CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Graduação | Biomedicina | Pesquisa Científica

Biomedicina

Bacharelado | 8 semestres letivos (Integral) - 10 semestres letivos (Noturno) | Integral e Noturno

Pesquisa Científica


Buscar projeto por

Resumo:
Introdução: A Fibrose Cística (FC) é uma doença genética, hereditária, autossômica recessiva, causada por alterações no gene que codifica o cystic fibrosis transmembrane regulator (CFTR). Pode gerar sintomatologia diversa, sendo frequentes casos de acometimento pulmonar e infecções respiratórias de repetição. Objetivo: Relatar a evolução e prognóstico de uma paciente com fibrose cística após procedimento de pneumonectomia total. Relato de Caso: G.L.S., 28 anos, diagnóstico tardio da doença e evolução com fibrose pulmonar direita. Seguimento para realização de pneumonectomia total devido a quadros sucessivos de pneumonia bacteriana e perfil microbiano multirresistente. Evoluiu com bom prognóstico e um período de seis anos de estabilidade, relatando melhora dos sintomas. Desenvolveu quadro agudo com desconforto respiratório, necessitando de internação e posterior seguimento ambulatorial. Discussão: A literatura sobre utilização da pneumonectomia total na FC é escassa, com relatos de casos semelhantes em poucos pacientes, com um desfecho predominantemente positivo pós-procedimento. Conclusão: A utilização de pneumonectomia na fibrose cística é uma prática incomum, que necessita de indicações precisas, com prognóstico variável.

Protocolo: 5137 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 11/2019 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): PERICLES BRANDAO NETO
THALES DIONISIO MARCON
CAIO VINICIUS OLIVEIRA NERI
ANDRE FELIPE DE AMORIN
Professor(es): GUILHERME ZIMMERER LORENTZ
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A Hidradenite supurativa (HS) grau III é uma doença rara presente, predominantemente, em mulheres após a puberdade, obesas, tabagistas, não brancas, e com diabete mellitus, caracterizada como uma inflamação crônica da pele e tecido subcutâneo, recorrente e debilitante proveniente das glândulas de suor, especificamente, as apócrinas, em geral, apresentando-se em um só local por vez, ocasionando lesões purulentas de odor fétido e que causa depressão, ansiedade e perda da qualidade de vida do doente. O relato conta um caso de um jovem do sexo masculino, negro com atrofia cerebral congênita, magro, não tabagista, não diabético que apresenta as lesões purulentas da HS, em praticamente, todas as regiões comuns de se desenvolver a HS e em outras regiões não comuns, em um mesmo período de tempo, apresentando até impossibilidade de locomoção decorrente da HS. A HS é uma doença ainda pouco estudada pela comunidade científica que apresenta tratamentos invasivos e diagnósticos tardios da doença, com uma etiopatogenia não muito clara, demonstrando a necessidade de mais estudos na área.

Protocolo: 5109 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 11/2019 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): GIOVANA KAORY JANDER KATAOKA
JULIANA JACOMELI GOUVEIA
KARINE MONTEIRO FERREIRA
ISABELA MARIA ESTEVAM DA COSTA FERREIRA
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
O Cloridrato de Metilfenidato (MPH) é um fármaco de estrutura química semelhante à das anfetaminas, que atua sobre o Sistema Nervoso Central, alterando e estimulando os receptores adrenérgicos e dopaminérgicos, fazendo com que a via mesocorticolímbica permaneça com atividade aumentada durante seu uso. Há um grande interesse relacionado ao uso de psicoestimulantes para aumento do desempenho intelectual, porém esses medicamentos apresentam efeitos colaterais que podem gerar complicações indesejadas aos usuários. O objetivo do presente trabalho é apresentar as complicações recorrentes do uso indiscriminado do Metilfenidato em indivíduos saudáveis presentes na literatura. Serão selecionados artigos publicados até 2018 nas seguintes bases de dados: Literatura Latino-Americana e do Caribe (LILACS), Literatura Internacional em Ciências da Saúde e Biomédica (PubMed/ MEDLINE), Biblioteca Virtual em Saúde (BVS) e Biblioteca Científica Eletrônica Online (Scielo), em língua inglesa e portuguesa, através dos descritores "TDAH", "metilfenidato", "tratamento" e "consequências", que estejam disponibilizados online. A análise de dados será descritiva.

Protocolo: 5136 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA PUGA MAGOTI
MARCOS ROMBI FILITTO
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
O acidente vascular encefálico (AVE) manifesta-se por alterações isquêmicas ou hemorrágicas e raramente acometem neonatos ou crianças. Ainda assim, doenças de base como cardiopatias congênitas, anemia falciforme e malformações vasculares podem provocar os AVEs e há necessidade de monitoração, tratamento de suporte e anticoagulação em casos selecionados. Essa é uma revisão integrativa que tem por objetivo listar: 1) as definições e características epidemiológicas de acidentes vasculares encefálicos (AVE) em crianças; 2) os principais fatores de risco para a ocorrência de AVE em pediatria e neonatologia; 3) as principais características fisiopatológicas para a ocorrência de lesão cerebral no AVE; 4) as manifestações clínicas e o diagnóstico por imagem; e 5) as recomendações atualizadas para as medidas de suporte, tratamento e profilaxia dos AVE em pediatria. A revisão de literatura utilizará as bases de dados PubMed, EMBASE e SciELO, BVS, incluindo as palavras-chave stroke, pediatrics e neonatology. A análise dos dados será descritiva.

Protocolo: 5089 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA PELEGRINI FRANCA
KARINE MAYUMI KIMURA
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES
ARMENIO ALCANTARA RIBEIRO

Resumo:
A privação de sono em adultos médicos saudáveis é cada vez mais frequente na atualidade, a despeito da privação de sono interferir nos processos cognitivos. É fundamental mensurar o tamanho do prejuízo que esse estilo de vida acarretará na vida do indivíduo, seja em âmbito físico, psicológico ou profissional. O objetivo do presente trabalho é avaliar os efeitos da privação de sono sobre a atenção e as Funções Executivas em médicos residentes de um hospital do Oeste Paulista. Os participantes serão avaliados pela Bateria Psicológica para Avaliação da Atenção (BPA) e também pelo teste "2-back", que avalia Funções Executivas. Serão comparados médicos residentes em privação de sono com estudantes do internato, sem privação de sono. Uma análise de variância (ANOVA) será utilizada para comparar os resultados no teste BPA e, outra, para os resultados do teste "2-back".

Protocolo: 5029 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 12/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DIEGO SANTANA DOS SANTOS
VERENA MIRANDA DE SOUZA
THAIS PASTORI
VITOR LOZANO PICARO
CAMILA ALVES DE OLIVEIRA BRITO
Professor(es): REGINA GIOCONDA DE ANDRADE
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Juntamente a outros grupos de erros inatos do metabolismo, as acidemias orgânicas são doenças metabólicas consideradas as mais incidentes em crianças gravemente enfermas. O paciente do caso apresentou uma macrocefalia ao nascer, não investigada a fundo. Posteriormente, exibiu um quadro febril por volta do sétimo mês de vida, o qual evoluiu para uma crise convulsiva tônico clônico e foi encaminhado ao hospital, que no período de internação apresentou significativa perda cognitiva, rebaixamento do nível de consciência e enrijecimento das articulações. Após ser estabilizado clinicamente, passou por vários médicos e realizou diversos exames, porém sem diagnóstico, sendo então encaminhado para avaliação em um neuropediatra localizado em São Paulo capital, o médico desconfiado do quadro pediu exames para avaliar erros inatos do metabolismo. Após a realização dos mesmos e avaliação, foi constatado que o paciente apresentava aumento de ácidos orgânicos na urina, sendo assim diagnosticado com Acidúria Glutárica Tipo 1 onde atualmente é acompanhado pela Mundo Saúde HomeCare. A Acidúria Glutárica Tipo 1 é uma doença hereditária do metabolismo dos aminoácidos lisina, hidroxilisina e triptofano, causada pelo déficit da enzima desidrogenase glutaril-CoA resultando no acúmulo de ácido glutárico, ácido 3-hidroxiglutárico e ácido glutacônico nos fluidos corporais, particularmente nas fases agudas da doença. O diagnóstico precoce é possível através de achados clínicos - como o perímetro cefálico aumentado no nascimento - e por exames como cromatografia gasosa, ou de preferência por cromatografia gasosa associada à espectrometria de massa em amostras ocasionais de urina, devendo-se dar preferência a amostras colhidas durante crises de descompensação. O tratamento tem como objetivo prevenir principalmente as crises encefalopáticas, mas também, as crises metabólicas e a progressão da degeneração neurológica. O diagnóstico precoce e o tratamento deste tipo de doença antes do início do quadro de encefalite leva a uma mudança positiva na história natural da Acidúria Glutárica Tipo 1, tornando necessário o seu conhecimento, para que assim possibilitar um diagnóstico diferencial de outras doenças da infância com sintomatologia severa.

Protocolo: 5025 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 10/2019 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): CAMILA PERLI PINTO
CAIO AUGUSTO FERREIRA PINHO
PEDRO AUGUSTO MARTINELLI GUELFI
JOAQUIM MELLO DE MAGALHAES NETO
MATHEUS FANTIM GOMES
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES
ARMENIO ALCANTARA RIBEIRO

Resumo:
Introdução: O diabetes insipidus é uma síndrome caracterizada pela incapacidade de concentração do filtrado urinário, com consequente desenvolvimento de urina hipotônica e aumento de volume urinário. Pode ocorrer por deficiência do hormônio antidiurético (ADH), secretado pela hipófise posterior ou por resistência à sua ação nos túbulos renais. Já a deficiência na produção ou na ação de qualquer um dos hormônios da adenohipófise é denominada hipopituitarismo. Quando ocorre deficiência de mais de um hormônio, denominamos panhipopituitarismo. Objetivo: Estratificar as complicações sistêmicas e hormonais relacionadas às Patologias da Hipófise com ou sem hipofisectomia determinada, incluindo a Diabetes Insipidus e Pan-hipopituitarismo. Metodologia: Revisão sistemática da literatura realizada em bases de dados eletrônicas - PubMed, BVS, Medline e teses de doutorado. Descritores a serem utilizados: hypophysectomy, diabetes insipidus, panhypopituitarism. A seleção dos artigos terá como critérios de inclusão: revisões sistemáticas, ensaios clínicos e relatos de casos de uma amostra representativa de uma população definida (crianças, adultos, idosos e testes com animais de laboratório); critérios de exclusão: revisões literárias.

Protocolo: 5045 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THALITA ROLLEIGH DA SILVA
RAFAELA CRISTINA COLORADO BORGES
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A sepse é uma síndrome de anormalidades fisiológicas, patológicas e bioquímicas induzidas por infecção, é um importante problema de saúde pública, que representa mais de US $ 20 bilhões (5,2) do total de custos hospitalares dos EUA em 2011. Embora a verdadeira incidência seja desconhecida, estimativas conservadoras indicam que a sepse é uma das principais causas de mortalidade e doenças críticas em todo o mundo. Nesse sentido, faz-se necessário um estudo mais abrangente dessa síndrome e de suas variáveis a fim de aprofundar o conhecimento dos aspectos basilares dessa doença. O objetivo deste estudo é avaliar os fatores de riscos, características clínicas e principais agentes etiológicos associando ao agravamento de sepse em pacientes em um hospital de ensino. Serão analisados os prontuários de pacientes que durante sua internação na UTI evoluíram para estado de sepse e choque séptico, no período de janeiro de 2017 a dezembro de 2018. Os dados serão expressos como média e frequência. As diferenças entre os grupos serão analisadas usando os seguintes testes: teste do Qui-quadrado (&#967;2) das frequências obtidas para cada grupo e teste de regressão linear múltipla será usado para avaliar possíveis associações, usando o software Biostat 5.0 (Brasil). O nível aceitável de significância será de p<0.05.

Protocolo: 5078 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 2/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA BREDA NASCIMENTO MAIOLINE
KAWANY DE FARIA FORATO
ROBSON LOPES PINTO
Professor(es): RENATA CALCIOLARI ROSSI
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
A pressão alta está frequentemente associada a distúrbios metabólicos podendo ser agravada por outros fatores, quando não tratada pode levar a problemas mais graves; há uma grande extensão de medicamentos para o tratamento da mesma. O treinamento intervalado de alta intensidade (HITT) é uma opção de treinamento para hipertensos por possuir exercícios aeróbios de alta intensidade com períodos de recuperações passiva ou ativa, sendo praticadas em esteiras ou bicicletas em um curto período de tempo. Os ratos escolhidos apresentam um quadro de hipertensão semelhante ao de humanos, portanto são estudados com objetivo de analisar a via aérea em sua vasculatura pulmonar e parênquima. O objetivo deste estudo é avaliar e comparar morfologicamente os processos patológicos gerais no epitélio pulmonar de ratos SHR expostos ao HIIT com o epitélio pulmonar dos ratos do grupo controle a fim de que se evidencie a diferença entre os tecidos. Foram utilizados ratos machos da linhagem espontaneamente hipertensos (SHR) (n=16) divididos em dois grupos: controle (n=8) e treinados (n=8) e ratos machos Wistar Kyoto (não hipertensos) tendo 4 meses de idade (n=8). Os animais passarão por processos de adaptação em esteira durante 5 minutos por 5 dias. Cada sessão realizada será constituída em 3 fases: aquecimento, HITT e desaquecimento. Para a análise estatística será utilizado o programa Sigma Stat ® versão 2.0. Os casos em que os dados apresentarem as distribuições normais e homocedásticas serão analisados utilizando-se de testes paramétricos como a análise de variância (ANOVA) seguidos pelo teste de Tukey quando necessário. Caso contrário, serão utilizados testes não paramétricos, como o de Kruskal-Wallis seguido pelo teste de Dunn quando necessário. As diferenças serão consideradas estatisticamente significantes quando p for menor que 5 (p<0,05).

Protocolo: 4923 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 2/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIA REZENDE LOPES
DAIELLI CHAGAS
AMANDA NOGUEIRA SOLLER
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
RENATA CALCIOLARI ROSSI

Resumo:
Narguilé é uma forma de uso do tabaco através do seu aquecimento. A fumaça produzida passa pelo filtro e é aspirada através de uma mangueira, teve início no Oriente Médio e se espalhou para universidades e escolas em diversos países e continentes, a partir da década de 1990 pelos jovens. Uma sessão pode durar de vinte a 60 minutos e a quantidade de fumaça inalada corresponde a mesma inalada ao se fumar 100 cigarros. A Organização Mundial de Saúde alerta que a fumaça do narguilé contém inúmeras toxinas que podem causar câncer de pulmão, doenças cardíacas entre outras. O objetivo do trabalho será avaliar o perfil epidemiológico de usuários de narguilé em uma universidade do Oeste Paulista. O método será um questionário on line para os estudantes universitários, após aceite do TCLE, o estudo é descritivo e transversal. A elaboração do questionário está baseada no Global Health Professions Student Survey abordando sobre o uso de narguilé pelos estudantes. Os resultados serão analisados através da estatística descritiva.

Protocolo: 4903 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELE FARIAS DE OLIVEIRA
HESMAILE YUJI OKABAYASHI BARBA
CLEITON WINICIUS DE SANTANA
NATALIA STABILE PERES
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Os cosméticos são utilizados desde a antiguidade para diversos fins, sendo que a matéria-prima utilizada tinha origem animal, vegetal ou mineral. Atualmente muitos dos cosméticos podem conter mais do que essas substâncias, sendo a cosmetologia um importante campo de pesquisa para entender melhor os efeitos das substâncias dentro desses produtos. Muitos cosméticos apresentam mais do que a função de embelezar, como o uso na higiene, na tonificação, na hidratação, na proteção e na estimulação da pele. Entretanto, seus componentes químicos nem sempre são inertes, especialmente os corantes contendo metais pesados, adicionados a esses produtos, como é o caso dos batons. Diversos estudos mostram que por conta do uso diário desse produto e por ter em sua composição aditivos que possam conter metais pesados, o seu uso pode causar diversos tipos de intoxicação para o organismo humano, dependendo do metal que esse conter. Já se sabe que o chumbo (Pb) pode estar presente em batons, porém segundo a ANVISA, em concentrações menores que 20 ppm (partes por milhão), já os outros metais pesados devem somar 100 ppm. Esse metal pode fazer diversas interferência com o funcionamento normal das células e em inúmeros processos fisiológicos, sendo o sistema nervoso o que mais sofre com a exposição crônica ao chumbo. O principal objetivo desse estudo é determinar a presença de metais pesados, como cádmio, chumbo, cromo e níquel, em amostras de batons, além de determinar suas concentrações e comparar com a legislação brasileira vigente. Serão utilizadas 4 marcas diferentes, de batons, de 4 cores diferentes, sendo essas cores diferentes para cada marca, adquiridas no comércio de Presidente Prudente. O método para a detecção da concentração dos metais será espectrometria de absorção atômica, após a digestão das amostras por via úmida utilizando os ácidos nítrico e perclórico e após a leitura da curva de calibração de cada metal (Cd, 0,4; 0,6; 0,8; 1,0 mg L-1), (Pb 2,0; 6,0; 8,0; 10,0 mg L-1), (Cr 0,05;1,0; 1,5; 2,0; 2,5 mg L-1) e (Ni, 0,5; 1,0; 3,0; 5,0 mg L-1). Os resultados serão analisados através de tabelas e gráficos após o cálculo do cálculo da média, desvio padrão e coeficiente de variação. Os resíduos químicos gerados serão destinados a central de resíduos da UNOESTE, no campus II.

Protocolo: 4838 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 4/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAYNA FELIX MENEZES DOS SANTOS
RENATA FERNANDES CAETANO DE OLIVEIRA
PERSEPHONE BITTENCOURT PERES RAFACHO
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Introdução: Gestantes nos extremos da idade reprodutiva, as adolescentes e as mulheres com 35 anos ou mais, em geral, são mais suscetíveis a resultados maternos e perinatais adversos, incluindo o início de trabalho de parto antes da 37ª semana de gestação, o que caracteriza o trabalho de parto pré-termo (TPP). O TPP acarreta em complicações com destaque para mortalidade e comorbidades neonatal. Muitos fatores associados à ocorrência de TPP são conhecidos como sua ocorrência em gestações anteriores, abortos anteriores, obesidade, corioamnionite e os extremos de idade reprodutiva e apresenta taxas elevadas na maioria dos países em desenvolvimento, com oscilação entre 5 a 18 entre todas as gestações. Frente aos desfechos perinatais adversos nos partos pré-termo, o aleitamento materno é fortemente recomendável, ainda que nesses casos o leite materno nem sempre alcança as necessidades de nutrientes do recém-nascido pré-termo. O colostro é a primeira secreção láctea produzida e contém os nutrientes necessários para o desenvolvimento do neonato e os principais componentes são as gorduras, proteínas, carboidratos e vitaminas. Objetivos: Comparar a composição de gorduras do colostro de nutrizes adolescentes e idade materna avançada com parto pré-termo e descrever as características gestacionais. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual estão incluídas nutrizes adolescentes e com idade materna avançada com parto pré-termo atendidas na Maternidade do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de agosto de 2018 a fevereiro de 2019. A coleta de colostro será realizada por ordenha manual, até 72 horas após o parto para a dosagem de gorduras. Os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados seguindo protocolo estabelecido para o estudo. Todas as nutrizes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 4793 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS LIMA DE MORAES
Professor(es): GLILCIANE MORCELI

Resumo:
O consumo excessivo de bebidas alcoólicas e os problemas decorrentes do seu uso têm atingido proporções alarmantes em todo o mundo. Um dos efeitos mais proeminentes do etanol é a diminuição da concentração de testosterona, sendo as terapias hormonais uma proposta interessante para minimizar as alterações decorrentes do alcoolismo crônico. Tendo em vista as alterações histopatológicas decorrentes do consumo de etanol já relatadas pela literatura científica, estas foram caracterizadas qualitativamente, sendo necessário pesquisas que as avaliem de forma quantitativa e não subjetiva. Por esse motivo a dimensão fractal faz-se como ferramenta útil com o objetivo de identificar e quantificar alterações teciduais nos animais consumidores voluntários de etanol submetidos ou não à terapia hormonal com testosterona. Para isso será realizada a análise fractal em lâminas submetidas à coloração com Hematoxilina-Eosina. Além disso, para avaliar a remodelação tecidual estromal, será quantificado o volume relativo de colágeno em lâminas coradas com Picrossíruis-Hematoxilina e a imunolocalização de colágeno tipo I e tipo III no estroma prostático através da análise imunohistoquímica. Este projeto visa complementar resultados anteriores do grupo de pesquisa e que se encontram publicados em periódicos de relevante política editorial.

Protocolo: 4791 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIEL RODRIGUES LEAL DE OLIVEIRA
Professor(es): LEONARDO DE OLIVEIRA MENDES

Resumo:
A região Pontal do Paranapanema abriga um número expressivo de assentamentos rurais, que concentram mais ou menos 5.454 indivíduos, muitos dos quais vivendo em más condições de habitação, que associada a condições de higiene precária os tornam vulneráveis a múltiplos agentes infecciosos, facilitando a disseminação de doenças infectocontagiosas, incluindo as infecções de vias aéreas superiores (IVAS). Existem poucos dados na literatura que forneçam a prevalência de CA-MRSA e Streptococcus pneumoniae em vias aéreas superiores de assentados rurais, e o envolvimento desses microrganismos como agentes causais dessas infecções. Neste contexto, é importante a detecção e caracterização desses agentes, diante da vulnerabilidade dessa população e seus familiares no contágio e transmissão dessas doenças. Assim o objetivo do estudo é determinar a prevalência de IVAS de uma população de risco (menores de 18 anos e igual ou maior de 60 anos) de um assentamento rural do Pontal do Paranapanema e caracterizar CA-MRSA e Streptococcus pneumoniae dessa população. Trata-se de estudo longitudinal, prospectivo, que será executado no assentamento rural Dona Carmem, município de Mirante do Paranapanema, Pontal do Paranapanema, Oeste do Estado de São Paulo. Os indivíduos selecionados serão examinados e amostras biológicas provenientes das fossas nasais e tonsilas serão coletadas para identificação. Será determinado o perfil clínico-epidemiológico desses indivíduos, de ambos os sexos, sem sinal de infecção das vias aéreas superiores ativa e uso recente de antibióticos. Serão identificados as espécies Streptococcus pneomoniae e Staphylococcus aureus que serão submetidos ao teste de disco-difusão para determinação da susceptibilidade aos antimicrobianos. S. aureus serão caracterizados quanto a presença dos genes mecA e pvl pela técnica de PCR e SCCmec por PCR multiplex para a determinação de CA-MRSA. Os dados serão submetidos a análises univariadas e multivariadas (por regressão logística) e o nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05.

Protocolo: 4831 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 1/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA CLARA ANTUNES ALVES
JOAO VITOR LAPA GUARNIER
MICHEL ULLOFFO DO NASCIMENTO
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Otite média aguda (OMA) é um transtorno infantil comum, com significativa taxa de morbidade e é considerada uma das principais causas da antibioticoterapia em cuidados de saúde primários. Os principais agentes etiológicos bacterianos são Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis.O conhecimento aprofundado da etiologia e patogênese da otite média são de grande relevância na área médica pois podem contribuir no desenvolvimento de novos tratamentos e para a diminuição dos casos. Neste contexto, este trabalho tem como objetivo avaliar o perfil epidemiológico, microbiológico e determinar a susceptibilidade aos antimicrobiano por isolados de Otite Média Aguda em crianças de Presidente PrudenteSP. Serão selecionadas para o estudo crianças de 0-12 anos com diagnostico de OMA. Será realizado um levantamento de dados demográficos e clínico do paciente com dados relacionados por exemplo com estado de vacinação pneumocócica, história médica, histórico de cuidados e sintomas gerais. As amostras de fluido do ouvido médio serão coletadas por timpanocenesee em seguidas encaminhadas para o laboratório de microbiologia para identificação do agente etiológico por método convencional de cultura e por reação em cadeia da polimerase multiplex. Os isolados serão também avaliados quanto a susceptibilidade aos antimicrobianos. Os experimentos serão realizados em triplicatas e para as análises estatísticas será considerados um nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 4800 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELLE MESSIAS DE SOUZA
RENATA NAKAMURA MAZZARO MAGNOLER
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
Indivíduos com quadros depressivos diminuem o rendimento no estudo, no trabalho e em seus afazeres cotidianos, então a estrutura da vida acadêmica dos universitários são um reflexo de fatores sociais, psicológicos, hereditários ou a combinação de todos eles. Dentro das universidades estima-se que de 15 a 25 dos estudantes universitários apresentam algum tipo de transtorno psiquiátrico durante a sua formação acadêmica, por isso o apoio da universidade torna-se de suma importância. No estudo transversal do presente trabalho, buscamos descobrir a prevalência do uso de antidepressivos por estudantes da Universidade do Oeste Paulista, em Presidente Prudente - SP. A coleta dos dados será realizada por meio de um questionário online, anônimo, respondido por alunos dos diversos cursos. A análise dos dados será descritiva.

Protocolo: 4778 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DELCIO ROBERTO DA SILVA ROTTA
MARCELA DIAS DE OLIVEIRA LIMA
BEATRIZ ZOGHEIB ELID
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A Escherichia coli é uma bactéria gram-negativa, anaeróbica facultativa em forma de bacilo, faz parte da microbiota gastrointestinal e coloniza os animais de sangue quente logo após o nascimento. As doenças diarreiogênicas são problemas comumente de países subdesenvolvidos, em razão da falta de água potável, higiene e saneamento básico inadequado. O tratamento com antibióticos faz com esses microrganismos desenvolvam resistência. Desta forma, o objetivo desse projeto visa identificar o perfil de resistência das DECs isoladas nas regiões da Alta Paulista e do Oeste Paulista através de testes de sensibilidade a drogas pelo método de difusão em ágar. Os antimicrobianos testados serão: a ampicilina (10 µg), ácido amoxicilinaácido clavulânico (30 µg), cefazolina (30 µg), cefuroxima (30 µg), cefotaxima (30 µg), cefepime (30 µg), imipenem (10 µg), gentamicina (10 µg), tobramicina (10 µg), ciprofloxacina (5 µg) e cotrimoxazol (25 µg). Será realizado uma análise qualitativa com base nos diâmetros da zona de inibição presentes no ágar, onde serão medidos em milímetros e interpretados de acordo com as recomendações dos fabricantes. Os dados obtidos serão reportados em porcentagem de resistência e servirão para direcionar eventuais medidas profiláticas para cada uma dessas regiões estudadas.

Protocolo: 4783 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
IRANILDO DO AMARANTE FERNANDES
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
A dopamina (DA) está envolvida na regulação de várias funções mentais e a desregulação desta neurotransmissão está envolvida em diferentes transtornos psiquiátricos. Alterações dopaminérgicas no córtex pré-frontal estão envolvidas nos transtornos em que ocorre disfunção executiva, principalmente transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH), esquizofrenia e depressão. A similaridade dos sintomas entre patologias que compartilham o mesmo neurotransmissor e os mesmos circuitos constitui uma dificuldade diagnóstica em psiquiatria. RELATO DO CASO: E.B., 31 anos, masculino, solteiro, pardo, adotado aos 2 anos de idade, apresentou atraso no desenvolvimento neuropsicomotor e foi vítima de abuso sexual aos 5 anos. Apresentou dificuldade de aprendizado e aos 14 anos começou a apresentar alterações comportamentais e alucinações auditivas, sendo diagnosticado TDAH e transtorno depressivo, com resposta parcial ao tratamento. Ao longo da juventude apresentou isolamento progressivo e abandonou a escola, quando diagnosticado com transtorno esquizoafetivo do tipo depressivo e modificado o esquema terapêutico, mantida somente resposta insatisfatória. Aos 30 anos iniciou-se processo de revisão diagnóstica, uma vez que os sintomas psicóticos não estavam bem caracterizados e as queixas relativas à atenção persistiam. Realizada a hipótese diagnóstica de transtorno depressivo associado ao TDAH, foi iniciado metilfenidato, mantido o antidepressivo e reduzido progressivamente o antipsicótico. Durante 11 meses o paciente manteve-se bem, sem sintomas psicóticos, com melhora da função executiva e do humor. Após este período, apresentou delírios persecutórios e a dose do antipsicótico foi ajustada, com rápida resolução. DISCUSSÃO: qualquer tipo de abuso infantil aumenta o risco de transtornos psiquiátricos ao longo da vida, especialmente depressão maior e psicoses, entre outros. A ineficiência dos circuitos dopaminérgicos no córtex pré-frontal pode gerar confusão diagnóstica, pois os sintomas se assemelham entre patologias como TDAH, depressão, esquizofrenia e outras. Devido à semelhança dos circuitos dopaminérgicos envolvidos, interferir com os níveis de DA pode causar impacto em todas as hipóteses diagnósticas consideradas neste caso. O uso de metilfenidato em paciente com possível psicose traz o risco de reativação de sintomas psicóticos por aumentar a ação dopaminérgica não só no córtex pré-frontal, mas também na via mesolímbica. Atualmente considera-se a hipótese de transtorno esquizoafetivo do tipo depressivo e persistência do TDAH na vida adulta e os sintomas do paciente compreendidos como uma complexa disfunção dopaminérgica. Assim, o tratamento busca modular este neurotransmissor, ao invés de simplesmente reduzir ou aumentar sua atividade por antipsicóticos e estimulantes, respectivamente.

Protocolo: 4743 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 12/2018 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): MARILIA FERRUZZI EDERLI
ARETHA GABELLA TEIXEIRA
FLAVIA HELENA FORNAZEIRO ABEGAO
Professor(es): CÉLIA MARIA NAVARRO
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A busca incessante do "corpo perfeito" faz com que muitos frequentadores de academias utilizem diferentes tipos de produtos, dentre eles os suplementos alimentares. O consumo desses suplementos nos praticantes de atividades física está cada vez mais acessível e mais preocupante, uma vez que a falta de conhecimento e acompanhamento por profissionais habilitados, para a orientação adequada, pode ocasionar sérios risco à saúde. Outro agravante está contido no texto dos rótulos através das divergências entre as concentrações descritas dos produtos, além da possível existência de contaminantes. As proteínas presentes no Whey Protein são de rápida digestão e absorção intestinal, aumentando a concentração plasmática de aminoácidos estimulando a síntese proteica nos tecidos. Esse estudo tem como objetivo analisar a composição centesimal de 4 (quatro) marcas de Whey Protein, comparar com os valores indicados nos rótulos e com os parâmetros regulados pela ANVISA, enfatizando o teor de proteínas. O procedimento será realizado em triplicata de cada amostra de Whey Protein obtidas pelo método de quarteamento e pesadas as alíquotas para as análises da composição centesimal (umidade, cinzas, proteínas, lipídeos, fibras alimentares e carboidratos). Os resultados das 4 amostras de mix de Whey Protein serão analisados por ANOVA (Análise de Variância) considerando p<5 para as diferenças significativa através do teste de Tukey.

Protocolo: 4919 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA CALIANDRA PEREZ TUDISCO
ADRIELLE ZAMBRANO RIBEIRO DOS SANTOS
LARISSA MENON DOS SANTOS
BEATRIZ QUIRINO MARQUETTI
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
O tabagismo é uma das principais causas de mortes evitáveis no mundo. São diversas as formas de uso do tabaco, sendo a principal delas o uso do cigarro, mas também tem como mascá-lo, sendo essa forma o foco deste trabalho. O tabaco foi descoberto quando Cristóvão Colombo e seus homens, viram pela primeira vez as folhas secas do tabaco sendo usadas por indígenas, que faziam uso delas em eventos religiosos. A nicotina é o princípio ativo do tabaco, a mesma é a substância química responsável pela dependência, pois produz alterações no Sistema Nervoso Central liberando neurotransmissores responsáveis pela sensação de prazer. Com o passar dos anos, o uso do tabaco mascado foi decaindo e é conhecido pela sociedade como um vício de pessoas mais velhas que habitam zona rural, porém, por conta da publicidade e na industrialização, o perfil dos usuários vem mudando para jovens que moram em centros urbanos. Como o número de usuário de tabaco mascado vem aumentando, esta pesquisa tem como objetivo estudar os efeitos tóxicos e possíveis alterações patológicas causadas pelo uso dele, através de esfregaços da mucosa bucal com coloração hematoxilina-eosina. Participarão desse estudo graduandos da área das Ciências Agrárias da Universidade do Oeste Paulista que serão divididos em grupo controle e grupo de usuários de tabaco mascado, esses estudantes voluntários preencheram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecimento e responderão a um questionário para que assim possam participar do presente estudo.

Protocolo: 4745 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARINA TERUEL PAVANELLI GODOY
ANA CLARA MAYMONI SILVA
THAMIRES SILVA CAMARGO
Professor(es): JOSE MARIA BERTAO
ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Desde que foram descobertas, a Escherichia coli há quase um século, se tornou um dos organismos modelo mais importantes e bem estudados. O gênero compreende bactérias Gram negativas fermentadoras, anaeróbias facultativas, que colonizam o trato gastrointestinal. A E. coli comensal, pertencente a microbiota intestinal, não é patogênica, além de apresentar um importante papel fisiológico para o bom funcionamento do organismo. As patogênicas se dividem em sete categorias, são estas as responsáveis por causarem infecções intestinais em homens e animais, sendo denominadas de E. coli diarreiogênicas. Elas são diferenciadas de acordo com sorotipos, as síndromes clinicas que promovem e pela presença de fatores de virulência como adesinas fimbriais e afimbriais, toxinas e invasinas. Este estudo tem como objetivo a determinação molecular do antígeno H nas amostras de E. coli diarreiogênicas através do método PCR, pois a mesma permite diferenciar o antígeno flagelar das E. coli diarreiogenicas nas regiões da Alta Paulista e do Oeste Paulista fornecendo assim informações mais precisas, relativas ao espectro de patógenos associados e desse modo, realizar as medidas profiláticas necessárias nestas regiões.

Protocolo: 4876 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 6/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
LUCIANA MACHADO GUABERTO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Atualmente, o termo "cannabis medicinal" refere-se ao uso de cannabis como terapia médica para curar algumas doenças ou aliviar seus sintomas. As condições clínicas mais comuns em que é proposto o uso medicinal da cannabis são utilizados são: esclerose múltipla (MS), dor neuropática crônica e controle dos sintomas de náuseas e vômitos em pacientes com câncer em tratamento quimioterapia. Alguns países têm políticas que permitem que os pacientes possam usar Cannabis para fins médicos, porém a falta de dados sobre a segurança e eficácia de Cannabis é uma barreira importante para o envolvimento dos médicos. Já foram realizados ensaios clínicos randomizados de Cannabis que mostraram eficácia na dor crônica e espasticidade, entretanto esses ensaios foram curtos com amostras pequenas. Parte importante do uso da maconha como fármaco parece depender de isolar o composto canabidiol a partir da planta Cannabis sativa, dado que esta molécula que parece conter os princípios ativos desejados. O presente trabalho propõe-se a revisar sistematicamente a literatura científica em busca dos efeitos provocados pelo canabidiol em curto e longo prazo quando utilizado por via oral ou inalatória. O presente estudo, será conduzido de forma independente e cega. A busca de artigos acontecerá em uma etapa só de Agosto do presente ano, pelos últimos 5 anos de publicações. Serão pesquisadas as seguintes bases de dados eletrônicas: Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), PubMed (MEDLINE), Scielo e LILACS. Os descritores utilizados para a busca de artigos foram definidos a partir dos termos indexados no vocabulário estruturado DeCS (Descritores em Ciências da Saúde) e no vocabulário de indexação de artigos da PubMed, estabelecendo-se a seguinte sintaxe: cannabidiol, "medical cannabis", "cannabidiol effects" e "cannabidiol treatment".

Protocolo: 4702 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 7/2019 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LEONARDO MAGNANI SEABRA
BARBARA PREVITALLI PIMENTEL
DEBORA TYEMI TAKASHIMA
BIANCA DE SOUZA BONFIM
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A água é o bem natural mais precioso para a existência da vida, porém algumas cidades ainda restringem a população de uma água de boa qualidade por não promover através de estações de tratamento, essa imensa contribuição à saúde dos moradores. No Brasil, o órgão responsável pela promoção da qualidade e tratamento da água nas cidades é a Agência Nacional de Águas, que rege parâmetros importantes em relação aos níveis microbiológicos, físicos e químicos para consumo de uma água de boa qualidade. A contaminação fecal por Escherichia coli, do grupo dos coliformes fecais, com variedade de espécies comensais e patogênicas, pertencentes à família Enterobacteriaceae presente na natureza, e na água de consumo, merece atenção, quando se trata de indivíduos suscetíveis, como crianças em escolas públicas que fazem uso da água de bebedouros de escolas, de praças e demais locais de uso e outros acessos públicos. As E. coli dianorreiogênicas são diferenciadas pelo seu fator de virulências como toxinas e invasinas, adenosinas fimbrias, onde apenas 10 são efetivamente patogênicas e 90 acometem indivíduos imunodeprimidos. A avaliação microbiológica de água é regulamentada pela Portaria MS n° 2.914/2011. O objetivo do presente projeto é o isolamento de E. coli, contagem de números mais prováveis (MNP) e testes de resistência intrínsecas a antibióticos, de água proveniente de bebedouros de água e estabelecer um parâmetro comparativo de qualidade da água de uma cidade com e outra sem estação de tratamento. As amostras seguem a análise de variação Tukey <5.

Protocolo: 4672 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHANAEL JHONATAN NASCIMENTO SOUZA
Professor(es): DENILSON CESAR SCAQUITTO

Resumo:
A doença diarreica ainda persiste como um problema de saúde pública, sendo uma das principais causas de mortalidade infantil. Essa doença pode ser causada pela Escherichia coli, uma bactéria comensal na qual pode adquirir fatores de virulência, transformando-a em E.coli diarreiogênica. Os isolados desta bactéria são capazes de causar a diarreia tanto em adulto quanto em crianças. A E.coli diarreiogênica pode ser dividida em sete patótipos de acordo com as características clínicas e seus fatores de virulência. Além disso, podem ser divididas em quatro filogrupos (A, B1, B2 e D) sendo que os filogrupos A e B1 são predominantes nas cepas intestinais que intensamente colonizam o intestino de humanos saudáveis, já os filogrupos B2 e D possuem uma linhagem de cepas virulentas que estão associadas a infecções de sítios extraintestinais. Será realizada a determinação do grupo filogenético das linhagens através do PCR- quadriplex com o intuito de classificar as cepas de E. coli dentro de um dos sete grupos filogenéticos conhecidos (A, B1, B2, C, D , E e F), utilizando primers específicos.Os dados serão analisados através da presença ou não das bandas correspondentes aos genes representantes dos grupos filogenéticos.

Protocolo: 4664 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INAE DE OLIVEIRA GARCIA
DAIANY RIBEIRO PAZ DE LIRA
MELISSA DE SOUZA SILVA
GABRIELA SUMICO AFONCO HANAMOTO
LUCAS JOSE DA COSTA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Dentre as principais intervenções utilizadas para o controle do Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade, este Relato de Caso tem foco voltado para o tratamento medicamentoso com o uso do Metilfenidato, dando ênfase aos benefícios do uso deste. O estudo faz uma relação entre a melhora dos sinais de hiperatividade e desatenção com o uso do medicamento, pois para combater os sintomas as medicações se mostram mais eficazes do que outras intervenções porque, agem diretamente aumentando os níveis de dopamina e noradrenalina elevando o nível de alerta e foco em atividades que exigem mais esforço mental. O diagnóstico é clínico, baseado na entrevista com os pais, com a escola e na avaliação da criança. Os sintomas devem ser persistentes e acompanhar a criança nas diversas situações e ambientes em que está inserida. Quando estes traços a prejudicam, a necessidade de tratamento é inquestionável, e deve ser iniciado o mais cedo possível, pois tratamento precoce evita o acúmulo de prejuízos ao longo do tempo possibilitando que a criança desenvolva o seu potencial. Embora não tenha cura, com a terapia adequada, uma pessoa com TDAH pode ter uma vida normal.

Protocolo: 4641 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 6/2019 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): LARISSA NUNHES DOS SANTOS
LAREN THOME
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
As Infecções Relacionadas à Assistência à SaúdeIRAS possuem uma grande relevância qualitativa e quantitativa. Associado a isso, o elevado consumo de antimicrobianos de amplo espectro dentro dos locais de cuidado a saúde, pode contribuir para a emergência da resistência antimicrobiana. O presente projeto terá como objetivo geral avaliar a contaminação por bactérias do grupo ESKAPE nas ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Emergência (SAME192) na cidade de Presidente PrudenteSP. Serão realizadas coletas das 07 ambulâncias utilizados pelo SAME, em 2 momentos: no início do serviço e ao final do período de serviço. As amostras serão coletadas por swabs estéreis e transportadas ao laboratório de microbiologia da UNOESTE para identificação de bactérias referidas como Patógenos ESKAPE (Enterococcus faecium, Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae, Acinetobacter baumannii, Pseudomonas aeruginosa, e Enterobacter sp.). Após a identificação serão realizados testes de sensibilidade aos antimicrobianos pela técnica de disco difusão da droga, segundo CLSI (2016).

Protocolo: 4943 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2019 - 2/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA BREDA NASCIMENTO MAIOLINE
KAWANY DE FARIA FORATO
MARCO AURELIO APARECIDO LUCIO
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA
JOYCE MARINHO DE SOUZA

Resumo:
A salubridade dos edifícios hospitalares é uma questão que merece atenção, pois as práticas realizadas em seu interior afetam diretamente a qualidade dos serviços oferecidos e podem influenciar na recuperação e tratamento dos pacientes, sendo a infecção hospitalar um ponto importante a ser considerado, para que se a dispersão dos microrganismos nas dependências do prédio. O estudo tem como objetivo geral analisar e avaliar o edifício do Hospital Regional localizado na cidade de Presidente Prudente/SP. com enfoque no conforto ambiental e a influência do edifício na ocorrência da infecção hospitalar. Será realizada no objeto de estudo, Hospital Regional da Cidade de Presidente Prudente, localizada no interior de São Paulo, o levantamento da dados e informações pertinentes ao desenvolvimento da pesquisa, constituindo a Avaliação Pós-Ocupação (APO), que irá levantar dados relativos ao conforto ambiental do espaço hospitalar, enfatizando os levantamentos quanto a qualidade térmica, e lumínica, a fim de estabelecer parâmetros quantificáveis para geração de resultado. Será realizado um levantamento sobre as informações referentes a ocorrência de infecção hospitalar no local de estudo através de dados fornecidos pela Comissão de Controle de Infecção Hospitalar (CCIH) da própria instituição, com a aquisição dos dados, será desenvolvido um organograma que identifique as principais áreas afetadas pela IH. Após a realização dos levantamentos e aplicação do instrumento que será proposto, serão gerados resultados quantitativos, que servirão para avaliar a existência da relação entre o espaço físico e seus condicionantes e a ocorrência de infecção no local. Com o cruzamento dos dados e a geração de resultados será possível concluir tal pesquisa demonstrando a influência da qualidade ambiental na recuperação e proteção dos pacientes e envolvidos no ambiente hospitalar.

Protocolo: 4894 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 8/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANILO DE MOURA ROCHA
THAYNA RUIZ FERREIRA
THAYS CAROLINA CARRION LORENTE
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é uma síndrome classificada na categoria de transtornos hipercinéticos. É caracterizado por ter um início precoce, falta de perseverança nas atividades que exigem envolvimento cognitivo e tendência a passar de uma atividade a outra sem acabar nenhuma, associadas a uma atividade global desorganizada, incoordenada e excessiva. Subtipos de atenção são distinguidos em: atenção voluntária e atenção automática. Clinicamente, os termos atenção sustentada, atenção seletiva, atenção focada, atenção alternada e atenção dividida também são comuns. Testes de atenção que envolvem tempo de reação (TR), normalmente são direcionados para a análise de um ou mais desses parâmetros, possibilitando a identificação de alterações do fenômeno atenção e auxiliando no diagnóstico de psicopatologias como o TDAH. O objetivo do presente estudo é avaliar, mediante revisão sistemática da literatura, como o desempenho de crianças com diagnóstico de TDAH difere de crianças hígidas em testes de atenção que envolvam TR. A busca na literatura ocorrerá de forma sistemática, em múltiplas etapas, na base de dados PubMed, com limites para artigos publicados em português, inglês e espanhol, realizados em humanos. A análise dos artigos classificará aspectos como o público-alvo (idade das crianças avaliadas), o tipo de teste utilizado e o tipo de atenção investigada (voluntária ou automática).

Protocolo: 4640 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 7/2019 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CARLA YAMASHITA CONTRERAS
JOAO THALLISSON PEREIRA CAMPOS
PAULA CRISTINA QUEIROZ CARVALHO
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
O Leiomioma uterino, também conhecido popularmente como miomas, são tumores benignos localizados na região uterina, onde a maior parte das portadoras é assintomática podendo ser descoberto em consultas de rotina. Contudo, outro grupo de pacientes apresentam sintomas variados, ocorrendo, em sua maioria: sangramento anormal, desconforto ou preção pélvica, podendo evoluir com a necessidade cirúrgica de remoção do útero ou tumor. O objetivo do trabalho trata-se de um estudo transversal e retrospectivo envolvendo análise de pacientes em diferentes períodos reprodutivos e diagnosticadas com Leiomioma uterino que tiveram o útero removido (histerectomia) ou o tumor removido (miomectomia), submetidos à análise histopatológica e armazenadas no BioBanco (material biológico humano) do laboratório de anatomia patológica (Unoeste) nº conep b-005, entre o período de Janeiro de 2005 a Dezembro de 2009. Os dados avaliados serão submetidos a análise estatística t studant (&#945;&#8804;0,05).

Protocolo: 4661 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO CARLOS CURSI JUNIOR
Professor(es): ANNE BEATRIZ BORTOLUCI GALISIOLI
DENILSON CESAR SCAQUITTO
JULIANO BALISARDO MINAMOTO

Resumo:
O Diabetes Mellitus (DM) é uma síndrome decorrente da falta de insulina, ou incapacidade de a mesma exercer, adequadamente, seus efeitos metabólicos caracterizados por uma hiperglicemia crônica, com distúrbios do metabolismo dos carboidratos, lipídeos e proteínas. A terapia com insulina visa mimetizar o perfil fisiológico da secreção pancreática de insulina. Sendo necessárias, múltiplas doses diárias desse hormônio no sentido de proporcionar o controle glicêmico. Dessa forma, a eficácia de uma terapia insulinérgica efetuada em ambiente doméstico é fundamental para o controle do distúrbio metabólico. O presente projeto de pesquisa tem como objetivo evidenciar o conhecimento sobre a aplicação de insulina no tratamento de Diabetes Mellitus pelos usuários da Atenção Básica, participantes do grupo HIPERDIA da Estratégia Saúde da Família (ESF) Alvorada da cidade de Presidente Prudente, por meio de entrevista dirigida. A partir dos resultados espera-se identificar o perfil e a realidade da população insulinodependente local, demonstrada por meio de estatística descritiva do material, e verificar se o mesmo encontra-se compatível à literatura.

Protocolo: 4629 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IANARA ALBUQUERQUE RAMOS
CAMILO BRAMBILLA MARAFON
CAIO REZENDE LOPES
Professor(es): LORIS APARECIDA FELICIO DANIEL
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A leishmaniose é uma doença infecciosa causada por parasitas do gênero Leishmania, cuja letalidade, sem tratamento, pode alcançar 10. A resposta imune se inicia pela ativação da imunidade inata, como o sistema complemento, que após sua ativação pode promover a lise osmótica do patógeno, assim como opsonização para estimular a fagocitose. A Leishmania é um parasita intracelular obrigatório, portanto necessita de um nicho intracelular para sobreviver e se multiplicar, entretanto, assim que as promastigotas são inoculadas pelo flebotomíneo na pele, o parasita entra em contato com o sistema complemento e apesar de algumas controvérsias sobre seu papel na eliminação da Leishmania, diversos autores demonstraram o envolvimento das três vias neste processo. Estudos observaram a participação da via alternativa e da via clássica, através da queda das frações de C3 e C4 respectivamente. Foi verificado que a deficiência de C3 promove o desenvolvimento de doenças autoimunes, infecções ou ambas. Para o nosso conhecimento, não existem estudos que avaliaram níveis constitutivos de C3 e C4 em pacientes com leishmaniose na população brasileira, portanto, o projeto de pesquisa proposto, poderá contribuir para um melhor entendimento da importância de uma resposta imune inata eficiente na defesa contra este protozoário. Desta forma, nosso objetivo será dosar componentes iniciais da cascata do sistema complemento em pacientes com leishmaniose visceral tratada. Serão analisadas 31 amostras do biorrepositório de soro de pacientes com leishmaniose visceral tratada. Os componentes C3 e C4 serão dosados pela técnica de imunodifusão radial simples e os resultados serão analisados de forma descritiva dos dados obtidos e os valores serão apresentados em percentis. Para melhor avaliar nossos objetivos será utilizado o levantamento de dados coletados no projeto acima descrito. Os dados foram coletados dos prontuários dos pacientes com leishmaniose visceral e do questionário (socioeconômico) aplicado no momento da coleta. A correlação entre os valores de C3 e C4 com os dados clínico epidemiológicos será realizada pelo teste de Spearman. Serão considerado significativos os valores de p < 0,05.

Protocolo: 4860 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA APARECIDA POLIDO
JULIANE CAROLINE MARQUES INACIO
VINICIUS CARLOS DE OLIVEIRA
PALOMA BARBOSA FERNANDES
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
O Transtorno de Ansiedade Generalizada (TAG) afeta indivíduos de todas as idades, causando prejuízos físicos e cognitivos, diminuindo assim a qualidade de vida dos mesmos. A avaliação da capacidade cognitiva de pacientes com TAG se mostra uma importante ferramenta quando tentamos compreender os prejuízos que esse transtorno traz ao indivíduo. As funções executivas (FE) são responsáveis por coordenar as respostas adaptativas diante de novas situações, no TAG, essas respostas podem ser geradas intensamente ou de forma desadaptativa. Como parte das FE há o controle inibitório, capaz de suspender influências internas ou externas que possam prejudicar um comportamento em curso. No TAG, sem este mecanismo seguiríamos padrão de comportamento, marcado pelo impulso. O presente projeto objetiva avaliar as FE em 40 indivíduos separados em Grupo Controle (n=20) e Grupo TAG (n=20). Os pacientes serão selecionados no Ambulatório de Ansiedade do Hospital Regional de Presidente Prudente a partir do diagnóstico feito pela equipe. Para avaliação das FE, os participantes farão o teste "n-back" (2-back), que envolve manipulação de informações na memória operacional, e o teste de Stroop, utilizado para medir o controle executivo e concentração. Ambos os testes serão executados com o software PsychoPy. Com os resultados obtidos espera-se compreender os prejuízos que o TAG causa às funções cognitivas, em especial as FE.

Protocolo: 4608 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 7/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIEL FERNANDES KLAUS
MARIA BEATRIZ SOUZA CARDOSO
GABRIELI CAMOSSA ARMAGNI
Professor(es): GILMARA PEIXOTO RISTER
FELIPE VIEGAS RODRIGUES
SAMUEL AUGUSTO FERREIRA AURELIO

Resumo:
Atualmente a Candida está associada a um dos principais quadros de infecção hospitalar. As taxas de incidência de candidemia podem ser altas, e no Brasil chega a 3,9 casos por 1000 admissões hospitalares. Já as taxas de mortalidades para aqueles que a desenvolvem são altas em torno de 50-72, se tornando nos últimos anos grande problema de saúde em hospitais terciários. Este projeto tem por objetivo avaliar ocorrência de espécies correlatas C. glabrata, C. nivariensis e C. bracarensis - dentre os isolados de hemocultura analisados. Este é um estudo de vigilância laboratorial utilizando-se amostras de Candida spp. previamente isoladas de hospital terciário de Bauru-São Paulo. A análise molecular de Candida. glabrata será realizada por PCR utilizando primer senso CGL1 e antisenso CGL2. Para análise molecular de Candida nivariensis e Candida bracarensis será realizada PCR multiplex com o primer senso NIV-f e BRA-f e antisenso universal UNI-5.8S. Em análise estatística as variáveis categóricas serão apresentadas como porcentagens e avaliadas pelo teste do &#967;2 ou, como alternativa, pela prova exata de Fisher; as variáveis contínuas serão apresentadas como medianas e intervalos interquartis e avaliados pelo teste de Mann-Whitney ou de Kruskal-Wallis. Todos os testes serão realizados utilizando-se o programa SPSS 19.0 (IBM SPSS Statistics, IBM Corporation, Chicago, IL, USA), admitindo-se p&#8804;0,005 para rejeitar a hipótese de nulidade.

Protocolo: 4617 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA DE JESUS SILVA
MAYSLLA KEYLLA BRITO DO CARMO
Professor(es): DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA
JOYCE MARINHO DE SOUZA

Resumo:
Os prolactinomas, ainda que raros em crianças e adolescentes, representam cerca de 50 dos adenomas hipofisários, correspondendo a 2 de todos os tumores intracranianos. Nas duas primeiras décadas de vida, os sintomas incluem alterações funcionais como atraso puberal em ambos os sexos, e galactorreia e amenorreia no sexo feminino e/ou sintomas relacionados ao efeito de massa. Apresentação do Caso:Paciente sexo masculino, 13 anos e 4 meses é atendido com queixa de baixa estatura. Ao exame físico tinha altura de 1,37m e peso= 48,4kg. Desvio padrão para altura= -2. Estágio puberal G1P1 de tanner, pênis= 4 cm. A idade óssea era 11 anos e 6 meses. Exames laboratoriais: dosagem sérica de prolactina= 1.957ng/mL (VR=2,1 a 17,7 ng/ml), LH=0,01, FSH=0,37, testosterona=9 ng/dl, IGF1=115 ng/ml (VR=145-759ng/ml), colesterol total=286 mg/dl (VR= menor que 170 mg/dl), triglicérides=366 mg/dl (VR=menor que 90 mg/dl), e demais exames relacionados a investigação da baixa estatura compatíveis com a normalidade. A ressonância magnética de sela túrcica evidenciou formação expansiva intrasselar medindo 17,5x17,4 mm em seus maiores diâmetros, com infradesnivelamento do assoalho selar. O quadro inicial era compatível com hipopituitarismo secundário a macroprolactinoma. Iniciou o tratamento com cabergolina na dose de 1 mg/semana. Após 2 anos e 5 meses de tratamento, evoluiu com normalização da velocidade de crescimento, desenvolvimento puberal espontâneo, normalização dos valores de testosterona=318ng/dl e IGF1=411ng/dl e melhora do perfil lipídico. Comentários finais: A dosagem de prolactina deve ser solicitada na investigação da baixa estatura patológica para o diagnóstico precoce do prolactinoma e consequente sucesso do tratamento. A hipótese de hiperprolactinemia deve ser investigada em pacientes com baixa estatura e atraso puberal para a realização de diagnóstico precoce evitando possíveis complicações e possibilitando a realização de um manejo adequado do caso.

Protocolo: 4627 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 11/2018 Programa: Relato de Caso
Aluno(s): ELIZA MARIA SANTOS SILVA
MARYENE LUDMILLA GONCALVES SELLERA
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Caracterizada como um conjunto de processos que leva à seleção ou priorização no processamento de certas categorias de informação, a atenção tem como objetivo filtrar as informações mais relevantes, evitando a sobrecarga dos sistemas perceptuais no processamento de estímulos. Atualmente, os conhecimentos sobre assimetrias funcionais do sistema nervoso encontram-se bem determinados. Diversas funções já se sabem ser lateralizadas, como a fala, que é localizada no hemisfério esquerdo, e a orientação espacial, no lado direito. A atenção, por sua vez, tem maior processamento no hemisfério direito e é também assimétrica na sua fenomenologia, com favorecimento à direita do espaço. O presente estudo tem como objetivo investigar assimetrias verticais da atenção. Para tal, será utilizada uma versão modificada do Paradigma da Atenção Encoberta de Posner (1980), um teste amplamente utilizado em estudos da orientação da atenção. Ele analisa o efeito do direcionamento encoberto da atenção visual (sem movimento ocular) - realizado por meio de pistas válidas ou inválidas - em relação ao tempo de reação à estímulos exibidos no campo de visão periférico.

Protocolo: 4528 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 6/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA LIKA DATE
DANIELA PIRES ABRAO GALINDO
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Staphylococcus aureus é uma bactéria oportunista que pode causar sérias infecções em humanos. Pode apresentar resistência à vários antimicrobianos, e as cepas caracterizadas como S. aureus resistentes à meticilina (MRSA) são de grande importância na área médica, pois essas cepas apresentam também a resistência à todos beta-lactâmicos e as infecções causadas por esses microrganismos são de difícil tratamento. Há diferentes metodologias para a detecção de MRSA, sendo as fenotípicas de baixo custo e mais utilizadas em laboratórios clínicos de rotina, porém esses métodos podem apresentar valores baixos de sensibilidade e especificidade quando comparados com os métodos genotípicos, genes mecA e mecC. Diante das dificuldades na detecção de MRSA, é de grande importância a avaliação dos métodos utilizados para que se possa almejar melhores resultados nas práticas laboratoriais. Assim, esse estudo objetiva avaliar a sensibilidade e especificidade de testes fenotípicos e genotípicos na detecção de MRSA. Serão realizados testes de disco-difusão em 20 S. aureus com discos de oxacilina e cefoxitina de cinco diferentes fabricantes. A hiperprodução de beta-lactamase será realizada através do uso de discos impregnados com Nitrocefina. A detecção dos genes mecA e mecC será realizada pela técnica de PCR. Os resultados obtidos serão analisados através do cálculo da Sensibilidade e Especificidade da detecção de resistência à oxacilina pelo Método de Difusão da Droga em ágar com disco de oxacilina e cefoxitina comparados com os métodos genotípicos.

Protocolo: 4537 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 4/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIO RIBEIRO FILHO
CARLA PIERETTI GONCALVES
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
A síndrome do cromossomo X frágil é um dos distúrbios monogênicos mais frequentes de deficiência intelectual no ser humano. Afeta todos os grupos étnicos em todo o mundo com uma estimativa de cerca de 1 em 4000-5000. O distúrbio é causado pela expansão instável da repetição (CGG)n na região 5´ não traduzida do gene FMR, que leva a uma hipermetilação anormal do gene, e consequentemente a alteração da proteína FMRP no cérebro. Nos últimos anos, novas abordagens terapêuticas têm sido testadas em células de pacientes portadores da SXF. Nesse sentido, o presente estudo consiste de uma revisão integrativa de literatura que tem como objetivo investigar o conteúdo das publicações sobre as terapias epigenéticas para a síndrome do X Frágil (SXF). Será realizado o levantamento bibliográfico nas bases de dados de pesquisa especializadas em saúde: PubMed, Biblioteca Virtual em Saúde (BVS), Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS), por meio dos descritores pré-estabelecidos "Fragile X syndrome" AND "epigenetic therapy" AND "epigenetic treatment". A partir da coleta de dados, por meio do instrumento composto pelos itens (tipo de publicação; objetivo ou questão de investigação; amostra; tratamento dos dados; Intervenções realizadas; resultados; análise; implicações; nível de evidência e avaliação do rigor metodológico), os resultados serão analisados e integrados. O modo de visualização das informações adotado será o quadro, no qual será possível a comparação entre os resultados obtidos dos estudos selecionados.

Protocolo: 4497 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 4/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARINE MAYUMI KIMURA
WILLER DANIEL SILVERIO TEIXEIRA
Professor(es): MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
No hospedeiro, os dois patógenos, M. tuberculosis e HIV, potencializam-se mutuamente, acelerando a deterioração das funções imunológicas. Acredita-se que aumentos sustentados no TGF-&#946;1 circulante contribuem não apenas para a imunossupressão e progressão para a aids, mas também para a imunossupressão residual em pessoas com supressão viral. Na tuberculose (TB) sua elevada concentração, desativa macrófagos, inibe a expressão e funcionamento de receptores para IFN-&#947;, IL1-&#945; e IL-2 e diminui a produção do TNF-&#945;, além de aumentar a produção de citocinas do perfil Th2, como IL-10. Sabe-se que polimorfismos de base única (SNPs) presentes nos genes das citocinas podem influenciar na quantidade ou na qualidade das respectivas proteínas codificadas, entretanto poucos trabalhos têm avaliado a influência do gene TGF em doenças infecciosas. Desta forma, conduzir um estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo TGFB1+29 será de fundamental importância para melhor entender o diagnóstico, a susceptibilidade e o desenvolvimento da TB. O objetivo deste trabalho será conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo TGFB1 +29 na TB. Para isso, serão estudadas amostras do biorrepositório de DNA da pesquisadora orientadora, oriundo de pacientes com TB e TB/HIV (n&#10878;100) do Ambulatório de Tisiologia do Centro de Saúde Integrado de Presidente Prudente e de controles (n&#10878;200) do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente. A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo TGFB +29 será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR) e p-valor, adotando como medida de significância estatística p<0,05.

Protocolo: 4660 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JACQUELINE FERNANDES BENATTI MARTINS
GABRIELE CAVALHERI DE OLIVEIRA
CAIO LUIS MICHELON COSTA
FABIO AUGUSTO DOS SANTOS
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Os anticoagulantes orais estão há décadas no mercado e vêm sendo utilizados como terapia em pacientes com distúrbio na coagulação. Dentre eles, a varfarina composta pela antivitamina K é a principal droga utilizada como intervenção medicamentosa para tratamento de coagulação e apresenta boa adesão terapêutica. O fibrato é um medicamento utilizado para tratamento de hipertrigliceridemia endógena. Para pacientes com nÍveis elevados de triglicerídeos (>500) e alterações dos exames de coagulação, são administrados fibrato e anticoagulantes e essa associação medicamentosa administrada incorretamente pode causar aumento no tempo de protrombina, requerendo monitorização dos exames de coagulação do paciente. Objetivo: Avaliar a interação medicamentosa de anticoagulantes compostos por antivitamina K e hipolipemiantes compostos por fibrato no monitoramento do tempo de protrombina no município de Presidente Prudente - SP, no período de janeiro de 2014 a janeiro de 2018. Métodos: Os dados coletados (idade, sexo, patologias, tratamentos medicamentosos relatados pelos pacientes e resultados de exames do tempo de protrombina) serão organizados para a determinação de análises das interferências medicamentosas sobre o tempo de protrombina. As variáveis obtidas serão analisadas pelo teste do Qui-quadrado ou pelo Teste Exato de Fisher.

Protocolo: 4530 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 2/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARAIZA ALVES NASCIMENTO
JESSICA LORRAINE ARAUJO NICOLAU
VICTOR CAMPOS
Professor(es): ELIANE SZUCS DOS SANTOS
FERNANDA DE MARIA SERRA
JOYCE MARINHO DE SOUZA

Resumo:
Diarreia em bezerros é uma das causas mais comuns e importantes de perdas econômicas na cadeia produtiva de bovinos. Os agentes patogénicos mais comuns associados à diarreia em bezerros são Rotavírus, Corona vírus, Salmonella spp., e a componente da microbiota intestinal Escherichia coli. Para manter a saúde animal, alguns programas sanitários que adotam medidas preventivas como vacinação são impostos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e pelos órgãos estaduais de defesa sanitária animal. No entanto, nem todas as doenças estão incluídas em programas sanitários. Embora não exista a obrigatoriedade de medidas de controle de algumas doenças, há no mercado vacinas disponíveis para a maioria das enfermidades que acometem os rebanhos bovinos. Á medida que é feito o sequenciamento do genoma de muitas espécies, a genômica comparativa assume grande importância e procedimentos computacionais para correlação entre organismos no nível molecular tornam-se essenciais. Pesquisas comparativas têm sido utilizadas para estudos funcionais do genoma, por exemplo da análise dos genes de bactérias E. coli patogênicas e não-patogênicas para identificação de genes relacionados às doenças que estes provocam. Frente ao estudo este projeto terá como objetivo analisar a sequência genica obtida da amostra de E. coli isolada de um surto de diarreia em bezerro com as demais sequencias depositadas no GenBank através do programa BLAST genomes de acordo com as recomendações da assessoria da empresa NEOPROSPECTA onde o sequenciamento será realizado.

Protocolo: 4498 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 4/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELOISA NASCIMENTO JORGE
ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Os nitratos e nitritos são aditivos que estão presentes em diferentes tipos de alimentos processados como a linguiça artesanal, com a finalidade de conservação contra a proliferação de microrganismos. Os embutidos são alimentos que contém nitratos e nitritos, que são adicionados segundo a legislação da ANVISA (portaria 1004/1998). Apesar dos efeitos benéficos destes aditivos sobre os alimentos industrializados, podem desencadear problemas à saúde humana, quando seu consumo é excessivo, devido à toxicidade ao organismo. A interação destes aditivos com aminas secundárias e terciárias, presentes nos alimentos produzem N-nitrosaminas, que são compostos potencialmente carcinogênicos, mutagênicas e teratogênicas. No organismo infantil, os nitritos interagem com a hemoglobina afetando o transporte de oxigênio, resultando em condição patológica denominada metemoglobinemia. O objetivo desse trabalho será determinar a presença e concentração de nitrito e nitrato em amostras de produtos cárneos do tipo linguiça artesanal comercializados em mercados e açougues populares. Comparar os teores de nitrato e nitritos encontrados nas amostras com os valores máximos permitidos pela portaria da ANVISA. O método utilizado será por espectrofotometria, na região do visível segundo metodologia preconizada pelo Instituto Adolfo Lutz, que envolve duas fases, sendo a primeira na extração do analito e a segunda sua quantificação. Os resultados das analises laboratoriais serão analisados por meio do teste t-student.

Protocolo: 4469 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA BEATRIZ DE ARAUJO BATISTA
LANIA FRANCINE GONZAGA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO
DENILSON CESAR SCAQUITTO

Resumo:
Introdução: A atenção envolve a capacidade de resposta preferencial a estímulos mais significativos em detrimento de outros. A atenção dividida, é um processo no qual há o processamento simultâneo de diferentes estímulos, prejudicando o desempenho nas várias tarefas e elevando o tempo de resposta em comparação à execução individual das mesmas. Há evidências de assimetrias nos mecanismos de atenção, com privilégio de processamento à direita do espaço. Objetivos: Dentro desse contexto, o objetivo desta pesquisa é verificar a presença de assimetria atencional numa tarefa de atenção dividida, partindo da hipótese de que há alterações no processo atencional com o aumento de tarefas. Metodologia: Os participantes, jovens adultos saudáveis de ambos os sexos, farão o Teste de Landmark (TL), que avalia assimetrias dos mecanismos de atenção, isoladamente ou com uma tarefa concorrente e os resultados do teste nas duas condições serão comparados entre si. Análises: Os resultados serão analisados como porcentagens médias de erro na condição isolada e com a tarefa concorrente, por gênero. Uma análise de variância (ANOVA) para medidas repetidas será utilizada para comparar o número de erros e, outra ANOVA, para comparar os tempos de reação.

Protocolo: 4515 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 6/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA GIMINIANO SUNIGA
MARIA ISABELLA PEREIRA CAIXETA
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Dentre os vários agentes etiológicos envolvidos nas doenças diarreicas, cepas de Escherichia coli é um dos mais importantes, uma vez que as características particulares de virulência destes agentes evoluíram pela aquisição ou transferência de genes horizontais. Durante as primeiras semanas de vida, distúrbios do trato digestório têm sido frequentemente relatados na patologia de bezerros. Das diferentes causas de diarreia em bezerros, a Escherichia coli enterotoxigênica é uma das causas mais comuns de diarreia bacteriana. Atualmente, a análise genômica de microrganismos encontra-se em fase exponencial, uma vez que muitos genomas de bactérias tanto patogênicas quanto não patogênicas foram sequenciados e depositados nos bancos de dados juntamente com suas informações associadas; essas informações possibilitam a abertura de novas linhas de pesquisa, tais como a genômica funcional e proteômica que são mais informativas e eficientes na compreensão da biologia dos microrganismos e suas relações com o meio ambiente. Além disso, a análise comparativa de genomas bacterianos tem contribuído para a identificação de novos mecanismos adaptativos e tem permitido inferências nos aspectos evolutivos dessas formas de vida. Diante deste fato o objetivo deste trabalho será realizar o sequenciamento genético da amostra de E. coli isolada de surto de diarreia em bezerros. A biblioteca genômica da amostra de E. coli será sequenciada utilizando-se o equipamento Miseq Sequencing System (Illunima Inc., USA), com o Kit V2, 250 ciclos e sequenciamento paried-end. Montagem das Leituras e Anotação do genoma: O software A5 será utilizado para montagem dos reads sequenciados; renovação dos adaptadores, filtragem de qualidade e correção de erros na geração dos contigs e scaffolds. Adicionalmente, o software CAP3 será utilizado para aprimorar a montagem dos scaffods, revisando as regiões de baixa qualidade e corrigindo possíveis ligações errôneas entre as contigs. Estas sequencias genômicas pré-montados serão então anotadas utilizando software Prokka (doi:10.1093/bioinformatics/but153). Vale mencionar que esse sequenciamento será realizado pela empresa NEOPROSPECTA pesquisa e consultoria AS.

Protocolo: 4499 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 4/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELOISA NASCIMENTO JORGE
ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
A Tuberculose (TB) é uma doença com alto índice de prevalência em indivíduos associados ao sistema prisional, como os servidores penitenciários. A exposição ao Mycobacterium tuberculosis (M. tuberculosis), aumenta o risco de TB latente, que, quando em associação a fatores de risco, eleva a chance para o desenvolvimento da TB ativa. O diagnóstico tradicional da TB latente é realizado através da prova da tuberculina (PPD), mas como apresenta limitações quanto à sua efetividade e interpretação, atualmente foram implantados os ensaios de liberação de IFN-&#947; (IGRAs), que avaliam a resposta de células T CD4+ e T CD8+ frente a antígenos do M. tuberculosis, apresentando melhores resultados em relação ao PPD. No Brasil existem poucos estudos avaliando a TB latente através dos IGRAs e sua associação de fatores de risco em servidores penitenciários, desse modo, o estudo pretende entender melhor essa dinâmica. O trabalho tem como objetivo avaliar a prevalência da tuberculose latente e de fatores de risco para o desenvolvimento da tuberculose ativa em servidores de uma unidade prisional do Oeste Paulista. Para isso, serão estudados servidores penitenciários de uma unidade prisional do Oeste Paulista (n = 250), que serão submetidos ao teste intradérmico PPD, coleta de sangue periférico para a avaliação do QFT e da síndrome metabólica (hemoglobina glicada, triglicérides, HDL e colesterol total), tomada de medidas antropométricas e responderão a um questionário estruturado para a avaliação sociodemografica, do uso de álcool e tabaco, avaliação de depressão, ansiedade e stress e conhecimento sobre a tuberculose. Os participantes serão avaliados em dois momentos, com intervalo de um ano, para verificar a soro conversão ou reversão dos testes para a TB latente e reavaliação dos fatores de risco. A relação entre as variáveis serão calculadas pelo teste qui-quadrado de Pearson e os fatores de risco relacionados à infecção latente da tuberculose serão avaliados pela regressão logística com o cálculo das odds ratios (OR) e seus respectivos intervalos com 95 de confiança.

Protocolo: 4892 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDO NUNES GAVIOLI BONI
AMANDA APARECIDA SILVA DE AGUIAR
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A cozinha piloto é um departamento beneficiado pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar onde as refeições são preparadas e posteriormente distribuídas para as escolas municipais. Além dos aspectos nutricionais, as condições higiênico-sanitária são essenciais para a proteção e promoção da saúde dos estudantes, uma vez que a incidência de Doenças Transmitidas por Alimentos tem crescido mundialmente de modo a serem consideradas um problema de saúde pública preocupante. A contaminação por origem bacteriana é uma das fontes que contribui para a alta incidência de doenças veiculados por alimentos, sendo que a ingestão de enterotoxinas estafilocócicas pré-formadas nos alimentos está envolvida em grande maioria dos casos. Portanto este trabalho tem como objetivo a identificação de Staphylococcus sp. isolados de profissionais de uma cozinha-piloto, assim como a detecção molecular dos genes das enterotoxinas estafilocócicas clássicas. Desse modo serão analisadas 32 amostras bacterianas obtidas de fossas nasais e parte inferior de unhas de manipuladores de alimento. Esses isolados bacterianos serão identificados por provas bioquímicas e por PCR multiplex. Os genes das enterotoxinas clássicas A, B, C e D (genes sea, seb, sec e sed) serão pesquisados pela técnica de PCR.

Protocolo: 4470 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA DO NASCIMENTO PEREIRA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Embora a maioria dos estudos sobre o desenvolvimento folicular foque a fase folicular antral, um melhor entendimento da fisiologia preantral é necessário para a compreensão do processo em sua totalidade, uma vez que eventos pré-antrais podem determinar o desempenho dos folículos no estágio antral. O mecanismo de remodelação do tecido ovariano em fetos bovinos formado é pouco descrito, principalmente no que diz respeito aos componentes da matriz extracelular. Por esse motivo a análise fractal faz-se como ferramenta útil com o objetivo de identificar e quantificar alterações teciduais. Baseando-se nisso, este projeto objetiva investigar o remodelamento tecidual e quantificar o colágeno durante o desenvolvimento do ovário de fetos bovinos ao longo da gestação, por meio da coloração de lâminas histológicas com Hematoxilina-Eosina, Picrosirius-Hematoxilina e analisadas através da Dimensão Fractal. Os achados da presente proposta permitirão um melhor entendimento dos processos biológicos envolvidos na dinâmica da Foliculogênese preantral.

Protocolo: 4462 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA PELICHO HERNANDES
AMANDA LETICIA COALHO FERREIRA
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO
LEONARDO DE OLIVEIRA MENDES

Resumo:
Atualmente são conhecidos mais de 250 tipos diferentes de Doenças Transmitidas por Alimentos (DTA). As Bactérias Ácido Láctica (BAL) produtoras de bacteriocinas tem despertado grande interesse das indústrias de alimentos por terem a capacidade de produzir um peptídeo com capacidade antimicrobiana que pode ser utilizado na biopreservação de alimentos. O presente trabalho tem como objetivo a avaliação da aplicação das BAL bacteriocinogênicas isoladas de queijo minas frescal na bioconservação de alimentos. Serão utilizadas utilizados 34 isolado de bactérias láticas provenientes de amostras de queijo minas frescal coletadas na cidade Presidente Prudente. Essas amostras serão avaliadas quando a atividade antimicrobiana a Escherichia coli e Listeria monocyogenes. Além disso será avaliado a natureza proteica das substâncias produzidas por elas, será avaliado tolerância a ambientes ácidos simulando o trato gastrointestinal, será realizado antibiograma e sequenciamento dos isolados bacteriocinogênicos para sua completa identificação. Por fim será realizado a aplicação destes microrganismos na biopreservação dos alimentos. Os experimentos serão realizados em triplicatas e nas análises estatísticas será considerado um nível de significância de 0,5. Neste contexto espera - se identificados novos tipos de BAL produtoras de bacteriocina que possam ser usadas nos processos para conservação alimentar.

Protocolo: 4478 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EMILI BRUNA TOSO BUENO
CAMILA DA SILVA FERREIRA
YURI ALLISSON DE MORAES
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
VALERIA CATANELI PEREIRA
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
Surtos de diarreia são comuns em fazendas brasileiras, sendo a maior causa responsável desse quadro a bactéria Escherichia coli. Tais distúrbios entéricos geram perda econômica para os produtores de leite e carne, uma vez que, ao serem diagnosticados com colibacilose, os bezerros neonatos são deixados de lado em decorrência do patógeno comprometer sua produção nas fazendas. A diarreia em bezerros neonatos é descrita como uma síndrome multifatorial visto que, pode ser resultante da interação de diversos fatores como imunidade do animal, ambiente de criação, nutrição do bezerro e micro-organismos patogênicos, dando ênfase ao período após o nascimento, onde os cuidados e proteção aos bezerros devem ser maiores devido a sua elevada susceptibilidade a infecções. Do ponto de vista econômico brasileiro, é importante que se tenha um mecanismo efetivo para combater a síndrome diarreica pois grande parte da economia do Brasil é sustentada pelo cultivo da agricultura e principalmente da produção pecuária. Atualmente, encontram-se disponíveis no mercado, vacinas de perfil hexavalente, que interferem na qualidade do colostro que tem como função garantir saúde e fornecer anticorpos que não são passados pela placenta, dessa forma se estabelece uma certa proteção nos primeiros dias de vida do bezerro. Tal trabalho tem os objetivos de análise e caracterização do agente etiológico presente em amostra de fezes de bezerros com diarreia obtidas de uma fazenda na região do oeste paulista afim de evitar mais perdas econômicas de bezerros neonatos

Protocolo: 4480 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Narguilé é uma forma de uso de tabaco através do aquecimento e destilação da essência. Dentre os compostos presentes no tabaco, alguns são tóxicos e liberados pelo calor, incluindo os metais. O objetivo deste trabalho será identificar e quantificar os níveis dos metais alumínio, cromo, cadmio, chumbo e níquel na água do vaso e do carvão. O método será espectrometria de absorção atômica após a digestão ácida das amostras de água do vaso e de carvão utilizados no narguilé. Os resultados serão analisados por ANOVA, análise de variância, com nível de significância p<0,05.

Protocolo: 4500 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIO LIMA MACARINI
GIOVANA CANDIOTTI SCALADA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
O presente projeto reflete a importância em se investigar o efeito do treinamento intervalado de alta resistência (HIIT), sobre a morfologia espermática e a espermatogênese de ratos espontaneamente hipertensos (HSR), com o objetivo de estudar se ocorrerá ou não alterações na morfologia dos espermatozoides, na espermatogênese e ainda correlacionar a influência do HIIT sobre a modulação dos efeitos negativos da hipertensão e se poderá ser indicado para indivíduos hipertensos. Para isso foram colhidos os espermatozoides do ducto deferente e testículos de ratos de um outro experimento com hipertensão espontânea (SHR), machos, adultos. Metade dos SHR foram submetidos ao HIIT, de acordo com o protocolo elegido. Como controle positivo foram utilizados ratos da linhagem Wistar-Kyoto sem hipertensão. Após o período do experimento, os ratos foram mortos e os espermatozoides do ducto deferente foram refrigerados para posterior análise morfológica. Os testículos foram colhidos para histologia testicular. Os resultados serão analisados quanto ao pressuposto de normalidade empregando-se o teste de Shapiro-Wilk; as variáveis com distribuição paramétrica serão submetidas ao teste análise de variância (ANOVA) para comparar as médias dos três grupos, seguida do teste de Tukey.

Protocolo: 4418 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 3/2020 Programa: PIBIC-EM - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica para o Ensino Médio
Aluno(s): NATHALIA FRANCO PIN MUNHOZ
LARA MARIA VASCONCELLOS GUIMARAES
THAYNA FERNANDA PEREIRA DE GODOY
RODOLFO DAHLEM MELO
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
KATIA CRISTINA DE MELO TAVARES VIEIRA
MARGARETE JARDINETTI DE OLIVEIRA
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
FRANCIS LOPES PACAGNELLI
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
ANA PAULA ALVES FAVARETO

Resumo:
Vários enteropatógenos estão associados com diarreia em bezerros neonatos e a sua prevalência relativa varia geograficamente, mas as infecções mais prevalentes na maioria das áreas são Escherichia coli, Rotavírus, Coronavírus e Salmonella spp. E. coli é uma das principais causas de diarreia bacteriana em bezerros durante a primeira semana de vida e pelo menos dois tipos distintos de doença diarreica são produzidos por este microrganismo. Casos de diarreia neonatal são comumente associados a mais de um desses agentes, e a causa da maioria dos surtos é multifatorial. Determinar os agentes particulares associados a um surto de diarreia pode ser importante, porque a terapia específica e a profilaxia estão disponíveis para alguns desses agentes. Portanto, o objetivo desse estudo é a realização da caracterização molecular e uma amostra de E. coli isolada como causa de surto de diarreia em bovinos jovens na Região Oeste de São Paulo, SP, Brasil.. Palavras-chave: Diarreia bacteriana, enteropatógenos, bezerros neonatos.

Protocolo: 4317 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 12/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ELOISA NASCIMENTO JORGE
ROBSON DIEGO SILVA GONCALVES
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
Introdução: O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico no mundo. Os agrotóxicos são definidos como produtos e agentes de processos químicos ou biológicos, classificados de acordo com a sua natureza e toxicidade. O ácido diclorofenoxiacético (2,4D) é um herbicida utilizado no Brasil em colheitas de cana-de-açúcar. Ele pertence a classificação mais tóxica e pode causar diversos danos, dentre eles os cardiovasculares. Objetivo: Avaliar o uso oral do grupo de baixa e alta concentração do herbicida 2,4-D no coração de ratos submetidos à exposição crônica, por meio de análise imunohistoquímica e bioquímica. Métodos: 30 ratos Wistar albinos machos, serão divididos em 3 grupos: GCO - grupo controle oral (n=10) receberão ração pulverizada com água destilada, GBCO - grupo de baixa concentração oral (n=10) receberão ração pulverizada com pesticida com 3,71 x 10³ gramas de ingrediente alvo por hectare (g.i.a/há) e GACO - grupo de alta concentração oral (n=10) que receberão ração pulverizada com pesticida 9,28 x 10³ gramas de ingrediente alvo por hectare (g.i.a/há). O tempo de exposição da ração será de aproximadamente 15 minutos, a ração dos animais de todos os grupos será pesada a cada troca para a avaliação da quantidade de ingestão. Os animais serão expostos durante 6 meses e após este período serão eutanasiados e o coração será retirado para avaliação. Para análise estatística será realizada a avaliação pelo teste Shapiro-Wilk. Para os dados que forem paramétricos será utilizado ANOVA seguido de Tukey, para os dados não paramétricos será utilizado Kruskal-Wallis seguido do pós teste de Dunns. Os dados serão expressos em médio ± desvio padrão, mediana, mínimo e máximo. Será utilizado o software GraphPad Prism. O nível de significância a ser considerado será de p<0,05.

Protocolo: 4397 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 12/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAISSA DE OLIVEIRA MANTOVANI
JULIA TAVARES FELIX
UERVERTON DA SILVA FERNANDES ROCHA
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
YUDNEY PEREIRA DA MOTTA

Resumo:
Introdução: O Brasil é o maior consumidor de agrotóxico no mundo. Os agrotóxicos são definidos como produtos e agentes de processos químicos ou biológicos, classificados de acordo com a sua natureza e toxicidade. O ácido diclorofenoxiacético (2,4D) é um herbicida utilizado no Brasil em colheitas de cana-de-açúcar. Ele pertence a classificação mais tóxica e pode causar diversos danos, dentre eles os cardiovasculares. Objetivo: Avaliar o uso oral do grupo de baixa e alta concentração do herbicida 2,4-D no coração de ratos submetidos à exposição crônica, por meio de análise imunohistoquímica e ecocardiográfica. Métodos: 30 ratos Wistar albinos machos, serão divididos em 3 grupos: GCO - grupo controle oral (n=10) receberão ração pulverizada com água destilada, GBCO - grupo de baixa concentração oral (n=10) receberão ração pulverizada com pesticida com 3,71 x 10³ gramas de ingrediente alvo por hectare (g.i.a/há) e GACO - grupo de alta concentração oral (n=10) que receberão ração pulverizada com pesticida 9,28 x 10³ gramas de ingrediente alvo por hectare (g.i.a/há). O tempo de exposição da ração será de aproximadamente 15 minutos, a ração dos animais de todos os grupos será pesada a cada troca para a avaliação da quantidade de ingestão. Os animais serão expostos durante 6 meses e após este período serão eutanasiados e o coração será retirado para avaliação. Para análise estatística será realizada a avaliação pelo teste Shapiro-Wilk. Para os dados que forem paramétricos será utilizado ANOVA seguido de Tukey, para os dados não paramétricos será utilizado Kruskal-Wallis seguido do pós teste de Dunns. Os dados serão expressos em médio ± desvio padrão, mediana, mínimo e máximo. Será utilizado o software GraphPad Prism. O nível de significância a ser considerado será de p<0,05.

Protocolo: 4396 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 12/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAISSA DE OLIVEIRA MANTOVANI
FERNANDO NUNES GAVIOLI BONI
Professor(es): FRANCIS LOPES PACAGNELLI
YUDNEY PEREIRA DA MOTTA

Resumo:
Enterococcus spp. são cocos gram positivos que apresentam grande relevância clínica por causarem infecções do trato urinário e bacteremia em indivíduos hospitalizados, com altas taxas de morbidade e mortalidade. Além de apresentar capacidade de sobrevivência por longos períodos em ambiente hospitalar, os Enterococcus spp. ainda apresentam resistência intrínseca a cefalosporinas e possível resistência adquirida a glicopeptídeos, penicilinas e aminoglicosídeos. Os enterococos possuem a capacidade de secreção de pili na superfície da célula bacteriana, capaz de promover a adesão a superfícies bióticas ou abióticas. Outro fator relacionado é produção de gelatinase e proteases pelo sistema quorum sensing que promovem a lise de proteínas, favorecendo a formação estrutural tridimensional do biofilme de enterococos. Diante dessa realidade, o objetivo do presente trabalho é identificar o perfil de sensibilidade a antimicrobianos de isolados de ambiente hospitalar e sua capacidade de formação de biofilme em diferentes condições de temperatura de pressão de oxigênio. Serão utilizadas amostras de 56 leitos de UTI, já previamente coletados pelos integrantes do trabalho intitulado: "Pesquisa de Cocos Gram Positivos Multirresistentes em Ambiente da UTI de um Hospital Regional do Interior do estado de São Paulo", protocolo CPDI nº 3274. As amostras serão submetidas a testes de sensibilidade a antimicrobianos pela técnica de disco difusão e avaliação da formação de biofilme em diferentes condições de temperatura e pressão de oxigênio. Espera-se encontrar cepas multirresistentes, uma vez que esses isolados estavam expostos a pressão seletiva no ambiente hospitalar pelo uso de desinfetantes, bem como fortemente formadoras de biofilme.

Protocolo: 4384 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIS GUSTAVO GONCALVES DE ARAUJO
ARIELI GOBBO DOGNANI
YEDA LORENA DA SILVA BISPO
ISABELA WENDEBORN THOME
INGRID FRANCISQUETI DA SILVA
JOAO PEDRO BRAMBILLA EDERLI
MURILO NEVES DO NASCIMENTO
DHARA CAVALCANTI DE OLIVEIRA
ANA PAULA MARQUES ANDRADE
MARIA ISABELLA PEREIRA CAIXETA
CAROLINE LUCIO MOREIRA
Professor(es): CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA
JOYCE MARINHO DE SOUZA

Resumo:
A obesidade é uma doença crônica associada a fatores sociais, comportamentais, ambientais, culturais, psicológicos, metabólicos e genéticos. É caracterizado pelo acúmulo excessivo de gordura corporal, ou seja, tecido adiposo que resulta em um desequilíbrio energético prolongado, podendo ser causado por excesso de consumo de calorias e inatividade física, comprometendo a saúde dos indivíduos. O objetivo do presente trabalho é avaliar o excesso de gordura corporal através do calculo IMC e classificar cada categoria de acordo com os dados obtidos associando os fatores de riscos, o triglicérides e colesterol em mulheres com sobrepeso. Será constituído de 20 voluntárias, sexo feminino, com faixa etária entre 18 a 35 anos, as quais apresentam acúmulo de gordura abdominal de pelo menos 1,5 cm de prega cutânea supra ilíaca, em uso de contraceptivo oral e sedentárias, classificadas assim, pelo Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ). O delineamento do estudo compreenderá 12 visitas ao centro de estética, nas quais serão realizadas as avaliações antropométricas iniciais e finais (medidas de perimetria abdominal, relação cintura e quadril e índice de massa corpórea e bioimpedância), e ás sessões de aplicação da terapia combinada (ultrassom focalizado de alta potência -SONOFOCUS).Essas intervenções serão acompanhadas pelas medidas do triglicérides e colesterol, IMC e a avaliação autonômica. A avaliação autonômica acontecerá na primeira e na décima segunda sessão, antes e após a aplicação da intervenção, os intervalos R-R nestes períodos serão obtidos por meio cardiofrequencímetro Polar S810i e serão analisados os índices no domínio do tempo (RMSSD, SDNN) e no domínio da frequência (HF, LF un e ms2). Após realizada normalidade dos dados, a análise dos efeitos sobre a composição corporal será a aplicado os teste de T Student ou teste Wilcoxon, e para as comparações entre as variáveis de triglicérides e colesterol encontrados nos momentos pré e pós-intervenção será feita por meio de Anova One-Way. O nível de significância será estabelecido em p <0,05 para todos testes.

Protocolo: 4329 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA FERREIRA DE LIMA
YARA FELIPPE BUENO CROSCIOLI
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER
ANA CLARA CAMPAGNOLO GONÇALVES TOLEDO

Resumo:
O hormônio do crescimento (GH) é frequentemente utilizado de forma indiscriminada por indivíduos que buscam um melhor desempenho físico, com finalidade de aumentar a massa muscular, o que pode levar a efeitos não desejados no organismo. Até o momento, não foi investigado o uso frequente de GH combinado ao exercício físico na expressão de genes na gônada feminina. O objetivo do presente projeto é investigar a expressão gênica relativa do GHR em ovários de ratas Wistar que foram submetidas ao uso do GH associado ou não ao exercício físico, como modelo experimental de humano. Para tanto, 40 ratas foram divididas em um outro projeto anterior (1014) em 4 grupos: CT (grupo sem exercício físico e sem administrar GH), GH (grupo sem exercício físico e com administração de GH), Ex (grupo com exercício físico e sem administração de GH) e ExGH (grupo com exercício físico e com administração de GH). Os ovários armazenados em TRIZOL serão utilizados para a expressão relativa do GHR por RT-qPCR. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 4269 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 7/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDREA SATIKO MURATA
ALINE DE OLIVEIRA SANTOS
GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O aumento das infecções sexualmente transmissíveis atinge hoje um grande número de indivíduos, e tem se tornado um problema para a saúde pública mundial. Nas últimas décadas, houve um aumento significativo de ISTs (infecções sexualmente transmissíveis) entre a população que se encontra na faixa etária superior a 60 anos. A melhoria do acesso a saúde, trouxe como consequência melhores condições de qualidade de vida a população idosa, prolongando a vida sexual dessa população. Em contrapartida a sexualidade vivida sem informação os torna bastante vulneráveis às infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), dentre elas a Sífilis Adquirida. O município de Álvares Machado, está localizado no extremo Oeste Paulista, com uma população estimada de 24.651, sendo que cerca de 21,4 da população é composta por idosos, tornando-se relevante a investigação para verificar a prevalência de sífilis. O objetivo deste estudo é conhecer e analisar as representações sociais da sífilis na população idosa do munícipio de Álvares Machado/SP, aplicando questionário segundo a Teoria das Representações Sociais, a fim de conhecer o comportamento sexual desses idosos e analisar as representações sociais dessa população frente a essa IST e avaliar o perfil sorológico dessa população frente à Sífilis, através do kit diagnóstico treponêmico para sífilis de acordo com as orientações da portaria 3.242/11. Para a análises desses resultados serão utilizados - Análise lexical das Representações Sociais com o auxílio do software ALCESTE, Análise da estrutura das Representações Sociais com o apoio do software EVOC, Análise da centralidade dos elementos das Representações Sociais, efetuando o cálculo de frequência/porcentagem das palavras principais indicadas pelos sujeitos. As variáveis serão tabuladas e apresentadas por meio de figuras e tabelas, e os dados quantitativos serão submetidos a testes de normalidade dos erros e homogeneidade das variâncias para escolha do teste estatístico mais adequado. O presente estudo pretende auxiliar na promoção de estratégias futuras e intervenções junto a essa população para conscientização e sensibilização, na manutenção de uma vida sexual saudável.

Protocolo: 4172 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 1/2021 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIANE MARIA PERES TAVARES DE ALMEIDA
RICARDO KUNIYOSHI MATSUNO
SOLANGE APARECIDA MEURER BORDIN
Professor(es): ALINE APARECIDA BURIOLA
ROSANA LEAL DO PRADO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
JOYCE MARINHO DE SOUZA

Resumo:
Introdução: A resposta imune contra a leishmania conduz à produção de citocinas inflamatórias, como a IL-1&#945; e o TNF-&#945;, que induzem a produção da pentraxina 3 (PTX3) por células da resposta imune, como células dendríticas, macrófagos e neutrófilos, sendo uma proteína pertencente à família das pentraxinas de cadeia longa, considerada um marcador de fase aguda da resposta inflamatória. Níveis de PTX3 foram correlacionados com a gravidade da apresentação clínica da evolução de doenças infecciosas, podendo representar um bom marcador biológico para o acompanhamento do processo inflamatório e atividade. Estudos verificaram uma associação de SNPS no gene da PTX3 com processos infecciosos, entretanto, para o nosso conhecimento, não existem estudos que avaliaram o gene da PTX3 associado à leishmaniose visceral na população brasileira, portanto, o projeto de pesquisa proposto, do tipo caso-controle, poderá contribuir para um melhor entendimento da resposta imune à leishmaniose visceral, através da associação do SNP PTX3 (rs3816527) à susceptibilidade, evolução clínica, diagnóstico e acompanhamento do tratamento de pacientes com leishmaniose visceral no Brasil. Objetivo: Conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo PTX3 (rs3816527) na leishmaniose visceral. Método: Serão estudados doentes com leishmaniose visceral (n &#8805; 100) e doadores de sangue como controles (n &#8805; 200). A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo PTX3 (rs3816527) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR) e p-valor, adotando como medida de significância estatística p<0,05.

Protocolo: 4197 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 1/2019 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA APARECIDA POLIDO
JULIANE CAROLINE MARQUES INACIO
VINICIUS CARLOS DE OLIVEIRA
ANA RUBIA ALCANTARA PELLOSO
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
PATRICIA RODRIGUES NAUFAL SPIR
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A candidíase é uma infecção fúngica causada por espécies de leveduras do gênero Candida. Quando desenvolvida na mucosa oral esta infecção pode estar relacionada a má higienização da prótese, o que facilita a formação de biofilmes, que por sua vez promove a proteção contra drogas antifúngicas, tornando assim o microrganismo resistente a terapia antifúngica. O presente trabalho objetiva determinar o perfil de sensibilidade ao fluconazol, cetoconazol, miconazol e nistatina de amostras de do gênero Candida, coletadas de próteses dentárias de pacientes atendidos na clínica de odontologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), após a formação de biofilmes sobre superfície de resina a base de polimetilmetacrilato. Serão estudadas amostras capazes de formar biofilmes em uma superfície de resina a base de polimetilmetacrilato. Após a formação do biofilme a será realizado o teste de sensibilidade aos antifúngicos empregando-se o método de microdiluição de AFST-EUCAST. Serão determinados os valores de concentração inibitória mínima (CIM) de cada droga e a análise estatística será realizada pelo programa SPSS 19.0 pelo teste de Mann-Whitney ou de Kruskal-Wallis.

Protocolo: 4153 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ROSANA SOARES DA SILVA
WILLER DANIEL SILVERIO TEIXEIRA
Professor(es): FABIANA GOUVEIA STRAIOTO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
S. aureus é uma bactéria oportunista comumente encontrada na mucosa nasal humana, que pode causar uma série de infecções. Um dos agravantes nas possíveis infecções causadas por S. aureus é a resistência desse microrganismo aos antimicrobianos, sendo Staphylococcus aureus resistentes à meticilina (MRSA) uma grande preocupação principalmente entre os pacientes hospitalizados. Essas cepas podem ser classificadas em HA-MRSA (Hospital-acquired [adquiridos no hospital] - MRSA) e CA-MRSA (Community associated [associados a comunidade]-MRSA) através da tipagem do Cassete Cromossômico staphylococico mec (SCCmec). Assim, esse estudo visa a caracterização de S. aureus isolados das cavidades nasais de estudantes universitários, quanto a presença do gene mecA e tipagem do SCCmec. Serão utilizadas amostras bacterianas de S. aureus isoladas de alunos do curso de biomedicina, já isoladas e identificadas em projeto anterior. Será realizado o teste de susceptibilidade aos antimicrobianos através do método de disco difusão; PCR para detecção dos genes mecA e pvl e PCR multiplex para a determinação do SCCmec. Para análise dos resultados obtidos será utilizado o Teste de X2. O nível de significância para todos os testes será fixado em p<0,05.

Protocolo: 4146 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO LUCAS AGUIAR MORAES LIBERALINO
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
As leveduras do gênero Candida podem ser consideradas patógenos oportunistas, sendo a principal levedura relacionada a Infecções Relacionadas à Assistência a Saúde (IRAS). A espécie mais prevalente é a Candida albicans que apresenta fatores de virulência importantes, que permitem sua sobrevivência em condições adversas, como formação de biofilme e modulação do pH do ambiente. A pressão seletiva ambiental pode favorecer a seleção de leveduras capazes de se manterem viáveis em superfícies abióticas por longos períodos, mesmo após desinfecção. Tendo em vista a relevância da C. albicans no ambiente hospitalar o presente trabalho objetiva analisar a viabilidade desse micro-organismo em diferentes fomites e superfícies hospitalares, sob influência de fluidos biológicos e de desinfetantes. As superfícies avaliadas serão piso cerâmico e colchão caixa de ovo, e os fomites serão tecido de fibras sintéticas e algodão, comumente utilizados no ambiente hospitalar. Será utilizada como micro-organismo para a realização dos testes a cepa padrão de Candida albicans (CCCD-CC001). A levedura será inoculada da seguinte forma: levedura+superfície; levedura+superfície+água; levedura+superfície+fluido (urina, sangue e saliva) na proporção 1:1 e, posteriormente, nas superfícies que apresentarem maior viabilidade, serão inoculadas da seguinte forma: levedura+superfície+desinfetante (hipoclorito 1 e álcool 70); levedura+superfície+água+desinfetante; levedura+superfície+fluido (urina, sangue e saliva) + desinfetante, na proporção 1:1:1. Após a inoculação, as superfícies serão mantidas a temperatura ambiente por 24 horas, 72 horas e a cada 7 dias para posterior leitura de Unidade Formadoras de ColôniasUFC. Para a leitura da UFC as superfícies serão imersas em BHI por 24 horas a 35°C. Após este período, será realizada diluição seriada até 10-9 a partir do inóculo inicial de 3,0x108 (escala de McFarland 1,0). Uma alíquota da maior diluição será semeada em ágar Sabouraud Dextrose pela técnica spread-plate, onde, após incubação, serão contadas as unidades formadoras de colônias (UFC/mL). Os dados serão expressos em Log de base 10 e analisados utilizando testes não paramétricos. O teste de Friedman será utilizado para variáveis dependentes em pares de grupos randômicos, e o Teste de Kruskal-Wallis será utilizado para variáveis independentes. A comparação entre as condições estudadas será realizada utilizando R statistical software (R Foundation for Statistical Computing, Vienna, Austria), sendo considerado como significativo o valor de p<0,05. Espera-se avaliar a viabilidade de C. albicans em diferentes condições similares as de ambientes hospitalares.

Protocolo: 4114 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO LUCAS AGUIAR MORAES LIBERALINO
THAYNA RUIZ FERREIRA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
VALERIA CATANELI PEREIRA
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER
CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA

Resumo:
Introdução: A relação causal do Papilomavírus Humano (HPVs) com o desenvolvimento de neoplasia maligna no colo do útero está bem estabelecida na literatura, e a malignidade depende fortemente dos isotipos virais predominantes. Em homens, a infecção pelo HPV pode causar lesões genitais externas, que incluem lesões histologicamente denominadas de condiloma acuminado (CA) e verrugas vulgares. Adicionalmente, estudos recentes mostram que até 70 de lesões de câncer peniano podem apresentar HPV, mas, apesar da presença evidente do vírus em grande parte dessas lesões, a maioria dos casos de infecção no genital masculino apresenta-se assintomático, e, desta forma, o homem é considerado um reservatório para o vírus. Objetivo: Realizar a detecção e genotipagem do DNA-HPV em amostras de lesões sugestivas de infecção por HPV em homens. Casuística e Métodos: Trata-se de um estudo transversal no qual serão estudadas amostras de lesões sugestivas de infecção por HPV provenientes de biópsia da região genital de homens. Serão incluídas todas as amostras armazenadas no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2009 provenientes do Biobanco CONEP B-005 da Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE. A lesão excisada foi acondicionada em formol a 10 para a fixação do material por 24 horas, desidratados em álcool, diafanizados em xilol e a seguir incluídos em blocos de parafina. Os blocos das amostras selecionadas para o estudo serão seccionados em micrótomo comum, os quais serão desparafinizados em xilol e submetidos à extração de DNA total utilizando-se reagentes comerciais. A presença e genotipagem de DNA-HPV será determinada pela técnica de reação em cadeia da polimerase utilizando-se primers específicos para o DNA viral e para os subtipos virais de interesse HPV 06, 11, 16 e 18. Os dados serão avaliados de acordo com a positividade de HPV e os tipos virais encontrados nas diferentes lesões observadas e a análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 4132 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA APARECIDA SILVA DE AGUIAR
CAROLINE COUTINHO KAIBER
MARJORI CRISTIEN ALONSO TRINDADE
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
A alface é a hortaliça mais produzida no sistema hidropônico, resultado da facilidade de adaptação, rendimento na produção e ciclo mais curto, quando comparado com a produção de alfaces cultivadas em solo. A hidroponia expõe os vegetais às soluções nutritivas com diferentes compostos, dentre eles o nitrogênio na forma nítrica. Assim, pode ser acumulado, em altas concentrações nas folhas dos vegetais, como nitrato. O objetivo deste trabalho será quantificar e comparar o nitrato nas alfaces produzidas por hidroponia e em cultivo em solo. O método utilizado será espectrofotometria após redução de nitrato em nitrito, através da coluna de cádmio, para quantificar o nitrato nas folhas de alface, tanto produzidas por hidroponia e como no cultivo em solo, comercializadas na cidade de Presidente Prudente (SP). Os resultados das quantificações serão comparados entre os tipos de cultivos, através da análise de Variância (Anova), além de comparar os resultados obtidos com as limitações ditadas pela União Européia.

Protocolo: 4077 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 12/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YURI ALLISSON DE MORAES
NIKELE MAIARA MILANI
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
A espécie Staphylococcus aureus atua como agente de uma ampla gama de infecções em pacientes imunocomprometidos no ambiente hospitalar e em indivíduos saudáveis na comunidade. Podem ser encontrados nas narinas que possuem o maior índice de colonização, cuja prevalência é de cerca de 40 na população adulta, podendo ser ainda maior dentro de hospitais, podendo apresentar sinais e sintomas característicos, ou então permanecer como assintomático, apesar de estar colonizado. Uma proporção significativa de infecções resulta da contaminação cruzada e a transmissão de microrganismos pelas mãos dos trabalhadores de saúde é a principal via de disseminação. Algumas cepas denominadas de MRSA (Staphylococcus aureus resistente à meticilina) são resistentes a todos os antimicrobianos beta-lactâmicos. A resistência à meticilina em Staphylococcus spp. é primariamente mediada pelo gene mecA e pelo gene mecA homólogo (mecC). Os profissionais de saúde estão na interface entre hospitais, centros de cuidados de longa duração e casas de repouso, por um lado, e a comunidade, por outro, podem servir como reservatórios, vetores ou vítimas de transmissão cruzada de MRSA. Assim, este estudo tem como objetivo geral caracterizar MRSA em isolados de S. aureus provenientes das cavidades nasais de profissionais de saúde de 5 unidades diferentes do Estratégia Saúde da Família (ESF) do Município de Pirapozinho/SP. Serão analisados S. aureus isoladas das cavidades nasais de profissionais de saúde, que serão por técnicas fenotípicas e genotípicas, detectando MRSA pelo método de disco difusão, pela detecção dos genes mecA e mecC e pela hiperprodução de &#946;-lactamase.

Protocolo: 4017 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA ANGELICA GOTARDI
LETICIA CALIXTO ROMERO
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
O alface está entre os vegetais mais consumidos, então para garantir grandes volumes de produção, o agricultor utiliza agrotóxicos com o objetivo de manter a qualidade dos produtos. Os agrotóxicos, quando presentes nos alimentos, ingeridos diariamente podem desencadear diferentes problemas de saúde. O objetivo do trabalho será determinar, por cromatografia em camada delgada e espectrofotometria, a presença de praguicida, como resíduo, nas folhas de alface após a realização dos tratamentos com as soluções de enxague. O método será inicialmente o cultivo e pulverização das plantas com o Malation. Após o período de cultivo, as folhas serão coletadas e tratadas com água, solução de hipoclorito, bicarbonato e vinagre, por 15 minutos. Posteriormente, o praguicida será extraído com clorofórmio e os extratos serão utilizados para a CCD (cromatografia em camada delgada). Os resultados serão analisados por análise de Variância (Anova), comparando os valores obtidos entre os tratamentos.

Protocolo: 4054 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 11/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAUAN LARISON ROJAS DOS SANTOS
BRUNA DE SOUZA CHAVES
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
IIntrodução: O parto representa um marco na vida da mulher, repercutindo profundamente nos seus planos físico, emocional e social. Embora sendo um processo considerado fisiológico, e que decorre geralmente sem complicações, atualmente tem crescido o uso de técnicas intervencionistas e entre estas, a cesariana. A cesariana sem indicação médica pode acarretar em efeitos adversos para o binômio (mãe/recém-nascido), tais como: aumento do risco de infecção, complicações anestésicas e cirúrgicas, principalmente hemorragias, menor probabilidade de amamentar ou cessação do aleitamento até nas primeiras horas de vida do neonato e além da diminuição da quantidade de leite materno produzido e do tempo total de aleitamento, o parto cesárea parece influenciar na composição do leite, em particular no colostro. O colostro de nutrizes que tiveram parto cesárea apresentou diferença na composição da microbiota, menores níveis proteicos e de anticorpos. Esses achados são bem elucidados na literatura, porém não foram encontrados estudos que associem a via de parto (vaginal e/ou cesárea) com o teor de gorduras do colostro dessas mães. O colostro é a primeira secreção láctea produzida e contém os nutrientes necessários para o desenvolvimento do neonato e os principais componentes são as gorduras, proteínas, carboidratos e vitaminas. Objetivos: Comparar a via de parto no teor de gorduras do colostro de nutrizes com parto vaginal e/ou cesárea e descrever as características gestacionais. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas nutrizes que tiveram parto vaginal e/ou cesárea, atendidas na Maternidade do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período setembro de 2017 a março de 2018. A coleta de colostro será realizada por ordenha manual, até 72 horas após o parto para a dosagem de gorduras, os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados seguindo protocolo estabelecido para o estudo e análise dos prontuários médicos. Todas as nutrizes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 3985 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA AGUIAR DE CAMPOS
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
O leite é um alimento essencial para o ser humano, especialmente por ser o primeiro alimento recebido logo após o nascimento. No entanto, o ser humano é a única espécie que continua a ingestão de leite até a vida adulta. Por isso, a comercialização deste produto ocorre em grande escala como in natura, pasteurizado, esterilizado (UHT- ultra high temnperature) e em pó. Então, na mídia são frequentemente relatadas fraudes em leites. O objetivo da pesquisa será avaliar a presença de adulterantes no leite. O método utilizado será a determinação da qualidade físico-química, microbiológica e a possível ocorrência de fraudes (adulterantes) em amostras de leite que são comercializados na cidade de Presidente Prudente. As amostras serão ao total de cinco (5) marcas conhecidas de leite UHT, adquiridas em supermercados, considerando como critério o lugar mais frequentado pela população residente. Os resultados serão analisados pelo teste de análise de variância Anova.

Protocolo: 4028 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANE CRISTINA DE ARAUJO ALVES
AYLA CHRISTYAN DE ANDRADE ROCHA
MARJORI CRISTIEN ALONSO TRINDADE
ISABELA SANTOS SOUZA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
A revolução industrial na Inglaterra trouxe o aumento significativo de acidentes relacionados ao trabalho, despertando a necessidade de estudo sobre as doenças ocupacionais. No Brasil há um grande número de acidentes e doenças vinculadas ao trabalho, para tanto, foi criada a NR 32 pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) e instituída pela Portaria 485, de 11 de novembro de 2005, que estabelece medidas para proteger a segurança e a saúde dos trabalhadores em qualquer serviço de saúde. O objetivo desse trabalho será quantificar a adesão dos funcionários à NR 32 reduzindo os acidentes relacionados à atividade laboral permitindo o estabelecimento do cumprimento da NR 32 nos diversos setores de um hospital geral no interior do Estado de São Paulo. A metodologia será a aplicação de questionários aos voluntários e levantamento de dados de cumprimento das normas no hospital. Os resultados serão analisados por meio de gráficos, tabelas, desvio padrão, média e coeficiente de variação.

Protocolo: 4113 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA SANTOS ROMAO
PAMELA FRANCO SILVA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
NOD2 é membro de uma emergente família de receptores de reconhecimento padrão do tipo NOD e ao reconhecer o Mycobacterium tuberculosis inicia uma cascata de citocinas pró-inflamatórias econtribui para a depuração da micobactéria. Foi demonstrado que polimorfismos de base única (SNPs) do gene NOD2 conferem susceptibilidade à tuberculose e outras infecções dentro da população humana. Os estudos de SNPs do tipo casos-controles consistem na avaliação de uma população afetada (casos) em relação à uma população normal (controles). Desta forma, a investigação da distribuição de alelos e genótipos do gene NOD2 nos doadores de sangue, considerados indivíduos saudáveis, será essencial para futuras comparações desta distribuição com a de pacientes com diversos patógenos, possibilitando uma melhor compreensão deste receptor na susceptibilidade e/ou proteção frente à tuberculose e outras doenças infecciosas. O objetivo deste trabalho é avaliar a frequência alélica e de genótipos para o polimorfismo NOD2 (rs8057341) em doadores sangue. Para isso, serão estudados doadores de sangue do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente e a frequência alélica e de genótipos do polimorfismo NOD2 (rs8057341) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Serão calculadas as frequências alélicas (números de alelos/cromossomo analisado), frequências genotípicas (número de indivíduos com um determinado genótipo/número de indivíduos total estudado) e frequências de portadores (soma do número de indivíduos homozigotos e heterozigotos para o alelo/número total de indivíduos analisados). Desvio do Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) será testado comparando as frequências de genótipos observadas com as esperadas pela lei de Hardy-Weinberg utilizando o teste de Qui-quadrado, adotando como medida de significância p<0,05.

Protocolo: 5006 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2018 - 9/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDO NUNES GAVIOLI BONI
ANA PAULA BIADOLA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A tuberculose consiste em uma doença infecciosa com importância epidemiológica mundial. Após a exposição ao Mycobacterium tuberculosis, uma resposta imune comprometida, seja pela idade (crianças e idosos), desnutrição, uso crônico de álcool, diabetes e deficiência de vitamina D, pode elevar o risco para o desenvolvimento da doença. Em diversas populações afetadas significativamente pela TB, o HIV coexiste com estes fatores socioeconômicos e ambientais, afetando a exposição, o risco de infecção e de progressão para a doença ativa. A pesquisa de proteínas de fase aguda, como a albumina, que normalmente se encontra diminuída no início do tratamento antituberculose, aumentando com a efetividade do mesmo. No Brasil, 26,7 dos pacientes são tratados sem confirmação diagnóstica de tuberculose pulmonar, com base apenas no quadro clínico-radiológico. Desta forma, o estudo da associação da albumina com a evolução clínica de pacientes com tuberculose pulmonar poderá contribuir para o diagnóstico e o acompanhamento do tratamento antituberculose de pacientes com tuberculose pulmonar. Portanto, o presente trabalho tem o objetivo de avaliar a albumina como marcador da resposta imune da tuberculose pulmonar. Para isso, serão estudados pacientes com diagnóstico de tuberculose pulmonar, maiores de 18 anos de ambos os sexos, que não pertencerem ao sistema penitenciário, em diferentes momentos do tratamento antituberculose: M1: até 2 meses; três a 5 meses e ao final do tratamento (6 meses). Serão obtidos dados clínicos, laboratoriais e de imagem de prontuários e a albumina será dosada através da técnica de colorimetria. Para a avaliação da albumina entre os diferentes momentos do tratamento antituberculose será realizado o teste de Kruskal-Wallis, seguido do teste de Dunn. Para avaliar a correlação da albumina com dos dados dos prontuários será utilizado o teste de Spearman. Serão considerados significativos valores de p < 0,05.

Protocolo: 4487 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO
CHRISTIANE MARTINEZ HUNGARO

Resumo:
A tuberculose consiste em uma doença infecciosa com importância epidemiológica mundial. O Brasil busca seguir o plano recomendado pela Organização Mundial de Saúde, priorizando a detecção antecipada dos casos, o tratamento e a sua cura. Atualmente a baciloscopia e cultura de escarro são os métodos diagnósticos que mais utilizados, porém, já está sendo implantado, em alguns municípios, o teste rápido chamado RTR-TB. Além destes testes realizados na rotina, outros podem ser utilizados para triagem da doença, como a pesquisa de proteínas de fase aguda, como a alfa-1-glicoproteína ácida (AGA), que auxiliam como marcadores de processos agudos de múltiplas causas e no seu monitoramento. No Brasil, 26,7 dos pacientes são tratados sem confirmação diagnóstica de tuberculose pulmonar, com base apenas no quadro clínico-radiológico. Desta forma, o estudo da associação da alfa-1 glicoproteína ácida com a evolução clínica de pacientes com tuberculose pulmonar poderá contribuir para o diagnóstico e o acompanhamento do tratamento antituberculose de pacientes com tuberculose pulmonar. Portanto, o presente trabalho tem o objetivo de avaliar a AGA como marcador da resposta imune da tuberculose pulmonar. Para isso, serão estudados pacientes com diagnóstico de tuberculose pulmonar, maiores de 18 anos de ambos os sexos, que não pertencerem ao sistema penitenciário, em diferentes momentos do tratamento antituberculose: M1: até 2 meses; três a 5 meses e ao final do tratamento (6 meses). Serão obtidos dados clínicos, laboratoriais e de imagem de prontuários e a AGA será dosada através da técnica de turbidimetria. Para a avaliação da AGA entre os diferentes momentos do tratamento antituberculose será realizado o teste de Kruskal-Wallis, seguido do teste de Dunn. Para avaliar a correlação da AGA com dos dados dos prontuários será utilizado o teste de Spearman. Serão considerados significativos valores de p < 0,05.

Protocolo: 4036 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IZABELLY GERALDES SILVA
ANA CAROLINA QUERINO DE SOUSA
PRISCILLA YUKARI UENO
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO
CHRISTIANE MARTINEZ HUNGARO

Resumo:
A imunidade protetora ao Mycobacterium tuberculosis requer além das células Th1, células Th17, produtoras de Interleucina-17A (IL-17 A) a IL-17F. A região promotora do gene da IL17A possui diversos sítios para fatores de transcrição que possuem um papel importante na regulação da expressão da IL-17A e polimorfismos de base única (SNPs) presentes nesse gene podem influenciar na quantidade ou na qualidade da respectiva proteínas codificadas. Apesar de diversos estudos terem avaliado o papel de polimorfismos neste gene, poucos têm associado sua importância com doenças infecciosas. Foi verificado, que pacientes com tuberculose (TB) pulmonar que possuem o alelo A do gene IL17A localizado na rs 7747909 apresentam maiores níveis de IL17A no final (6 meses) do tratamento anti-tuberculose quando comparados com níveis no início (até 1 mês) da terapia e que estes níveis eram maiores do que os controles. Portanto seria importante continuar a avaliar a importância deste SNP na susceptibilidade à tuberculose, para um melhor entendimento do desenvolvimento da TB. O objetivo deste trabalho será conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar a influência do polimorfismo IL17 (rs7747909) na tuberculose. Para isso, serão estudadas amostras do biorrepositório de DNA da pesquisadora orientadora, oriundo de pacientes com tuberculose (n&#10878;100) do Ambulatório de Tisiologia do Centro de Saúde Integrado de Presidente Prudente e de controles (n&#10878;200) do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente. A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo IL17A (rs7747909) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR) e p-valor, adotando como medida de significância estatística p<0,05.

Protocolo: 4198 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): UALTER GUILHERME CIPRIANO ROSA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Apesar do efeito protetor da resposta Th1 contra a tuberculose (TB), algumas citocinas, como o TNF-&#945;, estão correlacionadas com a imunopatogenia da doença. O excesso de resposta inflamatória contra o Mycobacterium tuberculosis é antagonizado pelas citocinas anti-inflamatórias como a IL-4, IL-10, TGF-B e as células Tregs. O TGF-&#946; em baixas concentrações, atua como fator quimiotático para monócitos e induz a secreção de IL-1&#945; e TNF-&#945;. Durante a fase crônica da TB sua produção aumenta tornando-se máxima e inicia processos anti-inflamatório e regenerativo. Já em elevada concentração, desativa macrófagos, inibe a expressão e funcionamento de receptores para IFN-&#947;, IL1-&#945; e IL-2 e diminui a produção do TNF-&#945;, além de aumentar a produção de citocinas do perfil Th2, como IL-10. Sabe-se que polimorfismos de base única (SNPs) presentes nos genes das citocinas podem influenciar na quantidade ou na qualidade das respectivas proteínas codificadas, entretanto poucos trabalhos têm avaliado a influência do gene TGF em doenças infecciosas. Desta forma, conduzir um estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo TGFB1+29 será de fundamental importância para melhor entender o diagnóstico, a susceptibilidade e o desenvolvimento da TB. O objetivo deste trabalhor será conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo TGFB1 +29 na tuberculose. Para isso, serão estudados doentes com tuberculose pulmonar e doadores de sangue como controles. A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo PTX3 (rs3816527) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR) e p-valor, adotando como medida de significância estatística p<0,05.

Protocolo: 4031 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRE APARECIDO DOS SANTOS CORREA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: A tuberculose (TB) é uma doença infecto-contagiosa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis (MTB), responsável por 10,4 milhões de novos casos de TB em 2015 no mundo. A proteção inicial contra o bacilo se dá através do seu reconhecimento por receptores de reconhecimento padrão, como os receptores do tipo NOD. O NOD2 é capaz de reconhecer o dipeptídeo muramil da micobactéria, ativando a via do fator de transcrição NF-&#954;B, induzindo, assim, a transcrição de citocinas pró-inflamatórias, promovendo a ativação dos macrófagos para a produção de óxido ni&#769;trico (NO), um potente agente antimicrobiano no combate à micobactéria. O NOD2 possui um papel importante no direcionamento da resposta imune frente à agentes infecciosos, entretanto poucos estudos avaliaram a associação de polimorfismos gênicos de base única (SNPs) nos genes do NOD2 com a TB e, Para o nosso conhecimento, não existem estudos que avaliaram SNPs no gene do NOD2 associado à tuberculose na população brasileira. Objetivo: investigar a associação genética de polimorfismos no gene NOD2 (rs8057341) com a tuberculose e sua influência sobre a produção de óxido nítrico (NO) e a severidade da tuberculose. Casuística e Métodos: Serão estudados doentes com tuberculose pulmonar e doadores de sangue como controles. A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo NOD2 (rs8057341) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR). A dosagem de NO será realizada pela técnica de ELISA e avaliado através do teste de Kruskal-Wallis, seguido do teste de Dunn. Para a avaliação da severidade da doença será realizada uma análise estatística descritiva dos dados de prontuários avaliados. Após esta avaliação, será realizada a comparação das proporções através do &#967;2 e será calculada a razão de chances (odds ratio) e seu respectivo intervalo de 95 de confiança. Serão considerados significativos resultados com p<0,05.

Protocolo: 4072 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FELIPE ANTONIO BASSOLI NEVES
AIRTON LUCIO DA SILVA
UALTER GUILHERME CIPRIANO ROSA
ANDRE APARECIDO DOS SANTOS CORREA
ANA PAULA BIADOLA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: As gestações de alto risco são aquelas nas quais condições maternas prévias e adquiridas na gestação podem aumentar os riscos de adversidades gestacionais com consequentes morbidades maternas e perinatais, e os principais fatores associados são os antecedentes obstétricos como aborto, restrição de crescimento fetal, diabetes, eclâmpsia/eclâmpsia e prematuridade. Além disso, infecções do trato genital Inferior podem gerar mediadores inflamatórios que contribuem para o desencadeamento das adversidades gestacionais, no entanto, ainda não existem marcadores específicos para prevenir as intercorrências gestacionais decorrentes. Objetivos: O objetivo do presente estudo será caracterizar gestações de alto risco em relação a gestações sem intercorrências quanto aos aspectos sociodemográficos e obstétricos e relacionar o desfecho gestacional com a presença de mediadores inflamatórios no soro materno e lavado vaginal e infecção vaginal. Material e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas gestantes atendidas no Ambulatório de Alto Risco do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de agosto de 2017 a julho de 2018. Gestantes que não apresentem fatores associados ao Alto Risco, atendidas em Estratégias de Saúda da Família de Presidente Prudente, serão incluídas como grupo controle, pareadas à idade gestacional de cada amostra de Alto Risco. Os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados no momento da consulta obstétrica, seguindo protocolo estabelecido para o presente estudo. Os dados referentes aos desfechos gestacionais serão coletados pela análise dos prontuários médicos. Coleta de sangue periférico materno, conteúdo e lavado vaginal serão coletados no momento da primeira consulta obstétrica. O sangue coletado será imediatamente centrifugado e o soro isolado, assim como o lavado vaginal serão acondicionados a -80ºC até o momento das dosagens de citocinas inflamatórias, interleucina (IL)-1&#946;, IL-6, IL-8 e fator de necrose tumoral (TNF)-&#945;, pela técnica de ELISA. As amostras de conteúdo vaginal serão utilizadas para confecção de lâminas que serão coradas pela técnica de Gram e analisadas pelo exame microscópico para identificação do padrão de microbiota vaginal. Todas as gestantes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados demográficos e obstétricos, bem como o perfil dos mediadores inflamatórios e a presença de infecção vaginal serão relacionados ao desfecho gestacional observado. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 4065 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2017 - 8/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA CAUANA MELLUZZI DE ARAUJO
LETICIA AGUIAR DE CAMPOS
LUCIANA VASCONCELOS DE JESUS SOUZA
Professor(es): FERNANDO AUGUSTO BARREIROS
DENISE VASCONCELOS DE JESUS FERRARI
GLILCIANE MORCELI

Resumo:
Meningite é uma síndrome causada pela inflamação das meninges, decorrente de infecção por diferentes etiologias ou por processos inflamatórios e irritativos diversos, tendo importante potencial epidêmico. O principal exame diagnóstico é a análise do perfil quimiocitológico e/ou bacteriológico do liquor. Este estudo tem por objetivo analisar o perfil quimiocitológico de pacientes que receberam o diagnostico de Meningites Bacteriana e que foram internados no Hospital Regional de Presidente Prudente, SP, no período de janeiro de 2007 a junho de 2017, a fim de estabelecer relações entre o os resultados da análise do líquor e o prognóstico observado. Configurar-se-á, portanto, um estudo epidemiológico descritivo, onde será realizada a obtenção de dados secundários mediante consulta aos prontuários destes pacientes. Serão analisados dados referentes ao paciente (alta hospitalar e óbito) e dados referentes ao perfil quimiocitológico do liquor dos mesmos (Leucócitos, polimorfonucleares, proteína e glicose). Os resultados observados serão comparados, tabulados e discutidos, procurando identificar suas possíveis relações. Neste estudo espera-se identificar relações entre o perfil quimiocitológico do líquor e a letalidade relacionada com meningites além de fazer a análise exploratória das principais variáveis de interesse clínico epidemiológico.

Protocolo: 4195 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAIO SEMENSATO BORGES
JORGE FELIPE SIDRACO DA SILVA
FELIPE STUANI BRIGATTO
KAIO MACEL DE CARVALHO CORTEZ
Professor(es): PAULO EDUARDO DE MESQUITA

Resumo:
Introdução: Corioamnionite histológica é uma inflamação das membranas corioamnióticas caracterizada pela presença de neutrófilos, porém apenas metade dos casos apresenta sinais clínicos e sintomas decorrentes. Essa condição histopatológica ocorre em até 80 das gestações pré-termo, ou seja, as que ocorrem antes de 37 semanas de gestação. Nesse cenário, há uma enorme preocupação em relação ao aumento da probabilidade de infecção neonatal em recém-nascidos prematuros, além de outras complicações maternas e neonatais. Objetivo: Avaliar repercussões maternas e neonatais de gestações pré-termo complicadas por corioamnionite histológica. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo envolvendo gestações pré-termo, que foram atendidas no Serviço de Obstetrícia do Hospital Regional, Presidente Prudente, entre o período de Janeiro de 2000 a Dezembro de 2009 e que tiveram a placenta e seus anexos (cordão umbilical e membranas corioamnióticas) submetidos à análise histopatológica. Serão excluídas gestantes portadoras de pré-eclâmpsia, diabetes, anomalias fetais congênitas comprovadas, placenta prévia, infecção urinária e gestações múltiplas. Os dados sociodemográficos das pacientes incluídas no estudo, dos desfechos gestacionais e das repercussões maternas e neonatais serão coletados a partir da análise dos prontuários médicos das gestantes e dos respectivos recém-nascidos. Os dados serão avaliados de acordo com diferentes idades gestacionais e a análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 3896 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA DA SILVA
ANDREZA REIS BATISTA COSTA
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
GLILCIANE MORCELI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
O transtorno afetivo bipolar (TAB) é transtorno mental grave caracterizado por alterações do humor, distúrbios do ritmo circadiano e por constantes flutuações nos níveis de energia, afeto, sono e cognição. A doença é crônica e costuma ter início em adultos jovens, porém pode também começar em indivíduos em faixas etárias mais tardias. Os episo&#769;dios de variação do humor são denominados de mania ou depressa&#771;o; são recorrentes, de duração variável e intercalados por períodos de normalidade do humor ou eutimia. O TAB apresenta grande morbidade, mortalidade e impacto sócio-econômico, uma vez que se associa a elevadas taxas de recorrência, remissão incompleta e recuperação parcial entre os episódios. Mais da metade dos portadores apresentam comorbidades clínicas e utilizam com frequência os serviços de saúde. Mesmo em tratamento, é comum a persistência de sintomas residuais e um comprometimento importante da capacidade funcional e cognitiva dos pacientes. Diversos estudos evidenciam os prejuízos da doença na plasticidade e sobrevivência neuronal e sua influência na ação de neurotransmissores, hormônios, neurotrofinas e mediadores inflamatórios. Pretende-se estudar a presença de biomarcadores inflamatórios em pacientes bipolares no início da doença, com muitos anos de doença e em controles saudáveis. Serão realizadas entrevistas estruturadas com intuito de diagnosticar a doença e avaliar o estado de humor atual dos pacientes. Serão coletadas amostras de sangue para identificar alterações bioquímicas sugestivas de atividade inflamatória Proteína C Reativa (PCR), Velocidade de Hemossedimentação (VHS), alfa-1 Glicoproteína Ácida (AGA), Eletroforese de Proteínas (EP), citocinas Interleucina 2 (IL-2), Interleucina 6 (IL-6), Interleucina 10 (IL-10), Fator de Necrose Tumoral - alfa (TNF-) e óxido nítrico (NO), nos grupos de pacientes e nos controles. A associação entre citocinas inflamatórias e o tempo de doença pode contribuir para uma abordagem terapêutica que tenha como foco aspectos preventivos da neuroprogressão do transtorno afetivo bipolar, colaborando para a busca da compreensão da neurobiologia, além da descoberta de biomarcadores que poderão levar ao desenvolvimento de novas estratégias de tratamento e melhor prognóstico aos pacientes bipolares.

Protocolo: 4029 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 1/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IARA VALOTO SILVA
FABIO MOLINA FERNANDES SILVA
GABRIELI CAMOSSA ARMAGNI
GILMARA PEIXOTO RISTER
Professor(es): ALEXANDRE DUARTE GIGANTE
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Recentes avanços no desenvolvimento e modificação de biomateriais apontam os derivados de concentrado de plaquetas (PRP/FRP, respectivamente plasma rico em plaquetas e fibrina rica em plaquetas) como biomateriais promissores na medicina regenerativa. Além disso, estudos experimentais demonstram efeitos pleiotrópicos das estatinas particularmente às atividades anti-inflamatórias, antioxidantes e imunomoduladoras, além da ação de proliferação celular e de proteção endotelial. Sendo assim, o objetivo deste trabalho será avaliar os efeitos anti-inflamatórios e cicatrizantes da associação do PRP autólogo ou FRP com a rosuvastatina na cicatrização de feridas induzidas experimentalmente em coelhos. Serão utilizados 16 coelhos da raça Nova Zelândia, machos, adultos e submetidos a um procedimento cirúrgico para realização de feridas na região dorsal utilizando um punch de 8mm (duas feridas do lado esquerdo e duas do lado direito). Feito isso, dois grupos serão formados. No grupo 1 (G1), cada ferida será tratada com uma substância diferente: PRP, R, PRP+R. No grupo 2 (G2), cada ferida será tratada com: FRP, R, FRP+R. Em ambos grupos experimentais, uma ferida servirá como controle (solução de NaCl a 0,9). Após a cirurgia, as feridas serão cobertas com ryon estéril e fechadas com curativo adesivo (Band Aid®). No 170 dia, a cicatriz será analisada para classificação e quantificação das fibras colágenas. Para avaliar a área de retração das feridas dérmicas será utilizado o programa computacional Image J. Já para a determinação do tipo de colágeno, bem com sua quantificação, lâminas de biópsia serão coradas e passarão pela técnica de polarização com o corante Picrosirius-red F3BA. O tecido cicatricial será submetido às análises de qualificação e quantificação das fibras colágenas e à extração de RNA total será realizada para avaliar a expressão gênica do colágeno e os genes quantificados por ensaio de PCR em tempo real. A análise estatística seguirá o programa estatístico SPSS, sendo consideradas diferenças significativas quando P<0,05.

Protocolo: 4202 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 10/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELENA MOREIRA
VITORIA RIBEIRO PEREIRA
ELIANE SZUCS DOS SANTOS
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
CECILIA LAPOSY SANTAREM
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A candidíase é uma infecção fúngica causada per leveduras do gênero Candida spp., essas leveduras são frequentemente isoladas da mucosa oral de indivíduos sadios, porém em determinados indivíduos e em situações específicas podem assumir formas parasitaria, produzindo doenças bucais conhecidas como candidose oral, especialmente idosos usuários de próteses, no caso da Candidiase protética. Esta é considerada a infecção fúngica oportunista mais frequente nos humanos. C. albicans é a espécie mais prevalente e com forte representatividade em associações à prótese dentária, contudo, nas últimas décadas outras espécies de Candida têm emergido como patógenos de importância clínica. Este trabalho avaliará a perfil de sensibilidade ao fluconazol, cetoconazol e da nistatina de amostras isoladas de colonização das próteses removíveis, de idosos. Serão estudadas amostras isoladas das próteses bimaxilares de idosos reabilitados na Faculdade de Odontologia da UNOESTE. Todas as amostras serão submetidas à determinação da concentração inibitória Mínima (CIM) do fluconazol, cetoconazol, nistatina e miconazol que será avaliada pelo método proposto pelo EUCAST (European Committee Antimicrobial Susceptibility).

Protocolo: 3755 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 7/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIELI GOBBO DOGNANI
YEDA LORENA DA SILVA BISPO
CAMILA DE JESUS SILVA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
Introdução: A tuberculose (TB) é considerada um importante problema de saúde mundial com 10 milhões de novos casos diagnosticados a cada ano. Após a entrada do Mycobacterium tuberculosis nos pulmões, o bacilo é fagocitado por macrófagos alveolares induzindo a produção de citocinas pró-inflamatórias, como a IL-1&#945;, IL-1&#946;, TNF-&#945;, IL-6, IL-12 e IFN-&#947;. As citocinas inflamatórias IL-1&#945; e TNF-&#945; induzem a produção da pentraxina 3 (PTX3) por células da resposta imune, como células dendríticas, macrófagos e neutrófilos, sendo uma proteína pertencente à família das pentraxinas de cadeia longa, considerada um marcador de fase aguda da resposta inflamatória. Níveis de PTX3 foram correlacionados com a gravidade da apresentação clínica da tuberculose no momento do diagnóstico e no envolvimento pulmonar durante a evolução da doença, podendo representar um bom marcador biológico para o acompanhamento do processo inflamatório e atividade da doença. Estudos verificaram uma associação de SNPS no gene da PTX3 com processos infecciosos, incluindo a TB. Para o nosso conhecimento, não existem estudos que avaliaram o gene da PTX3 associado à tuberculose na população brasileira, portanto, o projeto de pesquisa proposto, do tipo caso-controle, poderá contribuir para um melhor entendimento da resposta imune à tuberculose, através da associação do SNP PTX3 (rs3816527) à susceptibilidade, evolução clínica, diagnóstico e acompanhamento do tratamento de pacientes com TB pulmonar no Brasil. Objetivo: Conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo PTX3 (rs3816527) na tuberculose pulmonar. Método: Serão estudados doentes com tuberculose pulmonar e doadores de sangue como controles. A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo PTX3 (rs3816527) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Para comparações das freqüências de alelos e genótipos dos grupos de casos e controles serão empregados modelos de regressão logística, com cálculo de odds ratio (OR) e p-valor, adotando como medida de significância estatística p<0,05.

Protocolo: 3762 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FELIPE ANTONIO BASSOLI NEVES
AIRTON LUCIO DA SILVA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A bactéria Staphylococcus aureus é encontrada com frequência em fossas nasais e pele de pessoas imunocompetentes. Podem causar desde infecções comuns, a problemas mais sérios, como meningite e pneumonia. É uma bactéria com grande capacidade na formação de biofilmes, sendo uma grande questão de saúde pública e infecção hospitalar. Na constituição de biofilmes de S.aureus estão envolvidos alguns genes na codificação de importantes substâncias, entre estes, especialmente, uma adesina polissacarídica pertencente ao operon ica, devido à sua função de adesão. É de grande importância a verificação da capacidade da formação destes biofilmes em amostras isoladas no ambiente hospitalar ou em profissionais da saúde que podem estar colonizados com esse microrganismo. Profissionais envolvidos em trabalhos como Estratégia Saúde da Família transitam entre o ambiente hospitalar e a comunidade podendo carregar essas bactérias e serem importantes disseminadores. O estudo visa detectar genotipicamente os genes icaA e icaD em S. aureus colonizados em profissionais da saúde que trabalham em ESFs.

Protocolo: 3746 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA JULIA TURRA
TALYSSA FERNANDES SILVA DE OLIVEIRA RODRIGUES
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
O gênero Staphylococcus abrange bactérias comensais que colonizam a microbiota humana, mas que em situações específicas, como a ruptura da pele, podem invadir os tecidos e apresentar comportamento oportunista, causando sérias infecções. Staphylococcus aureus é a principal espécie do gênero Staphylococcus, agente de uma grande variedade de infecções. O Staphylococcus aureus é um coco Gram-positivo não-formador de esporos, capaz de sobreviver por longos períodos em qualquer tipo de ambiente onde se encontram os seres humanos. São transmitidos de pessoa para pessoa, geralmente através de contato com as mãos, e produz um número inusitadamente grande de fatores de virulência que impedem a fagocitose das bactérias, ou as ajudam a sobreviver nos fagócitos após serem ingeridas. Como colonizador da mucosa nasal, S. aureus pode ser transferido para equipamentos de proteção individual (EPI) como o jaleco, comumente utilizado por estudantes e profissionais da área da saúde, e ser veiculado para diferentes ambientes. A capacidade da formação do biofilme por S. aureus pode contribuir para a aderência dessa bactéria na superfície do jaleco e a resistência aos antimicrobianos pode dificultar o tratamento das infecções causadas por esse microrganismo. Assim, esse estudo tem como objetivo determinar o fenotipo dos S. aureus isolados de jalecos, de alunos do curso de Biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) quanto à susceptibilidade aos antimicrobianos meticilina e macrolídeos.

Protocolo: 3745 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 7/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLE CORREA SOARES
SUZAN LEONELA VILLARROEL
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
As leveduras do gênero Candida spp., são patógenos oportunistas isolados das superfícies de mucosas de indivíduos normais. São bem adaptadas ao organismo humano, por isso podem colonizá-lo sem produzir sinais de doença em condições de normalidade fisiológica. Durante muito tempo, acreditava-se que apenas a espécie Candida albicans era capaz de causar doença no hospedeiro, hoje, no entanto, sabe-se que, em grande maioria as leveduras são capazes, em condições especiais do hospedeiro, de causar diversos tipos de casos clínicos. A patogenicidade das espécies de Candida spp. está associada a uma combinação de múltiplos fatores que contribuem para sua virulência, incluindo capacidade de produção de enzimas hidrolíticas danificadoras de tecidos, tais como, fosfolipases, proteinases, hemolisinas e coagulases. O objeto do trabalho é avaliar a os fatores de virulência de amostras do gênero Candida coletadas das próteses dentárias de pacientes atendidos na clínica de odontologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE). A atividade enzimática será avaliada pela técnica da albumina bovina e da emulsão gema de ovo, a coagulase e produção de hemolisina, será avaliada elos métodos de Yigit e Manns, respectivamente. A presença da enzima será observada pela formação de uma zona opaca de precipitação ao redor da colônia. A atividade enzimática (Pz) será obtida por meio da razão entre o diâmetro da colônia (dc) e o diâmetro da colônia somado ao da zona de precipitação (dcd) ou seja, Pz=dc/dcd.

Protocolo: 3741 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KEREN MAYARA TAMBALO BRASILEIRO
AMANDA CRISTINA GOMES BARUTA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
O gênero fúngico Cryptococcus é composto por leveduras capsuladas que apresentam capacidade de infectar e causar doença em uma larga variedade de hospedeiros, sendo C. neoformans e C. gattii as principais espécies patogênicas. Até o momento, poucos estudos sobre a criptococose e dados epidemiológicos foram desenvolvidos na área urbana da cidade de Presidente Prudente do estado de São Paulo. A contaminação da água, do solo e do ar, são os maiores problemas gerado pela agricultura intensiva. Os resíduos urbanos gerados pelas excretas de aves e ocos de árvores, podem alcançar diversos ambientes, promovendo a disseminação de leveduras patogênicas. O objetivo deste trabalho é determinar a prevalência de Cryptococcus spp. na área urbana; Isolar fungos do gênero Cryptococcus a partir de amostras de excretas de aves e ocos de árvores (Azadirachta; Cassia, Eucalyptus, Mangifera, Psiduim e Zizyphus) do entorno da área urbana na cidade de Presidente Prudente; Determinar o perfil de sensibilidade ao fluconazol das amostras isoladas; Investigar o efeito do bloqueio das proteínas Hsp90 frente à sensibilidade a antifúngicos in vitro em células planctônicas e sésseis, produção de fatores de virulência in vitro no Complexo Cryptococcus neoformans/C. gattii. Serão estudadas amostras ambientais isoladas de excremento de pombos e de material vegetal provenientes das árvores Psidium guajava , Mangifera indica , Eucalyptus sp. , Cassia siamea , Zizyphus joazeiro e Azadirachta indica, localizadas próximas do entorno de praças de área urbana. As amostras serão identificadas por métodos micológicos convencionais (características morfológicas e perfil bioquímico). A Determinação da concentração inibitória mínima (CIM) de fluconazol e cetoconazol, será realizada de acordo com o documento AFST-EUCAST (European Commitee on Antimicrobial Susceptibility Testing). O efeito do bloqueio das proteínas Hsp90 será avaliado pela a ação das proteínas Hsp90 fúngicas, utilizando-se o fármaco radicicolum antibiótico capaz de inibir a atividade ATPásica das Hsp90.

Protocolo: 3725 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): GISLAINE DA SILVA RODRIGUES
PAULO HENRIQUE GUILHERME BORGES
GRAZIELI SILVA VILA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A terapia a laser de baixa potência (LBP) tem sido referida como um modulador do processo inflamatório, reduzindo dor, edema, infiltrado inflamatório, cicatrização do tecido e controle da hemorragia. A LBP, empregada como ação anti-inflamatória, regenerativa e analgésica, também é um importante recurso terapêutico de inibição do crescimento bacteriano, a partir de efeitos biomoduladores, nos comprimentos de onda de 660, 830 e 904nm, e densidade de energia (DE) entre 12 e 24 J/cm2. Protocolos de tratamentos bem definidos para laser terapia ainda não estão disponíveis, pelos diferentes lasers e parâmetros como, por exemplo, a potência, densidade de energia, comprimento de onda, orientação e distância de aplicação, além de energia total depositada, o que dificultam a reprodução e confiabilidade da LBP como um método eficaz na redução do crescimento bacteriano, fazendo-se necessários estudos para a padronização e elaboração de um protocolo para sua utilização. Assim, o objetivo desse trabalho será investigar o efeito antimicrobiano da LBP nos micro-organismos: Staphylococcus aureus, Escherichia coli e Candida albicans. Serão aplicadas, através de laser Arseneto de Gálio (EndofthotonKLD Biossistemas), DE por placa de petri de 7, 12 e 24J/cm2, correspondente aos tempos de aplicação de 5, 9 e 17 segundos, respectivamente. Isso dará uma densidade de potência (irradiância) de 1,42W/cm2, e uma energia de radiação por ponto de 0,25, 0,45 e 0,85J, respectivamente as DE utilizadas. As energias utilizadas serão aplicadas nas distâncias definidas de: 0,5, 1,0 e 2,0 centímetros da placa de Petri, para cada energia, em triplicata. Após serão incubadas (24h a 36 ºC) e contadas as unidades formadoras de colônias. Os dados serão tabulados e aplicados os testes estatísticos apropriados.

Protocolo: 3695 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INGRID FRANCISQUETI DA SILVA
YASMIN MUNHOZ DOS SANTOS
Professor(es): CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA

Resumo:
A infecção do trato urinário (ITU) é reconhecida como uma das mais freqüentes infecções bacterianas do ser humano e sua origem pode ser comunitária ou hospitalar. Os agentes etiológicos, mais freqüentemente envolvidos com ITU são: a Escherichia coli, o Staphylococcus saprophyticus, espécies de Proteus e de Klebsiella e o Enterococcus faecalis. A presença dos fatores de virulência auxilia os micro-organismos a superar as defesas do hospedeiro favorecendo a sua colonização ou invasão do trato urinário. As estirpes de E. coli abrigam muitos genes que codificam vários fatores de virulência, o que contribui para aumentar a patogenicidade. Desta maneira, a avaliação da presença de genes virulentos em E. coli é uma ferramenta epidemiológica útil para se conhecer o perfil de E. coli predominante naquele ambiente. O objetivo deste projeto é caracterizar molecularmente fatores de virulência em Escherichia coli isoladas de um laboratório clínico hospitalar. Cerca de 100 amostras de E. coli isoladas de urina em um laboratório clínico hospitalar terão seu DNA extraído. A presença e ausência dos genes de virulência serão avaliados por meio da amplificação dos genes papC, flimH, fliC e kpsMTII por meio da reação da polimerase em cadeia. A presença e ausência dos fatores de virulência serão avaliados por meio da visualização dos produtos da PCR após eletroforese em gel de agarose. Os resultados deste trabalho serão compilados em gráficos e trabalhos e posteriormente serão analisados estatisticamente considerando nível de significância de 0,05.

Protocolo: 3649 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2017 - 7/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALAOR MARTINS DA SILVA
Professor(es): LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
Estudantes da área da saúde possuem o potencial de serem portadores de bactérias patogênicas devido o contato direto com ambientes hospitalares e pacientes doentes. Os aparelhos celulares constituem ferramentas indispensáveis nos dias atuais, entretanto, o seu manuseio constante favorece a transmissão de microrganismos. Por isso, devemos ressaltar a conscientização sobre o uso de aparelhos celulares em ambientes clínicos. O objetivo deste estudo será avaliar níveis de contaminação microbiológica dos celulares de estudantes de cursos da área da saúde de uma faculdade do Oeste Paulista. Serão coletadas amostras de 100 celulares aleatoriamente e em seguida, serão realizados testes para a identificação da presença das bactérias Escherichia coli e Staphylococcus aureus, além disso, serão realizados testes para avaliar a susceptibilidade aos antimicrobianos. Os dados serão organizados na forma de tabelas e gráficos e em seguida, serão analisadas estatisticamente considerando um nível de significância de 0,05.

Protocolo: 3651 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA FRANCELINO ALMEIDA DE JESUS
MARIA VITORIA DE SOUZA FERREIRA
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
S. aureus é uma bactéria oportunista comumente encontrada na mucosa nasal humana, que pode causar uma série de infecções. Como parte da microbiota humana, as bactérias do gênero Staphylococcus podem ser transferidas para equipamentos de segurança individual (EPI) como o jaleco, comumente utilizado por estudantes e profissionais da área da saúde, e serem veiculadas para diferentes ambientes. Esse carreamento de S. aureus por EPIs, como o jaleco, pode levar a colonização desses indivíduos que poderá ser assintomática. Assim esses estudantes e/ou profissionais de saúde, na condição de portadores de S. aureus, tornamse potenciais disseminadores dessa bactéria, principalmente no ambiente familiar. Assim, este estudo tem como finalidade contactar os estudantes que apresentaram S. aureus em seu jaleco no trabalho anterior e solicitar a coleta de amostras bacterianas das cavidades nasais para identificação de S. aureus e realizar uma correlação entre os achados.

Protocolo: 3532 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 6/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): GUILHERME DE LA BANDERA ZANON
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Introdução: Estudos recentes têm demonstrado que os tecidos gestacionais são responsivos às espécies reativas de oxigênio, os quais podem ativar a senescência celular e modificar o perfil de expressão gênica e proteica, gerando um ambiente inflamatório mesmo na ausência de infecção que culmina na ativação dos mecanismos de parto. Na presença desse ambiente antes das 37 semanas de gestação, pode ocorrer o parto prematuro. A diminuição da medida dos telômeros é um marcador expressivo de senescência, e a atividade da telomerase pode reverter esse dano. Objetivos: Caracterizar membranas corioamnióticas quanto à atividade telomerase em membranas corioamnióticas de gestações a termo e complicadas por prematuridade espontânea. Material e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo transversal, no qual serão incluídas membranas corioamnióticas (n=10/grupo) provenientes de estudo prévio que se encontram armazenadas na Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. No momento da resolução da gestação, fragmentos das membranas foram coletados em condições estéreis, congelados em nitrogênio líquido e armazenadas a -80°C. As amostras serão analisadas quanto à atividade da telomerase utilizando-se reagentes comerciais (TRAPeze® Telomerase Detection Kit). Todas as gestantes foram informadas quanto à utilização das amostras em estudos futuros e assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 3524 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNNA NEPOMUCENO COLATTO
LAURA APARECIDA ANTONIO SCHINKE
ISABELA FIORENTINO DE SOUZA
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
A tuberculose é uma doença de transmissão de contato pessoa-a-pessoa, causada pelo Mycobacterium tuberculosis, apresentando como principal sintoma tosse, devido à sua manifestação clínica mais frequente ser a forma pulmonar. O diagnóstico da tuberculose é realizado através da pesquisa do bacilo por baciloscopia, cultura e pela técnica do Xpert MTB-RIF, entretanto, como nem sempre é possível realizar a demonstração do bacilo, o diagnóstico da tuberculose pode se basear nos aspectos clínicos e radiológicos. A avaliação de marcadores inflamatórios de fase aguda também pode auxiliar no diagnóstico da tuberculose e estudos recentes apresentam a ferritina como biomarcador da via de ferro e se apresenta aumentada durante a tuberculose. Desta forma, o estudo da associação da ferritina com a evolução clínica de pacientes com tuberculose poderá contribuir para o diagnóstico e o acompanhamento do tratamento antituberculose de pacientes com tuberculose pulmonar. Assim, o objetivo do projeto será avaliar a ferritina como marcador da resposta imune de pacientes com tuberculose durante o tratamento antituberculose. Para isso, serão estudados pacientes com diagnóstico de tuberculose, maiores de 18 anos de ambos os sexos, que não pertencerem ao sistema penitenciário, em diferentes momentos do tratamento antituberculose: M1: até 2 meses; três a 5 meses e ao final do tratamento (6 meses). Serão obtidos dados clínicos, laboratoriais e de imagem de prontuários e a ferritina será dosada através da técnica de turbidimetria. Para a avaliação da ferritina entre os diferentes momentos do tratamento antituberculose será realizado o teste de Kruskal-Wallis, seguido do teste de Dunn. Para avaliar a correlação da ferritina com dos dados dos prontuários será utilizado o teste de Spearman. Serão considerados significativos valores de p < 0,05.

Protocolo: 4705 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA BEATRIZ BARBOSA BRAZ
BRUNA DE LIMA MURARO
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
O objetivo do estudo visa padronizar um teste para avaliar a capacidade in vitro de aglutinação de três mananoligossacarídeos (MOS), à cepa de Escherichia coli obtidas de casos de diarréia infantil durante o ano de 2014 na região de Presidente Prudente. A pesquisa para a expressão da fímbria tipo 1 presente nos isolados serão realizadas pelo teste de microhemoaglutinação com suspensões de hemácias de cobaia a 1 na ausência e na presença de D-manose1. As linhagens que apresentarem aglutinação inibida pela D-manose serão consideradas como portadoras das fímbrias do Tipo 1. As linhagens que apresentarem o fenótipo correspondente a expressão da fímbria Tipo 1 serão submetidas a testes de aglutinação em lâmina empregando amostras dos diferentes MOS. Os resultados serão avaliados na forma de escores (forte, fraca e ausente). Suspensões puras de MOS a 0,1 em PBS de cada um dos produtos avaliados será empregada como controle negativo. Para determinar se escores das aglutinações diferiram entre os MOS, recorrerão ao teste não paramétrico de Kruskall-Wallis, com contrastes pelo método de Student-Newman-Keuls, adotando-se nível de 5 de significância.

Protocolo: 3494 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2017 - 12/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA MARIOTO PEREZ
ISABELA WENDEBORN THOME
MURILO NEVES DO NASCIMENTO
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
A paracoccidioidomicose (PCM), considerada uma micose sistêmica causada pelo fungo termodimórfico Paracoccidioides brasiliensis, e confinada à América Latina. Apesar de incompletos, os dados disponíveis indicam maior incidência dessa micose no Brasil, onde é diagnosticada com grande frequência no Estado de São Paulo. A paracoccidioidomicose (PCM) é observada em pacientes que tiveram ou se encontram em contato direto e prolongado com o solo, como os trabalhadores rurais. O objetivo deste trabalho será descrever as características clínico-epidemiológicas dos pacientes com PCM, atendidos no período de 2000 a 2015 no Hospital Regional de Presidente Prudente; além de realizar um acompanhamento ambulatorial após o tratamento. Será realizado um estudo retrospectivo de levantamento dos prontuários de atendimento aos pacientes, com o diagnóstico de PCM, no Hospital Regional de Presidente Prudente.

Protocolo: 3580 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FELIPPE ANTONIO GOES SCORSIONI
GISELLI ALVES
MAIKIANE APARECIDA NASCIMENTO
Professor(es): ALEXANDRE MARTINS PORTELINHA FILHO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
O aumento da Metahemoglobina é denominada metahemoglobinemia que é decorrente de alterações congênitas e/ou da exposição aos diferentes agentes químicos, entre eles na fumaça do cigarro. O objetivo do trabalho será realizar a quantificação de metahemoglobina em sangue de fumantes atendidos no laboratório de Análises Clínicas "Dr. João Carlos Grigoli" e comparar os resultados obtidos da quantificação. O método utilizado será convidar fumantes para pesquisa e em seguida apresentar o TCLE (termo de consentimento livre e esclarecido) que após a assinatura do mesmo passará a ser voluntario. A análise dos dados será realizada por meio de estatística descritiva, contendo gráficos e tabelas, assim como desvio padrão e coeficiente de variação.

Protocolo: 3488 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS SILVA BARCELOS
BRUNO LIMA SONVESSO
HAMILTON DE CASTILHO MAGALHAES SILVA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
O PNAE (Programa Nacional de Alimentação Escolar), garante o repasse de recursos financeiros diretamente aos Municípios, Estados e Distrito Federal a fim de garantir as necessidades nutricionais da população escolar, sendo a cozinha piloto um dos departamentos beneficiados por esse órgão. A cozinha piloto é responsável pelo preparo e distribuição da merenda escolar nos municípios da União, com isso uma das grandes preocupações com o alimento diz respeito a sua qualidade, sendo indispensável conhecer as condições higiênico-sanitárias estabelecidas durante a sua produção. As doenças veiculadas por via oral estão, principalmente, relacionadas ao consumo de alimentos contaminados por micro-organismos patogênicos. As bactérias contaminantes dos alimentos podem ser organismos pertencentes à microbiota ou essencialmente patogênicos, sendo ambos, transmitidos pelas mãos devido a deficientes hábitos de higiene dos manipuladores. Entre as bactérias pertencente à microbiota, encontra-se a espécie Staphylococcus aureus. A consequência da intoxicação alimentar estafilocócica ocorre devido à ingestão de enterotoxinas pré-formadas no alimento contaminado pela bactéria, encontrando-se a mesma viável ou não. Além das contaminações bacterianas, entre as causas de doenças de origem alimentar deve-se dar importância às enteroparasitoses. A contaminação alimentar por enteroparasitas pode ocorrer mediante a ingestão de ovos de helmintos e/ou cistos de protozoários, os quais podem ser encontrados no solo, água, alimentos e mãos que tiveram contato prévio com fezes humanas ou animais contaminadas. Visto a importância do conhecimento das condições higiênico-sanitárias e da condição de portador de microrganismos oportunistas, este trabalho tem como objetivo a detecção de S. aureus e enteroparasitas provenientes de trabalhadores de uma cozinha-piloto.

Protocolo: 3465 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRE APARECIDO DIAS
DIEGO JUNIOR SANTOS GONCALVES
CAMILA DE JESUS SILVA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Introdução: Adolescentes e mulheres com 35 anos ou mais, em geral são mais suscetíveis a resultados perinatais adversos e a morbimortalidade. Na adolescência, devido a imaturidade biológica que envolve crescimento e desenvolvimento materno, há influência nos resultados perinatais do concepto, tais como, aumento de baixo peso ao nascer (BPN, <2500g), riscos de restrição do crescimento intrauterino (RCIU), deficiência de micronutrientes e alto índice de partos prematuros (<37ª semana gestacional). Nas gestações com idade materna avançada acima de 35 anos são observados aumento no número de abortos espontâneos e induzidos, maior risco de mortalidade perinatal, baixa vitalidade do recém-nascido, baixo peso ao nascer, parto prematuro e recém-nascido classificados como pequenos para idade gestacional (PIG). Esses desfechos gestacionais e perinatais são bem elucidados na literatura, porém há poucos estudos sobre o impacto da idade materna nos componentes químicos (acidez e gorduras) do colostro dessas mães. O colostro é a primeira secreção láctea produzida e contém os nutrientes necessários para o desenvolvimento do neonato e os principais componentes são as gorduras, proteínas, carboidratos e vitaminas. Objetivos: Comparar os níveis químicos (acidez e gorduras) do colostro de nutrizes adolescentes e idade materna avançada e descrever as características gestacionais e perinatais. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas nutrizes adolescentes e com idade materna avançada e seus recém-nascidos, atendidos na Maternidade do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de agosto de 2016 a janeiro de 2017. A coleta de colostro será realizada por ordenha manual, até 72 horas após o parto para as dosagens químicas (acidez e gorduras), os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados seguindo protocolo estabelecido para o estudo e os dados referentes aos desfechos gestacionais e perinatais serão coletados pela análise dos prontuários médicos. Todas as nutrizes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 3441 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS LIMA DE MORAES
Professor(es): GLILCIANE MORCELI

Resumo:
Introdução:Existem diferenças na patogenicidade de amostras de Candida spp. A aderência da levedura à superfície celular, a formação do tubo germinativo que causa o desenvolvimento da forma filamentosa, assim como a variabilidade fenotípica, a produção de toxinas e enzimas extracelulares, principalmente proteinase aspártica, representam fatores importantes para o desenvolvimento de infecções por Candida, e os inibidores de proteases são enzimas ou peptídeos capazes de inibir a atividade catalítica de enzimas proteolíticas. Diante do crescente volume de pesquisas direcionadas para o desenvolvimento de novas drogas para doenças infecciosas utilizando inibidores proteicos, o objetivo do presente estudo será em avaliar a influência da iodocetamida sobre o crescimento de C. albicans ATCC 76615, C.parapsilosis ATCC 22019 e amostra clínica de C.krusei (urina). Método: Será utilizado um inibidor sintético de proteases (Sigma) pertencentes à classe de cisteína-proteases, Iodocetamida C2H4INO (IAA). As concentrações de teste será escolhida considerando-se a faixa de atividade da substância, entre 10-100 (µM) e a inibição do crescimento será comparada e interpretada de acordo com a concentração inibitória mínima (CIM) de fluconazol e cetoconazol, de acordo com o documento AFST-EUCAST (European Commitee on Antimicrobial Susceptibility Testing).

Protocolo: 3426 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANANDA LINI VIEIRA DA ROCHA
LETICIA STEPHANIE GOES
THAINARA AMORIM VILALVA
CAMILA DE JESUS SILVA
LIVIA BIANCA GABRIEL DOS SANTOS
Professor(es): DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
THAIS BATISTA DE CARVALHO

Resumo:
O exercício físico de forma geral provoca alterações anabólicas nos tecidos corporais. Tal efeito é resultante do estresse provocado pelo exercício que apresenta variações de acordo com a modalidade utilizada, nesse contexto a presente pesquisa pretende avaliar as alterações promovidas pelo exercício, aeróbio e anaeróbio, na expressão gênica de IGF-1 nos testículos. Para tanto, serão utilizados os testículos colhidos de um experimento anterior já aprovado pelo CEUA. No projeto já realizado, foram utilizados 35 ratos, divididos em 5 grupos (n=7): Controle (C), Treinamento Aeróbio em Natação (TAN), Treinamento Resistido em meio aquático (TRA), Treinamento Aeróbio em Esteira Rolante (TAE) e Treinamento Resistido em Escalada (TRE). Os animais dos grupos TAN e TAE foram avaliados quanto a sua capacidade aeróbia por meio do teste de lactato mínimo (Lan), para determinação da carga de treinamento, os grupos TRA e TER realizaram teste de força máxima para o mesmo fim. Após 4 semanas de treinamento os animais foram eutanasiados e os testículos foram colhidos e armazenados no freezer a -80oC. Os testículos armazenados serão triturados e o RNA extraído pelo protocolo do TRIZOL®, será realizada a transcrição reversa e posteriormente o DNA complementar será analisado por PCR em tempo real, para um gene endógeno que será o normalizador da reação e um gene alvo que será o IGF-1. Os testículos de ratos então serão analisados quanto à expressão gênica quantitativa do IGF-1. A análise estatística dos dados relativos de expressão gênica será ANOVA seguida de Tukey ou teste de Kruskal-Wallis, dependendo da normalidade dos dados, diferenças serão consideradas para p<0,05.

Protocolo: 3400 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE DOS SANTOS BRUNO
ANDRESSA FERNANDA DE OLIVEIRA MAGALHAES
GABRIELA DA SILVA PINHO
PATRIK JUNIOR DE LIMA PAZ
GABRIELA FERNANDES DE BARROS
Professor(es): CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
LUCIANA MACHADO GUABERTO
ROBSON CHACON CASTOLDI
ANTHONY CESAR DE SOUZA CASTILHO

Resumo:
A I Diretriz Brasileira de Diagnóstico e Tratamento da Síndrome Metabólica define a Síndrome Metabólica (SM) como um distúrbio complexo representado por um conjunto de fatores de risco cardiovasculares que estão relacionados à deposição central de gordura, à resistência à insulina e diabetes. Na SM, a dislipidemia é caracterizada pela presença de baixos níveis de HDL-colesterol e elevados níveis de triglicérides, sendo assim, é definida como distúrbio que altera os níveis séricos dos lipídeos e por este motivo, é considerada como um dos principais determinantes da ocorrência de doenças cardiovasculares e cerebrovasculares, como por exemplo, aterosclerose, doença isquêmica do coração (diminuição da irrigação sanguínea no coração), infarto agudo do miocárdio, esteatose hepática e AVC (derrame). A berinjela é um vegetal rico em flavonoides (nasunina) que são antioxidantes polifenólicos encontrados em diversos alimentos e vem sendo utilizada pela população como uma alternativa para o tratamento da dislipidemia. É consumida in natura ou na forma de cápsula, contendo extrato seco da planta. Diante do potencial terapêutico da berinjela, este estudo terá como objetivo avaliar o benefício da administração do suco de berinjela sobre a lipidêmia e paramêtros glicêmicos em ratas com síndrome metabólica induzida por dieta. Para tanto, serão utilizadas 32 ratas da linhagem Wistar, randomizadas em 4 grupos da seguinte forma: grupo controle (C), grupo controle obeso (CO), grupo berinjela (B), grupo berinjela obeso (BO). Inicialmente será realizada a indução da SM por meio de ração hiperlipídica e água suplementada com frutose a 20 durante 6 semanas. A partir da sexta semana os animais serão divididos nos respectivos grupos de suplementação e receberão a mesma dieta obesogênica associada à suplementação com flavonóides. Ao final do período experimental (59º dia), os animais permanecerão em jejum de 12 horas e serão anestesiados para realização de punção cardíaca à vácuo para que seja realizada a coleta sanguínea para análise laboratorial. A anestesia será apronfundada para eutanasiar os animais para coleta de tecidos. Será realizado o corte histológico do fígado por meio da retirada de um fragmento do tecido hepático. A análise estatística dos resultados será realizada através da análise de variância (ANOVA) e em caso de diferença significativa, as médias serão comparadas por meio do teste de Tukey a 5 de probabilidade (p<0,05). As análises estatísticas serão realizadas no programa ASSISTAT. Resultados esperados: Espera-se que o tratamento com o suco de berinjela traga benefícios (redução do perfil lipídico) para os animais em estudo e uma melhora significativa na esteatose hepática.

Protocolo: 3451 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARYLUCIA TEIXEIRA DOS SANTOS
GIOVANA NICOLETE PEREIRA
VITORIA RIBEIRO PEREIRA
SABRINA DA SILVA LOPES
Professor(es): ELIANE SZUCS DOS SANTOS
SABRINA ALVES LENQUISTE

Resumo:
A candidiase é a infecção oral fúngica mais comum em usuários de próteses dentais removíveis, sendo a Candida albicans apontado como o principal agente etiológico. Contudo, outras espécies de Candida podem ser responsáveis por até 50 dos casos de candidiase. Este estudo objetiva avaliar in vitro a capacidade de formação de biofilmes de espécies do gênero Candida coletadas da cavidade bucal e das próteses dentárias, de pacientes atendidos na clínica de odontologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) formados sobre a superfície de resina a base de poli(metilmetacrilato) tratadas com o antifúngico fluconazol. A quantificação do biofilme será feita por meio da contagem de Unidades Formadoras de Colônia (UFC) e a análise estatística será realizada pelo software Bioestat (Versão 5.3).

Protocolo: 3323 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE LUCIO MOREIRA
MAIKIANE APARECIDA NASCIMENTO
Professor(es): FABIANA GOUVEIA STRAIOTO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A vida acadêmica acarreta em várias mudanças na vida do estudante, as quais podem alterar de forma benéfica ou até mesmo maléfica. No caso dos benefícios, o fato de obter conhecimento e aprender uma profissão são os mais importantes. Já os malefícios podem ser caracterizados como possível falta de tempo para fazer outras atividades, pressão dos professores e principalmente o estresse. Por sua vez a pressão por resultados e o estresse acabam levando o estudante a fazer uso de substâncias para aliviar os problemas. Assim, o objetivo do presente estudo é indicar o uso de antidepressivos, ansiolíticos e psicoestimulantes em estudantes de graduação da Unoeste de Presidente Prudente-SP. Para isso, participarão da pesquisa estudantes maiores de 18 anos dos cursos de graduação. Os participantes responderão um questionário online com dezesseis questões, com informações acerca do uso de psicoativos com e sem prescrições médicas. Igualmente, a forma de uso será esclarecida, sendo esta intermitente ou contínua e por fim serão apontados os dados referentes a origem da droga, ou seja, o local onde o usuário obteve a substância. Os dados serão analisados de forma descritiva, em função do número de respostas apresentadas para cada questão do questionário e uma Análise Multivariada de Variância (MANOVA) será executada para avaliar se há padrões detectáveis de uso de substâncias (lícitas ou ilícitas), isto é, se há substâncias que são utilizadas mais frequentemente em conjunto.

Protocolo: 3319 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KELEM APARECIDA ALVES
AMANDA NEVES AMARAL
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A doença de Chagas, causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi (T.cruzi), foi descoberta em abril de 1909 pelo médico e pesquisador brasileiro Carlos Chagas. Existem aproximadamente 6 a 7 milhões de pessoas infectadas com o T. cruzi, em sua maioria na América Latina e mais de 25 milhões de indivíduos em risco de contrair a doença. O ciclo evolutivo do T. cruzi envolve dois tipos de hospedeiros, um invertebrado e outro vertebrado, e três formas evolutivas bem características: amastigota, epimastigota e tripomastigota. Existem diferentes cepas de T. cruzi, que apresentam diferenças genéticas e distintas características imunológicas, biológicas e bioquímicas. Assim, a classificação pode ser de acordo com seu comportamento biológico, em biodema I, II e III; baseada no ambiente em TCI (silvestre) e TCII (doméstico); e de acordo com a origem genética em seis tipos: TCI a TCVI. A cepas Y e JLP, isoladas de pacientes chagásico agudo e chagásico crônico, respectivamente, apresentam capacidades de infecção e dano ao tecido distintas.Dessa forma, a implantação de cultivos axênicos para obtenção de amastigotas de cepas com diferentes características, como a cepa Y e a cepa JLP, permitirá a realização de estudos futuros para uma melhor compreensão de aspectos parasitológicos e imunológicos relacionados à doença. O objetivo deste projeto será comparar o processo de obtenção de amastigotas axênicas de duas cepas diferentes de T. cruzi. Serão realizados cultivos axênicos com duas cepas, a Y de alta virulência e a JLP de baixa virulênica. A eficiência da transformação de epimastigotas de T. cruzi em amastigotas em meio M199 será verificada através da avaliação do tempo de cultura e da quantidade de formas amastigotas obtidas.

Protocolo: 3295 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIEL HENRIQUE MAXIMINO SANTOS
NATALIA LIGABO DOS SANTOS
AMANDA APARECIDA SILVA DE AGUIAR
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Citocinas inflamatórias como IL-1&#946; e TNF-&#945; induzem a produção da pentraxina 3 (PTX3) por células da resposta imune, como células dendríticas, macrófagos e neutrófilos, sendo uma proteína pertencente à família das pentraxinas de cadeia longa, considerada um marcador de fase aguda da resposta inflamatória. A PTX3 pode atuar em diversas funções, sendo sua principal, a atuação como um receptor de reconhecimento padrão para a ativação de células dendríticas. Estudos verificaram uma associação de polimorfismos de base única (SNPs) no gene da PTX3 com processos infecciosos e para o nosso conhecimento, não existem estudos que avaliaram o gene da PTX3 na população brasileira, portanto, a avaliação do SNP PTX3 (rs3816527) em doadores de sangue permitirá verificar a distribuição normal deste SNP em nossa população, permitindo futuros estudos de avaliação da susceptibilidade deste SNP com doenças infecciosas, como a tuberculose e leishmaniose. O objetivo do projeto será avaliar a frequência alélica e de genótipos para o polimorfismo PTX3 (rs3816527) em doadores sangue. Para isso serão doadores de sangue (n &#8805; 200). A frequência alélica e de genótipos do polimorfismo PTX3 (rs3816527) será realizada por PCR em tempo real através da técnica de discriminação alélica. Serão calculadas as frequências alélicas (números de alelos/cromossomo analisado), frequências genotípicas (número de indivíduos com um determinado genótipo/número de indivíduos total estudado) e frequências de portadores (soma do número de indivíduos homozigotos e heterozigotos para o alelo/número total de indivíduos analisados). O desvio do Equilíbrio de Hardy-Weinberg (EHW) será testado comparando as frequências de genótipos observadas com as esperadas pela lei de Hardy-Weinberg utilizando o teste de Qui-quadrado, adotando como medida de significância p-valor<0,05.

Protocolo: 4867 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FELIPE ANTONIO BASSOLI NEVES
AIRTON LUCIO DA SILVA
ANA RUBIA ALCANTARA PELLOSO
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Uma vez que os equipamentos e as técnicas utilizados para a obtenção de imagens radiográficas estão em constante desenvolvimento, protocolos que certificam a qualidade dos serviços e equipamentos devem ser revistos e atualizados com regularidade. Do mesmo modo, o número de medidas de controle de qualidade e sua frequência devem ser adaptados às possibilidades de cada instalação radiográfica. O objetivo é verificar a Luminância de 06 negatoscópios utilizados na clínica de odontologia da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE, verificando seus valores, calcular a uniformidade da luminância na superfície frontal do aparelho e analisar a normalidade das leituras. Ao se considerar a sutilidade dos achados radiológicos, esta pesquisa se justifica pela importância de se melhorar os acertos nas detectabilidades de indícios patológicos rotineiramente presentes em imagens, para tanto, ter aparelhos negatoscópios que forneçam total confiabilidade ao médico radiologista torna-se de vital importância uma vez que em más condições de luminância podem comprometer o diagnóstico e assim influenciar o diagnóstico devido as condições de exposição e visibilidade das imagens. Assim, a não conformidade e uniformidade da intensidade de luz dos negatoscópios pode mascarar um achado clínico importante.

Protocolo: 3266 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 2/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIO AUGUSTO CORREA
Professor(es): CASSIO FABIAN SARQUIS DE CAMPOS

Resumo:
O avanço da prevalência da obesidade e suas comorbidades têm estimulado a busca de alimentos fonte de compostos que possam combater e/ou amenizar os danos causados por esses processos patológicos. Os flavonoides constituem um abrangente grupo de compostos fenólicos, que estão presentes em frutas, hortaliças, café, chás, chocolates, vinhos e sucos de uva. Além da atividade antioxidante, atribui-se aos flavonóides a capacidade de redução da obesidade, da resistência à insulina (RI) e melhora do perfil lipídico. A uva é apontada como a principal fonte de flavonoides da alimentação humana. Do ponto de vista funcional, o vinho se mostra como uma fonte mais interessante de compostos fenólicos, especialmente o resveratrol, do que as uvas. Contudo, as sementes e a casca de uva contêm elevada concentração de flavonóides (catequina, epicatequina, procianidinas e antocianinas), ácidos fenólicos e resveratrol. O objetivo deste trabalho é avaliar os efeitos do consumo de um extrato aquoso de casca de uva na prevenção da obesidade, melhora de perfil lipídico, glicemia e resistência à insulina em modelo animal de obesidade induzida por dieta. Para tanto, 32 ratos machos Wistar, pesando aproximadamente 200g, serão divididos em 4 grupos (n=8) e alimentados com dieta padrão ou hipercalórica e hiperlipidica palatável (DHP). Os animais serão randomizados nos seguintes grupos: grupo controle magro (CM), grupo controle obeso (CO), grupo magro suplementado (MS), grupo obeso suplementado (OS). Os grupos suplementados receberão diariamente o extrato aquoso de casca de uva, por meio de gavage, enquanto os grupos controle receberão gavagem com placebo (água). A indução da obesidade e síndrome metabólica será feita por meio de ração hiperlipídica e água suplementada com frutose a 20 durante 6 semanas. A partir da sexta semana os animais serão divididos nos respectivos grupos de suplementação e receberão a mesma dieta obesogênica associada à suplementação com flavonóides. Serão avaliados: consumo de dieta e ganho de peso, perfil lipídico (TG, Colesterol, HDL-C, LDL-C) e glicemia, por meio de kits enzimáticos, e resistência à insulina e tolerância à glicose, por Teste Intraperitoneal de Tolerância à Insulina (ITT) e Teste Intraperitoneal de Tolerância à Glicose (GTT), respectivamente. Os resultados serão apresentados como média ± DP. Será utilizado o teste de Student´s, com significância de 0,5, para analisar as diferenças entre os grupos controle e suplementados.

Protocolo: 3510 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 4/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANNA PAULA DOS SANTOS ALMEIDA
ALINE QUEIROZ ORTIZ BAIRRADAS
THAIS KARULINE NASCIMENTO
DEBORA ANDRADE BANCI
MARYLUCIA TEIXEIRA DOS SANTOS
GIOVANA NICOLETE PEREIRA
VITORIA RIBEIRO PEREIRA
SABRINA DA SILVA LOPES
Professor(es): ELIANE SZUCS DOS SANTOS
SABRINA ALVES LENQUISTE
CHRISTIANE MARTINEZ HUNGARO

Resumo:
A resistência aos antimicrobianos é uma ameaça global em ascensão, sobretudo no ambiente hospitalar, onde micro-organismos multirresistentes (MR) agravam os quadros de infecções e tornam os tratamentos mais caros e demorados (HOWDEN et al., 2013). Os MR tornam-se mais preocupantes em Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS), sobretudo em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (OLIVEIRA et al., 2012), devido a esses pacientes apresentarem risco elevado de desenvolver infecções (CARVALHO, 2014). Dentre os micro-organismos classicamente descritos como causadores de IRAS, podemos destacar o grupo "ESKAPE", (Enterococcus faecium, Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae, Acinetobacter baumanii, Pseudomonas aeruginosa e espécies de Enterobacter). São assim agrupados por possuírem a habilidade de "escapar" dos antimicrobianos (do inglês, escape) (NNISSR, 2004). A presença desses micro-organismos em ambiente de UTI gera preocupação, pois uma quebra do protocolo de prevenção de transmissão de agentes infecciosos de ambiente hospitalar dos profissionais desse setor podem contaminar os pacientes, predispondo-os a infecções (BARRETO et al., 2013). Devido a sua grande estrutura e o elevado número de pacientes atendidos, a pesquisa de MR no Hospital Regional de Presidente Prudente (HR-PP) se faz necessário, para que medidas de controle, prevenção e monitoramento de IRAS, assim como protocolos de higienização sejam revisados e melhorados, oferecendo mais segurança aos pacientes e acompanhantes. Assim, o objetivo deste trabalho será pesquisar a presença de bacilos Gram-positivos do grupo ESKAPE (Enterococcus faecium e Staphylococcus aureus), do ambiente da UTI do HR-PP, que apresentem multirresistência aos antimicrobianos. Swabs serão coletados dos 56 leitos de UTI do HR-PP e os bacilos Gram-positivos serão cultivados e identificados segundo Koneman e colaboradores (2008). Os testes de sensibilidade aos antimicrobianos e detecção dos mecanismos de resistência serão realizados segundo preconiza CLSI (2015).

Protocolo: 3274 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INGRID FRANCISQUETI DA SILVA
MURILO NEVES DO NASCIMENTO
Professor(es): CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA

Resumo:
A resistência aos antimicrobianos é uma ameaça global em ascensão, sobretudo no ambiente hospitalar, onde micro-organismos multirresistentes (MR) agravam os quadros de infecções e tornam os tratamentos mais caros e demorados (HOWDEN et al., 2013). Os MR tornam-se mais preocupantes em Infecções Relacionadas à Assistência à Saúde (IRAS), sobretudo em pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) (OLIVEIRA et al., 2012), devido a esses pacientes apresentarem risco elevado de desenvolver infecções (CARVALHO, 2014). Dentre os micro-organismos classicamente descritos como causadores de IRAS, podemos destacar o grupo "ESKAPE", (Enterococcus faecium, Staphylococcus aureus, Klebsiella pneumoniae, Acinetobacter baumanii, Pseudomonas aeruginosa e espécies de Enterobacter). São assim agrupados por possuírem a habilidade de "escapar" dos antimicrobianos (do inglês, escape) (NNISSR, 2004). A presença desses micro-organismos em ambiente de UTI gera preocupação, pois uma quebra do protocolo de prevenção de transmissão de agentes infecciosos de ambiente hospitalar dos profissionais desse setor podem contaminar os pacientes, predispondo-os a infecções (BARRETO et al., 2013). Devido a sua grande estrutura e o elevado número de pacientes atendidos, a pesquisa de MR no Hospital Regional de Presidente Prudente (HR-PP) se faz necessário, para que medidas de controle, prevenção e monitoramento de IRAS, assim como protocolos de higienização sejam revisados e melhorados, oferecendo mais segurança aos pacientes e acompanhantes. Assim, o objetivo deste trabalho será pesquisar a presença de bacilos Gram-negativos do grupo ESKAPE do ambiente da UTI do HR-PP, que apresentem multirresistência aos antimicrobianos. Swabs serão coletados dos 56 leitos de UTI do HR-PP e os bacilos Gram-negativos serão cultivados e identificados segundo Koneman e colaboradores (2008). Os testes de sensibilidade aos antimicrobianos e detecção dos mecanismos de resistência serão realizados segundo preconiza CLSI (2015).

Protocolo: 3273 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA WENDEBORN THOME
JOAO PEDRO BRAMBILLA EDERLI
Professor(es): CAIO FERREIRA DE OLIVEIRA

Resumo:
A síndrome metabólica aparece atualmente como uma importante complicação da obesidade, sendo associada a diversos processos patológicos, como as dislipidemias, resistência à insulina e esteatose hepática. A má alimentação e o sedentarismo são apontados como principais fatores de risco para obesidade e síndrome metabólica, bem como para as doenças cardiovasculares. O consumo de alimentos fonte flavonoides tem sido associado à melhora no quadro patológico de síndrome metabólica. A quercetina, principal flavonoide presente na dieta humana, possui diversas propriedades terapêuticas, tais como o potencial antioxidante, anticarcinogênico, efeitos protetores do sistema renal, cardiovascular e hepático, e podem ser utilizadas no controle da síndrome metabólica. Assim esse presente estudo busca avaliar o potencial terapêutico do extrato de cebola crioula roxa como fonte do flavonoide quercetina, em ratas wistar, alimentadas com dieta hiperlipidica e água suplementada com frutose. Trinta e duas ratas wistar serão distribuídas aleatoriamente em 4 grupos (n = 8): Grupo controle magro (C); Grupo controle obeso (CO); Grupo Quercetina (Q); e Grupo Quercetina obeso (QO). Os animais do grupo C e Q serão alimentados com ração comercial fornecida pelo biotério da UNOESTE e os animais do grupo O e QO serão alimentados com dieta palatável hiperlipídica (DPH) e água suplementada com frutose e, concomitantemente, receberão diariamente a suplementação com extrato de cebola crioula roxa por meio de gavagem durante 59 dias. Os grupos C e O receberão diariamente água como placebo, por meio de gavagem. O estado de tolerância à glicose e à insulina será mensurado por meio de Teste de tolerância à Glicose (GTT) e Teste de Tolerância à Insulina (ITT). Ao final de 59 dias esses animais serão submetidos a anestesia geral para coleta de sangue e posterior eutanásia, tecidos adiposos e hepático serão retirados e pesados. Sangue será coletado para análises de perfil lipídico e glicemia. Fígado será fixado em formalina tamponada para posterior análise histológica. Os resultados serão apresentados como média ± desvio-padrão e serão submetidos ao teste estatístico adequado.

Protocolo: 3233 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA NICOLETE PEREIRA
VITORIA RIBEIRO PEREIRA
SABRINA DA SILVA LOPES
Professor(es): ELIANE SZUCS DOS SANTOS
SABRINA ALVES LENQUISTE

Resumo:
A tuberculose é uma doença infecciosa crônica, com ampla distribuição mundial e que há muito tempo afeta a humanidade, representando, ainda hoje, um grave problema de saúde pública. Trata-se de uma doença negligenciada e endêmica em diversos países, sendo responsável por cerca de 1,3 milhões de óbitos anualmente. Estima-se que um terço da população mundial esteja infectada pelo Mycobacterium tuberculosis - bacilo aeróbico que apresenta alta infectividade e baixa patogenicidade - estando, portanto, sob risco de desenvolver a doença de tuberculose. Em 2015, o Estado de São Paulo tem, até o momento, a taxa de incidência de 37,2 casos a cada 100.000 habitantes, totalizando 16.370 casos de tuberculose. O mapeamento de doenças é uma ação fundamental, pois, a partir do conhecimento da distribuição espacial das doenças, podem-se definir ações preventivas ou mesmo corretivas para o combate das mesmas. No estado de São Paulo, há áreas muito carentes de mapeamento cartográfico da tuberculose, uma das quais é a região do Pontal do Paranapanema. A proposta desse trabalho é compreender os aspectos epidemiológicos associados à distribuição espacial da tuberculose na região do Pontal do Paranapanema. O método proposto consiste de um estudo ecológico, epidemiológico. Pretende-se utilizar os dados relacionados aos indivíduos infectados disponíveis em diferentes órgãos brasileiros, tais como Sistema Nacional de Agravos e Notificações (SINAM), Boletim Epidemiológico Paulista (BEPA) e Centro de Vigilância Epidemiológica Municipal. Quanto aos dados cartográficos, pretende-se utilizar os dados disponíveis pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os resultados serão analisados a partir da realização de correlações entre a taxa de doentes e fatores ambientais do tipo clima, potencial socioeconômico, condições de saneamento básico, tais como presença de resíduos, e densidade populacional.

Protocolo: 3292 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 6/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAURA APARECIDA ANTONIO SCHINKE
ANNE BEATRIZ BORTOLUCI GALISIOLI
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ANA PAULA MARQUES RAMOS

Resumo:
O desempenho médico é baseado no princípio de prevenção e o diagnóstico das doenças e seus fatores de risco são fundamentais. Marcadores biológicos são utilizados não somente para o diagnóstico, mas também para propor tratamentos. Para isso busca-se uma alternativa que permita a obtenção de resultados mais rapidamente que os laboratoriais, como os aparelhos portáteis do tipo point-of-care. Objetivos: Esse estudo terá como objetivo mensurar o colesterol total em amostras de sangue total a fresco capilar com aparelho portátil de indivíduos hipertensos e diabéticos frequentadores de uma Unidade Básica de Saúde. Metodologia: Trata-se de estudo quantitativo do tipo transversal, em amostra comunitária, considerando-se a proporcionalidade. Serão convidados a participar do estudo 60 indivíduos frequentadores da UBS do bairro Brasil Novo, na cidade de Presidente Prudente-SP, que participam de grupos de intervenção interdisciplinar em Hipertensão e Diabetes Mellitus (Hiperdia). A execução prática do projeto de pesquisa será entre meses de agosto a outubro de 2016. Os participantes serão divididos em três grupos: hipertensos; diabéticos; hipertensos e diabéticos. Inicialmente, será realizada avaliação inicial dos participantes para caracterização da amostra. Na sequência, será realizada a coleta de sangue capilar com técnica especifica padronizada para análise no aparelho Accutrend GCT®, seguindo os dados para realização do controle de qualidade do aparelho fornecidos pelo fabricante nas bulas das soluções de controle e embalagens das fitas reagentes. Serão incluídos pacientes frequentadores da UBS do Brasil Novo que participem de grupos de intervenção interdisciplinar, com idade entre 30 e 80 anos de idade, de ambos os sexos, residentes no bairro Brasil Novo. Será confeccionado um banco de dados no Excel®, em seguida os dados serão analisados e os resultados serão apresentados de forma descritiva, por média e desvio padrão. Serão produzidos gráficos e figuras para representar os resultados encontrados.

Protocolo: 3213 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VITORIA RIBEIRO PEREIRA
MONIQUE MANOEL DE MORAES
RAFAELA APARECIDA DE ALMEIDA RUBIRA
Professor(es): SELMA DE BASTOS ZAMBELLI FREITAS
ALINE DUARTE FERREIRA

Resumo:
A hanseníase é uma doença infectocontagiosa, de evolução crônica, cujo principal agente etiológico é o parasita intracelular obrigatório Mycobacterium leprae ou bacilo de Hansen. Atualmente, apesar de todo o empenho para sua eliminação, a hanseníase ainda representa um grave problema de saúde pública no Brasil. O contágio dá-se de pessoa a pessoa, através do contato estreito e duradouro com doentes sem tratamento. A doença atinge pele e nervos periféricos, podendo levar a sérias incapacidades físicas. O desconhecimento da população geral sobre a hanseníase, ainda é muito grande. A deficiência no conhecimento sobre a doença geralmente acarreta em uma demora no diagnóstico e tratamento, colaborando para o aumento do risco de sequelas permanentes. Dessa forma, acreditamos que a obtenção desta informação na população de doadores de sangue possa contribuir para compreender melhor como a hanseníase é interpretada, afim de promover melhoras em sua divulgação. O objetivo deste trabalho será avaliar o conhecimento sobre a hanseníase em doadores de sangue. Para isto, iremos avaliar doadores de sangue do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente (n &#61619; 600 indivíduos), sem queixas clínicas, com idade maior ou igual a 18 anos, ambos os sexos e sem histórico prévio de doenças infecciosas. Esta população faz parte do projeto docente conduzido pela orientadora-pesquisadora (protolocolo CCPq/ CAAE: 2359/39826414.8.0000.5515) já aprovado. Para avaliar nosso objetivo será realizada a análise de dados epidemiológicos e do conhecimento sobre a hanseníase obtidos através de questionário. Após a análise dos resultados, serão considerados significativos valores de p < ou = 0,05.

Protocolo: 3117 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TAMIRES DE OLIVEIRA SANTOS
REGINA RAFAEL TEIXEIRA
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível antiga, de crescente prevalência no Brasil. A sífilis em gestantes (SG) e sífilis congênita (SC) estão relacionadas com tratamento inadequado, idade gestacional, fase da doença, resposta imunológica do feto, condições socioeconômicas e culturais, sendo sua prevalência crescente principalmente no estado de São Paulo. Tendo em vista as características socioeconômicas e culturais do Pontal do Paranapanema, o presente estudo tem como objetivo avaliar a distribuição de SG e SC nos municípios do Pontal e a vulnerabilidade desta região quanto a prevalência de sífilis. Serão coletados dados de prevalência de SG e SC nos anos de 2007 a 2013, a partir do portal do Sistema de Informações de Agravos de Notificação (SINAN), separados por municípios e, posteriormente, plotados em gráficos de dispersão por um software específico.

Protocolo: 3070 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 8/2017 Programa: PPD - Programa de Pesquisa Docente/PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): JOYCE MARINHO DE SOUZA
Professor(es): ROGERIO GIUFFRIDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
GLILCIANE MORCELI
ANA PAULA MARQUES RAMOS

Resumo:
Staphylococcus aureus é a bactéria mais importante do gênero Staphylococcus por ser responsável por causar grande variedade de infecções. A grande preocupação na significância das infecções causadas por esse microrganismo é a resistência à meticilina, pois Staphylococcus aureus resistente à meticilina (MRSA) apresentam resistência a todos os beta-lactâmicos e deixam poucas alternativas para o tratamento das doenças. A vancomicina é um antimicrobiano utilizado para tratamento de infecções causadas por MRSA, mas já foram relatados casos de resistência e suscetibilidade reduzida a esta droga. S. aureus com suscetibilidade reduzida a vancomicina e MRSA podem ser facilmente disseminados através de equipamentos de proteção individual, como o jaleco, que muitas vezes pode ser utilizado de forma indevida, violando as práticas de biossegurança. Com o uso indevido dos jalecos, bactérias patológicas e multirresistentes são levadas de dentro para fora dos hospitais e laboratórios. Considerando a capacidade de disseminação e do potencial patogênico de S. aureus, é de grande importância a detecção de MRSA em jalecos de estudantes do curso de Biomedicina que utilizam esse Equipamento de Proteção Individual em diferentes laboratórios durante o período de aula e estágio. Neste estudo serão isoladas amostras provenientes de 100 jalecos de alunos do curso de Biomedicina e identificadas as bactérias da espécie S. aureus. As técnicas de disco difusão com os discos de oxacilina e cefoxitina e o teste de triagem em agar Mueller Hinton acrescentado de 4 NaCl e 6 de oxacilina serão utilizadas para a detecção MRSA e a técnica de triagem em agar BHI acrescentado de 4 e 6 de vancomicina serão utilizados para a avaliar a suscetibilidade reduzida a vancomicina. A detecção de MRSA e de S.aureus com suscetibilidade reduzida a vancomicina ressalta a importância de medida preventivas para evitar a disseminação desses microrganismos em diferentes setores da Universidade. Assim, este estudo visa detectar S. aureus resistentes à oxacilina e com suscetibilidade reduzida a vancomicina em jalecos de alunos do curso de Biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE).

Protocolo: 3075 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): YAN CHRISTIAN DE OLIVEIRA BONFIM
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Introdução: Trichomonas vaginalis, protozoário causador da tricomoníase, representa um dos principais micro-organismos causadores de doenças sexualmente transmissíveis ao redor do mundo. Essa protozoose, além da via sexual, também pode ser transmitida com menor frequência através de fômites, sendo os mais comuns, assentos de vasos sanitários, duchas e espéculos utilizados em exames ginecológicos. Segundo a Organização Mundial da Saúde, estima-se que ocorram anualmente 143 milhões de casos de tricomoníase, os quais correspondem a 50 dos casos de Doenças Sexualmente Transmissíveis. Embora o Trichomonas seja o agente não viral mais comum na gênese das doenças venéreas, o mecanismo exato da sua patogenia ainda não está completamente elucidado. A cultura representa o padrão ouro de diagnóstico da tricomoníase, visto que é um método de fácil interpretação, requerendo uma pequena quantidade de trofozoítos para que se estabeleça o crescimento parasitário. Objetivo: Padronizar protocolo de cultura axênica de cepas de Trichomonas vaginalis utilizando-se meio de Diamond´s. Material e métodos: As amostras de T. vaginalis que serão utilizadas no estudo são provenientes de coleção pertencente ao Laboratório de Imunopatologia da Relação Materno-Fetal, Departamento de Patologia, Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. Para detecção e isolamento inicial de T. vaginalis, amostras do conteúdo do fundo de saco vaginal (região entre o colo uterino e as paredes vaginais laterais) de mulheres em idade reprodutiva foram coletadas com uma espátula estéril e inoculadas em 5mL de meio líquido Diammond´s, transportadas e mantidas à temperatura de 37°C. As amostras positivas foram acrescidas de 10 de glicerol (solução criopreservadora) e congeladas a -20oC. Para reativação dos parasitas, as amostras congeladas serão recebidas no Laboratório de Microbiologia da UNOESTE e colocadas em banho maria à temperatura de 37ºC por 30 minutos. Após descongelamento, uma alíquota será inoculada em meio de cultura de Diamond´s recém preparado e incubados à mesma temperatura por 48 a 72h. As culturas serão observadas ao microscópio óptico para verificação de crescimento e multiplicação dos parasitas e, nos tubos positivos, a contagem dos trofozoítos será realizada em câmera de Neubauer. O volume de cultura positiva adequado contendo 300-500 trofozoítos serão inoculados em novo tubo com meio de Diamond´s e os dias de repique serão estabelecidos conforme o crescimento dos parasitas. Dada as altas prevalências encontradas da tricomoníase entre as mulheres e as consequências clínicas subsequentes, a implantação de cultura axência para a manutenção de cepas de T. vaginalis no laboratório de microbiologia da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE permitirá a realização de estudos futuros para uma melhor compreensão dos aspectos parasitológicos e imunológicos relacionados à doença.

Protocolo: 3039 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 3/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALEXANDRE DE JESUS FELIX
GERSIO CAYRES PINHEIRO NETO
LILIAN MARIA COLOMBO TEIXEIRA
MARIA CLARA DE CARVALHO SILVA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
A síndrome metabólica é caracterizada por um conjunto de fatores de riscos metabólicos e cardiovasculares envolvendo obesidade, diabetes, pressão arterial e resistência à insulina. Esta síndrome tem apresentado prevalência crescente e é considerada um grave problema de saúde pública. Estima-se que entre 20 a 25 da população mundial adulta seja portadora dessa síndrome, o que provoca um aumento na probabilidade de morte, ataque cardíaco, derrame e de desenvolver diabetes tipo II. Visto a gravidade do problema, o estudo terá como objetivo avaliar a prevalência da síndrome metabólica em participantes de grupos de intervenção interdisciplinar de uma Unidade Básica de Saúde na cidade de Presidente Prudente-SP. Métodos: será utilizado como critério de diagnóstico, os critérios do National Cholesterol Education Program - Adult Treatment Panel III (NCEP-ATP III). Os participantes serão divididos em três grupos: hipertensos; diabéticos; hipertensos e diabéticos. Inicialmente será realizada avaliação inicial dos participantes para caracterização da amostra por meio do registro dos dados antropométricos, dados vitais como a pressão arterial e coleta sanguínea para análise laboratorial a ser realizada no Laboratório de Bioquímica da Universidade do Oeste Paulista. Para análise de resultados será confeccionado um banco de dados eletrônicos criado no Excel®. Os dados serão descritos através das média e desvio padrão das variáveis, porcentagens e frequências simples. Resultados esperados: espera-se encontrar dentro dos grupos de intervenção maior prevalência de participantes com alteração nos exames de colesterol e frações, altos valores de circunferência abdominal e no exame de glicemia para fechar o diagnóstico da Síndrome Metabólica com a presença de pelo menos três dos cinco fatores de riscos.

Protocolo: 3013 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 12/2016 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): VITORIA RIBEIRO PEREIRA
MONIQUE MANOEL DE MORAES
RAFAELA APARECIDA DE ALMEIDA RUBIRA
Professor(es): SELMA DE BASTOS ZAMBELLI FREITAS
ALINE DUARTE FERREIRA

Resumo:
A doença de Chagas é considerada uma doença negligenciada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e na América Latina existem cerca de 12 a 14 milhões de pessoas infectadas e mais de 40 milhões com risco mediante de contrair a doença. O parasito possui um ciclo biológico do tipo heteroxênico, apresentando diferentes formas evolutivas no hospedeiro vertebrado (tripomastigotas e amastigotas) e invertebrado (epimastigotas e esferomastigotas). O diagnóstico laboratorial é diferente para as duas fases da doença: na fase aguda, a demonstração do parasita é baseada em métodos parasitológicos diretos; na fase crônica o diagnóstico laboratorial se encontra comprometido, em virtude da baixa parasitemia, podendo ser realizado por técnicas parasitológicas e imunológicas. A doença de Chagas pode ser curada apenas durante a fase aguda da doença, sendo os casos crônicos acompanhados para avaliar a evolução do paciente dentre quatro diferentes formas: indeterminada, cardíaca, digestiva ou mista. Portanto a doença de Chagas continua a ser um problema de saúde pública e a implantação de cultivos axênicos para obtenção de amastigotas permitirá a realização de estudos futuros para uma melhor compreensão de aspectos parasitológicos e imunológicos relacionados à doença. O objetivo do trabalho será a transformação de epimastigotas de T. cruzi em amastigotas em meio M199. Para isso utilizaremos epimastigotas da cepa Y de T. cruzi mantidas em meio LIT, que serão transformadas em amastigotas após 3 dias de cultura em meio M199 suplementado. A análise dos resultados irá verificar a eficiência da transformação de epimastigotas de T. cruzi em amastigotas em meio M199 através da avaliação da quantidade de formas amastigotas obtidas.

Protocolo: 3294 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA VANESSA DE SOUSA FAVARETO
FERNANDO NUNES GAVIOLI BONI
AMANDA APARECIDA SILVA DE AGUIAR
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: As infecções anogenitais pelo papilomavírus humano (HPV) são as mais freqüentemente diagnosticadas entre as doenças sexualmente transmissíveis de origem viral. Os condilomas acuminados são lesões benignas decorrentes da infecção por HPV de baixo risco oncogênico. No entanto, infecções múltiplas com genótipos de alto risco oncogênico já foram documentados nessas lesões. Dessa forma, a tipagem de HPV em lesões de condiloma acuminado se apresenta como importante ferramenta no diagnóstico, procedimento, tratamento e seguimento, pois tais lesões podem representar um reservatório de tipos de HPV implicados na gênese do câncer do colo do útero. Objetivo: Relacionar os resultados histopatológicos de condiloma acuminado com a positividade e genotipagem de HPV. Casuística e Métodos: Trata-se de um estudo transversal retrospectivo no qual serão estudadas amostras de condiloma acuminado provenientes de biópsia da região genital de mulheres em idade reprodutiva. Serão incluídas todas as amostras armazenadas no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2009 provenientes do Biobanco CONEP B-005 da Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE. A coleta do material foi realizada durante consulta ginecológica. A lesão excisada foi acondicionada em formol a 10 para a fixação do material por 24 horas, desidratados em álcool, diafanizados em xilol e a seguir incluídos em blocos de parafina. Os blocos das amostras selecionadas para o estudo serão seccionados em micrótomo comum, obtendo-se 3 cortes de 6 &#956;m de espessura, os quais serão desparafinizados em xilol e submetidos à extração de DNA total pelo método CTAB/NaCl. A presença e genotipagem de DNA-HPV será determinada pela técnica de reação em cadeia da polimerase utilizando-se primers específicos para o DNA viral e para os subtipos virais de interesse HPV 06, 11, 16 e 18. Os dados serão avaliados de acordo com a positividade de HPV e os tipos virais encontrados, e a análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5. Resultados esperados: Espera-se encontrar positividade de 100 para o DNA de HPV e, com isso, contribuir para a confirmação que os condilomas acuminados são lesões HPV-induzidas. Além disso, espera-se que a presença de HPV 06 e 11 seja predominante, porém a detecção de lesões com co-infecção de HPV de alto risco oncogênico é esperada, o que o que pode ser um fator de risco para o desenvolvimento de lesões precursoras de malignidade.

Protocolo: 3178 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 8/2017 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA CAROLINE LOPES MUNHOZ
ISABELLA FERNANDA SILVA BRANDAO
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
A lesão cerebral é uma desordem neuromotora que pode desencadear alterações anatomofisiológicas das estruturas do sistema respiratório que são decorrentes dos desvios posturais, diminuição da mobilidade, deformidades torácicas, carências nutricionais, acentuado uso de medicações e infecções respiratórias de repetição, com consequente retenção de secreção traqueobrônquica (Slutzky,1997). As medicações usadas nestes pacientes podem desencadear alterações orais como as ulcerações e hiperplasia gengival (sinais visíveis de inflamação oral), podendo agravar problemas respiratórios nestes indivíduos. É necessário determinar as alterações presentes na cavidade oral, como marcadores inflamatórios nos pacientes com paralisia cerebral. O presente estudo visa verificar a presença de células inflamatórias e cândida em pacientes com paralisia cerebral. Serão selecionados 16 indivíduos, portadores de paralisia cerebral, que serão divididos em dois grupos: (Grupo I), incluídos pacientes que usam medicamentos e (Grupo II), pacientes que não utilizam medicamentos. Para avaliar as alterações inflamatórias das células mucosa oral e Candida ssp será utilizada a citologia esfoliativa pelo método de Shoor Modificado.

Protocolo: 3009 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 5/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RODRIGO MARTINS DIAS
GEOVANA ISABELLE GONCALVES DE OLIVEIRA
ELAISE ALVES MILLAN
Professor(es): DEBORAH CRISTINA GONÇALVES LUIZ FERNANI
CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
LEONILDA CHIARI GALLE

Resumo:
A infecção do trato urinário (ITU) é considerada uma das mais frequentes doenças bacterianas, sendo Escherichia coli um dos principais micro-organismos causadores. Vários fatores de virulência podem ser associados à prevalência de E. coli nos casos de infecção do trato urinário (ITU), dentre eles destacamos a formação de biofilme intimamente ligados a presença de adesinas e também com a motilidade desta bactéria. Os biofilmes representa uma estrutura de difícil erradicação e tem se tornado um grande problema para a Saúde Pública visto que estão envolvidos com várias doenças e possuem uma resistência aumentada aos agentes antimicrobianos. Este trabalho tem como objetivo avaliar e caracterizar a formação de biofilmes por isolados de Escherichia coli. Serão utilizadas técnicas para avaliar a adesão em placas de poliestireno coradas com cristal violeta, determinar a motilidade em ágar semi-sólido e avaliar a hidrofobicidade celular dos isolados com teste de sulfato de amônio. Os dados obtidos serão compilados em gráficos e tabelas e em seguida serão analisados estatisticamente.

Protocolo: 2998 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MIKAELY APARECIDA DE SOUZA BONIFACIO
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
A toxoplasmose é considerada a infecção parasitária mais comum do mundo, causada pelo agente etiológico intracelular obrigatório, Toxoplasma gondii. A transmissão pode ocorrer por três vias: ingestão de cistos de carne mal cozida ou crua, tendo um maior foco em carnes de suínos, ovinos e caprinos e em menor frequência em bovinos; via transplacentária, ou seja, contaminação do feto pela gestante, sendo esta a forma congênita (transmissão vertical), e também ocorre por verduras e legumes mal lavados e água contaminada e através de fezes dos gatos infectados. Apresenta a forma mais grave quando ocorre infecção ocular, infecção congênita e em indivíduos imunodeprimidos. A infecção congênita é gravíssima, considerando que apenas uma pequena porcentagem dos fetos infectados evolui para a cura. Estudos recentes afirmam que o principal fator de risco para que ocorra a infecção em gestantes é o consumo inadequado de carne mal cozida, representando um valor de 30 a 63 dos casos, os outros 6 a 17 ocorrem devido ao solo contaminado. Em relação ao risco de infecção materno-fetal e da gravidade das sequelas, estes irão variar de maneira inversa de acordo com o período gestacional em que há soroconversão materna. Quando ocorre a infecção congênita, a mesma pode levar a morte intrauterina, e caso não ocorra a morte do feto, este poderá apresentar sequelas graves como microcefalia ou hidrocefalia por exemplo, quando acontece até os quatro primeiros meses de gestação aproximadamente, e em contrapartida pode ser assintomática quando ocorre no final da gestação. É de extrema importância e fundamental o diagnóstico precoce durante o acompanhamento pré-natal como forma preventiva visando uma minimização de riscos para a mãe e para o bebê. Além de um maior cuidado no contato com os gatos e com seus dejetos, já que estes são uma importante fonte de transmissão. Geralmente é solicitado os exames para a detecção de anticorpos IgG (infecção crônica) e IgM (infecção aguda). O objetivo dessa pesquisa é verificar, a prevalência da doença em pacientes atendidas pelo SUS, na cidade de Presidente Prudente assistidas no laboratório de Análises Clínicas da UNOESTE. Uma pesquisa feita em Caxias, localizada no Maranhão, mostrou que 77,9 das gestantes estudadas de dois centros de referência desta região, apresentaram sororeatividade para o Toxoplasma gondii (CÂMARA; SILVA; CASTRO, 2015). Em contrapartida, o estudo realizado no município de Marialva situada no estado do Paraná, demonstrou que apenas 9,8 das gestantes eram soropositivas (ZERBINATTI et al., 2015). Além disso, em Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul, as pacientes estudadas obtiveram testes reagentes para toxoplasmose em 53,3 (ROCHA; KOBER; GRIVICICH, 2014), ficando evidenciada a variação de prevalência em diferentes regiões. No entanto, no município de Presidente Prudente ainda não há pesquisas recentes que demostram a prevalência de toxoplasmose em gestantes em um centro de referência. A metodologia utilizada nesta pesquisa será baseada na pesquisa documental e descritiva dos atendimentos realizados pelo Laboratório de Análises ClínicasUNOESTE, nos últimos 2 (dois) anos. Serão utilizados apenas sexo e idade das pacientes. As demais informações do sistema terão sigilo absoluto e ocultação de identificações (nome e endereço) sendo, portanto, extremamente confidenciais.

Protocolo: 3018 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS ROBERTA BARROS CORREIA
Professor(es): CHRISTIANE MARTINEZ HUNGARO
ELIANE SZUCS DOS SANTOS

Resumo:
As frutas cítricas e o seu suco apresentam uma alta demanda e preferência entre a população e hoje em dia o seu consumo já faz parte da dieta humana. Existem inúmeras espécies que pertencem ao grupo das frutas cítricas, entretanto os exemplos com maior importância comercial são: laranjas, limões, limas, toranjas, e tangerinas. A laranja é uma das frutas cítricas mais populares e é caracterizada pelo sabor agradável por ser fonte de carboidratos, fibra alimentar, muitas vitaminas B e C, minerais e fitoquímicos biologicamente ativos tais como carotenóides e flavonoides. Vários trabalhos vêm associando o consumo da laranja com a prevenção de doenças crônicas e com a melhoria da saúde. Entretanto, sucos de laranja in natura pode ser fonte de contaminação de micro-organismos patogênicos e deteriorantes. A contaminação do suco de laranja se deve principalmente ao preparo inadequado, portanto a adoção de medidas preventivas e boas práticas de manipulação são indispensáveis no controle do processo de contaminação e deterioração deste produto. Este trabalho tem como objetivo a avaliação da qualidade higiênico-sanitária dos sucos de laranja em uma cidade do oeste paulista. Será pesquisada a contaminação por bolores e levedura, aeróbios mesófilos, coliformes totais e fecais e bactérias ácido láticas. Além disso, será avaliado o pH das amostras coletadas. Após as análises das amostras, os dados serão compilados em tabelas e gráficos e os resultados serão avaliados estatisticamente.

Protocolo: 2968 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA LOURENCO AVELINO
CARLA ADRIANA DOS SANTOS
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
O metilfenidato (Ritalina®) é um fármaco do grupo das anfetaminas, por isso apresenta propriedades psicoestimulantes. As indicações terapêuticas são para o tratamento de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) e de narcolepsia. O objetivo desse trabalho será identificar os efeitos colaterais do metilfenidato, devido ao uso não terapêutico, em curto e longo prazo em estudantes do curso de Medicina e Engenharia Civil de uma universidade particular do interior do estado de São Paulo. Será um estudo transversal com aplicação de um questionário padronizado e autoexplicativo aos estudantes do 1° ao 8° período de ambos os cursos, após leitura e anuência com a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE). Os dados serão apresentados em tabelas com os resultados da análise estatística descritiva e as comparações entre os cursos serão realizadas por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As análises estatísticas serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 3001 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA LEME
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Os metais pesados estão livremente distribuídos na natureza em baixas concentrações, denominados elementos traços, e podem apresentar funções biológicas, no metabolismo. Entretanto em altas concentrações e as formas oxidantes podem causar danos à saúde humana. O cromo (III) é considerado um elemento essencial na dieta humana, devido à sua atividade no metabolismo lipídico, proteico e principalmente com os carboidratos. A ingesta diária estimada e segura de cromo, com número de oxidação +3 (Cr3+), em adultos está entre 50 e 200µg/dia. O Cr3+ não é a forma mais tóxica encontrada, no entanto, prejudica o organismo quando ingerida em quantidades extremamente elevadas. A ingesta de cromo (III ou VI) ocorre em alimentos contaminados com o metal, proveniente do tratamento industrial, por exemplo, no curtimento do couro bovino e extração do colágeno, proteína componente de gelatinas. O presente trabalho tem como objetivo investigar a presença de cromo 3+ em gelatinas comerciais, quantificar e verificar se as concentrações de cromo III estão de acordo com as leis vigentes para esse alimento, preconizadas pela ANVISA (agência nacional de vigilância sanitária). Serão utilizadas sete marcas de gelatina, sendo cinco dos tipos coloridas, com sabor padronizado, e incolor e duas em folha, todas em triplicata. As amostras serão tratadas e digeridas, em quadruplicata, por hidrólise com HCl (ácido clorídrico PA) que fará a mineralização prévia e eliminação da matéria orgânica por dissolução dos resíduos por ácidos minerais. A leitura das mesmas será realizada em espectrofotômetro de absorção atômica. As comparações entre marcas, sabores e tipos de gelatina serão realizadas por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As análises estatísticas serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 2941 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA ALVES DE SOUZA
CHELSEA PEREIRA DE SOUZA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Desde a antiguidade os cosméticos têm sido amplamente usados, e nos dias de hoje, existem uma infinidade de produtos da categoria. O batom faz parte desses produtos, com uso diário pela maioria das mulheres, porém existem alguns componentes que por muitas vezes fazem com que o uso continuado do produto cause malefícios à saúde. O chumbo (Pb) que por vezes é encontrado em batons é uma dessas substâncias que pode causar problemas hematológicos, neurológicos entre outros. O presente estudo irá determinar a concentração de chumbo presente em batons, de acordo com a regulamentação da agência nacional de vigilância sanitária (ANVISA). Serão utilizadas 2 marcas para análise, cada marca irá conter quatro batons em análise, sendo duas tonalidades de vermelho e duas tonalidades de marrom para cada marca, totalizando 8 amostras, que serão adquiridas em triplicata. A análise da quantidade de chumbo será feita pelo método de espectrofotometria de absorção atômica, que é uma técnica que quantifica elementos, mesmo estando em pouca quantidade, após digestão das amostras em quadruplicata. A análise estatística dos resultados será feita através do programa BioEstat 5.3, e as comparações entre marcas e cores serão realizadas por meio do teste exato de Fisher utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 2933 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 11/2017 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): YASMIN CASTELANI DE AZEVEDO DO CARMO
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
O Staphylococccus aureus habita a fossa nasal de pessoas saudáveis, podendo causar um amplo espectro infecções, principalmente no ambiente hospitalar. Além disso, tem um grande potencial de transmissibilidade e pode apresentar resistência a vários antibióticos, como os macrolídeos e tetraciclinas. Entretanto em amostras isoladas de colonização nasal ainda não há muitos estudos sobre o perfil de resistência. O presente trabalho terá como objetivo avaliar o perfil de resistência de Staphylococcus aureus isolados de estudantes de enfermagem e medicina de uma instituição privada de ensino superior. Serão utilizadas sessenta amostras de S. aureus previamente coletadas e armazenadas. Para a avaliação do perfil fenotípico de resistência será realizado o antibiograma pela técnica de Disco Difusão em Ágar para Eritromicina, Clindamicina, Cefoxitina, Oxacilina, Tetraciclina e Gentamicina e pelo Teste de Resistência Induzida a Macrolídeos, Lincosamidas e Estreptograminas B (Teste D) e a para a avaliação do perfil genotípico será realizada por PCR para os a presença dos genes mrsA, mef, tetK e tetM. Para comparação das proporções entre as amostras de S. aureus resistentes e sensíveis a antibióticos e o ano de graduação dos estudantes será utilizado o teste de &#967; 2 (Qui-quadrado).O nível de significância para todos os testes será fixado em p < 0,05.

Protocolo: 2927 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EMANUELLY BARRETO BERTOLOTTO
BRUNA PEDAO MAGALHAES
Professor(es): INES CRISTINA GIOMETTI CEDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
A emergência e a disseminação da resistência entre espécimes bacterianos como Staphylococcus aureus e Klebsiella pneumoniae, assim como sua persistência no ambiente dos serviços de saúde, trazem complicações para o tratamento de infecções hospitalares o podem contribuir para o aumento dos custos, da morbidade e mortalidade. Atualmente sabe-se que o ambiente em serviços de saúde tem importante papel na disseminação de potenciais patógenos através de contaminação direta ou cruzada, porém há poucos estudos experimentais sobre a manutenção dessas bactérias, nas superfícies, relatados na literatura. Baseado nisso, o presente estudo tem como propósito analisar a capacidade da manutenção da viabilidade de amostras de Staphylococcus aureus e Klebsiella pneumoniae em superfícies abióticas com ou sem a influência de fluidos biológicos e com a presença ou ausência de desinfetantes. A metodologia será baseada na investigação quali-quantitativa, utilizando-se de levantamento bibliográfico, da pesquisa documental, experimental, da observação direta intensiva e da pesquisa descritiva, com estudo de coorte transversal, analisando os resultados através do teste não paramétrico Wilkoxon-Mann-Witney e análise paramétrica, ANOVA. Através da verificação desses aspectos, esperamos poder auxiliar em medidas taxativas de controle da contaminação ambiental e na escolha de materiais com menor susceptibilidade à disseminação patogênica em ambientes de alta vulnerabilidade.

Protocolo: 2914 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAEL OSTI DE MELO
MONIQUE MANOEL DE MORAES
BRUNA LINDOLFO DA SILVA
NATALIA OLIVEIRA BORACINE
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
ROGERIA KELLER

Resumo:
A poluição atmosférica há muito têm sido alvo de abordagem e discussão, assim como os seus efeitos adversos provocados na saúde humana. Acredita-se que esses efeitos interfiram na qualidade da saúde em geral, mais especificamente na saúde respiratória de indivíduos diretamente expostos. Apesar de haver muitos estudos sobre os efeitos da poluição atmosférica sobre o sistema respiratório, ainda são escassos estudos investigando os efeitos da poluição atmosférica durante a prática de exercícios físicos regulares em ambientes abertos com constate fluxo veicular. Objetivos: Analisar a concentração de monóxido de carbono no ar exalado e percepção de esforço físico em praticantes de exercícios físicos regulares em um parque a céu aberto. Métodos: Serão convidados a participar do estudo indivíduos com idade entre 18 anos e 40 anos, de ambos os gêneros, praticantes de exercícios aeróbicos que frequentam um parque à céu aberto na cidade de Presidente Prudente/SP nos horários de pico de tráfego veicular. Responderão a um questionário sobre o nível de atividade física; seguido de avaliação dos dados vitais e antropométricos, por fim a mensuração do monóxido de ar exalado. Durante a caminhada supervisionada de 60 minutos, os pesquisadores avaliarão a percepção do esforço físico por meio da escala de Borg, mais detalhada adiante. Após a caminhada, os participantes serão reavaliados quanto o monóxido de ar exalado e sinais vitais, e por fim responderão a um questionário de sintomas respiratórios. Para análise de resultados será confeccionado um banco de dados eletrônicos criado no Excel®. Os dados serão descritos através das média e desvio padrão das variáveis, porcentagens e frequências simples.

Protocolo: 2931 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GEIELI PAIXAO DE ANDRADE
LUIZ FELIPE MARQUES NOVAES
ALINE PORTO CARNEIRO
ISABELA CRISTINA DUARTE ARAUJO
VICTOR CESAR BELLONI DOS SANTOS
JULIANA FELIPE
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
JAIR RODRIGUES GARCIA JUNIOR
RENATA CALCIOLARI ROSSI
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ALINE DUARTE FERREIRA

Resumo:
Introdução: Corioamnionite histológica é definida pela infiltração das membranas fetais por leucócitos polimorfonucleares, sendo que a maioria dos casos ocorre na ausência de sinais clínicos e sintomas de infecção. As repercussões no período neonatal decorrentes de gestações complicadas por corioamnionite são evidentes, especialmente nos casos de rotura prematura de membranas (RPM). Esta é uma intercorrência obstétrica caracterizada pela rotura da "bolsa das águas" antes do início do trabalho de parto e acomete de 40 a 50 dos casos de parto pré-termo, o que ocorre antes de 37 semanas de gestação. A infecção da cavidade amniótica é o fator mais frequentemente associado com a ativação da cascata inflamatória que deflagra a RPM pré-termo (RPM-PT), infiltração das membranas fetais por leucócitos polimorfonucleares, o que caracteriza a corioamnionite histológica. Objetivo: Determinar a prevalência de corioamnionite histológica em gestações complicadas por RPM-PT. Casuística e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo transversal, no qual serão incluídas amostras de membranas corioamnióticas provenientes do Biobanco CONEP B-005 da Universidade do Oeste Paulista, UNOESTE. Serão incluídas todas as amostras armazenadas no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2009. Após a resolução da gestação, a placenta e seus anexos foram encaminhados ao laboratório de Patologia da Unoeste, e fragmentos das membranas foram acondicionadas em formol a 10 para a fixação do material, desidratados em álcool, diafanizados em xilol e a seguir incluídos em blocos de parafina. Os blocos das amostras selecionadas para o estudo serão seccionados em micrótomo comum, obtendo-se cortes de 6 &#956;m de espessura que serão montados em lâminas de vidro. As lâminas serão coradas pelo método clássico de Hematoxilina-Eosina (HE) para a análise histopatológica das membranas. O critério histopatológico empregado para o diagnóstico de corioamnionite será o descrito por Yoon et al. (1995). Os dados serão avaliados de acordo com diferentes idades gestacionais e a análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 3044 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 3/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA DA SILVA
ANDREZA REIS BATISTA COSTA
Professor(es): GISELE ALBORGHETTI NAI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
As dislipidemias são doenças associadas à disfunções fisiológicas e nutricionais, com graves consequências para a saúde. Os danos celulares decorrentes são extensos, envolvendo deficiência do metabolismo dos lipídios e produção de radicais livres. Substâncias antioxidantes tem potencial de reduzir os efeitos patológicos envolvidos. Um exemplo é a bixina presente no Urucum (Bixa orellana L.) que, além de possuir baixo custo, apresenta ação protetora do metabolismo celular. Este experimento visa compreender os efeitos deste carotenoide no sangue e fígado de ratos. Serão realizados três grupos de tratamento com diferentes dosagens: grupo controle, tratamento 1 (dieta hipercalórica) e tratamento 2 (dieta hipercalórica com adição bixina). Serão determinadas as concentrações plasmáticas das enzimas ALT e AST, glicose, colesterol total e frações, triglicerídeos totais, análises histopatológicas do fígado dos animais e hemograma completo

Protocolo: 2958 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PATRICIA FERREIRA DA SILVA
Professor(es): LEANDRO LOPES HAIDAMUS

Resumo:
Staphylococcus pertence à família Staphylococcaceae e consiste em cocos gram-positivos. São bactérias oportunistas que podem causar doenças em homens e animais, pelo fato de habitar a microbiota normal dos humanos, são apontadas como grande causadoras de doenças hospitalares e na comunidade. No ambiente hospitalar e laboratorial a contaminação do jaleco dos profissionais é inevitável, sendo um risco para a saúde dos pacientes, já que o jaleco se torna um veiculo para a disseminação do microrganismo. Algumas bactérias tem a capacidade de produzir biofilme, dentre elas S. aureus se destaca, devido a sua patogenicidade. O biofilme é composto por uma multicamada de células bacterianas que pode contribuir para a aderência dessa bactéria na superfície do jaleco e a resistência aos antimicrobianos pode dificultar o tratamento das infecções causadas por esse microrganismo. Assim, esse estudo tem como objetivo caracterizar S. aureus isolados de jalecos de alunos do curso de Biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) quanto à produção de biofilme e a susceptibilidade aos antimicrobianos.

Protocolo: 2894 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 5/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA CAROLINE LIMA PRATES
BRUNA DE SOUZA SANTOS
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Staphylococcus aureus é integrante da microbiota normal humana, entretanto, pode causar doenças superficiais, invasivas ou tóxicas. Também é encontrado como principal causador de infecções hospitalares e pode desenvolver resistência a certos medicamentos como a meticilina e, em casos mais raros, a vancomicina e outros antimicrobianos. Por serem componentes da microbiota humana, S. aureus podem ser facilmente transferidos para superfícies bióticas, como o jaleco utilizado por estudantes e profissionais de saúde, e assim, se disseminarem na comunidade. É comum encontrar estudantes utilizando os jalecos fora do ambiente laboratorial e hospitalar, como observado nas ruas, restaurantes e até mesmo nas cantinas dos próprios hospitais, transportando microrganismos de dentro do ambiente hospitalar para as ruas. Entretanto o caso contrário também pode vir a ocorrer, promovendo a contaminação de alimentos, pessoas, ou, até mesmo, locais e objetos esterilizados. Considerando que bactérias multirresistentes podem ser carreadas de diferentes setores das Universidades, é de grande importância avaliar a susceptibilidade aos antimicrobianos em jalecos de estudantes do curso de Biomedicina que utilizam esse Equipamento de Proteção Individual (EPI) em diferentes laboratórios durante o período de aula e estágio. Assim esse trabalho visa caracterizar S. aureus isolados de jalecos de alunos do curso de Biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) quanto à susceptibilidade aos antimicrobianos.

Protocolo: 2882 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA ROTTA BATISTA
JOSIMARA CRISTINA CARVALHO ARAUJO
Professor(es): VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
A sífilis é uma doença sexualmente transmissível (DST). As chamadas DST compreendem um conjunto de diferentes infecções. Apesar do desenvolvimento de diagnósticos, e métodos de prevenções, as DST continuam atingindo um grande número de pessoas de todas as classes sociais, principalmente mulheres, e por isso tem sido um sério problema para a saúde pública, acarretando em danos econômicos e sociais, sendo de extrema importância médica. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as DSTs e suas complicações, estão entre as dez principais causas de procura a serviços de saúde em países desenvolvidos, entre as DSTs, a sífilis merece destaque. Segundo informações da OMS, é relatado cerca de 12 milhões de novos casos anualmente no mundo entre a população adulta. A sífilis é uma doença infecciosa e sistêmica, de notificação compulsória exclusiva do ser humano. Seu agente etiológico é uma bactéria espiroqueta, do gênero Treponema e subespécie Treponema pallidum, que será referido como T. pallidum. Entre os espiroquetídeos, o T. pallidum é o mais patogênico e é o agente causador da sífilis venérea. Clinicamente, a sífilis pode ser dividida por estágios: período de incubação, sífilis primaria, sífilis secundaria, latente e congênita. O período de incubação refere-se ao período em que pode variar de 3 a 90 dias. Para o tratamento da Sífilis, ainda utiliza-se a penicilina, no qual o T. Pallidum permanece sensível, podendo ainda utilizar as cefalosporinas, tetraciclinas ou eritromicina, quando o paciente for alérgico à penicilina. O objetivo dessa pesquisa é verificar, a prevalência da doença em pacientes atendidas pelo SUS, na cidade de Presidente Prudente assistidas no laboratório de Análises Clínicas da UNOESTE. Os resultados obtidos serão analisados por métodos estatísticos apropriados.

Protocolo: 2874 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HENRIQUE ALVES DE ALCANTARA
Professor(es): ELIANE SZUCS DOS SANTOS
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
O desenvolvimento da TB ativa depende de um complexo relacionamento entre o homem e o bacilo e está associada com diminuição da resposta pró-inflamatória Th1 e aumento da produção e ação de citocinas supressoras Th2, e polimorfismos (SNPs) presentes nos genes das citocinas podem influenciar na quantidade ou na qualidade das proteínas codificadas. Em estudo recente realizado em Botucatu, verificamos que em pacientes com TB pulmonar os SNPs IL12B+1188, IFNG+874, IFNG+2109, TNF-308, IL10-819 e TGFB1+29 influenciaram na expressão e produção dos níveis de suas respectivas citocinas, sugerindo que possam ter influência sobre o diagnóstico, desfecho do tratamento e possível reativação da doença. No Brasil 26,7 dos pacientes são tratados sem confirmação diagnóstica de TB pulmonar/extra-pulmonar, com base apenas no quadro clínico-radiológico e não existe um diagnóstico rotineiro para investigar os casos de TB latente, principalmente em indivíduos imunocomprometidos, mais sujeitos a desenvolverem a forma ativa da doença. Desta forma, o estudo da associação de SNPs com a evolução clínica de pacientes com TB, será de fundamental importância para melhor entender o diagnóstico, a susceptibilidade e o desenvolvimento da TB. O objetivo deste tralho será conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel de polimorfismos em genes de suceptibilidade à tuberculose. Para isso Serão estudados pacientes com tuberculose e doadores de sangue como controles e a avaliação dos polimorfismos gênicos serão realizadas através da técnica de discriminação alélica. Serão considerados significativos valores de p&#61603;0,05.

Protocolo: 2824 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 9/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: A rotura prematura das membranas corioamnióticas (RPM) é uma intercorrência obstétrica caracterizada pela rotura da "bolsa das águas" anterior ao trabalho de parto, e pode ser considerada antecedente direto de 40 a 50 dos casos de trabalho de parto pré-termo, que ocorre antes de 37 semanas de gestação. Tal situação obstétrica apresenta etiologia multifatorial, na qual, até o presente momento, a infecção da cavidade amniótica é o fator mais frequentemente associado por ativar precocemente a cascata inflamatória na interface materno-fetal. No entanto , Trabalhos recentes demonstram que indutores de estresse oxidativo podem provocar dano no DNA, em especial na região telomérica, com consequente senescência e ativação os mecanismos que levam à RPM pré-termo (RPM-PT) mesmo na ausência de infecção intra-amniótica. Tal campo de conhecido ainda é pouco compreendido no contexto gestacional, mas pode estar associado aos casos onde não há indícios de infecção ou outro fator de risco associado. Objetivos: O objetivo do presente estudo será caracterizar membranas corioamnióticas de gestações em trabalho de parto pré-termo com membranas intactas (TPP) e na presença de RPM-PT quanto ao comprimento dos telômeros, um marcador de envelhecimento celular. Material e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo transversal, no qual serão incluídas membranas corioamnióticas de gestantes em TPP e RPM-PT com idade gestacional pareadas entre 26 e 36 semanas de gestação (n=20/grupo) que se encontram armazenadas no Laboratório de Imunologia da Relação Materno Fetal, no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. No momento da resolução da gestação, logo após a dequitação da placenta, fragmentos das membranas corioamnióticas foram coletados de todas as gestantes do estudo e imediatamente congelados em nitrogênio líquido e armazenadas a -80°C. Tais amostras serão analisados quanto ao comprimento dos telômeros, utilizando-se quantificação relativa do tamanho dos telômeros (T/S) por reação em cadeia da polimerase real-time (real-time PCR). As amostras são provenientes de estudo prévio e todas as gestantes envolvidas no estudo foram previamente informadas quanto à utilização das amostras em estudos futuros e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). Os dados demográficos e obstétricos serão relacionados aos dados do comprimento dos telômeros. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 2871 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNNA NEPOMUCENO COLATTO
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
Introdução: O trabalho de parto pré-termo (TPP), que ocorre antes de 37 semanas de gestação, representa um grande problema da clínica obstétrica, já que atinge até 10 de todas as gestações e pode acarretar morbidade materna e doenças neo e perinatais. Apresenta etiologia multifatorial, na qual, até o presente momento, a infecção da cavidade amniótica é o fator mais frequentemente associado por ativar precocemente a cascata inflamatória na interface materno-fetal. No entanto, trabalhos recentes demonstram que indutores de estresse oxidativo podem provocar dano no DNA, em especial na região telomérica, com consequente senescência e ativação os mecanismos que levam ao parto. Objetivos: O objetivo do presente estudo será avaliar a associação do comprimento dos telômeros em membranas corioamnióticas com a ocorrência de prematuridade espontânea. Material e métodos: Trata-se de um estudo retrospectivo transversal, no qual serão incluídas membranas corioamnióticas de gestantes em TPP e termo (n=20/grupo) que se encontram armazenadas no Laboratório de Imunologia da Relação Materno Fetal, no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina de Botucatu, UNESP. No momento da resolução da gestação, logo após a dequitação da placenta, fragmentos das membranas corioamnióticas foram coletados de todas as gestantes do estudo e imediatamente congelados em nitrogênio líquido e armazenadas a -80°C. Tais amostras serão analisados quanto ao comprimento dos telômeros, utilizando-se quantificação relativa do tamanho dos telômeros (T/S) por reação de polimerase de cadeia (PCR). As amostras são provenientes de estudo prévio e todas as gestantes envolvidas no estudo foram previamente informadas quanto à utilização das amostras em estudos futuros e assinaram o termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE). Os dados demográficos e obstétricos serão relacionados aos dados do comprimento dos telômeros. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 2870 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNNA NEPOMUCENO COLATTO
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
A alimentação está presente em todas as fases da vida, sendo de extrema importância para a saúde do indivíduo. Para isto, requisitos nutricionais e higiênico sanitários são imprescindíveis. Uma das possíveis causas de infecção hospitalar é o consumo de alimentos contaminados, sendo assim, fornecer alimentos seguros é essencial aos serviços de nutrição hospitalares. Das doenças transmitidas por alimentos, as de origem bacteriana são apontadas como o problema de saúde pública mais abrangente do mundo, destacando as causadas por Staphylococcus aureus, bactéria encontrada principalmente nas fossas nasais, boca e pele da população humana. Neste contexto, a contaminação de alimentos, manipuladores e utensílios é um importante elo entre alimento, pacientes e doenças transmitidas por alimentos. A disseminação destas bactérias não é conhecida num hospital de ensino em Presidente Prudente, SP e faz se necessário o estudo para entender o fitness ambiental em local potencialmente adverso. Diante disso o presente projeto terá como objetivo analisar a similaridade genética e a capacidade ou aptidão (Fitness ambiental) de S. aureus em diferentes ambientes do serviço de nutrição de um hospital universitário Serão coletadas, em dois diferentes períodos, amostras em três áreas do serviço de nutrição (produção geral, lactário e preparo de nutrição enteral) de manipuladores, equipamentos e bancadas para proceder as provas de identificação de Staphylococcus aureus, verificação da capacidade de sobrevivência em situações adversas, avaliação do perfil de resistência a antimicrobianos e detecção do gene MecA. Será realizada a avaliação da similaridade genética desses isolados através da utilização de marcadores moleculares RAPD, caracterizando assim, possíveis focos de contaminação dos alimentos para finalmente se propor medidas de controle de disseminação de micro-organismos, garantindo segurança alimentar aos usuários do hospital em estudo e consequentemente da população da região.

Protocolo: 2879 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANA NICOLETE PEREIRA
MARILDA MOREIRA DA SILVA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
A atenção consiste num processo cognitivo de focalização, concentração e seleção de estímulos. As teorias atuais consideram dois tipos de atenção com relação ao mecanismo de orientação: atenção automática, que envolve mecanismos de ativação de baixo-para-cima, e orientação voluntária, dependente de mecanismos de cima-para-baixo. De um ponto de vista clínico, a atenção é classificada pela sua forma de operacionalização. Uma dessas formas é a atenção dividida, que envolve a divisão de recursos entre dois ou mais estímulos do ambiente. Estudos realizados acerca do tema apontam que cindir a atenção pode acarretar prejuízos à qualidade e quantidade de informação absorvida pelo indivíduo, quando este se submete a realização simultânea de tarefas (multitasking) que exijam demandas de atenção, ou quando realiza tarefas na presença de estímulos distratores. O presente estudo tem por objetivo avaliar a magnitude da interferência do celular no mecanismo atencional, testando voluntários saudáveis num Teste de Busca Visual (TBV) e colocando um aparelho celular como um estímulo distrator.

Protocolo: 2800 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CINTHIA DE SOUSA NOGUCHI
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Protozoários do gênero Leishmania são responsáveis por causarem um grupo de doenças conhecidas como leishmanioses. Doença não contagiosa, considerada uma zoonose, é transmitida de animais infectados para seres humanos através da picada das fêmeas de flebotomíneos do gênero Lutzomyia. O principal mecanismo humano de defesa contra a infecção pela leishmaniose está associado a células T, e é caracterizada pela produção de citocinas, tais como, IFN-&#947;, TNF-&#945; e IL-12 e a suscetibilidade, está usualmente, relacionada à indução de resposta Th2 e consequente produção de componentes que desativam macrófagos como IL-10 e TGF-&#946;. O TGF-&#946; é uma importante citocina regulatória que participa tanto no início como na resolução da resposta inflamatória e seu gene, TGFB, é polimórfico, podendo influenciar na produção desta citocina, entretanto poucos trabalhos têm avaliado sua influência sobre as doenças infecciosas. Desta forma, acreditamos que o projeto de pesquisa do tipo caso-controle poderá contribuir para avaliar a associação do polimorfismo TGFB1+29 com a susceptibilidade à leishmaniose. Sendo assim este trabalho tem como objetivo conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo TGFB1 +29 na leishmaniose visceral. Para as genotipagens serão colhidas amostras de 5 ml de sangue periférico em EDTA, dos grupos controle e leishmaniose, em um único momento e para a avaliação do polimorfismo TGFB1 +29 as reações de PCR em tempo real serão realizadas.

Protocolo: 2888 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PALOMA BARBOSA FERNANDES
ANA RUBIA ALCANTARA PELLOSO
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
PATRICIA RODRIGUES NAUFAL SPIR
REGIANE SOARES SANTANA
ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: A leishmaniose é uma doença causada pelo parasita intracelular obrigatório conhecido como Leishmania. Conhecida pela presença de lesões cutâneas simples ou múltiplas, a doença já foi registrada em regiões tropicais e subtropicais, acometendo os mamíferos. O seu progresso depende do desencadeamento de respostas do tipo Th1 e Th2, onde macrófagos e Natural Killers serão responsáveis pela destruição do patógeno, pesquisas tem demonstrado uma relação entre níveis séricos de IL17 e a resposta imunológica do hospedeiro. Justificativa: Apesar das informações que a literatura apresenta, vê-se a necessidade de realizar pesquisas mais específicas a respeito da influência de polimorfismos do gene IL17A (rs7747909) na formação da interleucina correspondente e posterior interferência na resposta ao agente. Objetivo: Conduzir estudo de associação genética do tipo caso-controle para avaliar o papel do polimorfismo IL17A (rs7747909) na leishmaiose visceral. Método: Serão estudados doentes com leishmaniose visceral e doadores de sangue como controles e a avaliação do polimorfismo IL17A (rs7747909) será realizada através da técnica de discriminação alélica. Serão considerados significativos valores de p 0,05. Palavra-chave: leishmaniose, IL17A, polimorfismo.

Protocolo: 2892 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA RUBIA ALCANTARA PELLOSO
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
PATRICIA RODRIGUES NAUFAL SPIR
REGIANE SOARES SANTANA
ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A imunidade protetora na leishmaniose está associada com eficiente resposta imune celular, e é caracterizada pela produção de citocinas, tais como, IFN-&#947;, TNF-&#945; e IL-12 e a suscetibilidade, está usualmente, relacionada à indução de resposta Th2 e consequente produção de IL-4, e de outros componentes que desativam macrófagos, como IL-10, TGF-&#946; e prostanglandina E2. O TGF-&#946; é uma importante citocina regulatória que participa tanto no início como na resolusão da resposta inflamatória e seu gene, TGFB, é polimórfico, podendo influenciar na produção desta citocina, entretando poucos trabalhos têm avaliado sua a influência sobre as doenças infecciosas. Desta forma, a investigação da distribuição de alelos e genótipos do gene TGFB1+29 nos doadores de sangue será essencial para futuras comparações desta distribuição com a de pacientes com leishmaniose, possibilianto uma mellhor compreensão desta citocina na suceptibilidade e/ou proteção na leishmaniose.Como o controle da doença se baseia, sobretudo, no tratamento dos casos humanos, combate ao vetor e eutanásia do cão sororreagente, principal reservatório da doença em áreas urbanas, a avaliação do conhecimento sobre a leishmaniose poderá contribuir para melhorar medidas de divulgação sobre a doença, contribuindo para a sua prevenção. O objetivo deste trabalho será avaliar a frequência alélica e de genótipos do polimorfismos TGFB1+29 e o conhecimento sobre a leishmaniose em doadores de sangue. Para isto, iremos avaliar doadores de sangue do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente (n &#61619; 600 indivíduos), sem queixas clínicas, com idade maior ou igual a 18 anos, ambos os sexos e sem histórico prévio de doenças infecciosas. Esta população faz parte do projeto docente conduzido pela orientadora-pesquisadora (protolocolo CCPq/ CAAE: 2359/39826414.8.0000.5515) já aprovado. Para melhor avaliar nosso objetivo será realizada a análise de dados epidemiológicos e do conhecimento sobre a leishmaniose obtidos através de questionário. A genotipagem será em amostras do Biorrepositório sob a resonsabilidade da professora orientadora através da técnica de discriminação alélica baseada em emissão de fluorescência. Após a análise dos resultados, serão considerados significativos valores de p&#61603;0,05.

Protocolo: 2773 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 5/2018 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PALOMA BARBOSA FERNANDES
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A Tuberculose (TB) é uma doença infecto-contagiosa causada pelo bacilo Mycobacterium tuberculosis, que acomete pulmões (TB pulmonar) e outros órgãos e sistemas (TB extrapulmonar). Apesar dos grandes esforços mundiais, a TB continua sendo um grande problema de saúde pública. Em 2013, existiram 9 milhões de novos casos de TB e 1,5 milhões de mortes por TB. O Brasil se encontra entre os 22 países que mais concentram a carga mundial de tuberculose, mas nos últimos anos obteve redução nos índices de incidência por meio do desenvolvimento de programas estratégicos de controle da TB. Considerado, desde 2006, como um município prioritário do Estado de São Paulo, a cidade de Presidente Prudente desenvolve atividades de controle e combate à TB. Porém, os índices ainda se encontram altos. O adoecimento dos indivíduos infectados pelo bacilo relaciona-se fortemente com a infecção pelo HIV, por causa da modificação do caráter de uma doença crônica para a evolução de um quadro agudo que pode levar o indivíduo ao óbito em poucas semanas. No Brasil 26,7 dos pacientes são tratados sem confirmação diagnóstica (baciloscopia e/ou cultura) de TB pulmonar e extra-pulmonar, com base apenas no quadro clínico-radiológico, portanto seria importante avaliar como as informações clínicas e de imagem podem contribuir para determinar a severidade da doença e sua inlfuência sobre o prognóstico e tratamento da tuberculose. Além disso, este projeto poderá contribuir para pesquisas futuras a serem realizadas com os pacientes com tuberculose, pois a distribuição dos pacientes quanto à severidade da doença associada à aspectos imunológicos e genéticos permitirá uma melhor compreensão da tuberculose. O objetivo deste trabalho será determinar a severidade da doença através do perfil clínico e de imagem dos pacientes atendidos no Ambulatório de Tissologia do Centro de Saúde Integrado de Presidente Prudente. Para isso, serão analisados os prontuários, para obter informações como sexo, idade, cor da pele, escolaridade, profissão, cidade de origem, uso de drogas (tabaco, alcool, outros), diganóstico da tuberculose (baciloscopia e cultura), exames laboratoriais, exames de imagem, vacinação pelo BCG, TB prévia, tratamento, diagnóstico de HIV e co-morbidades. Serão considerados significativos valores de p &#61603; 0,05.

Protocolo: 2838 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCELLA CARDOSO GONCALVES
Professor(es): ELIANA PERESI LORDELO
GISELE QUINALLIA

Resumo:
Introdução: A Hanseníase é uma doença crônica, infecto-contagiosa, causada por uma micobactéria. Dos 122 países considerados endêmicos para a hanseníase, 119 haviam eliminado a doença como um problema de saúde pública. O Brasil está entre os três que ainda não atingiram essa taxa. É o segundo país com mais casos de hanseníase, atrás somente da Índia. As ações de Controle da Hanseníase devem estar vinculadas a rede de serviço de Atenção Básica planejado de acordo com a situação epidemiológica. O mapeamento das doenças é fundamental, pois o conhecimento do padrão geográfico das doenças pode fornecer informações. No estado de São Paulo há três áreas muito carentes, uma das quais é o Pontal do Paranapanema. Acredita-se que a disseminação da hanseníase está associada ao ambiente geográfico em que a população está presente ou próxima, como áreas de assentamentos, próximas a rios ou córregos cobertos por vegetação arbórea cuja temperatura e umidade favorecem a sobrevivência do Mycobacterium leprae, assim como áreas com alta densidade populacional que facilita o contato entre doentes e não doentes. Objetivo: Compreender os aspectos epidemiológicos e geográficos da distribuição da hanseníase na região do Pontal do Paranapanema. Materiais e Métodos: Trata-se de um estudo ecológico, epidemiológico. Os dados relacionados aos indivíduos infectados assim como mapas e distribuição da população humana, serão obtidos a partir de resultados consolidados e disponíveis em diferentes órgãos como Sistema Nacional de Agravos e Notificações (SINAM), Boletim Epidemiológico Paulista (BEPA) e Centro de Vigilância Epidemiológica Municipal. Os dados socioeconômicos serão analisados utilizando dados do Instituto Brasileiro de Geografia e estatística (IBGE). Serão analisadas as possíveis associações entre fatores ambientais como clima, solo, saneamento básico, presença de matas, córregos ou lagoas, concentração populacional de pessoas, terrenos baldios e deficiência no armazenamento e coleta de lixo.

Protocolo: 2764 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LIVIA CAFUNDO ALMEIDA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
ROGERIO GIUFFRIDA
MARILDA APARECIDA MILANEZ MORGADO DE ABREU
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ANA PAULA MARQUES RAMOS

Resumo:
Os Staphylococcus aureus estão entre os microrganismos mais envolvidos em infecções nosocomiais. Esses microrganismos tem sua importância destacada pela sua capacidade de apresentar múltipla resistência a antimicrobianos, fácil disseminação, importante sobrevida em superfícies abióticas e uma ampla variedade de fatores de virulência. Uma parcela significativa da população humana é portadora na mucosa nasal desta bactéria sendo que a maioria não apresenta quaisquer sintomas de infecção, sendo que esse padrão de carreamento, no qual se observa reprodução bacteriana sem interação imunológica ou doença clínica, dá-se o nome de "colonização". Entre os fatores de risco para infecções por esses agentes, a produção de um polissacarídeo extracelular e a consequente formação do biofilme, permitindo aderência às superfícies plásticas e lisas de cateteres e outros dispositivos médicos desempenham um papel importante. Diante disso o presente projeto terá como objetivo determinar os fatores de virulência de adesão e produção de biofilme em amostras de Staphylococcus aureus isoladas de alunos de cursos da saúde da Universidade do Oeste Paulista.

Protocolo: 2762 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA CAETANO RODRIGUES
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), as leishmanioses afetam cerca de dois milhões de pessoas por ano, com 500 mil casos da forma visceral. Estima-se que 350 milhões de pessoas estão expostas ao risco de infecção, com uma prevalência de 12 milhões de infectados. A importância das leishmanioses reside não somente na sua elevada incidência e ampla distribuição geográfica, mas também na possibilidade de assumir formas graves, com altas taxas de mortalidade nos casos não tratados de LV e alta morbidade nos casos de LT. As leishmanias podem causar desde infecções inaparentes, oligossitomáticas até lesões destrutivas e desfigurantes, constituindo-se em um importante problema de saúde pública.Considerando-se que os estudos epidemiológicos podem trazer contribuições relevantes para as atividades de informação sanitária, controle e prevenção das leishmanioses junto à comunidade, o objetivo do presente estudo é descrever as características epidemiológicas dos casos de leishmaniose visceral americanaLVAnotificados na região de Presidente Prudente, estado de São Paulo, Brasil. Será realizado um estudo ecológico de série temporal, utilizando-se registros de internações dos casos de Leishmaniose Visceral no Sistema de Informações de Saúde do SUS (DataSUS) entre o período de janeiro de 2010 a maio de 2015 na Rede Regional de Atenção á Saúde de Presidente Prudente (RRAS-11). Os dados serão coletados considerando-se os parâmetros de município de residência, raça, sexo e faixa etária dos indivíduos diagnosticados com a Leishmaniose. Por se tratar de dados secundários de domínio público, o estudo não necessitou de apreciação do Comitê de Ética em Pesquisa. A análise dos dados será realizada por meio de estatística descritiva.

Protocolo: 2783 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA ELISA ARSEGO
RAFAEL TSUJIGUCHI QUIRINO
JONATAS GALINDO DE CAMPOS
CARLA CAROLINE DINIZ DIAS FERNANDES
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
LORIS APARECIDA FELICIO DANIEL
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A caspa é caracterizada por uma descamação excessiva do couro cabeludo, e quando esta descamação é acompanhada por inflamações e lesões avermelhadas, surge a dermatite seborréica, que é uma doença não infecciosa, e acomete pessoas de várias faixas etárias. O fator desencadeante da caspa e seborréia ainda não foi comprovado, mas sabe-se que a transpiração, oleosidade excessiva, falta de higiene, dieta inadequada e estresse são alguns dos fatores que contribuem para o aumento dos fungos do tipo Malassezia furfur. Estudos mostram que não existe uma forma totalmente eficaz para a prevenção e o desenvolvimento ou o reaparecimento da dermatite seborréica, mas existem xampus com princípios ativos específicos que podem atenuar o problema. Estes xampus possuem propriedades antifúngicas e queratolíticas, podendo eliminar os fungos e diminuir esta descamação excessiva e irritação do couro cabeludo. Este trabalho tem como objetivo desenvolver e avaliar a estabilidade e a atividade antifúngica de formulações de xampu anticaspa contendo extratos vegetais de Alcaçuz (Glycyrrhiza glabra), Hamamelis (Hamamelis virginiana), Ginkgo (Ginkgo biloba L.), Gengibre (Zingiber officinale), Chá Verde (Cammelia sinensis), Capuchinha (Tropaeolum majus), Bardana (Arctium lappa) e Barbatimão (Stryphnodendron barbatimam).

Protocolo: 2766 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELORRAINE COUTINHO MATHIAS
Professor(es): DÉCIO GOMES DE OLIVEIRA
MARCOS ALBERTO ZOCOLER
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
LIZZIANE KRETLI WINKELSTROTER ELLER

Resumo:
A partir do controle da transmissão natural da doença de Chagas, especialmente mediante a erradicação do principal vetor em vários estados brasileiros, as transfusões sanguíneas tornaram-se uma fonte em potencial para a transmissão dessa zoonose. A comprovada ação preventiva da violeta genciana quanto à transmissão da doença de Chagas por transfusão sanguínea, especialmente em áreas endêmicas tem sido o protocolo utilizado rotineiramente nos hemocentros brasileiros. Assim, o presente projeto será realizado com o intuito de se investigar o efeito da violeta genciana sobre a viabilidade de formas epimastigotas de uma cepa mantida em cultura com meio "Liver Infusion Tryptose" (LIT). Dessa forma, será analisado o efeito in vitro da substância acima referida sobre a viabilidade de cultivos axênicos. O ensaio de viabilidade será realizado através do teste denominado MTT-Formazan, para tanto, 105 epimastigotas serão incubadas em estufa entre 28º-30°C durante seis e 24 horas com a violeta genciana em diferentes concentrações. Os resultados dos ensaios de viabilidade serão expressos em porcentagem e analisados em comparação com as culturas não tratadas (cultivos puros) e tratadas com o benzonidazol (droga convencional utilizada no tratamento da doença de Chagas).

Protocolo: 2753 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 9/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA AMIANTI DE ARAUJO
MAYLA LOPES BENETI
DHARA CAVALCANTI DE OLIVEIRA
ANA PAULA MARQUES ANDRADE
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Introdução: A gestação é um processo fisiológico que envolve a participação dos sistemas imune, endócrino e nervoso, que, juntos, viabilizam que o crescimento fetal não seja considerado um aloenxerto. No entanto, algumas condições maternas prévias e adquiridas na gestação podem aumentar os riscos de adversidades gestacionais com consequentes morbidades maternas e perinatais. Tais condições caracterizam as "gestações de alto risco", e os principais fatores associados são condições sociodemográficas desfavoráveis, histórico e/ou desenvolvimento atual de diabetes melitus, doenças congênitas, gemelaridade e hipertensão arterial. Em especial importância, os antecedentes obstétricos como aborto, restrição de crescimento fetal, diabetes, eclâmpsia/eclâmpsia, prematuridade e síndromes hemorrágicas também participam nesse cenário. Sabe-se que todo o processo é orquestrado por balanço entre os mediadores inflamatórios e oxidativos, no entanto, ainda não existem marcadores específicos para prevenir as intercorrências gestacionais decorrentes. Uma das dificuldades em estabelecer tais parâmetros decorre da escassez de dados que caracterizem as gestações de alto risco. Objetivos: O objetivo do presente estudo será caracterizar gestações de alto risco em relação aos aspectos sócio-demográficos e obstétricos e relacionar o desfecho gestacional com a presença de infecção vaginal e mediadores inflamatórios e oxidativos. Material e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas gestantes e seus recém-nascidos atendidos no Ambulatório de Alto Risco do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de outubro de 2015 a outubro de 2016. Os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados no momento da consulta obstétrica, seguindo protocolo estabelecido para o presente estudo. Os dados referentes aos desfechos gestacionais e perinatais serão coletados pela análise dos prontuários médicos. Coleta de sangue periférico materno, conteúdo e lavado vaginal serão coletados no momento da primeira consulta obstétrica. O sangue coletado será imediatamente centrifugado e o soro isolado, assim como o lavado vaginal serão acondicionados a -80ºC até o momento das dosagens de citocinas inflamatórias, interleucina (IL)-1&#946;, IL-6, IL-8 e fator de necrose tumoral (TNF)-&#945;, e dos marcadores de estresse oxidativo pela técnica de ELISA. As amostras de conteúdo vaginal serão utilizadas para confecção de lâminas que serão coradas pela técnica de Gram e analisadas pelo exame microscópico para identificação do padrão de microbiota: análise quanto à morfologia, coloração e quantidade das bactérias nos esfregaços vaginais e atribuição de escores, que classifica a microbiota vaginal em normal (escore de 0 a 3), intermediária (escore de 4 a 6) ou vaginose bacteriana (escore de 7 a 10). Todas as gestantes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados demográficos e obstétricos, bem como o perfil dos mediadores inflamatórios e oxidativos e a presença de infecção vaginal serão relacionados ao desfecho gestacional observado. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 2869 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 5/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE DE MORAIS RIBEIRO
NATHALIA CORDEIRO DA SILVA
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
VALERIA CATANELI PEREIRA
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
Introdução: A gestação é um processo fisiológico que envolve a participação dos sistemas imune, endócrino e nervoso, que, juntos, viabilizam que o crescimento fetal não seja considerado um aloenxerto. No entanto, algumas condições maternas prévias e adquiridas na gestação podem aumentar os riscos de adversidades gestacionais com consequentes morbidades maternas e perinatais. Tais condições caracterizam as "gestações de alto risco", e os principais fatores associados são condições sociodemográficas desfavoráveis, histórico e/ou desenvolvimento atual de diabetes melitus, doenças congênitas, gemelaridade e hipertensão arterial. Em especial importância, os antecedentes obstétricos como aborto, restrição de crescimento fetal, diabetes, eclâmpsia/eclâmpsia, prematuridade e síndromes hemorrágicas também participam nesse cenário. Sabe-se que todo o processo é orquestrado por balanço entre os mediadores inflamatórios e oxidativos, no entanto, ainda não existem marcadores específicos para prevenir as intercorrências gestacionais decorrentes. Uma das dificuldades em estabelecer tais parâmetros decorre da escassez de dados que caracterizem as gestações de alto risco. Objetivos: O objetivo do presente estudo será caracterizar gestações de alto risco em relação aos aspectos sócio-demográficos, obstétricos e perinatais e relacionar o desfecho gestacional com a presença de mediadores inflamatórios e oxidativos. Material e métodos: Trata-se de um estudo prospectivo transversal, no qual serão incluídas gestantes e seus recém-nascidos atendidos no Ambulatório de Alto Risco do Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente no período de outubro de 2015 a outubro de 2016. Os dados pessoais, comportamentais, de antecedentes obstétricos, familiares e da gestação atual serão coletados no momento da consulta obstétrica, seguindo protocolo estabelecido para o presente estudo. Os dados referentes aos desfechos gestacionais e perinatais serão coletados pela análise dos prontuários médicos. Coleta de sangue periférico materno será realizada no momento da primeira consulta obstétrica. O sangue coletado será imediatamente centrifugado e o soro isolado e acondicionados a -80ºC até o momento das dosagens de citocinas inflamatórias, interleucina (IL)-1&#946;, IL-6, IL-8 e fator de necrose tumoral (TNF)-&#945;, e dos marcadores de estresse oxidativo pela técnica de ELISA. Todas as gestantes serão informadas quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. Os dados demográficos e obstétricos, bem como o perfil dos mediadores inflamatórios e oxidativos serão relacionados ao desfecho gestacional e perinatal observados. A análise estatística será realizada de acordo com os pressupostos determinados pelos resultados e o nível de significância adotado será de 5.

Protocolo: 2875 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 9/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE DE MORAIS RIBEIRO
NATHALIA CORDEIRO DA SILVA
Professor(es): GLILCIANE MORCELI
VALERIA CATANELI PEREIRA
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
INTRODUÇÃO - A sífilis é uma doença infecciosa sistêmica, de evolução crônica, que ocupa uma importância significativa entre os problemas mais frequentes de saúde pública em todo mundo. Causada pela bactéria Treponema pallidum, ela é transmitida na maioria dos casos durante as relações sexuais, ou na forma vertical, que ocorre via transplacentaria, da mãe para o feto, e pela via do canal do parto. Os avanços sociais e as melhorias nas condições gerais de vida da população repercutem na longevidade da população idosa, incluindo a reposição hormonal e as medicações para impotência, o idoso vem redescobrindo experiências, sendo uma delas o sexo, tornando sua vida mais agradável. Nos dias atuais a sexualidade não está ligada apenas à função reprodutiva, mas como fonte de prazer e de realização em todas as idades. Contudo, as práticas sexuais inseguras tornam os idosos mais vulneráveis a contaminar-se pela bactéria e adquirir doenças sexualmente transmissíveis (DST). OBJETIVOO objetivo do presente estudo será avaliar o conhecimento sobre sífilis em idosos no município de Álvares Machado-SP e caracterizar os aspectos sócio demográficos dessa população. MÉTODO - Estudo prospectivo de corte transversal, onde serão incluídos idosos residentes em Álvares Machado. Os dados sobre as informações pessoais, comportamentais, perfil sócio demográfico e comportamento sexual serão coletados seguindo questionário estabelecido para o presente estudo. Todos os idosos serão informados quanto à finalidade da pesquisa e assinarão o termo de consentimento livre e esclarecido. Os resultados serão submetidos à análise estatística descritiva.

Protocolo: 2716 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PRISCILA RIBEIRO DE ALMEIDA
ALINE CAROLINE MOREIRA DA SILVA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
GLILCIANE MORCELI

Resumo:
O gênero Staphylococcus abrange bactérias comensais que colonizam a microbiota humana, mas que em situações específicas, como a ruptura da pele, podem invadir os tecidos e apresentar comportamento oportunista, causando sérias infecções. Staphylococcus aureus é a principal espécie do gênero Staphylococcus, agente de uma grande variedade de infecções. A bacteremia por S. aureus está associada à mortalidade de 20 a 30, e a ocorrência de sepse, que pode envolver a insuficiência de múltiplos órgãos, aumenta em duas vezes o risco de morte. Como colonizador da mucosa nasal, S. aureus pode ser transferido para equipamentos de proteção individual (EPI) como o jaleco, comumente utilizado por estudantes e profissionais da área da saúde, e ser veiculado para diferentes ambientes. A capacidade da formação do biofilme por S. aureus pode contribuir para a aderência dessa bactéria na superfície do jaleco e a resistência aos antimicrobianos pode dificultar o tratamento das infecções causadas por esse microrganismo. Assim, esse estudo tem como objetivo caracterizar S. aureus isolados de jalecos de alunos do curso de Biomedicina da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) quanto à produção de biofilme e a susceptibilidade aos antimicrobianos.

Protocolo: 2738 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 6/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
GLILCIANE MORCELI
VALERIA CATANELI PEREIRA
JOSSIMARA POLETTINI

Resumo:
INTRODUÇÃO: A hanseníase é doença infectocontagiosa crônica, causada pelo Mycobacterium leprae, de alta infectividade e baixa contagiosidade e afeta, principalmente, a pele e os nervos periféricos. A prevalência no Brasil foi de 1,42 casos para 10.000 habitantes em 2013, com 31.044 casos novos diagnosticados, sendo problema de saúde pública em nosso país. JUSTIFICATIVA: Analisar e compreender o perfil do paciente diagnosticado com hanseníase no Hospital Regional de Presidente Prudente, com vistas à oferta de uma melhor atendimento em saúde a este grupo de doentes. OBJETIVOS: Avaliar as características demográficas, epidemiológicas, clínicas, laboratoriais e evolutivas dos pacientes com hanseníase atendidos no Hospital Regional de Presidente Prudente e traçar o perfil da população dos pacientes atendidos.

Protocolo: 2845 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 6/2019 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Aluno(s): ISABELLA BESSEGATTO RODRIGUES
CAROLINA APARECIDA DE ALMEIDA FERREIRA
Professor(es): LUIZ EURIBEL PRESTES CARNEIRO
GISELE ALBORGHETTI NAI
MARILDA APARECIDA MILANEZ MORGADO DE ABREU
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A espécie Spondias dulcis (cajá-manga) é amplamente distribuída no Brasil e no mundo, e grande parte das atividades bioativas desse vegetal é decorrente dos compostos secundários, os quais fazem parte os taninos e flavonoides. Estes, por sua vez, são amplamente relacionados com a atividade antioxidante, como demonstrado em alguns estudos in vitro. O presente trabalho tem como objetivo geral avaliar o possível efeito mutagênico e/ou antimutagênico do extrato da casca de Spondia dulcis através do teste de Allium cepa e do teste de aberrações cromossômicas em células de medula óssea de ratos Wistar, bem como detectar os níveis de catalase após o tratamento. No teste de Allium cepa será utilizado as doses de 2,5, 5 e 10 mg/ml para a detecção de danos no DNA. No teste in vivo com ratos Wistar, as concentrações de 500, 1000 e 1500 mg/kg do extrato, ministradas via intraperitoneal serão avaliadas quanto à indução de aberrações cromossômicas. No mesmo sistema teste, o efeito antioxidante do extrato será analisado através da quantificação da atividade da catalase, considerando os períodos de 0, 4, 8 e 12 dias de tratamento. Será verificado se o sexo dos animais interfere nas frequências de aberrações cromossômicas e na atividade antioxidante. Finalmente, será verificado o potencial antimutagênico do extrato nas três doses avaliadas, em animais tratados concomitantemente com ciclofosfamida. Até o momento, não há estudos in vivo com o extrato etanólico da casca da Spondias dulcis e, por ser uma espécie amplamente distribuída e consumida em certas regiões do Brasil, há a necessidade de estudos para avaliar os possíveis efeitos mutagênicos e/ou antimutagênicos, ressaltando que os resultados de aberrações cromossômicas serão inéditos e, poderão contribuir para futuras abordagens farmacológicas.

Protocolo: 2680 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 6/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRE CARRION DE FARES PINTO
CAROLINE LUCIO MOREIRA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO
ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
MARCOS ALBERTO ZOCOLER
FELIPE VIEGAS RODRIGUES
LEANDRA ERNST KERCHE
MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
A poluição veicular interfere na prática de exercícios físicos e na qualidade de vida das pessoas no ambiente urbano. O Parque do Povo em Presidente PrudenteSP, apesar de ser um local com boa infraestrutura que proporciona a prática de exercícios físicos, é também um grande concentrador de tráfego de veículos. Acredita-se que este fator possa interferir na qualidade da saúde em geral, mais especificamente na saúde respiratória dos praticantes de exercícios físicos. Este trabalho discorrerá sobre os efeitos orgânicos da inalação dos agentes poluentes encontrado no ar e o rendimento do individuo na pratica dos exercícios físicos em lugares abertos, como no Parque do Povo de Presidente PrudenteSP. Com essa prática regular de exercícios físicos, quais são os benefícios para saúde da população como saúde física, social e afetiva. A metodologia utilizada recairá na pesquisa bibliográfica em literaturas selecionadas e pesquisa aplicada com praticantes de atividades físicas no parque do Povo em Presidente Prudente, as informações serão coletadas através de entrevistas, observação sistemática e também será realizada a mensuração de monóxido de carbono no ar expirado (COex) dos participantes antes e depois do exercício físico nos dias de coleta de dados.

Protocolo: 2638 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 12/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): JULIANA FELIPE
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
RENATA CALCIOLARI ROSSI
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ALINE DUARTE FERREIRA

Resumo:
A água de coco verde é um produto muito consumido especialmente por suas propriedades de reposição de eletrólitos perdidos após uma desidratação ou desgaste físico. Ela geralmente é comercializada por ambulantes em locais de grande fluxo de pessoas principalmente praticando atividades físicas. As condições de higiene desses locais nem sempre são adequadas para a garantia da conservação e segurança desses produtos. O objetivo desta pesquisa é realizar a avaliação microbiológica de água de coco fresco comercializada por ambulantes na cidade de Presidente Prudente por meio de análises microbiológicas de contagem de bactérias aeróbias mesófilas, enumeração de bolores e leveduras, contagem de Staphylococcus aureus, detecção de Salmonella ssp. e coliformes totais. Serão adquiridas três unidades amostrais de cada um de 5 comércios ambulantes do município. Será solicitado ao vendedor que perfure o coco e transfira sua água para recipientes estéreis que serão imediatamente acondicionados em caixa térmica contendo termogel. A avaliação microbiológica será realizada após a obtenção dos dados e construção de gráficos e tabelas de contingência. Analise de variância e teste de Tukey serão aplicados para os dados quantitativos dos micro-organismos (p < 0,05).

Protocolo: 2629 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE CRISTIANE RIBEIRO BATISTA
CAMILA HARUMI YAMACHITA PEREIRA
Professor(es): TELMA REGINATO MARTINS

Resumo:
A microbiota normal do intestino é um dos principais componentes responsáveis pelo equilíbrio do sistema gastrointestinal. Alguns componentes adicionados à alimentação podem interferir na microbiota intestinal selecionando e/ou introduzindo microorganismos benéficos para esse sistema. Os aditivos podem ser: prebióticos - ingredientes específicos ingeridos em uma dieta alimentar que selecionam uma ou mais bactérias específicas no cólon; probióticos - micro-organismos da microbiota normal ingeridos como alimentos - e simbióticos - mistura de probióticos e prebióticos. O objetivo deste trabalho é avaliar as possíveis alterações na microbiota intestinal de ratos fumantes passivos e analisar os efeitos dos aditivos prebióticos, probióticos e simbiótico sobre ela. Serão utilizados 96 ratos machos jovens da linhagem Wistar, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) receberá dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) receberá dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) receberá dieta basal incorporada prebiótico; Grupo MOS Tabagista (GMT) receberá dieta basal incorporada prebiótico + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) receberá dieta basal incorporada com probióticos; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) receberá dieta basal incorporada com probióticos + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) receberá dieta basal incorporada com prebiótico + probiótico; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) receberá dieta basal incorporada com prebiótico + probiótico + exposição à fumaça de cigarro. No final do período experimental, serão coletadas amostras fecais de todos os animais. Dessa forma espera-se obter alteração na composição da microbiota bacteriana fecal que será avaliada através da quantificação das bactérias do gênero Bifidobacterium spp através da técnica de PCR em tempo real.

Protocolo: 2622 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAQUEL SOARES DA SILVA
BRUNA RAFAELA DOS SANTOS SILVA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
O objetivo do presente estudo é avaliar os efeitos dos aditivos prebiótico, probióticos e simbiótico sobre a microbiota intestinal em ratos fumantes passivos. Serão utilizados 96 ratos machos jovens da linhagem Wistar, com idade de 21 a 25 dias e 45 a 50 gramas de massa corporal, divididos aleatoriamente em oito grupos com 12 animais cada: Grupo Controle (GC) receberá dieta basal; Grupo Controle Tabagista (GCT) receberá dieta basal + exposição à fumaça de cigarro; grupo MOS (GMOS) receberá dieta basal incorporada com 1g de mananoligossacarídeo (MOS) por kg da dieta; Grupo MOS Tabagista (GMT) receberá dieta basal incorporada com 1g do produto MOS por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Probiótico (GPRO) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta; Grupo Probiótico Tabagista (GPROT) receberá dieta basal incorporada com 2g de associação de microrganismos probióticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro; Grupo Simbiótico (GS) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probióticos por kg da dieta; Grupo Simbiótico Tabagista (GST) receberá dieta basal incorporada com 1g MOS + 2g de probioticos por kg da dieta + exposição à fumaça de cigarro. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão em condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. O experimento terá duração de 97 dias, sete dias para adaptação dos animais ao manejo, alimentação e os grupos tabagistas a exposição ao cigarro por 10 minutos e 90 dias de experimentação, onde os animais serão expostos ou não a fumaça de cigarro por uma hora diária, divididos em dois períodos de 30 minutos, cinco dias por semana. No final do período experimental, serão coletadas amostras fecais de todos os animais. As contagens bacterianas relativas a Bifidobacterium será realizada através de ensaios de PCR em tempo real para amplificar o gene 16S rRNA de Bifidobacterium. Os resultados obtidos serão analisados por método estatístico pelo Modelo Linear Geral e a significância estatística será considerada quando P < 0,05.

Protocolo: 2652 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 7/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA MARIOTO PEREZ
RAQUEL SOARES DA SILVA
BRUNA RAFAELA DOS SANTOS SILVA
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIA KELLER

Resumo:
O gênero fúngico Cryptococcus é composto por leveduras capsuladas que apresentam capacidade de infectar e causar doença em uma larga variedade de hospedeiros, sendo C. neoformans e C. gattii as principais espécies patogênicas. Até o momento, poucos estudos sobre a criptococose e dados epidemiológicos foram desenvolvidos na região do oeste do estado de São Paulo, em especial em Presidente Prudente. Os objetivos deste estudo são determinar o perfil de suscetibilidade ao fluconazol e caracterizar o tipo molecular das espécies Cryptococcus isolados a partir de amostras de excretas de pombos coletadas na cidade de Presidente Prudente como na Praça Monsenhor Sarrion, Catedral São Sebastião, Campos da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, áreas externas do Hospital Regional de Presidente Prudente HR; e fungos do gênero Cryptococcus de ocos de árvores dos gênero Ficus presente nos locais de coleta das amostras de excretas de pombos. Serão utilizadas amostras isoladas e identificadas no projeto "Identificação fenotípica de Cryptococcus spp. isolados de amostras ambientais da cidade de Presidente PrudenteSP", cadastrado sob protocolo 1568 no Sistema Gestor de Pesquisa da Universidade do Oeste Paulista. A suscetibilidade antifúngica será determinada pelo método de microdiluicao em caldo conforme Clinical Laboratory Standards Institute (M27-A3), a identificação genotípica será realizada pelo sequenciamento da região ITS e a tipagem molecular será realizada pelo metodo Restriction Fragment Length Polymorphisms - URA5.

Protocolo: 2542 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 6/2016 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA MARCON
DANIELA ADELIA FERNANDES
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
Os órgãos reprodutivos da fêmea exibem crescimento e regressão periódicos, acompanhados por igualmente notável mudanças no seu grau de fluxo sanguíneo. Não é surpresa, portanto, que eles são alguns dos poucos tecidos adultos nos quais a angiogênese ocorre como um processo normal. Tem sido demonstrado que os folículos ovarianos e o corpo lúteo contem e produzem fatores angiogênicos. Um dos principais receptores angiogênicos é o receptor domínio quinase (KDR). Estudos demonstram que algumas catequinas presentes no chá branco inibem o KDR, porém não há estudos demonstrando se o consumo crônico do chá branco pode interferir na reprodução. Este trabalho tem como objetivo verificar a influência do chá branco na expressão relativa do KDR em ratas Wistar superovuladas. Para tanto, as ratas serão distribuídos em dois grupos, grupo controle (n=30) e grupo com ingestão de chá branco (n=30). Os corpos lúteos foram colhidos ao final de cada mês de 10 animais de cada grupo, durante três meses consecutivos, armazenados em trizol no freezer a -80oC e posteriormente a expressão relativa do gene KDR será avaliada. As comparações estatísticas serão realizadas por meio dos testes t não pareado e análise de variância para as variáveis paramétricas e teste de Mann-Whitney e de Kruskal-Wallis para as variáveis não paramétricas, diferenças serão consideradas quando p<0,05.

Protocolo: 2602 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 8/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FRANCISLAINE ANELIZE GARCIA SANTOS
GABRIELA FERNANDES DE BARROS
LUCAS OLIVEIRA SILVA
Professor(es): ANA PAULA MATTOSO MISKULIN CARDOSO
CALIE CASTILHO SILVESTRE
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA

Resumo:
A relação de seres humanos com microrganismos e as influências dessa interação tem sido alvo de diversos estudos sendo a sua resistência e capacidade de sobrevivência em meio a ambientes pouco favoráveis. Atualmente sabe-se que o ambiente em serviços de saúde tem importante papel na disseminação de potenciais patógenos através de contaminação direta ou cruzada. O Enterobacter aerogenes é um dos agentes potencialmente relacionados as Infecções Relacionadas Assistência à SaúdeIRAS, podendo causar um largo espectro de infecções como pneumonia, infecções do trato urinário, feridas e infecções relacionadas a dispositivos como cateteres. Baseado nisso, o presente estudo tem como objetivo avaliar a capacidade que esse agente infeccioso possui em se manter viável em superfícies abióticas com ou sem presença de fluídos biológicos e com ou sem a ação de desinfetantes. E através da verificação desses aspectos, poder auxiliar em medidas taxativas de controle da contaminação ambiental e na escolha de materiais com menor susceptibilidade à disseminação patogênica em ambientes de alta vulnerabilidade.

Protocolo: 2495 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VERONICA OLIMPIO PEZZANO
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ROGERIA KELLER

Resumo:
As bactérias são microrganismos procariontes, unicelulares, e podem ser encontrados no ar, solos, na agua, e no corpo humano onde costumam se colonizar constituindo o que chamamos de microbiota normal. Dentre a variedade de espécies destaca-se a Pseudomonas aeruginosa, com capacidade de crescimento a partir de quantidades mínimas de fontes incomuns de carbono, como resíduos de sabão, contribuindo com um grande número de disseminação em ambiente hospitalar através da contaminação de equipamentos e insumos hospitalares. Podem causar infecções no trato urinário, infecções sanguíneas, infecções em queimaduras e feridas. Nos ambientes hospitalares, esses microrganismos podem sobreviver aos processo de higienização e desinfecção de superfícies, colocando em risco a segurança dos profissionais e dos pacientes. Portanto, o presente trabalho visa determinar a capacidade da conservação da viabilidade de amostras Pseudomonas aerugionosa em superfícies abióticas com ou sem a presença de fluídos orgânicos (sangue, saliva e urina) na presença ou ausência de desinfetantes (Álcool 70 e Hipoclorito 1).

Protocolo: 2497 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KEROLIN SUELEN VIEIRA RODRIGUES PINTO
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ROGERIA KELLER

Resumo:
As bactérias sempre desenvolveram funções úteis aos seres humanos, principalmente na produção de antibióticos e na composição da microbiota natural. Entretanto, algumas espécies podem ser patogênicas e são as responsáveis pela maioria das infecções registradas em ambientes hospitalares atualmente. Os locais de prestação de serviços à saúde têm sido grandes reservatórios desses microrganismos, e a presença deles pode ser relacionada a técnicas incorretas de limpeza e desinfecção de superfícies e materiais e a irracionalidade no uso de antibióticos. A viabilidade bacteriana nesses locais está associada à presença de fluídos biológicos (sangue, urina, escarro) e a capacidade de se adaptar ao meio. Estudar o fitness ambiental desses microrganismos é fundamental para a compreensão sobre a aptidão bacteriana frente a ambientes, e assim propor ou revisar formas de prevenção e controle dessas infecções. O Enterococcus faecalis apresenta resistência à maioria dos antibióticos em amostras clínicas isoladas; responsável por aproximadamente 85 das infecções relacionadas ao gênero, é bem presente nas Unidades de Terapia Intensiva. A Escherichia coli possui alta diversidade patogênica e o grupo EXPEC tem apresentado grande resistência a antibióticos e está associado à maioria das infecções extraintestinais causadas por enterobactérias no meio hospitalar. Relacionando a contaminação por Enterococcus faecalis e Escherichia coli às infecções de alta morbidade e mortalidade em ambientes hospitalares, o presente trabalho tem como objetivo analisar a capacidade da manutenção da viabilidade desses patógenos em superfícies abióticas sob a influência de fluidos biológicos com ou sem a presença de desinfetantes.

Protocolo: 2494 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2015 - 8/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HEBERTH PAULO DOS SANTOS SILVA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ROGERIA KELLER

Resumo:
A procura por refeições práticas e rápidas se tornou comum nos últimos anos, atualmente vem se observando que os consumidores desse tipo de refeição além de praticidade também buscam uma alimentação mais saudável e equilibrada tendo muitas vezes como opção os lanches naturais. A seguinte pesquisa busca avaliar a qualidade higiênica sanitária de lanches naturais comercializados em cantinas de uma universidade no município de Presidente Prudente. Assim serão analisadas 33 amostras no total, colhidas periodicamente de 15 em 15 dias de 11 estabelecimentos em 3 repetições localizados numa universidade do município de Presidente Prudente - SP. Em cada repetição será realizada a contagem de bactérias mesófilas aeróbias, bolores e leveduras, estafilococos coagulase positiva, coliformes totais e termotolerantes e Salmonella spp (presença ou ausência). A partir do controle sanitário realizado serão construídas tabelas de contingência com média e desvio padrão e gráficos representativos. O Teste do &#61539;2 será aplicado para avaliar as relações entre as variáveis (local da coleta x microrganismo detectado).

Protocolo: 2435 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2015 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA ESPINDOLA DA COSTA
ANGELICA VIANA
Professor(es): TELMA REGINATO MARTINS

Resumo:
O desenvolvimento da tuberculose (TB) ativa depende de um complexo relacionamento entre o homem e o bacilo e está associada com diminuição da resposta pró-inflamatória e aumento da produção e ação de citocinas supressoras, e polimorfismos presentes nos genes das citocinas podem influenciar na quantidade ou na qualidade das proteínas codificadas, como demonstrado em estudos com os polimorfismos IL12B+1188, IFNG+874, IFNG+2109, TNF-308, IL10-819 e TGFB1+29, sugerindo que estes possam ter influência sobre o diagnóstico, desfecho do tratamento e possível reativação da TB pulmonar. A associação entre polimorfismos gênicos humanos e a seleção natural contra agentes patogênicos têm sido demonstrado por estudos do tipo caso-controle, que consistem na avaliação de uma população afetada (casos) em relação à uma população normal (controles). Para os estudos envolvendo doenças infecciosas, entende-se por um indivíduo normal aquele que não apresenta queixas clínicas no momento da coleta e que não possui histórico clínico-epidemiológico prévio de doenças infecciosas. Desta forma, os doadores de sangue consistem em uma população ideal para a investigação tipo caso-controle. O objetivo deste trabalho será avaliar a frequência alélica e de genótipos para polimorfismos gênicos presentes em genes de susceptibilidade à TB e outras doenças infecciosas em doadores sangue para a formação de um grupo controle. Para isto, iremos avaliar doadores de sangue do Núcleo de Hemoterapia de Presidente Prudente (n &#61619; 600 indivíduos), sem queixas clínicas, com idade maior ou igual a 18 anos, ambos os sexos e sem histórico prévio de doenças infecciosas. Para melhor avaliar nosso objetivo será realizado o levantamento de dados dos arquivos, assim como um questionário, para coleta de dados epidemiológicos. Paras as genotipagens serão colhidas amostras de 5 ml de sangue periférico em EDTA, em um único momento e será realizada a extração do DNA de leucócitos utilizando-se o reagente DNAzol. A genotipagem será realizada pela técnica de discriminação alélica baseada em emissão de fluorescência. Após a análise dos resultados, serão considerados significativos valores de p&#61603;0,05.

Protocolo: 2359 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2015 - 12/2018 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS
THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A artrite é uma doença multifatorial, em que sua patogenia pode ser desencadeada por fatores ambientais e genéticos. O exercício físico apresenta potencias benefícios na artrite, retardando a incapacidade funcional e melhorando a função das articulações. Estudos in vivo utilizando modelos experimentais de artrite podem fornecer informações úteis sobre estes benefícios. O propósito do presente estudo é o de avaliar os efeitos do exercício físico de baixa, moderada e intensa atividade em modelo de artrite induzida por Zymosam (Zy) em ratos. Para avaliar a modulação da migração leucocitária na cavidade articular, será realizada a contagem diferencial de leucócitos puro e de lavados sinoviais. Adicionalmente, será avaliada a contagem de leucócitos no sangue periférico. O benefício da atividade física será relacionado com a diminuição do diâmetro do edema local. Os resultados serão expressos representados em médias. As diferenças estatísticas entre os grupos serão medidas utilizando ANOVA univariada seguida por teste de Turkey, p<0,05 considerado como resultado significante.

Protocolo: 2358 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 7/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VICTOR HUGO GONZAGA DA SANTA CRUZ
Professor(es): LEONILDA CHIARI GALLE
RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO

Resumo:
Segundo extensa literatura, a infecção por papilomavírus humano (HPV) de alto risco tem sido encontrada em mais de 90 dos cânceres cervicais invasivos. A infecção por HPV acomete jovens no início da atividade sexual, bem como mulheres que apresentam infecções persistentes por tipos virais de alto risco, sendo, portanto, o verdadeiro grupo de risco para o desenvolvimento do câncer cervical. As células sob a influência de vírus oncogênicos podem induzir o mecanismo de fusão celular e, assim, amplificar o número de centrossomo. Nos últimos anos, diversos trabalhos mostram que a amplificação do número de centrossomo está relacionada com a instabilidade cromossômica e ao prognóstico de pacientes com tumores malignos. Na presente pesquisa, será realizado o estudo do mecanismo envolvido na nucleação microtubular anormal e formação desorganizada de fusos mitóticos, responsável pela desagregação cromossômica e aneuploidia, e que são induzidos pela presença de cópias extras do centrossomo. Para tanto, serão analisadas amostras de células de superfície do colo do útero de mulheres rastreadas para lesões pré-neoplásicas e neoplásicas. Nesse contexto, será utilizado o método de Reação em Cadeia da polimerase (PCR) semiquantitativa para quantificação do centrossomo utilizando primers para gama-tubulina. O impacto da presença de centrossomos extranumerários poderá fornecer, sob um elevado nível de precisão, informações adicionais sobre as alterações genéticas induzidas pelo HPV em células do epitélio do útero. O presente projeto é também relevante sob o ponto de vista da genética clínica, na melhoria de programas de monitoramento e prevenção do câncer cervical, bem como na elucidação da progressão de lesões pré-neoplásicas.

Protocolo: 2383 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 6/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA SILVA FINOTTI
OTAVIO COSTA SILVA
Professor(es): NILVA GALLI
ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
CARLOS HAMILTON MATURANA
RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO
MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
O presente estudo objetivou avaliar os potenciais efeitos tóxico e mutagênico da planta coffea arabica, por meio dos testes in vivo em camundongos. No ensaio do micronúcleo serão analisadas lâminas de células de medula óssea de roedores. As análises estatísticas seguiram o teste de Tukey (p<0,05) para o ensaio do micronúcleo, avaliando o grau de toxidade com diferentes concentrações do café administradas em camundongos.

Protocolo: 2347 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 10/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HAMILTON DE CASTILHO MAGALHAES SILVA
Professor(es): LUCIANA MACHADO GUABERTO

Resumo:
O chumbo (Pb) é um metal pesado, que pode causar intoxicações crônicas ou ocupacionais em trabalhadores expostos ao metal. A monitorização biológica é a melhor forma de minimizar a ocorrência de intoxicações, ou acompanhar aqueles já contaminados e aqueles em tratamento. O objetivo desta pesquisa é realizar a monitorização biológica por meio das atividades das enzimas ALA-U (ácido delta aminolevulínicourinário) e ALA-D (ácido delta aminolevulínico desidratase) de trabalhadores expostos ao chumbo. O método utilizado é espectrofotometria na região do visível, tanto para determinação de ALA-U como para ALA-D. As amostras de urina e sangue total deverão ser coletadas no último dia útil da semana, para realização das análises laboratoriais. Os trabalhadores serão convidados a participar da pesquisa e após leitura e assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE) as amostras serão coletadas e armazenadas em refrigeração até o momento da análise. Para os resultados será utilizada a análise de Variância (ANOVA).

Protocolo: 2369 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 11/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IZABELA ESTEVES DOMINGUES
CAMILA BALDI RODRIGUES
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Atualmente, devido a maior preocupação com a saúde e com a praticidade das refeições, a população brasileira tem consumido cada vez mais alimentos crus. Apesar dos avanços obtidos na agricultura no que diz respeito a produção de hortaliças e frutas, vive-se ainda hoje num cenário propício à infecção por parasitas intestinais, visto que esses alimentos podem estar contaminados por ovos de helmintos e/ou cistos de protozoários. Isso ocorre, principalmente devido a utilização de adubo orgânico proveniente de dejetos fecais em muitas hortas espalhadas pelo Brasil, o contato dos vegetais com fezes de animais e a maneira imprópria como esses alimentos são manipulados, armazenados e transportados. Entre os indivíduos que mais estão predispostos às infecções parasitárias a partir do consumo de alimentos crus estão as crianças, os idosos e os imunodeprimidos. Nessas pessoas, as enteroparasitoses poderão acarretar diferentes manifestações clínicas, podendo ser desencadeados desde uma diarreia até quadros mais graves como anemias, má absorção intestinal e morte. Diante dos argumentos apresentados acima, o presente estudo tem por finalidade avaliar a frequência de enteroparasitas em amostras de frutas e hortaliças comercializadas no Ceasa de Presidente Prudente/SP. Para atingir esse objetivo, utilizar-se-ão os métodos parasitológicos Hoffman, Faust e Ritchie modificados.

Protocolo: 2521 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 6/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA DA FONSECA DE OLIVEIRA
LETICIA EULINO DA SILVA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO

Resumo:
As infecções do trato urinário (ITU) é a mais comum das infecções e de grande prevalência na clínica medica, acomete principalmente uma subpopulação especifica que evidenciam maior risco para ITU que incluem crianças, mulheres, idosos, pacientes com cateteres, doenças infecciosas e de base. O trato urinário é estéril, podendo ser infectado por uma variedade de microrganismos como bactérias, fungos e vírus. Mas na grande maioria dos casos a infecção é causada pelo contato com a família Enterobacteriaceae que é composta por mais de 30 gêneros e 130 espécie de bacilos Gram-negativos que são responsáveis pelas doenças infecciosas quando isolados de amostra clinicas, sendo o agente etiológico principal envolvido Echerichia coli uropatogênica ou UPEC. As formas clínicas da ITU são resultados da interação entre patógeno e hospedeiro, podendo ser manifestadas de diversas maneiras, sendo estas sintomáticas e assintomáticas pode ser diagnosticada mediante a realização de exames laboratoriais de rotina, apresentando bacteriúria. A ITU de procedência bacteriana necessita de um tratamento adequado, fazendo com que se tenha um conhecimento do perfil bacteriológico e de resistência aos antimicrobianos para que se tome uma decisão inicial sobre o tratamento.

Protocolo: 2167 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2014 - 2/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA DE OLIVEIRA SILVA E SOUZA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
O Mycobactetium tuberculosis é o principal agente etiológico da tuberculose (TB), sendo responsável pela infecção de um terço da população mundial, cerca de dois bilhões de pessoas. O diagnóstico presuntivo da TB pulmonar se faz pelos dados clínicos e radiológicos e a confirmação do diagnóstico é obtida pela baciloscopia e/ou cultura. Apesar da cultura ser considerada o padrão ouro de diagóstico para a TB, apresentando alta sensibilidade, tem como principal desvantagem a demora na definição do diagnóstico e como a tuberculose é letal sem tratamento, uma rápida diferenciação entre o M. tuberculosis e as micobactéiras não tuberculosas (MNT) seria essencial para a condução de um tratamento adequadado. Alguns estudos tem avaliado a utilidade de se detectar o fator corda para a iden¬tificação presuntiva da TB, já que a maioria das espécies de MNT não apresenta essa caracterís¬tica, acelerando a identificação do M. tuberculosis e os testes de suceptibiidade à drogas. O objetivo deste estudo será padronizar a detecção do fator corda para a identificação presuntiva do Mycobacterium tuberculosis no laboratório de microbiologia da Univerdade do Oeste PaulistaUNOESTE. Para isso, iremos avaliar a presença do fator corda em esfregaços micobacterianos corados pela técnica de Ziehl-Neelsen e comparar os resultados obtidos para detecção do fator corda no laboratório de microbiologia da Univerdade do Oeste PaulistaUNOESTE com os obtidos no Instituto Lauro de Souza Lima para identificação presuntiva do Mycobacterium tuberculosis. Esperamos assim incorporar a detecção do fator corda em projetos futuros a serem realizados na UNOESTE.

Protocolo: 2170 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2014 - 6/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULO HENRIQUE MARQUES FRANCO
DANIELA ADELIA FERNANDES
PRISCILLA YUKARI UENO
Professor(es): LEONILDA CHIARI GALLE
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
O objetivo do experimento será avaliar os efeitos dos aditivos Bio-MosTM, ActigenTM e ImmunoWallTM na flora bacteriana (incidência das bactérias Lactobacillus, Bifidobacterium e Escherichia coli) de ratos albinos da linhagem Wistar e para isto serão utilizados 40 ratos machos jovens, com 21 a 25 dias e 45 - 50g de massa corporal, divididos em quatro grupos experimentais com 10 animais cada. Os animais serão mantidos durante 63 dias em gaiolas individuais, sendo 07 dias de adaptação ao manejo e a dieta basal e 56 dias aos tratamentos: Grupo Controle = dieta basal; Grupo Bio-Mos = dieta basal incorporada com 1g de Bio-MosTM por kg da dieta; Grupo Actigen = dieta basal incorporada com 0,4g de ActigenTM por kg da dieta; Grupo ImmunoWall = dieta basal incorporada com 1g de ImmunoWallTM por kg da dieta. As dietas sólidas e hídricas serão fornecidas ad libitum durante o período experimental e os animais ficarão nas condições padrões de iluminação (ciclo claro/escuro de 12/12 horas) e com temperatura em torno de 23ºC. Para as avaliações da composição fecal, serão coletadas amostras de fezes em cinco momentos: M1: no dia zero, M2: 14 dias após o início do experimento, M3: 28 dias após o início do experimento, M4: 42 dias após o início do experimento e M5: 56 dias após o início do experimento, através da contagem das bactérias Lactobacillus, Bifidobacterium e Escherichia coli. Os pools de amostras serão analisados no final de cada período experimental. As contagens bacterianas relativas a cada microrganismo serão comparadas entre os grupos estudos, dentro de cada momento, com o teste não paramétrico de Kruskal-Wallis. Para comparar as contagens bacterianas entre os momentos, dentro de cada grupo, será utilizado o teste não paramétrico de Friedman. Será adotado nível de 5 de significância para todas as comparações.

Protocolo: 2171 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2014 - 6/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CLEVERSON FERNANDO DE JESUS
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA
ROGERIA KELLER

Resumo:
As Escherichia coli associadas à infecção intestinal, são conhecidas como E. coli diarreiogênicas que podem ser classificadas em seis categorias reconhecidas, levando em consideração seus mecanismos de virulência específicos, as manifestações clinicas, sorotipos O:H e aspectos epidemiológicos. Dentre as E. coli diarreiogênicas, as E. coli enteropatogênicas (EPEC) são as principais causas de diarreia em crianças de até 5 (cinco) anos de idade. As EPEC podem ser classificadas em típicas e atípicas dependendo dos fatores de virulência encontrados nessas amostras. Este estudo tem como objetivo identificar amostras de EPEC típicas e atípicas dentre 60 amostras de E. coli diarreiogênicas previamente isoladas de crianças com diarreia que foram atendidas no Hospital Regional de Presidente Prudente no período do segundo semestre de 2013. As amostras previamente isoladas foram identificadas como E. coli e sorogrupadas dentre os principais sorogrupos de EPEC. Neste estudo pretende-se classificá-las como EPEC típicas ou EPEC atípicas através da Técnica de Polimerase em Cadeia (PCR), através da identificação dos genes eae e bfp A. Sendo assim, pretende-se avaliar quais os sorogrupos que essas amostras pertencem, bem como a sua prevalência em crianças de até 5 anos de idade nos casos de diarreia infantil na região de Presidente Prudente

Protocolo: 2155 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 6/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELA MANEA SOBRINHO
OTAVIO AUGUSTO STOPPA THOME
Professor(es): HERMANN BREMER NETO
ROGERIO GIUFFRIDA
ROGERIA KELLER

Resumo:
A atenção é um fenômeno neurofisiológico que promove a seleção da atividade de certas regiões neurais, acelerando o desempenho em curso. Pelo menos em parte, a atenção depende de circuitos adrenérgicos que promovem a ativação de todo o córtex cerebral, circuitos estes que são também determinantes para o estado de vigília de um indivíduo (e se encontram desativados em sono profundo). É também conhecido que indivíduos que sofrem de privação de sono tem prejuízos tanto físicos quanto cognitivos, incluindo o desempenho da atenção. O objetivo do presente trabalho é analisar as consequências da privação do sono no desempenho da atenção em indivíduos saudáveis, além de verificar se a privação de sono é capaz de alterar a assimetria da orientação da atenção normalmente verificada em indivíduos saudáveis.

Protocolo: 2182 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSIELLE CARDOSO
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A atenção é um dos processos neurofisiológicos mais essenciais para uma correta interação de uma pessoa com o ambiente. Ela permite a seleção de estímulos relevantes e a inibição daqueles irrelevantes para o comportamento. A atenção também parece ser assimétrica, com favorecimento para o lado direito do espaço em pessoas saudáveis. Há evidências de que os idosos apresentam declínio dos níveis de atenção voluntária, o que poderia gerar alterações da capacidade normal da atenção e alterar o favorecimento à direita do espaço. O presente trabalho propõe investigar se a assimetria da atenção voluntária comumente encontrada em adultos saudáveis está alterada em idosos, através do teste de bissecção de linhas e do teste de Landmark. Um total de 20 idosos (idade entre 60 e 85 anos) farão tanto o teste de bissecção de linhas, que consiste em pedir ao voluntário que seccionem linhas horizontais, de tamanhos variados, o mais ao centro possível; quanto o teste de Landmark, uma variação do teste de bissecção de linhas que requer ao voluntário julgar se linhas pré-cortadas estão corretamente seccionadas ao centro ou não. Os voluntários serão instruídos a julgarem se as linhas estão corretamente cortadas ao centro e, caso não, se estão à direita ou à esquerda do centro. O teste dos idosos será comparado àquele de um Grupo Controle (idade entre 20 e 40 anos, n=20) através de análises de variância (ANOVA).

Protocolo: 2067 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 8/2016 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DOUGLAS STUANI LOPES
SAMARA MIGUEL DE SOUZA
ALINE HAGUI
Professor(es): FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Diariamente somos expostos a diversas informações e é comum parte delas não serem memorizadas quando não nos parecem úteis ou quando destinamos a atenção para algo mais importante, por exemplo. No entanto, há informações que mesmo nos despertando a atenção e sendo de extrema relevância, não ficam armazenadas em nossa memória. Dessa maneira, mesmo expostos a conteúdos que queremos de fato aprender e aos quais dedicamos tempo, atenção e estudo, podemos esquecê-los. Neste trabalho é apresentada uma revisão de literatura a respeito de como determinadas situações e mecanismos favorecem a retenção de informações pelo cérebro ou a prejudica.

Protocolo: 2109 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ANNE CAROLYNE MARINHEIRO RODRIGUES
RAFAEL ZONZINI VICENTE VEIGA
GABRIELLA VELOSO SANTANA
LUIZ FELIPE FARIAS BARBOSA
Professor(es): CAMELIA SANTINA MURGO
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
Introdução: Já foi observado alterações orais causadas por medicamentos usados pelo pacientes com Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC) e também aumento na concentração de mediadores inflamatórios sistêmicos, em portadores de Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), no DPOC, em obesos e na associação entre a DPOC e SAOS, o que pode aumentar o risco de doença cardiovascular associada, quando comparado com a população geral. Entretanto, é necessário estudar o comportamento das células da caviadade oral como marcadores inflamatórios na sobreposição entre a SAOS, a obesidade e a DPOC. Objetivo: o presente estudo visa verificar a células inflamatórias e cândida em pacientes Obesos associada a DPOC com SAOS. Casuística e Métodos: Serão selecionados 100 indivíduos, portadores de DPOC, obesos, com índice de massa corpórea (IMC) > 27 Kg/m2, presença ou não de SAOS, confirmada previamente pelo exame de polissonografia. Com isso, serão formados dois grupos: (1) DPOC associada à obesidade sem SAOS (50 indivíduos) e (2) DPOC associada à obesidade com SAOS (50 indivíduos). Para avaliar as alterações inflamatórias das células mucosa oral e candida será utilizada a citologia esfoliativa.

Protocolo: 2060 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DENIS AILTON BULHOES DA SILVA
EDUARDO FERNANDES CARDOSO SANTOS
Professor(es): FLÁVIO DANILO MUNGO PISSULIN
CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
LEONILDA CHIARI GALLE
RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO

Resumo:
Bactérias são as maiores causadoras de infecção do trato urinário (ITU). A infecção urinária pode ocorrer por meio de três vias: ascendente, hematogênica e linfática, sendo a via ascendente a mais frequente. De acordo com a localização anatômica, é possível classificar as ITUs em infecção baixa, quando a colonização bacteriana ocorre na bexiga, próstata e ureta; ou infecção alta, quando as bactérias afetam o tecido renal. A Escherichia coli está envolvida como agente microbiano na maior parte dos casos, no entanto, há estudos que apontam baixa resistência e pequenas modificações na sensibilidade à ciprofloxacina e norfloxacina. O presente trabalho terá por objetivo analisar os dados referentes a frequência e ao perfil de sensibilidade aos antimicrobianos dos principais agentes de infecções do trato urinário de amostras colhidas de pacientes atendidos no Laboratório de Analises Clínicas da Universidade de Oeste Paulista UNOESTE, Presidente Prudente.

Protocolo: 2012 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA DE MARIA SERRA
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ROGERIA KELLER

Resumo:
As relações que os indivíduos mantem entre si são capazes de influenciar no modo de vida dos seres pertencentes àquele ambiente. Podendo ter consequências favoráveis ou desfavoráveis para um ou ambos os seres. As bactérias são microrganismos encontrados de maneira cosmopolita no globo terrestre, podendo inclusive constituir a microbiota de diversos seres, incluindo o homem. Com o avanço tecnológico, o estresse causado aos seres, levou a necessidade de adaptação dos mesmos que são forçados a se adaptarem. No caso das bactérias, essa adaptação é perceptível em pouco tempo, uma vez que seu ciclo biológico é curto. Quando há um desequilíbrio nas relações entre homens e bactérias, as mesmas podem causar problemas na integridade da saúde do hospedeiro. As infecções ambientais e hospitalares causadas por bactérias resistentes a um amplo espectro de antibióticos têm índices crescentes nos últimos anos, manifestando-se com alta morbimortalidade. Pesquisas recentes evidenciaram que as bactérias demonstram um perfil de sobrevivência, não cultivo, em superfícies secas de modo a manter a sua virulência quando expostas a fluidos biológicos como urina, saliva e sangue. O presente estudo tem por objetivo documentar através de análises laboratoriais a capacidade de sobrevivência das principais bactérias de interesse médico em superfícies abióticas, demonstrando a influência dos fluidos biológicos na manutenção da viabilidade dessas bactérias sob estresse.

Protocolo: 2007 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 8/2015 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DEIGILAM CESTARI ESTEVES
Professor(es): ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ROGERIA KELLER

Resumo:
A cada dia que passa, a população se preocupa mais com sua saúde e busca melhorá-la através da alimentação. Para isso, é importante que haja o equilíbrio entre os nutrientes, ingerindo de forma variada as frutas, verduras e legumes. Sendo assim, para facilitar as preparações, existem os alimentos minimamente processados, mas como todo alimento, podem afetar a saúde se forem mal manipulados. Este estudo tem como objetivo fazer uma avaliação parasitológica e microbiológica dos minimamente processados crus no município de Presidente Prudente. Os microrganismos pesquisados serão enterobactérias, como Salmonela sp e E. coli. As análises de Coliformes a 35ºC e de Coliformes a 45°C/g e E. coli, Bolores e Leveduras e Salmonella sp/25g, serão realizadas segundo Silva, Silveira e Junqueira (1997). Serão utilizados os métodos de Faust e Hoffman segundo Vallada (1988) mediante análise do sedimento obtido após lavagem das amostras em solução de detergente neutro (0,5) recém-preparada em solução fisiológica a 0,9 de acordo com Oliveira e Germano (apud SILVA, 2006, p. 35).

Protocolo: 2045 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2014 - 3/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAREN NATSUMI TOGAWA
MARCELA DE ANDRADE BERNAL FAGIANI
PEDRO HENRIQUE NAHAS CHAGAS
FERNANDA LELI DILLIO
Professor(es): MARIA APARECIDA DA SILVA
NAIR TOSHIKO TASHIMA
TELMA REGINATO MARTINS

Resumo:
Autismo é um termo utilizado para descrever uma doença que faz com que os indivíduos portadores apresentem perda de contato com a realidade, o que acarreta uma grande dificuldade ou impossibilidade de comunicação. A prevalência do autismo situa-se entre 10 e 20 casos por cada 10.000 crianças, e tem aumentado desde a década de 1960. As perturbações do espectro autista são normalmente genéticas e multifatoriais, havendo uma incessante busca por marcadores biológicos para o Autismo. Dessa forma, o objetivo desse trabalho é realizar uma revisão e sistematização sobre o autismo, seus biomarcadores e sua neurofisiologia, além de perspectivar, dessa forma, o futuro dessa patologia. Para a concretização desse trabalho serão realizadas buscas pelos principais periódicos do Portal da Capes, sendo que os periódicos serão pesquisados tanto na língua portuguesa quanto inglesa, dando-se ênfase aos trabalhos dos últimos vinte e um anos (19942015).

Protocolo: 1962 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2015 - 7/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA RODRIGUES DA SILVA
Professor(es): LEANDRA ERNST KERCHE
MARJORI LEIVA CAMPAROTO

Resumo:
Entre os alvos mais promissores para o desenvolvimento de novos agentes antiparasitários, destacam-se as proteases que nos protozoários participam de processos metabólicos e fisiológicos, atuando como importantes fatores de virulência. Como a atividade dessas moléculas pode ser controlada por inibidores específicos, essas substâncias têm sido avaliadas quanto ao potencial terapêutico em diferentes infecções parasitárias, inclusive por Trypanosoma. O presente estudo será desenvolvido com o objetivo de avaliar o efeito in vitro dos inibidores de cisteína (IAA) e serina-proteases (antipaina) sobre o crescimento de epimastigotas e amastigotas da cepa Y de T. cruzi. Para isso, 105 epimastigotas serão incubadas em meio LIT contendo os inibidores a diferentes concentrações durante 24 e 48 horas. Nos ensaios de crescimento, o número de epimastigotas e amastigotas serão estimados a partir de contagens em hemocitômetro.

Protocolo: 1916 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2013 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILLA AMARAL OLIVEIRA
THAIS EMILY SOARES DE QUEIROZ
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
Com a finalidade de estabelecer novas alternativas terapêuticas para a infecção por Trypanosoma cruzi, produtos naturais têm sido pesquisados. Byrsonima intermedia, planta do cerrado brasileiro é amplamente utilizada na medicina popular em casos de diarreia, como diuréticos, anti-histamínicos, entre outros. O presente estudo tem por finalidade estudar os efeitos in vitro do extrato metanólico de B. intermedia sobre epimastigotas da cepa Y de T. cruzi, como também realizar ensaios de genotoxicidade sobre a referida cepa. Para tanto, 105 epimastigotas serão incubadas em meio LIT contendo o extrato a diferentes concentrações durante 24 e 48 horas. Nos ensaios de crescimento, o número de epimastigotas será estimado a partir de contagens em hemocitômetro. O ensaio de genotoxicidade será realizado através do teste do cometa.

Protocolo: 1917 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2013 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEONARDO ALVES GARCIA
PATRICIA TERASACA
CAROLINA FRANCA RUFINO KUSHIKAWA
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
A esteatose hepática é uma doença gerada pelo acumulo de lipídeos no fígado, sendo caracterizada macroscopicamente por uma coloração amarela com aumento do volume do órgão. O sobrepeso no fígado gerado pela esteatose hepática pode chegar a 10 do peso total do órgão, devido ao acumulo de triglicerídeos no interior dos hepatócitos. Os fatores de predisposição para a esteatose hepática incluem o uso ou não de álcool, caracterizando a doença hepática alcoólica (DHA) e a doença hepática não gordurosa alcoólica (DHGNA), esta associada a deficiências nutricionais, deficiências metabólicas, cirurgias e uso de fármacos. O diagnostico precoce desta patologia é definido como um fator preponderante na eficácia do tratamento, evitando as possíveis complicações mais graves como esteatohepatite, cirrose e carcinoma hepatocelular. A epidemiologia da doença é demonstrada pela crescente taxa de indivíduos obesos no Brasil e em diversos países do mundo, destacando a importância de se realizar estudos que ajudem a tratar esse problema de saúde pública. O tratamento mais indicado para doença relaciona-se principalmente a mudança de estilo de vida do paciente. Diante da baixa eficácia dos fármacos utilizados no tratamento de esteatose hepática, o presente estudo tem como objetivo conhecer a ação fitoterápica proporcionada pela Zingiber officinale Roscoe, mais conhecida como gengibre, na esteatose hepática. A metodologia a ser utilizada consistirá no uso de ratos machos da linhagem Wistar, os quais receberão ração padrão e água destilada com frutose por 14 semanas. Esses animais serão divididos em dois grupos, onde o grupo teste receberá uma solução de extrato de gengibre e o grupo controle receberá soro fisiológico, ambos administrados por gavagem. Após esse período o sangue dos animais serão coletados e avaliados por dosagem bioquímica: a) perfil lipídico, b) indicadores de função hepática, c) glicose e d) proteínas totais. Serão ainda avaliadas as mudanças morfológicas microscópicas do tecido hepático por microscopia de luz.

Protocolo: 1983 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2013 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): STEPHANE SIMOES BALBINO
FERNANDA ANGELICA CANO GUINE
Professor(es): RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO
WILLYS TRISTÃO

Resumo:
O papilomavírus humano (HPV) é um vírus pertencente à família Papillomaviridade, que apresenta tropismo por células de mucosas, tais como a da mucosa oral. A infecção por HPV é a doença sexualmente transmissível mais frequente no mundo. O objetivo deste estudo é verificar a proporção de casos existentes de infecção pelo subtipo 16 do HPV na mucosa oral de pacientes adultos na faixa etária dos 35 a 59 anos que estão em tratamento na clínica odontológica de uma faculdade de ensino superior do interior do oeste paulista. O modelo de estudo utilizado será o de coorte transversal, com pacientes sobre tratamento odontológico na clinica da Universidade do Oeste Paulista. Inicialmente, apenas se iniciará após a aprovação do Comitê de Ética e Pesquisa em Seres Humanos da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE. Ao coletar o material será aplicado um questionário comportamental, após a explicação previa sobre o estudo e Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE) assinado. Nas amostras coletadas, serão feitas analises pelo método de citologia esfoliativa e Reação em Cadeia de Polimerase (PCR), para identificar lesões nas células epiteliais e rastrear HPV-16 presentes nas amostras

Protocolo: 2096 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2014 - 5/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELLE APARECIDA DOS SANTOS
MAIARA BUSNELLO MACKIEVIEZ
Professor(es): JOSE MARIA BERTAO
LUCIANA MACHADO GUABERTO
RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO
WILLYS TRISTÃO

Resumo:
Staphylococcus aureus pode causar uma grande variedade de infecções, muitas delas adquiridas no ambiente hospitalar. A grande transmissibilidade, o seu elevado potencial patogênico e a possibilidade de resistência a múltiplos antimicrobianos, são itens relevantes que contribuem para a relevância das infecções estafilocóccicas em hospitais e outros serviços de saúde. Boa parte da população humana é portadora desta bactéria sendo que a maioria não apresenta quaisquer sintomas de infecção, nesses os principais nichos são a mucosa nasal e o períneo. A esse padrão de carreamento, no qual se observa reprodução bacteriana sem interação imunológica ou doença clínica, dá-se o nome de "colonização". A compreensão da epidemiologia das colonização/infecções por Staphylococcus aureus tem implicações importantes para as medidas de controle das infecções hospitalares. Para isso, torna-se necessário documentar a disseminação de isolados e identificar os fatores de resistência relacionados e esses isolados. Estes são os objetivos centrais deste projeto. O presente trabalho também pretende identificar a prevalência de fatores moleculares de resistência a macrolídeos e betalactâmicos em cepas de S. aureus isoladas da mucosa nasal de estudantes de enfermagem de uma instituição privada de ensino superior do Estado de São Paulo.

Protocolo: 1855 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2013 - 6/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA TRAMONTINI MARCATTO
RODRIGO SANTOS LIMA
CAROLINA MARINO
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A doença de Chagas causada pelo protozoário flagelado Trypanosoma cruzi é caracterizada por uma fase aguda oligossintomática, seguida de uma fase crônica, que pode se manifestar de diferentes maneiras: indeterminada (sem sintomas clínicos) e determinada (sintomática cardíaca ou digestiva). A doença de Chagas é endêmica na América Latina e no Brasil, atualmente, predominam os casos crônicos decorrentes de infecções adquiridas no passado, com cerca de 3 milhões de indivíduos infectados. O diagnostico laboratorial é diferente para as duas fases da doenca: na fase aguda, a demonstração do parasita é baseada em metodos parasitológicos diretos; na fase crônica o diagnóstico laboratorial se encontra comprometido, em virtude da baixa parasitemia, podendo ser realizado por técnicas parasitológicas e imunológicas. A hemocultura em meio LIT é um método parasitológico indireto para o diagnóstico da infecção chagásica que permite a multiplicação, nas amostras de sangue, dos parasitas existentes. Desta forma, a implantação da cultura para manutenção de cepas de T. cruzi no laboratório de parasitologia da Universidade do Oeste PaulistaUNOESTE permitirá a realização de estudos futuros para uma melhor compreensão de aspectos parasitológicos e imunológicos relacionados à doença.

Protocolo: 1818 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2013 - 6/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELA ADELIA FERNANDES
Professor(es): THAIS BATISTA DE CARVALHO
ELIANA PERESI LORDELO

Resumo:
As infecções neonatais ainda são um grande desafio para obstetras e pediatras, dentre esses agentes infecciosos, merece destaque o Streptococcus agalactiae ou Estreptococo do grupo B (EGB) de Lancefield responsável por quadros de sepse, meningites e pneumonias neonatais. Estima-se que 50 a 75 dos recém-nascidos (RN) expostos ao EGB tornam-se colonizados, e que cerca de 2 desenvolvem infecções. O mecanismo da infecção perinatal ocorre pela ascensão do EGB, no trato genital de gestantes colonizadas. A transmissão vertical (TV) acontece durante a passagem pelo canal de parto ou pela aspiração fetal do líquido amniótico infectado e pode iniciar-se no trabalho de parto ou após ruptura prematura das membranas. A determinação da taxa de colonização, em gestantes, pelo EGB depende de diferenças sociodemográficas, geográficas e da metodologia aplicada. Dessa forma, o conhecimento da prevalência da colonização por EGB é fundamental nos serviços que prestam assistência pré-natal. Baseado nisso o presente projeto pretende avaliar a distribuição de isolados de Streptococcus agalactiae que colonizam gestantes em atendimento pré-natal no município de Presidente Prudente - SP e avaliar o perfil de resistência e virulência desses isolados. Serão incluídas no estudo apenas amostras bacterianas isoladas de gestantes em acompanhamento pré-natal, de risco habitual e com idade gestacional igual ou superior a 35 semanas atendidas no Município de Presidente Prudente - SP. Amostras de EGB previamente isoladas do introito e terço distal da vagina, e posteriormente na região anorretal, ultrapassando o esfíncter anal interno de gestantes serão avaliadas quanto ao seu perfil de resistência dos isolados obtidos será avaliado fenotipicamente por antibiograma e genotipicamente pela detecção dos genes de resistência a Tetraciclina (tetO) e Eritromicina (erm) pela técnica de PCR. O perfil de virulência será avaliado pela detecção dos genes bca, ScpB, rib, lmb e CylE também pela reação de PCR.

Protocolo: 1795 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 11/2014 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): THAISE MARIA GIANSANTE DE OLIVEIRA
JOYCE MARINHO DE SOUZA
Professor(es): ANTONIO FLUMINHAN JUNIOR
LUCIANA MACHADO GUABERTO
FERNANDO AUGUSTO BARREIROS
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A cirurgia de ovariohisterectomia é utilizada para o controle do crescimento da população canina . A técnica traz benefícios e evita algumas doenças nos animais, contudo este procedimento cirúrgico pode levar ao desenvolvimento de desordens musculoesqueléticas, endócrinas e obesidade. Após a castração, observa-se modificação no padrão de secreção hormonal do animal que pode estar relacionado ao desenvolvimento da obesidade, pois o estrógeno controla o balanço energético e regula metabolismo celular. Assim o presente trabalho visa avaliar a condição corporal, perfil lipídico e glicêmico de cadelas submetidas a ovariohisterectomia, para isto serão avaliadas 30 cadelas sendo que anteriormente ao procedimento cirúrgico, os animais terão sua condição corporal avaliada de acordo com a escala de Laflamme e amostras de sangue serão coletas e as mesmas serão processas e encaminhadas para análise bioquímica para dosagem da glicemia, trigliceridemia, colesterolemia e HDL. Os mesmos procedimentos irão se repetir 90 dias, 180 dias, 270 dias e 360 dias após o procedimento cirúrgico.

Protocolo: 1680 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELE ARAUJO PEREIRA
ALVARO SIQUEIRA SILVA
RAYSSA VICENTE KRETCHETOFF BARBOSA
JULIANA YUMI SAKITA
Professor(es): ROSANGELA MARIA STELUTI
LEANDRO LOPES HAIDAMUS
ANA PAULA MATTOSO MISKULIN CARDOSO
INES CRISTINA GIOMETTI CEDA

Resumo:
Várias espécies de leveduras do gênero Candida, assim como alguns outros microrganismos, podem colonizar mucosas, pele e trato digestivo, de modo transitório ou durante longos períodos, alguns desses microorganismos são causadores de doenças. O trato gastrintestinal, colonizado por Candia spp. em até 70 da população normal, pode ser a origem de fungemia, por alterações da microbiota residente e por sua translocação. Métodos de genotipagem mostraram similaridade entre amostras colonizadoras e infectantes, sugerindo sua origem endógena, dentre as espécies não-albicans, a C. dubliniensis tem sido objeto de intensa investigação, particularmente em decorrência de sua similaridade genotípica e fenotípica com a C. albicans e da identificação de cepas resistentes a drogas antifúngicas , como o fluconazol. Este projeto visa dentificar a prevalência de colonização e de infecção da cavidade bucal pelo gênero C. dubliniensis usuários de próteses removíveis atendidos da clínica de odontologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE).

Protocolo: 1770 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 7/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS PONTES
FELIPE GONCALVES PELAEZ
VANESSA GOMES LIMA
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
FABIANA GOUVEIA STRAIOTO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A fonte de infecção por Candida spp é o próprio homem, que é colonizado com frequência, principalmente em indivíduos usuários de próteses totais. No entanto, a colonização mucosa é multifatorial e ainda não foi completamente elucidada. Este trabalho tem como objetivo identificar a prevalência de colonização e de infecção da cavidade bucal pelo gênero Candida em usuários de próteses removíveis atendidos da clínica de odontologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), e determinar o perfil de sensibilidade ao fluconazol das amostras isoladas destes indivíduos. Todas as amostras serão submetidas à prova da produção de tubo germinativo; para as análises das características micromorfológicas das amostras serão realizados microcultivos em Cornmeal Agar; as amostras identificadas como C. não albicans serão avaliadas pelo sistema comercial API 20C AUX BioMeriux, por fim, todas as amostras isoladas serão submetidas a testes de sensibilidade ao fluconazol, com determinação da concentração inibitória mínima (CIM), empregando-se à metodologia de microdiluição considerada de referência, o método europeu AFST-EUCAST.

Protocolo: 1739 Início e Fim: Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS PONTES
FELIPE GONCALVES PELAEZ
VANESSA GOMES LIMA
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
FABIANA GOUVEIA STRAIOTO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A candidíase é uma infecção fúngica causada per leveduras do gênero Candida spp., essas leveduras são frequentemente isoladas da mucosa oral de indivíduos sadios, porém em determinados indivíduos e em situações específicas podem assumir formas parasitaria, produzindo doenças bucais conhecidas como candidose oral. Esta é considerada a infecção fúngica oportunista mais frequente nos humanos. C. albicans é a espécie mais prevalente e com forte representatividade em associações à prótese dentária, contudo, nas últimas décadas outras espécies de Candida têm emergido como patógenos de importância clínica. Neste contexto, o complexo C. parapsilosis caracteriza-se como a segunda espécie de Candida mais isolada na América Latina e em alguns países da Europa, isoladas de amostras de infecção de corrente sanguínea, no entanto, os dados sobre sua importância como patógeno da mucosa oral é multifatorial e ainda não foi completamente elucidada. Este trabalho avaliará a prevalência de colonização da cavidade oral de indivíduos usuários de próteses removíveis, pelo complexo C. parapsilosis; e determinará o perfil de sensibilidade ao fluconazol das amostras do complexo C. parapsilosis isoladas destes indivíduos. Serão estudados usuários de prótese bimaxilares reabilitados na Faculdade de Odontologia da UNOESTE. Inicialmente será aplicado questionário para análise e obtenção de dados de cada voluntário, em seguida a coleta do material de cavidade oral será feita com swabs estéreis, o material coletado será imerso em frasco estéril com 2,0 ml de solução salina e semeado com o próprio swab, em meio CHROMagar Candida. Todas as amostras serão submetidas à prova da produção de tubo germinativo; análise das características micromorfológicas; as amostras identificadas como C. não albicans serão, a seguir, avaliadas pelo sistema comercial API 20C AUX BioMeriux; serão aplicadas as técnicas de PCR e PCR-RFLP para as análises moleculares; a concentração inibitória Mínima (CIM) do fluconazol será avaliada pelo método proposto pelo EUCAST (European Committee Antimicrobial Susceptibility).

Protocolo: 1738 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RAQUEL SOARES DA SILVA
CAMILA MARCON
CAROLINE LUCIO MOREIRA
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
FABIANA GOUVEIA STRAIOTO
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
A água é essencial para os seres vivos, no entanto pode ser um problema de saúde pública ao funcionar como veículo de transmissão de microrganismos que podem desarmonizar a saúde humana. O objetivo desse estudo é avaliar a qualidade da água de bebedouros destinada ao consumo humano em escolas da rede privada e pública de Presidente Prudente e região quanto à caracterização microbiológica dessas águas. Para determinar a presença de coliformes totais e fecais das águas de bebedouros será utilizada a técnica da membrana filtrante descrita no Stardard Methods for the Examination of Water and Wastewater (2001) no qual a amostra será adicionada ao meio de cultura seletivo para coliformes Agar Cromocult. O controle da água realizado por este estudo pode demonstrar que os bebedouros podem apresentar ou em algum momento, algum tipo de contaminação, oferecendo a estas entidades um indicativo para a manutenção da máquina, proporcionando uma água com maior qualidade para a população que a utilize.

Protocolo: 1670 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 6/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDUARDO HENRIQUE TOLENTINO
THAIS CASTILHO CRALCEV
Professor(es): ANDRE TURIN SANTANA
RODRIGO METZKER PEREIRA RIBEIRO

Resumo:
As parasitoses intestinais figuram ainda hoje como um dos principais problemas de saúde pública nos países em desenvolvimento, especialmente em grupos pré-determinados, como indivíduos malnutridos, imunodeprimidos e crianças. Entre os enteroparasitas que mais acometem tais indivíduos, sobretudo pacientes imunocomprometidos, estão as espécies de Cryptosporidium. Nesses indivíduos, esses protozoários podem levar a um quadro de diarreia crônica que dependendo da gravidade pode levar a um grave desequilíbrio hidroeletrolítico. O presente estudo será desenvolvido com a finalidade de verificar a frequência de enteroparasitas em pacientes com neoplasias atendidos no setor de oncologia da Santa Casa de Misericórdia de Presidente Prudente/SP. Com este propósito serão coletadas 3 amostras de fezes de cada paciente em dias alternados, as quais serão processadas pelos métodos de Hoffman, Faust e Ritchie e posterior coloração do esfregaço fecal pelo método de Ziehl-Neelsen modificado para diagnóstico específico de Cryptosporidium sp.

Protocolo: 1740 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2014 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA AYUMI LIMA TANIGUCHI
NAYARA MODESTO ZANON
Professor(es): ELAINE CRISTINA NEGRI SANTOS
THAIS BATISTA DE CARVALHO

Resumo:
As proteases são enzimas de essencial importância no metabolismo de todos os seres vivos, estando associadas a praticamente todas as funções biológicas. A antipaína é um inibidor de protease do tipo cisteíno-protease. É utilizada, especialmente, no tratamento de soro-positivos, impedindo a construção de novas cápsulas dos retrovírus HIV. Como muito pouco se sabe a respeito das propriedades genotóxicas e protetoras desse inibidor de proteases, o objetivo desse trabalho é avaliar in vitro os efeitos genotóxicos e protetores da antipaína em células de fibroblastos de hamster chinês (V79). Para isso, o estudo irá contar com os testes do micronúcleo, para avaliar a mutagenicidade e a antimutagenicidade, e o ensaio do cometa, para avaliar a genotoxicidade. Em concordância com a literatura, três concentrações de antipaína serão testadas, 2, 4, e 6 &#956;g/mL de meio de cultivo. Para controle positivo será utilizado o indutor de danos oxidativos no DNA, o quimioterápico doxorrubicina.

Protocolo: 1668 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 9/2014 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): ELOISA ORTEGA NAZARIO DE ARAUJO
BRUNA TACIANE DA SILVA BORTOLETI
Professor(es): LEANDRA ERNST KERCHE

Resumo:
Emoções tem seu componente subjetivo, a sensação gerada pela emoção específica, como a ansiedade, e um componente fisiológico, que é a resposta autonômica observável eliciada por aquela emoção. As reações de ansiedade combinam componentes somáticos, cognitivos, emocionais e comportamentais. A privação hídrica ou alimentar é uma das operações motivacionais mais comumente usadas em laboratórios de Psicologia para o estudo de processos de aprendizagem, no entanto, pouco se avalia as consequências da restrição para o comportamento dos animais. Leathwood e Plummer (1969) descrevem que ambas as restrições levam a hiperatividade, curiosidade diminuída e diminuição do comportamento exploratório, comportamentos semelhantes ao de ratos ansiosos. No presente projeto pretende-se avaliar se restrições hídricas e alimentares geram aumentos dos níveis séricos de Cortisol em ratos Wistar machos. O Cortisol é um glicocorticóide comumente utilizado como indicador de estresse em animais e humanos. O dado fisiológico será complementado pelo teste do Labirinto em Cruz Elevado (LCE), um teste clássico de ansiedade em animais de laboratório (RODGERS e DALVI, 1997).

Protocolo: 1732 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 9/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): RAISSA DE OLIVEIRA MANTOVANI
Professor(es): GABRIEL VIEIRA CANDIDO
FELIPE VIEGAS RODRIGUES

Resumo:
A Física, como uma ciência fundamental, tem por objetivo o estudo dos fenômenos naturais de nosso universo. Quando se trata desses fenômenos geralmente vêm à mente aqueles que estão ligados diretamente com a natureza macroscópica de nosso cotidiano, deixando-se de considerar, por diversas situações, aqueles fenômenos naturais microscópicos observados exteriormente a nosso organismo, assim como em seu interior. Dessa forma, a proposta desse projeto é desenvolver uma pesquisa minuciosa a respeito, inicialmente, dos conceitos da Física que são mais úteis no entendimento das ciências médicas e biomédicas e, posteriormente, da aplicação desses conceitos sobre as diversas situações envolvendo o contexto, mais especificamente, da biomedicina. Para tal, serão investigados, de início, as áreas da biomedicina que envolvem, em seu fundamento, conceitos físicos (básicos e/ou avançados), como por exemplo o diagnóstico por imagem envolvendo o uso de radiação ionizante ou não ionizante, ou até mesmo fenômenos da biofísica tais como o transporte de substâncias através da membrana celular. Finalmente, toda essa pesquisa de caráter preferencialmente teórico dar-se-á por um processo investigativo que será baseado nas referências, nacionais e internacionais, já existentes a respeito desses assuntos, assim como aquelas adquiridas em possíveis congressos, colóquios, encontros, workshops e afins. Sendo assim, o maior interesse desse projeto é, com o produto obtido em função de seu desenvolvimento, fornecer um material que sirva também de referência para os cursos da área médica que envolvem estudos de biofísica, física das radiações ou qualquer outra área correlata.

Protocolo: 1669 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 12/2014 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Aluno(s): RAFAEL HENRIQUE RIBEIRO DE OLIVEIRA
PRISCILA SILVA FIABANI
VITOR AFONSO PIRES DA SILVA
Professor(es): JOÃO LUCAS CORREIA SILVA

Resumo:
A legislação do Contran 432/13 reduz a quantidade de etanol permitida no ar alveolar. O uso de enxaguatórios bucais, que apresentam em sua formulação etanol tem gerado dúvidas aos consumidores destes tipos de antissépticos. Os objetivos deste trabalho serão: determinar a concentração de etanol em antissépticos bucais e comparar com a quantidade declarada no rótulo dos mesmos e identificar a presença de etanol nos enxaguatórios bucais sem álcool etílico em sua composição, descrita no rótulo. O método utilizado será cromatografia gasosa por headspace. Os resultados obtidos serão tratados utilizando a análise de variância ANOVA.

Protocolo: 1660 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 1/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA JEANE SCHMIDT SILVA ALMEIDA
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
Os benzodiazepínicos estão entre as drogas mais prescritas no mundo, são medicamentos com ações sedativas hipnóticas, ansiolíticas, relaxantes musculares ou anticonvulsivantes. Embora sejam medicamentos considerados seguros, os efeitos colaterais podem surgir, por isso é de grande importância o relato do paciente para o prescritor e farmacêutico dispensador, para que a dose seja adequada à necessidade da patologia. Os fitoterápicos são medicamentos obtidos empregando-se, como principio ativo, exclusivamente, extraído de vegetais. Seu mau uso pode ocasionar problemas à saúde que podem levar a internações hospitalares e, até mesmo a morte, devido a ocorrência de efeitos colaterais e tóxicos. Alguns fitoterápicos como Passiflora incarnata L., Piper methysticum Forst (Kava- Kava) e Valeriana officinalis, apresentam as mesmas ações dos benzodiazepínicos, como ansiolíticos e sedativos. O estudo tem como objetivo detectar a presença de benzodiazepínicos em amostras de medicamentos fitoterápicos comercializados em farmácias comerciais do município de Presidente Prudente (SP). O método utilizado será cromatografia em camada delgada, após a extração e concentração do extrato será aplicado em placas cromatográficas contra os padrões de benzodiazepínicos. Os resultados serão analisados por meio de estatística escrititva

Protocolo: 1661 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 4/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA SANT'ANA VERLY
Professor(es): ANGELICA AUGUSTA GRIGOLI DOMINATO

Resumo:
O aparecimento da pílula anticoncepcional, para o controle da natalidade, promoveu em meados de 1960, a liberdade sexual, a emancipação da mulher e o início precoce da atividade sexual, sendo atualmente apontado como responsável pelo reemergência das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs). Estudos recentes têm indicado que a infecção por uma DST frequentemente sugere, a probabilidade de infecção por outros microrganismos, incluindo a infecção pelo Vírus da Imunodeficiência Humana (HIV). O HIV, apresenta alta incidência de casos independente do sexo, faixa etária e condição sexual, cuja transmissão não se dá exclusivamente pela via sexual e a co-infecção HIV e outras DSTs, se tornou um problema mundial de saúde pública.Pesquisas científicas apontam que o preservativo, permite práticas sexuais mais seguras, porque é um meio eficaz para a prevenção do HIV, de outras DST e da gravidez. Desta forma, a educação em saúde assume com relevância o compromisso de conscientizar e informar a sociedade sobre estas medidas. Universitários da área da saúde, são considerados futuros prestadores de cuidados ao portador de HIV/AIDS e outras DST, serão também responsáveis pelo desenvolvimento da consciência crítica sobre as atitudes que visam a prevenção destas doenças. Nesta pesquisa, propomos identificar o conhecimento sobre as medidas preventivas contra DSTs, entre os universitários, que estão iniciando um curso na área da saúde da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), com o objetivo de construir um indicador para o desenvolvimento de programas educativos específicos, para reforçar os trabalhos preventivos voltados aos jovens em diversas instituições.

Protocolo: 1663 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDO HENRIQUE DE FARIA SAPUCCI
Professor(es): LEONILDA CHIARI GALLE

Resumo:
Infecção em recém-nascidos causadas por Streptococcus do grupo B (EGB) como consequência de transmissão vertical, é uma importante causa de mortalidade e morbidade neonatal. A colonização vaginal ocorre de 11 a 30 de todas as mulheres grávidas e 50 a 75 de suas crianças tornam-se colonizados normalmente durante o parto ou nascimento. Há uma clara evidência de que a colonização intraparto está fortemente associada com sepse início precoce EGB. Morbidades graves incluem pneumonia, sepse, meningite, osteomielite ou artrite séptica. Baseados nessas informações o presente projeto terá como objetivos avaliar a taxa de colonização por Streptococcus agalactiae (EGB), utilizando swabs vaginais e perianal, em gestantes do trigésimo quinto ao trigésimo sétimo meses de gestação tricotomizadas e não tricotomizadas atendidas em hospitais do município de Presidente Prudente - SP e também avaliar o perfil de resistência desses isolados frente a antibióticos.

Protocolo: 1604 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2013 - 8/2014 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA DE MARIA SERRA
Professor(es): ANA CRISTINA MESSAS
FERNANDO AUGUSTO BARREIROS
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
As bactérias podem ser encontradas em toda parte, na água, no ar, no solo e inclusive em objetos inanimados. Esses microrganismos podem causar variados tipos de doenças, que vão desde infecções superficiais até infecções mais graves como osteomielite. A contaminação por microrganismos patogênicos pode ser relacionada ao contato com superfícies inanimadas como os vasos sanitários, por exemplo. Os agentes antimicrobianos atuam de varias maneiras para inibir ou matar o crescimento dos microrganismos, dividindo-se em duas classes, os agentes físicos e agentes químicos. O presente projeto terá como objetivo avaliar a atividade bactericida de alguns desinfetantes comerciais, comparando a concentração dos princípios ativos e verificar se a ação continua mesmo após a abertura da embalagem.

Protocolo: 1569 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VALERIA ESMENIO DA SILVA
AMANDA BORGES COLLETE
Professor(es): MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES

Resumo:
O gênero fúngico Cryptococcus é composto por leveduras capsuladas que apresentam capacidade de infectar e causar doença em uma larga variedade de hospedeiros, sendo C. neoformans e C. gattii as principais espécies patogênicas. Até o momento, poucos estudos sobre a criptococose e dados epidemiológicos foram desenvolvidos na região do oeste do estado de São Paulo, em especial em Presidente Prudente. Este trabalho objetiva verificar a ocorrência de Cryptococcus spp. em áreas públicas da cidade de Presidente Prudente; isolar fungos do gênero Cryptococcus a partir de amostras de excretas de pombos coletadas na cidade de Presidente Prudente como na Praça Nove de Julho e Monsenhor Sarrion, Catedral São Sebastião, Campos da Universidade do Oeste Paulista UNOESTE, áreas externas do Hospital Regional de Presidente Prudente HR e Santa Casa de Misericórdia; isolar fungos do gênero Cryptococcus de ocos de árvores dos gêneros (Azadirachta; Cassia, Eucalyptus, Mangifera, Psiduim e Zizyphus) presentes nos locais de coleta das amostras de excretas de pombos; e determinar a prevalência de C. neoformans e C. gattii em amostras ambientais nas diferentes localizações da cidade de Presidente Prudente. Serão estudadas amostras ambientais isoladas de excremento de pombos e de material vegetal provenientes das árvores Psidium guajava , Mangifera indica , Eucalyptus sp. , Cassia siamea , Zizyphus joazeiro e Azadirachta indica, localizadas próximas aos ambientes de onde foram coletadas as amostras de excretas de pombos. As amostras serão identificadas por métodos micológicos convencionais (características morfológicas e perfil bioquímico).

Protocolo: 1568 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2013 - 7/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA POLIDORIO KATO
LARISSA RODRIGUES DE OLIVEIRA
CAMILA MARCON
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
O câncer de colo uterino é uma doença de evolução lenta e apesar dos programas de prevenção, segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), é o tumor mais freqüente na população feminina, a quarta causa de morte de mulheres por câncer no Brasil. Em 2009 5.063 mulheres morreram e estima-se que em 2012 serão diagnosticados 17.540 novos casos da doença. O início precoce das relações sexuais, número de parceiros sexuais, multiparidade, antecedentes de doenças venéreas, baixa escolaridade, uso de anticoncepcional oral por tempo prolongado e tabagismo e ultimamente a infecção persistente por Papilomavirus Humano (HPV) são fatores de risco para o desenvolvimento da doença. A tecnologia do exame preventivo de Papanicolaou é simples, de baixo custo e eficaz, tem sido adotada mundialmente, para prevenção da doença e apesar da eficácia do exame, sua cobertura na população feminina brasileira é ainda baixa. Nesta pesquisa propomos verificar o conhecimento a prática adotada pela população feminina de Caiuá-SP, para prevenir-se do câncer do colo uterino. Com o objetivo de direcionar práticas educativas sobre os fatores de risco, o desenvolvimento da doença e a importância da realização periódica do exame preventivo, para favorecer maior adesão e a prevenção mais eficaz da doença.

Protocolo: 1510 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2012 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIOLA DE AZEVEDO MELLO
Professor(es): LEONILDA CHIARI GALLE

Resumo:
Staphylococcus aureus pode causar uma grande variedade de infecções, muitas delas adquiridas no ambiente hospitalar.A grande transmissibilidade, o seu elevado potencial patogênico e a possibilidade de resistência a múltiplos antimicrobianos, são itens relevantes que contribuem para a relevância das infecções estafilocóccicas em hospitais e outros serviços de saúde. A disseminação de isolados resistentes aos antimicrobianos mais utilizados na prática clínica é um fator limitante para o tratamento das infecções estafilocócicas, como o Staphylococcus aureus resistentes a Meticilina (Meticillin-Resistant Staphylococcus aureus, MRSA), emergente nas últimas décadas, como o patógeno Gram-positivo predominante em infecções hospitalares. Estima-se que ele esteja envolvido em mais de 50 das infecções estafilocócicas adquiridas em serviços de saúde. Os MRSA são resistentes a todos os betalactâmicos, pois expressam um receptor de baixa afinidade para esses antibióticos. O presente trabalho tem como objetivos estudar a distribuição de isolados de Staphylococcus aureus que colonizam estudantes do curso de medicina em uma instituição de ensino superior do Estado de São Paulo, identificando a frequência de fatores de resistência a antibióticos betalactâmicos e macrolídeos.

Protocolo: 1565 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2013 - 6/2014 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA PEREIRA CORREIA
LILIANE BRAGA MEDEIROS
CAROLINA YUMI GUSHIKEN
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA

Resumo:
Infecção em recém-nascidos causadas por Streptococcus do grupo B (EGB) como consequência de transmissão vertical, é uma importante causa de mortalidade e morbidade neonatal. A colonização vaginal ocorre de 11 a 30 de todas as mulheres grávidas e 50 a 75 de suas crianças tornam-se colonizados normalmente durante o parto ou nascimento. Há uma clara evidência de que a colonização intraparto está fortemente associada com sepse início precoce EGB. Morbidades graves incluem pneumonia, sepse, meningite, osteomielite ou artrite séptica. Baseados nessas informações o presente projeto terá como objetivos avaliar a taxa de colonização por Streptococcus agalactiae (EGB), utilizando swabs vaginais e perianal, em gestantes do trigésimo quinto ao trigésimo sétimo meses de gestação tricotomizadas e não tricotomizadas atendidas nas unidades de saúde do município de Presidente Prudente - SP e também avaliar o perfil de resistência desses isolados frente a antibióticos.

Protocolo: 1558 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2012 - 11/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LIVIA CAFUNDO ALMEIDA
Professor(es): SUELI CRISTINA SCHADECK ZAGO
AGEANE MONTEIRO OLIVEIRA
FERNANDO AUGUSTO BARREIROS
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
DANIELA VANESSA MORIS DE OLIVEIRA
Alguma mensagem