CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Medicina Veterinária arrecada e doa 1,7 tonelada de ração

Foram contempladas por ação a Pastoral dos Agentes Protetores de Animais da Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Vila Maristela), em Presidente Prudente; a Pastoral dos Animais de Narandiba e o SOS Animais de Pirapozinho


email facebook twitter whatsapp

Foto: Ector Gervasoni Medicina Veterinária arrecada e doa 1,7 tonelada de ração
Ração arrecadada e doada para entidades protetoras de animais pelo curso de Medicina Veterinária

Pelo sétimo ano consecutivo o curso de Medicina Veterinária da Unoeste promove campanha de arrecadação de ração e faz a destinação para protetores de animais em abandono e vítimas de maus tratos. O Trote Solidário com os ingressantes do começo de ano arrecadou 1,7 tonelada e a doação ocorreu na manhã de sábado (8), no Hospital Veterinário localizado no campus 2.

A diretora do curso Glaucia Prada Kanahsiro conta que mais uma vez foram contempladas a Pastoral dos Agentes Protetores de Animais da Paróquia Nossa Senhora do Carmo (Vila Maristela), em Presidente Prudente; a Pastoral dos Animais de Narandiba e o SOS Animais de Pirapozinho. Diz ainda que a ação teve maior impacto por dois motivos: aumento de animais abandonados e a redução de ajuda.

A vice-presidente da SOS Animais, Daniela Marques Bertasso, confirma e diz que o abandono tem sido justificado com a crise da economia agravada pela pandemia do coronavírus. “Com a justificativa de não ter condições financeiras para manter os animais, deixam dar cria e se livram dos filhotes”, pontua e revela a dificuldade no atendimento por não ter como fazer eventos em tempos de isolamento social. 

Sem eventos, fica ainda mais escasso o dinheiro para compra de ração e de medicamentos. Em Pirapozinho, a Prefeitura oferece ração aos animais abrigados que antes da pandemia girava em menos de 200 e agora passam de 240. Mas tem ainda os que estão em lar provisório, em situação de rua e com famílias sem dinheiro para comprar ração.  Assim, aumenta o impacto do benefício causado pela ação na Unoeste.

Glaucia manifesta sua admiração com o montante arrecadado este ano, exatamente por conta da pandemia. “Mas os alunos da Atlética não ficaram parados e deram continuidade. No meio dessa crise toda ninguém imaginava que eles conseguiriam arrecadar um montante desse. Mas a solidariedade é maior e as pessoas conseguiram tirar um pouquinho de suas economias pra ajudar os animais”, comenta.

Estiveram diretamente envolvidos o professor Haroldo Alberti, responsável pela extensão e a coordenadora do curso Rosa Maria Barilli Nogueira. O histórico de arrecadação é o seguinte: 1,1t em 2014, mais de 2t em 2015, 1,7t em 2016, 1,4t em 2017, 1,2t em 2018, mais de 2t em 2019 e 1,7t agora em 2020. O montante passa de 10t, marcado pela  sequência, pelo volume arrecadado em cada edição e por ser a maior ou uma das maiores realizações deste segmento no oeste paulista.  

 

Curso de excelência 

Com excelente estrutura, na qual está incluída o Hospital Veterinário, e corpo docente de alto nível, o curso de Medicina Veterinária da Unoeste possui nota de excelência na avaliação do Ministério da Educação (MEC), que é 4; detém a condição de ser o melhor da região em avaliação do Ranking Universitário Folha (RUF 2019) e foi estrelado pelo Guia da Faculdade do Estadão e Quero Educação na mais recente edição. 

 

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem