CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Enfermagem promove ação educativa na ESF do Cambuci

Usuários participam de dinâmica para entender os serviços ofertados e o atendimento dos profissionais da saúde


email facebook twitter whatsapp

Foto: Homéro Ferreira Enfermagem promove ação educativa na ESF do Cambuci
Simulação de atendimento fez parte da ação educativa

Estudantes de Enfermagem utilizam nova metodologia para promover ação educativa junto aos usuários da Estratégia de Saúde da Família (ESF) do Jardim Cambuci que têm em sua área de abrangência 3,7 mil moradores, na zona leste de Presidente Prudente. Jogo de tabuleiro em formato de trilha possibilita expor situações que instruem sobre os serviços e o atendimento prestado pelos profissionais de saúde.
 
A inovação se dá pelo “Projeto integrador: uma ação educativa sobre o funcionamento da Atenção Primária em Saúde”, envolvendo alunos do 4º termo em atividades práticas, conforme a professora Raquel Mori Pires de Camargo. A primeira ação ocorreu na noite desta terça-feira (14) no salão da academia de saúde, anexo à ESF; prestigiada por autoridades públicas dos poderes executivo e legislativo.

Para o vice-prefeito, Douglas Kato, a ação deveria ser levada às outras unidades de saúde, já que falta informação à população que nem sempre entende o que é de responsabilidade do município ou das esferas estadual e federal. “É uma iniciativa louvável. Em nome da prefeitura a gente agradece ao curso de Enfermagem e a Unoeste por mais essa parceria”, disse.
 
O presidente da câmara de vereadores Demerson Dias enalteceu a relação entre a universidade e a Secretaria Municipal de Saúde, na busca de oferecer formação de qualidade aos futuros enfermeiros e também a estudantes de outros cursos que atuam em estágios na rede pública; e, ao mesmo tempo, na busca de aprimorar os serviços prestados à população. O vereador Anderson Silva também elogiou a iniciativa.
 
O morador João Coladello participou da atividade e a avaliou como muito importante, por oferecer orientações que podem evitar problemas no dia a dia, com os usuários dos serviços de saúde podendo entender diferentes situações, como as dos casos que devem receber prioridade no atendimento. A estudante Adriana Maria Ribeiro dos Santos destacou a importância em praticar a educação em saúde.
 
Conforme a professora Raquel, a atividade prática foi precedida do trabalho de divulgação com cartaz afixado na ESF e convites entregues aos moradores, além da divulgação boca a boca. Mesmo assim, poucos compareceram e isso evidencia o quanto precisa ser feito em ações educativas. A expectativa é de que os participantes contribuam como agentes multiplicadores. A enfermeira gerente da ESF do Cambuci Danielle Pinho destacou que a ação também é preventiva, além de educativa.
 
O projeto de extensão destaca a educação em saúde como importante ferramenta para o enfermeiro, que deve ser trabalhada e abordada profundamente desde a graduação. Razão pela qual o curso de Enfermagem tem uma disciplina específica com este tema, com atividades práticas realizadas em ESFs. O jogo utilizado como dinâmica foi desenvolvido a partir de modelo produzido em Ponta Grossa (PR).
 
“Eu vi em um congresso em Curitiba (PR) e conversei com o autor que já havia disponibilizado o material na internet. Buscamos esse material e fizemos as adaptações que entendemos serem necessárias para a nossa realidade”, disse Raquel sobre o jogo que ocorre com perguntas e respostas, além de encenações com abrangência em três eixos: demanda programática, demanda espontânea a relações interpessoais.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem