English

Você está em: Unoeste » Notícia

15/6/2011

Inclusão social é incentivada com atividades lúdicas

Curso de Pedagogia da Faclepp simula a integração social de um cadeirante e um deficiente auditivo

  • Foto: Cedida
    Poliana Soares Quinato: “Aprendemos que as diferenças podem e devem ser trabalhadas em sala de aula”
  • Foto: Cedida
    Miguel da Silva, Josué da Silva e Flávio Augusto


Alunos do 5º termo de Pedagogia da Faculdade de Ciências, Letras e Educação de Presidente Prudente (Faclepp) da Unoeste, participaram recentemente de uma atividade lúdica sobre inclusão social. Coordenada pelo docente Josué Pantaleão da Silva, a ação foi desenvolvida em sala de aula, onde os acadêmicos simularam as necessidades de um cadeirante e de um deficiente auditivo.

Na primeira parte da aula os acadêmicos aprenderam a parte teórica com base em pesquisas que mostram as verdadeiras dificuldades destes alunos, sobretudo apresentando novos caminhos para a realidade social. “Alunos portadores de deficiências são iguais a todos. Essa iniciativa estimula os futuros professores a receberem estes alunos de maneira natural. Todo o trabalho lúdico serve para motivar o aprendizado”, ressalta Josué.

Para Poliana Soares Quinato, essa ação permitiu vivenciar uma situação que os futuros docentes poderão encontrar no ambiente de trabalho. “Aprendemos a trabalhar as diferenças em sala de aula, pois encontraremos pessoas com limitações, mas podemos e devemos ensiná-las, assim como as crianças que não possuem necessidades especiais. Nos colocarmos no lugar do outro é fundamental”, ressalta Poliana.

O grupo de Kelly Cristina Almeida convidou seu marido, Miguel Willian da Silva, que é intérprete de Libras, e o amigo Flávio Augusto, com deficiência auditiva. Para a universitária, essa atividade despertou a curiosidade para a Língua de Sinais (Libras). “A inclusão está aí, frente a frente com nossa realidade e temos que estar preparados. Esta é uma forma de se expressar e comunicar muito bonita. Observar Flávio e Willian, além de nos mostrar a importância da Língua de Sinais (Libras), nos fez refletir sobre as habilidades das pessoas com necessidades especiais. Foi gratificante”, enfatiza Kelly.

“Para os acadêmicos, as atividades práticas têm um resultado muito satisfatório, pois eles se sentem mais preparados para ministrar aulas. O resultado foi surpreendente”, finaliza Josué.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste


Veja mais notícias:

Pesquisar por:
Pesquisar por:


Notícias do mês de DEZEMBRO DE 2014:

18/12/2014Infecção hospitalar está condicionada a uma tríade ecológica
18/12/2014Crianças da Associação Betesda ganham presentes de Natal
18/12/2014Construção da poética docente acontece em todos os lugares
18/12/2014Ensino de filosofia no ensino médio paulista requer filósofo
18/12/2014Unoeste eleva conceito de qualidade em avaliação do MEC
18/12/2014Estudo avalia efeito residual de adubação em cultivo de cana
17/12/2014Rádio e Jornalismo – No Ar é tema de obra docente
17/12/2014Educação a distância anuncia matrículas para vários cursos
17/12/2014Livro sobre os desafios da avaliação institucional é lançado
16/12/2014Reunião marca encerramento do ano com bons resultados
16/12/2014Estudo sobre estresse hídrico vegetal obtém aporte da Fapesp
16/12/2014Abertas inscrições para Vestibular de Verão 2015
15/12/2014Produto gestado na Intepp é notícia em revista especializada
12/12/2014A graduação terminou! O que fazer agora?
11/12/2014Projeto visa transformar recicláveis em lares ecológicos
10/12/2014Saúde Visual do Escolar atende 9,6 mil alunos em cinco anos
10/12/2014Juristas discutem o projeto de novo Código de Processo Civil
10/12/2014Mestrado em Meio Ambiente anuncia seleção de aluno especial
09/12/2014Doutorado e mestrado em Agronomia realizam processo seletivo
09/12/2014Infecção de frango por toxocara pode atingir caráter crônico
09/12/2014Prazo de exames da campanha do câncer de próstata é ampliado
09/12/2014Intepp conclui oficina de capacitação do plano de marketing
05/12/2014Probiótico melhora resposta imunológica à raiva em bovinos
05/12/2014Simpósio debate perspectivas científicas da ecofisiologia
05/12/2014Saber inglês faz diferença para estudante ou profissional
04/12/2014Agrárias têm fazenda referência tecnológica no campo
03/12/2014Propostas são formuladas para Rondon no Mato Grosso e Pará
03/12/2014Educação Física conta com complexo de prática esportiva
03/12/2014Cantata de Natal do Projeto Guri consiste em noite de gala
02/12/2014Enepe possui credenciais para ser evento de caráter nacional
02/12/2014Prudente tem um dos melhores cursos de Música do Brasil
02/12/2014Campanha da semana de luta contra a Aids abrange toda cidade
01/12/2014Pela 5ª vez Unoeste conquista Selo da Reponsabilidade Social
01/12/2014Tratamento de efluente apenas com glifosato é mais eficiente