Você está em: Unoeste - EAD » Cursos » Pós-Graduação

Gestão de Investimentos e Educação Financeira - Metodologia DSOP

Inscreva-se
SOBRE O CURSO
  • Especialização
  • 07 meses Início: Dia 15 de cada mês

Apresentação

O Mercado Financeiro Brasileiro passou por importantes mudanças estruturais, do ambiente altamente inflacionário experimentado nos anos 80 e início dos anos 90, para um ambiente de maior estabilidade monetária e macroeconômica, a partir de 1994, após o lançamento do Plano Real. Anteriormente a 1994, os bancos beneficiavam-se de altos ganhos inflacionários (que, segundo estimativas do Banco Central, atingiram o ápice de 35,0% do total das receitas do setor), e a indústria caracterizava-se por uma forte presença de bancos estatais, aliada às limitações regulatórias à participação de instituições financeiras estrangeiras, resultando em baixa competitividade no setor e estruturas de custo ineficientes.
A estabilidade monetária alcançada em 1994 produziu uma elevação permanente na demanda por crédito no Brasil. Tal elevação, aliada à perda dos ganhos inflacionários, pressionou a indústria bancária a aumentar sua eficiência operacional, abrindo caminho para um período de racionalização e consolidação. O governo brasileiro monitorou ativamente este processo, desenvolvendo programas destinados a proteger o interesse público, que incluíam medidas para assegurar a solvência do sistema, reduzir o papel de instituições estaduais, e aumentar a concorrência entre bancos privados. O governo brasileiro também reduziu as restrições à entrada de bancos estrangeiros no mercado brasileiro e, em razão disto, verificou-se um significativo aumento da participação desses bancos na indústria.
O fato de o Brasil apresentar um número de contas correntes por agência comparável ao dos países mais desenvolvidos e bem abaixo de países emergentes, como Índia e México, traz à tona desafios relacionados ao aumento da bancarização do País - tendência de aumento no número de clientes tanto para canais tradicionais como para os novos. Em consequência disso, nos próximos anos, os bancos devem estar atentos para questões de eficiência operacional de forma a atuar com a mesma qualidade num novo patamar de volumes.
Dentro deste contexto, surge o curso Gestão de Investimentos e Educação Financeira - Metodologia DSO destinado àqueles que desejam compreender melhor as finanças, os processos de investimentos e o mercado financeiro contemporâneo.

Objetivos

O curso tem como objetivo levar seus participantes a desenvolverem conhecimentos teóricos e aplicados em gestão de recursos e suas ferramentas, proporcionando aos alunos a compreensão do Sistema Financeiro Nacional, as implicações da economia global e o desempenho de sua empresa no seu mercado de atuação.
Visa ainda promover a formação para profissionais que atuam ou queiram atuar no Mercado de Capitais, em instituições financeiras ou empresas que lidem com análise de risco, investimento, operações com derivativos e outras atividades financeiras.
Objetivos Específicos:
- Apresentar aos participantes através de um novo modelo mental, da mudança de comportamento, aplicados pelo conceito da Educação Financeira a autonomia no momento de escolher um investimento.
- Mostrar aos participantes a maneira correta de potencializar o poupar para a aquisição dos sonhos, realizações estás embasadas na Metodologia DSOP.

Objetivos Específicos:

. Formar profissionais capazes de entender as formas de empreender e aplicá-las em sua vida, promovendo habilidades interpessoais fundamentais aos líderes do futuro;
. Capacitar profissionais a serem os empreendedores de suas vidas;
.Estimular a capacidade de atingir e empreender resultados priorizando o LUCRO;
.Ser um cenário de troca de experiências entre a teoria e a prática de gestão estratégica;

Público-alvo

Profissionais graduados no ensino superior em Ciências Contábeis, Administração, Finanças, Economia, Engenharia, entre outros. Além de profissionais liberais que necessitam se atualizar e compreender melhor as finanças, os processos de investimentos e o mercado financeiro.

Pré-requisitos
- Graduação completa;
- Possuir acesso regular à internet, conhecimentos de uso de correio eletrônico (receber, responder e enviar mensagens) e navegação na web, em nível de usuário.

Requisitos mínimos para assistir às aulas web:
1. Plug-in do Adobe Flash Player 9.0 ou superior.
2. Windows XP ou superior com as atualizações mais recentes instaladas.
3. Navegador Google Chrome, Firefox 11, Internet Explorer 9 ou superiores.
4. Conexão de internet banda larga.

Softwares recomendados para acessar o material didático:
1. Adobe Reader ou outro leitor para arquivos no formato PDF.
2. Editor de texto (.doc e .docx), planilhas (.xls e .xlsx) e apresentações (.ppt, .pps e .pptx).
3. Compactador de arquivos (.zip, .rar, .7z).

Configurações recomendadas para o computador:
1. Processador 2.0 GHz ou superior.
2. Memória RAM 1 GB ou superior.
3. Monitor com resolução de 1024x768 pixels.
4. Caixa de som ou fone de ouvido, webcam e microfone para webconferência.
+ Mais informações

Observações

Ambiente Virtual de Aprendizagem - Aprender Unoeste
É por meio desse ambiente que seu curso acontecerá. Ele é dinâmico, interativo, de fácil utilização e desenvolvido pela Unoeste com tecnologias atuais, a fim de permitir um excelente canal de comunicação entre você e seus professores.

Ambientação em EAD
Antes de iniciar o estudo, o aluno irá se dedicar à ambientação do curso por meio da sua participação na disciplina Ambientação em EAD. Nesta ambientação, o aluno aprenderá a navegar no Ambiente Virtual de Aprendizagem e irá encontrar dicas de como estudar as disciplinas. Além disso, esta ambientação tem como objetivo a apresentação do curso, do grupo de participantes e os primeiros contatos entre o professor tutor e os alunos.


A Unoeste reserva-se o direito de alterar datas e horários ou cancelar o curso.