Você está em: Unoeste » Rede de Bibliotecas » Periódicos on-line

Livros on-line

  • Disponível na web
  • Disponível no acervo e na web


Área: Ciências Biológicas



imagem Desde o final do século XIX, as elites intelectuais argentinas recorreram às teorias raciais e étnicas para explicar a formação da sua pátria. Disso resultou a noção do "crisol de raças", fundamentada em concepções biológicas e no darwinismo social, que se constituiu em mecanismo de controle social e étnico para nacionalizar as massas chegadas durante o processo de imigração européia a partir de 1880. Neste livro são analisadas as relações existentes entre Carlos Octavio Bunge (1875-1918) e José Ingenieros (1877-1925), autores que compartilhavam das mesmas idéias étnicas e da preocupação em decifrar a história nacional, ambos considerados, por isso, pertencentes a essa corrente cientificista. A pesquisa para a obra abrange a produção desses intelectuais em importantes revistas do no início do século XX, como por exemplo: Revista de Derecho, Historia y Letras, Revista de Filosofia, Cultura, Ciencias y Educación e El Monitor de la Educación Común.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem O texto apresenta noções básicas, históricas e conceituais de delineamentos experimentais, em particular dos planejamentos inteiramente casualizado e em blocos completos casualizados, complementado com os esquemas fatoriais, correlação e regressão linear simples e testes de aderência e associação para variáveis categorizadas. A abordagem não é realizada sob o aspecto tradicional de fórmulas e uso de “pacotes” computacionais para os cálculos estatísticos, mas sim, trazendo à realidade o planejamento e o desenvolvimento da experimentação aos alunos das áreas de Ciências Biológicas e da Saúde.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem A obra reúne alguns estudos, distribuídos em dez capítulos, sobre saúde, ambiente e trabalho, numa perspectiva qualitativa, trazendo para o centro da investigação a análise de narrativas dos sujeitos implicados no processo de trabalho. Os capítulos articulam a práxis social com a lógica causal das ciências biológicas, humanizadas pelos sentidos dos sujeitos envolvidos, além do diálogo com a análise ergonômica do trabalho, que adquire destaque no processo de adoecimento.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Os trabalhos de laboratório, muitas vezes solitário ou em equipe, requerem planejamento e disciplina visando análises precisas e confiáveis. Para análises bioquímicas em tecidos vegetais, por exemplo, faz-se necessário uma gama de procedimentos que vão desde a coleta e processamento, até a melhor maneira de armazenar os extratos e por fim a análise da atividade enzimática ou teor de compostos e macromoléculas de interesse biológico. Este livro foi proposto como desafio para os alunos da disciplina Tecnologia de Enzimas (FCA/UNESP- Campus de Botucatu), como parte de suas atividades acadêmicas. Desafio aceito, o texto foi organizado em capítulos, os quais descrevem diferentes temas e suas metodologias utilizadas em aulas práticas. Esperamos que o texto possa servir de apoio àqueles que necessitem iniciar ou dar continuidade a trabalhos que envolvam análises bioquímicas em tecidos vegetais.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem Este livro constitui-se em uma das etapas de uma pesquisa mais ampla que teve como objetivo realizar uma análise interpretativa dos processos de ensino e de aprendizagem engendrados no âmbito das aulas da disciplina Anatomia Geral e Humana ministrada para uma turma de estudantes de um curso de licenciatura em Ciências Biológicas. Na tarefa de observação e interpretação da aulas, buscou-se focar o processo familiarização dos estudantes com o laboratório de Anatomia e, consequentemente, com o acervo anatômico ali existente, isto é, com as peças cadavéricas.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem O estudo de Carolina Biscalquini Talamoni analisa e interpreta os processos de ensino e aprendizagem engendrados no âmbito das aulas da disciplina Anatomia Geral e Humana, ministrada a estudantes de cursos de licenciatura em Ciências Biológicas. A autora contempla as problemáticas relacionadas à questão metodológica e à familiarização dos estudantes com o ambiente do laboratório, de modo a cumprir objetivos que ela considera fundamentais. O primeiro é contextualizar a aula do ponto de vista histórico, cultural, psicológico. O segundo é produzir uma análise minuciosa da descrição densa enquanto metodologia de pesquisa pertinente para investigações nos campos das Ciências Sociais e da Educação. Por fim Talamoni almeja demonstrar a descrição densa enquanto resultado e também produto da pesquisa. O primeiro dos cinco capítulos do livro, “Anatomia, ensino e entretenimento” traz um histórico da Anatomia no mundo, a fim de proporcionar um panorama geral da constituição da disciplina anatômica no âmbito da cultura ocidental. No segundo capítulo a autora aborda a história da disciplina no Brasil. O capítulo três, teórico e de revisão bibliográfica, procura orientar o leitor sobre os fundamentos do Programa da Descrição Densa de Clifford Geertz, além e discutir críticas ao programa e as possibilidades de observação proporcionadas pela metodologia, ainda pouco explorada no campo da Educação no Brasil. Em consonância com as propostas da descrição densa, o quarto capítulo trata dos personagens que compuseram o cenário mais abrangente da descrição propriamente dita, enquanto o último apresenta uma descrição densa da disciplina Anatomia Geral e Humana.

[ Acessar Conteúdo ]

imagem É ambicioso, mas vital alcançar a Meta da CDB para 2010. A Meta compromete as Partes da Convenção sobre Diversidade Biológica a alcançarem, até 2010, uma redução signifi cativa do atual ritmo de perda de biodiversidade em nivéis regional, nacional e global, assim como a contribuírem para a redução da pobreza e para o benefício de toda a vida na Terra. O Panorama da Biodiversidade Global 2 traz informações e sugestões claras para ações decisivas e necessárias para alcançar a Meta da CDB para 2010.

[ Acessar Conteúdo ]
Acervo da Unoeste e disponibilidade na web:

Selecione a área