45 anos depois de seu fim, Beatles ainda é inspiração para banda prudentina

Há quase três anos, a banda Four of Us faz releituras de musicas do grupo The Beatles dando um tom mais moderno e rock in roll aos sucessos dos meninos de Liverpool. Confira nessa grande reportagem como foi o inicio da banda, o relacionamento com os fãs e se há uma semelhança entre os grupos.

Por: Isabelle Garcia, Ive Rodrigues, Luma Holanda, Murilo Oliveira e Taíne Correa

Quem nunca teve um ídolo, seja ele um artista famoso ou um integrante de alguma banda e quis ser como ele? Copiar roupas, cabelos, mesmo sendo uma brincadeira, isso se caracteriza como cover. De acordo com o dicionário online de português ser cover é “pessoa ou grupo de pessoas que apresentam imitações de um artista ou banda famosa” e também uma forma de homenagear os ídolos, caso da banda Four of Us, que faz cover da formação britânica The Beatles.

Formada por John Lennon, George Harrison, Paul Mc Cartney e Ringo Star, a Banda The Beatles, surgiu na década de 1960. Inicialmente o nome da banda era Silver Beetles, que remetia a besouros. Mas, por ideia de John Lennon, a banda passou a se chamar The Beatles, pois a palavra inglesa “beat” significa ritmo ou batida. Os meninos de Liverpool tinham um diferencial que era a composição de suas músicas.

O grupo encerrou no inicio dos anos 1970, mas até hoje, 45 anos depois do seu fim, continua fazendo sucesso e influenciando outras bandas.

Entre 2012 e 2013, Guilherme Serinoli morou na Inglaterra. Ele sempre teve banda de pop rock, mas foi na terra da Rainha que isso começou a mudar. Frequentando lugares, bares por lá, viu que as bandas destacavam-se fazendo autorais ou versões de clássicos. Foi nesse momento que Guilherme pensou em fazer cover dos Beatles, por ter conhecido a história deles em sua viagem e gostado muito.

Guilherme, de volta ao Brasil, contou sua proposta a André Velasques que atualmente é baterista da banda. “A ideia era de fazer versões das músicas dos Beatles, versões mais rock in roll mesmo e ele curtiu e montamos a banda”.

Para o baterista, fazer versões da banda Beatles é muito importante. “Escolhemos seguir e tocar uma banda que se tem muitas referências mundiais de músicas, então o material deles nos dá uma vertente gigantesca de opções e trabalhos a serem feito em cima disso.”

André ainda comenta que esse trabalho cover é gratificante e desafiador, pois a admiração tanto dos integrantes da banda quanto do público, é grande e o público também é bastante exigente e quer os melhores.

Por ser cover de uma banda histórica, é claro que os fãs dos Beatles que acompanham a Four of Us, esperam muito deles. Segundo o vocalista Guilherme, o grupo tenta agradar os fãs dentro do possível. “Não é à toa que eles são chamados de Beatlemaníacos. Os mais fissurados assim pedem algumas músicas que poucos conhecem, mas que são especiais a eles, então tentamos agradá-los.”

Guilherme e André revelam suas músicas preferidas do grupo britânico. “Gosto de Norwegian Wood, Come Together, tem algumas, nenhuma especifica... É muita música boa,” diz Guilherme. André já tem outra preferência. “Gosto mais de Hey Jude, I Wanna Hold Your Hand por questões de identificação e questões musicais do meu instrumento.”

A banda ainda tem mais dois integrantes: Leonardo Trugillo e Wesley Desiderio. Leonardo é baixista e aceitou o convite para entrar na banda um ano depois da formação e o guitarrista Wesley, entrou recentemente no grupo. Wesley afirma que mesmo sendo cover eles possuem uma forma diferente de tocar, pois cada um tem suas influências pessoais que ajudam a modernizar o estilo e as músicas. Porém, a banda passou por mudanças. “A partir do momento em que entrei na banda, os integrantes já possuíam a vontade de mudar o foco do projeto e torná-lo mais comercial e atrativo,” completa Wesley.

Os integrantes da banda fazem disso uma segunda atividade. André é administrador, Guilherme é analista de sistemas, Wesley analista de TI e Leonardo engenheiro civil.

NOVOS PROJETOS

Atualmente a banda incluiu influências na segunda parte do show, para mostrar ao público inspirações que os tornaram eles músicos. A primeira parte do show é destinada aos Beatles e a outra é reservada a bandas clássicas como Queen, Aerosmith, Bon Jovi, Kiss, Deep Purple, Michael Jackson, entre outros.

 

Podcast





Galeria de fotos





Outras matérias da edição

Comentários

Não há comentários para este artigo