CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Calouros e veteranos da Medicina Jaú iniciam semestre letivo

Neste primeiro momento, atividades acadêmicas permanecem no sistema remoto por meios digitais


email facebook twitter whatsapp

Foto: Thais Gonçalves Calouros e veteranos da Medicina Jaú iniciam semestre letivo
A princípio, as aulas continuam pelo sistema remoto em meios digitais

Acabou a moleza! Com o fim das férias, nesta segunda-feira (10), veteranos retornam e calouros iniciam às atividades acadêmicas na Medicina Jaú da Unoeste. A princípio, as aulas continuam pelo sistema remoto, por conta da pandemia, mas conforme o plano de retomada do governo do estado de São Paulo, em breve os alunos terão as aulas práticas presenciais.

De acordo com o coordenador do curso, Dr. José Oliveira Filho, o projeto pedagógico foi especialmente alterado para a realização das atividades de ensino neste momento, com a adesão ao modelo híbrido, com discussões remotas e, assim que possível com as práticas presenciais.

“Aproveitando da grande estrutura e suporte tecnológico da universidade, o que inclui o ambiente virtual de aprendizagem Aprender, já utilizado nos cursos há mais de 15 anos, desde o início da quarentena, todo o desenvolvimento das disciplinas tem sido realizado no modelo presencial remoto, com altíssimo desempenho e aproveitamento, permanecendo apenas as atividades práticas de treinamento de habilidades a serem realizadas e compensadas após o retorno das atividades presenciais”, pontua José.

Ainda de acordo com o coordenador, dessa forma, toda a capacidade, experiência e desenvolvimento pedagógico do corpo docente, assim como a estrutura e o serviço de suporte da faculdade têm propiciado uma experiência efetiva de aprendizado aos estudantes, mesmo com todas as dificuldades e limitações impostas pela situação.

Caio Cirilo, calouro de Medicina, realizou sua matrícula na última semana, ele foi classificado, mas estava na lista de espera para ingressar na universidade. “Quando me ligaram chamando para a matrícula eu fiquei feliz demais, principalmente porque eu queria muito vir pra Unoeste e já estava triste achando que não ia dar dessa vez, que teria que esperar até o fim do ano para tentar novamente”, confessa.

Foto: Thais Gonçalves O calouro da Medicina Caio Cirilo foi com a mãe, Vanessa Julio Cirilo, realizar a matrícula e conhecer o campus de Jaú
O calouro da Medicina Caio Cirilo foi com a mãe, Vanessa Julio Cirilo, realizar a matrícula e conhecer o campus de Jaú

O ingressante conta que está ansioso para o início das aulas. “Tenho certeza que vai dar tudo certo, vou dar o máximo de mim, mesmo que devido às circunstâncias, ainda seja no sistema de ensino remoto, que não é o meu preferido. Espero que a quarentena acabe logo para que as aulas voltem a ser presenciais, pois não vejo a hora de poder usar toda estrutura que eu conheci na visita ao campus”, revela Caio.

Para o aluno do 5º termo e vice-presidente da Atlética da Medicina Jaú, Bruno Deziderio Mendonça, a expectativa e ansiedade dos veteranos não é tão diferente. Ele diz, inclusive, que já começou a se organizar para o retorno há alguns dias, com a retirada de livros na biblioteca, preparando o caderno e desenvolvendo seu cronograma de estudos.

“Confesso que também estou contanto os dias para o reinício das aulas remotas e mais ainda para o retorno presencial. Principalmente porque agora, no 5º termo, vamos começar com as práticas cirúrgicas, e como meu objetivo é a residência em neurocirurgia, essa matéria é de extrema importância pra mim. Sem falar da minha saudade diária, as práticas no laboratório e as monitorias para os outros termos”, revela.

Bruno relata que a pandemia também adiou iniciativas esperadas pela turma. “Tivemos que cancelar eventos da comissão de formatura e da atlética. No caso dos jogos da medicina em Matão, nossa atlética em conjunto com outras do estado de São Paulo, como alternativa organizou uma live solidária para ajudar uma instituição da cidade. Foi bem bacana, mas a vontade de reunir todo mundo fisicamente continua, por isso torço para que tudo volte ao normal logo”, conclui.

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem