CAMPUS:
Presidente Prudente Jaú
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Estado ministra oficina de avaliação tecnológica em saúde

Unoeste recebe atividade por fazer parte de redes paulista e brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde


email facebook twitter whatsapp

Foto: Matheus Teixeira Estado ministra oficina de avaliação tecnológica em saúde
Patricia Nieri Martins e Evelinda Trindade são ministrantes do curso
Foto: Matheus Teixeira Estado ministra oficina de avaliação tecnológica em saúde
Oficina é voltada principalmente para professores de graduações de saúde


Duas representantes da Rede Paulista de Avaliação de Tecnologias em Saúde, pertencente à Secretaria da Saúde do Estado de São Paulo, estão nesta quinta-feira (23) e sexta-feira (24) na Unoeste para ministrar a professores e convidados uma oficina teórico-prática que apresenta as etapas metodológicas das elaborações de pareceres técnico-científicos em saúde. A universidade recebe este curso inédito, com duração de 16 horas, pois o Núcleo de Avaliação Tecnológica em Saúde da Faculdade de Medicina de Presidente Prudente (Famepp) integra tanto a rede paulista quanto a Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (Rebrats).

Quem ministra a oficina são Patricia Nieri Martins, pesquisadora do Núcleo de Análise e Projetos de Avaliação de Tecnologias de Saúde do Instituto de Saúde, e Dra. Evelinda Trindade, coordenadora do Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde da secretaria estadual e da USP. Evelinda sugere que “podemos fazer muito mais pela assistência em saúde se estudarmos pari passu [simultaneamente] como isso está acontecendo na comunidade”. “Nosso fundamento é melhorar a assistência e nosso desempenho vis-à-vis [defronte] às necessidades da comunidade”, diz ela. Os professores dos cursos da saúde da Unoeste e membros das secretarias de saúde estadual e de Presidente Prudente recebem ensinamentos sobre buscas estratégicas em bases de dados, tipos de investigações e outros conceitos referentes à produção científica. “Passo a passo, vamos ajudá-los nas diversas etapas de produção. Inicialmente é uma aproximação, depois, ficamos à disposição para ajudar nas elaborações efetivas dos projetos”, declara Patricia.

A Dra. Édima de Souza Mattos, professora da Unoeste responsável pelo Núcleo de Avaliação Tecnológica em Saúde da Famepp, trouxe as palestrantes com o intuito de provar que “a formação de recursos humanos é uma preocupação constante dos gestores da área da saúde e que tratar da avaliação tecnológica em saúde é importante, porque verifica impactos clínicos, sociais e econômicos, considerando segurança, eficácia, efetividade, custos, entre outros”. Na abertura da oficina, realizada no anfiteatro Jasmim, bloco B do campus I, esteve o pró-reitor de Pesquisa e Pós-graduação da Unoeste, Dr. Adilson Eduardo Guelfi, que ressaltou que a parceria da universidade com a Rede Paulista de Avaliação de Tecnologias em Saúde “dá possibilidades de explorar, cada vez mais, o desenvolvimento regional, alinhado à secretaria estadual de saúde” e proporciona tanto incentivo a pesquisas quanto fomenta ações extensionistas e fortalece o ensino.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem