CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Biomedicina é representada em evento internacional

Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC) aconteceu na última semana em Campos do Jordão (SP)


email facebook twitter whatsapp

Foto: Cedida Biomedicina é representada em evento internacional
Professor Dr. Felipe Viegas Rodrigues em apresentação de sua pesquisa durante o evento

A Unoeste esteve representada na última semana na 42ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira de Neurociências e Comportamento (SBNeC 2019), em Campos do Jordão (SP). Estiveram presentes e apresentaram trabalhos produzidos na Unoeste, o professor do curso de Biomedicina da universidade, Dr. Felipe Viegas Rodrigues, além de duas acadêmicas e uma egressa da graduação.
 
De acordo com o docente, que apresentou o pôster intitulado “Influência do nível socioeconômico no desempenho da memória operacional”, com resultados obtidos a partir de pesquisas em curso nos laboratórios da universidade, este congresso é um dos mais importantes em sua lista de pesquisa, que é a neurociência cognitiva. “Foi importante poder discutir dados de trabalhos de alunos de iniciação científica de diferentes graduações. No total, apresentamos quatro pôsteres pela Unoeste, o que garantiu uma boa visibilidade para a instituição em um evento deste porte”, fala.
 
Sobre a participação de suas alunas em um evento internacional, inclusive com uma conferência de abertura com o palestrante Dr. Mohamed Kabbaj da Universidade do Estado da Flórida, nos Estados Unidos, o professor salienta a empolgação delas e compartilhamento de seus conhecimentos após retornar à Unoeste. “Uma das alunas, a Maria Isabella Pereira Caixeta, me relatou que muitos dos congressistas que passavam por seu pôster ficavam admirados que uma universidade particular estivesse presente. Definitivamente éramos uma das únicas e isso as deixou muito empolgadas”, conta.
 
Maria Isabella, do 8º termo, que esteve pela primeira vez um evento internacional, revela que participar da reunião com a apresentação de trabalho foi de grande valia não somente pela troca de conhecimentos, mas também para seu próprio aprimoramento enquanto pesquisadora. “A neurociência é ciência que não conseguimos ver a olho nu, só enxergamos através dos resultados. Então, foi muito importante saber um pouco mais da didática de como esses resultados são obtidos, como ressonância magnética relacionada ao sistema nervoso, a presença de alguns fatores que desencadeiam doenças como esquizofrenia, por exemplo. Aproveitei cada segundo”.
 
Ela apresentou o pôster “Possível perda de assimetria na orientação da atenção por sobrecarga de estímulos numa tarefa de atenção dividida” e conta que teve oportunidade de conversar com diversos palestrantes durante os dias em que esteve na reunião. “Percebi que todos têm uma linguagem muito didática e davam abertura para que nós pudéssemos tirar dúvidas com eles diretamente. Então, em momento algum me senti perdida e pude aproveitar e aprender muito nesses dias”.
 
Além da Maria Isabella, estiveram presentes também representando a universidade a aluna de Biomedicina Maria Beatriz Souza Cardoso, que apresentou o trabalho “Prejuízo das funções executivas em pacientes com transtorno de ansiedade generalizada”; a egressa do mesmo curso Daniela Pires Abrão Galindo, com o pôster “Assimetria vertical na orientação encoberta da atenção visual”; além da docente do curso de Psicologia, Milene Roldão de Souza. 

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem