CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Educação Física possibilita sucesso em diferentes áreas

Thainã Beraldo e Anderson dos Santos Carvalho contam suas trajetórias até chegarem onde sempre quiseram em suas profissões


email facebook twitter whatsapp

Foto: Cedida Educação Física possibilita sucesso em diferentes áreas
Thainã é o primeiro do Brasil depois de seis Super Seletivas na categoria principal do TCB 2019

O curso de Educação Física da Unoeste já formou mais de 1,5 mil profissionais entre licenciados e bacharéis. Vários desses educadores físicos têm se destacado no mercado de trabalho em diferentes áreas de atuação e locais do Brasil. É o caso dos egressos Thainã Beraldo e Anderson dos Santos Carvalho, que falam um pouco sobre suas trajetórias de sucesso em seus ambientes de trabalho: o CrossFit e a carreira acadêmica, respectivamente.
 
Thainã Beraldo Toma se formou em 2013 em Educação Física. Trabalhando atualmente como proprietário de uma academia de CrossFit e participando com êxito como atleta da modalidade, o ex-aluno revela que teve que passar por muitas cidades e desvalorização salarial até se encontrar em Presidente Prudente. “Comecei trabalhando como estagiário em Pirapozinho (SP), onde eu vivia com meus avós. Após a formatura fui para Santo Inácio (SP), cidade da minha esposa, trabalhar em academia de musculação. Porém, ali me vi sobrecarregado de trabalho e ganhando menos do que o prometido. Foi quando decidi me mudar para Luiz Eduardo Magalhães, na Bahia, através de uma oportunidade muito boa de trabalho. Foi ali que conheci o CrossFit e de início já conclui dois módulos de capacitação”, fala.

De acordo com o ex-aluno, a cidade baiana começou a ficar pequena para a modalidade, já que as melhores oportunidades na área estavam em lugares maiores, que tivessem o CrossFit implantado efetivamente. “Foi no início de 2015 que comecei a me aperfeiçoar e a investir em cursos e capacitações enquanto trabalhava com musculação em Colorado (PR). Nesse período comecei a treinar e me descobri atleta de CrossFit. Naquela altura já havia percebido que a musculação não era minha área”, salienta.

Foi quando recebeu uma proposta de uma academia de Presidente Prudente para atuar como profissional de CrossFit que os rumos de sua carreira mudaram. “Fiquei um ano trabalhando como empregado e no início de 2017 resolvi montar meu próprio box, onde estou até hoje. Atualmente, além de estar me aperfeiçoando  para aprender cada vez mais, levo também minha vida como atleta muito a sério. Sou o primeiro do Brasil depois de seis Super Seletivas na categoria principal, a Elite masculina, no Torneio CrossFit Brasil, realizado neste mês de julho, na cidade de Tubarão (SC)”, conta.

Esta foi uma das seis Super Seletivas do campeonato e os melhores disputarão a final em Sorocaba (SP) no mês de setembro deste ano. Como campeão de uma das seletivas e líder geral da classificação, Thainã já está com sua vaga assegurada para a final. “As expectativas são as melhores e vou dar o meu melhor para conquistar a vitória. Estou focado e treinando bastante para o torneio e depois pretendo me dedicar à minha academia para futuramente abrir mais filiais”, revela.

Em uma realidade distante da de Thainã, o também egresso de Educação Física Anderson dos Santos Carvalho optou por seguir o caminho oposto: mestrado, doutorado e pós-doutorado. O ex-aluno, que se formou em 2007, conta que logo após a graduação conquistou um emprego como preparador físico das equipes de base da equipe de futebol do Grêmio, de Porto Alegre (RS). Lá permaneceu por um ano, já que logo foi aprovado em um concurso público na cidade de Irapuru (SP), assumindo o cargo no final do ano de 2008. “Lecionei por quatro anos como professor efetivo de educação física escolar. Trabalhar na escola foi uma experiência única, porém eu queria mais. Dessa forma, me preparei e ingressei no programa de mestrado em educação física na cidade de Piracicaba (SP)”, fala.

Foto: Cedida Anderson ao lado do professor Dr. Jair Rodrigues, da Unoeste, e demais membros da banca na defesa de seu doutorado pela USP
Anderson ao lado do professor Dr. Jair Rodrigues, da Unoeste, e demais membros da banca na defesa de seu doutorado pela USP

Anderson salienta que naquela época ele ainda trabalhava na escola e viajava toda semana para cursar o mestrado, que durou dois anos. “Em 2015 já estava ingressando no doutorado em ciências na Universidade de São Paulo (USP), campus de Ribeirão Preto (SP). Finalizei o curso agora, em julho deste ano. Uma parte do meu doutorado foi realizada nos Estados Unidos, na cidade de Conway, na Carolina do Sul. O objetivo do programa Sanduíche é apoiar o aluno formalmente matriculado em doutorados no Brasil para ter a oportunidade de aprofundamento teórico, coleta ou tratamento de dados no exterior”, explica.

O ex-aluno, que atualmente integra a Sociedade de Educadores da Saúde e Educação Física – Shape America, revela que por dois anos consecutivos esteve no senado americano para brigar por melhorias para a área. “Estamos muito empenhados em garantir que todas as crianças tenham a oportunidade de levar uma vida saudável e fisicamente ativa, principalmente por meio da saúde e educação física nas escolas”, diz.

Através da sociedade, Anderson teve também a oportunidade de participar do Speak Out Day nos anos de 2017 e 2018. O evento, organizado pelo Shape America, contou com a participação de mais de 200 profissionais de Educação Física dos Estados Unidos, que se reuniram com os senadores e representantes do congresso no Capitólio, em Whashington, DC. “Fiquei muito feliz em fazer parte da história dos EUA, dado que o país precisa de ajuda para repensar essa realidade, uma vez que a obesidade infantil é alarmante”, salienta.

O egresso revela que após o doutorado, conquistado recentemente, pretende dar continuidade nas pesquisas científicas e que já está se organizando para ingressar no pós-doutorado nos Estados Unidos, onde foi convidado pelo professor Dr. Nilo Ramos, da Coastal Carolina University, a seguir a mesma temática de estudo dos programas anteriores. “Meu próximo passo é trabalhar bastante para beneficiar toda a população que utiliza e faz uso da educação física para melhorar a qualidade de vida e saúde. Também quero aperfeiçoar meu inglês e manter meus contatos que construí nos EUA no período do doutoramento”, finaliza.

Vestibular Agendado

Ainda dá tempo de ingressar este ano no curso de Educação Física e mais 46 cursos de graduação da Unoeste. Ligue no (18) 3229-2003 e agende sua prova. O vestibular ocorre de segunda a sexta-feira, em dois períodos: às 9h e às 15h, no campus I da Unoeste. A taxa de inscrição é de R$ 90 e é recomendado que o candidato chegue pelo menos com 30 minutos de antecedência para preencher a ficha de inscrição. Mais informações na página do Vestibular Agendado.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem