CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Especialista em data science é profissional disputado

Área atualmente é uma das que mais oferece oportunidade de emprego e altos salários


email facebook twitter whatsapp

Foto: Gabriela Oliveira Especialista em data science é profissional disputado
João Paulo Gonçalves, da Lista Mais, procura constantemente cientistas de dados para cargos em sua empresa

A área da Tecnologia da Informação (TI) atualmente é uma das que mais oferece oportunidade de emprego com altos salários. Isso acontece principalmente pela escassez de profissionais capacitados no mercado. O cientista de dados, ou o data science, especificamente é o cargo mais demandado no Brasil, de acordo com pesquisa da empresa de recrutamento Hays. Uma análise do LinkedIn segue a mesma linha ao constatar que as vagas de emprego na área de dados estão se expandindo mais rápido do que o número de profissionais capacitados.
 
João Paulo Gonçalves é proprietário da Lista Mais, empresa de mídia impressa e virtual que atualmente conta com mais de 3 milhões de cadastros e 30 milhões de acessos por ano. Egresso do curso de Sistemas de Informação, da Faculdade de Informática (Fipp) da Unoeste, conta que constantemente procura profissionais especializados em data science. “Procuro pessoas que tenham domínio em Structured Query Language (SQL) – Linguagem de Consulta Estruturada – e que tenham uma forte visão de negócios, ou seja, que consigam obter resultados através da análise de dados”, revela.
 
De acordo com Gonçalves, a área de data science tem sido cada vez mais fundamental na tomada de decisões de uma empresa. “No cenário atual não podemos mais trabalhar com achismos ou somente na intuição. Ter um profissional da área de dados é fundamental, pois ele é quem irá entender o problema que queremos resolver e irá extrair e compilar os dados para as tomadas de decisões, ajudando assim a entender, por exemplo, o comportamento do cliente, segmentar perfis de consumo e definir previsão de resultados”, explica.
 
Especialização
 
Pensando nesse cenário promissor, a Unoeste está com as inscrições abertas para segunda turma da especialização em Data Science. Com duração de 20 meses, a pós-graduação tem como objetivo se colocar estrategicamente na formação de novos recursos humanos para a nova revolução tecnológica que está em processo.
 
“Acho muito interessante que a Unoeste esteja oferecendo essa especialização, pois precisamos formar profissionais em múltiplas funções dentro da área de tecnologia. Para mim a Unoeste é a instituição que forma os melhores profissionais neste segmento, posso dizer isso porque sou graduado pela universidade e tenho no quadro da minha empresa dezenas de profissionais formados em diversas instituições”, fala Gonçalves.
 
As inscrições para a especialização em Data Science segue até o dia 5 de outubro. Mais informações, documentos necessários para matrícula e investimento no site do curso.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem