English

Você está em: Unoeste » Notícia

14/12/2009

Cirurgia na orofaringe promove melhor qualidade de vida

Estudo aponta que cerca de um ano e meio após procedimento, muitas crianças foram beneficiadas em diversos aspectos

  • Foto: Ector Gervasoni
    Docentes da Unoeste Gabriel Ramalho Neto e Luiz Euribel: pesquisa foi publicada recentemente em periódico internacional


Uma pesquisa desenvolvida com cerca de 50 crianças que se submeteram à cirurgia de adenotonsilectomia no Hospital Regional (HR) de Presidente Prudente, constatou que, um ano e meio após o procedimento, muitos pacientes foram beneficiados em aspectos como sofrimento físico, distúrbios do sono, problemas de diccção, desconforto emocional e infecções de orofaringite.

O estudo realizado pelo professor da Faculdade de Medicina da Unoeste, Dr. Gabriel Cardoso Ramalho Neto, especialista na área de Otorrinolaringologia, pela residente do Hospital Paulista de Otorrinolaringologia-SP, Marcela Gonçalves Câmara e orientado pelo farmacêutico bioquímico, imunologista e também docente da Unoeste Dr. Luiz Euribel Prestes Carneiro foi recentemente publicado na revista International Archives of Othorinolaryngology com o título “Adenotonsillectomy Effect on the Quality of Children with Adenotonsilar Hyperplasia”.

De acordo com o médico, o aumento acentuado das tonsilas (amigdalas) e adenóide (hiperplasia adenotonsilar), duas estruturas anatômicas localizadas na porta de entrada do sistema respiratório e digestivo, é a causa mais comum de obstrução respiratória em crianças. “São chamados órgãos linfóides e têm uma importante função imunológica, pois participam ativamente da defesa inicial contra bactérias, fungos e vírus”, completa Ramalho Neto.

Ele explica ainda que a dificuldade crônica das crianças em respirar origina um grupo de anormalidades como ronco, síndrome de apnéia obstrutiva do sono e elevada incidência de infecção de repetição das vias aéreas superiores, especialmente na garganta, o que leva ao uso contínuo de antibióticos.

Luiz Euribel ressalta que pode-se identificar nessas crianças –chamadas de respiratórias bucais – vários sinais clínicos de alterações no padrão normal da respiração, mastigação, dicção, aumento da curvatura do palato (céu da boca) e da arcada dentária, diminuição do crescimento e baixo peso. “Pela dificuldade de dormir de maneira adequada, podem ocorrer alterações do comportamento como irritabilidade, baixo rendimento escolar, sonolência e dor de cabeça matinal. Nos casos mais graves, a retirada desses órgãos (adenotonsilectomia) é o tratamento mais indicado”.

A pesquisa está disponível no site de Arquivos Internacionais de Otorrinolaringologia

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste


Veja mais notícias:

Pesquisar por:
Pesquisar por:


Notícias do mês de DEZEMBRO DE 2014:

19/12/2014Unoeste terá mais de 2 mil vagas gratuitas no Pronatec
19/12/2014Zootecnia é nota máxima em avaliação do MEC
19/12/2014MEC atribui conceitos máximos ao curso de Odontologia
19/12/2014Pesquisador instrui agricultores sobre plantas medicinais
18/12/2014Unoeste eleva conceito de qualidade em avaliação do MEC
18/12/2014Crianças da Associação Betesda ganham presentes de Natal
17/12/2014Abertas inscrições para Vestibular de Verão 2015
17/12/2014Livro sobre os desafios da avaliação institucional é lançado
16/12/2014Reunião marca encerramento do ano com bons resultados
16/12/2014Estudo sobre estresse hídrico vegetal obtém aporte da Fapesp
16/12/2014Educação a distância anuncia matrículas para vários cursos
15/12/2014Produto gestado na Intepp é notícia em revista especializada
15/12/2014Rádio e Jornalismo – No Ar é tema de obra docente
12/12/2014A graduação terminou! O que fazer agora?
11/12/2014Projeto visa transformar recicláveis em lares ecológicos
10/12/2014Saúde Visual do Escolar atende 9,6 mil alunos em cinco anos
10/12/2014Juristas discutem o projeto de novo Código de Processo Civil
10/12/2014Mestrado em Meio Ambiente anuncia seleção de aluno especial
09/12/2014Doutorado e mestrado em Agronomia realizam processo seletivo
09/12/2014Infecção de frango por toxocara pode atingir caráter crônico
09/12/2014Prazo de exames da campanha do câncer de próstata é ampliado
09/12/2014Intepp conclui oficina de capacitação do plano de marketing
05/12/2014Probiótico melhora resposta imunológica à raiva em bovinos
05/12/2014Simpósio debate perspectivas científicas da ecofisiologia
05/12/2014Saber inglês faz diferença para estudante ou profissional
04/12/2014Agrárias têm fazenda referência tecnológica no campo
03/12/2014Propostas são formuladas para Rondon no Mato Grosso e Pará
03/12/2014Educação Física conta com complexo de prática esportiva
03/12/2014Cantata de Natal do Projeto Guri consiste em noite de gala
02/12/2014Enepe possui credenciais para ser evento de caráter nacional
02/12/2014Prudente tem um dos melhores cursos de Música do Brasil
02/12/2014Campanha da semana de luta contra a Aids abrange toda cidade
01/12/2014Pela 5ª vez Unoeste conquista Selo da Reponsabilidade Social
01/12/2014Tratamento de efluente apenas com glifosato é mais eficiente