CAMPUS:
Presidente Prudente Jaú
Telefone 0800 771 5533

Você está em: Notícias

Caça aos enigmas mobiliza alunos de Odontologia no campus I

1ª Gincana Tecnológica da graduação utilizou realidade aumentada para teste e aquisição de conhecimento


email facebook twitter whatsapp

Foto: Gabriela Oliveira Caça aos enigmas mobiliza alunos de Odontologia no campus I
Celular na mão: aplicativo permitiu a visualização das charadas localizadas em diferentes pontos do campus I

Enquanto os jogadores do Pokémon Go caçam personagens por todos os cantos da cidade, os acadêmicos do curso de Odontologia da Unoeste, utilizam o celular na busca por enigmas em todo o campus I da universidade. Se no primeiro caso, a realidade aumentada é usada para a diversão, no segundo, essa tecnologia é uma forma de aprendizado idealizada por meio da 1ª Gincana Tecnológica da graduação.
 
A professora Dra. Eliane Cristina Gava Pizi é coordenadora pedagógica do curso e esteve envolvida na organização da atividade. Ela explica que a ideia é trabalhar o conteúdo de dentística de forma lúdica e interativa, por meio do trabalho em equipe. “Alguns dos enigmas foram gravados por profissionais influentes da odontologia, autores de livros e docentes de instituições estaduais e federais”, diz.
 
Foto: Gabriela Oliveira Celular na mão: aplicativo permitiu a visualização das charadas localizadas em diferentes pontos do campus I
Celular na mão: aplicativo permitiu a visualização das charadas localizadas em diferentes pontos do campus I

Sobre a dinâmica da atividade, comenta que os acadêmicos baixaram um aplicativo no celular que permitiu a visualização de uma imagem em realidade aumentada com os enigmas que deveriam ser desvendados. “Primeiro, os grupos receberam dicas sobre o local onde estaria a charada. Após a visualização da pergunta, discutiram o assunto para encontrar a resposta certa e, posteriormente, inseri-la no notebook que ficou disponível no ponto de apoio”, expõe Eliane.
 
Tayna Natsumi Takakura cursa o 8º termo de Odontologia. Ela conta que sempre foi incentivada pela família a fazer essa graduação. “Depois que iniciei os estudos, me identifiquei ainda mais com essa área”. Sobre a gincana, comenta que maneiras diferentes de aprendizado sempre são bem-vindas. “Essa iniciativa chamou a atenção, pois ao mesmo tempo em que nos divertimos e interagimos com nossos colegas de curso, adquirimos e testamos o nosso conhecimento”, conclui.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem