Você está em: Unoeste » PRPPG » Notícia

Cães de moradores de rua são atendidos gratuitamente

Exames, vacinação, vermifugação e banho foram prestados pela Unoeste em parceria com a igreja Maristela e clínica Canfel

Gabriela Oliveira
Relação dos moradores de rua com seus pets é cheia de muito amor

Nascido no Tucuruvi, na grande São Paulo, Nelson dos Santos, 58, já morou em Praia Grande e, há alguns anos, mudou-se para Presidente Prudente (SP). Aqui, o pintor conheceu Lucia, com quem se casou e ficou junto por dois anos. “Infelizmente a gente não deu certo e eu tive que sair de casa. Foi aí que passei a morar na Praça 9 de Julho”, conta. Foi nas ruas que Santos adotou o cão Negão, que para ele não é apenas um animal de estimação. “Não sou dono dele, mas sim, amigo. Inclusive, quando estamos dormindo, se alguém se aproxima, ele começa a latir. É como se fosse o nosso protetor”. Para esse e outros animais dos moradores de rua, o curso de Medicina Veterinária da Unoeste em parceria com a Paróquia Nossa Senhora do Carmo, por meio do Movimento Servos da Misericórdia e Pastoral dos Animais, promovem um projeto de prestação de serviços gratuitos. A primeira ação foi realizada no sábado (9), na Clínica Veterinária Canfel.
 
Quem também participou da atividade foi o colega de Santos, Wendeless Figueiredo, com o cachorro Torres. “É como se fosse meu filho de quatro patas, que me acompanha aonde quer que eu vá”. Sobre os serviços prestados aos pets, os dois moradores de rua ficaram impressionados. “Nunca vi o Negão deixar alguém dar banho nele, estou impressionado”, diz Santos. “Eles estão tão lindos e bem cuidados, muito obrigado por tudo que fizeram por nossos animais”, agradece Figueiredo.

[imagem_centro] 
O docente de Medicina Veterinária da Unoeste, responsável pela ação acadêmica, Dr. Yudney Pereira da Motta, comenta que a universidade realizou gratuitamente os exames laboratoriais. “Os estudantes da graduação também auxiliaram na triagem dos animais e no banho dos pets. Já as vacinas foram doadas pela MSD Saúde Animal”, diz.
 
Sobre a importância do engajamento dos futuros veterinários em ações que beneficiam a comunidade, o docente declara que é importante conhecer a realidade dos moradores de rua. “É relevante que o nosso aluno reconheça os problemas da sociedade e contribua na prevenção das doenças infectocontagiosas tanto zoonoses, quanto entre cães”.
 
Vanessa Cintra é da Pastoral dos Animais e relata que o Movimento Servos da Misericórdia ajuda os moradores de rua com roupas, alimentos e cobertores. “Esse público é muito amoroso com os seus animais, que são tratados como integrantes da família. Percebeu-se, então, a necessidade de prestar uma assistência para esses pets e foi aí que nos organizamos nesse projeto em parceira com a universidade”.
 
Ela comenta que, nesta primeira ação, além dos exames clínicos já foi agendada a castração dos animais. “Se os exames estiverem tudo certo, em breve os cães serão castrados. Além disso, servimos um café da manhã para os moradores, enquanto aguardavam o atendimento dos seus animais”. Depois do banho, os pets também ganharam roupinhas confeccionadas pela pastoral. Sobre o trabalho conjunto com a Unoeste, destaca que ele é essencial. “Nós temos amor e dedicação, mas não possuímos o conhecimento técnico e autoridade para tratar desses animais. Em contrapartida, a instituição nos dá esse suporte que é importantíssimo”, encerra.
 
Katherine Sorriente Vieira é veterinária e proprietária da clínica Canfel. Egressa da turma de 2016 da Unoeste, ela pontua que todos os serviços prestados no local não foram cobrados. “Disponibilizamos todo o material para a coleta do sangue, medicamentos e vermifugação. Além do banho que também foi dado nos animais, realizaremos a castração gratuita deles”. Aluna da especialização em Clínica Médica e Cirúrgica de Pequenos Animais da universidade, ela conta que, desde a época da graduação, admirava e se engajava nos projetos de extensão da graduação. “É muito gratificante saber que hoje tenho a oportunidade de contribuir com esse trabalho de prestação de serviços”, conclui.

Ultimas Notícias