CAMPUS:
Presidente Prudente Jaú
Telefone 0800 771 5533

Você está em: Notícias

Projeto aproxima alunos do ensino médio ao ensino superior

Iniciativa da Coordenadoria da Juventude ocorre na escola do Humberto Salvador e tem colaboração da Unoeste


email facebook twitter whatsapp

Foto: João Paulo Barbosa Projeto aproxima alunos do ensino médio ao ensino superior
Letícia e Maximiano conversam com alunos durante atividade em grupos

Gestores da Escola Estadual Teófilo Gonzaga Santa Cruz estão empenhados em solidificar a sua identidade junto aos moradores do Jardim Humberto Salvador, bairro em que está localizada. Nesse sentido tem realizado diversas atividades para promover a satisfação e a motivação de seus alunos, sendo a mais recente nesta segunda (9) e terça-feira (10) o projeto Bate Papo Juventude, desenvolvido pela coordenadoria municipal que atua nesse segmento de faixa etária. É uma iniciativa que aproxima os cerca de 150 alunos do ensino médio ao ensino superior, para a qual a Unoeste contribuiu.

Na manhã de hoje, dois estudantes vinculados à Facic Jr estiveram entre os convidados de diferentes instituições e falaram sobre os bons resultados alcançados com os estudos e atividades no ensino superior. A presidente Letícia Moreira, do curso de Agronegócio, focou sua fala na empresa de caráter acadêmico e que presta serviços de pesquisa, assessoria, consultoria e treinamento. Comentou que as várias atividades na universidade contribuem para o desenvolvimento profissional e pessoal do estudante, citando como exemplos ações das empresas juniores e das atléticas.

O diretor de recursos humanos (RH) da Facic Jr João Lucas Maximiano, que está a dois meses de concluir o curso de Administração, contou que fez os estudos básicos (fundamental e médio) em escolas públicas e que ao ingressar na faculdade deixou o trabalho em um supermercado, para se dedicar mais aos estudos. Obteve bolsa do programa Universidade para Todos (Prouni) e optou por ganhar menos como estagiário, com a vantagem de estar preparando na prática seu retorno ao mercado de trabalho, porém na área de sua formação profissional.

Foto: João Paulo Barbosa Apresentação sobre as oportunidades de estudos na Unoeste
Apresentação sobre as oportunidades de estudos na Unoeste
Maximiano disse aos alunos da escola do Humberto Salvador que a mesma oportunidade encontrada por ele para ingressar no ensino superior, pode ser buscada por qualquer pessoa que interessar, podendo se beneficiar as possibilidades do Prouni ou do Financiamento Estudantil (Fies). Também disse que durante o curso na Unoeste teve a oportunidade de fazer seis meses de intercâmbio estudantil em Portugal, quando pode conhecer ainda outros cinco países da Europa, com bolsa ofertada pelo banco Santander. As falas de Letícia e Maximiano foram de incentivo para os jovens colegiais pensarem na possibilidade de buscar o ensino superior.

Os estudantes da Unoeste estiveram acompanhados dos professores do curso de Administração, Erika Mayumi Kato Cruz e Gustavo Yuho Endo. Todos os convidados do bate papo foram recebidos pela coordenadora pedagógica Brena Carla Nagao. Pela Coordenadoria Municipal da Juventude esteve presente o monitor de esportes e lazer Renan Bucci, autor da ideia do projeto de aproximação dos alunos do ensino médio ao ensino superior, em decorrência de suas vivências na empresa Jr do curso de Educação Física na Unesp.

Conforme Brenda, o projeto foi bem recebido pela escola inaugurada em 2014, na qual houve algumas dificuldades de adaptação e aceitação pelos alunos, moradores do bairro, que antes frequentavam escolas do centro da cidade. Diante disso, foi iniciado um trabalho motivacional, pelo qual os alunos têm atividades fora do horário escolar, atuando em questões sociais e de meio ambiente. São várias ações, incluindo visitas ao parque aquático do Parque Ecológico Cidade da Criança, em Presidente Prudente, e no Parque Estadual Morro do Diabo, em Teodoro Sampaio, dentre outras. Trabalho que tem surtido efeito, em cujos resultados inclui alunos que chegaram ao ensino superior, na Unesp e na Unoeste.

A aluna Amanda Silva Siqueira disse que foi uma oportunidade para entender as possibilidades de ensino superior e que pode obter informações sobre cursos da área de ciências agrárias, os quais desconheciam. Contou que ainda não sabe qual será sua profissão, embora goste muito da área de biologia. “Antes a gente pensava que o ensino superior da cidade fosse educação e direito, mas tem muito mais”, disse.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem