English

Você está em: Unoeste » Notícia

14/12/2009

Cirurgia na orofaringe promove melhor qualidade de vida

Estudo aponta que cerca de um ano e meio após procedimento, muitas crianças foram beneficiadas em diversos aspectos

  • Foto: Ector Gervasoni
    Docentes da Unoeste Gabriel Ramalho Neto e Luiz Euribel: pesquisa foi publicada recentemente em periódico internacional


Uma pesquisa desenvolvida com cerca de 50 crianças que se submeteram à cirurgia de adenotonsilectomia no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente, constatou que, um ano e meio após o procedimento, muitos pacientes foram beneficiados em aspectos como sofrimento físico, distúrbios do sono, problemas de diccção, desconforto emocional e infecções de orofaringite.

O estudo realizado pelo professor da Faculdade de Medicina da Unoeste, Dr. Gabriel Cardoso Ramalho Neto, especialista na área de Otorrinolaringologia, pela residente do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia-SP, Marcela Gonçalves Câmara e orientado pelo farmacêutico bioquímico, imunologista e também docente da Unoeste Dr. Luiz Euribel Prestes Carneiro foi recentemente publicado na revista International Archives of Othorinolaryngology com o título “Adenotonsillectomy Effect on the Quality of Children with Adenotonsilar Hyperplasia”.

De acordo com o médico, o aumento acentuado das tonsilas (amigdalas) e adenóide (hiperplasia adenotonsilar), duas estruturas anatômicas localizadas na porta de entrada do sistema respiratório e digestivo, é a causa mais comum de obstrução respiratória em crianças. “São chamados órgãos linfóides e têm uma importante função imunológica, pois participam ativamente da defesa inicial contra bactérias, fungos e vírus”, completa Ramalho Neto.

Ele explica ainda que a dificuldade crônica das crianças em respirar origina um grupo de anormalidades como ronco, síndrome de apnéia obstrutiva do sono e elevada incidência de infecção de repetição das vias aéreas superiores, especialmente na garganta, o que leva ao uso contínuo de antibióticos.

Luiz Euribel ressalta que pode-se identificar nessas crianças –chamadas de respiratórias bucais – vários sinais clínicos de alterações no padrão normal da respiração, mastigação, dicção, aumento da curvatura do palato (céu da boca) e da arcada dentária, diminuição do crescimento e baixo peso. “Pela dificuldade de dormir de maneira adequada, podem ocorrer alterações do comportamento como irritabilidade, baixo rendimento escolar, sonolência e dor de cabeça matinal. Nos casos mais graves, a retirada desses órgãos (adenotonsilectomia) é o tratamento mais indicado”.

A pesquisa está disponível no site de Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste


Veja mais notícias:

Pesquisar por:
Pesquisar por:


Notícias do mês de ABRIL DE 2015:

27/04/2015Couro de peixe atende nicho de mercado que pode gerar lucros
27/04/2015Conservação de matas em nascentes ajuda evitar crise hídrica
27/04/2015Dia do Evangélico é comemorado com serviços à comunidade
24/04/2015Prazo de inscrição para bolsas Santander entra na reta final
24/04/2015Debate mundial da produção agropecuária passa pela Unoeste
24/04/2015Você no topo! Inscrições abertas para Vestibular de Inverno
24/04/2015Estado ministra oficina de avaliação tecnológica em saúde
23/04/2015Contabilidade aplicada às organizações é tema de jornada
23/04/2015Pesquisador lamenta falta de política ambiental consistente
22/04/2015Sai resultado do processo seletivo para o Projeto Rondon
22/04/2015Programa municipal tem prevenção como grande aliada à saúde
22/04/2015“Eu Sou 12 por 8” vai verificar pressão alta na população
17/04/2015Ações da Fonoaudiologia são alusivas ao Dia Mundial da Voz
16/04/2015Projeto contribui com a logística ambiental da universidade
16/04/2015Jornada de Educação se estende à comunidade externa
16/04/2015Vigilantes são treinados por policial que fez curso da Swat
15/04/2015Campeonato Intercalouros 2015 tem campeões no futsal
14/04/2015Organizadores começam a elaborar ampla programação do Enepe
14/04/2015Alunos de Agronomia conhecem produção de algodão
14/04/2015Visita faz jovem se sentir estimulada a fazer curso superior
13/04/2015Fase inicial seleciona 21 candidatos para o Projeto Rondon
13/04/2015Cantor Thiaguinho volta à Unoeste e lota Salão do Limoeiro
13/04/2015Santander oferece 10 bolsas para intercâmbio internacional
10/04/2015Soja é capaz de gerar lucros para pecuária do Oeste Paulista
10/04/2015Oficina foca tecnologia em saúde e recebe inscrições
10/04/2015Mestrado em Educação trabalha para elevar o conceito Capes
10/04/2015EUA oferecem à Unoeste oportunidade de cooperação científica
10/04/2015Especialização em Audiologia amplia mercado fonoaudiológico
09/04/2015Prebióticos podem ser utilizados em benefício da saúde óssea
09/04/2015Nutrição atende atletas e pessoas fisicamente ativas
09/04/2015Programa de extensão leva ensinamentos para pais de mirins
09/04/2015Estudo avalia método sobre mutação de gene alusivo ao câncer
08/04/2015Núcleo de Apoio ao Estudante é implantado na Unoeste
07/04/2015Especialização capacita para educação especial e inclusiva
07/04/2015Projeto levará educação ambiental às comunidades ribeirinhas
07/04/2015Estudantes de Direito conhecem sede da Polícia Federal
06/04/2015Mestrado em Meio Ambiente está inserido em fórum nacional
06/04/2015Pós em Gestão Ambiental atrai profissionais de várias áreas
06/04/2015Unoeste oferece curso de curtimento de pele de peixe
02/04/2015Empreendedorismo na graduação contribui com economia do país
02/04/2015Taxidermista sugere museu de história natural em Prudente
02/04/2015Fonoaudiólogos aprimoram-se em mestrados ou doutorados
01/04/2015Mutirão do Lixo Eletrônico de Prudente será em 13 de junho
01/04/2015Rede de Bibliotecas doa 7,5 mil livros e revistas
01/04/2015Trânsito em seis avenidas supera 4 milhões de veículos/mês
01/04/2015Estudo constata que Programa Mulheres Mil precisa de ajustes