CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Unoeste é representada em 1º Congresso da Rebrats

Evento da Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde foi realizado em Brasília


email facebook twitter whatsapp

Foto: Cedida Unoeste é representada em 1º Congresso da Rebrats
Adriano Souza, membro do Nats Unoeste, com Francisco Caccavo, da Conatec da Argentina, e a Dra. Edima de Souza Mattos

A Rede Brasileira de Avaliação de Tecnologias em Saúde (Rebrats), do Ministério da Saúde, comemora 11 anos de promoção, difusão e realizações de pesquisas em Avaliação de Tecnologias em Saúde (ATS). Na primeira semana de outubro, Brasília (DF) sediou o 1º Congresso da Rebrats, reunindo professores, pesquisadores, estudantes, gestores e profissionais da área para debater e trocar experiências em ATS.

A Unoeste, única instituição de ensino particular do país membro da Rebrats, esteve representada pelo Núcleo de Avaliação de Tecnologias em Saúde da Faculdade de Medicina da Unoeste (Nats/Famepp/Unoeste) e todos os cursos da área da saúde. Pela universidade, a professora doutora Edima de Souza Mattos, coordenadora do núcleo, participou do evento e pontua que “foi um marco no estabelecimento de conexões, envolvendo seus membros, pesquisadores, academia, gestão e sociedade”.

Foto: Cedida Dra. Edima de Souza Mattos durante o 1º Congresso da Rebrats
Dra. Edima de Souza Mattos durante o 1º Congresso da Rebrats
A rede estabelece a ponte entre pesquisa, política e gestão, fornecendo subsídios para a gestão de tecnologias no SUS/Sistema Único de Saúde. Conforme a Dra. Edima, o congresso teve como objetivo fortalecer os vínculos entre os membros e induzir o desenvolvimento técnico-científico do nosso campo de conhecimento. “A população contou com uma robusta gestão de tecnologias e isso fará com que o participante adquira conhecimentos para que o melhor conjunto terapêutico seja oferecido, por meio de um sistema de saúde universal – o SUS”, frisa.

A programação contemplou atividades como discussões sobre dados de mundo real, equidade, implementação de evidências em saúde, diretrizes clínicas, critérios para a tomada de decisões, comunicação em saúde, participação social, ATS na era do Big Data e a importância das Redes de ATS. O evento teve a participação de representantes de diversas instâncias do Ministério da Saúde, de importantes instituições da área, ensino e pesquisa nacionais, além de internacionais, como do Canadá e Argentina.

Segundo a Dra. Edima, no primeiro dia do evento teve reunião de todos os Nats do país, momento em que ela apresentou o perfil, estrutura, parcerias e realizações do núcleo da Unoeste. O farmacêutico do Hospital Regional de Presidente Prudente Adriano Messias de Souza, que também integra o Nats da Unoeste, participou do congresso e contribuiu nas discussões sobre a reestruturação dos representantes regionais na Rebrats.

“É de suma importância, para nossa instituição, ser membro integrante ativo da Rebrats, órgão do Ministério da Saúde que subsidia atualizações, capacitações em ATS centradas em Políticas Públicas Sociais em Saúde, Tecnologia em Saúde, Protocolos e Diretrizes Clínicas, pautas em Saúde Baseada em Evidências e dados do mundo real. Nesse cenário, o Nats/Famepp/Unoeste adquire conhecimentos para subsidiar aos membros conhecimentos e estratégias em Avaliações de Tecnologias em Saúde”, finaliza Edima.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem