CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Docente da Medicina apresenta tese de doutorado no Texas

O mastologista Dr. Rafael Sá divulgou a cirurgiões médicos de todo o mundo uma nova técnica na cirurgia do câncer de mama desenvolvida em Prudente


email facebook twitter whatsapp Linkedin

Foto: Cedida Docente da Medicina apresenta tese de doutorado no Texas
Durante participação no SABCS, Dr. Rafael Sá recebeu convite da Alemanha e Inglaterra para continuar a pesquisa nos respectivos países europeus

O médico mastologista e docente da Faculdade de Medicina de Presidente Prudente (Famepp), na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), Dr. Rafael Sá, apresentou nessa quinta-feira (08), na cidade de San Antonio, no estado americano do Texas, Estados Unidos, sua tese de doutorado no maior encontro científico sobre pesquisas do câncer de mama. A participação dele no 45º San Antonio Breast Cancer Symposium (SABCS) ganha notoriedade em âmbito mundial, uma vez que ele conseguiu divulgar uma nova técnica na cirurgia do câncer de mama, apresentando no congresso norte americano dados de Presidente Prudente que a partir de agora passam a ser de conhecimento de cirurgiões de mama de todo o mundo.

O congresso do qual o mastologista prudentino participou nesta semana reuniu médicos e pesquisadores envolvidos com câncer de mama na área da oncologia, cirurgia, ginecologia e radiologia, entre outras. O evento realizado anualmente e considerado o maior congresso de câncer de mama do mundo, discute informações de ponta sobre biologia experimental, etiologia, prevenção, diagnóstico e terapia do câncer de mama e doenças pré-malignas da mama, para um público internacional de mais de 80 países.

A pesquisa apresentada pelo Dr. Rafael Sá é resultado de sua tese de doutorado e avaliou uma nova técnica na cirurgia do câncer de mama: a fluorescência associada ao corante verde indocianina na pesquisa do linfonodo sentinela, revelando alta eficácia. Segundo o médico, trata-se de uma técnica inovadora e que foi realizada 100% em Presidente Prudente, no Hospital de Esperança. A pesquisa teve como principais parceiros a Unoeste e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). A primeira cirurgia utilizando esta tecnologia no Brasil também foi realizada no Hospital de Esperança em 2019. 

Ainda nos Estados Unidos, o médico falou da sensação de apresentar sua tese de doutorado no encontro científico que reúne médicos da área de várias partes do planeta. “A sensação é de que estamos no caminho certo. Foi o único estudo de todo o evento sobre a fluorescência na biópsia do linfonodo sentinela do câncer de mama. Cirurgiões de todo o mundo foram tirar suas dúvidas sobre esta nova técnica, e pesquisas como esta proporcionam melhor tratamento e qualidade de vida às portadoras desta temível doença que é o câncer de mama”, considerou.

Foto: Cedida Docente da Unoeste apresentou técnica inovadora realizada 100% em Presidente Prudente, no Hospital de Esperança
Docente da Unoeste apresentou técnica inovadora realizada 100% em Presidente Prudente, no Hospital de Esperança

Interesses europeus

O médico revelou também que depois de apresentar sua pesquisa no San Antonio Breast Cancer Symposiu houve interesse de países europeus na pesquisa desenvolvida em Prudente. “Recebemos convite de duas grandes instituições europeias para continuar esta pesquisa nos respectivos países: Inglaterra e Alemanha. O que deve acontecer já no próximo ano”, finalizou, entusiasmado pelo fato do trabalho já estar repercutindo positivamente em âmbito internacional.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem