CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Pós em agronomia recebe inscrições para mestrado e doutorado

Prazo está na reta final com vagas que são limitadas em ambos os cursos e os inscritos passarão por seleção


email facebook twitter whatsapp Linkedin

Foto: João Paulo Barbosa Pós em agronomia recebe inscrições para mestrado e doutorado
Experimento com soja na Fazenda Experimental, que faz parte da ampla estrutura ofertada pela Unoeste

O Programa de Pós-graduação Stricto Sensu em Agronomia está com as inscrições abertas para alunos regulares de mestrado e doutorado. Respectivamente são dez e cinco vagas. O prazo vencerá dia 5 de dezembro. Os inscritos passarão por processos seletivos e os aprovados farão suas matrículas ainda este ano, com aulas a partir de março de 2020.

O mestrado e doutorado na Unoeste são para profissionais de ciências agrárias e biológicas. As três linhas de pesquisa são: fisiologia e tecnologia de produção vegetal; genética e biotecnologia; solos e nutrição de plantas. Os processos seletivos estão programados em três etapas e são comuns a homologação de inscrição e o exame de suficiência em língua inglesa.

Na terceira etapa, os candidatos ao mestrado passarão por entrevista e os inscritos no doutorado farão apresentação oral do pré-projeto de pesquisa. Para o candidato ao doutorado, o mestrado é pré-requisito e pode ser em uma das seguintes áreas: ciências agrárias, ciências ambientais e ciências biológicas. As matrículas dos aprovados serão nos dias 17 e 18 de dezembro.

A engenheira agrônoma Giovana Guimarães concluiu o mestrado em setembro deste ano. Graduada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) em Palotina, fez especialização em microbiologia na Unoeste e logo ingressou no mestrado e desenvolveu pesquisa sobre estresse hídrico em batata-doce.

Orientada pela Dra. Ana Cláudia Pacheco, Giovana trabalhou com duas variedades: canadense e uruguaiana. A canadense se mostrou mais resistente e produziu mais. A uruguaiana foi menos resistente e produziu menos, porém mais vistosa. Ficando como orientação aos produtores que a opção de escolha depende da destinação final do produto.

Para a mestre em Agronomia, foi fundamental desafiar seus próprios limites de viver a pressão de fazer uma pesquisa de qualidade, diante do fato de conciliar o estudo teórico, os experimentos e a vida pessoal. Garante que valeu a pena. Recomenda o mestrado e tem fé que voltará à Unoeste para fazer o doutorado no programa que é bem conceituado e referência no Brasil.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem