CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Graduação | Pedagogia - Licenciatura | Pesquisa Científica

Pedagogia

Licenciatura | 8 semestres letivos | Matutino ou Noturno

Pesquisa Científica


Buscar projeto por

Resumo:
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior mantem um programa intitulado "Residência Pedagógica", que integra a política pública de formação docente, tendo como objetivo fomentar a formação prática dos discentes da segunda metade dos cursos de licenciatura, no qual os mesmos são inseridos nas escolas de educação básica a fim de se ambientarem e iniciarem o processo de regência. Considerando que a escola está presente na sociedade conectada e que discentes e docentes fazem uso constante da tecnologia digital de informação e comunicação, o presente projeto tem como objetivo refletir sobre o processo de formação de residentes e preceptores a partir de interações no ambiente virtual "aprender" e nas redes sociais. A metodologia escolhida para o projeto exploratório foi a qualitativa do tipo pesquisa-ação, desenvolvendo-se com 16 residentes e 02 preceptores do programa de residência pedagógica da Universidade do Oeste Paulista. Para a coleta de dados será utilizada a observação das interações realizadas na página da rede social Facebook intitulada "Residência Pedagógica Unoeste" e nos grupos de WhatsAPP destinados ao programa de residência e a analise documental de registros produzidos de maneira colaborativa entre preceptores e residentes da vivencia durante o programa, registrada no google docs e também no ambiente virtual de aprendizagem do curso de formação de preceptores e residentes intitulado "Aprender". Todas as coletas explicitadas buscam dar respostas ao problema de pesquisa de como ocorre a formação de preceptores e residentes nos ambientes virtuais, analisando o caminhar do programa. A analise dos resultados será realizada a partir de categorias criadas pela leitura flutuante dos dados e algumas já pré-definidas como: expectativas e depoimentos da vivencia no programa de residência pedagógica; relatos das regências realizadas e facilitadores conceituais.

Protocolo: 5501 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 3/2021 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): RAQUEL ROSAN CHRISTINO GITAHY

Resumo:
A reflexão sobre os processos de educação escolar, nos diferentes níveis de ensino, aponta a necessidade de um repensar contínuo da prática docente, implicando em novas ações para o fazer pedagógico. Nesse sentido, a mediação do professor na relação do aluno com o objeto do conhecimento e a afetividade podem se configurar como elementos fundamentais que fazem a diferença nesse processo. Assim, o presente projeto tem por objetivo analisar a significação e a importância da mediação e da afetividade no processo educativo, compreendendo como estes elementos afetam a aprendizagem dos alunos e o desenvolvimento profissional docente. A metodologia estará centrada em uma abordagem qualitativa e como procedimento de pesquisa será realizada uma revisão bibliográfica sobre a temática. Entendemos que a pesquisa permitirá desvelar um conjunto de elementos que, de forma direta ou indireta, direcionam e definem o trabalho docente e contribuir para um melhor conhecimento sobre processos do fazer educativo na perspectiva da transformação. .

Protocolo: 5400 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 8/2020 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA LUISA SOUZA BARBOZA
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN

Resumo:
Esta proposta de pesquisa trata da temática afetividade e educação escolar. Ampara-se nas contribuições teóricas advindas da psicogenética de Henri Wallon discorrendo sobre a importância da afetividade e das estratégias pedagógicas utilizadas pelo docente no processo de ensino e de aprendizagem nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Quando aplicada à ação pedagógica, a afetividade funciona como um facilitador do processo de ensino e de aprendizagem escolar, pois desperta na criança a motivação para aprender de forma significativa, favorecendo a relação estabelecida entre professor e aluno. A partir do exposto, o objetivo desta Proposta de Pesquisa é refletir sobre a importância da afetividade nos anos iniciais do Ensino Fundamental, principalmente em um contexto marcado pelo excessivo racionalizar das experiências cotidianas (uma vez que as expressões da afetividade geralmente são relegadas a um segundo plano na escola), estudando as principais contribuições de Henri Wallon para a educação escolar. Temos o intuito de estudar quais estratégias pedagógicas o professor utilizatendo os recursos da afetividade como um dos elementos - para aprimorar o processo de aquisição do conhecimento dos estudantes. A partir de um levantamento bibliográfico em livros e artigos científicos pretendemos aprofundar esse debate no campo da Pedagogia, apontando para a importância da atuação docente no desenvolvimento de um excelente trabalho na educação escolar, argumentando que a afetividade deve estar presente no trato pedagógico, não de forma secundária, mas de forma a contribuir para o processo de aquisição do conhecimento.

Protocolo: 5345 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2019 - 4/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KETELIN RAYSSA LIMA COLNAGO
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
A tônica que envolve sobre a questão sexual, reflete em discussões e debates acalorados entre os indivíduos atualmente. Este projeto tem como objetivo de discutir a importância da educação sexual na escola, enfocando a temática da sífilis levantando também as informações biológicas do desenvolvimento dos sistemas endócrinos e reprodutivos do adolescente e ainda fomentar uma discussão sobre a educação sexual quotidiana na escola. Para tal, é necessária uma preparação congruente dos docentes e a participação das escolas para discutir sobre a questão sexual, estimulando atitudes, comportamentos e concepções satisfatórias dos alunos futuramente. O trabalho será realizado meio de pesquisas bibliográficas, utilizando principalmente dissertações, teses, monografias, revistas eletrônicas, livros que ajudaram a embasar a construção e o desenvolvimento dos vocábulos descritos. A abordagem utilizada será qualitativa. A hipótese adotada neste trabalho é que a escola tem um papel fundamental na promoção da saúde do jovem.

Protocolo: 5266 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2019 - 2/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HIGOR MALUTA
ANA CAROLINA FAGUNDES DA SILVA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA

Resumo:
As relações de gênero são históricas e carregam uma série de elementos que se manifestam no cotidiano de diversas formas como a discriminação, as desigualdades, os estereótipos, sexismo etc. A escola pode ser percebida como uma das instâncias onde se desenrolam esses processos socioculturais, também, pode contribuir para a reprodução ou influência de indivíduos com hierarquias sociais de gênero e concepções binárias entre os sexos. Por isso, o (a) professor (a) deve estar preparado para o trabalho com as questões de gênero no âmbito escolar com uma formação embasada em conhecimentos teóricos e metodológicos e um olhar crítico e não naturalizado para o binarismo de gênero. Assim, o presente projeto de pesquisa vinculado à área de concentração: Educação e à Linha 2: Formação e ação do profissional docente e práticas educativas, tem por objetivo geral investigar se o curso de Licenciatura em História possibilita a formação do (a) professor (a) com embasamento teórico e metodológico sobre as relações sociais de gênero e a educação moral como meio de construir personalidades morais e valores nas relações de gênero. A pesquisa será realizada sob a perspectiva qualitativa descritiva do tipo estudo de caso, tendo como participantes, alunos do 5º termo do curso de Licenciatura em História de uma Instituição de Ensino Superior privada, localizada em uma cidade de médio porte, no interior do Estado de São Paulo. Para os procedimentos metodológicos serão utilizadas análise documental do Projeto Político Pedagógico (PPP) e do Plano de Ensino (PE) e entrevistas semiestruturadas com os alunos do 5º termo do curso de Licenciatura em História. Espera-se que este projeto possa contribuir para as discussões e reflexões sobre as relações de gênero no âmbito escolar e na formação do (a) professor (a) de História com destaque para o recorte transversal da Educação Moral como possibilidade de construir personalidades morais e valores universalmente desejáveis nas relações de gênero.

Protocolo: 5024 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2019 - 5/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ROSIMEIRE CARVALHO DOS SANTOS MASUDA
ANA CAROLINA FAGUNDES DA SILVA
Professor(es): CARMEN LUCIA DIAS

Resumo:
Em um ambiente de ensino, seja ele na pré-escola ou nos mais altos níveis de formação, é comum a prática de bullying. De origem inglesa, o termo bullying passou a ser utilizado por muitos países como "o desejo consciente e deliberado de maltratar uma pessoa e colocá-la sob tensão". Sabemos que as Instituições de Ensino Superior (IES) públicas e privadas têm também papel importante na prevenção e no combate ao bullying escolar. Assim, surgem alguns questionamentos: os alunos das licenciaturas estão sendo preparados em seu curso para a conscientização, prevenção e o enfrentamento do bullying escolar? Saberão eles, enquanto futuros docentes, identificarem um episódio de bullying escolar e intervirem, afim de evitar maiores consequências? É o que pretendemos nesta pesquisa: analisar a percepção de estudantes de licenciatura em Pedagogia sobre o fenômeno bullying escolar e a formação do professor. E como objetivos específicos: analisar a inserção da temática bullying escolar no Projeto Político do Curso (PPC) na licenciatura em Pedagogia; caracterizar a noção de bullying escolar do ingressante e, do concluinte do curso de Licenciatura em Pedagogia e verificar as possíveis diferenças na forma de conceituar bullying escolar do ingressante e do concluinte do curso de Licenciatura em Pedagogia. A presente pesquisa será desenvolvida sob a ótica da abordagem qualitativa, de caráter exploratório, do tipo Estudo de Caso, tendo como participantes, alunos do 1º ano e último ano do curso de licenciatura em Pedagogia de uma IES particular do interior do estado de São Paulo e o segundo grupo contará com alunos do mesmo curso, do último ano. Para os procedimentos metodológicos serão utilizados documentos disponibilizados pelo curso, questionário com questões abertas e a análise de conteúdo para a interpretação dos dados. Esperamos com esse estudo, fornecer subsídios para discussão e maior conhecimento sobre o bullying escolar, objetivando sua prevenção e enfrentamento, entre professores e alunos, com vistas a uma convivência mais democrática e respeitosa em um ambiente escolar.

Protocolo: 5019 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 5/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): GUILHERME DE OLIVEIRA LIMA CARAPEBA
Professor(es): CARMEN LUCIA DIAS

Resumo:
Neste projeto de pesquisa de Iniciação Científica - apresentado em sua modalidade PEIC - a partir de uma investigação bibliográfica em artigos, teses e dissertações de mestrado temos como propósito geral investigar a temática de gênero e sexualidade presente nos contos de fadas infantis, analisando como os personagens infantis podem influenciar na construção da identidade de gênero. Conforme Abramowicz (1998), os contos de fadas possuem uma forte influência na concepção de gênero e de sexualidade que afeta seus ouvintes. Diante do assinalado, temos como intuito pensar, analisar e interpretar as abordagens de relações de gênero presentes nos contos de fadas a partir da bibliografia selecionada, conceituando o modo como os conceitos de gênero e de sexualidade são pensados na educação escolar. Desse ponto de vista, partimos das seguintes questões:  Como é discutido gênero na educação escolar?  De que maneira os contos de fadas apresentam a questão de gênero e de sexualidade por meio de suas narrativas?  Como é descrito os papéis sociais nessas histórias? Para justificarmos essa discussão, pretendemos estudar a história do gênero e da sexualidade e sua importância na educação escolar. Assim, abordaremos o modo como esse debate é tratado nos anos iniciais do ensino fundamental, procurando compreender a importância da formação docente voltada para esse tema.

Protocolo: 4883 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 8/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA GABRIELA SOUZA DE OLIVEIRA
GIOVANNA DOURADO SILVA
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
A presente pesquisa tem como proposta discutir a formação profissional docente para a atuação da Educação Infantil, visto que o professor ao iniciar sua carreira docente necessita de formação profissional adequada e necessita de conhecimentos específicos de acordo com a modalidade em que irá atuar. Diante disso, tem como objetivo geral compreender a formação de professores que atuam na Educação Infantil e suas necessidades formativas. Apresenta ainda como objetivos específicos: a) Investigar a Educação Infantil enquanto etapa da Educação Básica e suas características; b) Investigar os processos da formação inicial de professores e aprendizagens da docência; c) Analisar o papel dos professores neste contexto e os desafios da formação dos profissionais que atuam em turmas de Educação Infantil. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa, que tem como embasamento teórico a produção de autores diversos que discutem os desafios da formação docente, bem como os documentos oficiais que orientam a formação inicial e continuada dos professores, mais especificamente, da Educação infantil.

Protocolo: 4861 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 1/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THALIA BALMANT DA SILVA
ANA CAROLINA ROSA
Professor(es): ELISA MAGALHÃES CELOS

Resumo:
Quando falamos de desafios na Alfabetização pensamos também na forte influência que as políticas públicas têm sobre essa importante etapa do Ensino Fundamental e dos desafios que ela enfrenta para tornar eficaz a aprendizagem da leitura e escrita. Assim esse estudo possui como objetivo geral compreender e discutir as propostas pensadas pelos governos federais e estaduais a respeito da melhora da qualidade da Alfabetização no Brasil, seja por meio de Programas de formação continuada, ou por reformas curriculares que podem influenciar as práticas pedagógicas empregadas pelos professores nas salas de aula. Como objetivos específicos, esse estudo se propõe a: a) abordar o percurso histórico da Alfabetização no Brasil desde o início do século XX e refletir sobre o conceito de "Alfabetização" e "Letramento" atuais; b) Discutir o processo de Alfabetização sob o ponto de vista dos métodos observando também as principais mudanças curriculares ocorridas a partir da Lei 9.394/96, entre elas, a inserção da criança no Ensino Fundamental de nove anos; c) c) Fazer uma análise documental a respeito dos Programas de Políticas Públicas para a alfabetização organizados nas esferas públicas Federal, Estadual e Municipal a partir da década de 1990. Esse estudo se caracteriza como qualitativo, bibliográfico e documental, e se propõe a realizar uma revisão de literatura pertinente ao tema, ou seja, usará de materiais já publicados, especialmente livros e artigos científicos de autores renomados, como Morais (2005), Mortatti (2000; 2006), Soares (1998; 2003; 2004), além de analisar documentos oficiais sobre as políticas públicas para a alfabetização, entre outros. Também faremos um levantamento de Dissertações e Teses no banco de dados da CAPES, além de pesquisas na Plataforma Sucupira para verificar o que vem sendo pesquisado sobre o tema. Pretende-se, assim, contribuir para a reflexão acadêmica sobre as principais políticas públicas voltadas para a Alfabetização nas escolas, além de refletir sobre a influência das mesmas para as práticas pedagógicas de Alfabetização nesse processo.

Protocolo: 4898 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 6/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ ROMANO SILVA
MICHELE ROMANO SILVA
DENISE CRISTINA DA SILVA ALMEIDA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
O espírito empreendedor é uma capacidade que precisa ser desenvolvida a partir da educação escolar a fim de preparar o sujeito a conseguir superar a condição social através da iniciativa própria. Desta forma, o papel do professor como agente deste processo é fundamental, sobretudo, discutindo formas de inovação na escola a partir de conceitos como: imaginação, resiliência, determinação, planejamento e confiança. Neste sentido, a visão a respeito do tema empreendedorismo, principalmente na escola, vem mudando, sendo discutida e difundida, para se repensar conceitos e redirecionar ações para torná-la eficiente. Desta forma, estudar o empreendedorismo na escola torna-se um grande desafio. Neste contexto, o objetivo geral da presente pesquisa será discutir a inserção da pedagogia empreendedora no âmbito escolar, a partir da discussão das competências empreendedoras na escola.. Sendo assim, o presente projeto de pesquisa se pautará em uma pesquisa qualitativa caracterizando-se por uma revisão bibliográfica sobre a pedagogia empreendedora, a partir da análise e reflexões das ideias expostas pelos autores que discutem o tema. Portanto, acredita-se que por meio destas reflexões seja possível compreender com maior profundidade as dificuldades enfrentadas na escola.

Protocolo: 4623 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 5/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MATHEUS NAVARRO DA ROCHA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA

Resumo:
A presente pesquisa tem como objetivo analisar como a formação inicial em Pedagogia, de diferentes universidades de um município de médio porte do interior do estado de São Paulo abarca o tema do bullying escolar. O estudo será fundamentado na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural, que tem como base epistemológica o Método do Materialismo Histórico Dialético. A pesquisa será realizada em três universidades, sendo uma pública e duas privadas, num município de médio porte, do interior do estado de São Paulo, que ofertam o curso de Pedagogia. Entrevistas semiestruturadas serão realizadas com os (as) três coordenadores (as) dos cursos de licenciatura em Pedagogia, bem como a análise documental dos Projetos Políticos Pedagógicos das respectivas instituições. As entrevistas, após o processo de transcrição e os dados coletados por meio da análise do Projeto Político Pedagógico serão organizados em eixos analíticos e servirão de base para a problematização do presente estudo.

Protocolo: 4588 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 7/2019 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DANYELLE SHMITH DE LIMA
Professor(es): MARCOS VINICIUS FRANCISCO

Resumo:
Este Projeto de Pesquisa, intitulado "Lúdico, educação infantil e formação docente: a ludicidade como ferramenta pedagógica para a infância", apresentado em sua modalidade PEIC, a partir de um levantamento bibliográfico, objetiva investigar a importância da ludicidade na educação infantil, relacionando-a com a formação de professores. Dito de outro modo, esta investigação pretende apontar a necessidade de se discutir e analisar o lúdico como ferramenta pedagógica para o desenvolvimento da infância. Desse modo, construímos o nosso objeto de investigação pautados nos seguintes questionamentos: O que possibilita a criança a aprender brincando? E como a instituição escolar pode organizar-se enquanto espaço lúdico para o processo de ensino e aprendizagem dessa criança? Como promover um equilíbrio entre o brincar e o ensinar? Qual a importância da formação docente para a infância? Diante dessas indagações e inquietações, o presente estudo pretende refletir sobre as possibilidades de se pensar o lúdico no debate da educação infantil, propiciando um contato significativo da criança com o lúdico. Para tanto, a referida investigação toma como ponto de referência a literatura especializada sobre o assunto com o intuito de desenvolver uma análise abrangente a respeito da temática, bem como discutir como essa temática é pensada e veiculada nos espaços que atendem crianças pequenas. Também temos a preocupação de refletir sobre a importância da formação de professores para a educação infantil no que se refere à criança e seu processo de desenvolvimento, de modo que o profissional dessa área encontre elementos para inovar e reconfigurar sua práxis pedagógica.

Protocolo: 4458 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DHENIFER CORREIA SENA FREIRE
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
O presente Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica, aqui apresentado em sua modalidade PEIC, tem como objetivo geral analisar e refletir sobre a experiência filosófica na formação de professores na contemporaneidade. Dito de outro modo, essa investigação aborda a importância da Filosofia na formação de professores a partir de um referencial teórico crítico, colocando a Filosofia da Educação como campo de fundamental importância na formação docente, articulado com a possibilidade de um saber que leva à reflexão, à análise, à crítica, à possibilidade de pensar o próprio pensamento. Partimos da hipótese de que a Filosofia da Educação, juntamente com o campo de discussão pedagógica, possibilita ao professor realizar uma reflexão crítica permanente sobre a sua prática, principalmente em um contexto marcado pela racionalidade instrumental, que impede o processo de realizar a experiência com o próprio pensamento, com a cultura.

Protocolo: 4450 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BERTA LUCIA PEREIRA DA SILVA
LEONARDO HENRIQUE BARBOSA
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
Este projeto de pesquisa de Iniciação Científica, apresentado em sua modalidade PEIC, trata do tema "Corpo e Sexualidade nos anos iniciais do ensino fundamental". A partir de uma investigação bibliográfica, tem como objetivo geral analisar a temática da sexualidade e a formação de professores na contemporaneidade. Tem como objetivos específicos: Refletir sobre a temática do "corpo e sexualidade" como elemento importante para o desenvolvimento da criança nos anos iniciais do Ensino Fundamental; Apresentar, analisar e refletir sobre as diferentes formas de se abordar o corpo e a sexualidade na escola; Pensar a importância da formação docente na temática do corpo, sexualidade e educação escolar. Dentre os caminhos metodológicos pensados para este estudo, inicialmente, esta pesquisa terá uma base bibliográfico-investigativa, onde serão analisadas as orientações de diferentes autores do campo educacional em periódicos educacionais de maior circulação no meio acadêmico, tornando possível a compreensão da problemática aqui exposta

Protocolo: 4434 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISADORA APARECIDA DOS SANTOS
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
Resumo Muitos professores buscam meios de tornar suas aulas mais significativas para seus alunos, porém, boa parte deles ainda sente muita dificuldade com ensino da matemática. Sendo assim, vimos a necessidade de abordar esse tema. A pesquisa tem como objetivo geral: Discutir a importância do jogo como instrumento pedagógico, de modo a tornar o ensino e a aprendizagem matemática mais dinâmica e significativa. Em seus objetivos específicos buscaremos apresentar a matemática lúdica como alternativa pedagógica para a construção dos conceitos matemáticos; discutir o uso do lúdico como ferramenta para a quebra de paradigma do ensino tradicional matemático, tornando-o mais atrativo para os estudantes; discutir as dificuldades encontradas pelos professores com esse novo instrumento de aprendizagem. Será abordado na pesquisa como problema norteador a pergunta: como podemos tornar a aula de matemática algo mais dinâmico e prazeroso, visando um melhor desempenho dos alunos? Dessa forma conduziremos a pesquisa com a possibilidade de o professor inserir o lúdico como instrumento pedagógico, conduzindo a criança a interagir, refletir, vivenciar a matemática e aprender através do conhecimento empírico. A pesquisa será documental, com abordagem em pesquisas bibliográficas. Por meio de uma abordagem qualitativa e do uso do método dedutivo será discutida a importância pedagógica do jogo no ensino da matemática.

Protocolo: 4452 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE CRISTINA DA SILVA AMORIM SERODIO
Professor(es): DENISE PENNA QUINTANILHA

Resumo:
A presente pesquisa, desenvolvida como pré-requisito para a obtenção de diploma de licenciatura em Pedagogia, na Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), tem como eixo temático a Educação Especial e Inclusiva e o atendimento às especificidades dos estudantes com Deficiência Intelectual. O objetivo é analisar a importância das estratégias pedagógicas para o atendimento especializado de estudantes com deficiência intelectual, com base nas orientações do Ministério da Educação. Para tanto, será realizado estudo de natureza qualitativa, do tipo documental e bibliográfico. A análise será centrada na legislação educacional vigente, em relação a inclusão, buscando identificar orientações voltadas ao trabalho pedagógico para o aluno com deficiência intelectual. Com base em material publicado pelo Ministério da Educação (MEC), será realizado um levantamento de possibilidades de práticas pedagógicas no atendimento educacional especializado para alunos com deficiência intelectual. Espera-se caracterizar indicadores de estratégias que permitam um trabalho articulado entre professor do atendimento especializado e sala comum, bem como recursos e materiais que possam ser utilizados junto a esse público.

Protocolo: 4252 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYRA ALMEIDA TOLEDO
MATEUS DA SILVA VIANA
Professor(es): DANIELLE APARECIDA DO NASCIMENTO DOS SANTOS
DANIELLE APARECIDA DO NASCIMENTO DOS SANTOS

Resumo:
O presente projeto de pesquisa, vinculado à linha de Formação e Prática Pedagógica do Profissional Docente, no programa de Mestrado em Educação, Universidade do Oeste Paulista, tem por objetivo analisar o desenvolvimento de uma proposta de intervenção para o ensino das linguagens artísticas em uma turma do 3º ano do Ensino Fundamental I em um contexto de escola pública municipal de uma cidade de médio porte do interior paulista. Tem por objetivos específicos verificar a concepção assumida pelo professor no que tange ao ensino da arte; descrever e analisar as produções artísticas dos alunos a partir da intervenção e averiguar as percepções do professor e dos alunos sobre a participação na proposta interventiva. Como aporte teórico epistemológico esta pesquisa dá ênfase para a teoria histórico-cultural e descreve os principais pressupostos teórico-metodológicos do ensino de arte a fim de refletir sobre os desafios e possibilidades do mesmo, pois considerando as orientações pedagógicas do ensino de arte no Brasil atualmente, é de suma importância refletir sobre alguns de seus marcos conceituais: a Missão Artística Francesa no século XIX; a Semana de Arte Moderna de 1922, a Abordagem Triangular, entre outras tendências pedagógicas. Trata-se de uma pesquisa intervenção de abordagem qualitativa e contará com a participação de uma professora do 3° ano do Ensino Fundamental I e seus respectivos alunos, serão utilizadas as entrevistas semiestruturadas pré e pós-intervenção, tendo como forma de análise a proposta de Bardin (2011). Considerando que o ensino da arte é imprescindível para o desenvolvimento humano de nossos alunos, espera-se que consigam produzir nas linguagens artísticas e contextualizar seus trabalhos, mas que também desenvolvam uma relação de reflexão e sensibilidade com o mundo a nossa volta. Palavras-chave: Ensino de Arte no Brasil. Linguagens artísticas. Ensino Fundamental I. Desenvolvimento infantil. Pesquisa Intervenção.

Protocolo: 4302 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 5/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CHARLOTTE LOUISE VARELLA RODRIGUES ZIMMERMAN
BERTA LUCIA PEREIRA DA SILVA
Professor(es): CARMEN LUCIA DIAS

Resumo:
O presente projeto de pesquisa, vinculado à linha de Formação e Prática Pedagógica do Profissional Docente tem por objetivo analisar como pode ser desenvolvida uma prática pedagógica que contemple as diferenças das gerações dos estudantes pertencentes ao curso Técnico em Marketing utilizando como estratégia a aprendizagem baseada em projetos em uma perspectiva interdisciplinar. Pois, diante da complexidade do contexto das gerações, o ambiente das escolas técnicas recepciona esta diversidade, composta por faixas etárias variadas em uma mesma sala de aula, ou seja, um grupo com características heterogêneas, formado por estudantes de diferentes gerações, interesses, objetivos, níveis de conhecimentos e necessidades distintas, tornando um desafio constante para os docentes a construção do conhecimento. A pesquisa será realizada sob a perspectiva qualitativa, sendo do tipo intervenção, sendo que os participantes da pesquisa serão aproximadamente 35 estudantes do curso técnico em marketing e 02 professores, incluindo a pesquisadora que a esta subscreve e 1 professor convidado, todos pertencentes a uma escola técnica estadual do interior do Estado de São Paulo. Para os procedimentos metodológicos serão utilizadas e analisadas algumas documentações disponibilizadas pela escola, como o Projeto Político Pedagógico e Plano de Ensino dos componentes curriculares de "Estratégias de Marketing" e "Gestão de Vendas II"; bem como também, entrevista semiestruturada pré e pós-intervenção com o professor (a) envolvido (a) e para os estudantes, será aplicado questionário pré e pós-intervenção com questões abertas sendo que os estudantes serão escolhidos por meio de sorteio que vise contemplar as diferentes faixas etárias presentes na sala de aula. E, para a realização e apreciação de todo o material adquirido, e das informações levantadas por meio dos questionários e entrevistas, será utilizada a análise de conteúdo que estarão catalogadas por eixo e categorias, vinculando-se aos objetivos da pesquisa.

Protocolo: 4357 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2018 - 3/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JACQUELINE PEREIRA DOS SANTOS SOUZA
LEONARDO HENRIQUE BARBOSA
Professor(es): CARMEN LUCIA DIAS

Resumo:
O presente Projeto de Pesquisa, apresentado em sua modalidade de Projeto Especial de Iniciação Científica (PEIC) tem como tema de estudo os contos de fadas e a formação de professores. Tem-se como proposta geral analisar e compreender a importância da formação docente no que se refere à relevância dos contos de fadas na Educação escolar. Para tanto, de modo específico, a formação de professores será analisada, levando em consideração o fato de que os professores estão em contato direto com o momento do conto no interior das escolas. Partimos da seguinte problematização: como a Pedagogia se compromete com a temática dos contos de fadas na educação escolar? A partir de uma investigação bibliográfica, procura-se evidenciar a necessidade de se fomentar a discussão e a análise sobre a importância dos contos de fadas na educação escolar, bem como a formação docente.

Protocolo: 4154 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ADRIANA PRADO PEREIRA
FERNANDA SIMOES MACHADO
JOYCE CAROLINE DE LIMA MATIVE
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
O presente Projeto de Pesquisa de Iniciação Científica - apresentado em sua modalidade PEIC - tem como tema de estudo o TDAH (Transtorno Déficit de Atenção e Hiperatividade) e a educação escolar. Para tanto, pretende-se investigar quais concepções explicativas sobre esse fenômeno estão presentes no debate educacional brasileiro no período compreendido entre 2010 e 2015. Diante desse contexto, pretende-se refletir sobre a importância da formação de professores para o entendimento do fenômeno do TDAH. A partir de uma investigação bibliográfica em teses e dissertações de mestrado, procura-se evidenciar a necessidade de se fomentar a discussão e a análise sobre a importância de conhecer mais sobre o TDAH, pois é cada vez maior o número de estudantes que apresentam esse transtorno nas salas de aula.

Protocolo: 4143 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDIMILSO MATIAZZI MARTINS
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
A escola transmite um saber fossilizado que não leva em conta a evolução rápida do mundo moderno; sua potência de informação é fraca comparada às da classe media; a transmissão verbal de conhecimentos de uma pessoa para outra é antiquada em relação às novas técnicas de comunicação: a produtividade econômica da escola parece, assim, insuficiente. Este trabalho tem como objetivo mostrar como a criança aprende através da Pedagogia de Projetos e quais os desafios e possibilidades se apresentam nessa pratica educativa nos tempos atuais. A pesquisa será básica do tipo bibliográfica utilizando a abordagem qualitativa, o método será o dedutivo, se valendo de modelos conceituais definidos a priori. Enfatiza que a educação deve estar centrada na criança e em seu aprendizado, sendo o professor agente mediador desse processo.

Protocolo: 4122 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PENHA DOS SANTOS INACIO
RIVANIA GISELE DE SIQUEIRA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA

Resumo:
O presente estudo em educação abordará os aspectos de uma gestão democrática influenciada pela construção coletiva do projeto político-pedagógico dentro das instituições públicas de ensino. É de extrema importância a abordagem do Projeto Político Pedagógico (PPP) como ferramenta que contribui para a democracia e construção de uma identidade da escola, visto que todas as instituições de ensino necessitam de uma proposta pedagógica elaborada por todos que estão envolvidos com a instituição: pais, alunos, funcionários e comunidade. O PPP norteia a proposta pedagógica da instituição que de modo geral prevê uma boa qualidade de ensino a todos os alunos. Desse modo, temos como objetivo geral: Investigar a relevância da construção do PPP como contribuição de uma gestão democrática na escola pública. E de modo específico, pretendemos: apresentar o conceito de gestão democrática; discutir como se dá a construção do PPP de forma democrática no espaço escolar; verificar no material analisado, a concepção a respeito do papel dos atores na construção do PPP; discutir as ações que colaboram para a participação efetiva de todos envolvidos. Este estudo terá por base uma pesquisa básica bibliográfica de uma abordagem qualitativa com o aprofundamento teórico necessário para a compreensão do fenômeno estudado.

Protocolo: 4096 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GEMENIANE MARIA SALES
LUAN CHAGAS FURLAN
Professor(es): ELISA MAGALHÃES CELOS

Resumo:
A reflexão sobre os processos de educação escolar, nos diferentes níveis de ensino, aponta a presença professores inesquecíveis que marcaram profundamente a nossa trajetória pessoal e profissional e que, em diversas situações de nossa vida, se revelam presente pelas lembranças, sejam elas positivas ou negativas. Fazer uma análise sobre quem foram e qual a ação educativas dos professores inesquecíveis que marcaram a nossa trajetória como estudantes pode indicar como o profissionalismo, a competência e a afetividade fizeram e fazem a diferença nos processos educativos e que estão muito presentes em nosso cotidiano. A questão norteadora da pesquisa é: que características e imagens se revelam nas produções acadêmicas e científicas (artigos, dissertações e teses), como constituintes do ser e do fazer de professores inesquecíveis. O objetivo centra-se em analisar e compreender, a partir das produções científicas e acadêmicas, publicadas nos últimos cinco anos, como a identidade de professores inesquecíveis se revela em sua prática docente. A metodologia estará centrada em uma abordagem qualitativa, de caráter descritivo-interpretativo. Como procedimento de pesquisa será realizada uma revisão da literatura sobre a temática, destacando-se em especial as produções acadêmicas e científicas dos últimos 05 anos, a fim de proporcionar uma reflexão sobre o tema e subsidiar a sustentação teórica do estudo. Esta revisão deverá ser realizada nas bases de dados virtuais da Cientific Electronic Library Online (SciELO), da Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) e das Bases de Periódicos da Comissão de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior (CAPES) e terá como descritores "professores inesquecíveis", "professores marcantes", "bons professores". Acredita-se que a pesquisa poderá representar uma contribuição para um melhor conhecimento sobre alguns dos processos do ser e do vir a ser relacionados à prática docente.

Protocolo: 3972 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELLA GAMEIRO CAVALCANTE
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
A presente pesquisa tem como objetivo analisar as percepções e formas de atuação de professores do Ensino Fundamental I frente às situações de bullying escolar. A investigação é um estudo de caso que se fundamentará na perspectiva da Teoria Histórico-Cultural, que tem como base epistemológica o Materialismo Histórico Dialético. Como procedimentos metodológicos serão realizadas entrevistas semiestruturadas junto aos professores de quatro escolas, estando cada uma delas localizadas em diferentes regiões, num município de pequeno porte do interior do Estado de São Paulo. As entrevistas serão transcritas e problematizadas a partir do referencial teórico supracitado.

Protocolo: 3825 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): DANYELLE SHMITH DE LIMA
Professor(es): MARCOS VINICIUS FRANCISCO

Resumo:
Questões relacionadas ao processo de desenvolvimento motor, social e afetivo das crianças são constantes no âmbito educacional. Entre tantas discussões, não podemos nos esquecer daquelas relacionadas ao corpo, já que as crianças fazem movimentos diversos que aos poucos vão se estruturando. Seus primeiros movimentos não começam apenas quando conseguem segurar um determinado objeto, mas sim desde o período fetal, quando ela sente o seu movimentar. Tais movimentos, como os de manipulação e locomoção (marchar, caminhar, saltar, correr, etc.) terão grande significado no decorrer de sua vida e algumas crianças que apresentam algum tipo de dificuldade podem estar relacionadas à falha nesse processo de desenvolvimento corporal, ou seja, habilidades que não foram estimuladas. Nesse sentido, a psicomotricidade trabalhada desde os primeiros anos de vida da criança é muito mais complexo, e busca também pelo corpo em movimento trabalhar o mundo exterior e interior do indivíduo, ou seja, envolve o ser humano por completo, pois está ligado ao cognitivo, afetivo e social. Portanto, o objetivo geral desse estudo é discutir a importância da educação psicomotora como mediação pedagógica na Educação Infantil. Como objetivos específicos, propomos: a) discutir o surgimento da educação psicomotora e seus processo históricos, bem como sua relação com a possibilidade de se tornar uma entre vários tipos de mediações pedagógicas que podem ser adotadas pelo professor na Educação Infantil; b) relacionar os conhecimentos da psicomotricidade com as fases de desenvolvimento infantis abordados pelas teorias interacionistas de Vygotsky (1991) e Piaget (1975); c) propor atividades que contemplem intervenções pedagógicas pautadas nos conhecimentos da Educação Psicomotora. De característica qualitativa e de cunho bibliográfico, esse estudo percorrerá uma análise de referencial teórico, elaborado por autores renomados sobre o tema. No caso dessa pesquisa, usaremos de estudos já realizados por autores como Vygotsky (1991), Piaget (1975), Vayer (1986), Le Boulch (1983) entre outros que estudam o tema. Portanto, esse estudo se proporá a realizar um levantamento bibliográfico sobre o tema também em bancos de dados da CAPES optando por estudos (Dissertações e Teses) e artigos no banco de dados da Scielo publicados entre 2013 e 2016 sobre o tema. Ao serem coletados os dados, haverá um cruzamento das informações adquiridas durante a pesquisa com análise à luz dos referenciais já estudados e que discutem o tema. Assim, pretendemos contribuir para a discussão sobre a importância da Educação psicomotora nos primeiros anos do Ensino Fundamental. Palavras-chave: Educação. Psicomotricidade. Ensino Fundamental.

Protocolo: 3846 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA FERREIRA GUIMARAES
FRANCIELI APARECIDA OLIVEIRA MOTA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Estudos que consideram a criança como um ser ativo, digno de ser ouvido e considerado como um ser atuante em nossa sociedade são recentes. Preocupações com a infância como uma categoria geracional, como sendo uma fase da vida com características próprias e suas particularidades a serem consideradas pelos contextos que trabalham com a criança nem sempre foi perceptível. A compreensão da criança como um ator social contribui na perspectiva de constituir a infância como objeto sociológico, quebrando o paradigma das perspectivas biologistas, que a submete a uma ideologia que tende a interpretar as crianças como indivíduos que se desenvolvem independente da construção social, das condições de existência e das representações e imagens historicamente, ou seja, das influências do meio em que vive. Assim, a Sociologia da Infância visa o maior envolvimento das crianças nos conteúdos desenvolvidos, esclarecendo quem são as crianças e com isso, viabilizar aos educadores a organizar suas intervenções pedagógicas reconhecendo-as como sujeitos ativos e priorizando seu desenvolvimento a fim de trazer a tona um tema pouco valorizado, que é a Sociologia da Infância, para quebrarmos paradigmas e desmitifica-los do senso comum, incentivando a valorização da infância. Esse estudo tem como objetivo geral, discutir a importância dos conhecimentos da Sociologia da Infância para os processos educacionais no Ensino Fundamental, especificando o conceito de infância e o surgimento da Sociologia da Infância no cenário educacional relevando-a como uma teoria aliada para a compreensão das caraterísticas da infância como categoria geracional. Como objetivos específicos, esse estudo se propõe a: a) discutir historicamente o conceito de infância e o surgimento da Sociologia da Infância no cenário educacional; b) revelar a Sociologia da Infância como uma teoria aliada para a compreensão das caraterísticas da infância como categoria geracional; c) discutir como a mediação pedagógica do professor, pautada na Sociologia da Infância, pode promover momentos relevantes para as crianças no Ensino Fundamental. A metodologia adotada para o cumprimento do objetivo proposto nesse estudo será a análise de conteúdos por meio de uma pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa. De caráter qualitativo, esse estudo usará da abordagem qualitativa em Educação e como um estudo bibliográfico apresentará ideias de uma análise documental do referencial teórico a respeito do tema, que investigará autores renomados, trabalhos e artigos publicados, além de pesquisas já realizadas sobre a temática. O levantamento de dados desse estudo será realizado por meio de pesquisas na biblioteca na instituição, além de bancos de dissertações e teses (Plataforma Sucupira) com a finalidade de descobrir pesquisas recentes, sites de busca científica como o Scielo e outras bibliotecas virtuais. Dessa forma, esperamos contribuir as discussões sobre a mediação pedagógica no Ensino Fundamental baseada na Sociologia da infância e contribuir para debates futuros sobre a temática. Palavras-chave: Educação. Sociologia da Infância. Ensino Fundamental. Mediação Pedagógica.

Protocolo: 3805 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TAMIRIS BARBOZA SANTANA FERREIRA
MONIELE LIMA ROCHA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Brincar é uma importante ação de comunicação, é por meio deste ato que a criança pode repetir o seu cotidiano. O ato de brincar permite o processo de aprendizagem da criança, pois facilita a construção da reflexão, da autonomia e da criatividade, estabelecendo, desta forma, uma relação estreita entre jogo e aprendizagem. O lúdico é parte complementar do mundo infantil, da vida de todo ser humano e os jogos e brinquedos fazem parte da infância das crianças, onde a realidade e o faz de conta intercalam-se. Porém, outras discussões também são feitas, como por exemplo, aquelas que são relacionadas à Alfabetização e ao Letramentonesse caso, é preciso considerar que a criança inserida no Ciclo da alfabetização do Ensino Fundamental possui características infantis que englobam muitas necessidades, entre elas, a de brincar. Considerando que nessa etapa da Educação Básica um dos principais objetivos seja a Alfabetização, e que a criança hoje está cada vez mais "podada" do direito de brincar, esse estudo se propõe a discutir sobre a seguinte questão: é possível alfabetizar sem abdicar do direito que a criança tem de brincar em jogar no espaço escolar? Como propor a Alfabetização de forma lúdica? O presente estudo tem como objetivo geral, apresentar argumentos em prol do brincar na educação como forma de aprendizagem e suas teorias assim reforçando a utilização da brincadeira dentro e fora da sala de aula, especialmente em situações que promovem a Alfabetização e o Letramento, além de buscar uma melhor compreensão das ações mediadoras através de jogos e brincadeiras, deste modo investindo, em uma aprendizagem lúdica. Como objetivos específicos, pretendemos: a) conceituar os termos "Alfabetização" e "Letramento" e refletir sobre os métodos utilizados em ambas as situações; b) conceituar os termos "jogo" e "brincadeira" bem como a importância de reconhecê-los como auxiliares no processo de ensino e aprendizagem da leitura e escrita; c) discutir a importância do jogar e brincar para as crianças do Ciclo de Alfabetização no Ensino Fundamental sem deixar de reconhecer o mérito da alfabetização nessa etapa da Educação Básica e apresentar sugestões de atividades que propiciem essa interação. Essa pesquisa caracteriza-se como qualitativa, de caráter bibliográfico, e usará de reflexão teórica crítica sobre o material obtido. Essa pesquisa também usará do estudo documental, o que significa mencionar que percorrerá uma análise de referencial teórico, elaborado por autores renomados sobre um determinado tema. Assim, pretendemos contribuir para a discussão sobre a importância da Alfabetização e Letramento ocorrerem de maneira lúdica, além de contribuir para novas discussões sobre o assunto que visa, de maneira geral, reconhecer a criança como sujeito de direitos, entre eles, o de se alfabetizar e brincar valorizando as caraterísticas infantis no Ciclo de Alfabetização do Ensino Fundamental. Palavras-chave: Educação. Jogo. Brincadeira. Alfabetização. Letramento. Ensino Fundamental.

Protocolo: 3803 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MILENE APARECIDA DA SILVA
CAMILA APARECIDA ALEGRETE COSTA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Muitas discussões a respeito da melhoria da qualidade da educação brasileira têm sido feitas nos últimos tempos, e algumas tem se dedicado em como tornar a escola um ambiente mais acolhedor e com estratégias que despertem o interesse das crianças pelo que a escola tem a oferecer. Não é muito raro percebermos, por exemplo, uma disciplina rígida em muitos contextos escolares no sentido de tentar disciplinar as crianças por meio do corpo. Há uma exigência pela ordem, que significa silenciar, imobilizar, não permitir que as crianças falem, opinem, que se mexam (AZEVEDO, 2016). Entretanto, mesmo com tantas restrições, existem aqueles que defendem que o jogo e a brincadeira no sistema educacional são recursos que podem ser utilizados para auxiliar o professor na sua pratica pedagógica, fazendo com que a criança aprenda vários conceitos trabalhados em sala de aula, que vão desde matemática, ciências, alfabetização, etc., até ética e cidadania (LIMA, 2008). Dessa maneira, reconhecer como o jogo e a brincadeira podem auxiliar no processo de ensino e aprendizagem das crianças no Ensino Fundamental - I Ciclo (1º ao 5º ano). Como objetivos específicos, esse estudo se propõe a: a) debater as possíveis conceituações de jogo e brincadeira bem como suas principais funções no processo de desenvolvimento da criança nas áreas afetiva, social, motora e cognitiva no ambiente escolar; b) reconhecer o jogo e a brincadeira como elementos importantes dentro das principais teorias e documentos oficiais norteadores do Ensino Fundamental no Brasil; c) propor intervenções pedagógicas que abordem, de forma Interdisciplinar, o jogo e a brincadeira no Ensino Fundamental, considerando as características infantis. Como Método, essa pesquisa está caracterizada como uma pesquisa qualitativa, de caráter bibliográfico, esse estudo pretende realizar uma pesquisa básica, utilizando estudos como teses e artigos científicos sobre o assunto, no Baco de Dados da CAPES, da Plataforma Sucupira e Scielo. Assim, pretendemos contribuir para a discussão sobre o jogo e a brincadeira como recurso pedagógico no contexto escolar do Ensino Fundamental, como viabilizar novas discussões sobre o assunto. Palavras-chave: Educação. Jogo. Brincadeira. Ensino Fundamental.

Protocolo: 3802 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ DE SOUZA MATOS
SUSY SOUZA DOS SANTOS
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Quando pensamos em alfabetização, logo se pensa em ler e escrever e, entre muitas necessidades, saber qual é o método mais adequado também está entre as principais discussões, além de debates que envolvem a superação das dificuldades de aprender a ler e a escrever encontradas pelas crianças, em especial aquelas que frequentam escolas de rede pública. A partir da década de 1980 muitas metodologias, como o uso de cartilhas, por exemplo, foram questionadas devido a crescente demanda de crianças com problemas de fracasso na alfabetização. Surge então o construtivismo, baseado em teorias conhecidas como "Interacionistas" e, no caso específico da Alfabetização, temos em Emília Ferreiro e Ana Teberosky, grandes representantes. Este trabalho possui em sua essência a motivação da teoria desenvolvida por Emília Ferreiro e Ana Teberosky, bem como de Paulo Freire, onde ambos possuem uma vertente contemporânea para o progresso realmente efetivo da educação, possibilitando assim, conquistas concretas de qualidade na práxis de alfabetizadores. No decorrer deste trabalho traremos uma reflexão sobre embasamentos teóricos de Ana Teberosky, Emília Ferreiro e outros autores como Soares (2003), Mortatti (2004; 2006). Esse estudo tem como objetivo geral, promover uma discussão sobre a prática sócio interacionista no processo de letramento possibilitando um esclarecimento teórico sobre alguns pontos importantes da obra Psicogênese da língua escrita, além de debater a importância histórica da teoria da Psicogênese da leitura e escrita e as teorias interacionistas para a compreensão do processo de Alfabetização e Letramento; como objetivos específicos, esse estudo se propõe a: a) abordar conceitos da alfabetização, numa perspectiva sociointeracionista de aprendizagem, e quando entra a abordagem do letramento nesta circunstância; b) propor uma reflexão sobre alfabetizar letrando em um ambiente sociointeracionista, como uma nova percepção da alfabetização, apresentando as fases da escrita desenvolvida por Emília Ferreiro e Ana Teberosky; c) refletir sobre novas propostas para a qualidade na práxis do professor como alfabetizador nos primeiros Anos do Ensino Fundamental, visando um ambiente sociointeracionista de aprendizagem, relacionando a realidade idealizada e a realidade vivida. A metodologia adotada é de caráter qualitativa e fará uma reflexão sobre os estudos de autores que estudam a temática. Será de fundamental importância a análise do referencial teórico, pois faremos um estudo histórico dos métodos de alfabetização no Brasil e na América latina, no qual se caracteriza esse estudo, baseando-nos pela análise documental do referencial teórico. Pretendemos, então, perceber e viabilizar que a alfabetização é um processo em construção permanente, em que ser alfabetizado é o indivíduo que sabe ler e escrever, e que o letramento é também um processo de construção individual, no qual o letrado alfabetizado além de saber ler e escrever, responde adequadamente às demandas sociais da leitura e da escrita, pois faz a leitura do meio em que se socializa. Palavras-chave: Educação. Alfabetização. Letramento. Construtivismo. Psicogênese da Escrita.

Protocolo: 3790 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA SILVA MARTINS
ANDREIA DE ALMEIDA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Todos nós que passamos por uma educação formal temos um professor ou uma professora inesquecível, que marcou profundamente a nossa trajetória pessoal e profissional e que, em diversas situações de nossa vida, se revela presente pelas lembranças, sejam elas positivas ou negativas. Fazer uma reflexão sobre quem são os professores inesquecíveis que marcaram a nossa trajetória como estudantes pode indicar como o profissionalismo, a competência e a afetividade fizeram e fazem a diferença nos processos educativos e que estão muito presentes em nosso cotidiano. A questão norteadora da pesquisa é: que características e imagens se revelam como constituintes do ser e do fazer de professores inesquecíveis A partir de tal questionamento, o objetivo centra-se em analisar e compreender, por meio de narrativas, a identidade de professores inesquecíveis a partir de suas concepções, proposições/ações e relações na prática docente. Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de cunho fenomenológico com caráter descritivo-interpretativo, que buscará primeiramente uma revisão da literatura sobre o tema que subsidiará a sustentação teórica do estudo. Num segundo momento, a pesquisa envolverá o recurso da pesquisa narrativa sobre a temática, com 24 docentes de um curso licenciatura em Pedagogia. A narrativa apresenta um caráter formativo porque é um momento de construção e reconstrução de histórias pessoais e sociais. Acredita-se que a pesquisa poderá representar, por meio dos relatos dos professores participantes, uma contribuição para um melhor conhecimento sobre alguns dos processos do ser e do vir a ser relacionados à sua própria prática educativa como formadores de futuros docentes.

Protocolo: 3849 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 7/2020 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Aluno(s): ISABELLA GAMEIRO CAVALCANTE
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Aprender matemática é uma tarefa árdua para a maioria das crianças e dos adolescentes que frequentam as escolas de nosso país". A presente pesquisa quer questionar "se as crianças devem primeiro aprender as operações aritméticas para depois trabalhar a resolução de problemas" ou se através de uma situação contextualizada identificada como problema a ser resolvido se buscam aplicações matemáticas para resolvê-las. Discute sobre como possibilitar uma verdadeira aprendizagem, na qual o aluno ao refletir sobre uma determinada problemática, possa construir o raciocínio lógico matemático e "aprender". O objetivo principal decorre do problema onde se pretende fazer um levantamento de estudos indicados em publicações oficiais e bibliografia específica para se confirmar ou não essa nossa hipótese inicial, ou seja, quais caminhos deverão ser percorridos na construção do conhecimento matemático a fim de que ocorra o ensino-aprendizagem da Matemática. Como objetivo específico pretende-se: a) Refletir sobre como a criança desenvolve o raciocínio lógico matemático; c) Propor estratégias de ensino da matemática nas séries iniciais. Serão ressaltadas algumas estratégias utilizadas com sucesso, a partir da reflexão de como a criança constrói o raciocínio lógico matemático utilizando-se da resolução de problemas. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa, com análises em diversos livros, artigos científicos e documentos oficiais.

Protocolo: 3865 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANNA BASILIO LIMA
VANESSA PAULA FRANCISCO
Professor(es): MARIA JOSE BATISTA ARENALES

Resumo:
Este trabalho tem como objetivo verificar a importância do interprete para o ensino aprendizagem do surdo na escola. E ainda verificar o desenvolvimento do aluno surdo com o auxilio do interprete e apresentar as competências do interprete. O trabalho tem como questionamento: Qual o sentido o interprete de Libras na escola? Como ele promove a aprendizagem mais justificativa para o aluno surdo? A metodologia utilizada por este trabalho recairá numa pesquisa básica de abordagem qualitativa. O interprete de libras é essencial para a mediação da comunicação na sala de aula com o aluno surdo, porém não se faz a inclusão do aluno só com o interprete na sala de aula, deve-se criar um ambiente que auxilia que favorece ao aluno surdo a desenvolver suas potencialidades e as escolas devem fornecer esses recursos necessários, entretanto a escola que não torna acessível esses recursos só esta integrando o aluno surdo na escola.

Protocolo: 3754 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA MARIA DA SILVA
BIANCA RAMOS BATISTA
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
VALÉRIA ISAURA DE SOUZA

Resumo:
A violência tem sido considerada foco preponderante quando as discussões giram em torno dos conflitos recorrentes do âmbito escolar. Pesquisas apontam o crescimento alarmante, principalmente nas escolas públicas e por esse motivo, foi inserida no Estado de São Paulo, a função do Professor Mediador e Comunitário. Este pertence ao Programa de Proteção Escolar. Por meio da Resolução SE 19/2010, a função do PMEC, teve suas atribuições conferidas pela Secretaria Estadual de Educação. Segundo o artigo 7º da Resolução SE 07/2012, suas atribuições consistem precipuamente em caráter preventivo. Entretanto, observei que devido, a enorme demanda de ocorrências cotidianas, suas intervenções tem sido, em sua maioria, em caráter curativo, ou seja, intervindo para apaziguar, um conflito já iniciado. Alterada pelas SE 74/2016 e 02/2017, a função passa a ser exercida em alguns casos, pelo vice-diretor ou em parceria dele. O objetivo geral da pesquisa é analisar práticas de mediação de conflitos desenvolvidas em uma Escola da Rede Estadual de Ensino, com vistas à prevenção. Assumem-se como objetivos específicos: averiguar a concepção do Orientador Técnico frente ao processo de formação do PMEC; identificar e analisar o papel desempenhado pelos agentes escolares (Orientador Técnico, Diretor, vice-diretor, Coordenador Pedagógico e o PMEC) nas práticas de mediação de conflitos; acompanhar as práticas de mediação de conflitos desenvolvidas pelo PMEC e pelo vice-diretor na escola; propor medidas preventivas que podem ser utilizadas no cotidiano escolar cumulada com a implicação de práticas morais. Desta forma, refletir sobre a prática do Professor Mediador Escolar e Comunitário (PMEC) ou de quem exercer a função de mediação de conflitos na escola. Esta pesquisa será realizada segundo a abordagem qualitativa descritiva de natureza fenomenológica do tipo Estudo de Caso Intrínseco. Os procedimentos metodológicos envolverão a recolha de dados, utilizando-se da observação e acompanhamento do PMEC em seus procedimentos cotidianos, de uma escola estadual de Ensino Fundamental II e Médio, de uma cidade de médio porte do interior paulista; análise documental do Projeto Político Pedagógico da escola e o ROE (Registro de Ocorrências Escolares); entrevistas semiestruturadas para o Orientador Técnico, Diretor, Vice-diretor, Coordenador Pedagógico e o Professor Mediador da mesma escola. A análise e discussão dos dados serão realizadas por meio da interpretação da observação e das anotações feitas a partir destas, das respostas atribuídas (escritas e orais) obtidas nas entrevistas e pela averiguação de documentos das ocorrências escolares e do Projeto Político Pedagógico; as quais serão separadas e relacionadas com os objetivos propostos pela pesquisa.

Protocolo: 3757 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 4/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIE PEREZ MENDES
ROGER GOULART PELEGRINI
Professor(es): CARMEN LUCIA DIAS

Resumo:
O presente trabalho intitulado "A criança autista e o papel do professor: Desafios na educação" têm como objetivo refletir sobre as possibilidades da mediação do educador com a criança autista e a formação docente que priorize uma prática formadora para o desenvolvimento dessa criança. Desse modo, temos como objetivos específicos para essa investigação: a) analisar o tema inclusão de pessoas com necessidades educacionais especiais no ensino regular; b) Apresentar e discutir as principais características do TEA; c) refletir sobre a formação de professores no processo de inclusão escolar. Dentre os caminhos metodológicos pensados para este estudo, inicialmente, esta pesquisa será baseada em uma investigação dos principais periódicos educacionais brasileiros e terá uma base bibliográfica de abordagem qualitativa, onde serão analisadas as orientações de diferentes autores da Educação, tornando possível a compreensão da problemática aqui exposta. Objetivamos centrar a nossa análise na questão do aluno com necessidades educacionais especiais no ensino regular e a formação dos docentes para uma educação inclusiva.

Protocolo: 3699 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCIA APARECIDA DE LIMA SANTOS
TAUANA RAFAELA NEIVA
BEATRIZ MOREIRA FRUTUOSO
Professor(es): ADEMIR HENRIQUE MANFRE

Resumo:
A presente pesquisa, centrada no território da formação de leitores, pretende problematizar o processo de escolarização da literatura infantil em uma coleção de livros didáticos de Língua Portuguesa. Para tanto, a investigação científica, de ordem qualitativa, fundamenta-se nas recentes teorias do texto e da linguagem, e, em especial, na crítica direcionada à articulação entre literatura e ensino. Em linhas gerais, almeja-se verificar qual gênero predomina em cada série (narrativas e poemas), e quais os modos de ensino empregados pelo material didático para as práticas de leitura e interpretação de textos.

Protocolo: 3732 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2017 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANNE ULRIKE STADIE
ANA CAROLINA VIEIRA LEBRAO
JANAINA VITAL DE LUCENA
Professor(es): FERNANDO TEIXEIRA LUIZ

Resumo:
A presente pesquisa intitulada "Mídia e Educação Infantil: A Influência dos Desenhos Animados no Processo de Imaginação" tem como objetivo geral, demonstrar qual a participação e a influência das mídias, mais precisamente o recurso "desenho animado" no decorrer da aprendizagem das crianças na Educação infantil e de que maneira ela auxilia ou não nossas crianças a aprenderem determinados assuntos que nós professores tratamos com elas em nosso dia-a-dia escolar. Como objetivos específicos, esse estudo pretende: a) realizar um apanhado histórico do surgimento da Televisão em nossa sociedade e como recurso pedagógico no contexto escolar; b) discutir a relação entre práticas lúdicas atuais, como o jogar e brincar na Educação Infantil, e as mídias; c) entender como os desenhos animados podem influenciar o processo imaginário das brincadeiras na Educação Infantil; d) refletir sobre como o professor, conhecendo todo esse processo, pode mediar o processo de construção das culturas lúdicas na Educação Infantil por meio da tríade "lúdico-mídias-Educação Infantil". Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de cunho bibliográfico, a primeira meta é conhecer mais afundo todo o referencial teórico que nos levará à reflexão sobre o assunto em questão. Tentaremos demonstrar qual a melhor maneira para que se auxilie esses novos paradigmas midiáticos sejam utilizados da melhor maneira dentro de uma sala de aula proporcionando aos alunos dessa forma momentos diferenciados de aprendizagem, por meio de pesquisas de artigos, dissertações e Teses no banco de dados da CAPES, realizadas no período de 2012 à 2016, utilizando como termos de busca: "mídias e educação"; "educação infantil e mídias"; "desenhos animados e educação", "mídias e imaginação infantil". Além do assistir, a criança sofre influência dessas mídias em sua imaginação, podendo assim, assimilar com o conhecimento que irá construir em sala de aula, contando sempre com o apoio de professores e gestores qualificados para a prática educativa, não deixando de lado a influência que a televisão pode proporcionar a nós todos no decorrer dos tempos. Entretanto, não podemos desconsiderar também seus fins educativos, fazendo a ligação entre educação e mídias, e reconhecer que podemos proporcionar aos aprendizes momentos diferenciados de aprendizado em um ambiente escolar.

Protocolo: 3545 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 8/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIAN MARTINS LOURENCO
MEIRIELEN SANTOS LIMA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Nas histórias que compõem o caminho que cada um percorre para compreender e se apropriar do sistema de escrita a ponto de se tornar leitor e escritor, alfabetizado e letrado, se encontra a chave para que futuros professores se encante com a arte de aprender a ensinar a ler e a escrever. Conforme o modelo tradicional da aquisição da linguagem, existe na criança a tendência a imitação e no meio social que a cerca existe uma tendência a reforçar seletivamente as emissões vocálicas da criança que correspondem a sons ou a pautas sonoras complexas da linguagem própria desse meio social. Na concepção construtivista, o conhecimento é visto como produto da ação e reflexo do aprendiz. Esse aprendiz é compreendido como alguém que sabe coisas e que, diante de novas informações que para ele fazem algum sentido, realiza um esforço para assimilá-las. Esse estudo tem como objetivo geral, promover uma discussão sobre as propostas vigentes de trabalhos com relação à aprendizagem da leitura e da escrita numa perspectiva construtivista. Como objetivos específicos, esse estudo pretende: a) expor um breve histórico do construtivismo no Brasil relacionando com os principais métodos de ensino da leitura e escrita; b) refletir sobre as principais ideias existentes na prática pedagógica do professor sobre a proposta construtivista; c) investigar quais métodos possuem propostas baseadas no construtivismo, quais são suas principais caraterísticas e qual sua funcionalidade no aprendizado da leitura e da escrita. Essa pesquisa caracteriza-se como qualitativa, de caráter bibliográfico, e usará de reflexão teórica crítica sobre o material obtido. A pesquisa qualitativa é a mais indicada para estudos educacionais, pois se utiliza de métodos que procuram compreender o processo e contexto em que a pesquisa ocorre. Portanto, esse estudo se proporá a realizar um levantamento bibliográfico sobre o tema também em bancos de dados da CAPES optando por estudos (Dissertações e Teses) e artigos no banco de dados da Scielo publicados entre 2012 e 2016 sobre o tema. Ao serem coletados os dados, haverá um cruzamento das informações adquiridas durante a pesquisa com análise à luz dos referenciais já estudados e que discutem o tema. Pretende-se contribuir para a discussão relacionada à importância dos métodos denominados "construtivistas" para o processo de aquisição inicial da leitura e da escrita. Palavras-chave: Educação. Construtivismo. Leitura e Escrita. Métodos de alfabetização.

Protocolo: 3546 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MICAELA FERNANDA BATISTA DOS SANTOS
MAISA CRISTINA SIQUEIRA DE PAULO
INDIANARA GRACIELA DOS SANTOS SOUZA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Muitas são as preocupações com a qualidade da Educação pública no Brasil e tal motivo tem sido, ao longo de décadas, tema de debates, reflexões e, especialmente, tem gerado preocupações por parte de gestores e governantes a esse respeito. Ao revelarem os resultados das avaliações oficiais do ensino público, o Brasil nos mostra uma desafiadora realidade e junto com esse quadro preocupante (pois tais avaliações demonstram uma necessidade urgente de melhora na qualidade da Educação brasileira) existe a necessidade de ações concretas para que tal realidade se transforme. Com relação às séries iniciais da Educação Básica, mais especificamente no Ciclo de Alfabetização que atende crianças do 1º ao 3º ano, sabemos que muitos professores alfabetizadores não conseguem distinguir em sua prática pedagógica o que é "Alfabetização" e "Letramento". Nesse estudo nos propomos a refletir sobre os conceitos de "Alfabetização" e "Letramento" partindo de estudos realizados por Soares (2003), Mortatti (2000; 2006), Ferreiro (1986; 1995), entre outros, para percebermos o motivo de, em muitos momentos, haver uma distorção entre esses termos. Na prática, isso significa compreender primeiramente que muitos professores não possuem a ideia clara do que é "Alfabetização" e o que é "Letramento" e quais são as especificidades de cada um desses termos. O presente trabalho, então, terá como objetivo geral debater sobre as principais dificuldades enfrentadas pelos professores em distinguir a "Alfabetização" e o "Letramento" nas séries iniciais, mais especificamente o ciclo de alfabetização que contempla as crianças matriculadas ente o 1º e 3º anos do Ensino Fundamental. Como objetivos específicos esse estudo pretende: a) Conceituar à luz do referencial teórico os termos "Alfabetização" e "Letramento" destacando suas especificidades; b) Abordar quais são as principais dificuldades enfrentadas pelos professores ao alfabetizar e letrar; c) Propor atividades práticas que auxiliem o professor no processo de alfabetização. Essa pesquisa caracteriza-se como qualitativa, de caráter bibliográfico, e usará de reflexão teórica crítica sobre o material obtido percorrendo uma análise de referencial teórico, elaborado por autores renomados sobre o tema, como Soares (1989, 1990; 2004; 2003), Mortatti (2006; 2011), Ferreiro (1986, 1995), Ferreiro e Teberoski (1999), Morais (2005), Cagliari (1989), Freire (2002) entre outros. Partindo da hipótese de que os conceitos de "Alfabetização" e "Letramento" são confundidos pela maioria dos professores alfabetizadores nas suas distinções e no desempenho de suas funções, nos propomos a mostrar que ambos são processos de aprendizagem importantes e que devem andar sempre juntos no processo de alfabetização, porém dentro de suas especificidades.

Protocolo: 3544 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANE VENTURINI DA SILVA
FLAVIA LEMOS ROCHA
ISABELLA CRISTINA ALVES PIMENTA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
A presente pesquisa tem como objetivo discutir a importância do ensino da música na formação inicial do pedagogo. Nesse sentido procura estabelecer as vantagens que a música traz no processo de ensino e aprendizagem e ainda apresentar os novos desafios para a formação inicial do pedagogo quando enfoca o ensino de música. O trabalho tem como questionamento discutir de que forma o curso de Pedagogia proporciona conhecimentos musicais para uma boa atuação do pedagogo quando aborda a música em sua prática docente e pensar seus limites e alcances visto que a formação do pedagogo é não especializada em música. A hipótese adotada neste trabalho é que na formação do pedagogo, a música é fundamental para o desenvolvimento do ensino e aprendizagem dos indivíduos garantindo uma nova prática pedagógica no ambiente escolar. Para tanto a pesquisa será bibliográfica e usará como fontes as Leis e outros documentos oficiais que estabelecem normas e diretrizes para o funcionamento dos cursos de graduação em Pedagogia no intuito de verificar qual o espaço que o conteúdo de música ocupa nesses documentos. Na sequência serão abordados também a importância da prática musical pelos educandos apontando para alguns conteúdos e metodologias em educação musical. Cientes de que os cursos de Pedagogia não formam o professor especialista em música, a pesquisa levantará alguns desafios para que esse conteúdo possa ser bem ministrado pelo professor generalista em sala de aula ainda que ele mesmo não seja músico de formação.

Protocolo: 3559 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCELO LUIZ ALVES DE ARAUJO CARVALHO
KAYNA DOS SANTOS BEZERRA
ANA CAROLINA BRAMBATI TEIXEIRA
Professor(es): PATRICIA LAKCHMI LEITE MERTZIG GONCALVES DE OLIVEI

Resumo:
Este projeto de pesquisa se propõe a investigar as práticas pedagógicas desenvolvida na Educação Infantil com crianças na fase pré-escolar que promovem a aprendizagem da Matemática. Torna-se relevante que nós educadores reflitamos sobre a real importância que a Matemática tem na educação infantil, o papel do professor nesse processo de mediação, ou seja, para que e como o professor pode estar desenvolvendo atividades na sala de aula com seus estudantes. Neste sentido, a importância do trabalho com a Matemática será foco das análises, compreendendo a necessidade de um desenvolvimento integral da criança nessa fase escolar e especialmente do raciocínio lógico-matemático. A relevância dessa pesquisa centra-se no levantamento e análise de práticas pedagógicas teoricamente discutidas e que podem oferecer condições de desenvolvimento e aprendizagem aos alunos pré-escolares. Assim, tem como objetivo geral analisar teoricamente as práticas pedagógicas de Matemática que possam ser ensinadas na Educação Infantil de modo a desenvolver o raciocínio dos alunos e dessa forma, compreender qual a sua importância nessa fase escolar. Como objetivos específicos pretende - se: a) analisar práticas pedagógicas desenvolvidas na educação infantil que contribuem para aprendizagem matemática; b) investigar as características da criança de quatro a cinco anos inseridas na Educação Infantil; c) levantar, teoricamente, práticas pedagógicas possíveis para o trabalho com a Matemática na Educação Infantil para crianças na pré-escola. Por fim, ressaltamos que esse trabalho envolve uma pesquisa de embasamento teórico documental e bibliográfica, de abordagem qualitativa que visa uma análise mais pontual do objeto de estudo.

Protocolo: 3565 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 5/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SUELEN SANTOS DE FREITAS
NADIANE PAMELA DOS REIS
Professor(es): ELISA MAGALHÃES CELOS

Resumo:
O presente projeto tem por objetivo analisar e destacar a função do (a) Professor (a) Mediador (a) Escolar e Comunitário (PMEC) na Unidade Escolar e a importância do (a) mesmo (a) para a minimização e/ou soluções de conflitos diversos que ocorrem no ambiente escolar de uma escola específica, a EE. Prof. Cleófano Mota de Taciba-SP.

Protocolo: 3550 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA MINACCA ULIAN
Professor(es): MARCOS LUPERCIO RAMOS

Resumo:
A pesquisa, intitulada "O papel do brinquedo pedagógico na Educação Infantil" trata sobre um dos temas mais relevantes da Educação. O brinquedo é fundamental no cotidiano escolar, pois são aliados indispensáveis no processo de aprendizagem das crianças. Este trabalho teve como objetivo geral refletir a importância do brinquedo pedagógico na educação infantil e assim como o papel mediador do professor nesse processo. E os objetivos específicos: a) realizar uma reflexão histórica sobre os brinquedos pedagógico na Educação Infantil; b) Refletir sobre a importância do brinquedo no desenvolvimento infantil, bem como suas contribuições no processo de Ensino e Aprendizagem; c) discutir sobre as formas de o professor utilizar os brinquedos pedagógicos na Educação Infantil. Os brinquedos são ótimos estimuladores no desenvolvimento das áreas: social, psíquica, física, da linguagem e cognitiva da criança. Portanto, é necessário que o educador saiba como utilizá-lo sendo o mediador deste processo de aprendizagem. Por isso, deve-se levar em consideração, ao fazer a escolha de um brinquedo, suas utilidades e funções. A metodologia adotada foi a pesquisa bibliográfica, de cunho qualitativo, que buscou aprofundar e refletir sobre os fundamentos teóricos e práticos do "brinquedo", por meio do estudo de autores que versam sobre o tema dentre os quais: Wajskop (1995), Brougère (2003), Kishimoto (2001). A partir da análise do uso do brinquedo no processo de aprendizagem na Educação Infantil, pode-se perceber que eles são capazes de fornecer elementos indispensáveis à formação da sua personalidade. Palavras-chave: Brinquedo. Jogos e brincadeiras. Educação Infantil. Lúdico.

Protocolo: 3529 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 7/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA ALVES TAGUCHI
ALINE ALMEIDA DE HARO
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Este projeto propõe investigar a leitura como caminho para o desenvolvimento do senso crítico do leitor desde os anos iniciais do Ensino Fundamental. Nesse sentido, precisa ser inserida na vida do pequeno cidadão desde os seus primeiros passos no processo de escolarização. O prazer pela leitura deve ser despertado desde a infância e estimulado ao longo de toda vida, fazendo parte da formação cultural de cada pessoa. Assim, ressaltamos a importância de desenvolver boas práticas de leitura nos anos iniciais do Ensino Fundamental pelas quais a criança na escola tenha inicialmente o prazer de ler, sempre tendo como base as práticas de formação do conhecimento e de reflexão utilizadas pelos professores. Deste modo, essa pesquisa tem como objetivo central: investigar as contribuições da leitura ensinadas nos anos iniciais do Ensino Fundamental como prática na formação do leitor competente e crítico e favoreçam essa formação. E de modo específico pretendemos: conceituar a leitura buscando seu sentido no contexto escolar; identificar e discutir estratégias que possam colaborar para a formação do leitor crítico e competente nos anos iniciais do Ensino Fundamental; refletir sobre as práticas de leitura a serem utilizadas na escola que desenvolvem a percepção crítica dos alunos sobre seu meio social a partir do referencial teórico que fundamenta a Proposta Curricular do Estado de São Paulo (2008). Trata-se, portanto, de uma pesquisa qualitativa bibliográfica e documental desenvolvida por meio de levantamento em documentos, livros, revistas e artigos científicos que darão suporte aos objetivos delineados.

Protocolo: 3487 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEDMARY SANTOS SOUZA DE ALMEIDA
IZABELA ALVES CAMILO
TALITA BRESCHI
Professor(es): ELISA MAGALHÃES CELOS

Resumo:
O presente projeto de pesquisa bibliográfica trata de buscar, no tema "O que é política no contemporâneo?", um aprofundamento do conceito do termo política, analisando-a em alguns autores como Arendt, Aristóteles e Agamben, entre outros. A partir destes referenciais teóricos pretende-se colher subsídios que permitam uma reflexão crítica sobre a questão política contemporânea, tendo em vista que tal terminologia, como muitas outras, já se perdem em um "mar" de sentidos advindos, por exemplo, do senso comum que, talvez, não contribuam efetivamente para o amadurecimento e a discussão crítica da questão política na fase histórica dos primeiros anos do século XXI. A metodologia de pesquisa baseada na pesquisa bibliográfica de fontes primárias não exclui a possibilidade de reflexões filopolíticas sobre a questão em tela, antes, apresenta base referencial para a construção de uma epistemologia vital sobre a questão. E é diante dessa necessidade de aprofundamento do conceito "política" que o tema se justifica e se insere entre as grandes temáticas deste início de século.

Protocolo: 3291 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 2/2017 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): LUIZ ANTONIO SOBREIRO CABREIRA

Resumo:
Este projeto de iniciação científica se propõe a discutir sobre a importância de estratégias pedagógicas no desenvolvimento de projetos de trabalho com estudantes surdos utilizadas no contexto da sala de recursos, em prol da aprendizagem significativa e contextualizada desse público. Torna-se relevante, portanto, debater sobre como ocorre a educação dos surdos, com o intuito de refletir sobre a estratégia projetos de trabalho como recurso pedagógico a ser utilizada pelo professor especialista para o aprimoramento desse atendimento. Como objetivos específicos pretendem: a) pontuar as características do estudante surdo; b) caracterizar como ocorre o desenvolvimento da pedagogia de projetos; c) apresentar propostas de projetos de trabalho com livros de literatura infantil que tratam sobre a identidade surda. Para tanto, optou-se por uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa, que almeja adentrar na obra literária específica, que irá estruturar este projeto.

Protocolo: 3152 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINNE DOS SANTOS LIMA
Professor(es): VALÉRIA ISAURA DE SOUZA

Resumo:
Este projeto de iniciação científica se propõe a discutir o Programa Mais Educação, implantado pelo MEC, a partir de 2010, como estratégia do governo federal para a promoção da educação em tempo integral, nos vários sistemas educacionais do país. Portanto, trata-se de um tema relevante uma vez que se configura como uma política educacional que busca, prioritariamente, reverter as desigualdades educacionais, que são retratadas em especial no baixo desempenho dos alunos no IDEB. Dessa forma, essa pesquisa tem como objetivo geral trazer para o debate a importância da educação integral a partir das experiências com o programa mais educação nos municípios referenciados pelo MEC em suas publicações. Como objetivos específicos pretende: a) apresentar a trajetória histórica da educação integral no Brasil; b) analisar o conceito de educação integral proposto pelo Programa Mais Educação e na visão de autores diversos; c) refletir sobre a importância do programa a partir experiências significativas com a educação integral apresentadas nos subsídios publicados pelo MEC, a partir da implantação do Programa Mais educação.. Caracteriza-se como uma pesquisa de abordagem qualitativa, que optou pela pesquisa bibliográfica que buscará incursionar nas produções de autores diversos que discorrem sobre o tema e dos subsídios oficiais produzidos pelo MEC, com o foco nas experiências significativas com a educação integral em diversos municípios brasileiros, entre 2010-2016.

Protocolo: 3149 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 9/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VAULEIDE LUCIANA DE OLIVEIRA ACACIO
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Esta pesquisa será desenvolvida no âmbito da Saúde e Educação Infantil, parte integrante do currículo de Licenciatura em Pedagogia da Universidade do Oeste Paulista. Nasce de uma temática necessária ao leque de conhecimentos para formação e prática docente, porém com poucos estudos sobre a prevenção de acidentes com crianças. Logo, a relevância deste estudo encontra respaldo pela constatação de um grande número de crianças vítimas de acidentes no espaço escolar. Com base nesta premissa e analisando os referenciais teóricos, o problema desta pesquisa busca responder à questão: Qual a formação necessária para uma prática pedagógica capaz de perceber riscos e evitar acidentes com crianças na educação infantil? Para que esta construção de conhecimentos se consolide, a pesquisa tem como objetivo discutir práticas pedagógicas de promoção à saúde por meio da prevenção de acidentes em Instituição de Educação Infantil. Dentre os objetivos específicos busca-se: a) Compilar estudos acerca de acidentes prevalentes em Instituição de Educação Infantil; b) Destacar meios de prevenção aos acidentes em Instituição de Educação Infantil; c) Organizar propostas de formação e prática pedagógica de prevenção à acidentes em Instituição de Educação Infantil. A metodologia desta pesquisa estará sob o respaldo da pesquisa qualitativa. O delineamento de pesquisa, levando em consideração o ambiente de pesquisa, a abordagem teórica e as técnicas de coletas de dados, adotará a pesquisa bibliográfica, necessária para organizar o referencial teórico. Nas considerações finais serão retomadas as idéias centrais que darão sustentação a esse trabalho, fundamentais para ampliar o debate sobre as práticas pedagógicas de educadores na promoção da saúde e prevenção de acidentes com crianças em Instituições de Educação Infantil.

Protocolo: 3154 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA XAVIER COSTA ALVES
Professor(es): JOSELAINE DE ARAUJO

Resumo:
As crianças nos mostram, em nosso cotidiano, que brincar e jogar são essenciais para o desenvolvimento humano. O que dizermos, então, daqueles que muito auxiliam nesses momentos, atuando como objetos, personagens, e até como mediadores: os brinquedos? Ao começar nossas observações com relação ao brincar na Educação Infantil, é de suma importância reconhecer o contexto nesse processo de desenvolvimento da criança, pois o lúdico passa a ser uma alternativa metodológica bastante adequada para facilitar o aprendizado das crianças, especialmente através do brinquedo, como nos afirma Kishimoto (2007). Como objetivo geral, esse estudo pretende discutir a importância do brinquedo como recurso pedagógico na Educação Infantil, mais especificamente com as crianças de 2 a 4 anos nos grupamentos conhecidos como "Maternal". Esse estudo também tem os seguintes objetivos específicos: a) refletir sobre a evolução histórica no brinquedo como objeto social e recurso pedagógico na Educação Infantil; b) pensar sobre como o brinquedo pode auxiliar na promoção do brincar na Educação Infantil; c) discutir sobre a importância do brincar para as crianças na Educação Infantil; d) refletir sobre a importância da utilização de alguns suportes lúdicos, como os brinquedos, no desenvolvimento pedagógico das crianças na Educação Infantil. Este estudo pretende também contribuir com algumas considerações sobre a produção da cultura lúdica infantil pelos brinquedos e como tal ação influencia na socialização das crianças nas instituições de Educação Infantil. Como metodologia, este trabalho, de abordagem qualitativa e de característica bibliográfica, utiliza-se da pesquisa bibliográfica, fundamentada na reflexão de leitura de livros, artigos e revistas pesquisadas em sites acadêmicos como o Scielo, bem como pesquisas realizadas cadastradas no banco de Dissertações e Teses da CAPES e de publicações de grandes autores referente a este tema. Pretende-se assim, proporcionar uma discussão consciente acerca da importância do brinquedo no desenvolvimento infantil.

Protocolo: 3142 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 1/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE FONSECA DE MOURA
LAIS ROCHA MIRANDA
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Este trabalho procurou apresentar os principais métodos de alfabetização, abordando de forma crítica, as vantagens e desvantagens de cada método em particular. A relevância dessa pesquisa se justifica em razão dos vários métodos existentes na história da alfabetização no Brasil e sua relação com o letramento, buscando possibilitar ao leitor uma visão geral sobre o assunto. Tendo como objetivo geral, traçar um panorama crítico sobre os principais métodos de alfabetização e sua relação com o letramento. Como objetivos específicos pretende: a) Proceder um estudo bibliográfico em torno de autores que discutem o tema; b) Buscar levantar os principais métodos existentes na história da alfabetização no Brasil; e por fim, c) Identificar as vantagens e desvantagens dos diferentes métodos de alfabetização. Sendo assim, sugerimos como problema da seguinte pesquisa: Quais as vantagens e desvantagens dos principais métodos de alfabetização?. Para responder tal questionamento, optamos por utilizar uma abordagem qualitativa, em que se optou como metodologia o estudo bibliográfico. Através da pesquisa bibliográfica será possível conhecer as ideias de autores diversos que abordam o assunto referente à alfabetização, como Soares (1999) (2011); Morais (2012); Mortatti (2006); dentre outros.

Protocolo: 3144 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 10/2016 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELOISA SARAIVA XAVIER
Professor(es): DENISE PENNA QUINTANILHA

Resumo:
O presente trabalho tem como finalidade discutir a importância de se trabalhar valores morais no Ensino Fundamental para o desenvolvimento humano e cidadão das crianças. Dessa forma, esta pesquisa tem como objetivo geral, trazer para o debate a importância dos valores universais na formação integral do individuo. Mais especificamente busca: discorrer sobre o conceito de valores universais e sua relação com a formação do cidadão na visão de autores diversos; discutir a importância da formação em valores no currículo do curso de pedagogia, na perspectiva dos documentos oficiais; refletir sobre o papel da escola de Ensino Fundamental na formação em valores de seus alunos; e, por fim apresentar propostas de um trabalho significativo de educação em valores na sala de aula. Para tanto, optou-se por uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa, por meio da qual se buscará o aprofundamento do tema, tomando por base o aporte teórico piagetiano (PIAGET, 1994), e outros diversos autores que discutem educação em valores, dentre os quais: Araújo, Puig e Arantes (2007); Guimarães (1996); Buxarrais (1997); La Taille (2007), Menin, Bataglia e Zechi (2013).

Protocolo: 3135 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELA DA SILVA MOURA
CLEIA MENDONCA LACALLE
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Esta pesquisa busca discutir a Equoterapia e suas contribuições no processo de aprendizagem de crianças diagnosticadas com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Sua relevância se deve pela escassez de estudos na área e pela importância da prática equestre, como um recurso não medicamentoso no estímulo à aprendizagem de crianças com diagnóstico de TDHA. Dessa forma, este estudo tem como objetivo geral trazer para o debate a importância e influência da equoterapia, na aprendizagem de crianças diagnosticadas com TDAH. Especificamente, buscará: a) apresentar a gênese da equoterapia no Brasil; b) discutir os conceitos de equoterapia e TDAH; c) analisar o processo de identificação e avaliação de crianças com TDAH; d) refletir sobre a contribuição da equoterapia na aprendizagem, com foco nas crianças diagnosticadas com TDAH. Trata-se de um estudo sob o enfoque de uma abordagem qualitativa que elegeu como caminho metodológico a pesquisa bibliográfica pertinente ao tema. Dessa forma, o aprofundamento do estudo se apoia em obras autores que discutem a temática proposta, bem na análise sobre a importância da equoterapia na legislação vigente ou em tramitação. Com isso, pretende-se realizar uma pesquisa comprometida com o rigor científico, que possa contribuir com a ampliação do conhecimento sobre a temática abordada.

Protocolo: 3134 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA FELIPE FRANCISCO
ELOIZA APARECIDA GONCALVES DAS CHAGAS
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
O presente trabalho procura mostrar como a linguagem, que é o meio de comunicação mais utilizado é inserida às crianças, como as práticas de leitura e escrita se inicia no processo formal de alfabetização escolar a partir dos seis anos de idade. Sabemos que para esse processo são utilizadas atividades diversas, recursos e materiais pedagógicos que têm em vista o processo de aprendizagem dos estudantes. Na relevância de usar diversos gêneros textuais, a aprendizagem da escrita se torna mais contextualizada e significativa, formando escritores capazes de elaborar textos coerentes, utilizando recursos linguísticos, cognitivos e sociais. Tendo como objetivo geral, investigar e analisar as possibilidades da prática de ensino de Produção de Textos nos anos iniciais do Ensino Fundamental considerando a necessidade da escola em formar o escritor competente. A opção metodológica foi pela Pesquisa Bibliográfica de caráter qualitativo, com base em livros e artigos científicos publicados. Desse modo, também compreenderá a uma análise da Proposta Curricular do Estado de São Paulo no que tange o ensino da Produção de Textos nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Essa investigação dos resultados será feita por meio de uma leitura compreensiva dessas obras os em que serão considerados os dados relevantes acerca da discussão apresentada, na busca por analisar possibilidades metodológicas presentes na Proposta Curricular que empreenda a formação do escritor competente.

Protocolo: 3148 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELA DE PAULO RODRIGUES
GABRIELA TAIS BENTO ANDREATTA
Professor(es): ELISA MAGALHÃES CELOS

Resumo:
É comum observar a queixa de professores iniciantes no exercício da prática, uma vez que não conseguem perceber a relação com as teorias que aprenderam no decorrer da sua formação acadêmica. Mesmo quando ao término do curso se sentem preparados para assumir a sala de aula e idealizam como será a construção da sua carreira, ao se depararem com a realidade escolar percebem que na prática as coisas são um pouco diferente daquilo que sonharam e acabam frustrados e desmotivados. Dessa forma, se justifica a relevância dessa pesquisa que se propõe compreender os principais desafios enfrentados pelos professores em início de carreira na educação infantil, bem como suas necessidades formativas. Mais especificamente busca: a) discutir a legislação em vigor que trata da formação docente (inicial e continuada), bem como a contribuição de autores diversos sobre o tema; b) analisar as dificuldades que os professores iniciantes do curso de Pedagogia que atuam na educação infantil, em escolas públicas de Presidente Prudente e região, se deparam no desempenho de sua função, e quais são suas demandas formativas; c) apresentar marcadores de reflexão que apontam para uma maior articulação entre formação inicial e a escola básica, mais especificamente, de educação infantil. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cuja opção metodológica foi pelo estudo exploratório, uma vez que pretende compreender um fenômeno educativo, dentro de uma dada realidade, com toda a sua complexidade. Para tanto, utilizará como instrumento de coleta de dados a aplicação de questionários para identificar o perfil e as dificuldades de professores iniciantes, que atuam na educação infantil da rede municipal de Presidente Prudente. Pretende assim, contribuir para uma maior reflexão sobre as dificuldades e demandas formativas desses profissionais da educação e a importância da articulação entre formação inicial e continuada.

Protocolo: 3136 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA APARECIDA PEREIRA MENEZES
TATYANE BONORA SILVA DA COSTA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Esta pesquisa se propõe a discutir o processo de ambientalização curricular na educação superior, definido como a internalização da preocupação ambiental no currículo da graduação, tomando a Universidade do Oeste Paulista como espaço de análise. Dentro dos processos de ambientalização serão destacadas as disciplinas ambientalmente orientadas, as quais explicitam dimensões socioambientais nos seus planos de ensino. A pesquisa buscará verificar o papel destas disciplinas na formação acadêmica e profissional dos discentes, a partir das perspectivas de professores e de alunos. A metodologia utilizada consistirá num questionário diagnóstico com os coordenadores dos cursos de graduação do Unoeste, além de revisão bibliográfica .

Protocolo: 3055 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 1/2018 Programa: PPD - Programa de Pesquisa Docente/PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS
ANA PAULA ALVES FAVARETO
CAMELIA SANTINA MURGO

Resumo:
Esta pesquisa tem por tema a contação de história como recurso pedagógico na formação do futuro leitor. A relevância desse estudo se deve ao fato da contação de histórias assumir grande importância, desde a mais tenra idade, para o desenvolvimento infantil. No entanto, observa-se que a contação de história é vista muitas vezes, como entretenimento, sem que lhe seja dada a devida importância na formação integral da criança. Dessa forma, este estudo tem como objetivo geral discutir a contribuição da contação de histórias, como um recurso pedagógico na educação infantil para a formação do futuro leitor. Mais especificamente busca: discutir o surgimento e percurso da literatura infantil, mais especificamente no Brasil; discorrer sobre o papel da literatura infantil no desenvolvimento da criança bem como na formação leitora; refletir sobre o perfil professor contador de história e seu mediador entre o aluno e a literatura infantil; apresentar propostas de trabalho com a literatura infantil, na perspectiva da contação de histórias. O presente estudo será realizado sob o enfoque de uma abordagem qualitativa que elegeu como metodologia a pesquisa bibliográfica pertinente ao tema, buscando obter maior aprofundamento. Para tanto, se propôs a incursionar na produção literária de autores diversos que discutem o papel da leitura e da contação de história, bem como em subsídios oficiais que apresentam propostas de trabalhos significativos a partir da contação de histórias

Protocolo: 2834 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MIRIAN DE MATOS SOARES DOS SANTOS
ANA LUCIA DA SILVA SA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Atualmente, assume relevância o debate sobre a necessidade e importância de se cuidar do meio ambiente e de se educar a todos para isso. Nesse sentido, a Educação Ambiental se configura como recurso imprescindível para melhorar a qualidade de vida das pessoas e do meio ambiente. No espaço escolar, onde se configuram trabalhos coletivos, é possível realizar atividades, discutir conceitos, desenvolver valores em relação aos cuidados com o ambiente, por meio de recursos diversos que o professor pode se utilizar no cotidiano da escola. Dessa forma, este estudo tem por objetivo geral discutir a necessidade de mudança de atitudes do educando em sua relação com o ambiente em que se encontra inserido. Como objetivos específicos se propõe: a) Analisar o conceito de Educação Ambiental, evidenciando sua trajetória histórica; b) Refletir sobre as propostas de Educação Ambiental presentes nos documentos oficiais; c) Mapear e analisar experiências significativas de educação ambiental, referenciadas em documentos oficiais. Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, cuja opção metodológica foi pela pesquisa bibliográfica, uma vez que busca entender a complexidade da Educação Ambiental, tendo como base as contribuições de autores, documentos e subsídios diversos que tratam sobre a temática.

Protocolo: 2821 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LIDIANA MENDONCA RODRIGUES
JAINE DE SA VIEGAS
Professor(es): MARIA JOSE BATISTA ARENALES

Resumo:
Por meio dessa pesquisa propõe-se analisar o sentido da gestão democrática presente na Pedagogia do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra em comparação com as orientações oficiais para a educação infantil existente em âmbito federal. O problema investigativo pretende saber: Qual o sentido da proposição da gestão democrática nas escolas de Educação Infantil do MST? Em que medida a proposta pedagógica do MST para a educação infantil avança na concretização do princípio constitucional da gestão democrática? Para responder a problemática será realizada pesquisa bibliográfica e documental, sendo os documentos coletados no site do MST e no site do Ministério da Educação. Os dados, após serem devidamente documentados, serão categorizados em subtemas que aglutinarão a análise temática.

Protocolo: 2799 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 6/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA CAROLINA SERRANO FERNANDES
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
ERIKA PORCELI ALANIZ

Resumo:
Avaliar a aprendizagem está muito mais além de provas e atribuição de notas. A construção do conhecimento no individuo deve ser continua e isto é um processo que não cabe somente à escola, mas é ela que desenvolve o papel principal nesse processo. Mediar à aprendizagem não é fácil, requer competências ao docente que muitas vezes nem mesmo ele sabe como tê-las. Nossa educação ainda está muito presa ao tradicionalismo, no qual, valoriza-se por demais os acertos nas tarefas das crianças e apontam-se os erros, na maioria das vezes, como inaceitáveis e incompreensíveis para o professor. Ultrapassar esse modelo tem sido um desafio para a aprendizagem, pois o professor que ensina em busca do desenvolvimento de competências reage de outra forma. A pesquisa, portanto, busca em seus objetivos compreender o que é avaliação mediadora e a sua importância para o processo de ensino aprendizagem.

Protocolo: 2823 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JENIFFER LOPES DA SILVA
Professor(es): DENISE PENNA QUINTANILHA

Resumo:
A presente pesquisa tem por objetivo refletir sobre o processo de formação crítica das crianças através do contexto escolar. Para isso, realizaremos uma reflexão sobre a história da infância a partir do século XIX no Brasil para entendermos a importância de ouvirmos as opiniões das crianças, tão importante para o processo de formação crítica que deve ser propiciada pela escola. Usaremos como um dos norteadores para essa reflexão, os estudos da Sociologia da Infância, área que vem, atualmente, discutindo com afinco a importância de reconhecermos o papel das crianças como sujeitos nos processos educacionais. Além disso, pretende-se também realizar uma discussão sobre a importância da mediação do professor nesse processo, partindo do pressuposto de que, o professor que buscar introduzir a formação crítica de seus alunos por meio de debates e discussões relacionadas a interesses e perspectivas das crianças, conduz, de forma mais adequada, esse processo de formação crítica. Utilizando como método de pesquisa bibliográfica, faremos um estudo sobre o referencial teórico pertinente ao tema, além de apresentar uma reflexão sobre pesquisas já realizadas, como dissertações, Teses e TCCs de forma a contribuir para uma discussão acadêmica sobre a importância da formação crítica da criança sobre a sociedade já nas series iniciais.

Protocolo: 2728 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 2/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELI CRISTINA FERREIRA
AMANDA DOMINGOS BARRETO
JAQUELINE DA CRUZ
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
A presente pesquisa tem como Objetivo Geral, compreender o ensino da Alfabetização Matemática nos anos Iniciais, a fim de refletir sobre as práticas educativas, nesta etapa. Realizaremos uma revisão teórica sobre a pesquisa de alguns autores que se dedicaram a estudar o ensino da Alfabetização Matemática. O ensino da Matemática é visto por pais alunos e professores como uma dificuldade a ser enfrentada nas escolas. Este estudo aponta as principais dificuldades de aprendizagem em Matemática identificadas nos anos iniciais de escolarização. O papel do professor é fundamental, na medida em que parte dele o incentivo e o estímulo ao interesse e aprendizagem da criança. Como conclusão, destacamos a necessidade de o professor da Educação Infantil conhecer os processos envolvidos no ensino e na aprendizagem da Matemática, e como lidar com as dificuldades que o aluno tem, e quais atividades aplicar para melhorar o seu desenvolvimento, e como a criança relaciona os conhecimentos para que possa organizar sua prática pedagógica nesta etapa da escolarização. E a maneira que os materiais são utilizados para o desenvolvimento do aluno. O papel do professor é fundamental, na medida em que parte dele o incentivo e o estímulo ao interesse e aprendizagem da criança.

Protocolo: 2676 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 6/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DAIANE MONTEIRO MELO PEREIRA
Professor(es): DENISE PENNA QUINTANILHA

Resumo:
Este projeto de iniciação científica pretende discutir a Educação de Jovens e Adultos na perspectiva dos que foram excluídos do sistema de educação, antes de concluírem o Ensino Fundamental. Sabemos que a exclusão escolar ainda é um problema grave no Brasil. Apesar dos dados divulgados pelo IBGE (2012) apontarem que o número total de matrículas da Educação de Jovens e Adultos (EJA) vem caindo anualmente, não se pode desconsiderar que o número de brasileiros com mais de 25 anos que não têm instrução ou não completaram o ensino fundamental cresceu de 51,2 milhões para 54,4 milhões entre 2000 e 2010, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE, 2010). Alguns programas para atendimento dessa população foram implantados no Brasil, numa tentativa de corrigir essa realidade perversa, que negou a muitos o direito de concluir, minimamente, o ensino fundamental, em idade própria. Dessa forma, esta pesquisa tem por objetivo central discutir a Educação de Jovens e Adultos na perspectiva dos sujeitos excluídos do sistema escolar. Mais especificamente pretende: a) apresentar a trajetória histórica da Educação de Jovens e Adultos no Brasil; b) analisar as diretrizes curriculares da EJA e os subsídios atuais produzidos pelo MEC para orientar essa modalidade de ensino; c) refletir sobre as causas que levaram os sujeitos da pesquisa a serem excluídos do sistema escolar; d) analisar os motivos que influenciaram parte dessa camada da população a retornarem à escola; e) refletir sobre o perfil necessário para que o professor da EJA tenha uma atuação transformadora. Trata-se de uma pesquisa de campo, de abordagem qualitativa, que elegeu como metodologia o estudo de caso, uma vez que buscará aprofundar-se em um determinado problema, numa dada realidade: as causas da "exclusão escolar" e os motivos do retorno a EJA, na perspectiva de alunos, que frequentam essa modalidade de ensino no CES- Centro de Ensino Supletivo-Presidente Prudente.

Protocolo: 2836 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SELMA AKEMI FUKUGAITE DE SOUZA
NADIR MOREIRA ZANARDI
VALERIA PAULINO ALECRIM
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Este projeto baseou-se em estudos bibliográficos, procurando sanar o seguinte questionamento: qual é a importância dos contos de fadas para o processo de identidade da criança. Baseamo-nos principalmente em Bettelhein (1980), que nos diz que os contos de fadas transmitem à criança de forma múltipla: lutar contra dificuldades graves na vida é inevitável, mas se a pessoa não se intimida, ao contrário, enfrenta-os, firme contra as opressões e injustiças, ela conseguirá dominar todos os obstáculos e, ao fim, chegará vitoriosa. Essas histórias têm como objetivo encorajar a criança na superação de seus medos e dificuldades, vividas ou imaginadas. As histórias de contos de fadas são de extrema importância para pais e educadores, pois colaboram no desenvolvimento da identidade da criança, ajudando-a desenvolver o afetivo, cognitivo e intelecto, pois elas desenvolvem muitos significados e significantes diferentes em determinadas faixas etárias, sendo tudo belo o encantamento com o final feliz para uma criança pequena, enquanto que para um adolescente, haverá o questionamento do "porquê" de alguns acontecimentos vividos na trama

Protocolo: 2704 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JANAINE CRISTINA MILANI DIAS
MELISSA JULIANA BUENO PELAGIO
VALERIA PAULINO ALECRIM
Professor(es): NAIR CORREIA SALGADO DE AZEVEDO

Resumo:
Este projeto se propõe refletir sobre as dificuldades do professor iniciante na docência do ensino fundamental, séries iniciais. Considera, portanto, quais são os fatores que podem interferir de forma positiva ou negativa na construção de uma práxis pedagógica transformadora e inclusiva, tendo como marco os primeiros cinco anos da docência. Para tanto, tem por objetivo geral refletir sobre as dificuldades para a construção da práxis pedagógica, de alunos oriundos do curso de Pedagogia de uma universidade privada, no início da docência de ensino fundamental. Mais especificamente, pretende: a) discutir a concepção de práxis pedagógica e seus elementos fundantes na visão de autores diversos; b) refletir sobre as dificuldades que o professor iniciante que atua nas séries iniciais do ensino fundamental encontra no início de sua docência; c) apresentar marcos de reflexão que possam contribuir para atender as necessidades formativas de professores iniciantes. Trata-se, então de um estudo de abordagem qualitativa, que elegeu como caminho metodológico o estudo de caso, tendo como sujeitos da pesquisa cinco professores de ensino fundamental, com até cinco anos de atuação nas séries iniciais. A coleta de dados será realizada por meio de questionários, com o objetivo de levantar o perfil desses profissionais, bem como os impasses e perspectivas vivenciadas no início de suas carreiras. Assume relevância também a pesquisa bibliográfica, de autores nacionais e internacionais que discutem o tema, para um embasamento teórico consistente e uma maior clareza para realizar as reflexões necessárias sobre os fatores que interferem na construção da práxis docente.

Protocolo: 2803 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINE OLIVEIRA GRAZINA
GIOVANA CORREA PEREIRA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
Uma atuação docente de qualidade, necessariamente, exige que se tenha a clareza do que significa ser professor no contexto atual e quais desafios se apresentam para o exercício da profissão, numa perspectiva transformadora. Implica também em considerar o papel das instituições formadoras como espaço para a redefinição e construção da identidade docente em função das novas demandas. Nesse sentido, esta pesquisa apresenta como principal questionamento "quais as representações que os alunos iniciantes e concluintes de um curso de Pedagogia, de uma determinada instituição, possuem sobre o que é ser professor hoje?". Parte-se do pressuposto que as representações são sociais e, uma vez que não somos seres isolados, permite o compartilhamento da visão de mundo com o outro, num processo dinâmico de interpretação, reinterpretação, ao atribuirmos significados a diferentes aspectos da realidade. Dessa forma, a pesquisa como objetivo geral analisar as representações sociais de alunos ingressantes e concluintes do curso de Pedagogia sobre o que é ser professor, no contexto atual, e sua relação com a construção da identidade docente. Mais especificamente busca: a) Comparar as representações sociais entre alunos ingressantes e concluintes do curso de Pedagogia da Faclepp/Unoeste; b) Analisar a influência do contexto cultural, social e político educacional na construção dessas representações; c) Refletir sobre o estabelecimento de um diálogo entre as representações sociais dos alunos e a qualidade da formação inicial ofertada pela instituição. Trata-se, portanto, de uma pesquisa de campo, de abordagem qualitativa, que se apoia na Teoria das Representações Sociais (TRS) desenvolvida por Moscovici (2003)

Protocolo: 2525 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2015 - 7/2016 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA APARECIDA PEREIRA MENEZES
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
O presente projeto tem por objetivo analisar a formação do professor em um curso de Licenciatura em Geografia de uma instituição de ensino superior privada, buscando compreender as proposições, concepões e ações que norteiam os cursos que propiciam uma formação com qualidade. A pesquisa se justifica pela necessidade de reflexão sobre a formação dos docentes e sua posterior atuação, buscando apontar os avanços e as limitações desse processo, com vistas a sua redimensão. A pesquisa se configurará em uma perspectiva qualitativa e estará apoiada em revisão da literatura e análise documental (projeto pedagógico do curso). O trabalho permitirá desvelar o conjunto de elementos que, de forma direta ou indireta, direcionam e definem o processo de formação do licenciado e compreender como esse processo contribui para uma futura atuação docente na educação básica cujas habilidades e competências revelem identidade e a profissionalização docente

Protocolo: 2400 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 7/2014 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCIA CARBONERA CAVALCANTI
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN
MARIA HELENA PEREIRA MIRANTE

Resumo:
Essa pesquisa possui o escopo de estudar o livro de receitas Dona Benta que há décadas se faz presente em muitas residências brasileiras. A análise da obra será feita de modo crítico-interpretativo. Tal investigação científica buscará associar os conceitos da área da pedagogia com a da gastronomia. Para tanto, buscaremos amparo nos teóricos das respectivas áreas, com ênfase, principalmente, nos preceitos do educador francês Henri Wallon.

Protocolo: 2341 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2015 - 1/2016 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIANA MARIANO BATISTA
Professor(es): TCHIAGO INAGUE RODRIGUES

Resumo:
Resumo Esta pesquisa trouxe para discussão a importância da reflexão filosófica na escola, desde a educação infantil e séries iniciais do ensino fundamental. Tem como pressuposto que a reflexão filosófica permite ao indivíduo um maior conhecimento de si mesmo e, dessa forma, poderá contribuir para a construção de uma sociedade mais justa, democrática e inclusiva Para tanto, definiu como objetivo geral ampliar a discussão sobre a necessidade de introduzir o ensino de Filosofia aos anos iniciais do Ensino Fundamental, como uma importante contribuição para o exercício da cidadania plena. Mais especificamente se propõe: a) refletir sobre a importância da reflexão filosófica para crianças; b) caracterizar o tipo de reflexão filosófica apropriado para crianças no ensino fundamental; d) analisar as contribuições de Mattiew Lippman no trabalho com a Filosofia para Crianças; c) analisar o papel do professor como mediador nesse processo de reflexão. Para tanto elegeu a pesquisa bibliográfica como opção metodológica desse trabalho. Dessa forma buscou embasamentos teóricos em seu desenvolvimento em autores como Gadotti, Jose Antonio Tobias e Alfredo Bosi, demonstrando a importância do conteúdo das discussões e da forma como ela é conduzida para que o aluno seja um participante atuante e crítico em sala de aula e leve para a vida os princípios e valores que vivenciou.

Protocolo: 2290 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 2/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELOISA CUBA ROTTA
Professor(es): LUIZ ANTONIO SOBREIRO CABREIRA

Resumo:
Este projeto de iniciação científica se propõe a discutir a formação docente no século XXI, na perspectiva do profissional reflexivo. Torna-se relevante, portanto, refletir sobre o papel do curso de Pedagogia na formação do futuro profissional da educação de modo a atender aos desafios educacionais da sociedade atual. Nesse sentido, o conceito de escola reflexiva e professor reflexivo tem sido objeto de estudo de vários pesquisadores que também apontam para a necessidade de serem vivenciados nos currículos das instituições formadoras. Assume, portanto, relevância essa pesquisa que tem como objetivo central trazer para o debate a formação inicial do professor na perspectiva de profissional reflexivo, para uma escola reflexiva e, consequentemente, inclusiva. Como objetivos específicos pretende: a) analisar o papel das instituições formadoras na garantia de uma base sólida na formação inicial do docente; b) analisar as contribuições de autores diversos sobre a formação do professor reflexivo; c) Discutir as críticas e avanços a partir do movimento do professor reflexivo para a formação de profissionais da educação que atendam às exigências educacionais atuais; d) analisar as possibilidades de formação de profissionais críticos reflexivos na perspectiva do Projeto Pedagógico do curso de Pedagogia da Unoeste, bem como de sua Matriz Curricular. Trata-se portanto, de uma pesquisa documental e bibliográfica, de abordagem qualitativa, que busca incursionar na produção literária de autores diversos, bem como nos documentos oficiais que darão suporte aos objetivos delineados.

Protocolo: 2266 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDMARCIA BATISTA DE SOUZA VOLTARE
PATRICIA SEKI CAVALHEIRO FIGUEIREDO DE ALMEIDA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
As constantes mudanças ocorridas em nossa sociedade, aceleradas pelos avanços científicos e tecnológicos, influenciam a forma com que o professor planeja o processo de ensino e aprendizagem. A aula nos padrões tradicionais com livros didáticos, lousa e giz ou mesmo com auxílio de recursos mais modernos com os slides, data show e computadores, mas sem objetivo específico, planejamento adequado e fora de contexto, corre o risco de não produzir aprendizagem, pois apenas incorporar computadores ao projeto de ensino não garante aquisição de conhecimentos, em muitos casos uma boa aula tradicional bem preparada, vale mais do que a mesma com muitos recursos, mas pouco preparo. A forma de ver a aula dos alunos mudou, nossos alunos estão cercados de novas tecnologias de informação e comunicação que proporcionam entretenimento e que cabem em seus bolsos, como os celulares que na maioria das vezes acabam por atrapalhar sua aprendizagem. Cabe ao professor, criatividade na utilização de tais tecnologias de forma eficiente, para prender atenção de seu aluno sem esquecer as habilidades e competências que seus alunos precisam desenvolver em determinada disciplina, série/ano, ensinar de forma diversificada e mais interativa, conseguindo assim estimular a atenção e curiosidade do aluno. Neste trabalho, o uso do software Multiplication Game será utilizado como um jogo interativo com os alunos. No programa há necessidade de estudar continuamente a tabuada para alcançar os objetivos do jogo e também possui o intuito de auxiliar na aprendizagem da tabuada e identificar problemas na aprendizagem da multiplicação na 5ª série/ 6º ano do ensino fundamental, procurando não avaliar se o software tem resultados positivos ou negativos, mas verificar a possibilidade de se ter uma aula diferenciada e dinâmica com os alunos com um software simples e de fácil manuseio, deixando em aberto a oportunidade de futuros trabalhos sobre os resultados ou utilização de outros recursos e métodos.

Protocolo: 2250 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 1/2015 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GUSTAVO ANTONIASSI OLIVEIRA
Professor(es): LUCIANA SALESI

Resumo:
O presente projeto tem por objetivo analisar e compreender as proposições, concepções e ações que norteiam a formação do professor licenciado em Pedagogia com vistas a sua profissionalização docente. A pesquisa se justifica pela necessidade de reflexão sobre a formação dos docentes e sua posterior atuação, no sentido de apontar os avanços e as limitações desse processo, com vistas a sua redimensão. A opção metodológica se configurará numa perspectiva qualitativa, apoiada na revisão da literatura e na análise documental, estando centrada na análise do projeto pedagógico do curso de licenciatura em Pedagogia de uma instituição privada de ensino superior. O trabalho permitirá desvelar o conjunto de elementos que, de forma direta ou indireta, direcionam e definem o processo de formação do licenciado em Pedagogia e compreender como esse processo contribui para uma futura atuação docente na educação básica cujas habilidades e competências revelem identidade e a profissionalização docente.

Protocolo: 2066 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 7/2015 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA APARECIDA PEREIRA MENEZES
Professor(es): RAIMUNDA ABOU GEBRAN
AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
O presente projeto intitulado "O processo de avalição na educação infantil desenvolvido como trabalho de conclusão de curso de pedagogia, busca conhecer a importância da avaliação para o desenvolvimento da aprendizagem das crianças no início de sua escolarização. O objetivo geral da pesquisa é Refletir sobre a importância da avaliação na educação infantil dentro do processo de ensino aprendizagem. Seus objetivos específicos são: discutir como os educadores avaliam as crianças da educação infantil e o que se leva em consideração nesta avaliação; apresentar as linhas de avaliação formativa e somativa, utilizadas nas instituições de educação infantil; e analisar os instrumentos de avaliação na educação infantil propostos pelos documentos oficiais. Adotaremos como metodologia a pesquisa bibliográfica numa abordagem qualitativa, devendo constar neste estudo os conceitos e significados de Avaliação na Educação Infantil, visando entender como ocorre este processo, abordaremos: o que é avaliação, o que avaliar na Educação infantil, como avaliar e quando avaliar. Descreveremos ainda os instrumentos de avaliação propostos pelo documentos oficiais, usados para registrar as observações do aprendizado da criança de educação infantil. Esperamos que esta pesquisa possa contribuir para a formação dos futuros professores de educação infantil em sua forma de avaliação.

Protocolo: 2148 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2014 - 1/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JANAINA DA SILVA OLIVEIRA
Professor(es): DENISE PENNA QUINTANILHA

Resumo:
O presente projeto de iniciação científica se propõe a pesquisar sobre a importância da brinquedoteca escolar para a aprendizagem de crianças no ensino fundamental. A relevância dessa pesquisa se deve ao grande desafio que o professor e a escola têm em fazer com que a criança se aproprie dos conhecimentos necessários à sua emancipação social e intelectual, de forma lúdica. Nesse sentido a brinquedoteca, como espaço de aprendizagem e ludicidade, poderá assumir um papel importante para que a criança atribua significado aos conceitos trabalhados. Dessa forma, essa pesquisa tem como objetivo geral trazer para a discussão o papel da brinquedoteca no desenvolvimento da aprendizagem. Como objetivos específicos o projeto pretende: a) Refletir sobre o conceito de brincar, brinquedo e brinquedoteca na visão de autores diversos; b) Verificar a relação entre a brinquedoteca e a ludicidade; c) refletir sobre o papel da brinquedoteca como espaço de aprendizagem na visão de autores diversos;d) Analisar a função e a importância do brinquedista na brinquedoteca; d) Apresentar propostas de trabalho significativo com a brinquedoteca a partir da visão dos autores e subsídios pesquisados. Optou-se por uma pesquisa bibliográfica, de abordagem qualitativa, que pretende incursionar na produção literária de autores diversos que discutem o tema, bem como no estudo dos subsídios diversos editados pelo governo federal (MEC) e governo estadual (SP).

Protocolo: 1858 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 7/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GEOVANA ANDRESSA DE OLIVEIRA SILVA
GISLAINE APARECIDA SILVA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
As artes visuais possuem um papel fundamental para o desenvolvimento e formação da criança, além de contribuir para incentivar a criatividade e a sensibilidade. O ato de a criança desenhar é extremamente significativo para ela e, portanto, pode se tornar um registro muito peculiar do seu processo de desenvolvimento infantil. Dessa forma, essa pesquisa tem como objetivo geral compreender e analisar a importância do desenho no desenvolvimento infantil, verificando suas relações nesse processo, bem como as características de cada uma de suas fases. Quanto aos objetivos específicos esse projeto pretende: a) Analisar as características e o papel do desenho no desenvolvimento da humanidade; b) Compreender o papel das artes visuais, por meio do desenho, no desenvolvimento da criança de ensino fundamental; c) apresentar a evolução do desenho infantil no desenvolvimento da criança; d) discutir a importância da mediação do professor nas propostas com desenho em sala de aula; e) Apresentar propostas de um trabalho significativo com o desenho nas séries iniciais do ensino fundamental a partir das leituras de autores diversos. Uma prática pedagógica que valoriza o desenho da criança pode se constituir um forte elemento para o seu desenvolvimento emocional, social e cognitivo. Portanto, torna-se relevante compreender a contribuição do desenho na formação da criança e o papel do professor nesse processo. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica de abordagem qualitativa, que buscará incursionar na produção literária de autores nacionais e internacionais que discutem sobre o tema, bem como em alguns subsídios didático-pedagógicos produzidos pelos órgãos e instituições oficiais ligadas à educação no Brasil.

Protocolo: 1813 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 7/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SIMONE RODRIGUES DE SOUZA NARDI
CRISTIANE DE SA OLIVEIRA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
O presente projeto tem como tema a depressão infantil, a ansiedade fóbica e o processo de ensino aprendizagem. A depressão como uma doença do século XXI e que passou a atingir as crianças, a ansiedade fóbica, ou seja o estado do medo condicionado na infância e o processo de ensino aprendizagem, vital para os estímulos intelectuais e afetivos da criança e que se dá principalmente dentro do ambiente escolar, na visão de vários estudiosos da educação. Esta pesquisa tem como objetivo principal compreender como os sintomas da depressão infantil e da ansiedade fóbica influenciam o desenvolvimento da aprendizagem nos menores. A metodologia usada foi de ordem bibliográfica, ou seja pesquisas feitas em livros, artigos científicos, jornais, revistas, entre outros.

Protocolo: 1137 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2012 - 12/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Professor(es): MARIA ELIZA NIGRO JORGE

Resumo:
Nos dias atuais, muito tem se falado sobre violência. Já não é novidade que, na escola, diferentes modalidades de violência se manifestam entre os alunos, dentre as quais o bullying vem se destacando. Entretanto, para lidar com o problema é necessário que se conheça suas múltiplas determinações. Nesse sentido, conforme alguns autores, dentre os diversos fatores que levam os alunos a praticarem o bullying, encontram-se a qualidade das relações sócio morais que se estabelecem dentro do ambiente escolar. Acredita-se que ambientes escolares coercitivos, onde as relações são unilaterais e o professor assume postura autoritária são favoráveis a prática de diferentes formas de violência e conflitos. Ao passo que, em sala de aula onde as relações são cooperativas, as regras são estabelecidas em conjunto, com alunos e professores, possibilita aos alunos resolverem os conflitos utilizando-se de estratégias como o diálogo e o respeito mútuo. Dessa forma o presente estudo tem como objetivos: compreender a influência do ambiente sócio moral sobre as práticas de bullying na sala de aula. Especificamente pretende-se identificar a ocorrência e intensidade do bullying na escola, bem como o envolvimento dos sujeitos, quer como vítimas, perpetradores e/ou expectadores; compreender se e como as relações sócio morais, estabelecidas entre os alunos, são capazes de influenciar a prática do bullying. Trata-se de uma investigação qualitativa do tipo estudo de caso a ser realizado em uma escola pública estadual do município de Presidente Prudente. O grupo investigado constituir-se-á de alunos do 6º. ano do Ensino Fundamental. Será utilizado como instrumento de coleta de dados três questionários com perguntas abertas e fechadas. Os dados obtidos por meio dos questionários serão submetidos a tratamento qualiquantitativo. Os resultados serão apresentados em forma de gráficos e/ou tabelas.

Protocolo: 1112 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2012 - 11/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): POLIANA SOARES QUINATO ZOCOLER
Professor(es): JAQUELINE BATISTA DE OLIVEIRA COSTA

Resumo:
Introdução: O fenômeno da indisciplina na escola tem sido considerado como um dos grandes obstáculos ao processo de ensino e aprendizagem. Nesse sentido, a presente proposta de pesquisa tem como objetivo geral compreender a possível influência do ambiente sócio afetivo da sala de aula sobre a disciplina e/ou indisciplina dos alunos de séries iniciais do ensino fundamental. Especificamente pretende-se identificar, com base na percepção dos alunos, como estes avaliam as relações sócio afetivas entre professor/aluno, aluno/aluno de sua sala de aula; identificar como a indisciplina se manifesta em sala de aula: tipos, frequência e intensidade; verificar se alunos e professores estabelecem relação entre o comportamento (in)disciplinado e o ambiente sócio afetivo da sala de aula; identificar quais intervenções são feitas pelo professor para negociação dos conflitos disciplinares. Metodologia: Trata-se de uma pesquisa de natureza qualitativa que será realizada junto a duas turmas de quarto ano do Ensino Fundamental de uma escola municipal de Rancharia. Serão utilizados como instrumentos para coleta de dados a observação sistemática in loco e a aplicação de dois questionários, um direcionado às professoras das respectivas sala e, outro, aos alunos. Os dados coletados serão submetidos a um tratamento de análise quantiqualitativa.

Protocolo: 1098 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2012 - 12/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DIANDRA DE CASTRO
Professor(es): JAQUELINE BATISTA DE OLIVEIRA COSTA

Resumo:
O presente projeto de iniciação científica, dá continuidade a projeto já aprovado, em fase de encerramento, e trata de buscar no tema "A concepção ecológica na filosofia da educação brasileira contemporânea: uma revisão bibliográfica inicial", o conceito de consciência ecológica que apareça inserido na esfera da filosofia da educação, tendo como elementos principiológicos e base epistemológica as conclusões manifestas em algumas obras de filosofia da educação. A partir deste referencial teórico, pretende-se, por meio de pesquisa documental e revisão bibliográfica, colher subsídios que permita traçar um quadro descritivo do tema proposto e uma possível representação espelhada no material pesquisado. Em todas as etapas do trabalho haverá monitoramento e reuniões de trabalho acadêmico. Cabe destacar, que este projeto visa promover a iniciação científica de alunos neófitos, aproximando-os da experiência concreta com a pesquisa científica, alunos que ainda não executaram nenhuma atividade de pesquisa acadêmica, efetivamente. Diante disso, entende-se necessário o estabelecimento de um acompanhamento próximo, da parte do orientador, aos orientandos, e uma proposta pedagógica que permita e otimize a inserção do aluno no "gosto" pela pesquisa. Isto implica em manter as pretensões de resultados num nível adequado à possibilidade de quem nunca fez uma pesquisa científica

Protocolo: 937 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2011 - 9/2013 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA SIQUEIRA YOKOYAMA
HELOISA CUBA ROTTA
Professor(es): LUIZ ANTONIO SOBREIRO CABREIRA

Resumo:
Este projeto pretende realizar uma pesquisa de abordagem qualitativa, que elegeu o estudo de caso como opção metodológica, pois buscará analisar os conhecimentos e significados sobre lixo e tipos de resíduos sólidos que alunos do ensino fundamental de duas escolas do Projeto Cidade Escola possuem, bem como as mudanças de atitudes a partir da adesão dessas escolas à Coleta Seletiva. Está integrado as ações que vem sendo de envolvidas pelo Projeto "Educação Ambiental e Resíduos Sólidos: Potencializando a Cooperlix para Ampliação das Ações Educativas e de Geração de Trabalho e Renda para Catadores de Resíduos Sólidos Recicláveis e Reutilizáveis em Presidente Prudente-Sp", em parceria com a UNOESTE e UNESP, com apoio da FAPESP. Um dos grandes problemas ambientais na atualidade é a questão do lixo e do destino que a ele é dado. Nesse sentido, o papel da Educação Ambiental é de suma importância para mobilizar os alunos e toda a comunidade escolar para que os conhecimentos sobre os problemas ambientais não fiquem apenas no nível do discurso, mas que sejam traduzidos em mudanças de atitude e ações efetivas. Assim este projeto de iniciação científica tem como proposta contribuir para que a questão dos resíduos sólidos em Presidente Prudente seja debatida e aprofundada no curso de Pedagogia e, consequentemente, possa ter algum reflexo nas mudanças de atitudes que a realidade impõe. Dessa forma, em seu desenvolvimento prestende dar conta dos seguintes objetivos: a) Contribuir para ampliar o debate em torno da importância de uma Educação Ambiental que busque a articulação teoria e prática; b) Identificar os conhecimentos que os alunos de ensino fundamental possuem sobre os vários tipos de lixo e seus impactos no meio ambiente; c) Analisar os significados que os alunos atribuem à coleta seletiva; d) Identificar as mudanças de atitudes com relação à produção e descarte dos resíduos sólidos em duas escolas do Projeto Cidade Escola.

Protocolo: 787 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2011 - 7/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LUZIA CARLA MENDES FERREIRA
VANIA FREDERICO BACARIN
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
RESUMO: O pedagogo é um dos grandes responsáveis pela formação da criança, o que envolve, além do desenvolvimento físico e social, diferentes competências a serem trabalhadas, como por exemplo, a competência leitora. Esta pesquisa propõe-se a traçar um perfil de leitura de futuros pedagogos. Possui caráter qualitativo e será desenvolvida por meio de um estudo de caso.. Para tanto, entrevistaremos 38 alunos do curso de Pedagogia de uma universidade privada do município de Presidente Prudente. Os dados serão analisados por meio das respostas obtidas nos questionários, tendo como suporte teórico a análise de conteúdo.

Protocolo: 612 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2011 - 10/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DAIANA APARECIDA LEITE DOS SANTOS
HELOISA HARUKO KUMAGAI
ELIANA SANTOS BEZERRA DE QUEIROZ
WANIA OLIVEIRA DA SILVA
Professor(es): ANA LUZIA VIDEIRA PARISOTTO

Resumo:
A questão da aprendizagem nas escolas de ensino fundamental de 4ª série têm sido algo que merece atenção, principalmente em relação a leitura e produção de textos. As crianças ao serem estimuladas a ler e escrever, conseqüentemente tem maior facilidade de compreensão em todos os aspectos. Atualmente podemos ver crianças que não se interessam muito pela leitura, e sim pelos novos meios de comunicações e brinquedos, como: computador, internet, vídeo game, etc., onde o livro acaba sendo deixado de lado, pois aparentemente não oferecem atrativos para os mesmos. Esta pesquisa foi realizada na Escola Estadual de Ensino Fundamental, com uma amostra de alunos da 4ª série, com professoras e pais, para averiguar quais influências exercem os professores e pais em relação a aprendizagem dos alunos, principalmente nesta faixa etária. Poderíamos então, pensar no papel dos professores e dos pais nesse processo de aprendizagem, pois os mesmos estariam exercendo um papel de mediador entre a criança e os livros, apresentando-lhes de uma maneira agradável e atrativa. Levando em consideração de que, os pais são os primeiros a apresentar o mundo a criança, e que ela aprende inicialmente por imitação, então a influência dos pais em relação ao hábito da leitura também é algo muito forte. A escola é o segundo grupo social da criança, neste sentido, a professora exerce o papel de segunda mãe, aquela que ensina, corrige, etc. podendo ser observado no relacionamento da criança com a sua professora, ela a vê como um ídolo, um amor, uma paixão, querendo ser igual, imitando, diante disso, podemos pensar nessa função de professor como algo muito importante e decisivo na vida escolar da criança.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2005 - 2/2006 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CELIA HARUMI TARUMOTO NISHIZIMA
JULIANA MAYUMI IWASHITA
Professor(es): MARIA ELIZA NIGRO JORGE

Resumo:
Este projeto de Iniciação Científica pretende realizar uma pesquisa, junto aos alunos do curso de Pedagogia da UNOESTE/FACLEPP, com o objetivo de desvendar e refletir sobre as expectativas e necessidades formativas desses futuros profissionais da educação, bem como o compreender o que significa para eles ser um bom professor na atual realidade. A relevância desse estudo justifica-se pela extensão das críticas, muitas das quais com larga repercussão na mídia, sobre a fragilidade da formação docente e da qualidade da educação ofertada nas instituições formadoras. Para tanto, optou-se por uma abordagem qualitativa, que elegeu como metodologia de pesquisa o estudo de caso, que buscará entender a complexidade das necessidades formativas e os novos desafios da profissão docente. Para tanto, a busca da compreensão dessas necessidades e seus significados para os alunos do curso de Pedagogia, deverá ser intensa, prolongando-se por todo o processo de condução do estudo. Vários questionamentos e inquietações irão também direcionar o desenvolvimento dessa pesquisa, dentre os quais: O que é ser um bom professor hoje? Qual o papel da universidade na formação de profissionais da educação que respondem aos atuais desafios da sociedade? O currículo do curso de pedagogia atende a esses atuais desafios? Quais as necessidades formativas dos alunos e que precisam atendidas? O aluno do curso de Pedagogia se sente preparado para enfrentar tais desafios? A relação teoria e prática tem sido trabalhada de forma significativa para o graduando nas diferentes áreas do curso de Pedagogia?

Protocolo: 604 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2011 - 12/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIANE DE SOUZA CORREA
PATRICIA TAROCCO DE LIMA
Professor(es): AUGUSTA BOA SORTE OLIVEIRA KLEBIS

Resumo:
O PROJETO PREVE UMA PRÁTICA EDUCATIVA QUE PARTE DE UM TRABALHO COM O DRAMA DA LINGUAGEM EM SALA DE AULA. PRETENDE-SE O ESTUDO DA LINGUA NAS SITUAÇÕES EM QUE ELAS SE REALIZA, O QUE, COM CONTEXTO DESSE PROJETO, IMPLICA REFLETIR SOBRE E EXERCER COM OS ALUNOS PRÁTICAS DE LEITURA E ESCRITA, EM AMBIENTES DIGITAIS, VISANDO AO DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS LETRADAS QUE PROMOVAM AUTONOMIA PARA A COMPREENSÃO E PRODUÇÃO DE TEXTOSEM DIFERENTES GÊNEROS, DE DIFERENTES ESFERAS DE ATIVIDADE HUMANA, ATRAVÉS DE IMAGENS, SONS E MOVIMENTOS TODOS OS TIPOS DE TEXTOS ASSUNTOS DESPERTAM INTERESSES NO ALUNO.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2005 - 12/2005 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LILIAN SILVA BORGES MORAES
Professor(es): AFIFE SALIM SARQUIS FAZZANO

Resumo:
O presente trabalho de pesquisa teve como propósito identificar, com três diferentes grupos de professores/estudantes, as conceituações de disciplina/indisciplina; as tendências teóricas apresentadas para explicar este fenômeno; a correlação entre as teorias e as práticas adotadas para solução dos problemas, nas últimas décadas; as possíveis contribuições do Curso de Graduação em Pedagogia para as conceituações sobre concepções de comportamento disciplinado/indisciplinado e suas possíveis formas de enfrentamento. Trata-se de um estudo exploratório sobre o tema, desenvolvido com alunos do Curso de Pedagogia, da Universidade do Oeste PaulistaUnoeste, em diferentes etapas de formação, totalizando 51 (cinqüenta e um) sujeitos. Foram utilizados entrevistas e questionários, testados previamente, cujas respostas foram categorizadas, totalizadas e descritas em tabelas e quadros, após o que procedeu-se a avaliação qualitativa dos dados, com base no referencial teórico da análise de conteúdo. Os resultados sugerem que, em sua maioria, os professores indicam como exibidor de comportamento disciplinado aquele aluno que respeita, participa das atividades e tem bom desempenho escolar. Já para caracterizar os comportamentos indisciplinados, a maioria, valeu-se de conceitos do senso comum, justificando as suas dificuldades para lidar com o tema, atribuindo-os ao desinteresse do aluno ou a fatores externos, como a própria família e o meio social. Houve concordância quanto à sugestão de que os comportamentos indisciplinados e atos de indisciplina afetam o processo de aprendizagem e o relacionamento interpessoal, com implicações diretas na relação professor-aluno. Embora a maioria reconheça a necessidade de se encontrar soluções para o problema, houve baixa variabilidade de propostas, o que pode significar conformismo e sentimento de impotência. Dentre as propostas, o diálogo com o aluno foi a estratégia mais sugerida como solução para o problema, como se ele tivesse um poder mágico e bastasse, per si. Também constatou-se a dificuldade que os sujeitos tiveram em propor soluções coletivas e institucionais para o problema, além de optarem por atribuições de causalidade às famílias, ao próprio aluno, à instituição escolar, à sociedade e de se auto excluírem de qualquer responsabilidade pelas situações de indisciplina no ambiente escolar. Tais percepções e conceituações revelam que, a despeito da grande quantidade de material disponível sobre o tema, no campo da educação os professores ainda mantém percepções distorcidas e fragmentadas quanto aos aspectos acadêmicos e comportamentais no ensino. Os resultados obtidos indicam a necessidade de um melhor direcionamento da práxis pedagógica.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2004 - 12/2005 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): FLAVIA SELMO MATTOS PEREZIN
Professor(es): MARIA APARECIDA G. DE OLIVEIRA

Resumo:
A Educação Básica compreende o período de escolaridade que vai desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. Sendo assim, a alfabetização encontra-se inserida nesse contexto. Nas séries iniciais, a alfabetização é um tema muito recorrente em trabalhos de pesquisa na área de educação, haja vista ser um tema de suma importância e também o fato de abranger inúmeros métodos de ensino que são aplicados em sala de aula. Moll (1996) define a alfabetização como algo que ocorre em um nível mecânico no qual está vinculada a habilidade de codificação (representação escrita de grafemas e fonemas) e de decodificação (representação oral de grafemas e fonemas). Porém, Soares (2008) afirma que uma teoria coerente de alfabetização deverá estar baseada em um conceito desse processo que seja suficientemente abrangente para contemplar a abordagem mecânica do ler/escrever e, ainda, os determinantes sociais das funções e fins da aprendizagem da língua escrita. Nesse sentido, podemos afirmar, com relação ao tema alfabetização, que o seu aspecto fundamental diz respeito à formação de um indivíduo capaz de exercer seu papel de cidadão, compreender o mundo ao seu redor e influenciar a realidade por meio da escrita e da leitura. Pois o grande desafio posto à escola é romper com práticas de leitura em que o ato de ler está submetido a mecanismos de decifração (SAVELI, p.114). Dessa forma, destacamos o termo letramento como uma concepção de leitura e escrita como prática social. Uma palavra ainda não muito compreendida pela maioria das pessoas, talvez por ter sido inserida em nossa língua há muito pouco tempo (na década de 1980), originária do inglês literacy e até a década de 1990, era traduzido por alfabetização. Porém, de acordo com o contexto de nossa pesquisa, concebemos letramento como o estado ou condição de quem não apenas sabe ler e escrever, mas faz uso da língua, emprega-a em situações de leitura e interpretação. Vai além do simples codificar e decodificar a escrita, é saber para quê e o por quê é necessário saber ler escrever. Letramento, é acima de tudo, vivenciar vários tipos de texto e saber usá-los socialmente. Sabemos pois, que assim como alimentação, convívio social e lazer, o conhecimento é fundamental para a qualidade de vida de todo indivíduo. Diante de tal perspectiva, causa-nos preocupação, o fato de crianças chegarem ao final do primeiro ciclo do Ensino Fundamental sem estarem letradas, isto é, podem até estar alfabetizadas, mas não sabem fazer uso social da leitura e da escrita. É o que se costuma dizer de analfabetos funcionais pessoas que, embora escrevam e reconheçam palavras escritas, de maneira precária, são incapazes de entender com desenvoltura e clareza o que lêem. Nos últimos anos, pesquisas realizadas pelo IBGE, apontam altas taxas de analfabetismo funcional em todas as faixas etárias da população brasileira. O pior disso tudo é que esse fato se dá justamente quando cerca de 97 das crianças brasileiras estão na escola e nela passam pelo menos quatro, horas durante 200 dias ao ano. Como conceber que tais crianças cheguem ao final do primeiro ciclo do Ensino Fundamental sem compreenderem claramente o que lêem? Se partirmos do princípio de que a finalidade da educação é preparar o indivíduo para o exercício da cidadania e para o mercado de trabalho, observamos uma falha nesse processo. Como exercer a cidadania quando não se é capaz de compreender o que diz um documento de lei? Quando não se consegue redigir um currículo? Acreditamos que a educação nas sociedades modernas deve aspirar a fortalecer o desenvolvimento da autonomia e do espírito crítico entre os alunos como condição essencial para futura compreensão e interpretação do mundo. Jolibert (2006) assevera que houve mudanças fundamentais nas concepções que determinam a questão do ensino e da aprendizagem da leitura e da produção textual, ela afirma que a aprendizagem deve ser vista como um processo significativo, ativo, interativo e reflexivo. Para a referida autora, leitura é concebida como uma busca do significado de um texto, em função dos interesses e das necessidades do leitor. Nesse sentido a escola precisa trabalhar com textos completos e valorizar as situações reais de uso da escrita. É necessário romper com práticas de leitura nas quais o ato de ler esteja relacionado à decodificação. Aguiar (2001) afirma que o aumento de leitores está relacionado à função da escola como promotora da leitura. O que as escolas têm feito para possibilitar o aprendizado da leitura? Aguiar (op. cit.) ressalta, ainda, a co-relação entre formação de leitores, a importância da família, pois a criança tende a espelhar-se em pais, irmãos mais velhos e outras pessoas com as quais conviva, que represente modelos de leitores. Vale ressaltar que, mesmo em ambientes familiares carentes de materiais escritos e com adultos analfabetos, é possível haver o incentivo à leitura. Outras figuras que influenciam as crianças a se tornarem leitoras são os professores. Acreditamos que somente aquele que lê e estabelece uma relação amistosa com os livros é capaz de se tornar um mediador eficiente das leituras infantis. A perspectiva de alfabetização e letramento, desde a Educação Infantil, pressupõe a garantia de acesso à diversidade de textos e de situações comunicativas de uso da linguagem, bem como a possibilidade de refletir diariamente sobre as características e o funcionamento da leitura e da escrita, socialmente. Percebemos, portanto, que quando a escola não consegue alfabetizar e letrar a todos está descumprindo essa obrigação que tem com os alunos e toda a sociedade.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2008 - 11/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA RAQUEL AZEVEDO DOS SANTOS
MEIRE CRISTINA DO AMARAL
Professor(es): ANA LUZIA VIDEIRA PARISOTTO

Resumo:
A presente pesquisa tem por objetivo conhecer as dificuldades encontradas pelos professores dentro de uma sala de aula inclusiva. Sabemos que praticamente metade dos portadores de necessidades especiais está matriculada em salas regulares, portanto necessita de uma aprendizagem que satisfaçam suas necessidades, e que garantam o direito a educação. deram certo. A princípio realizaremos uma pesquisa bibliográfica para conhecer as teorias de diversos autores e entender a importância da inclusão no processo de ensino aprendizagem das crianças. Posteriormente realizaremos uma pesquisa qualitativa caracterizada como estudo de caso, em uma escola de ensino fundamental de Presidente Prudente. O grupo alvo dessa investigação será formado por alunos de 3°serie. Realizaremos observações com intuito de identificar a metodologia de ensino empregada pelo docente responsável pela turma; o processo de socialização da criança Portadora de Necessidades Especiais junto às demais; à relação professora/aluno incluído; as dificuldades da professora em trabalhar em sala inclusiva e o processo de ensino-aprendizagem. Além da observação faremos uma entrevista semi-estruturada com a professora responsável pela sala. Os dados coletados receberão um tratamento de analise qualitativa.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2008 - 10/2009 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MARILDA RODRIGUES DE CARVALHO
ROSIMEIRE APARECIDA DA SILVA
TATIANE DE LIMA FERNANDES
Professor(es): JAQUELINE BATISTA DE OLIVEIRA COSTA

Resumo:
O estudo apresenta e problematiza algumas ferramentas computacionais utilizadas em sala de aula do Ensino Fundamental, enfocando o processo de ensino e aprendizagem no desempenho do aluno e do professor no âmbito escolar. O projeto tem o objetivo de buscar alternativas para novas perspectivas, relacionado ao uso dessa ferramenta que está inserido nas escolas, no processo de ensino e aprendizagem dos estudantes e nas práticas pedagógicas dos professores.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2007 - 11/2008 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA MARIA MASUDA
REGIANE ORBOLATO TAMANINI
Alguma mensagem