Você está em: Unoeste » Cursos » Pós-Graduação » Mestrado e Doutorado

Programa: Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenv. Regional

Projetos Interdisciplinares

Prointer Recursos Hídricos: MONITORAMENTO QUALITATIVO E QUANTITATIVO DOS RECURSOS HÍDRICOS DA BACIA DO CÓRREGO DO LIMOEIRO – SP

Resumo:
O presente trabalho tem objetivo realizar monitoramento qualitativo e quantitativo dos recursos hídricos da bacia do Córrego do Limoeiro, situada nos municípios de Presidente Prudente-SP e Álvares Machado-SP. Para início dos estudos, será realizado levantamento bibliográfico de dados secundários sobre a área de estudo. Serão escolhidos os pontos de coleta, denominados estações de monitoramento, definidos em função dos objetivos da rede e identificados pelas coordenadas geográficas. As análises físico-químicas e microbiológicas da água serão realizadas e utilizadas para a determinação dos índices de qualidade das águas propostos pela Agência Nacional das Águas (ANA). Também será realizada a correlação da qualidade dos recursos hídricos com o uso e a cobertura do solo, características do meio físico e áreas de preservação permanente (APP); identificação e avaliação das possíveis fontes de contaminações e principais poluentes originários das atividades antropogênicas e avaliação do potencial impacto das fontes de contaminações e poluições identificadas na bacia do Córrego do Limoeiro sobre fauna aquática. A partir desse estudo espera-se obter um diagnóstico dos recursos hídricos da bacia do Córrego do Limoeiro e através deste ter um perfil da qualidade ambiental da bacia. Assim, serão geradas publicações científicas nacionais e internacionais, eventos técnico-científicos, cartilhas, site, publicizando as informações obtidas.

Download do texto completo

Prointer-Saúde: AVALIAÇÃO DOS ASPECTOS EPIDEMIOLÓGICOS E DE CONTROLE DOS AGRAVOS DE INTERESSE EM SAÚDE PÚBLICA NA REGIÃO DO PONTAL DO PARANAPANEMA

Resumo:
É importante considerar que as alterações do processo saúde-doença não são determinadas exclusivamente pela presença de um agente (causador da doença, por exemplo um vírus), mas sim pela interação entre ele, o hospedeiro (homem, animal ou planta) e o meio ambiente. Projetar estratégias bem-sucedidas de prevenção e promoção de saúde (desenvolvimento regional) requer um diagnóstico do panorama da saúde da população regional, dentro de seus diversos aspectos epidemiológicos – agentes (microrganismos, toxicológicos, químicos, físicos); hospedeiro (população da região, plantas e cultivos de interesse, animais de produção); meio ambiente (aspectos climáticos, composição do solo, topografia, aspectos socioeconômicos, culturais e políticos). Diante disso o presente projeto tem como objetivo geral desenvolver estudos experimentais e epidemiológicos acerca de agravos a saúde da população do Pontal do Paranapanema e propor alternativas para melhoria das condições de saúde dos habitantes.

Download do texto completo

Prointer - RESÍDUOS E SEUS POTENCIAIS IMPACTOS NO PONTAL NO PARANAPANEMA: AGROENERGIA, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E POLÍTICAS PÚBLICAS

Resumo:
Este projeto é fruto da reflexão de pesquisadores do Mestrado em Meio Ambiente e Desenvolvimento Regional- MMADRE e possibilitou a estruturação do Programa de Pesquisa Interdisciplinar- PROINTER., fundado na reflexão sobre sustentabilidade e desenvolvimento econômico regional para a região do Pontal do Paranapanema. A questão dos Resíduos Sólidos-RS e seus impactos constituem uma das grandes preocupações da sociedade, proporcionando um desafio a gestores públicos e ambientais A área de estudo do projeto compreende a UGRHI-22 (Unidade Hidrográfica de Gestão dos Recursos Hídricos do Pontal do Paranapanema), que está localizada na região ao extremo oeste do Estado de São Paulo, e caracteriza-se como uma área de constantes estudos, técnico e científico, em razão de suas características naturais e sociais, as quais influenciam na dinâmica política, econômica, social e hídrico-ambiental do país. O objetivo deste trabalho é analisar os resíduos e seus impactos no Pontal no Paranapanema enfocando a agroecologia, a saúde, o meio ambiente e as políticas públicas. A principal contribuição desse projeto é proporcionar o suporte aos estudos que compreendam o desenvolvimento do Pontal do Paranapanema. Os dados oriundos das ações de políticas econômicas, sociais e territoriais oriundas do projeto poderão possibilitar a construção de um banco de dados geográficos, econômicos e sociais, fundamental para o suporte ao processo de tomada de decisão do poder publico local e regional.

Download do texto completo

AMBIENTALIZAÇÃO CURRICULAR INSTITUCIONAL: desafios e perspectivas na Unoeste

Resumo:
Esta pesquisa se propõe a discutir o processo de a ambientalização curricular na educação superior, definido como a internalização da preocupação ambiental no currículo da graduação, tomando a Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) como espaço de análise. Dentro dos processos de ambientalização serão destacadas as disciplinas ambientalmente orientadas, as quais explicitam dimensões socioambientais nos seus planos de ensino. A pesquisa buscará verificar o papel destas disciplinas na formação acadêmica e profissional dos discentes, a partir das perspectivas de professores e de alunos. A metodologia utilizada consistirá em observação participante, questionário e entrevistas com os coordenadores e professores dos cursos de graduação do Unoeste, além de revisão bibliográfica e da análise de documentos como os planos de ensino e as avaliações institucionais dos estudantes.

Download do texto completo

Projetos de Pesquisa

Prointer: Sustentabilidade e Segurança Alimentar no Pontal do Paranapanema

Resumo:
A pesquisa visa tratar sobre as políticas públicas de desenvolvimento rural e territorial no Pontal do Paranapanema, bem como sobre as potencialidades, dificuldades, experiências e boas práticas da agricultura familiar e sua organização. O trabalho se justifica em razão da articulação entre o combate à fome e à pobreza com uma agricultura, um consumo e uma produção sustentáveis, os agricultores familiares desempenham um papel central nesse processo, seja como produtores de alimentos e protagonistas do paradigma agroecológico, seja como beneficiários prioritários de políticas públicas focadas na Agenda 20230. A área de estudo do projeto compreende o Pontal do Paranapanema, que está localizada na região ao extremo oeste do Estado de São Paulo, e concentra o maior número de assentamentos de moradores sem terra do país, o maior número de presídios e tem-se destacado como uma área em expansão do agronegócio canavieiro. O objetivo deste trabalho é realizar um estudo sobre os sistemas alimentares e as políticas públicas voltadas para a agricultura familiar e o desenvolvimento territorial no Pontal do Paranapanema, avaliando os seus impactos sobre a segurança alimentar em especial em assentados. A metodologia se dará em três etapas, levantamento de diagnóstico das questões relacionadas ao objeto de estudo, depois um momento de construção de modelos de gestão regional e finalmente ações de campo para realização de oficinas de divulgação do conhecimento gerado. A principal contribuição desse projeto é proporcionar o suporte aos estudos que compreendam o desenvolvimento do Pontal do Paranapanema. Os dados oriundos das ações de políticas econômicas, sociais e territoriais oriundas do projeto poderão possibilitar a construção do suporte ao processo de tomada de decisão na forma de politicas publicas ou instrumento de gestão.

Download do texto completo


Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação - Campus II Rodovia Raposo Tavares, km 572 - Bairro do Limoeiro CEP 19067-175 - Presidente Prudente - SP Fones: (18) 3229 3264 - ramal 2132 Secretária: Keid e-mail: ppgmadre@unoeste.br