English

Você está em: Unoeste » Notícia

06/6/2013

Vírus da arrogância interfere na comunicação de professores

Humildade é a chave que abre e flexibiliza a boa relação com alunos e fortalece o processo ensino e aprendizado

  • Foto: João Paulo Barbosa
    Marilani: o aluno é mais importante
  • Foto: João Paulo Barbosa
    Banca avaliadora: Creres Rosa, Luciane e Maria Eliza
  • Foto: João Paulo Barbosa
    Marilani, Maria Eliza, Luciane e Creres Rosa


Professor contaminado pelo vírus da arrogância, que se coloca no pedestal do saber, encontra sérios problemas de comunicação em sala de aula. O antídoto está na humildade, no sentido do professor ser quem é e não o que gostaria de ser, de ter e exercitar a capacidade de compreensão. Essa é a chave que abre e flexibiliza a boa relação com alunos e fortalece o processo ensino e aprendizado, no qual a avaliação está inserida. É fundamental o permanente diálogo para depurar como o aluno recebe e processa as informações, como vê a qualidade do conteúdo.

Esta foi a síntese da mensagem construída na monografia “Avaliando a comunicação do professor em sala de aula”, produzida para a conclusão da especialização em Avaliação do Ensino e da Aprendizagem e apresentada na tarde desta quarta-feira (5) pela professora Marilani Soares Vanalli, que acumula 28 anos de experiência na rede estadual de ensino fundamental e médio, há dez anos leciona em cursos de graduação da Unoeste, formada em Letras pela Faculdade de Filosofia de Presidente Venceslau (Fafiprev) e mestre pela Unesp em Assis.

A autora da monografia utilizou em citação estudos conhecidos mundialmente sobre comunicação verbal e não verbal, desenvolvidos pelo psicólogo estadunidense de origem armênia Albert Mehabian e que resultaram na fórmula 7-38-55. Uma regra que estabelece o peso de três elementos utilizados na comunicação interpessoal: fala 7%, tom de voz 38% e fisiologia 55%. O corpo fala mais que a voz e o tom juntos. Um olhar, um franzir de testa, um levantar de sobrancelhas podem comunicar muito, conforme exemplificou Marilani durante a apresentação.

Para ela, empregar linguagem mais acessível e retirar a prepotência significa o aluno aprendendo. Outro apontamento feito é que o professor deve atentar para sua velocidade de pensamento e não se expressar com a mesma agilidade, pois nem todos acompanham. “O ritmo é interessante. Falar pausado e com sonoridade permite a quem está ouvindo a condição de melhor aprender. Todavia, como o corpo fala mais que a voz, juntando sonoridade e ritmo, os gestos e as posturas são fundamentais ao professor em sala de aula”, comentou.

Ela escreveu no trabalho que a expressividade da fala constrói-se a partir das intenções que se estabelecem entre elementos segmentais, que são vogais e consoantes; os propósitos – ritmo, entonação, qualidade de voz, taxa de elocução, pausas e padrões de acento; e das relações que se estabelecem entre som e sentido. Uma referência aos estudos da professora Sandra Madureira, da PUC-SP. Utilizou estudos do cientista social e escritor canadense Erving Goffman para dizer que o falante desempenha três papéis: o animador, o autor e o protagonista. O professor deve incorporar todos, para humanizar a relação com o aluno.

Pontuou que o professor passa grande parte de sua vida investindo no verbal, no sentido das palavras e nas leituras. Porém, investe pouco em comunicação não verbal. Daí as dificuldades de em algumas ou muitas ocasiões não fazer se entender. Com este raciocínio, Marilani disse que o professor, dependendo da qualidade da comunicação, pode tornar a avaliação simples ou complexa. Simples, se pensada com ideais da razão e com propósitos verdadeiros. Complexa, porque o avaliar nem sempre traz os resultados esperados, especialmente se não cotejar com as divergências e convergências.

Para Marilani, simplificar ou complicar é uma questão centrada no comportamento humano, determinado pela humildade ou pela vaidade. Em síntese, seu entendimento é de que no processo ensino e aprendizagem, do qual a avaliação é parte inseparável, o professor precisa entender o aluno como sendo o mais importante. A banca de avaliação, formada por Maria Eliza Nigro Jorge (orientadora), Luciane Cachefo Ribeiro e Marcelo Creres Rosa, elogiou a apresentação.

Sobre o trabalho escrito houve o pedido para algumas correções a serem apresentadas no máximo em 60 dias na secretaria do Núcleo de Educação a Distância (Nead), à professora Ana Lúcia Farão de Carneiro Siqueira, para que então Marilani possa receber o título de especialista em Avaliação do Ensino e da Aprendizagem, emitido pela Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste


Veja mais notícias:

Pesquisar por:
Pesquisar por:


Notícias do mês de MARÇO DE 2015:

30/03/2015Universitário Cidadão antecipa Páscoa em abrigo de idosos
30/03/2015Água com pH básico inibe placa de gordura gerada por cádmio
27/03/2015Estudos podem resultar em proteção à saúde na amamentação
27/03/2015Curso de Estética e Cosmética ganha Laboratório de Maquiagem
27/03/2015Sarau Literário chega à 10ª edição
27/03/2015Núcleo de Pesquisa em Saúde recebe aval de pró-reitorias
26/03/2015Grupos de estudos em educação ajudarão duas escolas públicas
26/03/2015Trote do Bem dobra arrecadação de ração e atinge 2 toneladas
26/03/2015Agronomia integra proposta sobre sementes de forrageiras
26/03/2015Solo prudentino é apontado como potencial fonte de infecção
26/03/2015Expansão do ensino comprometeu a rede física escolar pública
25/03/2015Professor e egressa de Farmácia têm melhores vídeos do país
25/03/2015Nutrição orienta grávidas e mães que acabaram de dar à luz
24/03/2015Veja dicas valiosas nesta Semana Estadual Contra a Dengue
24/03/2015Fundação Mirim programa nove visitas para mais de 280 alunos
24/03/2015Estudantes de Engenharia Ambiental refletem sobre uso d´água
24/03/2015Unoeste é representada em festival de música contemporânea
24/03/2015Curso de inglês por R$ 49 para alunos e funcionários
23/03/2015Pintura ao ar livre envolve alunos das Artes Visuais
23/03/2015Está aberto o processo seletivo para estudantes rondonistas
23/03/2015Saúde Visual do Escolar planeja conscientizar pais de alunos
23/03/2015Idosos do São Rafael se divertem com Páscoa antecipada
23/03/2015Fonoaudiologia se preocupa com pessoas com Síndrome de Down
23/03/2015Exposição a herbicida pode causar problema de infertilidade
23/03/2015Projeto Caravana da Saúde é recebido como oportunidade única
20/03/2015Unoeste implanta simulador virtual de práticas de saúde
20/03/2015Bate-papo com fotógrafos de moda traz assuntos do mercado
20/03/2015Estudo oferta novo procedimento para seleção de touro nelore
20/03/2015Safra 2015/2016 da cana-de-açúcar pode aumentar 2,5%
20/03/2015Microchip é sinônimo de segurança para animais de estimação
19/03/2015Entidades de Prudente e região recebem doações de leite
19/03/2015Novo guia de Normas e Padrões para Trabalhos está disponível
19/03/2015Mestrado em Educação debate busca da qualidade em pesquisa
19/03/2015Cozinha japonesa explora criatividade do futuro gastrólogo
19/03/2015Publicação científica está vinculada a projeto bem elaborado
18/03/2015Gincana dos calouros bate recorde de público e de doações
18/03/2015Tonômetro é validado para aferir pressão intraocular em gato
17/03/2015Trote do Bem destina produtos de higiene para dez entidades
17/03/2015Alunos de fora de São Paulo representam 7% do total
16/03/2015Simpósio sobre meio ambiente está com inscrições abertas
16/03/2015Estudo apresenta alternativa para reconhecer padrão de chuva
16/03/2015Profissionais de diversas áreas buscam aprimoramento na pós
16/03/2015Cárie de mamadeira pode prejudicar dentes dos bebês
16/03/2015Empreendimento na área de saúde reúne egressos da Unoeste
13/03/2015Dia de Campo traz alternativas para o produtor rural
13/03/2015Profissionais de saúde buscam pós para somar experiências
12/03/2015Jornada de Engenharia Ambiental reúne palestras e minicursos
12/03/2015Acervo de ciências naturais oferece oportunidades acadêmicas
12/03/2015Prudente possui cerca de 6 mil portadores de doença renal
12/03/2015Semana Integradora da Medicina mescla teoria e prática
12/03/2015Debate sobre cidades em crise é feito com foco no Direito
11/03/2015Alunos de 15 cursos poderão participar de seleção do Rondon
11/03/2015Fipp realiza doação de livros e mídias digitais
11/03/2015Novo CPC: expectativa é acabar com a morosidade da Justiça
11/03/2015Hipertensas da Vila da Fraternidade recebem acompanhamento
11/03/2015Enepe 2015 começa a ser organizado e tema já está definido
10/03/2015Monitores tiram dúvidas de alunos da rede pública
10/03/2015Projeto Saúde Visual do Escolar inicia 6º ano de atividades
10/03/2015Lei da Guarda Compartilhada gera polêmicas
09/03/2015Professor de ensino médio elogia plano de visita orientada
09/03/2015Alunos da Engenharia Elétrica conhecem tecnologias do setor
09/03/2015Universitários prestam atendimentos no Poupatempo
09/03/2015Formando de Computação entra em multinacional de auditoria
06/03/2015Pesquisa avalia percurso histórico em educação profissional
06/03/2015Codeter do Pontal define ações para 2015 e realiza eleição
06/03/2015Ação de saúde e beleza marca homenagem às mulheres
06/03/2015Mestrado em Educação promove debate entre alunos e egressos
06/03/2015Pedestres têm novo portão de acesso exclusivo ao campus II
05/03/2015Inted 2015 aprova artigos sobre ensino a distância e técnico
05/03/2015Nitrogênio pode ajudar na produção de semente forrageira
05/03/2015Formação de professor para educação infantil requer revisão
05/03/2015Engenharia Elétrica terá novos laboratórios para este ano
04/03/2015Estética ajuda melhorar autoestima de portadores de câncer
04/03/2015Odontologia oferece tratamento gratuito para crianças
04/03/2015Fibromialgia é doença tratada na Clínica de Fisioterapia
03/03/2015Inscrição na gincana dos calouros deve ser feita até 10/03
03/03/2015Fipp inaugura inovador laboratório de teste de software
03/03/2015Biorreguladores estimulam crescimento do sistema radicular
03/03/2015Protocolo de inseminação em ovelha pode ter o tempo reduzido
03/03/2015Incubadora tecnológica é elogiada pela estrutura e seriedade
02/03/2015Inserção da Unoeste no Rondon é recebida como reconhecimento
02/03/2015Dia Internacional da Mulher será lembrado com ação especial
02/03/2015Pesquisador acredita em revolução na produção de alimentos
02/03/2015“Literatura e Jornalismo” é temática de nova especialização