Universidade do Oeste Paulista

Área do Aluno/Professor

Área do
Aluno/Professor

INFORME CORRETAMENTE SEU RA/MATRÍCULA

Englisheng
ENCONTRE SEU CURSO
FAÇA UMA BUSCA NO SITE
03/11/2010

Arquitetura investe em novos equipamentos para laboratório

Heliodon e Túnel de Vento também podem ser utilizados por acadêmicos de outros cursos como Design de Interiores, Engenharias (Civil e Ambiental), Agronomia e Física

Foto: Assessoria de Imprensa/Unoeste Arquitetura investe em novos equipamentos para laboratório
Túnel simula ventilação através de uma fumaça cinematográfica
Foto: Assessoria de Imprensa/Unoeste Arquitetura investe em novos equipamentos para laboratório
Heliodon tem objetivo de simular a trajetória solar


O curso de Arquitetura e Urbanismo da Unoeste fez recentemente a aquisição de dois novos equipamentos para o Laboratório de Conforto que serão utilizados em aulas práticas também na graduação em Design de Interiores: o Heliodon e o Túnel de Vento.

De acordo com a professora responsável pela disciplina de Conforto do Ambiente I e II, Maria Alessandra Boscoli, o Heliodon tem o objetivo de simular a trajetória solar, ou seja, mostrar como o sol afeta termicamente os ambientes ou edificações tanto internamente, quanto em nível mais amplo, como num bairro, por exemplo. “As maiores preocupações são os problemas com sombreamento e mancha solar, quando a luz do sol entra pela janela – as vezes ela é desejada ou não. Este equipamento serve para os alunos aprenderem dispositivos que regulam a entrada direta ou indireta da luz solar e como os edifícios atrapalham ou ajudam seus vizinhos”, explica.

Já sobre o Túnel de Vento, a docente conta que o aparelho simula a ventilação através de uma fumaça cinematográfica. “Para o estudante de Arquitetura é essencial este contato com a parte prática pela visualização concreta do que eles já estudaram na teoria. Percebemos que até mesmo o interesse deles aumentou, porque podem compreender concretamente, através de maquetes de experimentação conteúdos relacionados aos materiais adquiridos. Além de atender essa disciplina, os acadêmicos serão auxiliados em projetos arquitetônicos extraclasse e em outras matérias da grade curricular do curso”, salienta.

Para a coordenadora das graduações em Arquitetura e Design de Interiores, Sibila Corral de Area Leão Honda, pelas características da região de Presidente Prudente é essencial contar com um moderno Laboratório de Conforto. “Tivemos todo o apoio da Reitoria da Universidade e em dois meses recebemos os equipamentos, que já são utilizados nas aulas”, conta.

Sibila salienta que o contato com a prática possibilita ao aluno a visão do trabalho real vivenciado pelo profissional no mercado de trabalho, mas também traz benefícios para a comunidade externa. “A sociedade ganha com os conhecimentos gerados através dos estudos desenvolvidos, pois estes equipamentos possibilitam a produção de projetos arquitetônicos mais adequados. Como por exemplo, através da utilização, de maneira mais benéfica, da vegetação dentro do espaço urbano; projetando loteamentos habitacionais com melhor aproveitamento do sol e ventilação, entre diversas outras iniciativas que viabilizam ampliar o conforto ambiental”.

João Victor de Souza Lima, estudante do 4º termo do curso de Arquitetura e Urbanismo, fala sobre a possibilidade de análises mais aprofundadas através dessas novas aquisições. “Podemos trazer no Laboratório de Conforto maquetes dos projetos para verificar se efetivamente o que foi arquitetado dará certo. No local, testaremos a ventilação e a luz solar para saber se estes aspectos estão exatamente de acordo com o que imaginamos. O investimento em equipamentos como estes, aumenta ainda mais a produção de pesquisas e estudos”, completa.

Além dos cursos de Arquitetura e Design de Interiores, os equipamentos beneficiam as graduações em Engenharia Civil e Ambiental, Agronomia e Física. O Laboratório de Conforto Ambiental da Unoeste está localizado no campus II.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste


TODAS AS NOTÍCIAS
Alguma mensagem