CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Programa da Medicina aproxima alunos e comunidade

Acadêmicos já desenvolvem ações educacionais e de orientação para a população com menos de dois meses do início das aulas em Guarujá


email facebook twitter whatsapp

Foto: Cedida Programa da Medicina aproxima alunos e comunidade
Estudantes do curso de Medicina Guarujá durante ação em Unidades de Saúde da Família

Com quase dois meses da aula inaugural, o curso de Medicina Unoeste Guarujá já tem apresentado resultados satisfatórios, não somente para os acadêmicos, mas também para a comunidade local. Através de uma parceria da graduação com a Secretaria Municipal de Saúde, os estudantes têm tido a oportunidade de participar de ações educacionais e de orientação à população, colocando em prática o conteúdo estudado em sala de aula já no primeiro termo da graduação.
 
Através do Programa de Aproximação Progressiva a Prática (Papp), os acadêmicos periodicamente têm realizado ações nas Unidades de Saúde da Família (Usafas) no município junto ao Programa Saúde na Escola. “A interdisciplinaridade alicerça a parceria entre a universidade e o serviço municipal, através da Secretaria de Educação e a de Saúde do Guarujá”, explica o coordenador do Papp, professor Everton Lopes Rodrigues. 
 
Ele conta que atualmente o programa está inserido em seis Usafas e já neste início os estudantes estão participando da elaboração de ações para a comunidade, como é o caso da Roda da Conversa, realizada com professores, pais e alunos da rede pública de educação e ensino. “Esta é uma oportunidade muito importante para os acadêmicos estreitarem a relação com os médicos e os demais profissionais dessas unidades de saúde. Isso repercute no aprimoramento do atendimento à comunidade e para eles enquanto alunos, pois separados em grupos, eles acompanham todo o funcionamento das unidades e, juntamente com as equipes de saúde, podem criar ações para aperfeiçoar o atendimento. Foi o que aconteceu com o Roda de Conversa. Eles já participaram de temas como prevenção, pneumonia e a importância da saúde ocular”, fala Rodrigues.
 
O professor salienta ainda que toda a equipe abraçou o programa e a dedicação tem sido total. “Conseguimos inserir o estudante no contexto da comunidade, ou seja, ele está diretamente envolvido com a equipe de saúde e com a população atendida nas unidades. Reforçamos que a inserção do aluno nos campos de prática é uma experiência desafiadora, sendo fundamental à institucionalização dessa interação ensino-serviço-comunidade”, relata.
 
De acordo com a coordenadora do curso de Medicina em Guarujá, Erika Magalhães Suzigan, todo o trabalho inicial através do Papp e este primeiro contato dos estudantes com a comunidade a deixa muito orgulhosa. “O respeito e dedicação demonstrados por todos em participar do atendimento da população é admirável. Tenho orgulho de todo o carinho e empenho que a equipe tem em fazer do Papp um instrumento eficaz de aprendizagem”, revela.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem