Você está em: Unoeste » Rede de Bibliotecas » Periódicos on-line

Livros on-line

  • Disponível na web
  • Disponível no acervo e na web


Área: Física



imagem Este clássico da divulgação científica, divulgação que os «puristas» têm vindo, ao longo do tempo, a considerar como supérflua ou, até, impossível, foi, e continua a ser, um livro básico para a compreensão - a nível do grande público, evidentemente - da física moderna e, em particular, da teoria da relatividade. O admirável trabalho de colaboração entre Leopold Infeld e Albert Einstein, no qual a modéstia dos verdadeiros sábios não desempenha menor lugar que o seu imenso saber, veio, com efeito, abrir a muita gente perspectivas de maravilha sobre o livro cifrado que a Natureza incessantemente nos vai dando a ler!

[ Acessar Conteúdo ]

imagem As etapas de construção de uma luneta, utilizando método totalmente artesanal, são abordadas de forma aplicadas ao ensino de Física e Astronomia. O construtor habilidoso tem como resultado final um instrumento com qualidade óptica suficiente para iniciar a prática observacional do céu noturno. Além da construção da luneta, os conceitos básicos de Astronomia também são explorados, incentivando estudantes de qualquer nível de ensino a conhecer mais sobre essa ciência. OBS: NECESSÁRIO CADASTRO GRATUITO.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Apesar de visível sucesso midiático, com inúmeras reportagens sobre os avanços em estudos de materiais ligados à FMC, uma figura histórica da mais alta relevância permaneceu, praticamente, ignorada pela recente historiografia da física no Brasil - Joaquim da Costa Ribeiro. O autor mostra Costa Ribeiro como uma figura de liderança na pesquisa científica e com forte interesse em formar jovens pesquisadores, além de dedicar grande parte de sua existência ao ensino da disciplina - física

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Livro do Prof. Roberto Leon Ponczek, que descreve a imensa influência que o filósofo judeu de origem portuguesa Baruch Spinoza exerceu sobre Albert Einstein.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Partindo do pressuposto de que a multiplicidade de perspectivas e referenciais teóricos pode fomentar a compreensão da complexidade inerente às práticas educacionais, nesta obra reunimos textos que procuram pensar aspectos relacionados ao ensino de física e ao ensino de astronomia, especialmente no âmbito da formação de professores.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem É incontestável o fato de que os fenômenos eletromagnéticos são necessários em nosso dia-a-dia. Basta pensar como seria sua vida sem o aparelho de celular, o computador, a internet, o microondas, o DVD, a TV, o vídeocassete, o chuveiro, a geladeira, o rádio e o telefone. Como imaginar um mundo sem esses aparelhos, que nos trazem tanto conforto e praticidade? Apesar disso, não nos questionamos sobre como todas essas máquinas funcionam. Como a energia elétrica chega até nossas casas? Como, em um aparelho de celular ou um telefone fixo, uma pessoa escuta a minha voz a quilômetros de distância? Ou como o chuveiro esquenta a água do banho que tomo todos os dias? A resposta para essas questões irá motivar a discussão desse módulo. Nele, vamos tentar explicar de forma simples e prática os fenômenos eletromagnéticos para assim poderemos ter uma visão melhor dos objetos ao nosso redor que fazem parte de nosso cotidiano.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Nesta unidade, você estudará os conceitos de Energia e Quantidade de Movimento. Ambos os conceitos são de fundamental importância para a Física, principalmente porque estão relacionados a dois dos princípios mais importantes da natureza: o Princípio da Conservação da Energia e o Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento. Muitos dos fenômenos naturais podem ser explicados a partir destes princípios. Além de compreender bem os conceitos, esperamos que, ao final, você identifique, de imediato, qual dos dois princípios é o mais adequado para que determinados problemas sejam resolvidos. Por exemplo, se você perceber quaisquer alusões à massa e à velocidade num problema, associando-as ao caráter vetorial do movimento executado, muito provavelmente você deverá utilizar o Princípio da Conservação da Quantidade de Movimento. Se, no entanto, você identificar elementos envolvendo movimentos sem que o caráter vetorial seja um elemento importante, provavelmente você deverá utilizar o Princípio da Conservação da Energia, e assim por diante. Comecemos, então, pelo estudo de energia.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Vivemos em um mundo onde as “coisas” são macroscópicas, porém o homem sempre se preocupou em desvendar um outro mundo, o chamado mundo microscópico. Para isso, teve que fazer investigações e experimenta- ções, além de criar novas idéias e modelos. Entre as muitas idéias que surgiram, havia a de que se dividirmos uma porção qualquer de matéria, poderíamos chegar à sua unidade fundamental, ou seja, até uma partícula que não poderia ser mais dividida. Essa idéia, muito antiga, é a da matéria descontínua. Há também a idéia da matéria contínua, no qual podemos dividir a matéria o quanto quisermos e pudermos, sem jamais encontrar sua unidade fundamental.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A Física é tida pelos estudantes como uma área de conhecimento de difícil entendimento. Por exigir nível de raciocínio elevado e grande poder de abstração para entender seus conceitos, acaba-se acreditando que o conhecimento físico está distante do cotidiano das pessoas. No entanto, se olharmos para o mundo que nos cerca com um pouco de cuidado, é possível perceber que a Física está muito perto: a imagem no tubo de televisão só existe porque a tecnologia moderna é capaz de lidar com elétrons e ondas eletromagnéticas. Nossos veículos automotores são máquinas térmicas que funcionam em ciclos, os quais conhecemos e a partir deles produzimos energia mecânica necessária para nos locomovermos. O Sol é na verdade uma grande fonte de emissão de radiação eletromagnética de diferentes freqüências, algumas visíveis e outras não, sendo que muitas delas podem fazer mal à nossa saúde.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A Física é tida pelos estudantes como uma área de conhecimento de difícil entendimento. Por exigir nível de raciocínio elevado e grande poder de abstração para entender seus conceitos, acaba-se acreditando que o conhecimento físico está distante do cotidiano das pessoas. No entanto, se olharmos para o mundo que nos cerca com um pouco de cuidado, é possível perceber que a Física está muito perto: a imagem no tubo de televisão só existe porque a tecnologia moderna é capaz de lidar com elétrons e ondas eletromagnéticas. Nossos veículos automotores são máquinas térmicas que funcionam em ciclos, os quais conhecemos e a partir deles produzimos energia mecânica necessária para nos locomovermos. O Sol é na verdade uma grande fonte de emissão de radiação eletromagnética de diferentes freqüências, algumas visíveis e outras não, sendo que muitas delas podem fazer mal à nossa saúde.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Talvez você nunca tenha pensado nisso, mas é o mesmo calor que move os carros e os ventos. A maior parte da tecnologia ao nosso redor parece ser movida a eletricidade. Mas não é verdade: ainda há muita coisa movida com energia térmica. Ao mesmo tempo, o homem simplificou (e também complicou!) muito sua vida com a invenção de máquinas desde as puramente mecânicas, como a alavanca ou a roldana, até as térmicas, passando, ainda mais tarde pelas elétricas e eletrônicas. Muitas vezes, em seu caminho de invenções, inspirou-se na natureza. O ciclo hidrológico, os ventos e as correntes marítimas, os vulcões e os tufões, são todos “movidos” a calor e podem ser considerados máquinas térmicas naturais, se entendemos máquinas como instrumentos de produzir ou transformar movimento a partir do fluxo de calor. Por trás de todas essas máquinas, naturais ou não, reinam a energia e a entropia. A energia, transformando-se continuamente, e a entropia, comandando as formas possíveis dessas transformações.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Este livro destina-se a alunos universitários do primeiro ano de ciências e engenharias. Espera-se que o aluno tenha alguns conhecimentos de cálculo infinitesimal e diferencial e álgebra linear. Com o desenvolvimento dos computadores pessoais, o tipo de problemas físicos que podem ser resolvidos numa disciplina de introdução à Física aumentou significativamente. A física computacional e as técnicas de simulação permitem que o aluno possa ter uma visão geral de um problema de física, sem ter que usar técnicas analíticas complicadas. As técnicas computacionais desenvolvidas para resolver problemas de mecânica têm sido aplicadas com sucesso em outros campos fora da física, dando origem à teoria geral dos sistemas dinâmicos. O nosso objetivo é transmitir ao leitor conhecimentos básicos de mecânica e dos métodos computacionais usados para resolver sistemas dinâmicos. Usaremos o Sistema de Computação Algébrica (CAS) Maxima para facilitar a resolução dos problemas. O tema central abordado é a mecânica, incluindo também alguns temas contemporâneos, como sistemas não lineares e sistemas caóticos. A nossa discussão estará sempre dentro do âmbito da mecânica clássica, em que admitimos que existe um espaço absoluto e um tempo absoluto, independentes dos observadores. O livro foi escrito como texto de apoio para a disciplina de Física 1 do primeiro ano do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação (MIEIC), na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto e faz parte de uma série de dois volumes.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem O objetivo deste manual é preparar os estudantes para que possam compreender o funcionamento dos dispositivos elétricos e eletrónicos com que são confrontados na sua experiência quotidiana e os que venham a aparecer no futuro. Este livro foi escrito como texto de apoio para a disciplina de Física 2, do segundo ano do Mestrado Integrado em Engenharia Informática e Computação, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem O objetivo principal da obra é proporcionar aos alunos de Física os elementos essenciais para facilitar o acompanhamento e compreensão mais efetivos das disciplinas profissionalizantes do Curso de Licenciatura, tais como: Eletromagnetismo, Estrutura da Matéria, e Mecânica Quântica. OBS: NECESSÁRIO CADASTRO GRATUITO.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Mencione as palavras física e história na mesma frase e os olhos do leitor mediano vão perder o brilho. No entanto, a história da evolução do pensamento humano, especialmente na física, é uma crônica dramática repleta de personagens curiosos e descobertas empolgantes. O objetivo fundamental deste livro é mostrar que física e história podem ser ao mesmo tempo estimulantes e incitadoras do pensamento. Este livro apresenta o perfil de oito físicos que contribuíram de maneira relevante para a revolução que ocorreu na física no século XX e levou a toda uma nova compreensão da realidade — das leis do universo.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Este texto, Livro Digital de Metodologia e Prática de Ensino de Física - LDgMPEF inicialmente publicado em português e no futuro, esperamos, também em espanhol, é dedicado ao coletivo docente de Física em exercício e em formação no Brasil e em outros países, tanto ibero-americanos como outros, onde há docentes falantes destas línguas em todos os continentes, com destaque para as ex-colônias portuguesas e espanholas. O livro digital é mais uma produção acadêmica comprometida com a Formação e Prática Docentes de Professores de Física inicial e continuada, presencial e a distância, e poderá ser utilizado tanto na dimensão formativa como na profissional, pelos colegas que atuam no Ensino Médio e Ensino Fundamental de Escolas públicas, fundacionais e particulares.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A presença do conhecimento de Física na escola média ganhou um novo sentido a partir das diretrizes apresentadas nos PCN. Trata-se de construir uma visão da Física que esteja voltada para a formação de um cidadão contemporâneo, atuante e solidário, com instrumentos para compreender, intervir e participar na realidade. Nesse sentido, mesmo os jovens que, após a conclusão do ensino médio não venham a ter mais qualquer contato escolar com o conhecimento em Física, em outras instâncias profissionais ou universitárias, 2 ainda assim terão adquirido a formação necessária para compreender e participar do mundo em que vivem.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A presente obra expõe os experimentos referentes aos tópicos de eletricidade e magnetismo frequentemente abordados nos cursos de Física básica. Ao longo do texto, é apresentado ao leitor o manuseio de instrumentos de medidas elétricas, o procedimento de montagem e a análise de circuitos elétricos (RC, RL e RLC), entre outros temas. Concomitantemente à descrição de cada experimento, há uma exposição da teoria envolvida e uma breve discussão, em termos dos tópicos relacionados, dos resultados obtidos experimentalmente. Em suma, esta obra pretende complementar os fundamentos usualmente transmitidos em aulas teóricas das disciplinas básicas de Eletricidade e Magnetismo. OBS: NECESSÁRIO CADASTRO GRATUITO

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A presente obra tem por base os experimentos referentes aos tópicos de Óptica comumente tratados nos cursos de Física. Ao longo do texto são apresentados temas que visam despertar a interpretação crítica dos resultados práticos, possibilitando a sua comparação com os dados encontrados nos livros de Física. Com esse enfoque, o texto abrange conceitos gerais em cada capítulo como, por exemplo, a refl exão e a difração da luz, descrevendo não só a parte experimental e a teoria envolvida, mas também discutindo os resultados obtidos. Finalizando o livro, há dois experimentos referentes à Física Moderna, nos quais são tratadas características peculiares da luz que discordam do predito pela Física Clássica. Em suma, esta obra pretende complementar os fundamentos discutidos nas aulas teóricas de Óptica Física e Geométrica. OBS: NECESSÁRIO CADASTRO GRATUITO.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A inclusão escolar de alunos com deficiência impõe-se como tema a ser pesquisado para propor práticas adequadas à nova realidade educacional. Alunos com deficiência visual, por exemplo, começaram a frequentar espaços sociais como a escola sem que antigos paradigmas de normalização de comportamentos tenham sido revistos. Neste livro, Eder Pires de Camargo analisa os saberes que professores do ensino médio devem mobilizar para incluir alunos com deficiência visual em atividades de ensino. Toma como exemplo a interessante experiência de uma disciplina de graduação – Prática de Ensino – na qual futuros licenciados estruturaram e implementaram novas práticas de ensino para turmas mistas. A originalidade e contribuição deste trabalho está em propor atividades desenvolvidas por futuros professores e avaliá-las durante os cursos de licenciatura.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem O livro expõe a trajetória de Stephen Gray (1666-1736), cientista inglês que dedicou sua vida à Astronomia e à Física, especificamente na área da Eletricidade, e realizou uma série de experimentos que levaram a conclusões inéditas para a época. Sua principal descoberta foi perceber que existem dois tipos de substâncias com propriedades elétricas muito distintas, hoje conhecidas como condutores e isolantes. A obra mostra que Gray foi o primeiro cientista da história a atribuir aos metais e outros condutores a propriedade de atrair corpos leves colocados em suas proximidades, fenômeno que atualmente é conhecido como indução ou polarização elétrica. E também o pioneiro na criação de eletretos, substâncias que apresentam uma eletrização de longa duração, mostrando ainda como preservar temporalmente a eletrização dos corpos. Os autores apresentam uma breve biografia do cientista Stephen Gray, que apesar de sua importância permanece bastante desconhecido dos pesquisadores contemporâneos, principalmente brasileiros, uma vez que seus escritos e experimentos carecem de divulgação no país. OBS: NECESSÁRIO CADASTRO GRATUITO.

[ Acessar Conteúdo ]
Acervo da Unoeste e disponibilidade na web:

Selecione a área