• Estágio Supervisionado
  • Histórico

Estágio Supervisionado

Em consonância com o documento que sugere as Diretrizes Curriculares de Cursos da Área de Computação e Informática, com o Currículo de Referência da Sociedade Brasileira de Computação (SBC) para Cursos de Graduação em Computação e Informática e com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, a integralização curricular dos cursos da FIPP (Ciência da Computação e Sistemas de Informação) prevê em sua matriz curricular a realização obrigatória do estágio supervisionado.

Caracterizado como um elemento fundamental na formação dos egressos de cursos superiores, o estágio supervisionado permite ao estudante consolidar as habilidades e os conhecimentos adquiridos nas diversas disciplinas do curso, por meio do contato direto com os problemas do dia-a-dia das empresas, e também aprimorar o conhecimento técnico, científico e o relacionamento humano.

Observa-se, atualmente, que a prática pedagógica empregada no acompanhamento do estágio supervisionado em cursos de computação e informática, por algumas instituições, se resume no recebimento do relatório apresentado pelo aluno ao término do seu período como estagiário, ou seja, no cumprimento de uma carga horária pré-estabelecida. A pertinência e aderência ao perfil profissional do curso não são os norteadores de tal atividade. A premissa que norteia o estágio supervisionado nos cursos da FIPP, é de que haja o acompanhamento semanal efetivo, “in loco”, focado no perfil profissional de cada curso.

O Programa de Estágio Estágio Supervisionado se divide em duas disciplinas: Estágio Supervisionado I e Estágio Supervisionado II. O projeto de estágio a ser desenvolvido pelo aluno deverá conter atividades relacionadas à análise, projeto e programação de sistemas de informação, ressalvando a possibilidade de análise de outras atividades em casos especiais. A sua realização prevê, obrigatoriamente, a existência dos seguintes atores: coordenador de estágio supervisionado, professor orientador e orientador de estágio da empresa.

A disciplina de estágio supervisionado I se divide em fases, são elas: 1ª fase - Definição do local de estágio; 2ª fase - Especificação do sistema; 3ª fase - Análise de requisitos; 4ª fase - Projeto de software; 5ª fase - Implantação do sistema.

A disciplina de estágio supervisionado II se divide em: 1ª fase - Implementação do sistema; 2ª fase - Testes; 3ª fase - Documentação (manual do usuário e manual do sistema); 4ª fase - Implantação.

Acesso ao Sistema

Histórico

Busca projeto por:

Estagiário ANA PAULA DE MELO MARCONDES
Orientador(es) Silvio Antonio Carro
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaSynSoccer
Estagiário AUGUSTO CÉSAR SILVA CRUZ
Orientador(es) Helton Molina Sapia
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaALFA ONE
Estagiário DANIEL CASTRIANI SANTOS
Orientador(es) Aglaê Pereira Zaupa
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaCrestani
Estagiário GABRIEL TROIAN TREVISAN
Orientador(es) Cassia Alves Perego
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
Estagiário LEANDRO VEZETIV CAMARGO
Orientador(es) Silvio Antonio Carro
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaAuto Repair Control
Estagiário MURILO HENRIQUE MOREIRA PAULINO
Orientador(es) Aglaê Pereira Zaupa
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaAplicativo Paróquia São Miguel Arcanjo
Estagiário RODRIGO GRASSI PEIXOTO SANTOS
Orientador(es) Mario Augusto Pazoti
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*
SistemaSMP
Estagiário VITOR SANTOS RODRIGUES
Orientador(es) Mario Augusto Pazoti
Empresa APEC - Assoc. Prud. de Educ. e Cultura*