CAMPUS:
Presidente Prudente Jaú
Telefone 0800 771 5533

Você está em: Notícias

Premiados! Egressos de Biológicas são sinônimos de sucesso

Variedade de caminhos impulsiona conquistas de quem passou pelo curso; profissional pode atuar na área da saúde, biotecnologia e meio ambiente


email facebook twitter whatsapp

Foto: Cedida Premiados! Egressos de Biológicas são sinônimos de sucesso
Entre cinco mil fotos, a do Helder Stapait ficou entre as 30 primeiras no concurso SOS Mata Atlântica

Acostumado a ganhar títulos, o Alex Sandro Victor Leite não é esportista. Criador de peixes ornamentais desde a infância, o egresso da Unoeste trabalha com melhoramento e seleção genética. A paixão dele: o Guppy, também conhecido como Lebiste. Um peixe cujas fêmeas alcançam até 7,5cm e os machos 5 cm; uma espécie que varia principalmente pelas cores, desenhos e formatos das nadadeiras. Essas particularidades são avaliadas em competições e, em destaque, Alex acumula conquistas desde 2009 e em 2018 ficou com o 4º lugar no campeonato mundial da categoria, competição que ele já ganhou em 2010.
 
Foto: Cedida Alex Sandro Leite foi campeão da World Guppy Contest 2010, o título mundial; em 2018, ficou na 4ª colocação
Alex Sandro Leite foi campeão da World Guppy Contest 2010, o título mundial; em 2018, ficou na 4ª colocação
“Tenho 35 linhagens diferentes, são puras onde cerca de 80 a 90% são iguais aos pais. O Guppy que você encontra nas lojas é o comercial, não tem essa pureza genética”, segundo Leite, que é funcionário público e que tem nos peixes um hobby de infância, mas que hoje já se tornou uma renda extra. Uma rotina puxada. “É manutenção diária no aquário, ter olhar clínico. Tenho estufa de criação e todo dia tenho serviço que não acaba”, afirma. Para o Alex, o curso da Unoeste o ajudou a intensificar o lado pesquisador. “Comecei iniciação científica no 2º termo, tenho um trabalho publicado e a área tem a ver com o que gosto. Sou apaixonado por animais. Acho o curso excelente porque você pode seguir para várias áreas”, pontua o egresso.
 
Essa variedade de caminhos se relaciona com o êxito dos egressos. O curso já formou 17 turmas no bacharelado e 57 de licenciatura. O coordenador Dr. Silvério Takao Hosomi explica que o biólogo pode atuar na área da saúde, biotecnologia e meio ambiente; e que os formandos que ficam na região estão conseguindo ingressar, principalmente na área de saúde, em análises clínicas. Mas não apenas nesta área. “Todos os semestres temos alunos aprovados em programas de mestrado tanto da Unoeste quanto de instituições como Unesp, USP, Unicamp e Instituto Biológico”, detalha.
 
Foto nas biológicas?
Por falar em diversidade de áreas, o Helder Telles Stapait tinha a fotografia como hobby, mas durante a graduação, que ele concluiu em 2017, as coisas mudaram. “Uma excursão ao Pantanal despertou a paixão pela fotografia de fauna silvestre e natureza. Isso me fez aprender mais sobre o que registrava, como plantas, insetos, aves, mamíferos, répteis, etc...”. O egresso é consultor ambiental e sócio da Green Garden Ambiental, empresa que atua com fauna silvestre e planejamento ambiental. “O que faço se baseia nos ensinamentos aprendidos na graduação e na pós em Gerenciamento Ambiental, que ainda curso na Unoeste”, segundo Spatait.
 
Na fotografia ele fez cursos, deu palestras, aplicou minicursos e foi motivado por amigos a participar do concurso SOS Mata Atlântica, uma iniciativa que estimula a valorização do local. “Os inscritos poderiam enviar seis fotografias e entre cinco mil fotos analisadas vi que estava entre os 30 finalistas com a foto que chamei de Estrelas da Floresta”, explica o egresso que detalha o processo. “Foi a primeira vez que tentei clicar o céu estrelado, com técnicas de longa exposição. Estava alojado com amigos no Morro do Diabo. O registro me traz boas recordações. O resultado foi uma surpresa, participei de última hora, mal escolhi as fotografias”, conclui Spatait, que afirma enxergar a natureza em sua beleza pura. “Consigo ensinar e cativar as pessoas a preservar e proteger a natureza”.
 
Vestibular
Que tal ser um biólogo formado pela melhor instituição particular do Brasil nesta área? As inscrições para o Vestverão Unoeste estão abertas.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem