viáveis (coradas) e sementes não viáveis (brancas). O delineamento utilizado será inteiramente casualizado, montado e avaliado no esquema fatorial e a comparação das médias será feita pelo teste de Scott-Knott a 5 de probabilidade.

Protocolo: 518 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2011 - 11/2011 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): THATIANE BONOME DE SOUZA
GUSTAVO APARECIDO BEZERRA E SILVA
LEANDRO HARUO SAWAMURA
Professor(es): NELSON BARBOSA MACHADO NETO
CECI CASTILHO CUSTODIO
SILVERIO TAKAO HOSOMI

Resumo:
O presente projeto tem por objetivo padronizar o perfil eletroforético proteínas da urina de cães sadios machos e fêmeas, para posterior avaliação da eletroforese urinária de cães saudáveis submetidos à terapia com antiinflamatórios não-esteroidais COX-2 seletivos e específicos, na busca de lesões renais mínimas que determinem a condição de perda de proteínas pela urina. Para padronização do perfil eletroforético das proteínas da urina de cães hígidos, serão utilizados 20 cães, machos (n=10) e fêmeas (n=10), selecionados por exame físico, urinálise e função renal (uréia e creatinina séricas). Será então realizada a coleta de urina através de sondagem urinária. As amostras de urina serão submetidas à extração de proteína e corrida eletroforética, para que se determine o padrão fisiológico de perdas protéicas urinárias dos cães, ressaltando que este difere em machos e fêmeas. Após esta padronização, serão avaliadas amostras de urina de 30 cães, sem raça definida, adultos, machos e fêmeas, clinicamente sadios, submetidos à terapia com antiinflamatórios não-esteroidais COX-2 seletivos e específicos durante 10 dias, em projeto desenvolvido anteriormente na Unoeste. Os cães foram divididos aleatoriamente em 5 grupos: Grupo 1tratados com meloxican, na dose de 0,2 mg/Kg, no primeiro dia, seguido por 0,1 mg/Kg, por via oral, a cada 24 horas, durante 9 dias; Grupo 2tratados com celecoxibe, na dose de 5 mg/Kg, por via oral, a cada 12 horas; Grupo 3submetidos à administração de nimesulida, na dose de 5 mg/Kg, por via oral, a cada 24 horas; Grupo 4submetidos à administração de etodolaco, na dose de 15 mg/Kg, por via oral, a cada 24 horas; Grupo 5submetidos à administração de cetoprofeno, na dose de 2 mg/Kg, por via oral, a cada 24 horas. As amostras de urina foram colhidas antes da administração dos fármacos, e após 5 e 10 dias de terapia, centrifugadas e congeladas. Serão então submetidas à extração de proteína e corrida eletroforética, para que se avalie o grau de lesão renal e proteinúria determinados pelos antiinflamatórios não-esteroidais COX-2 seletivos e específicos.

Protocolo: 365 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2010 - 11/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELLE ALVES SILVA
FRANCISLAINE ANELIZE GARCIA SANTOS
Professor(es): ALESSANDRA MELCHERT
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O emprego de sistemas de lodos ativados vem sendo cada vez mais utilizado no tratamento de efluentes de maneira a produzir águas residuárias, tanto de origem industrial como doméstica, que se enquadrem nas normas legislativas de emissão, assim como, nos padrões estéticos devido, principalmente, a sua alta eficiência na remoção da matéria orgânica associada à pequena área de implantação requerida. A eficiência e confiabilidade desses sistemas dependem diretamente das condições microbiológicas presentes e, apesar, de existir estreita relação entre predominância de grupos de microrganismos e desempenho do sistema, o monitoramento das estações, geralmente, é efetuado por análises físico-químicas, que fornecem informações indiretas sobre as condições depurativas do lodo. Desta forma, o objetivo deste trabalho é avaliar a comunidade microbiana no sistema de lodos ativados utilizado no tratamento de esgoto doméstico de Presidente Prudente

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2009 - 12/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SAMUEL COELHO DA SILVA
Professor(es): RENATA MEDICI FRAYNE CUBA

Resumo:
A síndrome do X-frágil é uma anomalia causada por um defeito no exon 1 do gene FMR-1 localizado na região q27.3 do cromossomo X que, apresentando uma composição de 200 repetições de CGG, além de hipermetilação da região promotora ocasiona o silenciamento deste gene. As características clínicas dos indivíduos portadores dessa mutação podem possuir são: retardo mental ou autismo de etiologia desconhecida; hiperatividade significativa; desenvolvimento lento e/ou leve deficiência cognitiva; algum aspecto físico ou comportamental típico da síndrome. A PCR (Reação da Cadeia Polimerase) é uma das técnicas de diagnóstico da síndrome do x-frágil. É uma técnica da biologia molecular considerada muito confiável e eficiente, que consiste na realização de cópias da seqüência desejada, que permite a amplificação de alelos normais, pré-mutados e mutados totais e desse modo provém um completo reconhecimento das repetições CGG. O objetivo da realização do seguinte projeto de pesquisa é identificar a incidência dessa síndrome em estudantes de uma escola pública. É necessário ressaltar a importância desse estudo para a criação e aperfeiçoamento de metodologias de diagnóstico e tratamento mais eficientes para uma melhor qualidade dos indivíduos portadores dessa mutação.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2008 - 9/2009 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ERICA YUMI SAMIZAVA
ERICK MALHEIROS RAMPAZO
Professor(es): ANA CRISTINA MESSAS
GIOVANA MARIOTO PELIZARI
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
Os rotavírus representam a causa mais comum de diarréia infantil grave em todo o mundo. Aproximadamente 600.000 crianças morrem anualmente devido ao rotavirus. Nos países em desenvolvimento os rotavírus são responsáveis por até 40 das hospitalizações e 5 da mortalidade global entre crianças com idade abaixo de cinco anos. Nos países em desenvolvimento, estima-se que as gastroenterites associadas a esses agentes virais determinem 600.000 a 870.000 mortes anuais, dados que refletem 20 a 25 do total de óbitos por doença diarréica. Tendo em vista a importância da diarréia causada por rotavírus, este trabalho propõe verificar a taxa de positividade para rotavírus entre as crianças atendidas no Laboratório de Análises Clinicas da Unoeste nos últimos três anos, bem como verificar sua distribuição sazonal. Serão utilizados os registros de resultados dos exames de pesquisa de rotavírus realizados em crianças de zero a cinco anos no período de janeiro de 2006 a janeiro de 2009. Os resultados obtidos serão apresentados graficamente e comparados com dados relatados na literatura para outras regiões.

Protocolo: 95 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2009 - 4/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RENATA MELO DE BRITO
LILIANE DE GOIS
Professor(es): ANA RITA PALADINO TUMITAN

Resumo:
A ovinocultura é uma atividade largamente explorada, visando à produção sustentada de carne, pele e leite. O interesse pela ovinocultura de corte vem aumentando gradativamente no Brasil, expandindo, atualmente, pela Região Centro Oeste, onde o uso de tecnologias, com o objetivo de aumentar a produtividade já é significativo. Os marcadores moleculares constituem hoje importantes ferramentas para o melhoramento de animais. Marcadores RAPD (polimorfismo de DNA amplificado ao acaso) são um dos tipos mais utilizados em estudos genéticos por apresentarem vantagens como baixo custo e fácil execução. A reprodutibilidade dos primers está relacionada á qualidade do DNA e a padronização das condições da reação. O número de bandas amplificadas normalmente é função da espécie do primer e das condições da amplificação. Não há um consenso na quantidade de marcadores moleculares a serem usados nos estudos de variabilidade genética entre indivíduos, porém sabe-se que quantidades maiores de marcadores, teoricamente gerariam maior informação a respeito da variabilidade avaliada. Desta forma, o presente trabalho tem por objetivo selecionar os primers mais polimorficos para estudo genético em ovinos , utilizando a técnica de RAPD . O projeto será desenvolvido no Campus II da UNOESTE em Presidente Prudente-SP, utilizando o cinco animais do rebanho de ovino da Chácara de Zootecnia e as análises serão realizadas no Laboratório de Genética Molecular e Citogenética da UNOESTE, localizado no Bloco Q do mesmo Campus. O DNA será extraído de sangue periférico pelo Método do Iodeto de Sódio. O DNA será quantificado em gel de agarose a 1,onde será testado nas concentrações 25 ng, 50ng, 75ng, 100 ng ,para padronização. Nas amostra de sangue será testados 100 primers decâmeros de combinação arbitrária do conjunto Operom Technologies Inc. dos grupos A, C, G, X, Y, para seleção dos melhores primers para as reações de PCR-RAPD em ovino. Com o software Labimage as imagens dos géis de agarose serão analisadas para classificação dos primers em nulimórficos (sem amplificação das bandas), monomórficos (apenas uma banda), dimórficos (duas bandas), oligomórficos (três ou quatro bandas) e polimórficos (mais de quatro bandas)

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2009 - 11/2009 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE TORRES SAKAI GOVEDICE
ELLEN BARROS RUANI
Professor(es): ANA CLAUDIA AMBIEL CORRAL CAMARGO
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
A família Felidae inclui oito espécies recentes no Brasil. Os felídeos são espécies de topo de cadeia e a importância destes é relevante e indispensável para a manutenção do equilíbrio do ecossistema. Tal família vem sofrendo ameaças à sobrevivência devido às ações antrópicas: diminuição da área natural, caça para a obtenção de peles, atropelamentos, entre outros. A realização de estudos ecológicos de felídeos no campo, geralmente, requer alto custo financeiro com equipamentos utilizados em rádio-telemetria e profissionais especializados. O estudo da biologia desses animais com base nos seus vestígios é uma alternativa barata, de fácil aplicação no campo e, provavelmente, eficaz. Normalmente os pêlos são encontrados nas fezes dos animais em trabalhos realizados em campo (devido ao comportamento de autolimpeza), neste estudo não falaremos sobre a triagem das fezes para separação desses pêlos, pois o intuito é facilitar a identificação dos felinos através da: comparação com a chave dicotômica, descrição das características dos pêlos e fotos apresentadas neste trabalho. Os procedimentos são simples e de baixo custo: para análise cuticular, faremos a impressão do pêlo em uma camada de esmalte incolor para unhas colocado sobre uma lâmina, e depois prensado por uma morsa e analisado ao microscópio; para análise medular, faremos a descoloração do pêlo com o uso de água oxigenada e pó descolorante tradicional, em seguida observaremos ao microscópio; para análise do padrão de bandeamento do pêlo, faremos a observação do mesmo utilizando um microscópio esteroscópico. Os pêlos possuem padrões morfológicos que, combinados entre si, conferem a uma determinada espécie características diagnósticas específicas, portanto, sendo estruturas anatômicas de grande valia na identificação das espécies.

Protocolo: 129 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2010 - 7/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAELA CRISTINA PEREIRA TREVIZAN
THAIS DE OLIVEIRA MARTINS
JUSSANIA SABINO BRASIL
Professor(es): LUIZ WALDEMAR DE OLIVEIRA

Resumo:
As dermatofitoses são infecção dermatológicas causadas por um grupo de fungos peculiares que possuem afinidade pela queratina sendo freqüentemente isoladas de seres humanos e animais. O presente trabalho tem por objetivo comparar as freqüências de isolamentos de fungos dermatófitos a partir de amostras de descamações epidérmicas do cabelo e mãos de indivíduos assintomáticos contactantes de animais domésticos e indivíduos assintomáticos não contactantes. A população de indivíduos contactantes será composta de 60 pessoas de ambos os sexos, com idade entre 19 e 45 anos, que tenham contato físico com animais domésticos do tipo manipulação, durante ao menos 6 horas diárias. O grupo de indivíduos não contactantes será composto por 60 estudantes, de ambos os sexos, da mesma faixa etária supracitada, que não tenham animais de estimação ou contato físico com animais domésticos nos últimos 14 dias. Durante a coleta de amostras serão avaliados fatores de risco como espécie animal contactante e presença pregressa de enfermidades cutâneas. As amostras de descamações epidérmicas serão colhidas por meio de tiras de carpetes estéreis gentilmente atritadas sobre as mãos e cabelos dos participantes. As amostras serão semeadas em placas contendo meio de Mycosel suplementado com 0,4 de cloranfenicol e as colônias isoladas serão avaliadas e classificadas segundo sua morfologia macro e microscópica e testes bioquímicos complementares. As freqüências de isolamento obtidas para cada grupo serão comparadas pelo teste de Qui-quadrado com correção de Yates. Os fatores de risco avaliados serão utilziados em um modelo final de regressão logística multivariada.

Protocolo: 143 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2009 - 10/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SIDENIR APARECIDA BRAZ
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
Alguma mensagem