CAMPUS:
Presidente Prudente Jaú
Telefone 0800 771 5533

Você está em: Notícias

Ação preventiva ao câncer de pele atende mais de 450 pessoas

Hospital Regional adere à iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia e tem a parceria da Unoeste


email facebook twitter whatsapp

Foto: João Paulo Barbosa Ação preventiva ao câncer de pele atende mais de 450 pessoas
Aplicação de nitrogênio líquido em células cancerígenas

Moradores de Presidente Prudente e região aderiram ao apelo da maior ação nacional do Dezembro Laranja, o mês de prevenção ao câncer de pele, e mais de 450 foram sábado (2) ao ambulatório do Hospital Regional (HR) “Dr. Domingos Leonardo Cerávolo” para fazer gratuitamente exames clínicos e, se necessário, aplicação de nitrogênio líquido para induzir a morte das células cancerígenas e pequenas cirurgias. Em sua 18ª edição, a iniciativa da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) envolveu, além do hospital, a residência em dermatologia e a liga de dermatologia do curso de Medicina da Unoeste; e dermatologistas voluntários.
 
Esteve à frente da organização e realização o médico dermatologista Murilo Carapeba, membro efetivo da SBD, que vê a ação, realizada simultaneamente em 130 cidades brasileiras, como muito positiva no sentido de conscientizar e estimular o aumento do diagnóstico precoce, o que amplia as chances de sucesso no tratamento. Levantamento feito pelo HR revela que no ano passado foram diagnosticados 537 casos de câncer de pele e somente até outubro deste ano 1134, ou seja: 597 a mais. Portanto, um aumento de 97%. Conforme Carapeba, acréscimo proporcional ao número de pessoas que buscaram pela prevenção.
 
Em comentário do dermatologista do HR e professor da Unoeste, o diagnóstico precoce é importante; porém é muito significativa a prevenção mediante o uso de protetor solar, em qualquer idade. A ação de sábado começou às 9h e terminou por volta das 16h, com atendimento para pessoas de diferentes faixas etárias, mas com predominância de idosos. Os mais velhos foram os primeiros a chegar, a exemplo de Francisco Neves Pereira, morador do jardim Eldorado, que chegou às 7h para fazer o cadastro de atendimento no sistema informatizado, na recepção do ambulatório. Ele elogiou a iniciativa e o bom atendimento.
 
Walter Denardi, morador do parque Shiraiwa, também chegou cedo e, a exemplo de Pereira, tomou conhecimento da ação pelo rádio. Há três anos esteve em um mutirão no Ambulatório Médico de Especialidades (AME), anexo ao HR. Desta vez, recebeu aplicação de nitrogênio nos braços e ficou agendado retorno para cirurgia de câncer de pele no peito.  Marineide Arruda, da cidade de Santo Anastácio, estava preocupada com algumas manchas nas costas. Foi atendida, sem diagnóstico positivo e deixou o ambulatório aliviada. Contou que ficou sabendo da ação pelo pessoal do posto de saúde que ligou para sua casa.
 
Carapeba contou que a mobilização regional em prol da ação foi iniciada cerca de dois meses antes, para chamar o maior número de pessoas possíveis. Comunicados foram expedidos, eletronicamente, para as secretarias municipais de saúde e ao Departamento Regional de Saúde (DRS-11), órgão da secretaria estadual. Além de gratuitos, os atendimentos foram prestados sem a necessidade de encaminhamento médico, no sentido de facilitar o acesso a todos os interessados na campanha que neste ano de 2017 é realizada durante todo mês de dezembro com o tema “Se exponha, mas não se queime”. 

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem