CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Graduação | Fonoaudiologia | Pesquisa Científica

Fonoaudiologia

Bacharelado | 8 semestres letivos | Noturno | Presidente Prudente
  • 2ª Melhor Universidade Particular do Estado de São Paulo
  • Avaliação do MEC - CPC 5

Pesquisa Científica


Buscar projeto por

Resumo:
A infecção por coronavírus é causada pelo agente etiológico SARS-CoV2, doença potencialmente letal, que emergiu no final de 2019, que afeta principalmente as vias respiratórias inferiores, e nos casos severos pode acarretar uma resposta inflamatória sistêmica massiva e fenômenos trombóticos em diferentes órgãos. Com a cascata de coagulação pode acometer coração e sistema cardiovascular, cérebro e sistema nervoso central, além de outros órgãos, incluindo o sistema auditivo e vestibular. O objetivo do presente estudo é investigar os possíveis efeitos auditivos e vestibulares em adultos pós COVID-19. O estudo ocorrerá em uma Clínica Escola de Fonoaudiologia, no setor de Audiologia, com participantes encaminhados pela Secretaria Municipal de Saúde do Município de Presidente Prudente para Projeto de Atendimento Multiprofissional para Pessoas que foram infectadas pelo coronavírus, SARS-Cov-2. O cálculo amostral finalizou em 204 participantes adultos, de ambos os sexos, faixa etária de 18 a 45 anos. Se desejarem participar após aceite do convite e assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, serão submetidos a um questionário com perguntas sobre saúde geral, auditiva, vestibular antes e após a Covid. Na sequência, haverá realização de exames auditivos e caso haja manifestações de tontura, vertigem ou outros achados do sistema vestibular, será realizada avaliação vectoeletronistagmográfica. Os resultados serão compartilhados com o participante e se houver necessidade, serão feitos os encaminhamentos para as especialidades médicas e ou de outras áreas da Saúde para conduta e atendimento. A análise ocorrerá por estatística não paramétrica pela natureza dos dados. Será aplicado o Teste t pareado ou ANOVA para variáveis dependentes. Quanto à comparação dos dados da avaliação audiológica e vestibular, as orelhas direita e esquerda de um mesmo participante serão analisadas entre si pelo Teste de Wilcoxon. Caso, não sejam diferentes, serão unificadas em orelhas e passarão a ser comparadas entre os diferentes participantes pelo Teste de Mann-Whitney. O nível de significância estabelecido é de 5. Espera-se poder contribuir com o conhecimento dos efeitos deletérios dessa afeção, na busca pelos cuidados adequados quanto à saúde auditiva e vestibular.

Protocolo: 6927 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2021 - 12/2022 Programa: PPD - Programa de Pesquisa Docente/PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Introdução: Acenamos refletir sobre as condutas do Ensino em Saúde a engendrar possibilidades no novo contexto e concepção sobre educação durante a disseminação comunitária mundial da Covid-19, especificamente aqui, com enfoque nos Cursos de Fonoaudiologia das Instituições de Ensino Superior brasileiros. Sabe-se que a interrupção de aulas presenciais como uma das medidas de prevenção e proteção `a pandemia trouxe como fatores intervenientes o impacto e necessidade de reflexões e desafios, em contexto nupérrimo e, doravante perspectivas que transbordam a relação entre ensino, pesquisa e extensão. Tal entendimento defronte condições e manejos das IESs é imprescindível `a reflexão sobre boas práticas e implica complexos ensejos políticos, sociais e econômicos implicados na Educação em Saúde. Objetivo: verificar características e estratégias educacionais adotadas pelos Cursos de Fonoaudiologia brasileiros em perspectiva de medidas emergenciais adotadas frente ao distanciamento social devido pandemia por Covid-19. Método: Fonoaudiólogos coordenadores de Cursos de Fonoaudiologia brasileiros serão convidados a responder um questionário semi aberto, enviados via e-mail, pelo qual informarão `a Comissão de Ensino da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia detalhamentos sobre o funcionamento de seu Curso em período de pandemia, a contemplar condições de: biossegurança, infraestrutura, contexto sócio-político, reorganização didático-pedagógica, corpo docente e discentes, integração ensino-serviçoscomunidade, contexto interprofissional e reorganização curricular. Resultados estimados: As respostas do questionário respondido pelos coordenadores de Cursos de Fonoaudiologia brasileiros serão compiladas e organizadas em planilhas com verificação estatística no intuito de caracterizar os manejos das IESs e delimitar reflexões acerca do processo de Ensino em Saúde que respaldarão reflexões e diretrizes científicas aos processos educacionais conforme condições sócio-históricas entre Saúde e Educação.

Protocolo: 6247 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2020 - 12/2020 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Introdução: As emissões otoacústicas evocadas têm por finalidade verificar a funcionalidade das células ciliadas externas da cóclea, cujo teste é importante na identificação de alterações auditivas cocleares. Objetivo: Descrever o perfil sociodemográfico de pacientes atendidos em uma Clínica Escola de Fonoaudiologia e correlacionar com os achados das Emissões Otoacústicas Evocadas. Material e Métodos: Trata-se de um estudo documental e retrospectivo, e consistirá na análise de 100 prontuários de pacientes da Clínica de Eletrofisiologia da Unoeste atendidos no período de 2016 a 2019. Os dados a serem analisados envolverão: idade, sexo, nível de escolaridade, histórico audiológico, fatores de riscos para perda auditiva e motivo do exame e achados das emissões otoacústicas evocadas transientes e por produto de distorção. Os dados coletados serão analisados pela estatística descritiva, utilizando valores absolutos e relativos, bem como pelos valores médios, desvio padrão, mínimos e máximos. A comparação dos resultados será feita pela análise estatística de Mann Whitney ou Wilcoxon com nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 6226 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2020 - 12/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ GOULART CAETANO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A fissura labial e/ou palatal é a malformação congênita da região crânio facial mais comum. Segundo informações do Ministério da Saúde, no Brasil é estimado que 1 a cada 650 bebês nascidos vivos é portador desta deformidade.As alterações causadas pela fissura não implicam somente a estética, atingem também o âmbito emocional e funcional do indivíduo. O comprometimento da função de alguns sistemas e sentidos do organismo está ligado a extensão da deformidade, os indivíduos portadores da fissura que atinge lábio e palato apresentam alterações na funcionalidade do sistema estomatognático, aparelho fonador, alterações auditivas e respiratórias. O presente estudo tem o objetivo verificar a incidência e prevalência de casos de fissuras labiais e palatais na região de Presidente PrudenteSP nos últimos 10 anos. Para tanto trata-se de uma pesquisa epidemiológica de campo, de caráter qualitativo e quantitativo descritivo retrospectivo.A amostra será composta por pacientes de uma Associação de Fissurados do interior do estado de São Paulo, tomando como referência o levantamento de dados em prontuários, entre os anos 2008 e 2018.Como instrumento de coleta será utilizado um protocolo para coletar os registros sobre histórico gestacional, nascimento, problemas de saúde geral, cirurgias e atendimentos fonoaudiológicos realizados nos prontuários. Os dados coletados serão analisados para caracterizar o perfil epidemiológico, a fim de analisar o padrão de indivíduos com fissuras lábias e/ou palatais. Os resultados serão apresentados em tabelas e gráficos para melhor visualização dos resultados. As análises dos resultados serão realizadas por intermédio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais.

Protocolo: 6061 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2020 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAMIRES RODRIGUES MARCOS
ALANA KAIRA QUIRINO DOS SANTOS
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
O número de atendimentos de emergência elevou-se nos últimos anos em Presidente Prudente, no ano de 2018 foram realizados 18mil atendimentos. O suporte de emergência é rápido e utiliza sirenes, na qual é diretamente a maior fonte ruidosa que a equipe profissional é exposta. O excesso de ruído dificulta a realização de tarefas que exigem concentração, desempenho físico e atenção. O ruído gera perturbações no sono, que propicia o estresse diário, aumento de pressão arterial e ansiedade. O presente estudo visa descrever os níveis de pressão sonora a que os trabalhadores estão expostos durante a sua jornada de trabalho, investigar a prevalência da perda auditiva e as características audiométricas em dos profissionais expostos. Trata-se de um estudo retrospectivo. A amostra populacional será constituída de 30 profissionais do atendimento móvel de emergência da cidade de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, de ambos os sexos e idades acima de 18 anos. A análise será feita no ambulatório de Audiologia do Centro de Referência de Saúde do TrabalhadorRegional de Presidente Prudente (CEREST-PP), e serão coletados nos prontuários os resultados de medições do nível de ruído do ambiente, realizadas no ano de 2019 em ambulâncias em funcionamento, observação de um questionário aplicado aos participantes contendo dados sobre: queixas auditivas, história médica e otorrinolaringológica, histórico ocupacional e hábitos de vida e posteriormente serão coletados os resultados das avaliações audiológicas realizadas em frequências convencionais.

Protocolo: 6046 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2020 - 12/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELLI VIEIRA DIAS GOMES
LEANDRO VIEIRA GOES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Introdução: A literatura aponta que o aparelho de amplificação sonora individual é um dispositivo eletrônico que tem como principal função à amplificação dos sons da fala e ambientais, além de possibilitar atenção do usuário aos sons de perigo e alerta. Objetivo: descrever o perfil epidemiológico e auditivo de usuários de aparelho de amplificação sonora individual atendidos em um serviço do setor privado. Métodos: trata-se de um estudo retrospectivo, descritivo, cuja coleta dos dados será feita mediante análise dos prontuários de usuários de próteses auditivas, atendidos entre os anos de 2017 a 2018, em um Centro Auditivo localizado no Interior do Estado de São Paulo. Os dados a serem coletados nos prontuários serão: idade, sexo, escolaridade, atividade ocupacional, tempo de instalação da perda auditiva (pré ou pós-lingual), tempo de adaptação das próteses auditivas, tipo e grau de perda auditiva, traçado audiométrico, uso prévio ou não de próteses auditivas, tipo de próteses auditivas, tecnologia, tipo de moldes auriculares, método prescritivo regra a seleção da saída máxima. Após a coleta, os dados serão tabulados em planilha no Excel® e analisados por meio da estatística descritiva. Além disso, os prontuários dos participantes serão analisados levando em consideração a faixa etária e, divididos de acordo com a classificação da Organização Mundial da Saúde (2010), formando cinco grupos: pré-escolares e crianças até os 12 anos de idade, adolescentes de 13 a 18 anos de idade, adultos jovens de 19 a 44 anos de idade, meia-idade de 45 a 60 anos e idosos com mais de 60 anos.

Protocolo: 5822 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 5/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS SIMOES DE AZEVEDO PATUSSI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O potencial evocado auditivo de tronco encefálico compreende em uma avaliação eletrofisiológica do sistema auditivo sendo realizado para verificar a integridade do nervo auditivo e do tronco encefálico, além de predizer o limiar eletrofisiológico. A variação das latências e interlatências das ondas dos potenciais vão de acordo com a população avaliada, faixa etária, presença ou não de perda auditiva, equipamento utilizado, entre outros. É importante que cada serviço de atendimento clínico realize a calibração biológica do equipamento utilizado. Desta forma, o presente estudo terá como objetivo caracterizar os achados dos potenciais evocados auditivos de tronco encefálico em indivíduos normo-ouvintes, a fim de realizar a normatização dos padrões das latências absolutas I, III e V e das latências interpicos I-III, III-V e I-V. Para tanto, o presente estudo retrospectivo será realizado mediante analise de prontuários de pacientes atendidos em uma Clínica de Atendimento Especializado em Otorrinolaringologia e Fonoaudiologia do interior do Estado de São Paulo, no período de 2009 a 2018. Serão incluídos para analise os prontuários de pacientes com idade superior a 18 anos, quem apresentem limiares auditivos convencionais até 25 dBNA e com normalidade do sistema tímpano-ossicular. Após a coleta serão analisados por meio da média e desvio padrão os valores absolutos das latências I, III e V, bem como o interpico das latências I-III, III-V e I-V. Para a comparação das médias será aplicado o teste estatístico T de Student, com nível de significância de 5 (p < 0,05).

Protocolo: 5751 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 4/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIUSKA GABRIELLE DOS SANTOS CAMARINI
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A Sífilis pode ser classificada em adquirida, congênita e gestacional. Não há vacinas para prevenir sua infecção, portanto o diagnóstico e tratamento tornam-se fundamentais para o seu controle, além de notificações no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN) para mapeamento e estatística dos casos. Para que sejam propostas medidas resolutivas na prevenção, diagnóstico, vigilância e tratamento adequados são necessárias avaliações locais ou regionais para que os casos de sífilis adquiridas sejam levantados, uma vez que com a mudança dos critérios de notificação de sífilis em gestantes, a cobertura para as sífilis possa ficar muito abaixo da real situação local. Para tanto, o presente estudo objetiva avaliar o perfil clínico-epidemiológico e a distribuição espaço-temporal dos casos diagnosticados de Sífilis Adquirida na última década na região que compõe a área de abrangência da Rede Regional de Atenção à Saúde - RAAS XI que abrange o Departamento Regional de Saúde de Presidente Prudente, que é composto pelas seguintes Regiões de Saúde: Alta Paulista (12 municípios), Alta Sorocabana (19 municípios) Alto Capivari (5 municípios), Extremo Oeste Paulista (5 municípios) e Pontal Paranapanema (4 municípios), totalizando 45 municípios. Trata-se de um estudo retrospectivo e ecológico, utilizando-se dados secundários. Serão selecionados os casos onde as notificações indicaram residência ou local de notificação nos 45 municípios que compõe a região do estudo. Os dados serão retirados no SINAM (O Sistema de Informação de Agravos de Notificação), junto a Coordenadoria de Controle de DoençasCentro de Referência e Treinamento DST/AIDSGerência de Vigilância Epidemiológica e Secretaria Municipal de Saúde de Presidente Prudente para o acesso aos prontuários do serviço Centro de Testagem e AconselhamentoCTA/Ambulatório Médico Municipal SAE, de Presidente PrudenteSP. Serão realizadas análises com relação à Identificação da sazonalidade e construção dos diagramas de controle, distribuição espacial e perfil dos casos. Também serão produzidos mapas temáticos para distribuição espacial e avaliação do perfil dos casos notificados. Para a análise dos dados serão utilizados os Modelo de regressão de Prais-Winsten, Teste de Durbin-Watson, Correlação de Pearson e Modelo auto regressivo.

Protocolo: 5768 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2019 - 8/2022 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
Professor(es): ALBA REGINA AZEVEDO ARANA
ROGERIO GIUFFRIDA
MARCUS VINICIUS PIMENTA RODRIGUES
ANA PAULA MARQUES RAMOS

Resumo:
Os policiais militares possuem atribuições que dependem do uso de armas de fogo. Pela exposição a níveis elevados de pressão sonora, podem vir a desenvolver alte-rações auditivas, tanto progressivas, a perda auditiva induzida por ruído, como ab-ruptas, denominadas trauma acústico. Ambas são lesões de orelha interna e irrever-síveis. O objetivo do presente estudo é medir o nível de pressão sonora, médio e máximo, presentes em ambiente de treino de tiro, em batalhão militar, de acordo com os diferentes tipos de armas de fogo. Para tanto, será utilizado decibelímetro digital Minipa, modelo MSL- 1325, devidamente calibrado, posicionado em pedestal, na altura da orelha do atirador, durante os treinos de tiro, com diferentes armamen-tos. Será feita análise estatística descritiva, com valores de média, desvio padrão, valores máximos medidos, além de comparação entre as diferentes armas, com tes-te de Mann-Whitney, p<0,05.

Protocolo: 5659 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 4/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELIZABETE CRISTINA DINIZ
GABRIELLY DA SILVA PAULA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Os estudos sobre a epidemiologia fazem parte de uma estratégia de políticas públicas, que por intermédio delas, ajudam na formulação de novas técnicas para a resolução dos problemas da saúde. Esse trabalho tem como objetivo caracterizar o perfil epidemiológico de pacientes na fila de espera para atendimento fonoaudiológico e verificar as principais alterações nesses indivíduos. Estima-se a participação de 700 indivíduos de ambos os sexos, de todas as faixas etárias e que estejam aguardando atendimento fonoaudiológico no SUS, os mesmos serão convidados após assinatura do convite feito por meio do TCLE (Termo de consentimento Livre e Esclarecido) e/ou TA (Termo de Assentimento) para crianças e adultos com necessidades especiais. O estudo será realizado em um centro de especialidades de Presidente Prudente-SP, por meio de triagem com protocolo geral adaptado das principais áreas da fonoaudiologia. Seu propósito será a contribuição com dados para os profissionais da saúde em relação às queixas e alterações fonoaudiológicas.

Protocolo: 5640 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 8/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PABLO HENRIQUE GIMENES
MAYLA LUENA LIMA DA PAZ
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Durante o desenvolvimento infantil podem ocorrer atrasos que repercutem de forma desfavorável na vida das crianças, causando alterações fonoaudiológicas que podem ser responsáveis por atrasos e desajustes sociais, dificuldades escolares e de relacionamento interpessoal, com repercussões negativas no desenvolvimento global. Dessa forma o presente estudo tem como objetivo verificar a prevalência das alterações fonoaudiológicas em crianças pré-escolares de uma escola de Educação Infantil de um município do interior do Estado de São Paulo. A amostra será constituída de 150 prontuários de alunos matriculados em uma creche municipal de uma cidade do Interior Paulista. Os participantes serão de ambos os sexos e com faixa etária de 1 a 4 anos e 11 meses submetidos a triagem fonoaudiológica realizada pelos acadêmicos do curso de Fonoaudiologia da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE), no ano de 2018. Neste estudo serão analisados seguintes aspectos: idade, gênero, aspectos cognitivos, aspectos motores e grafêmicos, aspectos da comunicação oral (emissão e recepção), aspecto morfológicos, funcionais e funções do Sistema Estomatognático, meatoscopia. Trata-se de um estudo de campo, retrospectivo onde será realizada a análise qualiquantitativa das alterações encontradas nas triagens dos escolares. Será utilizado para tanto, análise em percentil e o teste não paramétrico de Fisher que é útil quando trabalhamos com variáveis categóricas. O nível de significância aceito para o teste será de 5 relacionado às variáveis contidas no questionário. Ao final do estudo os dados que serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 5694 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2019 - 3/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INDAIA RODRIGUES DA SILVA BORGES
JENEFFER SANT'ANA PEREIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A música, desde os tempos remotos, esteve presente na vida das pessoas. Por conter melodias agradáveis, muitas pessoas, incluindo os músicos, não a consideram como possível causadora de danos à saúde do ser humano, como por exemplo, a perda auditiva induzida por elevados níveis de pressão sonora. Assim, este estudo visa descrever o perfil auditivo de músicos do Oeste Paulista, bem como comparar os achados auditivos conforme o gênero musical e o instrumento utilizado. Trata-se de uma pesquisa descritiva, de campo, com abordagem quantitativa e de modalidade transversal. A amostra populacional será constituída por músicos do Oeste Paulista, com idade superior a 18 anos, que possuam no mínimo um ano de atividade profissional e atuantes tanto em carreiras, solo, duplas ou bandas, independente do gênero musical. Como critério de exclusão, não serão incluídos músicos com idade acima de 40 anos, bem como músicos que possuam além da prática musical, exposição ao ruído produzido por maquinários de empresas e produtos químicos, tais como solventes, asfixiantes, agrotóxicos e tolueno. Os procedimentos para a coleta dar-se-ão pela entrevista fonoaudiológica, meatoscopia, audiometria tonal em frequências convencionais, logoaudiometria e imitanciometria. Após a coleta, os dados serão analisados e comparados entre si, para possível observação e descrição dos achados. Será utilizada a estatística descritiva para a apresentação dos resultados, sendo estes divulgados em literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 5502 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 7/2020 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MERIELI SONCIN RODRIGUES TEIXEIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O conceito de voz normal varia muito, pois a voz humana é o principal meio de comunicação de um individuo com a sociedade. É considerada eufonia a voz saudável e disfonia a voz que não tem o equilíbrio correto, sendo um distúrbio da comunicação humana que dificulta a produção natural e emissão vocal, sendo momentânea ou permanente. Na avaliação, o enfoque principal é analisar a fonte e o filtro, um dos protocolos utilizados para avaliação perceptiva auditiva da voz no Brasil, é a Escala de Avaliação Perceptiva da Fonte Glótica (RASAT). Pessoas com disfonias funcionais e organofuncionais apresentam dores musculares na laringe, ombros, pescoço e região cervical com maior frequência. A escala analógica visual (EAV) vem se tornando um instrumento comum para medir sentidos subjetivos como a dor, ansiedade, náusea, fadiga, dispneia e fome, pois é fácil de administrar, simples para o individuo entender. A fim de reduzir a tensão e dor, a massagem manual com massageadores na cintura escapular é realizada. Outro método de tratamento para tensão muscular utilizado na terapia fonoaudiológica é o Laser de Baixa Intensidade (LBI), com o objetivo de redução da dor, estimulação da cicatrização teci¬dual. Este estudo pretende avaliar a efetividade da terapia a Laser de Baixa intensidade em pacientes disfônicos que apresentam sintomas de tensão cervical. Serão utilizadas 20 pessoas de ambos os sexos e idades entre 18 e 40 anos, das quais 10 participarão do grupo de laser terapia e os outros 10 do grupo controle, recebendo o tratamento através de massagem manual com massageador.

Protocolo: 5374 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 4/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EULLER ALVES DOS SANTOS
GABRIELA TOMAS ARANTES
Professor(es): CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A voz do ser humano é um mecanismo complexo, que pode ser influenciado por diversos fatores, sejam eles extrínsecos ou intrínsecos. Dentre estes fatores podemos encontramos os endócrinos. A influência hormonal atua sobre a nossa voz durante todo o tempo. Para maior entendimento relacionado à função hormonal com influência nas pregas vocais, durante o ciclo menstrual, é interessante entendermos quando e como se manifesta nas mulheres. Neste estudo será feita uma análise vocal comparativa de 45 mulheres, a serem divididas em 3 grupos, que usam, nunca usaram e não usam mais contraceptivos orais, durante o ciclo menstrual. As participantes responderão ao questionário IDV-10 e um questionário próprio das autoras, além disso as vozes serão submetidas a avaliação perceptivo-auditiva (GRBAS) e avaliação acústica.

Protocolo: 5441 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 4/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAQUEL DOS SANTOS NUNES
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Introdução: A voz é um instrumento de comunicação utilizado pelo ser humano com o intuito de transmitir informações e revelar tanto características biológicas, quanto psicológicas. Entende-se como disfonia o distúrbio da comunicação, representado por qualquer dificuldade na emissão vocal que impeça a voz de cumprir seu papel básico de transmissão da mensagem verbal e emocional de um indivíduo. A bandagem elástica tem sido utilizada em disfunções musculoesqueléticas e neuromusculares, promovendo benefícios para o sistema sensoriomotor e a propriocepção; além disso, pode inibir ou ativar musculaturas, reduzir inflamações e diminuir a dor. Objetivo: Este estudo pretende avaliar a efetividade da Bandagem neuromuscular em pacientes disfônicos que apresentam sintomas de tensão cervical, comparando a técnica com massagem manual. Material e métodos: Participarão deste estudo 20 pacientes, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre 18 e 40 anos, divididos em 20 grupos, sendo: 10 pacientes - Grupo Bandagem neuromuscular 10 pacientes - Grupo Terapia manual. Como critério de inclusão: realizar tratamento fonoaudiológico no estágio de Voz na Clínica de Fonoaudiologia da UNOESTE e apresentar sintomas de tensão na musculatura cervical. Cada sujeito terá inicialmente sua voz gravada para posterior avaliação. Após a gravação da voz, o paciente vai responder à questionário do estudo e marcação do nível de dor apresentada em escala analógico-visual. Em seguida, cada grupo receberá a intervenção prescrita, sendo o grupo de terapia manual receberá 30 minutos de massagem com massageadores e técnicas manuais; o grupo de bandagem terá o mesmo procedimento, porém acrescido de aplicação de bandagem neuromuscular na musculatura cervical. Após uma semana o paciente será novamente convocado para comparecer à clínica de fonoaudiologia e realizará novamente a gravação da voz, questionários e marcação de dor em escala analógico-visual, para assim comparar o efeito das técnicas na qualidade vocal e sensação de dor.

Protocolo: 5373 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2019 - 4/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAROLINA SILVA VIANA
YASMIN RODRIGUES PATUCHI
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A voz é um meio de interação mais utilizado pelos seres humanos, está presente desde o nascimento. É uma das expressões mais fortes da nossa personalidade, sendo e é considerada responsável por inúmeras informações contidas em uma mensagem. O que muitas pessoas não sabem é que os hormônios causam interferência na voz, principalmente nas mulheres e outros fatores associados são o seu uso inadequado, a emoção, o estresse e gestação. A presente pesquisa tem como finalidade analisar a qualidade vocal de gestantes e possíveis alterações vocais devido a alterações hormonais atribuídas a essa população. A amostra será composta por 30 gestantes com idade entre 18 anos e 40 anos, à partir do 4º mês de gestação. As participantes serão gestantes acompanhadas pelo serviço de ginecologia e obstetrícia de Unidades Básicas de duas cidades do interior do estado de São Paulo. Para tanto será aplicado um questionário sobre a auto percepção da voz, com o intuito de identificar o conhecimento de cada gestante da própria voz. Logo após as gestantes responderão a outro questionário mais especifico sobre a gestação e a mudança da voz durante esse período. Além disso será realizada a avaliação da frequência fundamental e a gravação da avaliação perceptivo-auditiva da qualidade vocal. As análises dos resultados serão realizadas por intermédio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 5287 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2019 - 12/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAREN MOTOKI DA SILVA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
O leite materno é indiscutivelmente o melhor alimento para o bebê, pelas inúmeras vantagens que traz tanto para a criança quanto para a mãe. Entretanto, um número grande de mulheres não amamentam até o sexto mês devido a fatores desfavoráveis e doenças envolvendo a mãe e o recém-nascido que podem construir obstáculos para a amamentação. O presente estudo tem como objetivo identificar as doenças maternas gestacionais com maior incidência e correlacionar com as dificuldades da amamentação do recém-nascido durante o período de internação hospitalar, comparando com grupo de mães sem histórico de doenças maternas. Trata-se de um estudo descritivo, quali-quatitativo, transversal e retrospectivo. A amostra será composta por dois grupos, controle e estudo, e estima-se selecionar um número de 60 prontuários dos recém-nascidos de mães com e sem histórico de doenças gestacionais durante esse período. Serão incluídos no estudo recém-nascidos com idade gestacional de 38ª a 42ª semanas que necessitaram ou não de intervenção fonoaudiológica para o aleitamento materno durante o período de internação de puérperas que apresentaram ou não histórico de doenças maternas. A partir da amostra selecionada, será realizado uma análise retrospectiva dos prontuários. Espera-se que o presente estudo traga maior conhecimento acerca da relação entre as doenças maternas e a dificuldade no aleitamento materno, bem como a melhoria contínua da prática assistencial realizada pelos profissionais fonoaudiólogos nas maternidades.

Protocolo: 5253 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2019 - 12/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIELI DOS SANTOS RIGUEIRO
CATIELE TERTULIANA DA SILVA RODRIGUES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Elevados níveis de ruído podem levar a alteração progressiva da audição, acompanhada de outros sintomas de lesão da orelha interna, como: vertigem, recrutamento; além de alterações extra-auditivas: cefaleia, insônia, estresse, falta de concentração, entre outros. As casas de shows são ambientes fechados e com tratamento acústico para evitar incômodo aos vizinhos. No interior, os trabalhadores podem estar submetidos a níveis elevados de pressão sonora. O objetivo do presente estudo é medir o nível de pressão sonora em casas de show diante de diferentes modalidades artísticas. Será utilizado decibelímetro devidamente calibrado, Marca Minipa, Modelo MSL 1325. As informações serão analisadas segundo limites máximos obtidos por modalidade artística e estabelecidos valores médios. A partir de então, será realizada comparação entre as modalidades artísticas mediante Teste de Mann-Whitney, com valor de p<0,05. Os resultados serão disponibilizados para o empresário para que possa conhecer o nível de ruído obtido no ambiente pesquisado, a fim de decidir sobre a necessidade ou não de medidas de controle de ruído interno e externo, para melhor conforto acústico dos usuários e para não incômodo da vizinhança.

Protocolo: 5233 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2019 - 2/2020 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA FERNANDES DA SILVA BARBOSA
MIRIA ARIMATEA PEREIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O estudo epidemiológico permite caracterizar o perfil das alterações fonoaudiológicas mais incidentes na saúde pública, e, portanto, torna-se ainda mais importante analisar e compreender tais alterações que se destacam na população. Assim, a presente pesquisa tem como objetivo caracterizar os transtornos fonoaudiológicos apresentados por pacientes atendidos em um centro de especialidades municipal da Secretaria de Saúde de um município do interior do estado de São Paulo, tomando como referência o levantamento de dados em prontuários eletrônicos, entre os anos 2016 e 2018. Como instrumento de coleta será utilizado um questionário para posterior análise de registros de prontuários. Trata-se de um estudo quali-quantitativo, descritivo retrospectivo. Os dados coletados serão analisados para caracterizar o perfil dos participantes do setor público, a fim de analisar o padrão de indivíduos com transtornos. As análises dos resultados serão realizadas por intermédio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 5210 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2019 - 12/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LILIAN COSTA DA SILVA
VANUSA RODRIGUES DE MAGALHAES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Uma das doenças ocupacionais mais comuns nos países industrializados é a perda auditiva. A Perda Auditiva Induzida pelo Ruído (PAIR) no Brasil está entre os principais problemas de saúde dos trabalhadores alocados em ambientes laborais com elevados níveis de pressão sonora, e desta forma a PAIR vem sendo apontada como uma das patologias de mais elevada no ambiente ocupacional Analisar o conhecimento dos trabalhadores de um Frigorífico de Aves sobre o Ruído e o Programa de Conservação Auditiva. Trata-se de um estudo de campo, transversal e de abordagem quantitativa, a amostra será composta de 60 participantes de ambos os sexos com idade acima de 18 anos. Inicialmente será realizada uma conversa informal, individual com cada participante, na sala de audiometria localizada no abatedouro, na qual a pesquisadora irá explicar o objetivo da pesquisa no ambiente de trabalho do próprio trabalhador, em seguida, será entregue aos participantes da pesquisa para ser assinado o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, que assegura os direitos de participantes voluntários na pesquisa, assim como o anonimato do mesmo. O instrumento de coleta será um questionário elaborado pela pesquisadora, contendo questões fechadas, aplicadas em trabalhadores de um frigorifico de aves sobre o conhecimento do ruído e Programa de Conservação Auditiva. O questionário será aplicado individualmente com cada participante, após conversa informal com o mesmo antes da jornada de trabalho do colaborador, onde a pesquisadora estará presente para sanar dúvidas. As análises dos resultados serão realizadas por intermédio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05).

Protocolo: 5242 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2019 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): RAFAELLY COURA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A poluição sonora é considerada um problema de saúde pública e um dos grandes males destes últimos tempos. O ruído é um agente físico definido por "poluição sonora não desejada", "conjunto de sons, frequências desagradáveis ao ouvido." que acomete a audição causando perda auditiva, quando os níveis são excessivos. A principal perda auditiva hoje encontrada no ambiente de trabalho sem dúvidas é a PAIR (Perda auditiva induzida por ruídos). O presente estudo pretende apurar qual a prevalência de perdas auditivas existentes na empresa em questão e busca avaliar quais são os tipos de perdas auditivas presentes neste local. Para tal, serão avaliados trabalhadores com histórico de exposição ao ruído ocupacional atendidos no ambulatório da empresa. Busca-se então determinar qual perda auditiva se destaca entre a população estudada. Os dados serão coletados após aprovação do mesmo em um frigorífico de aves situada no Norte do Paraná, Brasil, contemplando 100 trabalhadores.

Protocolo: 5244 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2019 - 12/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): CINTIA RAMALHO ALVES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
O ruído ocupacional é um problema de saúde pública e seus efeitos geram efeitos nocivos à saúde auditiva e geral. Desta forma, faz-se necessário a realização de medições dos níveis de pressão sonora nos espaços internos em que as pessoas estão expostas, uma vez que estudos apontam que a perda auditiva decorrente da exposição ao ruído provoca prejuízos na esfera psicossocial, bem como ao desenvolvimento social e econômico das comunidades e de seus países. Assim, pretende-se com o presente estudo mensurar os níveis de pressão sonora (NPS) gerados em uma cozinha de restaurante localizado no interior de São PauloSP. Após aprovação do Comitê Assessor de Pesquisa Institucional da Unoeste, serão feitas mensuração nos espaços internos do restaurante localizado no interior do Estado de São Paulo em três horários distintos, antes do funcionamento, durante o atendimento ao cliente e após o término de funcionamento, por um período de cinco dias (segunda e sextafeira) e com o auxílio de um decibelímetro devidamente calibrado, utilizando a escala fast em decibel ponderados em A. Os dados coletados serão analisados pela estatística descritiva e para a comparação das médias a serem obtidas serão utilizado o Teste T de Student, com nível de significância de 0,05 (5).

Protocolo: 5028 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2018 - 11/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): WALTER GABRIEL RIBEIRO ALVES
LARISSA ALVES SOARES
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A evolução científica na área da saúde destaca a necessidade de uma nova visão, para os perigos enfrentados por pacientes e profissionais da área da saúde relacionados às infecções. O presente trabalho tem como objetivo, apresentar informações relevantes sobre a correlação da presença dos principais agentes causadores das otites externas e o uso de aparelhos auditivos. A má higienização do molde e ineficazes orientações dos profissionais da área da saúde podem acarretar infecções de orelha, causando desconforto auricular em pacientes usuários de Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI). A fim de quantificar a prevalência das bactérias Staphylococcus aureus e Streptococcus pneumoniae, as mais frequentemente descritas como causa das otites média e externa. Serão analisados 10 indivíduos usuários de AASI, independente da idade, do tipo e grau de perda auditiva, que usam o mesmo aparelho há mais de quatro meses e 10 indivíduos diretamente envolvidos ao atendimento da clínica de fonoaudiologia que usam o mesmo fone de ouvido há mais de 4 meses, com o intuito de determinar se são colonizados por estes agentes, através do cultivo de amostras coletadas por meio de swab estéril e inoculadas em meio de cultura com posterior identificação do agente isolado e determinação da sensibilidade aos antimicrobianos, com a finalidade de melhorar a qualidade de vida dos indivíduos usuários de AASI discutindo a forma de prevenir a propagação do agente,. O fim almejado é que a pesquisa sirva para os atuais e futuros profissionais da área da saúde, interessados pelo tema, justificando assim o esforço, tempo e trabalho dedicado para que tudo ocorra de maneira satisfatória com a finalidade de agregar conhecimento aos profissionais da área.

Protocolo: 5202 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2018 - 12/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JACQUELINE ISABELLI NASCIMENTO CABRAL
MAYLA LUENA LIMA DA PAZ
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
LEONILDA CHIARI GALLE
VALERIA CATANELI PEREIRA

Resumo:
Os secadores de cabelos são eletrodomésticos de uso rotineiro, além do uso em ambientes profissionais e são equipamentos com elevada produção de pressão sonora. O presente estudo tem por objetivo mensurar o nível de pressão sonora gerado por secadores de cabelo, tanto de uso doméstico como o de uso profissional, a fim de se verificar a possibilidade de efeito causal com alterações do sistema auditivo. Serão avaliados 40 (quarenta) aparelhos secadores de cabelo, de diferentes marcas e modelos, descritos de acordo com suas respectivas especificações do fabricante, principalmente quanto à potência [Watts] e provável notificação de geração de ruído intenso. Para medição, será utilizado um decibelímetro digital, modelo MSL- 1325 e marca Minipa, devidamente calibrado. As informações serão analisadas segundo limites máximos obtidos por equipamento e os valores médios. A partir de então, será realizada comparação entre os diferentes equipamentos e considerada a classificação uso doméstico e uso profissional, mediante Teste de Mann-Whitney, com valor de p<0,05.

Protocolo: 4796 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2018 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALEX SANDER SANTOS DA SILVA
ERICA FARIAS SILVA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O ruído pode ser qualquer sensação sonora indesejável e não apenas ausência na qualidade do som. O som que é confortável para uma pessoa pode não ser para outra, gerando um desconforto auditivo. Além disso, os problemas ocasionados pela exposição contínua ao ruído podem desencadear desde estresse até alterações auditivas permanentes. Por esse motivo, o presente estudo terá por objetivo analisar o nível de pressão sonora em uma praça central de uma cidade no interior do Mato Grosso do Sul. Neste trabalho serão analisados os níveis de pressão sonora gerados em uma praça, em diferentes horários. A coleta será realizada por meio do aparelho decibelímetro digital da marca Akso modelo Ak824, devidamente calibrado segundo as normas NR15. As medições serão realizadas no centro da praça, em períodos de maior e menor pico, no decorrer de uma semana, em dias úteis e final de semana, compreendendo os horários de início da manhã (8h), meio da manhã (10h), horário de almoço (12h30), meio da tarde (15h30) e fim de tarde (18h). Após a coleta dos dados, será realizada uma análise estatística qualitativa nominal e quantitativa descritiva dos dados. Para a verificação de diferenças entre as medições do ruído urbano, nos períodos e dias será utilizada a Análise de Variância (ANOVA) e em caso de diferença significativa, as médias serão comparadas pelo teste de Tukey a 5 de significância (p<0,05). As análises estatísticas foram realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 4638 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2018 - 1/2019 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): ANGELA MOREIRA DIAS FERREIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A Respiração é a uma função vital do ser humano, sendo desenvolvida logo no início da vida. A forma correta da respiração é a nasal, pois o ar precisa ser filtrado e aquecido até chegar aos pulmões. Ao surgir desvios nessa respiração, o indivíduo começa a adquirir a respiração oral, ou mais conhecida como síndrome do respirador oral, síndrome obstrutiva e ou síndrome da face longa. Essa Síndrome causa diversas adaptações, tanto anatômicas como fisiológicas, interferindo na saúde do portador e no desempenho das atividades sociais do dia a dia, principalmente quando é criança, pois pode interferir no desenvolvimento escolar. Portanto, o trabalho do fonoaudiólogo é fundamental para devolver o padrão respiratório correto, corrigindo as adaptações de musculatura, postura e possibilitando o indivíduo capaz de desenvolver seu desempenho durante o dia. A presente pesquisa tem como objetivo proporcionar um novo recurso terapêutico, verificando sua eficiência ao utilizar bandagem em portadores da síndrome do respirador oral. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, de campo, exploratório e quali-quantitativo. Os participantes serão de ambos os sexos, com faixa etária compreendida entre 10 e 40 anos. Os critérios para inclusão dos participantes será: ser respirador nasal e oronasal. Os participantes serão divididos em dois grupos: G1em tratamento fonoterápico convencional de motricidade orofacial; G2 em tratamento fonoterápico com o uso de bandagem elástica terapêutica. Primariamente ambos os grupos irão responder um questionário básico de hábitos diários e avaliação fonoaudiológica específica de motricidade orofacial. Na sequência será realizada a avaliação do sistema estomatognático. Após a avaliação, o G1 iniciará o tratamento convencional e o G2 o tratamento por intermédio de bandagem durante 1 mês. Após o tratamento serão aplicados os questionários e a avaliação para a verificação de alterações do quadro clínico e hábitos diários. As estatísticas descritivas a serem utilizadas para as diversas variáveis serão: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Para a análise estatística entre as variáveis obtidas na coleta de dados será utilizado o teste t-student para a avaliação de cada variável obtida. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 4474 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUANA MARQUES LODRON
JESSICA DOS SANTOS NUNES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O ruído é um som indesejado que pode causar diversos sintomas na população em geral, principalmente nos trabalhadores. Estudos comprovam que o trabalhador exposto ao ruído acima de 85 dB por 8 horas diárias de trabalho podem adquirir uma perda auditiva induzida por ruído, conhecida como PAIR, sendo uma perda irreversível. Para tanto, o presente estudo tem como objetivo identificar o conhecimento dos trabalhadores alocados em uma prefeitura no interior do estado de São Paulo sobre os efeitos nocivos do ruído em sua audição e promover a saúde auditiva por intermédio de oficinas educativas. Estima-se a participação de 30 trabalhadores de ambos os sexos com idade acima de 18 anos, funcionários de uma prefeitura municipal do interior do estado de São Paulo. Inicialmente será aplicado aos funcionários um questionário sobre o ruído, com o intuito de identificar o conhecimento de cada trabalhador. Após a análise desses dados, serão agendados encontros semanais para o desenvolvimento das oficinas educativas, durante um mês com esses trabalhadores participantes da pesquisa a fim de promover a saúde auditiva. Ao término das oficinas educativas, será aplicado o mesmo questionário novamente. Os dados desse questionário serão analisados para verificar se houve uma evolução do conhecimento e conscientização dos trabalhadores após a realização das oficinas educativas. As análises dos resultados serão realizadas por intermédio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). Em seguida será estatística inferencial, teste t-Student, para dados pareados, mesma população, antes e depois da jornada de trabalho, para observação de mudanças na mesma. As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 4473 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 10/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): NAIARA RODRIGUES BASTOS
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Atualmente é possível observar que o número de pessoas que utilizam sua voz como instrumento de trabalho é cada vez maior, mas nem sempre os profissionais que fazem o uso da voz como sua principal ferramenta de trabalho a utiliza de maneira correta. O objetivo deste estudo será comparar a qualidade vocal de professores atuantes na rede ensino. Participarão deste estudo 80 professores divididos em quatro grupos, 20 professores atuantes no ensino de educação infantil, 20 professores atuantes no ensino fundamental, 20 professores atuantes no ensino médio e 20 professores atuantes no ensino superior. Os participantes serão de ambos os sexos, com faixa etária de 20 a 40 anos. Os critérios para exclusão dos participantes serão: ser fumante e não lecionar nos ensinos acima descritos, no momento da coleta. Os participantes da pesquisa deverão responder um questionário relativo às queixas e hábitos vocais na rotina diária e em seguida responderão um questionário de Qualidade de vida em voz (QQV). Será realizado também o procedimento de gravação dos sinais da voz em uma sala silenciosa. Essas gravações serão analisadas pela fonoaudióloga responsável pela pesquisa. Os resultados deste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos e as estatísticas descritivas a serem utilizadas para as diversas variáveis serão: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Para comparar os resultados do questionário QVV, GRBAS e análise acústica entre os grupos de professores estudados, será utilizado o teste T, com nível de significância de 0,05 e o teste de Kappa será utilizado para a análise estatística da confiabilidade da avaliação perceptivo-auditiva, para tanto serão repetidas 20 das vozes.

Protocolo: 4429 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2018 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELLE MARTINS AMARO
JOIRA LOPES CLAUDINO
Professor(es): LILIAN FRANCISCO ARANTES DE SOUZA
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A inclusão de alunos com necessidades especiais no ensino regular tem se intensificado ultimamente no Brasil, o que tem revelado a necessidade de promoção de conhecimento dos envolvidos sobre um leque de informações relativas às deficiências, dentre elas, a auditiva. As perdas auditivas são definidas como redução ou ausência da capacidade de ouvir determinados sons, e pelo menos dez milhões de brasileiros sofrem de surdez, sendo considerada a segunda deficiência mais comum no Brasil. O presente estudo terá por objetivo verificar o conhecimento que os acadêmicos de um Curso de Pedagogia têm sobre a deficiência auditiva, bem como sobre a inclusão do deficiente auditivo na escola regular. Para tanto, estima-se a participação de 60 acadêmicos concluintes de um Curso de Pedagogia de uma Instituição de Ensino Superior, de ambos os sexos, com faixa etária acima de 18 anos. A coleta dos dados dar-se-á pela aplicação de um questionário contendo questões sobre o perfil sociodemográfico da amostra, o conhecimento sobre a deficiência auditiva/surdez, sendo este questionário aplicado de forma direta e em conjunto fechado. Os resultados obtidos serão tabulados e analisados qualitativamente e quantitativamente, pela análise descritiva e apresentados em forma de gráficos e tabelas para melhor visualização.

Protocolo: 4441 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LIZANDRA SILVA SOUZA
BRUNA TELES MARQUETTI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A incidência da perda auditiva adquirida ao nascimento e no período pré-natal é bastante significativa. Por esse motivo, foi implantada, no Brasil, uma Lei Federal que tornou obrigatória a realização do Teste da Orelhinha em todos os neonatos antes da alta hospitalar, a partir de 2010. Apesar da obrigatoriedade, ainda se observa falta de conscientização quanto ao assunto, tanto por parte dos profissionais da saúde quanto das gestantes. Assim, após aprovação do Comitê de Ética em pesquisa e do Comitê Assessor de Pesquisa Institucional da Universidade do Oeste Paulista, pretende-se verificar o conhecimento dos profissionais de saúde, tais como os médicos obstetras, pediatras e enfermeiros, bem como de gestantes sobre a audição e a detecção precoce da perda auditiva. Trata-se de uma pesquisa de campo que estima a participação das gestantes que fazem acompanhamento pré-natal nas Unidades Básicas de Saúde de uma cidade do interior do Estado de São Paulo entre o período de agosto a dezembro de 2018, bem como a participação dos profissionais da saúde envolvidos com o período neonatal, como médicos obstetras, pediatras e enfermeiros que exercem suas atividades ocupacionais no local em que será realizada a pesquisa. O material para a coleta dos dados compreenderá em dois questionários, um destinado aos profissionais da saúde e outro às gestantes, compostos por questões abertas e fechadas referente à temática. Após aplicação dos questionários será proferida uma palestra às gestantes com o tema: "Perda Auditiva na Infância: implicações e importância do diagnóstico precoce", com a finalidade de orientação e disseminação de conhecimento para a população. Os dados coletados serão tabulados e analisados de forma qualitativa e quantitativamente. O estudo qualitativo será apresentado pela análise do discurso e a quantitativa será apresentada de forma descritiva, em valores absolutos e em porcentagens para melhor visualização dos dados.

Protocolo: 4421 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2018 - 3/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYRA RAMOS PEREIRA
ROSIANE DOS SANTOS
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O corante tartrazina trata-se de um pó amarelo, aditivo alimentar encontrado em sucos artificiais, gelatinas, sorvetes, refrigerantes, gelatinas, geleias, iogurtes, medicamentos e entre outros. Várias são as reações adversas a este corante, bem como, asma, bronquite, náuseas, outras substâncias químicas como gentamicina, cisplatinos e agrotóxicos levam a reações adversas semelhantes ao corante, mas incluem a ototoxicidade. O objetivo do estudo é avaliar as possíveis alterações histológicas da orelha interna, bem como cóclea e células ciliadas externas em ratos Wistar decorrentes do consumo do corante tartrazina. Para realização do presente estudo a metodologia será dividida em duas etapas, a primeira etapa será a administração por gavagem de água para o grupo-controle 20 ratos (10 machos e 10 fêmeas) e da administração por gavagem de corante tartrazina para o grupo-teste 20 ratos (10 machos e 10 fêmeas) por 10 meses. A segunda etapa será a análise histológica da orelha interna, e suas devidas estruturas.

Protocolo: 4343 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAREN MOTOKI DA SILVA
ARIELI DOS SANTOS RIGUEIRO
GABRIELA HARO DE MELO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
Alguns aspectos como aparência, aroma, sabor e textura, que por muitas vezes, sobrepõe ao valor nutricional dos alimentos, faz com que as indústrias se dediquem ao desenvolvimento de aditivos como o corante tartrazina para melhor conservação e aspecto do alimento, conquistando cada vez mais o mercado consumidor. A tartrazina, também está presente em formas farmacêuticas de medicamentos, como o comprimido de dipirona e o paracetamol em gotas, sendo um excipiente farmacêutico responsável por produzir inúmeras reações adversas à medicamentos. Várias alterações orgânicas são atribuídas a este corante como alergia, inflamação do trato gastrointestinal e nefropatia. Pouco se conhece sobre as repercussões na audição de indivíduos expostos a tartrazina. Para isto, analisar-se-á os efeitos decorrentes do uso de corante amarelo tartrazina em ratos Wistar na ação mecânica das células ciliadas externas por meio dos achados das emissões otoacusticas evocadas. Serão utilizados quarenta ratos Wistar, divididos em dois grupos, controle e teste, este último receberá por gavagem solução aquosa de amarelo tartrazina 7,5mg/Kg diariamente por quarenta semanas. Após este período empregar-se-á a técnica de Emissões Otoacusticas Evocadas por estímulos Transientes (EOATE) e por Produto de Distorção (EOAPD), que será mensurado por intermédio do equipamento eletroacústico da marca Ötodynamics e modelo ILO 292V6. Para avaliação comparativa dos resultados (grupo-teste vs grupo-controle) serão utilizados os testes estatísticos; Análise de Variância com o teste "a posteriori" de Tukey ou Dunnett, e o teste de Kruskall-Wallis, com o teste "a posteriori" de Dunn, dependendo das características de cada variável. Será considerado como nível de significância estatística o limite de 5 (p<0,05).

Protocolo: 4251 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 11/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TALITA DOS SANTOS VERONA
WEDSON MARCOS DOS SANTOS RAMOS
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
O Transtorno do Espectro Autista (TEA) é uma síndrome comportamental causada por uma desordem complexa no desenvolvimento do cérebro. Tem como características dificuldade na comunicação social e comportamentos repetitivos, alguns casos apresentam incapacidade de se relacionarem com outras pessoas, distúrbios de linguagem, resistência ao aprendizado e não aceitam mudanças de rotina. Objetivo: Este estudo tem como objetivo identificar a atuação fonoaudiológica e os métodos utilizados na terapia de indivíduos autistas, e esclarecer as possíveis causas que tem cooperado no aumento da incidência do TEA (Transtorno do Espectro Autista). Metodologia: A amostra será constituída de 30 profissionais liberais fonoaudiólogos que realizam atendimentos de pessoas com TEA em seus consultórios. O instrumento da coleta será constituído por questionário elaborado pela própria pesquisadora sobre o conhecimento dos profissionais participantes do estudo acerca das manifestações, diagnóstico e atuação dos fonoaudiólogos no tratamento de pessoas com TEA. O questionário será composto de questões abertas e fechadas e será disponibilizado via plataforma online, cujo link será disponibilizado por meio de redes sociais em páginas de Fonoaudiologia. Os fonoaudiólogos que decidirem participar assinarão eletronicamente o Termo de Consentimento Livre EsclarecidoTCLE, onde será explicado sobre o funcionamento da pesquisa e as orientações sobre a realização da mesma, bem como o objetivo do estudo que confirmará sua participação. Ao Final do estudo, os resultados serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 4279 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA DELVECHIO
CAROLAYNE OLIVEIRA SILVA DE PAULA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Na educação é fundamental o conhecimento, de professores e alunos na graduação de Pedagogia e Letras, sobre o desenvolvimento de linguagem das crianças, tendo como intuito melhorar o desenvolvimento da linguagem de seus alunos. O educador tendo as informações sobre crianças com o Distúrbio Especifico de Linguagem (D.E.L) conseguirá identificar com facilidade suas manifestações e assim, desenvolver estratégias práticas pedagógicas que possibilite um melhor desenvolvimento dos aspectos alterados nas crianças com D.E.L. O presente estudo tem como objetivo analisar e identificar o conhecimento de professores e alunos em graduação de letras e Pedagogia sobre o D.E.L em crianças da rede pública e privada de uma cidade do interior paulista, bem como levantar os métodos de trabalho que são realizados pelos professores para as crianças que apresentam este distúrbio. Trata-se de uma pesquisa de campo, de caráter transversal, cuja a amostra será constituída de 60 participantes de ambos os sexos com faixa etária variando de 18 a 60 anos, sendo 30 participantes professores do ensino fundamental de escolas públicas e particulares do município de Presidente Venceslau, e 30 participantes alunos do ensino superior que estejam matriculados no sétimo e oitavo período dos cursos de graduação em Pedagogia e Letras de uma Universidade do Interior Paulista. O instrumento da coleta será constituído por questionário elaborado pela própria pesquisadora sobre o conhecimento do profissionais e acadêmicos participantes do estudo acerca das manifestações, diagnóstico e atuação com escolares que apresentam o D.E.L. Ao Final do estudo, os resultados serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 4216 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRESSA PLAGGE DA SILVA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Introdução: A qualidade de vida tornou-se um conceito amplamente discutido e vem sendo debatido atualmente dentro da área da saúde, podendo ser influenciável tanto na fase infantil como na adulta. A Respiração Oral parece exercer impacto importante na qualidade de vida, principalmente no que se refere aos problemas educacionais, de sono, posturais e alimentares, além de ser uma condição vital para o ser humano. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo verificar a relação entre a qualidade de vida e o modo respiratório, bem como a influência deste no bem-estar físico, emocional e social dos indivíduos que apresentam respiração oral e oro nasal. Métodos: Serão investigados no presente estudo de campo, de caráter transversal, 60 participantes, de ambos os sexos, sendo 20 respiradores oral, 20 respiradores oro nasal e 20 respiradores nasal (normal), com faixa etária entre 15 a 40 anos. Os participantes serão selecionados entre os pacientes de uma clínica escola de Fonoaudiologia do interior do estado de São Paulo. Será utilizado como instrumento de coleta um questionário sobre a Qualidade de Vida validado - o World Health Organization Quality Life - WHOQOL-BREF (WHOQ) versão em português, sendo o protocolo composto por 24 questões divididas nos domínios, físico, psicológico, relações social e meio ambiente, além de duas questões gerais. Os questionários serão analisados de acordo com os escores propostos pelo próprio protocolo, onde os maiores escores correspondem a melhor qualidade de vida, e analisados também de forma descritiva mediante a discussão dos dados. Os resultados serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 4278 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KEMELLI ADRIANA PIMENTEL BATISTA DE ALMEIDA
BEATRIZ CRISTINA BINCOLETO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Existem diversos tipos de neuralgias, a do trigêmeo é a mais conhecida.Sua principal característica é a dor facial recorrente de longa ou de curta duração, de episódios repetitivos, de forte intensidade, sendo mais comum quando atinge o ramo mandibular e maxilar. Muitos pacientes com neuralgia do trigêmeo preferem perder a sensibilidade facial a ter que permanecer sentido dor. Essa perda da sensibilidade pode ocorrer após a cirurgia. O presente estudo tem o objetivo de apresentar reabilitação fonoaudiológica em paciente após cirurgia de compressão com balão e verificar sua eficácia. Trata-se de um estudo de caso de uma paciente que passou pelo procedimento cirúrgico e um ano após a cirurgia apresenta ainda dor ao mastigar, parestesia, hipersensibilidade intraoral, perda da mobilidade dos órgãos fonoarticulatórios e perda da sensibilidade gustativa. Serão utilizados dois métodos para a reabilitação: fonoterapia tradicional, por intermédio de manobras, massagens e exercícios fonoterápicos tradicionais e pelo método de therapytaping, tratando-se da utilização de bandagens para reabilitação. Cada um será aplicado, 3 vezes por semana, com duração de 40 minutos, durante 1 mês consecutivamente e separadamente. Será realizada uma avaliação do sistema estomatognático antes e após cada intervenção para verificar a intervenção mais compatível e de melhor resultado para o caso. O estudo visa ampliar a visão do profissional fonoaudiólogo e neurologista para indicar os pacientes a participar da fonoterapia na reabilitação no pós-operatório na neuralgia do trigêmeo, quando há sintomas como os descritos acima, proporcionando melhor perspectiva de vida no pós-operatório. O estudo será analisado pelos relatos da participante, pela melhora ou piora clínica e por imagens. Os resultados serão apresentados para a participante do estudo, que receberá orientações sobre o seguimento do tratamento fonoterápico.

Protocolo: 4100 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): STELLA MARIA DOS SANTOS
JOSENI XAVIER VALERIO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Todos os dias, diversas pessoas necessitam do transporte publico urbano, tanto para trabalhar, estudar ou até para um simples passeio. O crescimento das cidades torna cada vez mais necessário o uso deste meio de transporte causando certo aumento na demanda do transporte publico urbano. O excesso de ruído por exemplo, perturba o sono e dificulta a realização de tarefas que exigem concentração, desempenho físico e atenção alem de causar estresse. O presente estudo visa descrever os níveis de pressão sonora a que os trabalhadores estão expostos durante a sua jornada de trabalho e investigar a prevalência da perda auditiva e as características audiométricas em motoristas de transportes coletivo. Trata-se de um estudo retrospectivo. A amostra populacional será constituída de 30 motoristas de ônibus de passageiros, da cidade de Presidente Prudente, interior de São Paulo, do sexo masculino e idades acima de 18 anos. No ambulatório de audiologia do Centro de Referência de Saúde do TrabalhadorRegional de Presidente Prudente (CEREST-PP), serão coletados nos prontuários os resultados de medições do nível de ruído do ambiente, realizadas no ano de 2016 em 3 ônibus em funcionamento, observação de um questionário aplicado aos participantes contendo dados sobre: queixas auditivas, história médica e otorrinolaringológica, histórico ocupacional e hábitos de vida e posteriormente serão coletados os resultados das avaliações audiológicas realizadas em frequências convencionais. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3. Os resultados dos exames realizados serão analisados pelo "Teste de Wilcoscon" com p< 0,05, para verificação de igualdade ou não entre as orelhas. Quando houver igualdade entre as orelhas será utilizado o teste de "Mann-Whitney", p<0,05. Se houver diferença entre as orelhas continuará utilizando o "teste de Wilcoscon".

Protocolo: 4107 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2017 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): REGIANE BARBOZA DA SILVA
LIEGE COSTACURTI ALVES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O Sistema endocrinológico é composto por glândulas secretoras de hormônios que controlam as funções biológicas. Diabetes Mellitus tipo 1 é causado por uma destruição autoimune das células &#946; das ilhotas de Langerhans, levando a deficiência total da produção de insulina no indivíduo, sendo necessária a utilização de insulina para controle glicêmico. Obejtivo: analisar a existência e variação de sinais e sintomas auditivos e vestibulares em indivíduos insulinodependentes, de acordo com a medicação utilizada, antes e após a medicação. Material e Método: O presente estudo quali-quantitativo, de campo, observacional, descritivo, longitudinal e prospectivo será realizado após pareceres do Comitê Assessor de Pesquisa da Unoeste e do Comitê de Ética, pela Plataforma Brasil. Ocorrerá em uma Unidades Básicas de Saúde (UBS) do interior de São Paulo. Serão avaliados 60 participantes, de ambos os sexos, com idades entre 18 e 45 anos., divididos em: Grupo Controle: 10 sujeitos hígidos; Grupo 1: 25 participantes com -diabetes mellitus tipo 1 com utilização de insulina NPH/ REGULAR e Grupo 2: 25-diabetes mellitus tipo 1 que utilizam insulina GLARGINA/ ASPARG. Serão orientados a responderem a questionários, de maneira individual, em suas casas, após explicação e orientação: o primeiro questionário será feito antes do uso da medicação e um segundo será respondido 30 minutos após utilizar a insulina, por sete dias consecutivos. Os questionários serão recolhidos para análise, comparando-os a fim de se avaliar as sensações auditivas e a relação com queixas auditivas. Buscar-se-á os medicamentos com menores danos auditivos. O grupo controle de pessoas deverá responder o mesmo questionário cedo, ao acordar e 30 minutos após a ingestão do café da manhã, a fim de verificarmos se existe ou não os mesmo sinais e sintomas relatados pelos pacientes que utilizam a insulina. As informações coletadas serão analisadas mediante estatística descritiva e mediante testes de comparação de informações entre grupos, de acordo com o tempo. Será aplicado Teste t pareado ou ANOVA para variáveis dependentes, uma vez que os dados são não paramétricos, ordinais (leve/moderado/severo) e nominais (sim/não). O nível de significância estabelecido é de 5.

Protocolo: 4209 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ DE OLIVEIRA GHIZZI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O ambiente de um aeroporto é usualmente ruidoso, o que pode vir a ser fator de ocorrência de alterações auditivas conhecidas como perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR). Caracteriza-se por ser neurossensorial, irreversível e progressiva enquanto durar a exposição, iniciando nas frequências altas, sendo, geralmente bilateral e simétrica. O presente estudo tem por objetivo analisar o nível de ruído em pátio aéreo, bem como verificar a percepção que os trabalhadores do local têm sobre sua própria audição. Para tal, após autorização dos órgãos competentes, será realizada medição do nível de pressão sonora existente no pátio aéreo, em diferentes situações de trabalho com as aeronaves. Além disso, após concordância e assinatura de termo de consentimento (TCLE), pretende-se a participação de trinta trabalhadores, de 18 a 40 anos de idade, ambos os sexos, mediante resposta questionário de auto percepção da audição. O benefício direto é o esclarecimento sobre medidas preventivas de cuidados com a audição e caso seja observada alguma queixa, o participante será encaminhado para o setor de Medicina do Trabalho para a conduta médica. A análise estatística será feita através de média e desvio padrão dos valores medidos do nível de pressão sonora, além de limites máximos medidos. Para o questionário, aplicar-se-á Teste de qui-quadrado ao nível de 5 de significância em cada pergunta a fim de se verificar se existe associação entre algumas variáveis consideradas importantes como, idade, tempo de serviço, ocupação e queixas.

Protocolo: 4086 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALICE STEPHANIE DE FREITAS MOREIRA
VITORIA REGIANE DE OLIVEIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR) é uma patologia que aparece aos poucos, de caráter irreversível e acomete as frequências agudas que são responsáveis pela inteligibilidade de fala. A progressão da perda auditiva resulta em dificuldades na comunicação e na socialização. Além disso, o ruído pode causar alterações como a irritabilidade, hipertensão arterial, distúrbios gástricos, entre outros. O presente estudo tem como objetivo analisar os efeitos do ruído na audição de trabalhadores da construção civil e verificar em quais subáreas da construção existe maior incidência de Perda Auditiva Induzida pelo Ruído (PAIR). Serão analisados exames auditivos de 30 trabalhadores que atuam na área de construção civil, de 18 a 40 anos, independente do sexo, expostos diariamente ao ruído. Os exames serão obtidos em prontuários de um Centro de Referência da Saúde de Trabalhadores, CEREST, em um município do interior do Estado de São Paulo. Os prontuários somente serão analisados se houver a autorização prévia do participante, que será contatado para assinatura do TCLE. A análise estatística será feita através de Teste de Exato de Fisher.

Protocolo: 4094 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALICE STEPHANIE DE FREITAS MOREIRA
VITORIA REGIANE DE OLIVEIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Introdução: Atualmente, a ferramenta mais eficaz no tratamento e controle da obesidade mórbida tem sido a intervenção cirúrgica. Na Audiologia são descritas alterações auditivas e vestibulares decorrentes de distúrbios metabólicos e ou hormonais. Objetivo: Avaliar os sinais e sintomas de alterações auditivas e vestibulares no período de pré e cirurgia bariátrica. Material e Método: O presente estudo quali-quantitativo, de campo, observacional, descritivo, longitudinal e prospectivo será realizado após pareceres do Comitê Assessor de Pesquisa da Unoeste e do Comitê de Ética, pela Plataforma Brasil. Serão avaliados 30 participantes, de ambos os sexos, com idade entre 18 e 45 anos, abordados em ambulatório de gastrologia de um hospital, com a autorização prévia do médico responsável e do referido nosocômio, em momento de consulta anterior à cirurgia bariátrica. Os mesmos participantes serão seguidos por um período de seis meses, nos retornos pós-operatórios designados pelo médico, quando também há encontro com a nutricionista responsável pelo caso. Em cada uma das sessões, deverão responder a um questionário sobre a saúde auditiva e vestibular. Caso haja queixas relacionadas ao sistema auditivo/ vestibular, os pacientes poderão ser encaminhados para exames no ambulatório de Audiologia para compreensão do problema e para orientações fonoaudiológicas que visem melhora do quadro. As informações coletadas serão analisadas mediante estatística descritiva e mediante testes de comparação de informações entre grupos, de acordo com o tempo. Será aplicado Teste t pareado ou ANOVA para variáveis dependentes, uma vez que os dados são não paramétricos, ordinais (leve/moderado/severo) e nominais (sim/não). O nível de significância estabelecido é de 5.

Protocolo: 4277 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2017 - 9/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS DE OLIVEIRA BELCHIOR
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A compreensão da mensagem falada é diretamente afetada quando há um som competitivo. Assim, no ambiente escolar devem ser observadas as condições acústicas do prédio, voz do professor, distância entre o professor e os alunos, níveis de ruído de fundo e reverberação para que os sons competitivos não prejudiquem o processo de aprendizagem. OBJETIVO: Analisar o nível de pressão sonora ambiental em salas de aula do ensino fundamental I, em escolas pública e privada a fim de verificar a conformidade ou não com os parâmetros indicados de salubridade para a aprendizagem. MATERIAL E MÉTODO: Será realizada a mensuração do ruído, mediante uso do Decibelímetro Digital, marca Minipa e modelo Msl-1325, devidamente calibrado em três dias alternados no período da manhã e tarde, em salas de aula de uma escola pública e de uma privada. As informações obtidas serão analisadas segundo média, limite máximo e mínimo de nível de ruído e comparados com as referências para o ambiente escolar segundo a norma NBR 10.152/1987, da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se contribuir com a melhoria das condições de educação e de saúde dos envolvidos no processo de aprendizagem escolar, os estudantes e os professores.

Protocolo: 4275 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2017 - 12/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ GOULART CAETANO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A acústica da sala de aula é um item muito importante nas construções de edifícios voltados para o ensino e aprendizagem, pois em condições sonoras desfavoráveis podem prejudicar o desempenho escolar, além de agravar ou comprometer a saúde ocupacional do docente. Objetivo: Analisar o nível de pressão sonora vocal de professores, em uma Universidade, durante o desenvolvimento de aula teórica e prática, e suas alterações, em salas com acústicas diferentes. Material e Métodos: O presente estudo de campo, observacional, transversal e quali quantitativo, o local da pesquisa compreenderá salas de aulas e laboratórios da Universidade. A amostra será composta por 18 professores universitários, ambos os sexos; idades entre 23 e 50 anos, com turno de trabalho de no mínimo quatro horas diárias. Os professores responderão a um questionário sobre saúde geral e sobre atividade laboral. Serão escolhidos dois cursos de cada área dos saberes da Universidade: Exatas, Humanas e Saúde para representação. Para medir o nível de intensidade da voz será utilizado um Decibelímetro Digital, Marca Minipa, Modelo Msl-1325, durante a aula, bem como para medição do nível de pressão sonora do ambiente. Serão analisados valores médios, limite máximo e nível mínimo de ruído. Os valores serão comparados mediante estatística não paramétrica pela natureza dos dados.

Protocolo: 4083 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOYCE MICHELE YOSHIOKA
REBECA MAYARA BARBOSA KOCZICKI
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A voz é o principal meio de comunicação do homem entre si e seu semelhante. Cada voz é única e pode-se identificá-la pela forma com que se usa. O consumo de tabaco é crescente na população. Além do cigarro, entre os jovens, a utilização de narguillé vem sendo constante, causando diversos prejuizos a qualidade vocal e saúde geral. O objetivo deste trabalho é comparar o perfil vocal de usuários de narguillé e cigarro, além de compar com o grupo controle de não fumantes por meio das avaliaçãos perceptivo-auditiva, medidas acústicas, qualidade de vida em voz e queixas e sintomas por meio do questionário estabelecido no estudo. Participarão desta pesquisa 60 jovens-adultos com idade compreendidas entre 18 e 40 anos, de ambos sexos. Os participantes serão subdivididos em 3 grupos contendo 20 pessoas, sendo o primeiro usuários constantes ou habituais do Narguillé, o segundo usuários constantes ou habituais de Cigarro e o terceiro pessoas que declaram nunca terem feito uso de Narguillé, Cigarro ou qualquer outra forma de apresentação do tabaco. O critério de exclusão sera condições gerais de saúde, ausência de histórico de disfonia e/ou alterações laríngeas problemas auditivos e profissão de risco para o desenvolvimento de alterações vocais tais como professor e telemarketing. Será feita a gravação da voz e em seguida a avaliação perceptivoauditiva por meio da escala GRBAS e análise acústica por meio do programa VOX METRIA. Também será aplicado o Questionário de Qualidade de Vida em Voz, índice de desvantagem vocal (IDV-10) e Questionário para estabelecimento das queixas vocais, hábitos e sintomas relacionados à disfonia. Os resultados obtidos no estudo serão analisados estatisticamente.

Protocolo: 4161 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2018 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MACAULAY HENRIQUE DE OLIVEIRA
TAINA GERALDINI SCALCO
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Para a prevenção e reabilitação de disfonias ou alterações vocais podem ser utilizados exercícios vocais, dentre eles estão os exercícios de trato vocal semi-ocluído, estes que têm sido aplicados na prática clínica para a melhora de desempenho vocal. Este estudo pretende avaliar o efeito imediato da qualidade vocal após a execução dos exercícios de trato vocal semi-ocluído com tubos lax vox e finlandês, assim como compará-los. Participarão 80 voluntários, sendo 40 homens e 40 mulheres sem queixa vocal. Serão submetidos a gravação da voz antes e depois de exercícios de trato vocal semiocluído, com tubos LaxVox® e Finlandês®, sendo que serão divididos em dois grupos iguais, de acordo com o sexo e tubo utilizado. Após a realização dos exercícios preencherão questionário de auto-avaliação sobre efeito dos exercícios na voz. As vozes serão analisadas perceptivo-auditivamente pela escala GRBAR e acústicamente pelo programa Vox Metria. O Coeficiente de Correlação de Spearman será utilizado para a análise estatística da confiabilidade da avaliação perceptivo-auditiva, para tanto serão repetidas 20 das vozes. Na comparação estatística dos valores obitdos entre os grupos, será utilizado o teste T. de Student com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 4127 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2017 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAITHE CASTRO ANTUNES MARTINS
GABRIELA TONZAR PARRA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A qualidade de voz no deficiente auditivo é prejudicada no âmbito de controle vocal que necessita do feedback auditivo sendo este limitado ou ausente no deficiente auditivo Este estudo pretende comparar o perfil vocal de deficientes auditivos usuários de próteses auditivas e comparar com indivíduos sem perda auditiva e não usuários de próteses auditivas. Participarão do estudo, 10 deficientes auditivos usuários de próteses auditicas e 10 participantes normo-ouvintes e não usuários de próteses auditivas. Trata-se de um estudo exploratório, de campo, transversal e quantitativo, onde serão gravadas as vozes e analisadas pela qualidade vocal por meio da avaliação perceptivo-auditiva, utilizando o protocolo GRBAS e medidas acústicas da voz, além do programa de análise acústica Vox Metria. Também será aplicado questionário QVV (Qualidade de Vida em Voz). O Coeficiente de Correlação de Spearman será utilizado para a análise estatística da confiabilidade da avaliação perceptivo-auditiva, para tanto serão repetidas 20 das vozes. Na comparação estatística dos valores obitdos entre os grupos, será utilizado o teste T. de Student com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 4110 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2017 - 2/2019 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): EDIANE EDILEUZA LIMA DA SILVA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Para se verificar o nível de ruído no ambiente de trabalho, são utilizados alguns equipamentos como o dosímetro e o decibelímetro, objetivando-se avaliar as condições físicas do ambiente. Rotineiramente são utilizados os decibelímetros como instrumento para a mensuração do nível de pressão sonora no ambiente de trabalho. Com o avanço das tecnologias de informação, muitos aplicativos foram criados, para facilitar e baratear equipamentos utilizados para o trabalho, como é o caso dos decibelímetros digitais. Porém estudos que demonstram a sua eficácia ainda não foram desenvolvidos. Portanto o presente estudo justifica-se por se tratar de uma análise dessas eficiências dos aplicativos de decibelímetros, contribuindo para a utilização de aplicativos desse porte ou mesmo o desuso de tais aplicativos, caso sejam observadas diferenças significativas entre o mesmo e os decibelímetros digitais. Verificar a eficácia de aplicativos de decibelímetros, comparando com valores mensurados em decibelímetro digital. A presente pesquisa será iniciada após aprovação do Comitê Assessor de Pesquisa Institucional (CAPI). Trata-se de um estudo descritivo, transversal e observacional. Os dados serão coletados no Ambulatório de Audiologia do curso de Fonoaudiologia da UNOESTE. Serão realizadas dentro de uma cabine acústica. A medição dos níveis de pressão sonora ocorrerá inicialmente pelo decibelímetro digital, em seguida serão mensurados os níveis de pressão sonora utilizando-se 30 aplicativos de decibelímetros, previamente baixados pelas pesquisadoras. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 3873 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2017 - 11/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CASSIA GABRIELA PINHEIRO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A voz humana é um sinal aperiódico e complexo. Na voz alterada a complexidade do sinal e aperiodicidade é maior, fazendo com que os métodos tradicionais de avaliação acústica fiquem ineficazes para avaliação tradicional uma vez que esses métodos pressuporem a periodicidade do sinal. Assim uma análise humana deste tipo de voz é totalmente inviável e se faz necessário uso de ferramentas computacionais para uma análise precisa e robusta. Inserido neste contexto, o presente projeto visa implementar um software robusto capaz de realizar a Reconstrução do Espaço Fase de sinais caóticos de voz. Para tal implementação será necessário o uso de um amplo ferramental estatístico e matemático, haja visto que a Reconstrução do Espaço Fase é fundamentada sob a teoria do Caos.

Protocolo: 3823 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 8/2018 Programa: PIBIC - Programa Institucional de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): JOAO PEDRO DO CARMO MORATO
Professor(es): HELTON MOLINA SAPIA
DÉBORA GODOY GALDINO
DANILLO ROBERTO PEREIRA

Resumo:
O ruído vem apresentando grande repercussão em estudos e estratégias de saúde, por interferir diretamente na qualidade de vida das pessoas. Um dos locais onde o ruído competitivo deve analisado e cuidado é o ambiente escolar. A aprendizagem necessita ocorrer em ambiente favorável à escuta e à comunicação. A escola envolvida com a Educação Especial desenvolve atividades com alunos que apresentam algum comprometimento cognitivo e o ruído competitivo, que atrapalha estudantes sem dificuldades, certamente deve ser um fator prejudicial para a aprendizagem e para o conforto acústico de todos. Nesse sentido, o presente estudo tem por objetivo medir o nível de pressão sonora presente nas salas de aula e demais espaços físicos de uma Escola de Educação Especial em um município do interior do Estado do Mato Grosso do Sul, a fim de discutir o impacto na qualidade de vida e na saúde dos educandos e dos profissionais envolvidos. A medição será realizada conforme normas da ABNT, mediante Decibelímetro Digital Minipa Msl- 1325, devidamente calibrado, em todas as dependências da Escola e Instituição, em diferentes momentos, com e sem fluxo de indivíduos e equipamentos eletrônicos ligados e desligados. As informações serão socializadas com a direção da Instituição e, independente dos achados, será oferecida à direção a realização de uma oficina com os educandos e profissionais a fim de conhecimento e prevenção auditiva.

Protocolo: 3704 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2017 - 2/2018 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAYS DOS SANTOS TORTOLA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A voz compreende em um papel fundamental para comunicação humana, pois ela se torna a identidade de cada ser, sendo assim tão especial. É possível notar que a voz tem grandes propriedades, pois ela é capaz de direcionar o sujeito a muitos caminhos. Devido ao crescimento deste meio profissional, o Fonoaudiólogo tem como dever acompanhar a rotina desses trabalhadores, e proporciona-los utilização vocal adequada e evolução constante na sua atuação. Assim o presente estudo tem como objetivo levantar os hábitos, queixas, sintomas, rotina vocais, além da qualidade vocal de vendedores do comércio de um Shopping. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, de campo, longitudinal, exploratório e quali-quantitativo. Participarão deste estudo 20 profissionais vendedores de duas lojas de um Shopping no município de Presidente Prudente, os participantes serão de ambos os sexos e com faixa etária entre 18 e 40 anos. Para a coleta de dados será aplicado a cada participante o Protocolo de Qualidade de Vida em Voz e um questionário que aborda questões relacionadas aos hábitos, queixas, sintomas e rotinas vocais, relacionados ao trabalho. As vozes serão gravadas e analisadas por análises perceptivo-auditiva, pelo protocolo GRBAS e acústica pelo programa VoxMetria. Os resultados serão apresentados por meio de estatística descritiva.

Protocolo: 3673 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 1/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARLA LETICIA ESPINDOLA DA COSTA MIRANDA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A voz é o resultado da somatória de características anatômicas, funcionais, de personalidade e da cultura em que o indivíduo está inserido. As demandas profissionais imprimem certas marcas na produção vocal e pode-se identificar as vozes características de determinadas ocupações, como locutores, advogados e religiosos. O pastor evangélico, como profissional da voz, depende de toda a sua capacidade vocal para exercer o ministério, tendo a necessidade de utilizar toda a sua potência vocal e disposição física para pregar a mensagem bíblica. Mediante ao uso incorreto da voz, um diagnóstico tardio pode levar a um tratamento incorreto, resultando em aparecimento ou agravamento de lesões laríngeas. Essas trazem a possibilidade de afastamento das atividades profissionais, possível comprometimento da carreira e, como consequência, impactos negativos em sua qualidade de vida. O objetivo deste estudo é descrever hábitos, queixas e qualidade vocal de pastores evangélicos de igrejas pentecostais. Participarão deste estudo 10 pastores, com idade compreendida entre 18 e 60 anos e de ambos os sexos. Como critério de exclusão será não ministrar cultos evangélicos pentecostais nas igrejas selecionadas. Serão aplicados os participantes um questionário que comtemple hábitos, queixas vocais e aspectos de ministração religiosa, além do protocolo de Qualidade de Vida em VozQVV. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados por meio de estatísticas descritivas em tabelas e gráficos.

Protocolo: 3690 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 8/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FLAVIA TAMIRES MOTA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
O escalpelamento acontece em mulheres ribeirinhas da região Norte, especificamente no Estado do Amapá. A palavra Escalpelamento deriva do Inglês SCALP, deriva da pele, tecido subcutâneo. Com base nos questionários de Motricidade Oral aplicado em trinta mulheres escalpeladas no Estado do Amapá, capital Macapá, sendo a embarcação motorizada é o segundo maior meio de transporte utilizado na região. Tal fato acontece quando o cabelo é enroscado em eixos de motores que ficam descobertos em pequenas embarcações que trafegam nos rios da Amazônia, levando a perca parcial ou total do couro cabeludo e pele do rosto. O objetivo deste trabalho é investigar as queixas de dificuldades funcionais e nas funções estomatognáticas, bem como alterações morfológicas presentes em mulheres após escalpelamento em um município do Amapá. Comporão este estudo 30 mulheres entre todas as faixas etárias, que sofreram escalpelamento parcial ou total por acidente com motor de eixo rotativo de embarcações fluviais. O local a ser estudado será a Associação de Mulheres Ribeirinhas e Vítimas de Escalpelamento da Amazônia (AMRVEA), localizado em Macapá - Amapá. Será aplicado um questionário, com questões fechadas às participantes do estudo e/ou seus responsáveis. As questões serão voltadas à história dos acidentes, saúde geral e dificuldades orofaciais miofuncionais associadas ao escalpelamento. Para a realização deste estudo será utilizado o protocolo de História Clínica do Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial (Marchezan, 2003) adaptado, com o objetivo de coletar dados sobre a alimentação atual, com questões sobre preferências de consistências alimentares, mastigação, respiração, deglutição, sono, saúde respiratória, doenças atuais, medicamentos utilizados, fala e escolaridade. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos para facilitar a análise e a apresentação. As estatísticas descritivas a serem utilizadas para as diversas variáveis serão: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Na estatística entre as variáveis obtidas na coleta de dados de prontuários, será realizado o teste t-student para a avaliação de cada variável obtida. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 3724 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 2/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUANNA NASCIMENTO DA SILVA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A audição é de extrema importância para a comunicação humana, pois desde os primeiros anos de vida direciona o ser humano ao desenvolvimento e controle na aquisição dos fonemas. A deficiência auditiva acarreta vários problemas na comunicação da criança, sendo o atraso na aquisição da fala e a falta da percepção dos sons ao seu redor, um deles. O avanço da tecnologia favoreceu a criação de inúmeros aplicativos computacionais que vem auxiliando profissionais das mais diversas áreas a tornar o trabalho terapêutico mais eficaz. Assim, o presente estudo visa verificar a efetividade a aplicação de um software educativo no processo de reabilitação do deficiente auditivo. Trata-se de uma pesquisa quali-quantitativa, de caráter longitudinal, cuja amostra será composta por cinco participantes com perda auditiva do tipo neurossensorial de grau severo ou profundo e usuários de aparelhos de amplificação sonora individual e/ou implante coclear, de ambos os sexos e entre a faixa etária de 5 a 35 anos. A coleta dos dados será realizada em uma Clínica Escola de Fonoaudiologia vinculada a uma Instituição de Ensino Superior. O material a ser utilizado para a coleta dos dados dar-se-á pela utilizado de um software educativo produzido por um profissional que atua na área da informática e que irá conter estratégias terapêuticas que envolvam trabalhar as habilidades auditivas (detecção, discriminação e reconhecimento). Os procedimentos para a coleta dar-se-ão pela confecção do software, validação do software (estudo piloto), aplicação do software no grupo estudo, sendo esta aplicação realizada 20 minutos no final do atendimento clínico. Serão realizadas 10 sessões com cada participante. Os dados serão analisados estatisticamente de forma qualitativa e quantitativamente. A análise qualitativa será apresentada pela descrição do comportamento auditivo dos participantes em cada sessão, bem como pelos resultados obtidos com a aplicação do software. Já a análise quantitativa permitirá verificar a porcentagem dos erros e acertos em cada teste a ser aplicado. Para comparar os acertos e erros entre os participantes, será aplicado o teste não paramétrico Qui-Quadrado (x2), com nível de significância de 0,05 (5).

Protocolo: 3662 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA ITAMARA DE OLIVEIRA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
DANILLO ROBERTO PEREIRA

Resumo:
Devido ao avanço da tecnologia, torna-se cada vez mais fácil o acesso dos jovens a tocadores portáteis de música, que por meio dos fones de ouvido escutam por um longo período de tempo e em uma intensidade muito elevada, trazendo sérios danos à saúde auditiva. Assim, o presente estudo terá como objetivo analisar o registro das emissões otoacústicas evocadas em usuários de música amplificada com fones de ouvido, antes e após o uso, a fim de verificar a influência do uso dos fones de ouvido na ação mecânica das células ciliadas externas. Trata-se de uma pesquisa de campo, de caráter descritivo, cuja amostra será composta por 30 jovens usuários de fones de ouvido de ambos os sexos, entre a faixa etária de 18 a 25 anos. Inicialmente, todos os participantes serão submetidos à avaliação audiológica básica, composta pela audiometria tonal e vocal e imitanciometria. Caso apresentem limiares auditivos até 25 dBNA e normalidade do sistema tímpano-ossicular, serão submetidos ao exame das Emissões Otoacústicas Evocadas, antes e após 1 e 2 horas de uso. Os resultados obtidos serão tratados por meio de estatística simples, utilizando valores máximos, mínimos, médios e desvio padrão. Para a comparação das médias dos resultados obtidos com o registro das emissões otoacústicas evocadas, antes e após o uso dos fones de ouvido, será utilizado o teste estatístico Qui-quadrado e T-Student, quando pertinentes, bem como o teste não paramétrico de Mann-Whitney, com o nível de significância de 5 (0,05).

Protocolo: 3660 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALEXANDRA ELLEN DE ALENCAR NORONHA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Apesar dos estudos evidenciarem elevados níveis de pressão sonora presentes no ambiente escolar, ainda há uma carência de estudos que demonstrem o conhecimento da população inserida nesse ambiente educacional sobre os efeitos do ruído na saúde auditiva e geral. Assim, o presente estudo tem por objetivo mensurar o nível de pressão sonora presente em uma escola localizada no interior do Estado de São Paulo, e caracterizar o impacto do ruído na qualidade de vida de funcionários alocados neste ambiente laboral. Trata-se de um estudo de campo, de caráter descritivo, cuja amostra será composta por 20 funcionários, de ambos os sexos, com idade superior a 18 anos e que exercem suas atividades laborais em uma escola pública de ensino fundamental localizada no interior do Estado de São Paulo. O material para a coleta dos dados compreenderá em um questionário composto por questões que irão abranger o conhecimento dos participantes sobre os efeitos do ruído na saúde auditiva e geral, e investigação dos sintomas auditivos e não auditivos. Além disso, por intermédio de um decibelímetro será mensurado o nível de pressão sonora presente nas salas de aula em horários distintos, bem como será medido o nível de pressão sonora presente no pátio durante as atividades de recreação. Após a coleta, os dados serão analisados quali-quantitativamente e apresentados em valores absolutos e relativos, em forma de gráficos e tabelas. A fim de comparar as médias dos níveis de pressão sonora mensurados nas salas de aula e no pátio será, será aplicado o teste estatístico t-Student, com nível de significância de 5 (p = 0,05).

Protocolo: 3661 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAQUEL IANA VIEIRA DE SOUZA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A relação entre a ansiedade e fatores emocionais podem ser considerados de risco para a saúde vocal, bem como para o corpo e a mente, diferenciando a ansiedade normal da ansiedade patológica que poderá ocasionar em disfonias. A partir das alterações vocais o paciente que já possui o diagnóstico de ansiedade, pode vir a desenvolver outros sérios problemas de comunicação verbal e gestual, além de distúrbios psicológicos e mentais, como depressão, isolamento social e bloqueios psicológicos. O objetivo do trabalho será identificar o padrão vocal de indivíduos com ansiedade, por meio da avaliação perceptivo-auditiva pelo protocolo GRBAS e analise acústica pelo programa Vox Metria. Participarão 20 pacientes, de ambos os sexos e com idades compreendidas entre 20 e 40 anos, diagnosticados e em fase de tratamento para o Transtorno Ansiedade. Será realizada gravação vocal dos indivíduos. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos por meio de estatísticas descritivas.

Protocolo: 3672 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2017 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELIN DE SOUZA SCHEEREN
Professor(es): ROSILÉIA CINTIA FABIAN
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A perda auditiva induzida por ruído ocupa o segundo lugar no ranking de incidência de doenças ocupacionais, acometendo 25 dos trabalhadores expostos ao ruído, sendo os odontólogos inclusos na população de risco devido à exposição às canetas de alta rotação. Assim, o presente estudo tem por objetivo verificar o impacto do ruído na saúde auditiva de acadêmicos de odontologia vinculados a uma instituição do ensino superior. Trata-se de um estudo transversal e descritivo, que será realizado em uma Clínica Escola de Odontologia vinculada a uma Instituição de Ensino Superior, localizada em uma cidade do interior do Estado de São PauloSP. Inicialmente, será realizada a medição de ruído no local para averiguar a existência de risco ocupacional e após a assinatura do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, 30 acadêmicos vinculados à Clínica de Odontologia, com idade entre 18 e 40 anos, de ambos os sexos, serão encaminhados para a realização da avaliação audiológica. Como critério de exclusão não irão participar do estudo acadêmicos que vierem apresentar perda auditiva de outra natureza. A amostra será submetida à meatoscopia, imitanciometria, audiometria de frequências convencionais e de altas frequências, para investigação de efeitos auditivos e aplicação de questionário para observar possíveis efeitos auditivos e não auditivos. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva (valores mínimos, máximos, média e desvio padrão), bem como em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do Qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). Para verificação de igualdade ou não entre as orelhas será utilizado o "Teste de Wilcoscon". Quando houver igualdade entre as orelhas será utilizado o teste de "Mann-Whitney", p<0,05.

Protocolo: 3584 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2017 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GRAZIELA MOIMAS GROSSO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Grande parte dos avanços obtidos na área de Aprendizado de Máquina nas últimas décadas devem-se, principalmente, à utilização, criação e combinação de métodos matemáticos e estatísticos. Inserida neste contexto, esta proposta de pesquisa visa aplicar diferentes metodologias matemáticas pouco exploradas no âmbito de aprendizado de máquina e aprendizado em profundidade visando trazer avanços à área de pesquisa. O projeto será atacado em quatro diferentes frentes, são elas: (i) aplicação de um novo método de otimização no ajuste preciso de parâmetros de métodos de aprendizado de máquina, (ii) utilização de espaços complexos estendidos como quatérnion e octonions em métodos meta-heurísticos de otimização de parâmetros, (iii) aplicação da metodologia de Aritmética Intervalar em aplicações que possuem dependência espacial e/ou temporal; e (iv) utilização do poderoso ferramental do Método de Elementos Finitos para criação de classificadores supervisionados/não-supervisionados. Outros objetivos incluem a orientação e co-orientação de alunos de iniciação científica, mestrado e doutorado.

Protocolo: 3495 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 9/2020 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): DANILLO ROBERTO PEREIRA

Resumo:
Tendo em vista que a voz está intimamente ligada a introspecção do indivíduo, podendo refletir em sua expressão e em sua qualidade, é de grande valia estudar os efeitos que causam no mecanismo da voz. Objetivo: o presente projeto de pesquisa pretende descrever a qualidade vocal de pacientes em pacientes com diagnóstico de depressão. Métodos: Participarão deste estudo 30 pacientes com diagnóstico de depressão, será feita gravações dos sinais de voz através de vogal sustentada, trecho de fala espontânea e contagem de 1 a 15; avaliação perceptiva utilizando a escala GRBAS; análise acústica utilizando o programa VOX METRIA, da CTS informática, também será aplicado um questionário sobre os hábitos vocais; após coletar os dados, será realizada uma análise descritiva para apresentação dos resultados.

Protocolo: 3499 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS ALVES CARVALHO
Professor(es): ROSILÉIA CINTIA FABIAN
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Introdução: O câncer de cabeça e pescoço (CCP) é representado por um grupo heterogêneo de neoplasias malignas. A terapia antineoplásica para tais tumores consiste em cirurgia, quimioterapia e radioterapia, as modalidades terapêuticas podem provocar alterações tais como a mucosite e xerostomia que por sua vez ocasionam modificação das funções miofuncionais orofaciais e, por conseguinte o sistema estomatognático automaticamente terá seus padrões normais alterados, como uma forma de readaptação em funções de padrões atípicos, adaptativos e compensatórios. Por vezes, estas alterações podem provocar prejuízo à qualidade de vida dos pacientes em tratamento por CCP. Objetivo: Este projeto tem o objetivo de verificar os distúrbios miofuncionais orofaciais encontrados em pacientes em tratamento por CCP. Material e Métodos: Este projeto será de caráter observacional, estudo de campo, qualitativo prospectivo, onde será submetido ao Comitê de Ética em Pesquisa (CEP) e Comitê Assessor de Pesquisa Institucional (CAPI) da Universidade do Oeste Paulista de Presidente PrudenteSP. Após a aprovação pelo CEP E CAPI, os pacientes concordantes em participar como voluntários assinarão o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido - TCLE. Serão elencados pacientes em tratamento por CCP há no máximo seis meses no Hospital Dr. Odilo Siqueira - Santa Casa de Misericórdia de Presidente PrudenteSP, no período de setembro de 2016 a agosto de 2017; Será aplicado como método de análise o Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial com Escores Expandido (AMIOFE-E) e determinação das características clinico-epidemiológicas. Resultados esperados: Identificar e descrever os distúrbios miofuncionais orofaciais em pacientes em tratamento de CCP.

Protocolo: 3387 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2016 - 2/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ RENATA LEITE EMIDIO CORREA
Professor(es): CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
DÉBORA GODOY GALDINO
ANDRÉ FELLIPE FREITAS RODRIGUES

Resumo:
As disfunções hormonais que ocorrem nas fases do ciclo menstrual podem resultar no comprometimento da homeostase dos líquidos labirínticos, uma vez que os hormônios agem diretamente nos processos enzimáticos e na atuação de neurotransmissores, resultando em alterações no equilíbrio e audição. Por esse motivo é comum mulheres durante o ciclo menstrual apresentar sintomas físicos e sensoriais, como vertigens, instabilidade motora, zumbido, sensação de plenitude auricular, hipoacusia, algiacusia, cefaléia, inchaço abdominal, nervosismo, irritabilidade, diminuição da memória e outros. Assim, o presente estudo terá como objetivo verificar a influência das fases do ciclo menstrual no registro das Emissões Otoacústicas Evocadas e no Efeito de Supressão em mulheres adultas jovens que não fazem uso de contraceptivos. Estima-se que a amostra seja composta por 30 mulheres jovens, cujos limiares de audição se encontrem dentro dos limites normais (até 25 dBNA). A coleta dos dados dar-se-á pela entrevista fonoaudiológica, meatoscopia, avaliação audiológica e registro das emissões otoacústicas evocadas. Declara-se que o registro das Emissões Otoacústicas Evocadas e do Efeito de Supressão será realizado em cada fase do ciclo menstrual, ou seja, na fase folicular (primeira semana após o início do ciclo menstrual), ovulatória (15 dias após o início do ciclo menstrual) e lútea (25 dias após o início da fase do ciclo menstrual). Os resultados serão analisados estatisticamente de forma descritiva e quantitativa. Será utilizado o teste Qui-quadrado e Teste Exato de Fisher, quando pertinentes, utilizando nível de significância de 5 (0,05).

Protocolo: 3337 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELA CORREIA CARDOSO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A população com idade superior a 60 anos vem crescendo de forma rápida, o que gera maior demanda de institucionalização, devido a fatores demográ&#64257;cos, sociais e de saúde. A Alimentação do idoso merece atenção e cuidados, pois devido à alterações características da senescência, tanto a mastigação como a deglutição podem incorrer em situações de adaptações, por consequência da diminuição do tônus e força da língua, o que influencia na coordenação motora dos movimentos mastigatórios e de deglutição. Assim como base nesses fatores, o presente estudo se justifica com a finalidade de descrever as possíveis alterações miofuncionais, dificuldades nas funções de mastigação e deglutição e reconhecer as consistências alimentares mais aceitas pelos idosos. Para tanto o presente estudo tem por objetivo descrever as possíveis alterações miofuncionais, as dificuldades nas funções de mastigação e deglutição e reconhecer as consistências alimentares mais aceitas pelos idosos. Trata-se de um estudo de campo, de caráter descritivo, cuja amostra será composta por 30 participantes adultos institucionalizados, com idade superior a 65 anos de idade, de ambos os sexos. Serão avaliados os aspectos morfológicos e funcionais do sistema estomatognático e as funções estomatognáticas, por intermédio de protocolo. Como método de coleta será realizado primeiramente uma entrevista composta de perguntas relacionadas à saúde geral, alimentação atual e aspectos da mastigação, deglutição e fonoarticulação do idoso e em seguida, avaliação dos seguintes aspectos: postura, morfologia, tonicidade e mobilidade das estruturas estomatognáticas e o desempenho das funções de mastigação, deglutição e fonoarticulação. Os resultados serão analisados por meio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3

Protocolo: 3317 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUIS CARLOS SUBTIL BISCOLA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O envelhecimento natural do corpo é inevitável, porém nos dias atuais podemos retardar esse processo e assim nos prepararmos melhor para esta etapa da vida, que se inicia ao nascimento. A fonoaudiologia estética vem crescendo ao longo dos anos por tratar não somente a estética facial mas, também as funções (parte motora), estomatognática e articulações. Uma das técnicas usadas é a eletroestimulação transcutânea, que proporciona maior elasticidade, brilho, fortalecimento da musculatura, revitalização cutânea e tonicidade. Nesse sentido a eletroestimulação transcutânea aliado a um conjunto de regras como: a adequação da mastigação, deglutição, mudança de hábitos alimentares, adequação de hábitos viciosos da mimica facial no ato da fala e alimentação, ingestão de pelo menos 2 litros água diários uso de protetor solar diariamente e eliminação do hábito de fumar, podem atenuar as linhas de expressões. O trabalho de eletroestimulação transcutânea muscular facial se faz importante a medida que a aplicação da radiofrequência é de suma importância nos tratamentos das disfunções estéticas decorrentes do processo de envelhecimento, proporciona maior tonicidade a musculatura, melhora das rugas, da aparência e do contorno facial, propiciando uma face mais harmoniosa e consequentemente melhora da autoimagem e autoestima dos indivíduos. O presente estudo tem como objetivo verificar a eficácia da eletroestimulação transcutânea por micro correntes para fins de revitalização da pele. A amostra será constituída por quatro participantes do sexo feminino, com idade entre 45 e 60 anos com queixas de linhas expressivas indesejáveis. Será aplicado um questionário contendo questões semi estruturadas sobre os cuidados com a pele e hábitos diários. Também será realizado o registro das imagem da face das participantes com uma câmera digital de alta resolução. Serão realizadas ainda orientações referentes ao Sistema Estomatognáticos, articulação temporomandibular e funções estomatognáticas. As sessões de eletroestimulação transcutânea serão agendadas uma vez por semana, duração de 10 e 12 minutos para cada músculo por 3 meses de tratamento ou eliminação das linhas de expressão. Os resultados serão apresentados para as voluntárias, que receberão as devidas orientações para permanência/ prolongamento do tratamento. Trata-se de uma pesquisa de campo - estudo de caso, caráter longitudinal. Os dados serão analisados qualitativamente por meio da análise e discussão dos resultados alcançados.

Protocolo: 3358 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELIANA JACINTO DA SILVA MOURA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A coordenação correta das funções estomatognáticas sucção/ respiração/ deglutição estão diretamente ligadas ao sucesso do recém-nascido no aleitamento materno. É de grande importância que a mãe seja orientada, a fim de se possibilitar a criação de uma interação mais segura e proveitosa com seu filho. Tanto o parto natural como o cesáreo apresentam individualidades, o que resulta em atenção e orientações diferenciadas. É necessária a prontidão das mães e da equipe multiprofissional para que haja resultados satisfatórios no crescimento e desenvolvimento do bebê. Diante das informações, a presente pesquisa objetiva o acompanhamento de recém-nascidos a termo por parto normal e cesáreo, observando a pega do seio materno, a eficiência da coordenação sucção/ respiração/ deglutição, a prontidão das mães e orientação diante das dificuldades apresentadas pelas mesmas. O estudo tem caráter observacional, exploratório e quali-quantitativo, contará com a participação de mães e recém-nascidos a termo, de parto normal e cesáreo, internados em um hospital-maternidade de uma cidade do interior do estado de São Paulo, nascidos nos meses de outubro e novembro de 2016. Serão excluídos do estudo, recém-nascidos prematuros, apresentando síndromes, malformações, qualquer alteração de origem genética ou aqueles que precisaram de internação em Unidade de Terapia Intensiva. As mães dos recém-nascidos que concordarem participar do estudo, responderão questionário com questões fechadas, voltadas à disposição, aspirações e dificuldades com relação ao aleitamento materno. Será utilizado um protocolo de observação das mamadas, com o objetivo de verificar a coordenação sucção, respiração/ deglutição, no segundo dia de vida do recém-nascido. Os resultados obtidos serão analisados por intermédio de estatísticas descritivas, para observação das diversas variáveis: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Na estatística entre as variáveis obtidas na coleta de dados dos protocolos, será realizado o teste t-student para a avaliação de cada variável obtida. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 3344 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2016 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA BARBOSA DE ARAUJO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O ato de deglutir é um processo complexo e automático, envolvendo contrações musculares e terminações nervosas, tendo por função conduzir o alimento da boca até o estômago. Alterações neste processo podem ocasionar problemas na deglutição, provocando a disfagia, interferindo no transporte dos alimentos, podendo gerar complicações, como desnutrição, desidratação e problemas pulmonares, nesses casos, a dieta do paciente requer cuidados especiais. O presente estudo terá como objetivo avaliar o alimentação de pacientes com risco de disfagia, segundo uma escala de ingesta oral, internados na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de um hospital do interior de São Paulo. A coleta de dados será por meio da análise de uma escala de ingesta oral (FOIS) contida no protocolo de avaliação fonoaudiológica adotado pelo hospital. Serão detalhados em sub níveis, cada nível da FOIS, determinando quantidade, sabor, textura e consistência que cada paciente necessita para suprir suas necessidades de nutrição, de acordo com as possibilidades seguras para ingestão via oral. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos para facilitar a análise e a apresentação, sendo utilizadas as estatísticas descritivas: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Na estatística entre as variáveis obtidas na coleta de dados dos protocolos, será realizado o teste t-student para a avaliação de cada variável obtida. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 3462 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAYENNE REAL MORIMOTO
Professor(es): ROSELAINE PALHARES ALVES
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
CARLOS EDUARDO DA COSTA NUNES BOSSO

Resumo:
O presente artigo visa desenvolver considerações sobre os desvios fonológicos com ocorrência na população infantil, e propor a reflexão sobre a importância do uso de ferramentas computacionais em terapia. Tem como objetivo verificar a aplicabilidade do uso de um software na classe de sons fricativos em terapia fonoaudiologica em uma clínica escola de fonoaudiologia do interior do estado de São Paulo. A fala é a principal ferramenta utilizada para manter comunicação em seu meio social, no público infantil encontramos crianças que ainda não desenvolveram a aquisição da linguagem de forma eficaz, neste caso há falhas na comunicação, o chamado desvio fonológico. A terapia fonoaudiologica é eficaz durante esses desvios, e conjuntamente com uso de ferramentas computacionais pode-se obter resultados ótimos. A metodologia utilizada será a produção de um software especifico para a classe de sons fricativos e assim verificar sua aplicabilidade, a amostra será composta por 10 participantes de ambos os sexos, com idade entre 5 e 10 anos e apresentem desvio fonológico na classe dos sons fricativos, os 5 participantes farão utilização do software durante a terapia, 5 participantes (grupo controle) que realização a terapia convencional. Trata-se de um estudo de campo, qualiquantitativo e de caráter transversal. O teste Exato de Fisher será utilizado para análise dos dados quantitativos e o teste do Qui-quadrado para os dados qualitativos. Os dados serão analisados no programa BioEstat 5.3. O nível de significância será de 5 em ambos os testes. Enfim o resultado apresentará reflexões científicas para futuras pesquisas.

Protocolo: 3357 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JEAN CARLOS DE SA ANDREATTA
RENATA MARTINS DA SILVA
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
DANILLO ROBERTO PEREIRA

Resumo:
A tripulação de voo está sujeita a riscos que o ambiente da aeronave proporciona devido a uma série de fatores como: ruído intenso, vibração, altitude, pressão atmosférica, umidade do ar e pressurização. Tais agentes podem contribuir para o aparecimento de diversos agravos à saúde do tripulante de voo, sendo citados: a perda auditiva, o barotrauma, a fadiga aérea, a vertigem e o enjoo que na grande maioria têm a eclosão dos seus efeitos após algum período de exposição. Dessa maneira, as consequências de alteração da saúde do trabalhador da área aeroespacial podem não ser percebidas nos primeiros momentos de trabalho, mas são possíveis de serem evitadas ou minimizadas com medidas preventivas. O presente estudo visa verificar e analisar a presença de possíveis sintomas auditivos e sintomas extra auditivos em equipe de tripulação de voo, exposta às alterações de pressão, umidade, vibração, altitude e a determinados níveis de pressão sonora. Trata-se de pesquisa observacional, de caráter retrospectivo, não concorrente, realizada mediante aplicação de Roteiro de Entrevista Adaptado. A amostra será constituída de 20 tripulantes de voo, compreendidos na faixa etária de 18 a 40 anos, de ambos os sexos, com tempo de trabalho na área de no mínimo um ano. O estudo ocorrerá em uma clínica escola de Fonoaudiologia do interior do Estado de São Paulo, mediante convite e agendamento de horário mais adequado para cada tripulante participar da aplicação de entrevista, em sala reservada. Poderá ser realizada antes ou após o voo, e tal variação será motivo de análise. Haverá, no questionário, perguntas objetivas e espaços para comentários abertos, para obtenção de histórico de saúde pessoal e familiar de cada participante. As variáveis de análise como tempo de trabalho, função, período de trabalho, agentes nocivos ocupacionais envolvidos serão analisadas mediante testes não paramétricos, usualmente utilizados na Audiologia, com nível de significância estabelecido em 5. Propõe-se teste de MannWhitney, Teste de Comparação de Postos de Kruskall Wallis e Análise de Variância.

Protocolo: 3283 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA LORENA ISAGA DE OLIVEIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A literatura descreve a relação nociva existente entre o ruído e a audição. É de vital importância o conhecimento dos níveis de pressão sonora nas áreas de trabalho que envolve elevados níveis de ruído, para sugestão de medidas de segurança, prevenindo ou minimizando os efeitos desse agente. O presente estudo tem por objetivo avaliar o nível de intensidade de ruído mínimo, médio e máximo existente em obras da construção civil, com vista à sugestão de medidas de controle desse agente físico. O estudo de caráter transversal e quantitativo será realizado após parecer favorável Comitê Assessor de Pesquisa Institucional da Unoeste, não sendo submetido à análise do Comitê de Ética na Plataforma Brasil, por não envolver humanos. De posse da autorização dos proprietários pelas obras, será realizada a medição do nível de ruído, mediante uso de decibelímetro digital (MLS -1325), devidamente calibrado, em duas obras da construção civil, com os maquinários utilizados no dia-a-dia em funcionamento. A análise estatística será feita através de Testes não paramétricos para comparação entre as informações de uma mesma natureza e de diferentes naturezas. De posse dos resultados, os proprietários serão informados e caso haja necessidade serão sugeridas as medidas de controle do ruído e contato com equipes de segurança e engenharia do trabalho. Espera-se contribuir para a melhoria do ambiente de trabalho na área e nas empresas.

Protocolo: 3281 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA SOUZA MATIVI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A literatura descreve a relação entre quimioterapia e ototoxicidade, que pode cursar com manifestações auditivas e/ou vestibulares. O presente estudo tem o objetivo de avaliar auditivamente pacientes oncológicos submetidos ao esquema quimioterápico FOLFOX, que é a combinação das drogas Leucovorina de cálcio (ácido folínico), Fluorouracil e Oxaliplatina, mediante avaliação audiológica básica e complementar, a fim de identificar possíveis alterações do sistema vestíbulo coclear decorrentes de seu uso. O estudo de caráter observacional, descritivo e prospectivo avaliará 20 participantes com diagnóstico de câncer que serão submetidos ao tratamento FOLFOX, de ambos os sexos e com idades entre 18 e 40 anos. A avaliação consistirá de anamnese dirigida por meio de questionário estruturado antes e após a quimioterapia, seguida por meatoscopia e posterior avaliação audiológica, tanto básicacomposta por audiometria tonal, logoaudiometria e imitanciometria - como complementarcomposta pela realização de emissões otoacústicas evocadas transitórias e por produto de distorção. Após as avaliações audiológicas, se for observada presença e evolução de perda auditiva, o médico responsável será comunicado e junto com as pesquisadoras poderão optar pelo encaminhamento para cuidados otorrinolaringológicos e possível encaminhamento para indicação de aparelhos de amplificação sonora individual. A análise estatística será com testes não paramétricos, diante da natureza das informações, que serão comparadas através dos testes de Wilcoxon, Mann Whitney e Teste de Correlação de Kendall. Espera-se contribuir para a qualidade de vida do paciente oncológico, que atualmente tem sido passível de receber tratamento que resulta no aumento da sobrevida média e até de cura, mesmo que com sequelas.

Protocolo: 3302 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2016 - 6/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANA APARECIDA DE OLIVEIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
As cidades brasileiras são fontes de poluição sonora, tendo altos níveis de ruídos, que levam a inúmeras consequências dependendo da intensidade e tempo de exposição. As consequências do ruído são desde dores de cabeça até uma perda auditiva permanente. Na cidade de Presidente Prudente, ocorrem ruídos constantes no meio urbano, em virtude das atividades realizadas de comércio, serviços, tráfego de veículos e pessoas, obras, entre outros, gerando altos índices de ruídos em que estrutura urbana altera a propagação e dissipação do som. Sendo necessário assim quantificar e medir o nível de ruído gerado verificando se está de acordo com as normas regulamentadas, fazendo a relação com as consequências do ruído para audição. O projeto tem por objetivo realizar um estudo comparativo do ruído urbano na cidade de Presidente Prudente, verificando o nível de ruído nas principais ruas e avenidas e comparando com uma área urbana afastada, tendo como parâmetro o processo de urbanização e planejamento urbano da cidade em estudo, verificando se tal processo influenciou o aumento do nível de ruído da cidade e consequentemente na saúde da população. Para a realização do presente estudo serão realizadas medições do ruído urbano por intermédio do decibelímetro digital modelo Dec460 da Instrutherm, revisões bibliográficas sobre o tema, aplicação de questionário a população dos bairros nas ruas selecionas, sobre a percepção do ruído na saúde geral e auditiva, verificando a qualidade de vida auditiva e a realização de audiometrias para relacionar possíveis perdas auditivas e se as mesmas se originaram pelo ruído urbano, nos moradores da cidade de Presidente Prudente.

Protocolo: 3299 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2016 - 10/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CLAUDIA DIAS ROXINOL
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A audição é de extrema importância para o ser humano, pois é por meio dela que ocorre a comunicação verbal entre os pares. Lutadores de artes marciais constituem população de risco para o desenvolvimento de uma perda auditiva decorrente das pancadas na cabeça e contusões na orelha durante a prática esportiva, e por esse motivo, estudar a audição dos lutadores de artes marciais torna-se de extrema importância. Assim, o presente estudo tem como objetivo analisar o funcionamento da ação mecânica das células ciliadas externas pelo registro das emissões otoacústicas evocadas e avaliar os achados audiológicos em lutadores praticantes de artes marciais. Estima-se que a amostra seja composta por 30 praticantes de artes marciais, entre a faixa etária de 18 a 35 anos de idade, de ambos os sexos. Os procedimentos para a coleta dos dados dar-se-ão pela entrevista fonoaudiológica, avaliação audiológica básica e pesquisa das emissões otoacústicas evocadas. As informações coletadas serão analisadas mediante testes estatísticos e de forma descritiva, e os dados serão apresentados em valores absolutos e relativos, bem como pela medida de tendência central: valores mínimos, máximos, média e desvio padrão. Quando pertinentes serão aplicados os testes estatísticos Qui-Quadrado e Teste Exato de Fisher, com nível de significância de 5 (p = 0,05).

Protocolo: 3406 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAINA DUARTE NOVO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A gagueira é o tipo de disfluência mais comum conhecida dentro da sociedade, sendo reconhecida por diversos sinais, como: bloqueios, hesitações, movimentos associados involuntários, entre outros. As hipóteses acerca da etiologia são diversas perpassando desde a hereditariedade, a falta de estímulos até às alterações neurológicas e/ou psicológicas. A literatura traz informações relevantes sobre os aspectos auditivos dos indivíduos gagos, havendo estudos que relacionam a disfluência com alterações na qualidade auditiva, denominada de processamento auditivo central. O processamento auditivo é encarregado da decodificação das informações sonoras que colhemos no meio externo, além de discriminar, denominar e identificar o significado dos sons. A presente pesquisa buscará descrever a avaliação dos aspectos auditivos temporais, que são parte do processamento auditivo, em indivíduos com gagueira. A gagueira relaciona-se com alterações do ritmo do encadeamento e do ritmo da fala, sendo possível hipotetizar que haja alterações dos aspectos que envolvem sequencialização e ritmo do som, que são aspectos temporais auditivos. A coleta será realizada em 15 pacientes que se encontram em atendimento na clinica escola de fonoaudiologia que atendam aos seguintes requisitos: possuir idade entre 7 e 35 anos, ser do sexo feminino ou masculino, não apresentar queixa auditiva e/ou uso de prótese auditiva, e ter diagnóstico fonoaudiológico de gagueira. Será realizada anamnese audiológica, verificação das condições de conduto auditivo para o exame mediante otoscopia, audiometria tonal liminar e os testes de padrão tonal auditivo de duração (TPTAD) e de frequência (TPTAF). O estudo terá inicio após pareceres favoráveis de pesquisa e de ética, bem como mediante a autorização dos convidados, após a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido (TCLE), e do termo de assentimento no caso dos menores.

Protocolo: 3393 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA SILVA MOREIRA
JAQUELINE SILVA DA SILVA
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A audição exerce um papel fundamental no desenvolvimento da fala, linguagem e aprendizagem do ser humano, pois é por meio dela que o indivíduo consegue receber, reconhecer, identificar, discriminar e manipular as características e processos do mundo que os cerca, sob o comando do Sistema Nervoso Central. Quando uma criança tem por algum motivo um prejuízo em sua audição, ainda que temporário, corre-se o risco de comprometer o desenvolvimento da fala e linguagem, e consequentemente, o processo de aprendizagem, visto que uma criança que não ouve bem, não compreende bem, e tão pouco se comunica de forma adequada. Com isso, a triagem auditiva em escolares é considerada a opção mais viável para identificar nessa população possíveis perdas auditivas, uma vez que na presença de alterações auditivas medidas podem ser tomadas com intuito de minimizar os males provocados pela privação sensorial. Assim, o presente estudo terá por objetivo investigar os sintomas auditivos e não auditivos em escolares do Ensino Fundamental I e relacionar tais sintomas com os achados da triagem auditiva. Estima-se que a amostra seja constituída por 50 estudantes de ambos os sexos, entre a faixa etária de 07 a 10 anos de idade, matriculados regularmente em uma Escola Pública de Presidente Prudente - SP. Os procedimentos para a coleta dos dados dar-se-ão pela aplicação de um questionário, inspeção do canal auditivo externo e triagem auditiva, composta pela pesquisa do limiar auditivo por intermédio do audiômetro pediátrico, pesquisa do reflexo acústico e testes de localização sonora, sequencialização verbal e não verbal. Os dados obtidos serão apresentados em tabelas e será aplicada estatística descritiva, utilizando valores absolutos e relativos. Quando pertinentes, será aplicado o teste Exato de Fisher, com nível de significância de 5 (p<0,05). As análises serão feitas por intermédio do programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 3286 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2016 - 12/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ERIKA GOMES DE MORAES
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O canto amador religioso é realizado por cantores que não apresentam, na maioria das vezes, técnica vocal e conhecimentos relacionados a própria voz, podendo ocorrer uso inadequado e futuros problemas vocais. O objetivo deste estudo é descrever hábitos, sintomas e queixas vocais apresentadas por cantores amadores religiosos, por meio de questionários. Participarão deste estudo 30 cantores religiosos amadores, com idades compreendidas entre 18 e 40 anos e de ambos os sexos. Como critério de exclusão será ser fumante e possuir profissão de risco para o desenvolvimento de alterações vocais. Serão aplicados aos participantes dois questionários abordando hábitos, queixas e sintomas vocais além do protocolo do Índice de Desvantagem Vocal para o canto (IDV-C). Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados por meio de estatísticas descritivas em tabelas e gráficos.

Protocolo: 3210 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA ELISE BORBONI DE MENEZES
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A audição é uma das funções mais importantes quando se refere ao sistema da comunicação humana, devido a isso há necessidade de se estudar os fatores prejudiciais ao sistema auditivo. Dentre esses fatores podemos citar o tabagismo, já que estudos revelam que o uso do tabaco pode causar um efeito ototóxico na audição, pois causa déficit de oxigenação no sangue, obstruções vasculares e alterações na viscosidade sanguínea. Sabendo disso, esse estudo tem como objetivo avaliar a audição de fumantes e não fumantes comparando os achados dos dois grupos a fim de investigar se o uso do cigarro influencia nos achados auditivos e se há efeito nocivo no sistema auditivo desses indivíduos. A metodologia será realizada por meio da avaliação da audição de 30 indivíduos fumantes e 30 não fumantes de faixa etária de 18 a 30 anos de idade de ambos os sexos. O processo de avaliação consistirá em anamnese, meatoscopia, audiometria convencional, logoaudiometria, imitanciometria, emissões otoacústicas transiente com efeito de supressão, emissões otoacústicas por produto de distorção e testes que avaliam o processamento auditivo (teste de fala com ruído, teste de padrão de frequência, teste de padrão de duração e SSW). Para verificação de igualdade ou não entre as orelhas será utilizado o "Teste de Wilcoscon" com p< 0,05. Quando houver igualdade entre as orelhas será utilizado o teste de "Mann-Whitney", p<0,05, para análise da diferença entre o grupo de fumantes e o grupo de não fumantes. Se houver diferença entre as orelhas continuará utilizando o "teste de Wilcoscon".

Protocolo: 3097 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 12/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): GABRIELA VIDOTTO CAVALLIERI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A voz deve ser utilizada corretamente para garantir o elemento principal da comunicação, a fala. É essencial estudar as alterações vocais para que haja compreensão de suas causas. Em geral, mudanças no padrão vocal podem estar relacionadas ao esforço na fala, hábitos inadequados e falta de consciência de higiene vocal. O Objetivo deste estudo é descrever e comparar o perfil vocal de torcedores de futebol antes e após as partidas de jogos. Participarão deste estudo 30 indivíduos torcedores assíduos de futebol de uma torcida organizada, ambos os gêneros, na faixa etária entre 20 e 40 anos. As vozes serão gravadas antes e após a partida de futebol e realizadas as análise perceptivo-auditiva pela escala GRBASI e acústica tradicional. Também será aplicado questionário de qualidade de vida em voz e questionário sobre os hábitos que possam influenciar na qualidade vocal.

Protocolo: 2999 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 10/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE JACINTO DA SILVA MOURA CORREA
Professor(es): ROSELAINE PALHARES ALVES
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A revolução Industrial trouxe grandes modificações começando pela crescente aceleração do processo de produção em série, acarretaram impactos importantes no comportamento do trabalhador, com isso começaram a surgir problemas na saúde do trabalhador e as faltas decorrentes das atividades laborais, práticas estas que mudaram o ritmo de vida social, familiar e laboral, no entanto, foi necessário implantar políticas garantindo o direito do mesmo, pois vários fatores acometem a saúde do trabalhador principalmente aqueles onde ocorrem deficiências na organização como a falta de estímulos, ambientes inadequados, lideranças nos moldes arcaicos de autoritarismo entre outros, gerando dessa forma a ausência temporária ao trabalho. O presente artigo visa descrever algumas considerações sobre o absenteísmo e presenteísmo associado ao ruído no ambiente de trabalho, oferecendo reflexões para compreender sobre o tema tratado. Tem como objetivo verificar o índice de absenteísmo e presenteísmo associado ao ruído no ambiente de trabalho das Prefeituras Municipais de Presidente Bernardes e Emilianópolis ambas do Estado de São Paulo. Trata-se de um estudo transversal e quali e quantitativo, com aplicação de dois questionários, um objetivando colher informações sobre saúde geral e auditiva e outro sobre problemas físicos, psicológicos e sociais, na percepção do próprio participante. Serão coletados dados das fichas ocupacionais dos participantes, contendo informações sobre os dados ocupacionais e verificar a modalidade de licenças solicitadas por cada servidor observando os dias de faltas e afastamentos, comparando-os com a (Classificação Internacional de DoençasCID 10), para identificar a doença. Para a aferição do nível de pressão sonora nos locais de trabalho, será utilizado o Medidor de Nível de Pressão Sonora (MNPS), Decibelímetro DigitalMSL-1325 da marca MINIPA. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As análises serão realizadas no programa BioEstat 5.3. Enfim com o resultado apresentará reflexões científicas para futuras pesquisas.

Protocolo: 2979 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NIVEA CRISTINA LUCINDO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Entre as alterações atribuídas a uma mastigação não adequada estão: crescimento e desenvolvimento facial inadequado, má oclusão, deficiência na musculatura oral, deglutição atípica, problemas na fala, maus hábitos, diminuição no número de dentes, do tamanho dos ossos maxilares e lábios abertos ou semi-ocluídos. O propósito desse estudo é analisar a função de mastigação unilateral, procurando obter dados que justificam esta unilateralidade, e possíveis às alterações que estejam associadas à assimetria de face nesta relação. E relatar a importância do diagnóstico precoce da mastigação unilateral, para que possamos evitar uma série de alterações das estruturas que se relacionam com a mastigação. Deve-se também compreender as possíveis causas e alterações do sistema estomatognático. Para tanto o presente estudo contará com a participação de 30 indivíduos de ambos os sexos, entre a faixa etária dos 18 aos 40 anos, com e sem intervenção ortodôntica, atendidos na Clínica de Odontologia da UNOESTE. Para a realização deste estudo será utilizado o protocolo de História Clínica MBGR adaptado e para a avaliação miofuniconal orofacial será utilizado o Protocolo de Avaliação Miofuncional Orofacial (MBGR) adaptado. Portanto o presente estudo faz-se necessário para a verificação da simetria facial e as alterações orofaciais decorrentes de hábitos mastigatórios unilaterais. As estatísticas descritivas a serem utilizadas para as diversas variáveis serão: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Na estatística entre as variáveis obtidas na coleta de dados de prontuários, será realizado o teste qui-quadrado e a estatística de Fisher para a avaliação de cada variável obtida. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 2972 Início e Fim: Mês/Ano: 3/2016 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANE PEIXE SANTOS
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O tabaco é a segunda causa de morte no mundo, pois traz diversos tipos de consequências para saúde do individuo. Uma nova forma de uso do tabaco que vem sendo utilizada por muitas pessoas é o narguilé. Os efeitos do narguilé sobre a audição são muitos e ainda pouco conhecidos. O objetivo deste projeto é descrever o perfil auditivo do usuário de narguilé e comparar com jovens não usuários, bem como investigar os principais sintomas auditivos e extra-auditivos com vistas à orientação à população envolvida sobre os males que o fumo pode trazer a saúde auditiva e geral. Estima-se que amostra seja composta por 40 jovens-adultos com idades compreendidas entre 18 e 35 anos, sendo 20 jovens usuários de narguilé e 20 jovens não usuários de narguilé e/ou outros tipos de tabaco (grupo controle). Será aplicado um questionário referente aos dados de saúde geral e pregressa, histórico otológico, atividade ocupacional e queixas auditivas e extra-auditivas. Além disso, será realizada uma avaliação audiológica básica, compreendida na audiometria tonal, vocal e imitanciometria, cujo intuito será caracterizar o perfil auditivo da amostra. Após a coleta de dados será realizada análise estatística descritiva, cujos dados serão apresentados em valores absolutos e relativos, além da aplicação do cálculo de medidas, quando pertinentes. A fim de verificar o nível de significância entre os resultados obtidos na amostra, será aplicado o teste G ou exato de Fisher, quando pertinentes, bem como a aplicação do teste de Wilcoxon para comparar os limiares tonais entre as orelhas direita e esquerda dos participantes. Todos os dado serão analisados pelo programa BioEstat 5.3 utilizando o nível de significância de 5 (0,05).

Protocolo: 2965 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIANA CRISTINA SOARES MARTIN
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Ceceio, também denominado de Sigmatismo lateral, é decorrente de um escape do ar uni ou bilateralmente durante a produção de alguns fonemas. De achados frequentes na clínica fonoaudiológica, tem sido alvo de diversos estudos. O presente estudo visa determinar a relação do ceceio lateral com a dimensão vertical de oclusão e o padrão facial. Participaram deste estudo 30 voluntários na faixa etária entre 12 e 26 anos, de ambos os gêneros feminino e masculino, com diagnóstico de mordida profunda e/ou retrognatismo (classe II), que procuraram as Clínicas de Fonoaudiologia e/ou Odontologia da Universidade do Oeste Paulista (Unoeste), mas ainda não estão em tratamento. Serão avaliados a Dimesnsão vertical de oclusão (DVO), análise facial e a presença ou não de ceceio lateral. Outras alterações presentes ou não na cavidade oral também serão observadas e anotadas, como por exemplo, o overjet, o overbite, sexo, idade. Após tabulados os dados, os resultados passsaram pela análise estatística. Embora alguns estudos mostrarem a etiologia, ocorrência e característica clínica fonoaudiológica do paciente com o ceceio lateral (Barret & Hanson, 1997), não há evidente correlação do padrão da oclusão e tipo facial com o diagnóstico do ceceio lateral. Os dados deste trabalho são importantes para futuros diagnósticos e tratamentos do ceceio lateral pelos fonoaudiólogos e facilitará observar através da oclusão e padrão facial, a necessidade ou não de uma intervenção ortodôntica.

Protocolo: 2985 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2016 - 4/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIANE RODRIGUES DE LIMA
Professor(es): CRISTIANE NEVES ALESSI PISSULIN
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Introdução: A comunicação é um meio pelo qual o indivíduo recebe e expressa à linguagem, de extrema importância para seu desenvolvimento e integração social. Portanto, os distúrbios da comunicação são fatores influentes sobre a vida do ser humano. Desvio fonético, fonológico e ou fonético/fonológico representam as alterações que mais trazem prejuízos a fala do indivíduo. Objetivo: Descrever a prevalência dos tipos de distúrbios de fala - fonético/fonológico em crianças e adolescentes de uma Clínica Escola de Fonoaudiologia, relacionando, idade, sexo, sistema motor oral e auditivo, grau de escolaridade dos participantes e dos pais, bem como a prevalência dos processos fonológicos alterados. Além de investigar a procedência dos encaminhamentos. Metodologia: Com uma amostra de 60 participantes que estarem em atendimento na Clínica Escola de Fonoaudiologia da Universidade do Oeste PaulistaUnoestede Presidente Prudente-SP. De ambos os sexos e faixa etária de 05 a 14 anos, que apresentem capacidades intelectuais adequadas e audição norma para fala. Serão excluídos aqueles que apresentarem alterações neurológicas e deficiência auditiva permanente. O estudo será realizado a partir de dados levantados na entrevista. Trata-se de um estudo qualiquantitativo, de campo e de caráter transversal. Para a análise dos dados, será utilizado teste não paramétrico de Fisher com nível de significância de 5 relacionando as variáveis. A análise será realizada a partir da discussão dos dados presentes na anamnese. Ao final do estudo os participantes receberão os resultados, que serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 2980 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYSA CRISTINA GOMES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A voz é um recurso que muitos profissionais usam como ferramenta de trabalho. O jornalista é um profissional da voz, pois utiliza a voz como instrumento de credibilidade e transmissão da notícia. Este estudo tem como objetivo comparar as queixas, hábitos vocais e padrões vocais utilizados nas locuções de textos jornalísticos de estudantes do curso de jornalismo do primeiro e último ano de formação. Trata-se de um estudo de caráter descritivo, exploratório e quantitativo. Participarão 30 alunos do curso de comunicação socialjornalismo da Universidade do Oeste Paulista (UNOESTE) da cidade de Presidente PrudenteSP, divididos em dois grupos contendo 15 participantes do 1° termo e 15 participantes do 8° termo de jornalismo. Serão aplicados dois questionários contendo questões de múltipla escolha com perguntas sobre: saúde vocal e queixas vocais. Além dos questionários, os estudantes irão ler um texto jornalístico para ser analisado os recursos vocais empregados na leitura da notícia. Os resultados serão apresentados em tabelas e gráficos e comparados por meio do teste T com nível de significancia de 0,05.

Protocolo: 2959 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2016 - 2/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GUSTAVO MACIEL DE SOUZA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Os suplementos alimentares são descritos como recursos orgânicos utilizados para aumentar o desempenho nas atividades esportivas. Os suplementos alimentares proteicos não devem ser considerados como alimento convencional de dieta. Estudos têm sido realizados correlacionando o uso inadequado dos suplementos proteicos com alterações metabólicas e alterações de importantes órgãos, como os rins e o fígado. As alterações renais podem estar relacionadas com as alterações auditivas, uma vez que o sistema renal funciona como filtro do corpo. O presente estudo tem por objetivo verificar a configuração das curvas audiométricas de indivíduos que utilizam suplementos alimentares proteicos, mediante audiometria em frequências convencionais, a fim de se analisar se existe aproximação ou não com os traçados descritos na literatura para pessoas saudáveis ou para aquelas com alterações metabólicas. A pesquisa será realizada em 40 participantes, da faixa etária de 18 anos até 35 anos, 15 do sexo masculino e 15 do sexo feminino, considerados saudáveis (sem queixas auditivas e sem doenças agudas ou crônicas), e que façam uso de suplemento alimentar proteico há pelo menos 3 meses de uso. Haverá, ainda, grupo controle de 10 participantes, da mesma faixa etária, independente do sexo, hígidos e sem uso de suplemento alimentar proteico. Os sujeitos serão convidados a participar do estudo, sendo acadêmicos do curso de Fonoaudiologia, familiares e amigos dos mesmos, além de praticantes de atividades físicas de uma academia, desde que componham a faixa etária e a ausência de queixas e alterações auditivas. Após a obtenção dos exames, os resultados das audiometrias serão analisados, de uma orelha com a outra do mesmo sujeito e posteriormente com os resultados dos demais sujeitos. Será verificada a configuração da curva audiométrica e a variação dos limiares auditivos entre os participantes com e sem uso de alimentação suplementar proteica. A análise estatística será realizada mediante Testes Não Paramétricos, em função da natureza da amostra estudada. Os testes selecionados são Wilcoxon e Mann-Withney. Se necessário, será proposta a análise das informações por postos de Kruskall-Wallis. Espera-se contribuir para a compreensão da saúde como um todo, orientando os jovens sobre a importância do equilíbrio no uso de substâncias que podem vir a sobrecarregar sistemas e órgãos do corpo humano.

Protocolo: 2948 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TIAGO HADAM ALENCAR
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A designação de autismo caracteriza-se por ser uma síndrome comportamental, a qual manifesta-se no nascimento ou nos primeiros anos de vida. O Autismo refere-se a uma perturbação do desenvolvimento. Fundamenta-se, ainda, por três grupos de comportamentos com disfunções sociais; perturbações na comunicação e no jogo imaginativo; interesses e atividades restritas e repetitivas. A maioria das queixas relatadas em clínica pediátrica, neurológica, neuropsicológica e fonoaudiológica infantil dizem respeito a alterações no processo de aprendizagem e/ou atraso na aquisição e desenvolvimento da linguagem. Para auxiliar o desenvolvimento da linguagem na Síndrome do Espectro Autístico, o psicólogo Andrew Bondy e a fonoaudióloga Lori Frost desenvolveram o método Picture Exchange Communication System (PECS), que busca ensinar o indivíduo a comunicar-se através da trocas de figuras para que possa expressar aquilo que deseja de uma forma espontânea em um contexto social. O presente estudo tem como objetivo aprofundar o conhecimento acerca do autismo, como também sobre a aquisição e desenvolvimento da linguagem em autistas, e verificar a eficácia do método PECS na aquisição e desenvolvimento da linguagem de crianças com o espectro da síndrome do autismo. A amostra será constituída de 2 participantes do sexo feminino com a faixa etária de vida de 5 a 10 anos. As crianças e seus responsáveis serão convidados a participar por meio dos termos de assentimento e de consentimento livre e esclarecida (TCLE). Inicialmente será realizada uma avaliação da aquisição e desenvolvimento dos aspectos relativos à linguagem. Após a avaliação, será iniciado o tratamento fonoaudiológico utilizando - se o método Pecs, o qual será realizado em uma Instituição de Atendimento a Portadores de Necessidades Especiais do interior do Estado de São Paulo. Após o período de seis meses os participantes serão submetidos novamente a uma avaliação clínica dos aspectos relativos à linguagem a fim de verificar avanços e retrocessos nos aspectos de linguagem. Trata-se de uma pesquisa de campoestudo de caso, de caráter longitudinal. Os dados das avaliações pré e pós intervenção fonoterápica, serão analisados qualitativamente mediante a análise e discussão dos resultados alcançados. Os resultados serão divulgados em literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 2951 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAMIRES SANTOS BARROS DA SILVA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O ruído diariamente é introduzido ao meio ambiente. Este desagradável som traz desconforto físico e mental, podendo ocasionar problemas de saúde, contribuindo para a diminuição na qualidade de vida da população. Visando avaliar o nível de pressão sonora no transito de Presidente Prudente- SP, será realizado o monitoramento por meio de um medidor de pressão sonora em quatro cruzamentos da cidade, sendo que cada um será avaliado no início da manhã (8h), meio da manhã (10h), horário de almoço (12h30), meio da tarde (15h30) e fim de tarde (18h). Posteriormente, os dados recolhidos serão analisados, estatisticamente qualitativamente nominal e quantitativo. Após a obtenção dos valores, a partir do resultados encontrados, serão sugeridas formas de atenuar o ruído ambiental, por intermédio de cartilha explicativa, a fim de melhorar a qualidade de vida da população.

Protocolo: 2790 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BRUNA MAIA FERNANDES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A exposição a elevados níveis de pressão sonora pode favorecer o aparecimento da Perda Auditiva Induzida por Ruído, sendo esta alteração auditiva considerada uma das doenças mais comuns na prática clínica e no âmbito ocupacional, pois a sua incidência atinge proporções endêmicas. O presente estudo de campo visa avaliar a audição dos funcionários alocados de um frigorífico localizado no interior do Estado de São Paulo, bem como verificar os sintomas auditivos e extra-auditivos apresentados por esta classe de trabalhadores. Estima-se que a amostra seja composta por 30 funcionários, de ambos os sexos, entre a faixa etária de 18 a 45 anos. O material a ser utilizado para a coleta dos dados compreenderá em um roteiro de entrevista, audiômetro clínico, cabina acústica e otoscópio. Os procedimentos a serem realizados compreenderão na entrevista fonoaudiológica, meatoscopia e pesquisa dos limiares auditivos tonais e vocais. Além disso, serão medidos os níveis de pressão sonora em cada setor de atividade ocupacional. Os dados serão analisados de acordo com a recomendação da Norma Regulamentadora e Conselho Federal de Fonoaudiologia. A análise estatística será feita de forma quantitativa e descritiva. O teste estatístico a ser empregado compreenderá no Qui-quadrado (x2) e no teste T Student. Ambos os testes serão aplicados com nível de significância de 5 (0,05). Caso o participante apresente alterações auditivas, serão realizadas palestras aos funcionários do respectivo local, bem como será distribuído folhetos explicativos sobre os efeitos do ruído no organismo humano.

Protocolo: 2810 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 10/2016 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Aluno(s): CAMILA PERUCHI FERREIRA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
As doenças relacionadas ao trabalho compõem um conjunto de danos ou agravos à saúde dos trabalhadores que possam causar, desencadear ou agravar por meio dos fatores de risco presentes nos locais de trabalho. Muitas vezes as manifestações são de forma muito lenta o que dificulta a definição da relação entre a doença e o trabalho. Os agravos em Saúde do Trabalhador são de Notificação Compulsória, identificados em Unidade Sentinelas. O trabalhador tem a saúde exposta a vários riscos nos ambientes de trabalho. Existe uma Invisibilidade dos agravos em saúde do trabalhador, as doenças ocorrem, porém não são identificadas pelo nexo-causal e, portanto, a magnitude desses agravos aparece mascarada por doenças do cotidiano. Alguns agravos relacionados ao trabalho são de notificação compulsória. A Perda Auditiva Induzida por Ruído compõe a lista dos agravos em saúde do trabalhador de maior ocorrência. Portanto o presente estudo faz-se necessário para a verificação de casos notificados de PAIR na região de Presidente Prudente. Sabendo dessas informações, este estudo tem por objetivo identificar as Perdas Auditivas Induzidas por Ruído, por intermédio das notificações na área de abrangência do Centro de Referência em Saúde do TrabalhadorRegional de Presidente Prudente (CEREST/PP). Trata-se de um estudo descritivo, observacional e retrospectivo, no qual será realizado levantamento da situação das notificações compulsórias em PAIR, verificadas quais os setores de trabalho e funções provocadoras de ruído ocupacional. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos e a estatística utilizada será quantitativa descritiva. Pra tanto será realizado o teste qui-quadrado e a estatística de Fisher para a avaliação de cada variável obtida do prontuário. Será considerada uma probabilidade de erro tipo I de 5.

Protocolo: 2748 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 2/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAQUEL REGINA BARBOSA DE FREITAS
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A ocorrência da perda auditiva em recém-nascidos é bastante significativa em relação a outras doenças detectadas no período neonatal. Por afetar negativamente o desenvolvimento de fala e linguagem oral a detecção precoce da perda auditiva faz-se necessária, bem como o diagnóstico precoce e a habilitação e reabilitação auditiva, uma vez que a estimulação auditiva nos primeiros anos de vida é crucial para a aquisição da linguagem oral da criança. Assim, o presente estudo tem por objetivo caracterizar os fatores de risco da perda auditiva em neonatos que foram submetidos ao programa de Triagem Auditiva Neonatal em um hospital de referência do interior de São Paulo, e verificar a incidência de "falha" no teste e reteste. Trata-se de um estudo de caráter retrospectivo, quantitativo descritivo, aos quais serão selecionados todos os neonatos nascidos no período de maio de 2014 a abril 2015. Após a seleção dos neonatos serão verificados os fatores de risco para perda auditiva, conforme recomendação do Comitê Multidisciplinar em Saúde Auditiva, e analisar o registro dos exames realizados para a detecção precoce da perda auditiva. Os dados a serem obtidos serão analisados estatisticamente de forma descritiva e os resultados serão apresentados em valores absolutos e relativos, por intermédio de gráficos e tabelas.

Protocolo: 2673 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 11/2017 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA DOS SANTOS CANO
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A audição é um sentido essencial ao ser humano, que o permite interagir com o mundo, reagindo diante dos sons. O processamento auditivo refere-se ao conjunto de habilidades específicas das quais o indivíduo depende para interpretar o que ouve, envolvendo as habilidades de ouvir, reconhecer e responder às informações ouvidas perifericamente e transmitidas pelas vias auditivas até o cérebro. Não basta simplesmente ter limiares auditivos normais. É necessário que tais habilidades sejam desenvolvidas a partir das primeiras experiências auditivas nos primeiros anos de vida. O presente estudo tem por objetivo identificar possíveis desordens do processamento auditivo em crianças do ensino infantil, verificando a incidência dessa alteração auditiva de tipo qualitativo, na faixa etária de pré-escolares. Trata-se de estudo de campo, de caráter transversal, quantitativo descritivo a ser realizado em 30 crianças pré-escolares, alocadas em uma escola de Ensino Infantil, de uma cidade no interior do Estado de São Paulo, na faixa etária de cinco a seis anos de idade, tanto do sexo feminino como do sexo masculino. Como critério de exclusão, será considerado o participante que apresente qualquer doença auditiva periférica, de orelha externa, média e ou interna, além de lesões do sistema nervoso central. Com os resultados, pretende-se promover a possibilidade de identificação precoce dos distúrbios auditivos no Ensino Infantil, em busca de se minimizar as dificuldades de alfabetização, antes da inserção da criança no ensino fundamental, mediante treinamento das habilidades prejudicadas.

Protocolo: 2678 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUANA DOS SANTOS CLAUDINO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
As fissuras labiopalatais constituem uma malformação congênita, ocasionada pelo não fechamento das estruturas faciais. Pelas alterações anatômicas, são frequentes, nessa população, alterações otológicas em orelha média, conhecidas como otites, além de perdas auditivas a nível periférico, que podem estar associadas aos aspectos sindrômicos do quadro. As perdas auditivas, mesmo que momentâneas como as causadas pelas otites, podem contribuir para as alterações de linguagem, de fala, de desenvolvimento das habilidades auditivas e pedagógicas. O trabalho do fonoaudiólogo com indivíduos portadores de fissura lábio palatais é de fundamental importância, a fim de procurar minimizar os prejuízos de comunicação. O presente estudo tem por objetivo geral verificar o desenvolvimento da função auditiva correlacionado com o desenvolvimento dos aspectos linguísticos de fissurados lábio palatais. Para a realização do estudo, serão incluídos 30 participantes, portadores de fissuras lábio palatinas, na faixa etária de 03 a 30 anos, tanto do sexo masculino como do sexo feminino. A pesquisa será realizada na Associação de Apoio ao Fissurado Lábio Palatal (AFIPP), de Presidente Prudente, em uma sala reservada. Será realizado primeiro a meatoscopia, em seguida será feita uma anamnese com o participante, e depois serão aplicados os protocolos de triagem do processamento auditivo e de avaliação da linguagem oral. Após, serão analisados com testes estatísticos não paramétricos, em função da natureza das informações, e será utilizada estatística descritiva para auxiliar na demonstração dos resultados.

Protocolo: 2690 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DA SILVA MOREIRA
JAQUELINE SILVA DA SILVA
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A voz é como uma impressão digital, pois é individual e instransferível e por meio dela é possível saber sobre o estado psicológico, emocional e físico de um indivíduo. O profissional radialista atua num mercado de trabalho amplo e variado, sendo sua atuação dentro e fora da emissora de rádio, apresentando programas, entrevistando convidados, gravando vinhetas e comerciais para a rádio, além atuar como cerimônialista. O estudo tem como objetivo analisar o perfil vocal de radialista de várias emissoras de rádio do interior de São Paulo. Os dados serão coletados por meio de aplicação de protocolos e questionários, no qual ira descrever a qualidade vocal por meio da avaliação perceptivo-auditiva pelo protocolo GRBAS, descrever as medidas acústica da voz por meio do programa de análise acústica Vox Metria, descrever a qualidade de vida em voz dos radialistas por meio do questionário QVV (Qualidade de Vida em Voz) e hábitos relacionados à voz por meio de questionário estabelecido no estudo. Trata-se de um estudo de caráter exploratório e quantitativo. Participarão dessa pesquisa 20 radialistas sendo de ambos os sexos e sem restrição de faixa etária. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos para facilitar a análise e a apresentação.

Protocolo: 2671 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GRAZIELLE LORRAINE DOS SANTOS MIGUEL
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A influência da atividade ocupacional é um fator importante sobre a saúde geral do trabalhador. É perceptível que a partir do desenvolvimento industrial, foi necessária a criação de leis de amparo ao trabalhador no seu meio trabalhista, assegurando-lhe melhoras nas condições de vida no recinto laboral. Nesse sentido, este trabalho tem por objetivo caracterizar os sintomas auditivos e extra-auditivos, investigar os achados audiológicos e promover a saúde auditiva de frentistas situados no interior do Estado de São Paulo. Para a realização deste estudo de campo de caráter transversal, quantitativo descritivo, estima-se que a amostra seja composta por 30 frentistas alocados em postos de combustíveis de uma cidade localizada no interior do Estado de São Paulo, entre a faixa etária de 18 a 40 anos de idade e de ambos os sexos, com no mínimo dois anos de experiência na área. Como critério de exclusão, não irão compor a amostra participante com idades inferiores ou superiores ao estipulado, bem como àqueles que vierem apresentar doenças auditivas de outra natureza. O local para a coleta dos dados compreenderá em um Centro de Referência em Saúde do TrabalhadorCEREST, localizado no interior do Estado de São Paulo. Com os resultados, pretende-se promover a saúde auditiva dos frentistas, permitindo melhor prevenção das complicações e a conduta imediata em cada caso. Os dados coletados serão apresentados em estatística simples.

Protocolo: 2672 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LIGIA CRISTINA NUNES CAMPAGNHARO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A audição é um dos sentidos mais importantes que exerce uma função primordial na aprendizagem, aquisição de linguagem oral e principal meio de comunicação entre as pessoas, sendo o monitoramento auditivo fundamental no controle da produção vocal. O objetivo deste estudo é analisar os parâmetros vocais de pacientes com deficiência auditiva atendidos em uma clínica de fonoaudiologia do interior de São Paulo, a fim de investigar o efeito da deficiência auditiva na função vocal. Participarão desta pesquisa, 25 participantes de ambos os sexos, com a faixa etária de 5 a 35 anos, com perda auditiva neurossensorial de severa a profunda e ou/ profunda bilateral. Será aplicado para cada participante o protocolo de avaliação de voz, a fim de verificar a sua qualidade vocal. Cada participante será submetido a uma gravação de sua voz durante a emissão das vogais "a" e "é", sustentadas na frequência e intensidade habituais da fala e na contagem de números de 1 a 15, essa gravação será efetuada em ambientes silenciosos. Após a gravação será realizada a avaliação perceptiva auditiva da voz será utilizada a escala GRBAS, esta escala avalia quantitativamente os aspectos dividindo-se em quatro níveis: normal(0), leve(1), moderado(2) e intenso(3). Também, será aplicado o teste estatístico Qui-quadrado, com nível de significância de 5 para a comparação das vozes. Os resultados serão apresentados em tabelas para facilitar a análise e compreensão.

Protocolo: 2666 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PATRICIA DE SOUZA MILANI
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A rinite alérgica é desenvolvida desde a infância podendo ser diagnosticado e iniciado precocemente o tratamento. Um dos principais hábitos desenvolvidos é a respiração oral, problema ao qual causa muitos malefícios à qualidade de vida, entre eles a alteração na musculatura orofacial. O trabalho fonoaudiológico com portadores de rinite alérgica visa contribuir com a reabilitação da respiração nasal, desenvolver a parte de motricidade oral com exercícios isotônicos e isométricos e adequação das funções neurovegetativas. O estudo tem como objetivo avaliar as possíveis alterações da musculatura orofacial em participantes portadores e não portadores da rinite alérgica e discutir sobre os tratamentos necessários para adequação da musculatura, bem como a adequação das funções neurovegetativas. Trata-se de uma pesquisa qualiquantitativo, de campo e transversal. A amostra será constituída de 60 participantes de ambos os sexos em duas faixas etárias de vida, crianças (6 a 11 anos e 11meses) e adolescentes (12 anos a 17 anos e 11 meses), sendo 30 portadores de rinite alérgica e 30 não portadores, utilizando o Protocolo de Avaliação MBGR de Motricidade Oral, que compreende a análise da história clínica do participante e o exame miofuncional orofacial.

Protocolo: 2726 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2015 - 10/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS SIMOES DE AZEVEDO PATUSSI
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Para obter um corpo perfeito, as pessoas estão se regrando em alimentação saudável, atividades físicas e até uso de substâncias para aumentar o desempenho e massa muscular como o suplemento alimentar. O uso dessas substâncias pode causar alterações na região da laringe, que é composta por cartilagens e músculos, podendo causar modificações na qualidade vocal. Sabendo dessas informações, este estudo tem por objetivo analisar a frequência fundamental (F0) de mulheres que praticam exercícios físicos e utilizam suplementos alimentares, a fim de verificar modificações da qualidade vocal, comparando com um grupo controle. A metodologia será realizada com avaliação de analise acústica, avaliação perceptivo-auditiva de 45 participantes do sexo feminino com idade entre 20 e 40 anos, sendo 15 mulheres do grupo controle não fumantes, não fazem atividades físicas e que não fazem uso de suplementos alimentares, 15 mulheres do grupo não fumantes, fazem atividades físicas e que não fazem uso de suplementos alimentares e 15 mulheres não fumantes que fazem atividades físicas e usam regularmente suplementos alimentares. Os resultados obtidos serão analisados e comparados utilizando para o estudo o teste T de Student, com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 2639 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2015 - 3/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAISE MONICA DE AZEVEDO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
MARCEL ADILSON MARANGONI
DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Recentemente, surgiram no mercado de próteses auditivas os dispositivos eletrônicos do tipo Open Fit, ou seja, adaptação aberta, cujo sistema de amplificação é indicado para deficientes auditivos com traçado audiométrico descendente, pois além de atender as questões estéticas favorece na redução da sensação de oclusão, sendo esta sensação bastante relatada pelos usuários de próteses auditivas que apresentam este tipo de traçado audiométrico. Com isso, o presente estudo tem como objetivo verificar os benefícios que a prótese auditiva com adaptação aberta "Open Fit" traz aos idosos usuários, levando em consideração o sexo e o tempo de adaptação. A amostra será composta por 50 idosos, com idade superior a 60 anos, adaptados com próteses auditivas do tipo Open Fit, e que atualmente realizam acompanhamento da adaptação em um centro auditivo no interior do estado de São Paulo. O material utilizado será o questionário APHAB (Abbreviated Profile of Hearing Aid Benefit) criado por Cox e Alexander (1995), que é composto por 24 (vinte e quatro) itens divididos em quatro sub-escalas que avaliam a facilidade de comunicação em ambientes relativamente favoráveis, a comunicação em ambientes reverberantes, a comunicação em locais com ruído de fundo elevado e a aversão aos sons. Tais questões são divididas em sub-escala para análise dos resultados e apresentados em percentis: sempre (99), quase sempre (87), geralmente (75), metade do tempo (50), ocasionalmente (25), raramente (12) ou nunca (1). Com isso, a pontuação acima de 50 indicará uma avaliação positiva do desempenho da prótese auditiva, e a pontuação abaixo de 50 indicará avaliação negativa desse desempenho. Os dados obtidos serão apresentados pela estatística simples, média, valores mínimos e máximos e desvio padrão, bem como pelos valores relativos para apresentar os resultados obtidos em cada questão, sendo estes expressos em figuras e tabelas.

Protocolo: 2625 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 12/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ISABELA FERNANDA GIOLI DE SOUZA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A audição nos permite comunicar com o mundo a nossa volta, sendo necessário atenção aos fatores que podem interferir na acuidade auditiva, esses fatores são idade, hereditariedade, ruído, entre outros. Os motoristas são profissionais que enfrentam o transito diariamente e são expostos ao ruído por oito horas diárias ou mais. Existem vários tipos de veículos com os quais os motoristas trabalham, como ônibus, caminhões, ambulâncias, furgões, entre outros. Os furgões utilizados em presídios para o transporte de presos, normalmente são veículos pesados e de alta segurança. O presente estudo se faz necessário devido à exposição que motoristas de carros furgões que transportam presidiários estão expostos diariamente, observando-se a incidência de perdas auditivas nesses trabalhadores. Analisar os prontuários de motoristas de carros furgões que transportam presidiários, verificando se há incidência de perdas auditivas, observando tipos de perda, configuração, traçado e investigando o tempo de exposição ao ruído. Comporão o estudo 60 prontuários de motoristas do sistema prisional da região de Presidente Prudente, avaliados pelo Ambulatório de Audiologia do CEREST/PP (Centro de Referência em Saúde do TrabalhadorRegional de Presidente PrudenteSP), com idade entre 20 a 60 anos, expostos ao ruído na cidade de Presidente Prudente. Nos prontuários serão coletadas informações das entrevistas sobre aspectos de saúde geral e auditiva, problemas auditivos anteriores, antecedentes familiares e história ocupacional. Ainda nos prontuários da população em estudo será realizada uma análise minuciosa das avaliações audiológicas, observando tempo de exposição ao ruído, se a perda é unilateral ou bilateral, configuração do traçado audiométrico, tipo e grau de perda auditiva, resultados de logoaudiometria e imitanciometria. Os dados serão analisados por meio de estatística descritiva e apresentados em valores absolutos e percentuais. A relação entre variáveis será analisada por meio do teste do qui-quadrado utilizando nível de significância de 5 (p<0,05). As analises serão realizadas no programa BioEstat 5.3.

Protocolo: 4089 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2017 - 5/2018 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANGELA GOMES DE BRITO CARVALHO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A face mantém um relacionamento mais direto com o mundo do que as outras partes do corpo. É através dela que demonstramos nossas expressões e emoções, promovendo, assim com o passar do tempo, o surgimento de linhas de expressão, como: rugas, sulcos, pregas e vincos. Portanto, o objetivo deste estudo visará estabelecer o equilíbrio funcional estomatognático, bem como, analisar as modificações presentes no comportamento facial, após tratamento fonoaudiológico proposto para a face e pescoço, por meio da realização de alongamentos, massagens faciais e realização de exercícios isométricos, isotônicos e isocinéticos, afim de alongar, fortalecer e relaxar a musculatura, promovendo, atenuação da flacidez muscular, das rugas e das marcas de expressão de cabeça e pescoço. Será um estudo específico de casos constituída por quatro participantes do sexo feminino, com idade entre 20 e 50 anos com queixas de linhas expressivas indesejáveis sem a presença de pele com acne; não ter passado por nenhum tipo de procedimento invasivo ou que ainda esteja nos seus seis primeiros meses pós-cirurgico; não ter feito bioplastia, uso de laser, toxina botulínica, colágeno bovino ou ácido hialurônico, e que o(s) mesmo(s) não esteja(m) ativo(s) no organismo (músculos faciais). Trata-se de uma pesquisa de campo - estudo de caso, caráter longitudinal. Os dados serão coletados por meio de filmagens e fotografias realizadas pré e pós intervenção fonoterapica, as quais serão analisados qualitativamente mediante a análise e discussão dos resultados alcançados. Os resultados serão divulgados em literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 2669 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MERIELI SONCIN RODRIGUES TEIXEIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A voz é única, individual e intransferível, e é por meio dela que podemos expressar sentimentos, emoções e nos comunicar, além de ser instrumento de trabalho de muitos profissionais. Dentre os profissionais que utilizam a voz como instrumento de trabalho, os professores são os que mais apresentam comprometimento vocal. O objetivo deste estudo é comparar o perfil vocal de professores iniciantes na carreira docente com professores atuantes há pelo menos 10 anos, do ensino fundamental da rede municipal do interior do Estado de São Paulo, com o intuito de descrever a qualidade vocal e a qualidade de vida em voz dos professores, bem como os hábitos, queixas e sintomas relacionados à disfonia. De natureza quantitativa e caráter exploratório, a pesquisa será composta por 30 professores atuantes no ensino fundamental da rede municipal do interior do Estado de São Paulo, sendo que a amostra será dividida em três grupos: grupo de 10 professores iniciantes na carreira docente, ou seja, com no máximo 2 anos de atuação; 10 professores com atuação na carreira docente que variam de 2 a 10 anos e 10 professores que atuam há mais de 10 anos na carreira docente. Os participantes serão de ambos os sexos entre a faixa etária de 20 a 40 anos de idade. Será utilizado como instrumento de coleta dos dados, a aplicação do questionário QVV (Qualidade de Vida em Voz) e questionário estabelecido no presente estudo, que abordará queixas, hábitos vocais e sintomas relacionados à disfonia. Posteriormente à aplicação dos questionários, será gravada a voz de cada participante a fim de realizar a análise perceptivo-auditiva pelo protocolo GRBAS. Nos resultados serão utilizadas as estatísticas descritivas para as diversas variáveis: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima de porcentagens, quando apropriadas. Para o comparativo do questionário QVV entre os grupos, será utilizado o teste T, com nível de significância de 0,05 e o Coeficiente de Correlação Interclasse (CCI), para análise estatística de confiabilidade da avaliação perceptivo-auditiva, no qual serão repetidas 20 das vozes.

Protocolo: 2597 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 11/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA PAULA DO NASCIMENTO SILVA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
O tabaco é a segunda causa de morte no mundo, pois traz diversos tipos de consequências para saúde do individuo. Uma nova forma de uso do tabaco que vem sendo utilizada por muitas pessoas é o narguilé. Os efeitos do narguilé sobre a voz são muitos e ainda pouco conhecidos. O objetivo deste projeto é descrever o perfil vocal do fumante de narguilé, em meio a jovens-adultos que fazem o uso constante ou casualmente do mesmo. Tendo como objetivos específicos: descrever a qualidade vocal dos usuários por meio das avaliações perceptivo-auditiva pelo protocolo GRBAS e acústica tradicional; descrever qualidade de vida em voz por meio do questionário QVV e a descrição dos hábitos, queixas e sintomas relacionados a voz. Participarão desta pesquisa, 20 jovens-adultos com idades compreendidas entre 18 e 40 anos, de ambos os sexos e que se m usuários de Narguilé. A avaliação será feita através de dois questionários: Qualidade de Vida em Voz (QVV) e um estabelecido no estudo. Após os questionários, as vozes serão gravadas e analisadas pela avaliação perceptivo-auditiva através do protocolo GRBAS e acústicamente pelo programa VoxMetria. Para análise acústica, as medidas a serem obtidas serão: Frequência Fundamental, jitter, shimmer e proporção ruído. Os resultados serão apresentados em tabelas para facilitar a análise e compreensão. O coeficiente de correlação interclasse será utilizado para avaliação da confiabilidade das análises perceptivo-auditiva, para tanto, 20 das vozes serão repetidas.

Protocolo: 2615 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2015 - 8/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BARBARA MARIA MINGOTTI DE ALMEIDA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
O canto nas igrejas é uma prática comum e pode apresentar-se em várias modalidades como: coros, grupos vocais, canto solo. Todas estes tipos são compostos por fiéis, geralmente amadores, que não possuem conhecimento adequado sobre música e produção vocal, não tendo consciência das consequências e do impacto de sua prática na voz. O objetivo do presente estudo é identificar o Índice de Desvantagem Vocal para o Canto e Qualidade de Vida em Voz em cantores religiosos sem treinamento vocal ou conhecimento de música, por meio dos questionários respectivamente: Índice de Desvantagem Vocal para o Canto (IDV-C) e Qualidade de Vida em Voz (QVV). Participarão do estudo, 30 cantores de igrejas, com idades entre 18 e 55 anos, com pelo menos 6 meses de atuação em alguma modalidade de canto. Todos responderão ao protocolo IDV-C, composto por 36 questões referentes aos aspectos da voz cantada e os efeitos no canto da vida do indivíduo. Também responderão ao protocolo QVV, composto por 10 questões referentes à qualidade da voz associada à qualidade de vida. Para análise dos resultados será realizada estatística descritiva.

Protocolo: 2310 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA CORDEIRO PEREIRA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A literatura é concordante sobre a extrema importância da utilização de protetores auriculares, também chamados de atenuadores de som, para se prevenir problemas auditivos em decorrência da exposição prolongada ou, mesmo abruptos, a elevados níveis de pressão sonora. Existem no mercado diversos materiais poliméricos utilizados na confecção destes protetores auditivos, como espumas de poliuretano (PU), poli cloreto de vinila (PVC), etileno acetato de vinila (EVA) entre outros. Cada um proporciona um nível de atenuação diferente do ruído e do som. Tais materiais apresentam características, em alguns aspectos parecidos, em outros completamente diferentes entre si. A maioria não é biodegradável, outros emitem gases poluentes e tóxicos na sua decomposição ou em sua queima e quando descartados inadequadamente. O Brasil tem grande potencial de produção de novos materiais que possam vir a substituir alguns dos materiais hoje existentes, muitos deles causadores de menores impactos ambientais. Diferentemente do processo de obtenção de polímeros sintéticos, os biopolímeros são fabricados pela atuação de enzimas de micro-organismos específicos. O estudo de materiais biopoliméricos tem alta demanda em função da busca de materiais ecologicamente corretos. A cana-de-açúcar, amplamente empregada na agricultura brasileira e o amido e seus derivados têm potencial e chance de entrar no mercado como matéria prima para a fabricação e substituição dos polímeros hoje existentes. Misturas ou blendas poliméricas estão entre estes novos materiais e muitos destes podem ser estudados para a possível fabricação de protetores auriculares eficientes e com menor impacto ambiental. O presente projeto tem como objetivo estudar diferentes materiais poliméricos (sintéticos e naturais) para possível utilização como atenuadores de som e posteriormente fabricação de protetores auriculares. Serão estudados os polímeros PU, EVA, PVC, silicone e derivados de amido. As amostras de polímeros inseridas em tubos ocos, simulando o conduto auditivo externo humano, serão expostas à uma frequência sonora específica de 1KHz (tom médio), obtida por um gerador de som, e após a exposição o som será medido por um decibelímetro. Serão variadas as situações de medidas, com diferentes distâncias de inserção do polímero no tubo de 1 cm de diâmetro, com variação da espessura e do tipo do material. Como referência, será realizada medida inicial do nível de pressão sonora do som gerado sem a inserção dos materiais nas duas extremidades do tubo. Para análise, serão utilizados os testes estatísticos não paramétricos de Wilcoxon, Mann-Whitney e Kruskall- Wallis em função da natureza das informações.

Protocolo: 2281 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARCOS ROGERIO RODRIGUES DA SILVA
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
REBECA DELATORE SIMOES

Resumo:
A Doença de Parkison caracteriza-se por um distúrbio neurológico de caráter degenerativo e progressivo, manifestada essencialmente por sintomas motores. Apesar de não haver um tratamento curativo ou mesmo isento de efeitos colaterais, a doença de Parkison é uma das alterações neurológicas crônicas com um dos melhores índices de sucesso terapêutico. Uma das alterações decorrentes da lesão central do Parkinson é a Disartria, que se configura como um distúrbio neurológico de incapacidade para articular as palavras de maneira correta. O presente estudo visa verificar a qualidade de comunicação de indivíduos que têm a Doença de Parkison, bem como a forma como lidam com tal alteração durante seu cotidiano. Para tanto, serão avaliados 10 sujeitos com doença de Parkinson e alterações da fala, em uma Unidade Básica de Saúde, mediante aplicação de questionário "Vivendo com Disartria", validado por Behlau & Padovani, em 2009. As informações serão analisadas de forma quali-quantitativa. Serão utilizados testes estatísticos não paramétricos, diante da natureza das informações.

Protocolo: 2275 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA FARINASSO BIAGI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A deglutição é o ato de conduzir o alimento da boca até o estômago, sendo dividida por alguns autores em quatro fases: preparatória oral e oral (fases voluntárias), faríngea e esofágica (fases involuntárias). A disfagia apresenta-se como um sintoma de uma doença, relacionada com alguma parte do trato digestivo da boca até o estômago podendo originar complicações como a desnutrição, desidratação e respiratórias. O presente estudointitulado "Análise das etiologias do uso de sonda gástrica e a recuperação da função de deglutição em adultos internados na unidade de terapia intensiva de um hospital do interior do Estado de São Paulo"tem como objetivo coletar dados de verificar as etiologias do uso de sonda gástrica em adultos internados na Unidade de Terapia Intensiva do hospital em estudo e observar a recuperação da função da deglutição, seja de forma espontânea ou por acompanhamento fonoaudiológico durante o período de internação. A amostra populacional compreenderá em 15 sujeitos, internados na UTI adulta, fazendo uso de sonda gástrica, de ambos os gêneros, faixa etária entre 18 anos ou mais, por intermédio de informações coletadas em prontuários. Buscando verificar a recuperação espontânea da função da deglutição. Após a coleta dos dados, será realizada uma análise estatística qualitativa nominal e quantitativa descritiva dos dados.

Protocolo: 2295 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2014 - 5/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAYARA BEATRIZ DE ANDRADE
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Os distúrbios de aprendizagem na fase escolar, manifestados por atrasos ou alterações relacionados à leitura e escrita, tem sido cada vez mais frequentes e de grande relevância para o desenvolvimento pessoal de uma criança. Uma das causas para tais manifestações pode ser a desordem de se processa o som, o que consequentemente afetará a fala e linguagem e por seguinte, a aprendizagem. Visto que o desempenho escolar dependerá do processo de ensino-aprendizagem, bem como da integridade do sistema auditivo como um todo, acreditamos ser importante a realização da triagem do processamento auditivo em escolares. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo detectar possível alteração do processamento auditivo em escolares, com vistas à conduta fonoaudiológica pertinente a cada caso. A amostra será composta por 60 crianças, de ambos os sexos, matriculadas regularmente no 6° e 7° ano de uma escola do ensino fundamental. Os procedimentos para a coleta dos dados dar-se-ão pela inspeção do canal auditivo externo com intuito em verificar a existência de qualquer impedimento para a realização da triagem do processamento auditivo. Na sequencia, será aplicado questionário contendo questões abertas e fechadas sobre o desempenho escolar e realização dos testes simplificados do processamento auditivo, composto pela sequencialização sonora não verbal, verbal e localização sonora. Os dados coletados serão analisados por intermédio de estatística simples, utilizando valores absolutos e relativos. Além disso, será aplicado o cálculo de medidas para a comparação da amostra: média, mediana, desvio padrão, valores mínimo e máximo. Com intuito em verificar se a média dos resultados obtidos entre os grupos da amostra é significativa, será aplicado o teste de Tukey, utilizando o nível de significância de 0,05 (5).

Protocolo: 2230 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NYEJE VIOTTO ALTOMARE
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
EEstudos revelam que a exposição ao ruído intenso é um dos fatores de risco à saúde do trabalhador, provocando perturbações de ordem geral e auditiva. Vários são os fatores poluidores ambientais na região de presidente Prudente, dentre eles destaca-se o ruído nos setores de maquinários, principalmente naqueles que possuem equipamentos mais antigos e, consequentemente, mais ruidosos, por ainda não estarem em consonância com a NR15. Desta forma, o presente estudo terá como objetivo analisar a situação laboral e ambiental da atividade do corpo de bombeiros, incluindo as sirenes, caminhão e motosserra, investigar a percepção que os trabalhadores sobre o ruído ocupacional, alocados nos dois postos de trabalho desse setor, na cidade de Presidente Prudente. Verificar os efeitos auditivos e extra-auditivos na sua saúde e qualidade de vida. Por intermédio de um decibelímetro serão feitas as medições do nível de ruído gerado em cada posto de trabalho. Em seguida serão aplicados questionários aos bombeiros e posteriormente a realização da avalição audiológica completa, constituída de Via Aérea, Via Óssea, Logoaudiometria e Imitanciometria. Trata-se de um estudo clínico, transversal, prospectivo, não controlado, não aleatorizado, de coorte. Após a coleta dos dados, será realizada uma análise estatística por intermédio de testes não paramétricos de Wilcoxon e Mann-Withney. Para as medidas de Nível de Pressão Sonora (ruído ambiental), será utilizada estatística paramétrica de média e mediana.

Protocolo: 2300 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 4/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRESSA MENDES DA SILVA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Os esportes, como a luta, estão ganhando espaço na mídia e a maior procura pelas lutas é fato consumado. Há hoje um aumento constante nas academias de lutas através das divulgações do MMA (Artes Marciais Mistas) e o UFC (Ultimate Fighting Championship), que são competições envolvendo varias artes marciais em um único lutador. O fato de os lutadores, tanto profissionais como amadores, serem sujeitos a repetidos e intensos golpes na região craniana, o que pode causar danos irreversíveis de diversas naturezas. Assim, faz-se necessária à realização de um estudo que possa verificar a possível presença de alterações auditivas nesses indivíduos, com posterior caracterização e condutas necessárias. O presente estudo terá por objetivo verificar a presença de zumbido auditivo em lutadores de MMA (Mixed Martial Arts), com posterior caracterização do zumbido, com a finalidade de se verificar possíveis alterações do órgão auditivo por trauma mecânico da cabeça. Serão incluídos na amostra 30 lutadores amadores e profissionais de MMA, sem distinção de sexo, com idade mínima de 18 anos e tempo de atividade na área de no mínimo um ano. Será realizada uma entrevista inicial por intermédio do Protocolo de Avaliação Audiológica Clínica em Adultos da Clínica Escola de Fonoaudiologia da Unoeste. Em seguida, será aplicado o protocolo Tinnitus Handicap Inventory, que posteriormente será analisado pelos pesquisadores. Por fim, será feita a devolutiva aos indivíduos envolvidos e conduta fonoaudiológica frente aos achados e, se necessário encaminhamento para avaliação audiológica na clínica escola de Fonoaudiologia e Otorrinolaringológica no Ambulatório Médico de Especialidades de Presidente PrudenteSP.

Protocolo: 2291 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 7/2016 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA APARECIDA FIAIS
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Os caminhoneiros são considerados um dos principais agentes do setor de transporte do nosso país, movimentando ativamente o sistema econômico do Brasil. Por estarem expostos ao ruído gerado pelo motor do caminhão, do calor gerado dentro da cabine, da má conformação da poltrona e permanência por muitas horas em uma mesma posição em frente ao volante, pode favorecer o aumento no índice de alterações auditivas e de saúde em geral. Por esse motivo, o presente estudo visa verificar a ocorrência de perda auditiva induzida por ruído (PAIR) em motoristas de caminhão bem como analisar os sintomas auditivos e extra-auditivos presentes nesta população. A amostra será composta por 40 motoristas de caminhão do sexo masculino, entre a faixa etária de 20 a 60 anos de idade. Os motoristas de caminhão a serem recrutados são usuários dos serviços prestados pelas entidades civis sem fins lucrativos: Serviço Social do TransporteServiço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST-SENAT) de Presidente Prudente/SP. Serão incluídos somente os motoristas que atuam exclusivamente nessa área com carga horária diária de atividade profissional igual ou superior a 8 horas, bem como àqueles que tiverem a faixa etária estipulada. A coleta dos dados dar-se-á pela entrevista fonoaudiológica e avaliação audiológica básica, composta pela pesquisa Audiometria Tonal, Vocal e Imitanciometria. Após a coleta dos dados de cada participante envolvido na pesquisa terá os resultados dos exames de forma oral e escrita e àqueles que apresentarem alterações nos achados audiológicos serão encaminhados ao médico otorrinolaringologista para parecer médico. Além disso, receberão orientações oralmente sobre medidas de proteção sonora além de explicações dos malefícios que o ruído provoca no organismo como um todo. Após a coleta, os dados obtidos serão armazenados e tratados estatisticamente, de forma descritiva, utilizando o teste estatístico não paramétrico Qui-Quadrado e test T. Ambos os testes serão utilizados com o nível de significância de 5 (0,05).

Protocolo: 2248 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2014 - 6/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NAYARA GISELE DE AGUIAR MENEZES
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
No Brasil, a população tem se tornado cada vez mais sedentária, o que consequentemente pode evoluir para uma doença coronariana. Nos dias de hoje existem métodos percutâneos de tratamento para o sujeito que se encontra com um provável infarto agudo do miocárdio ou com alguma artéria sub-ocluída. Quando se observa alguma alteração precocemente no eletrocardiograma, teste ergométrico ou cintilografia do miocárdio, o paciente é para exame mais especifico. Nesse caso, havendo alguma artéria obstruída, será realizado o cateterismo ou cineangiocoronariografia, também conhecido como estudo hemodinâmico. Constatada presença de lesão acima de 70 é considerado risco, sendo indicado o tratamento denominado Angioplastia. Após a implantação do Stent, o paciente deverá fazer uso das medicações Clopidogrel e AAS (ácido acetilsalicico), importantes para se evitar a reestenose. A literatura afirma que existem medicações ototóxicas, entre elas inclui-se o AAS (acido acetilsalicílico). O presente estudo tem por objetivo verificar a presença, bem como realizar a caracterização do zumbido, que é um sinal de possível lesão do órgão auditivo por toxicidade, em pacientes com doença coronariana, portadores de Stent, convencional ou farmacológico, usuários contínuos de Ácido Acetil Salicílico (ASS), comparados ao grupo controle de cardiopatas, que não fazem uso de AAS. A partir de então, pode-se discutir com a equipe médica a necessidade de encaminhamento para avaliação formal da audição e intervenção nessa área, além de considerações sobre a possibilidade ou não de troca da medicação dos pacientes cardiopatas.

Protocolo: 2172 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA COUTINHO RAMOS MOREIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Esta pesquisa terá por objetivo verificar a consciência fonêmica de pré-escolares e analisar a relação como desenvolvimento da linguagem escrita, atuando como previsor de possíveis dificuldades na alfabetização, em uma escola pública de Rancharia/ SP. Sabendo que a Consciência Fonológica é uma habilidade metalingüística e que se desenvolve entre os 4 e 6 anos, e compete à capacidade de operar com sílabas, rimas, aliteração e fonemas,pondera-se que, a relação entre a consciência fonológica e a aquisição de leitura e escrita seja de reciprocidade e interdependência.A amostra do estudo constituirá de 35 crianças pré-escolares de 04 à 05 anos, de ambos os sexos, em fase de pré-alfabetização. Inicialmente será aplicada a Prova da Consciência Fonológica, com ênfase nos subtestes de Síntese, segmentação, transposição e manipulação fonêmica. Em um segundo momento será realizado um trabalho de consciência fonêmica nos sujeitos estudados.

Protocolo: 2165 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 4/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BIANCA GONCALVES ORBOLATO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A menstruação é um fator marcante que ocorre na vida das mulheres surgindo de forma espontânea na adolescência e permanecendo até a menopausa que é a última menstruação da mulher. A voz humana possui características sexuais secundárias, a laringe é um órgão extremamente sensível à alterações hormonais, os estímulos endócrinos atuam constantemente na vida da mulher promovendo modificações físicas e emocionais, sendo as vezes evidente em todo o organismo da mulher. Este presente estudo busca avaliar a voz de mulheres durante o ciclo menstrual, observando os efeitos das alterações hormonais. Trata-se de uma pesquisa de caráter, exploratório, quantitativa e transversal, sendo a amostra composta por 20 mulheres voluntárias na faixa etária de 20 e 40 anos, sem queixas vocais, não fumantes. A coleta dos dados será realizada na Clínica Escola de Fonoaudiologia da Universidade do Oeste Paulista, as vozes das participantes serão gravadas dois dias antes da provável menstruação, dois dias durante a menstruação (após o início da mesma) e uma semana após o término da menstruação. Para a gravação dos sinais de voz, serão solicitadas ao indivíduo as seguintes emissões: vogal /a/ sustentada em frequência e intensidade confortável, leitura das frases contidas no protocolo CAPE-V e fala espontânea. As vozes serão analisadas por meio da análise percectivo-auditiva da voz que permite a caracterização da qualidade vocal e a quantificação do padrão de desvio vocal e acústica da voz. Para a análise acústica da voz, as medidas a serem utilizadas serão: frequência fundamental (F0), expressa em Hz, jitter e shimmer, expressos em porcentagem e proporção harmônico ruído (NHR). Para a mensuração dos parâmetros acústicos será utilizado o programa VOX METRIA, da CTS informática.

Protocolo: 2192 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA EDILAINE ALVES DA SILVA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A higiene vocal consiste de algumas atitudes que promovem a conservação da saúde vocal e previnem o aparecimento de alterações vocais. Dentre as dicas de higiene vocal, encontra-se o evitamento do leite antes do uso prolongado da voz, pois este alimento aumenta a secreção de muco no trato vocal. O objetivo deste estudo é de comparar a qualidade vocal de indivíduos adultos antes e após ingestão de leite por meio das análises perceptivo-auditiva e acústica. Trata-se de uma pesquisa exploratório e quantitativa. Participarão deste estudo 40 sujeitos adultos, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre 20 e 40 anos. O critério para exclusão dos participantes será apresentar queixas vocais e ser alérgico à proteína do leite. Para a avaliação perceptivo-auditiva da voz será utilizado o protocolo CAPE-V, realizada um fonoaudiólogo treinado. Para a análise estatística da confiabilidade das avaliações do CAPE-V, será utilizado o Coeficiente de Correlação Interclasse (CCI). Para a análise acústica tradicional as medidas a serem utilizadas serão: frequência fundamental (F0), expressa em Hz, jitter e shimmer, expressos em porcentagem e proporção harmônico ruído (NHR). Para a mensuração dos parâmetros acústicos será utilizado o programa VOX METRIA, da CTS informática. Os resultados obtidos neste estudo serão apresentados em tabelas e gráficos para facilitar a análise e a apresentação. As estatísticas descritivas a serem utilizadas para as diversas variáveis serão: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. Na comparação estatística entre a avaliação perceptivo-auditiva e acústica antes e após a ingestão de leite será utilizado o teste T. de Student com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 2152 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARRIELY TETE DE ARAUJO
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Tendo em vista que a perda auditiva mesmo que discreta pode influenciar no desenvolvimento da comunicação oral da criança, programas de triagens auditivas têm sido realizados por todo o Brasil com intuito de detectar precocemente a perda auditiva em neonatos, e consequentemente, minimizar os males provocados por essa perda. Para tanto, ainda faz-se necessário a realização de estudos que visem a efetividade do programa, bem como verificar os principais fatores de risco que levam ao aparecimento da perda auditiva, mesmo estes fatores já serem descritos em diversos estudos retrospectivos. Sendo assim, o presente estudo terá como objetivo verificar a incidência de passa-falha em neonatos submetidos à triagem auditiva neonatal em uma Unidade Básica de Saúde de uma cidade do interior do estado de São Paulo e correlacionar essa incidência com os principais fatores de risco para perda auditiva. Trata-se de um estudo de campo, epidemiológico, de caráter quantitativo descritivo, o qual a amostra será composta por 50 neonatos, de ambos os sexos, que vierem realizar a triagem auditiva neonatal até vinte e oito dias de vida (período considerado neonatal), em uma Unidade Básica de Saúde localizada em uma cidade do interior do estado de São Paulo, nos meses de dezembro de 2014 e janeiro de 2015; cuja coleta dar-se-á pela aplicação de um questionário com intuito de verificar os possíveis critérios de risco para a perda auditiva e análise dos resultados do teste das emissões otoacústicas. Serão analisados os índices de passa e falha dos neonatos e correlação dos não aprovados com os principais fatores de risco, sendo estes separados em grupos de baixo risco (G1) e altos risco para perda auditiva (G2). Os resultados serão apresentados mediante estatística simples, em forma de gráficos e tabelas.

Protocolo: 2183 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2014 - 11/2017 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PAULA RODRIGUES VICENTINE
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Alterações do Sistema Nervoso Central por Acidente Vascular Encefálico ou por Traumatismos Cranianos podem estar associadas a alterações do equilíbrio. O presente estudo pretende analisar a relação existente entre local de lesão e tipo de lesão neurológica com sinais e sintomas de alteração do equilíbrio e da postura, acompanhados ou não de sintomas neurovegetativos, em pacientes com distúrbio de linguagem pós-trauma, por acidente vascular encefálico e ou por trauma crânioencefálico. Para tanto, será aplicado questionário para obtenção de informações sobre queixas referentes ao sistema vestibular periférico e sistema nervoso central além de informações de resultados de exames que os pacientes trouxerem para confirmação de locais de lesões e de informações obtidas com os médicos responsáveis pelos casos clínicos, em 30 (trinta) sujeitos com distúrbio de linguagem pós-trauma, por acidente vascular encefálico ou por traumatismo craniano, com idade superior a 18 anos e sem o limite final de idade, tanto do gênero feminino como do gênero masculino. O local da pesquisa será composto por três Unidades Básicas de Saúde, no município de Quatá no oeste paulista, mediante autorização prévia dos responsáveis. As informações coletadas serão analisadas mediante teste não paramétrico de Coeficiente de Correlação por Postos de Kendall.

Protocolo: 2143 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VALERIA CALDEIRA DOS SANTOS
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A voz é considerada um dos mais poderosos meios de interação humana e, na profissão dos docentes, é a principal ferramenta de trabalho. É fundamental que os docentes saibam a importância da intervenção fonoaudiológica quanto à orientação e prevenção de distúrbios vocais, bem como dicas de higiene vocal para promover uma melhor qualidade de vida. O objetivo deste estudo é descrever o perfil vocal do professor de música, verificando os hábitos vocais praticados, o ambiente de trabalho e sua influência na qualidade vocal e a rotina de trabalho dos professores mediante a perspectiva vocal. Participarão 17 professores de ambos os sexos, com idade compreendida entre 20 e 50 anos, de dois projetos sociais do município de Presidente Venceslau. Os sujeitos participantes responderão a um questionário de Qualidade de Vida e Voz (QVV), questionário de Índice de Desvantagem Vocal (IDV), questionário do Perfil de Participação e Atividades Vocais (PPAV) e Questionário proposto no estudo. Estes questionários buscam identificar a queixa, duração e frequência dos sintomas vocais e a influência destes sintomas na qualidade vocal e de vida destes profissionais. Os resultados das questões objetivas serão apresentados em tabelas e gráficos para facilitar a análise e a apresentação. As medidas a serem utilizadas para os dados da pesquisa serão média, mediana, máximo e mínimo. Na comparação entre os resultados será utilizado o teste T. de Student com nível de significância de 0,05.

Protocolo: 2124 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS DO NASCIMENTO VIANA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A busca significativa de terapias de consciência fonológica é um papel importante na carreira dos futuros profissionais da área. Portanto, cabe aos profissionais de Fonoaudiologia, realizar estudos que subsidiem um trabalho efetivo de consciência fonológica, visto que é preponderante para a aprendizagem efetiva da linguagem escrita, uma vez que realiza-se o apoio na oralidade durante o processo de alfabetização. O objetivo dessa pesquisa será verificar a utilização da estimulação da consciência fonológica em terapias fonoaudiológicas e verificar sua contribuição para o desempenho na aprendizagem durante o processo terapêutico da linguagem escrita. A amostra populacional será constituída de 15 sujeitos, já diagnosticados com Distúrbio de Linguagem Escrita. Crianças de ambos os gêneros, e faixa etária entre 7 e 17 anos, independente de raça e cor. Não haverá abordagem direta aos sujeitos da pesquisa, a coleta ocorrerá por intermédio de prontuários. Serão observados nos prontuários dos pacientes inseridos em atendimentos do Estágio Supervisionado de Linguagem Escrita resultados de provas da consciência fonológica (Capovilla e Capovilla, 2011) aplicados relatados nos relatórios de avaliações. Em seguida serão observados os desempenhos de cada criança com relação às alterações encontradas na prova da consciência fonológica e nas atividades envolvendo leitura e escrita, nos relatórios finais durante o mesmo semestre da avaliação e em semestres posteriores. Os dados serão analisados quantitativamente de forma descritiva pela correlação e dependência de variáveis e os resultados serão analisados pelo teste estatístico "qui-quadrado" ao nível de significância de 0,05. Os resultados serão divulgados no ENEPE e um artigo será redigido e enviado a revistas especializadas.

Protocolo: 2127 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DAISE PEREIRA BASSO MOREIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Cuidador é denominado à pessoa que dispõe de grande parte do dia com a realização ou ajuda de atividades básicas e instrumentais de vida diária de indivíduo com necessidades especiais. Devido à sobrecarga de atividades que são submetidos, podem ficar expostos a consequências como: desgaste físico, emocional ou psicológico, fato que pode prejudicar diretamente sua qualidade de vida. Deste modo, os objetivos deste estudo são analisar o nível de sobrecarga e a qualidade de vida de cuidadores de indivíduos com necessidades especiais em diversos tratamentos. Serão avaliados 40 indivíduos cuidadores de sujeitos com necessidades especiais (com sequelas neurológicas e/ou distúrbios intelectuais), que frequentam a Clínica de Fisioterapia ou o Centro de Reabilitação Equestre da Universidade do Oeste Paulista, Presidente Prudente/SP. Os critérios de inclusão são a autorização dos indivíduos com a assinatura do termo de consentimento livre e esclarecido e exercer a atividade de cuidador a pelo menos de três meses. Já como critério de exclusão, será eliminado da amostra o indivíduo que não permanecer frequentemente com o paciente. A pesquisa será realizada por entrevista com o indivíduo, com a aplicação dos questionários: Questionário Inicial (aborda perfil do cuidador, realização da tarefa, presença de dor e perguntas a respeito do indivíduo com necessidades especiais), Questionário de sobrecarga Burden Inteview (verifica a sobrecarga física e emocional do cuidador) (Scazufca (2002)) e o Questionário Genérico de Qualidade de Vida SF-36 (quantifica a qualidade de vida) (Ciconelli et al. (1994)). As variáveis serão expressas em média e desvio-padrão, será considerado estatisticamente significativo p<0,05.

Protocolo: 2129 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2014 - 8/2015 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): THIAGO KENDY KAWANO
DANIELI FERNANDES DA SILVA
DHIEGO BONETTI DOS SANTOS
DANIELA TANAJURA CALDEIRA
LAYS DOS SANTOS TORTOLA
Professor(es): REGINA LUCIA MEIRELLES GONÇALVES ITO
DEBORAH CRISTINA GONÇALVES LUIZ FERNANI
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
MARIA TEREZA ARTERO PRADO DANTAS

Resumo:
O termo letramento pode ser caracterizado como o "uso efetivo e competente da leitura e escrita". E, por esta caracterização, se diferencia do termo alfabetização, que diz respeito ao "processo de aquisição da tecnologia da escrita". Embora alfabetização e letramento sejam práticas distintas, ambas são interdependentes e indissociáveis. Isto porque, segundo vários autores, a forma mais efetiva de alfabetizar é letrando, de maneira que o indivíduo aprenda a ler e escrever contextualizando a escrita com o seu uso. O objetivo dessa pesquisa será identificar o nível de letramento dos alunos que se encontram no 5º ano do Ensino Fundamental. Após isso, serão comparados com os dados encontrados em estudos já feitos neste sentido, de forma que, possa se concluir se os alunos estão no nível adequado. O local pesquisado será uma Escola Municipal da cidade de DracenaSP. A amostra da pesquisa contará com 45 alunos de ambos os sexos, cursando o 5º ano do Ensino Fundamental. Os dados serão coletados por meio de um questionário com quesitos abertos e objetivos, e de testes com funções pautadas aos objetivos práticos de leitura e escrita, formulados de acordo com o INAF. Os dados serão analisados quantitativamente e qualitativamente com o teste do qui-quadrado, seguindo os critérios utilizados pela avaliação do INAF. Sendo os resultados divulgados por meio de periódicos, revistas, congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 2149 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA BUTTIN
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A análise do Tempo Máximo de Fonação (TMF) é importante porque pode ser empregada no diagnóstico de distúrbios fonoaudiológicos, acompanhamento e evolução das práticas terapêuticas, tratando-se de ferramenta fácil e hábil para obtenção das medidas respiratórias. Este estudo tem o objetivo de comparar o tempo máximo de fonação de coralistas (cantores integrantes do Coral do Curso de Licenciatura em Música da UNOESTE) e não coralistas (indivíduos de conhecimento da própria pesquisadora), de ambos os sexos e sem nenhuma queixa vocal. A técnica de aferição do TMF, utilizada na avaliação dos participantes, consiste da sustentação de uma nota vocal em uma única expiração (uma respiração). Para esta medição são usadas as vogais "a", "i", "u" e a emissão das consoantes fricativas "s" e "z", um cronômetro digital e tabulação dos números. Esta pesquisa contará com a participação de 40 sujeitos, sendo 20 coralistas e 20 não coralistas com idade compreendida entre 18 a 40 anos. A gravação das vozes serão realizadas em um momento único e analisadas estatisticamente pelo teste T. de Student (comparação entre os grupos) e estatísticas descritivas para as diversas variáveis sendo: média e desvio padrão, medidas máxima e mínima e porcentagens, quando apropriadas. A representação da analise será por meio de tabelas e gráficos.

Protocolo: 2108 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 12/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA SOUZA BARROS
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
Atualmente a literatura especializada tem estudado a ação dos produtos químicos, em especial os agrotóxicos, uma vez que eles têm se mostrado tóxicos ao corpo humano. O objetivo do presente estudo é realizar um levantamento de informações em comum descritas por trabalhadores rurais expostos continuamente aos agrotóxicos no interior do oeste paulista, mediante questionário relacionando os sinais e sintomas otoneurológicos, auditivos e vestibulares, indicativos de irritação ou lesão do sistema vestíbulo-coclear. As informações serão coletadas por meio de entrevistas individuais, com questionário específico e a análise dos dados será realizada através de estatística descritiva, mediante números absolutos e porcentagem de ocorrências de sinais e sintomas, além do uso de testes não paramétricos.

Protocolo: 2102 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2014 - 3/2015 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A medida que as pessoas envelhecem elas sofrem mudanças fisiológicas no corpo e este processo também ocorre nas estruturas laríngeas e todas as mudanças fisiológicas neste órgão afetam diretamente a qualidade vocal do idoso. Nas duas últimas décadas as sociedades científicas da área da saúde têm incentivado os pesquisadores a realizarem estudos com evidências fortes que possam demonstrar a eficácia dos métodos terapêuticos e na fonoaudiologia não é diferente. Tendo em vista a necessidade das pesquisas com intuito de comprovar a eficácia dos exercícios vocais na voz do idoso, este estudo tem o objetivo de verificar os efeitos imediatos dos exercícios dos tubos finlandeses e vibração de lábios na voz de idosos. Será realizada gravação da voz de 30 idosos de ambos os sexos que serão divididos em dois grupos, o Grupo 1 que realizará o exercício vocal denominado "método dos tubos finlandeses" e o Grupo 2 que realizará o exercício de "vibração de lábios". Os sujeitos da pesquisa terão um trecho de sua voz gravado antes e após a realização do exercício que deverá terá a duração de 3 minutos. Será realizada avaliação perceptivo-auditiva das vozes por um juiz especialista em voz que deverá indicar qual a melhor de duas emissões, sem conhecimento prévio de qual emissão pré e pós exercício vocal. As amostras de voz também serão analisadas no programa de análise acústica da voz Vox Metria e serão comparados os parâmetros de frequência fundamental e seu desvio padrão tanto entre as emissões pré e pós exercício vocal quanto entre os dois exercícios realizados. Para realização das comparações será utilizado teste estatístico "t de Student".

Protocolo: 1870 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 2/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DANIELY TAYNA CONSENSQUI
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO
JULIANA FERNANDES GODOY

Resumo:
O aleitamento materno exclusivo é uma pratica indispensável para o bom desenvolvimento do lactente, sendo ela expressa e definida por no mínimo seis meses até os dois anos de idade. Na pratica nem sempre é o que ocorre, mesmo com todas as orientações precisas e os benefícios do aleitamento materno exclusivo, ocorre a utilização de complementos da alimentação dos recém nascidos, sendo por intermédio de bico artificial ou uso do copo, podendo ser prejudiciais para o bom desenvolvimentos cognitivo e oral do lactente, além de acarretar doenças e alergias a curto e a longo prazo. O presente estudo objetiva estudar a frequência que ocorre o aleitamento materno exclusivo e o uso de complemento na alimentação dos lactentes. Trata-se de estudo prospectivo, de caráter quantitativo e qualitativo, será realizada em um Hospital Público no interior do estado de São Paulo, por intermédio de preenchimento de protocolo por funcionários do hospital sobre crianças que nascerem entre o mês de Agosto a Outubro de 2014 no respectivo hospital. Os resultados da pesquisa serão analisados quantitativamente de forma descritiva pela correlação e dependência de variáveis e os resultados serão analisados pelo teste estatístico "qui-quadrado" ao nível de significância 0,05., divulgados no ENEPE e publicados sob forma de artigo em revista cientifica.

Protocolo: 2099 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2014 - 12/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MICHELLE MARQUES
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A perda auditiva causada por ruído devida ao uso incorreto de aparelhos portáteis tocadores de MP3 é mais comum em jovens e tem entre outras consequência o zumbido e declínio na qualidade de vida do indivíduo. Este estudo tem por objetivo quantificar a resposta de saída para cada tipo de fone, através da medida do NPS para um mesmo tom padrão gerado por computador, comparando os vários tipos de fones de ouvido para tocadores portáteis de MP3 e contribuir para a compreensão dos efeitos nocivos à audição humana em relação à exposição prolongada a musica amplificada de alta intensidade. É uma pesquisa experimental, quantitativa e exploratória. A amostra será constituída por 30 fones de ouvido para tocadores de som portáteis, de vários modelos e marcas. A medida do Nível de Pressão Sonora (NPS) será feita com um decibelímetro calibrado acoplado no fone ao ser executado o tom padrão. Serão executadas 10 medidas para cada amostra. Os dados de cada aparelho serão compilados, comparados entre si e analisados através de estatística simples.

Protocolo: 1767 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 4/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAURIANE MARINHEIRO ARAUJO
LUIS EDUARDO ABONIZIO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Tendo em vista que a habilidade de perceber a fala na presença do ruído não é uma tarefa fácil e que depende de alguns fatores tais como o nível e espectro da fala e do ruído (relação sinal-ruído), reverberação e nível de pressão sonora, estudos sobre a mensuração desse ruído fazem-se necessários, visto que o ambiente no qual os alunos estão expostos pode ser desfavorável para a aprendizagem. Sendo assim, o presente estudo terá como objetivo mensurar o nível de ruído produzido nas salas de aula de escolares do ensino fundamental I de uma escola localizada no interior do estado de São Paulo, com vistas à promoção da saúde auditiva e melhorias na acústica do ambiente escolar. Após a aprovação do Comitê de Pesquisa Institucional da UNOESTE, serão mensurados os níveis de pressão sonora nas salas de aula do quarto e quinto ano, sendo esta mensuração realizada por meio do Decibelímetro Digital da marca MSL-1325 e posicionado em cinco pontos distintos, sendo quatro cardeais e um central, há um metro de distância de qualquer superfície, tais como paredes, teto, pisos e móveis. A mensuração será feita utilizando a escola de ponderação A, com circuito de resposta lenta "Slow", conforme recomendação por lei, em três horários distintos: no início das atividades diárias, durante o intervalo das atividades de classe (recreio) e próximo ao término das atividades escolares; por uma semana no total. A análise dos dados será feita pela média aritmética da correlação e dependência entre as variáveis: local de mensuração, horário de mensuração e ano de classe escolar, sendo os valores obtidos comparados com a Norma Brasileira Registrada (NBR) 10151; sendo estes expressos em gráficos e tabelas. Ao término da análise, os responsáveis pelo local do estudo serão notificados através do relatório sobre os achados e, mediante resultado será ministrado uma palestra sobre o ruído e os efeitos na auditiva, visando a promoção da saúde e esclarecimentos sobre os cuidados preventivos.

Protocolo: 1764 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 4/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE POPPE
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O Brasil alcançou em 2009 o primeiro lugar no ranking mundial de consumo de agrotóxicos, embora não seja o principal produtor agrícola mundial. Algumas publicações relatam que no Brasil trabalhadores expostos a agrotóxicos, apresentam alta incidência de neuropatias periféricas e também a presença de perdas auditivas do tipo neurossensorial de grau leve a moderado. Com apenas dias de exposição, pode-se apresentar perda auditiva, variando o grau de leve a profunda. Desta forma, o presente trabalho tem por objetivo fazer uma descrição do perfil audiométrico do morador e do trabalhador da região agrícola alocado na região do pontal do Paranapanema, para verificar a influência dos agrotóxicos sobre a audição e discutir a necessidade de programas preventivos destinados a essa população. Serão selecionados 06 municípios para o desenvolvimento da pesquisa, levando-se em consideração os municípios que utilizam agrotóxicos em maior escala. A coleta dos dados ocorrerá com a aplicação de audiometria tonal liminar completa, compreendendo pesquisa de limiares auditivos por via aérea, via óssea, logoaudiometria e Imitanciometria. Na pesquisa por via aérea serão investigadas as freqüências de 250 a 12KHz, caracterizando estudo de alta freqüência. Alem da aplicação de um questionário com perguntas fechadas. Ao final da coleta de dados, os sujeitos da pesquisa receberão orientações sobre conservação auditiva, bem como questões ergonômicas e o uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e a partir desse momento será realizada uma análise estatística qualitativa nominal e quantitativa descritiva dos dados.

Protocolo: 1799 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 11/2014 Programa: PPG - Programa de Pesquisa de Pós-Graduação/PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JAMILE SILVEIRA TOMIAZZI
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
Professor(es): PATRICIA ALEXANDRA ANTUNES

Resumo:
Estudos evidenciam que o ruído é um agente físico presente no local de trabalho de odontólogos, sendo este proveniente das canetas de alta e baixa rotação, dos sugadores, compressores, cuspideiras, peças retas, fotopolimerizadores, autoclaves e ar condicionado. Por esse motivo, investigar o perfil audiológico dessa população faz-se necessária, visto que o ambiente no qual estão expostos podem acarretar em alterações auditivas de forma permanente. Sendo assim, o presente estudo terá como objetivo avaliar o perfil audiológico dos odontólogos, levando em consideração as queixas relacionadas à audição, os limiares auditivos tonais e vocais, a medida de complacência estática, representada graficamente pela timpanometria, e a pesquisa do reflexo acústico pela contração do músculo estapédio. Mediante aceite em participar da pesquisa pelo Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, a amostra será composta por 20 professores odontólogos, de ambos os gêneros, entre a faixa etária de 25 a 50 anos, que exercem suas atividades profissionais em uma clínica-escola de odontologia vinculada a uma Instituição de Ensino Superior do interior do estado de São PauloSP. Os procedimentos a serem realizados dar-se-ão pela entrevista audiológica, audiometria tonal e vocal e imitanciometria. Após a realização dos procedimentos os participantes do estudo receberão um parecer/laudo, a fim de tomarem ciência sobre os achados audiológicos e conduta fonoaudiológica. Posteriormente a coleta, os dados serão analisados estatisticamente e de forma quantitativa. Para a descrição das queixas relacionadas à audição e do perfil audiológico será utilizado a estatística descritiva, no qual os resultados serão expressos em gráficos e tabelas por frequência absoluta e relativa e medidas de tendência central e de dispersão. A fim de verificar o nível de significância entre os limiares tonais nas diversas frequências, o nível do reflexo acústico e a medida de complacência estática, será aplicado o teste estatístico Qui-Quadrado. Quanto às médias dos limiares auditivos, bem como a média do nível do reflexo acústico e média da medida de complacência estática, será aplicado o teste estatístico t-Student. Em ambos os testes estatísticos será aplicado o nível de significância de 5 (0,05). Ao término, os resultados serão enviados a revistas de áreas afins para possível publicação.

Protocolo: 1844 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 11/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MAIRA PAOLA SANTOS STATELLO
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Frequência se refere ao número de oscilações durante um segundo. É a frequência que irá determinar a altura do som, ou seja, quanto mais oscilações houver, mais agudo será o som. Trabalhadores que ficam expostos a ruídos intensos por mais de 8 horas diárias com o tempo podem vir a apresentar uma Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR), com perda auditiva característica em frequências agudas, de 3,4 e ou 6KHz. Em estudo anterior desenvolvido por nós, no entanto, observamos que os trabalhadores de uma borracharia apresentaram PAIR, mas com queda dos limiares auditivos nas frequências graves e não nas frequências agudas. O presente estudo tem como objetivo, então, analisar a frequência dos ruídos causados pelos equipamentos de uma borracharia, a fim de compreender as faixas de frequências envolvidas. A medição das frequências desses equipamentos será feita por meio de um software denominado "SCOPE", que permitirá obter a forma da onda e suas componentes.

Protocolo: 1746 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 10/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANGELA MOREIRA DIAS FERREIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O excessivo crescimento da frota de veículos no Brasil, como carros e principalmente motocicletas, geraram múltiplos efeitos na sociedade, sendo as melhorias na qualidade de vida da população, uma delas. Entretanto, a exposição ao ruído gerado por esses meios de transportes é um fator preocupante à saúde auditiva dos motoristas, visto que esse agente nocivo provoca lesões irreversíveis no sistema auditivo. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo investigar os achados audiológicos e as queixas relacionadas à audição em motociclista que utilizam essa prática como esporte; bem como medir o nível de pressão sonora produzido por cada motocicleta. A amostra será composta por 25 motociclistas, entre a faixa etária de 18 a 55 anos, todos do sexo masculino e com pelo menos um ano de experiência nessa prática, nos quais realizam viagens em grupos aos sábados por um período de 6 horas. Todos os participantes serão submetidos a uma entrevista audiológica com intuito de investigar as queixas relacionadas à audição, além de serem submetidos à avaliação audiológica básica a fim de caracterizar o seu perfil audiológico. Por intermédio do decibelímetro, será mensurado o nível de pressão sonora produzido pelas motocicletas durante a prática esportiva. Após a coleta, os dados serão analisados estatisticamente, utilizando o teste não paramétrico Qui-quadrado, representado simbolicamente por x2, com nível de significância de 5 (0,05). Ao término, o estudo será enviado a revistas de áreas afins para possível publicação, se aceito.

Protocolo: 1741 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FILIPE STELLA DE ALIANCA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A criança que vive em um ambiente no qual tem estímulos gráficos fora do contexto escolar, apresentará melhor nível de que uma criança cujos pais não são alfabetizados, nem outras pessoas ao seu convívio que possam lhe favorecer o contato com o mundo letrado. É de grande importância que o professor(a) que trabalha com o ensino fundamental domine os conceitos e entenda como o letramento , na medida em que os alunos se alfabetizam, tem importância fundamental no processo educacional, conduzindo o aluno ao exercício da leitura e de escrita. Alfabetizar letrando designa uma ação de ensinar a ler e escrever. Despertar na criança que, mesmo não sabendo ler, o interesse pela leitura. Letrar é mais que alfabetizar, ele deve fazer parte da vida do aluno, pois alfabetização e letramento andam juntos, estar letrado é muito além do que apenas decodificar palavras. Neste estudo, será verificado o nível de letramento em que os sujeitos da pesquisa encontram-se. Para a realização da pesquisa será aplicado um questionário com perguntas pertinentes a hábitos de leitura que cada sujeito apresenta fora do contexto escolar. Em um segundo momento será solicitado aos participantes da pesquisa que leiam textos do cotidiano adequados para a faixa etária e posteriormente, respondam a um questionário contendo questões de interpretação. Os níveis de letramento serão verificados por intermédio dos parâmetros de letramento do INAF (Índice Nacional de Alfabetismo Funcional) que agrega os conhecimentos de leitura e escrita dos sujeitos, considerando as habilidades necessárias para a inserção na sociedade. Os resultados serão analisados por um teste estatístico não paramétrico.

Protocolo: 1749 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 6/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARA GABRIELA MARTINS PERPETUO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A consciência fonológica são as habilidades de segmentar, manipular e sintetizar sequências de fonemas. Vários estudos têm demonstrado uma conexão entre o desenvolvimento da consciência fonológica e o domínio de linguagem escrita. Segundo alguns autores a consciência fonológica é o componente do processamento fonológico que tem sido mais investigado em relação à aquisição da leitura e da escrita. Sabendo desta relação da consciência fonológica com a aprendizagem de leitura e escrita, este trabalho tem por objetivo conhecer a relação de escolares do ensino fundamental com a consciência fonológica e verificar se há uma relação entre as dificuldades na consciência fonológica e as dificuldades de aprendizagem. A metodologia será realizada com a aplicação da prova da consciência fonológica em 40 estudantes do 4°ano do ensino fundamental. Após realizar a prova da consciência fonológica com todos os alunos os resultados obtidos serão analisados, relacionando as alterações na consciência fonológica e as dificuldades de aprendizagem. Os dados serão analisados quantitativamente de forma descritiva pela correlação e dependência de variáveis e os resultados serão analisados pelo teste estatístico "qui-quadrado" ao nível de significância de 0,05.

Protocolo: 1748 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 10/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GABRIELA VIDOTTO CAVALLIERI
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Os aparelhos de mp3 players se tornaram acessórios cada vez mais comuns entre as pessoas. Estudos demonstraram que os níveis de pressão sonora desses equipamentos atingem uma intensidade muito elevada, a ponto de provocar lesões auditivas e na saúde em geral. O objetivo deste estudo é estabelecer uma relação entre a escala de volume dos aparelhos de MP3 e a Intensidade sonora mínima e máxima na saída de áudio e contribuir para a compreensão dos efeitos nocivos à audição humana em relação à exposição prolongada a musica amplificada de alta intensidade. Trata-se de uma pesquisa experimental, quantitativa e exploratória. A amostra será constituída por 30 tocadores de som portáteis, de várias marcas, entre tocadores de MP3 e celulares. A medida do Nível de Pressão Sonora (NPS) será feita com um decibelímetro calibrado, executando um tom puro de 1000 Hz no aparelho com o auxilio do computador. O NPS do tom será medido elevando-se a graduação do volume a cada marcação do aparelho a fim de estabelecer uma escala de volume do aparelho testado. Os dados serão analisados utilizando-se estatística simples.

Protocolo: 1698 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): BEATRIZ STEFANI FERNANDES DA COSTA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O presente estudo tem como objetivo analisar o efeito imediato da técnica de som nasal na voz de cantores de um coral no interior de São Paulo, por meio da avaliação perceptivo-auditiva pelo protocolo CAPE-V. A análise da voz após uma técnica vocal permite ao profissional identificar se a mesma é viável ou não para a prática clínica em corais e seu possível rendimento e sucesso do cantor, já que, o profissional do canto é aquele que utiliza a voz cantada, ou seja, aquela que acompanha a melodia de uma música, por meio de notas musicais exatas, como forma de trabalho e sustento. Sendo assim o mesmo depende que ela esteja sempre harmônica, afinada, limpa, clara e sem esforço para sua emissão. Muitos cantores já aderiram ao auxilio fonoaudiológico que colabora por meio de seus trabalhos para uma melhor produção e projeção vocal, estimulando a realização de exercícios para aquecimento e desaquecimento vocal, assim como os de aperfeiçoamento da voz. Esse trabalho contará com a participação de 80 sujeitos coralistas, de ambos os sexos, sem queixa vocal, com idade entre 20 e 40 anos. Será a gravação da voz, anteriormente e posteriormente a vocalização da técnica do som nasal, com análise baseada no protocolo CAPE-V e um questionário individual sobre a percepção da voz após o uso da técnica vocal.

Protocolo: 1817 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LAYS DOS SANTOS TORTOLA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A verificação da satisfação pessoal é considerada uma das formas de avaliar os benefícios que as próteses auditivas promovem aos sujeitos portadores de deficiência auditiva, além de favorecer ao profissional envolvido com esse processo de reabilitação uma reflexão sobre a perspectiva que o usuário tem em relação à amplificação sonora. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo analisar a satisfação dos usuários de prótese auditiva do tipo intracanal e tecnologia digital por intermédio de um questionário de auto-avaliação, levando em consideração o tempo de adaptação e o gênero. A amostra será composta por 50 idosos, de ambos os gêneros, com idade superior a 60 anos, adaptados com próteses auditivas do tipo intracanal, digital, e que realizam, atualmente, o processo de acompanhamento da adaptação em um centro auditivo do interior do estado de São Paulo. O material do estudo compreenderá em um questionário de auto-avaliação, que avalia do ponto de vista do usuário, o grau de satisfação no uso diário das próteses auditivas, as limitações de atividades diárias, a restrição do uso, o impacto nos outros e a qualidade de vida. Para a análise dos dados, será utilizado o cálculo de medidas, além da aplicação do teste não paramétrico Qui-quadrado para comparação das médias, com nível de significância de 5 (0,05). Ao término, os resultados serão enviados a revista de áreas afins, e publicados, se aceitos.

Protocolo: 1742 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILA CRISTINA APARECIDA DA SILVA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Sabe-se que a linguagem é o meio principal de comunicação entre duas ou mais pessoas, e não somente a fala, mas também a escrita, choro, gestos, são formas mais comuns de vermos principalmente crianças utilizando. O seguinte trabalho ira mostrar dois lados bem diferentes da linguagem, aquela conhecida pela maioria da população e obtida em quase todas as escolas, e o ensino especifico para crianças portadoras da síndrome de Down (S.D.), contextualizando suas diferentes etapas, dificuldades, e atrasos diante da mesma faixa etária. Observaremos também o ponto de vista obtido pelos pais, e a contribuição dos mesmos no ensino e aprendizagem dentro e fora da escola ou instituições através de questionários. O desenvolvimento de uma criança, não depende somente do que ela aprende na escola, mais a aceitação de uma dificuldade, e a colaboração dos pais, é fator principal na evolução delas.

Protocolo: 1743 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JAMILE SILVEIRA TOMIAZZI
Professor(es): ANA CRISTINA MESSAS
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
No mecanismo do equilíbrio corporal, o labirinto informa sobre os movimentos da cabeça; os olhos, sobre a posição e movimentação do corpo no meio ambiente; os receptores de pressão da pele, sobre a parte do corpo em contato com o solo; os receptores dos tendões, músculos e articulações, sobre as partes do corpo em movimento e o sistema nervoso central processa as informações recebidas, mantendo o corpo equilibrado. O sistema nervoso central controla e reajusta os reflexos para manter a orientação espacial, a locomoção e a postura. O desequilíbrio corporal ocorre quando há conflito na integração das informações vestibulares, visuais e proprioceptivas. A vertigem é um tipo de tontura, que necessariamente se caracteriza pela sensação de rotação, do sujeito ou das coisas ao seu redor. O Efeito Inibidor da Fixação Ocular (EIFO) caracteriza-se pela diminuição da amplitude do nistagmo quando o sujeito fixa um ponto a sua frente através do olhar. Tal atitude, leva à diminuição da vertigem. Com o objetivo de verificar se a população conhece o beneficio da fixação ocular (olhos abertos) na manutenção do equilíbrio corporal quando da presença de vertigem e ou tontura será aplicado um questionário, em 40 sujeitos adultos, a partir de 18 anos e sem limite de idade, tanto do sexo feminino como do sexo masculino, a serem recrutados em vários pontos da cidade, como shopping e calçadão. Após a coleta das informações, os participantes receberão orientações sobre a correta conduta de realizar a fixação ocular na vigência de vertigens. Além disso, os participantes receberão um caderno de orientação de exercícios posturais benéficos para o equilíbrio corporal As informações obtidas das respostas do questionário serão analisadas mediante número absoluto e porcentagem de ocorrência de respostas. Outras informações qualitativas que forem obtidas na entrevista serão, também, consideradas e discutidas no estudo.

Protocolo: 1693 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 2/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NADIA RUTHLEIA GAUDIM
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
ESTE ESTUDO VISA A LEVANTAR JUNTO AOS UNIVERSITÁRIOS DE UMA INSTITUIÇÃO PRIVADA DO INTERIOR DO ESTADO DE SÃO PAULO O CONHECIMENTO ACERCA DA CONTRACEPÇÃO DE EMERGÊNCIA E A SUA UTILIZAÇÃO ENTRE SEUS PARES. TRATA-SE DE UM ESTUDO DESCRITIVO EXPLORATÓRIO, COM ANÁLISE QUALIQUANTITATIVA DOS DADOS. O LEVANTAMENTO DOS DADOS SERÁ REALIZADO ATRAVÉS DE QUESTIONÁRIO SEMIESTRUTURADO, COM PERGUNTAS ABERTAS E FECHADAS, E SERÁ APLICADO APÓS A LEITURA E ASSINATURA DO TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO. O TRABALHO BUSCARÁ LEVANTAR A ADERÊNCIA DESTE MÉTODO CONTRACEPTIVO ENTRE OS UNIVERSITÁRIOS DA INSTITUIÇÃO, BEM COMO O CONHECIMENTO ACERCA DAS INDICAÇÕES, DA FORMA DE UTILIZAÇÃO E CONTRA INDICAÇÕES DO MÉTODO.

Protocolo: 1811 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 2/2015 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCAS CASIMIRO DE OLIVEIRA
LOIANE DANTE CORREIA ROCHA
THAIS DANTE CORREIA ROCHA
Professor(es): ISABEL CRISTINA BELASCO

Resumo:
O objetivo do presente estudo será investigar as alterações da qualidade vocal tendo como base descrições da análise perceptivo-auditiva e questionário de auto-avaliação da voz. A avaliação da voz humana é fundamental, pois muitas doenças são detectadas através dela. A atuação do profissional docente requer um cuidado especial da voz, uma vez que ela é seu mais importante instrumento de trabalho. O professor é um trabalhador que, muitas vezes se submete a longas jornadas de trabalho, tendo como responsabilidade transmitir o conhecimento que possui aos educandos. Muitos destes educadores sem ter o conhecimento de como produzir uma voz sem esforço e de maneira eficiente, acabam fazendo mal uso vocal durante toda a carreira de trabalho. O presente trabalho irá analisar e descrever o perfil vocal dos professores da rede pública do ensino fundamental I e II, através da avaliação perceptivo-auditiva da voz, utilizando o protocolo de avaliação perceptivo-auditiva GRBAS e questionário de auto-avaliação da voz, Protocolo de Qualidade de Vida e Voz (QVV). Por conclusão, informar aos sujeitos da pesquisa quanto aos hábitos de higiene vocal, riscos, causas e consequências dos distúrbios vocais.

Protocolo: 1735 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JHULLY ANNE AGOSTINI SILVA
Professor(es): DÉBORA GODOY GALDINO

Resumo:
A escrita é considerada a habilidade de comunicação mais complexa a ser adquirida pela criança e a sua aquisição depende não só dos aspectos relacionados à maturação, desenvolvimento e integração do sistema nervoso central, mas também do contexto social do qual a criança faz parte. A presente pesquisa tem como objetivo analisar a produção gráfica e verificar os erros ortográficos, sua frequencia, a incidência e as prováveis causas de sua ocorrência, em uma amostra de alunos do 5° ano de escolas municipais do interior de São Paulo. Participarão desta pesquisa 60 alunos de ambos os sexos da série analisada. Os dados serão coletados por meio de uma aplicação individual de ditados de palavras e frases, e de uma produção de texto, a fim de verificar as dificuldades desses alunos em relação a codificação gráfica. Os dados serão analisados qualitativamente e quantitativamente por meio de análise estatística com o teste qui-quadrado e os resultados enviados para publicação em revista e/ou periódicos da área.

Protocolo: 1701 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2013 - 5/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KAREN REGINA ALVES DE SOUZA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A insulina, hormônio produzido pelas células beta do pâncreas, é essencial para que haja homeostase no organismo. Quando ocorre a redução absoluta ou relativa na produção e/ou ação da insulina surge o Diabetes Mellitus (DM), que é uma patologia sistêmica crônica, cujas complicações afetam o funcionamento da orelha interna, sendo capaz de gerar alterações flutuantes no sistema auditivo e vestibular. Como outras complicações do diabetes podem ser citadas as alterações oculares, de nervos cranianos, renais, complicações metabólicas, microvasculares e macrovasculares. A clínica audiológica tem confirmado a necessidade de se delinear padrões auditivos diretamente atribuídos ao diabetes. O presente estudo será realizado com dois adultos de 40 a 60 anos, sem histórico de vivência em ambiente ruidoso, um portador de Diabetes Tipo II e outro hígido, mediante realização de pesquisa de limiares auditivos em frequências convencionais e em altas frequências. Ambos os participantes do estudo deverão realizar oito testagens, uma por semana, totalizando dois meses. No primeiro mês, o exame será feito em jejum e no segundo mês, em período após alimentação compreendido entre uma hora e trinta minutos e duas horas. Antes de cada teste auditivo será feita meatoscopia para verificação de existência de condições de orelha externa para o exame auditivo. Além disso, haverá medição do nível de glicemia com teste rotineiro, com tiras e lancetas descartáveis, com gota de sangue obtida no dedo da mão. Na primeira sessão será feita anamnese para conhecimento do histórico de saúde geral e do sistema auditivo e vestibular dos participantes e familiares.

Protocolo: 1687 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 10/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DAYANE GOIS PEREIRA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O ruído é definido por um conjunto de ondas sonoras sem relação de amplitude ou fase, provocando sensações de desconforto diferente de uma melodia. Os trabalhadores estão expostos ao ruído corriqueiramente, sendo que são ruídos competitivos com a fala e que podem causar danos tais como a Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) ou outros tipos de alterações como a disacusia, fadiga, dor de cabeça, pressão arterial, alterações neurológicas, cardiovasculares e perda de atenção. As lesões causadas pela PAIR ocorrem de alterações nas estruturas internas da cóclea, sendo irreversíveis e podem apresentar sintomas de zumbido, plenitude auricular, otalgia e hipoacusia. Este estudo tem como objetivo fazer um mapeamento acústico do nível sonoro em uma oficina mecânica, avaliando o nível de ruído no local e identificando as zonas mais ruidosas, a fim de verificar a necessidade de se propor medidas de prevenção e/ou controle de ruído. O nível de pressão sonora (NPS) será medido com um Decibelímetro Digital calibrado conforme as normas regulamentadoras NR-15, que será posicionado na altura equivalente a orelha dos funcionários e a análise será feita mediante estatística simples e comparação com os valores permitidos pela Lei brasileira.

Protocolo: 1685 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2013 - 9/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DENISE FERNANDA ANTONIO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O termo letramento tem despertado amplas discussões e gerado diferentes concepções entre estudiosos das áreas da educação, da linguística e das ciências sociais. Os alunos ingressantes apresentam diversas e sérias dificuldades em reconhecer e produzir gêneros tipicamente de condições acadêmicas, sendo que essas dificuldades são presentes em alunos atendidos pelas instituições privadas, geralmente, desprovidos de condições sociais menos favorecidas, que até poucos anos não tinham o acesso e o privilégio ao ensino superior. O presente estudo, de campo e de caráter transversal, tem como objetivo, verificar o nível de letramento de alunos ingressantes com nível de letramento de alunos em fase de conclusão do curso de Fonoaudiologia de uma Universidade Particular do interior do estado de São Paulo. Os dados da pesquisa, gerados a partir de questionários, será constituída por 21 acadêmicos ingressantes do curso de Fonoaudiologia e de 11 acadêmicos concluintes do mesmo curso de uma Universidade Particular do interior de São Paulo, de ambos os sexos. O material utilizado para coleta será composto por um questionário contendo 12 questões, abertas e objetivas, e de testes com tarefas relacionadas a contextos e objetivos práticos de leitura e escrita, formulados de acordo com o INAF. Os dados serão analisados quantitativamente e qualitativamente e os resultados serão analisados pelo teste estatístico "qui-quadrado" e, seguindo os critérios utilizados pela avaliação do INAF. Sendo os resultados divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 1709 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2013 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): DIANA BATISTA MARCILIO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A sucção faz parte das funções estomatognáicas, atuando no fortalecimento da musculatura, no crescimento craniofacial e na arcada dentária. Entretanto, a persistência do hábito de sucção pode tornar-se um hábito deletério. Quanto maior o tempo e a frequência do hábito da sucção oral não nutritiva maior poderá ser a alteração desencadeada no individuo. A respiração oral ocorre quando o indivíduo substitui o padrão correto de respiração nasal por um padrão impróprio, podendo ser predominante bucal ou misto (buconasal) e abranger indivíduos de qualquer faixa etária, na maioria das vezes é considerado mais como um hábito do que uma doença. O objetivo da presente pesquisa é verificar a prevalência e caracterizar quais as alterações miofuncionais orofaciais que podem ser apresentadas em indivíduos respiradores orais por consequência do hábito de sucção oral não nutritiva, tais como, sucção digital e uso de chupeta. A presente pesquisa será realizada por intermédio de levantamento de informações sobre o diagnóstico de crianças e adolescentes portadores de respiração oral em uma Clinica Escola de Fonoaudiologia do município de Presidente Prudente, interior de São Paulo. Os dados serão coletados em prontuários de crianças e adolescentes atendidos na Clinica Escola de Fonoaudiologia, sem restrição de faixa etária. As informações coletadas serão relativas ao diagnóstico, bem como às características individuais de cada sujeito, como sexo, idade, alterações miofuncionais encontradas, hábitos deletérios, hipótese diagnóstica etiológica e acompanhamento fonoaudiológico. Após a coleta de dados, a análise buscará relações entre as alterações descritas na literatura e as informações obtidas nos prontuários, bem como a incidência de casos novos e a prevalência de casos já incididos. A análise estatística dos dados será feita por intermédio do teste qui-quadrado ou Fisher, dependendo das características dos dados coletados

Protocolo: 1649 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2013 - 5/2014 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GIOVANNA AGUILERA DE TOLEDO
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Por ser a musica um meio de diversão e entretenimento para várias pessoas, é difícil pensarmos que ela também pode trazer prejuízo à saúde. Destaca-se a disfunção temporomandibular em músicos que tocam instrumentos que utilizam a boca, ou seja, instrumentos de sopro. Disfunção temporomandibular acontece quando ocorrem problemas músculo-esqueléticas na região temporomandibular. O presente estudo faz-se contundente, tendo em vista que uma das etiologias mais freqüentes da disfunção é a hiperatividade muscular que é ocasionada por mau oclusão, alterações posturais e estresse, e algumas posições na hora de tocar o instrumento podem causar prejuízo como este. Os usuários de instrumentos de sopro merecem atenção, pois o tipo de embocadura pode causar alterações posturais na região orofacial e exercer uma força maior na produção do som por meio do bocal do instrumento e de forma repetitiva ao sistema estomatognático. O presente trabalho terá como objetivo, verificar a prevalência de disfunção na articulação temporomandibular em músicos amadores de instrumentos de sopros em orquestra, orientar sobre os riscos, causas e conseqüências da disfunção temporomandibular. Neste estudo, serão coletados dados referentes aos sinais e sintomas de disfunção temporomandibular em músicos de sopro de uma orquestra sediada em Presidente Prudente, Orquestra Philarmonic da Assembléia de Deus. A amostra da pesquisa será constituída de sessenta músicos (60), sendo trinta (30) de instrumentos de sopro e trinta (30) de instrumentos de cordas como grupo controle. Todos de ambos os sexos, com idades variadas entre 15 á 60 anos de idade. O instrumento usado para esta pesquisa será um questionário contendo as questões sobre seus instrumentos, apenas para a identificação dos instrumentos de sopro e de corda, os sinais, sintomas e hábitos deletérios. Após a coleta de dados será realizada a análise dos resultados, relacionando as queixas e os sinais encontrados. Os dados serão analisados quantitativamente e os resultados serão analisados pelo teste estatístico "qui-quadrado".

Protocolo: 1647 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2013 - 11/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA DA SILVA PINHO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
Ruído é um som indesejável e inconveniente. Um ambiente ruidoso pode causar problemas auditivos e não auditivos aos profissionais expostos diariamente. A Perda Auditiva Induzida por ruído (PAIR) vem se tornando uma doença ocupacional muito comum em ambientes de trabalho. O grau de prejuízo auditivo vai depender do tempo de exposição ao ruído, do seu tipo e intensidade. A exposição constante ao ruído ocupacional, descrito pelas Normas Brasileiras como aquele com Nível de Pressão Sonora (NPS) acima de 85 dB, pode lesionar o sistema auditivo dos trabalhadores e gerar perda da audição. Os objetivos deste estudo são: medir o NPS no local da amostra, durante vários momentos; determinar o tipo de ruído encontrado; e sugerir um programa de conservação auditiva (PCA), se necessário. A amostra será constituída por uma oficina mecânica localizada no município de Presidente Prudente. O NPS será medido com um decibelímetro Minipa, em 5 pontos do local, durante 1 semana, 2 vezes ao dia. Os valores encontrados serão tratados através de estatística simples e comparados com as Normas Brasileiras. Um PCA será esquematizado especificamente para o local e sua implementação sugerida, se necessário. Os resultados serão divulgados no ENEPE e publicado sob a forma de artigo em revista cientifica da área.

Protocolo: 1624 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2013 - 12/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CARINA ROCHA GARCIA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO

Resumo:
A deglutição é o ato de conduzir o alimento da boca até o estômago, sendo dividida por alguns autores em quatro fases: preparatória oral e oral (fases voluntárias), faríngea e esofágica (fases involuntárias). Quando há uma dificuldade no transporte do alimento e/ou saliva até o estômago, ou seja, dificuldade de deglutir, um dos principais problemas alimentares no recém-nascido, pode haver prejuízo nas demais funções estomatognáticas, como alterações na mastigação, sucção e respiração. São várias as dificuldades que os bebês prematuros e/ou recém-nascidos podem encontrar na deglutição, pois apresentam uma imaturidade no mecanismo de sucção, podendo ser de origem neurológica, adquirida, funcional, congênita ou estrutural e há uma grande preocupação da ocorrência de aspirações do alimento, a doença do refluxo gastroesofágico e a desnutrição. Para o recém-nascido prematuro o mecanismo de sucção, respiração e deglutição é muito complexo, pois não apresenta maturação neurológica para tal. O presente estudo tem como objetivo coletar dados sobre a habilidade da deglutição em prematuros e/ou recém-nascidos, levando-se em consideração a idade gestacional ao nascimento e atual. A amostra populacional deste estudo será constituída por 30 recém-nascidos prematuros, de ambos os sexos, nascidos em um hospital materno infantil de referência regional de Presidente Prudente. O instrumento de coleta será constituído por um protocolo de observação visual, na UTI Neonatal no referido hospital, sem contato direto com os recém-nascidos prematuros, para coleta de informações durante os momentos de alimentação, buscando-se verificar os sinais de inabilidades da deglutição ainda na fase oral. Serão excluídos da amostra, recém-nascidos com alterações neurológicas, síndromes ou malformações. Após a coleta de dados será utilizado um teste estatístico de independência, relacionando a prematuridade, o período de internação e a efetividade do aleitamento materno.

Protocolo: 1382 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 10/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA PEREIRA GIL
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Para a manutenção do equilíbrio postural estático e em movimento o indivíduo deve ter integridade dos sistemas nervoso central, vestibular, visual e proprioceptivo. O álcool é um dos principais agentes considerados tóxicos e agressivos ao sistema vestibular e ao sistema nervoso central, afetando o equilíbrio e a postura corporais, tanto de maneira momentânea como em caráter permanente, quando há estabelecimento de lesão irreversível. O presente estudo, de caráter exploratório e descritivo, tem por objetivo analisar os possíveis danos ocasionados pelo álcool no sistema vestibular de adultos etílicos crônicos. Para coleta e análise das informações, os sujeitos participantes serão divididos em três grupos: atuais dependentes e ex-dependentes, sendo 40 sujeitos no total, tanto do sexo masculino como do sexo feminino, com idade entre 18 e 50 anos. Cada grupo de etílicos será composto por quinze sujeitos e haverá um grupo controle composto por 10 indivíduos, que não fazem uso de álcool e que sejam da mesma faixa etária estabelecida para os sujeitos-alvo do estudo. Com o conhecimento dos resultados, pretende-se colaborar com proposta de medidas educativas e esclarecedoras para a população em geral, principalmente jovens e crianças, na tentativa de se evitar o uso abusivo do álcool.

Protocolo: 1361 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 3/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GISLAINE APARECIDA CRESPILHO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A voz falada ou cantada pode ser considerada um instrumento nobre em função de sua relevância na comunicação. A maioria dos seres humanos revela a personalidade interior e mantém interação com o interlocutor mediante uso do aparato vocal. É de vital importância que haja o uso correto da voz, procurando-se evitar diversas afecções por mal uso, que irão comprometer a qualidade vocal e consequentemente a efetividade da comunicação. Há profissionais que se utilizam da voz como instrumento de trabalho como professores, locutores, atores, operadores de telemarketing e cantores. O presente estudo tem por objetivo verificar os hábitos vocais adequados e inadequados à saúde vocal em cantores amadores e profissionais da noite, dos estilos sertanejo e samba rock. A pesquisa de caráter exploratório e descritivo será realizada com 20 sujeitos que deverão responder a um questionário adaptado da literatura pertinente. O conhecimento da realidade desses profissionais possibilitará verificar a necessidade ou não de orientações posteriores sobre o uso correto da voz e sobre os hábitos de higiene necessários para a saúde vocal, já que se trata da ferramenta de trabalho, com garantia de sustento e de manutenção de atividade prazerosa do profissional em questão.

Protocolo: 1349 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 3/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA RODRIGUES CREMONEZI
Professor(es): CLEIDE GUEDES SORIANO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
CLEIDE GUEDES SORIANO

Resumo:
A comunicação oral exerce um papel central no desempenho profissional de um professor, sendo a voz sua principal ferramenta de trabalho. A literatura é unânime em afirmar que alterações vocais geram um grande impacto na qualidade de vida das pessoas, podendo provocar prejuízos devastadores no cotidiano de um sujeito. Considerando a importância da voz para a atividade docente e a alta ocorrência de disfonias neste profissional, o objetivo deste trabalho será investigar a saúde vocal dos professores de ensino superior, levando em consideração o tempo de exercício profissional, o gênero e a faixa etária. A amostra será composta por 30 professores que lecionam desde o 1º ao 6º ano no Curso de Medicina em uma Instituição de Ensino Superior de um município do interior do Estado de São Paulo, cujo critério de inclusão será a carga horária, mínima de 20 horas e máxima de 40 horas semanais. Para a coleta dos dados será utilizado um questionário referente ao perfil e saúde vocal de cada professor, contendo 19 questões de múltipla escolha e aplicada de forma direta. Após a coleta, os dados obtidos serão examinados e submetidos à análise estatística descritivo-qualitativa, mediante cálculo de valores absolutos e relativos (porcentagem). Ao final, os resultados serão enviados a revistas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 1350 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 2/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): HELLEN RAISSA SOUZA DE ANDRADE
Professor(es): CLEIDE GUEDES SORIANO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Estudos mostram que a exposição prolongada a ruídos intensos pode causar danos irreversíveis à audição, bem como provocar reações extra-auditivas no indivíduo exposto. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo investigar os sintomas auditivos e extra-auditivos em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional, levando em consideração o tempo de exposição ao ruído e atividade ocupacional. A amostra será composta por 50 trabalhadores expostos a elevados níveis de pressão sonora, de ambos os gêneros, atendidos em um Centro de Referência em Saúde do TrabalhadorCEREST, localizado no interior do estado de São Paulo. Após composição, a amostra será dividida em três grupos, sendo estes: G1, composto por trabalhadores com tempo de exposição máxima ao ruído de 5 anos; G2, composto por trabalhadores com tempo de exposição ao ruído entre 5 a 10 anos; G3, composto por trabalhadores com tempo de exposição ao ruído acima de 10 anos. O material utilizado para a coleta dos dados compreenderá em um questionário, contendo 33 questões abertas e fechada de múltipla escolha relacionada ao estado geral de saúde, histórico ocupacional de exposição a agentes nocivos à audição e histórico otológico, sendo este aplicado por uma das pesquisadoras de forma direta e em linguagem acessível aos trabalhadores. Após a coleta, os dados armazenados serão analisados estatisticamente de forma quantitativa descritiva, e representados em valores absolutos e relativos, além da utilização do teste não paramétrico Quiquadrado, com nível de significância de 0,05 (5) para verificar o nível de significância dos achados entre os grupos 1, 2 e 3. Ao final, os dados coletados serão enviados a revista de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 1335 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 1/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRESSA DE SOUSA MENON
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A Perda Auditiva induzida pelo Ruído (PAIR) é identificada como uma perda insidiosa, que pode surgir com o passar do tempo, devido à exposição a ruídos no ambiente de trabalho, podendo ser agravada pela falta do uso de equipamentos específicos de proteção. O ambiente de uma borracharia é ruidoso, sendo indicado ao trabalhador o uso de equipamento de proteção individual (EPI) para proteção da audição. A exposição ao nível intenso de ruído por horas diárias e anos de trabalho pode vir a trazer a morte das células ciliadas localizadas na orelha interna, causando uma perda auditiva induzida por ruído (PAIR). O presente estudo tem por objetivo analisar a audição de trabalhadores expostos a níveis de intensidade elevados de diferentes tipos de ruído ocupacional em uma borracharia e analisar a intensidade dos ruídos presentes no ambiente de trabalho. Para tal, será realizada avaliação auditiva precedida de anamnese, para se coletar informações gerais sobre a saúde do sujeito, e de inspeção do meato acústico externo, a fim de se verificar a presença de algum impedimento para a realização da avaliação audiológica. Os testes auditivos propostos são a audiometria tonal limiar e a logoaudiometria realizados para verificação da audição periférica. As informações obtidas serão analisadas e comparadas com os padrões de normalidade descritos na literatura. Caso haja alguma alteração, o sujeito será encaminhado para exame complementar em uma Clínica Escola e para serviço médico especializado. Pretende-se propor, ainda, orientações sobre a importância do uso de protetores auriculares aos trabalhadores.

Protocolo: 1222 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 1/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSIKA OLIVEIRA FELIPE
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O ruído tem sido dado como causador de alteração auditiva nas pessoas que trabalham em indústrias, existindo relatos nos mais diversos ramos de atividades. O ruído é considerado como o mais frequente entre os agentes nocivos à saúde, nos ambientes de trabalho. Admite-se que apesar de estar se tornando um problema crescente, o reconhecimento da perda auditiva induzida pelo ruído não é universal. O ruído é, ainda, caracterizado como o fator mais prevalente na origem de doenças ocupacionais e também como o agente físico nocivo à saúde mais comum nos ambientes de trabalho. Essa pesquisa tem como objetivos fazer um Mapeamento Acústico em uma Usina de Reciclagem e verificar as condições auditivas de seus funcionários através de questionário simples. A medição do Nível de Pressão Sonora será feita com um decibelímetro calibrado de acordo com as Normas Regulamentadoras (NR), no interior e exterior da Usina. Os resultados serão analisados e comparados com a NR 15 e o mapeamento indicará as zonas com maior nível de ruído.

Protocolo: 1211 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 3/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NAIARA RODRIGUES BASTOS
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO

Resumo:
Indivíduos expostos ao ruído ocupacional apresentam como queixa o zumbido, sendo este um sintoma otoneurológico que afeta milhares de pessoas no mundo inteiro. Pelo fato do zumbido proceder de uma ou ambas as orelhas, ou até mesmo da cabeça, uma das formas de verificar se o aparecimento deste sintoma está relacionado com alterações no sistema auditivo é a investigação da função auditiva, e neste contexto, as emissões otoacústicas encontram-se entre os testes mais recomendados. Sendo assim, o objetivo deste estudo é analisar os achados das Emissões Otoacústicas Evocadas Transientes em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional com queixa de zumbido, e compará-las com trabalhadores sem a respectiva queixa. Após a aprovação da Coordenaria Central de Pesquisa - CCPq da Universidade do Oeste Paulista, conforme resolução 196&#8725;96, irão compor a amostra 30 trabalhadores, normo-ouvintes, de ambos os gêneros, entre a faixa etária de 18 a 35 anos de idade, sendo 15 com queixa de zumbido e 15 sem a respectiva queixa. Os procedimentos dar-se-ão primeiramente pela seleção dos sujeitos mediante análise dos prontuários e recrutamento para a realização do teste das Emissões Otoacústicas Evocadas Transientes. O material a ser utilizado compreenderá o equipamento eletrofisiológico Audix Plus/Biologic e um software aplicativo com domínio "Scout", acoplados em um microcomputador. Utilizando o estímulo clique na intensidade de 80 dBpeNPS, será analisado os valores absolutos e relativos (relação sinal-ruído) das emissões otoacústicas. Após a coleta, os dados obtidos serão armazenados e analisados estatisticamente, para posterior envio a revistas indexadas de áreas afins, se aceitos.

Protocolo: 1319 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 1/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATHALIA AMABILE MANGANARO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Estudos mostram que a exposição ao ruído associado a produtos químicos potencializam os riscos à saúde do agente exposto, provocando lesões irreversíveis no sistema auditivo, principalmente nas células ciliadas externas. As emissões otoacústicas evocadas transientes consistem em uma liberação de energia de fraca intensidade produzida pela cóclea, estando presentes em indivíduos normo-ouvintes. Sua aplicação fornece parâmetros importantes sobre a função coclear e utilizá-las como referência no diagnóstico precoce das desordens cocleares é prevenir possíveis lesões irreversíveis no sistema auditivo. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo analisar o nível de resposta das emissões otoacústicas evocadas transientes em agentes de combate a endemias, levando em consideração a idade, o tempo de exposição ao ruído e as orelhas, direita e esquerda. Mediante análise de prontuários a casuística será composta por 25 trabalhadores expostos ao ruído e produto químico, de ambos os gêneros, que exercem a sua atividade ocupacional em uma cidade do interior do Estado de São Paulo. Os dados a serem analisados compreenderão: histórico de saúde em geral e ocupacional, achados audiométricos e nível de respostas absolutas e relativas das emissões otoacústicas. A análise estatística dos dados será feita de forma quantitativa descrita em valores absolutos e relativos (porcentagem), além da aplicação do cálculo de medidas para descrever os achados das emissões otoacústicas. Ao final, os dados analisados serão enviados às revistas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 1219 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 1/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANDRESSA SOARES NOGUEIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A síndrome de Down (SD) é uma alteração cromossômica, trata-se da trissomia no par 21 devido a não disjunção durante a formação dos gametas. Considerando que crianças com SD apresentam um retardo considerável de linguagem, destaca-se a necessidade de um estudo que demonstre os efeitos da reabilitação eqüestre no desenvolvimento de linguagem dessas crianças, já que as pesquisas existentes ainda são insuficientes, somando-se assim evidências à literatura. Objetivo: Analisar o desenvolvimento de linguagem em crianças com a síndrome de Down por meio de relatos dos pais. Métodos: A amostra será composta por 10 crianças, entre 2 e 11 anos de idade, de ambos os sexos, com síndrome de Down (trissomia simples), que usufruem de tratamento Equoterâpico na APAE de Presidente Venceslau. Será aplicado questionário único e direcionado aos pais. Para a análise dos resultados, o examinador utilizará de análise qualitativa e quantitativa das questões realizando agrupamento por faixa etária. Resultados esperados: Espera-se com este estudo resultados positivos que possa vir à contribuir para o crescimento da prática Equestre na reabilitação, tratamentos e futuras intervenções no desenvolvimento de linguagem de crianças com a síndrome de Down. É esperado que ao longo do tratamento até então realizado o praticante (modo como é denominado o paciente no tratamento equestre) venha apresentando ganhos em seu léxico e em sua linguagem de modo geral, ganhos biopsicossociais.

Protocolo: 1198 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2012 - 12/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): IDATIRE SHAIENE DAMARIS GOMES DOS SANTOS ROCHA
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
GABRIELA ANDRADE PIEMONTE

Resumo:
A gagueira pode ser entendida pela interrupção do fluxo verbal, que está acompanhada por repetições, bloqueios, interjeições e prolongamentos encontrados na fala. É caracterizada também por uma desordem de aspecto multidimensional, na qual interagem os fatores biológicos, psicológicos e sociais. Nas crianças que já apresentam a disfluência instalada, o distúrbio pode ser acentuado caso o ambiente escolar não seja adequado. Em decorrência do contexto exigente de comunicação oral e escrita, essas crianças e pré-adolescentes acabam sofrendo preconceito e são ridicularizadas pelas outras crianças, acarretando-se dificuldades no seu desempenho escolar e tornando-se crianças medrosas, tímidas, tensas e frustradas com suas tentativas de falar. A presente pesquisa visa analisar a incidência de gagueira em pré-adolescentes na faixa etária de 12 a 14 anos que cursam o ensino fundamental no município de Regente Feijó, estado de São Paulo. O público-alvo da pesquisa será: alunos que apresentam disfluência e que tenham um nível intelectual normal. Serão selecionados apenas alunos do 6º ao 9º ano para participarem da pesquisa por acreditarmos que esses indivíduos terão capacidade para responder o questionário sem precisarem de ajuda. Os dados serão coletados com a utilização de questionários aplicados na própria escola da criança, na presença da pesquisadora, sem interferência desta. O estudo é de caráter transversal e será analisado qualitativamente e quantitativamente, utilizandose do teste estatístico Qui-quadrado. Os resultados serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 1235 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2012 - 12/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VANESSA KELEM DE SOUZA SABINO
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH) é um transtorno neurobiológico, de causa genética. É o transtorno mais comum em crianças e adolescentes, podendo acompanhar o indivíduo até a vida adulta. O TDAH apresenta dois sintomas principais: Desatenção e Hiperatividade (inquietude e impulsividade). Este estudo tem por objetivos um levantamento de informações sobre o diagnóstico de crianças portadoras de TDAH em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) do município de Presidente Prudente, interior de São Paulo. Após a coleta de dados, a análise buscará relações entre o transtorno e as informações obtidas nos prontuários. A amostragem será descrita estatisticamente através de valores absolutos e relativos. Serão aplicados testes de independência para as variáveis correlacionadas no estudo (teste qui-quadrado).

Protocolo: 1212 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2012 - 3/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LETICIA DE MOURA
THAIS TORRES DE OLIVEIRA LIMA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
Nos últimos anos, no Brasil, diversas discussões sobre a deficiência auditiva vêm sendo realizadas no âmbito da saúde pública com intuito de determinar programas e ações que permitam prevenir, identificar, diagnosticar e reabilitar crianças com deficiências auditivas. Visando um modelo de atenção básica à saúde centrada na promoção e prevenção, à Saúde da Família representa uma estratégia de reorganização desse modelo. Sendo assim, o presente estudo exploratório terá por objetivo investigar o conhecimento das mães sobre a importância do Teste da Orelhinha na detecção precoce da deficiência auditiva, atendidas em uma Unidade Básica de Saúde localizada no interior do estado de São Paulo. Além disso, serão desenvolvidas ações informativas, por meio de palestras, na própria Unidade Básica de Saúde sobre o programa de Triagem Auditiva Neonatal. A amostra será composta por 30 gestantes que se encontram em atendimento pré-natal na UBS, com idade superior a 18 anos, a ser realizada no período de julho de 2012. Declaramos que todas as gestantes fazem parte de um programa de Orientação às Gestantes, desenvolvido no local explorado. O instrumento de avaliação consistirá em um questionário, contendo 11 questões de múltipla escolha, aplicado de forma direta e em conjunto fechado às gestantes. Após a coleta, os dados serão analisados estatisticamente de forma descritiva e representados graficamente em valores absolutos e relativos (porcentagem) para melhor visualização. Ao final, os dados analisados serão enviados a revistas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 1143 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2012 - 2/2013 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA SOARES RODRIGUES
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Introdução: O sistema auditivo tem suma importância para a saúde do ser humano e seu desenvolvimento. Alguns medicamentos, conhecidos como ototóxicos, podem lesionar e danificar esse sistema. Objetivo: Este estudo tem por objetivo conhecer queixas otológicas de pacientes de otorrinolaringologia, relacionando-as ao uso de medicamentos considerados ototóxicos. Material e Método: Esta pesquisa será realizada mediante aprovação da Coordenadoria ;Central de Pesquisa e do Comitê de ética em Pesquisa. A coleta de dados será feita através de pesquisa em prontuários em um Hospital de Presidente Prudente-SP, sendo que, serão considerados os casos ocorridos no período entre 1998 a 2011, para análise de queixas otológicas e sua possível relação com medicamentos considerados ototóxicos, seguindo o protocolo em anexo.

Protocolo: 1140 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2012 - 12/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ARIANE DE OLIVEIRA SIERRA
Professor(es): MARIA INES MEIRA DOLFINI
ROSELAINE PALHARES ALVES

Resumo:
Nos últimos anos, no Brasil, pesquisadores vêm demonstrando uma maior preocupação em relação à leitura e à escrita dos alunos que ingressam na universidade. Recentes pesquisas apontam que os alunos ingressantes apresentam sérias dificuldades em produzir gêneros tipicamente da esfera acadêmica, sendo que essas dificuldades são mais acentuadas em alunos atendidos pelas instituições privadasgeralmente, oriundos de camadas sociais menos favorecidas e que há até pouco tempo não tinham acesso ao ensino de nível superior. A democratização do acesso à escola tem acarretado, nas universidades, o ingresso de estudantes nem sempre familiarizados com os tipos e graus de letramento que a vida acadêmica veicula e pressupõe. Verifica-se, usualmente, a presença de jovens com situação sócio-econômica e cultural que possibilita tempo reduzido de dedicação aos estudos, visto que a maioria trabalha em jornada de tempo integral. Por outro lado, a escola de ensino fundamental e médio, de onde os alunos/trabalhadores são oriundos, não tem conseguido desenvolver adequadamente as competências necessárias para a formação de leitores produtores de texto. O presente estudo, de campo e de caráter transversal, tem como objetivo, verificar o nível de letramento de alunos ingressantes no nível superior em comparação com o nível de letramento de alunos em fase de conclusão do ensino superior de uma Universidade Privada do interior do estado de São Paulo, bem como verificar o perfil dos alunos ingressantes. A amostra será constituída por 100 acadêmicos ingressantes no Ensino Superior e de 100 acadêmicos concluintes dos cursos de licenciatura de uma Universidade Particular do interior de São Paulo, de ambos os sexos. O material utilizado para coleta será composto por um questionário contendo 12 questões, abertas e objetivas, e de testes com tarefas relacionadas a contextos e objetivos práticos de leitura e escrita, formulados de acordo com o Indicador Nacional de Alfabetismo Funcional (INAF). As informações coletadas serão analisadas quantitativamente e qualitativamente, seguindo os critérios utilizados pela avaliação do INAF. Os resultados serão divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 1063 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2012 - 10/2013 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A equoterapia é uma atividade que se utiliza o cavalo como ferramenta dentro de uma abordagem complementar e interdisciplinar, oferecendo contribuições na reabilitação das afasias com a estimulação das funções neuromotoras, psicomotoras e neuropsíquicas. Como uma das causas frequentes da Afasia, temos o Traumatismo Crânioencefálico (TCE), sendo nesses casos em que é indicado o tratamento equoterápico. Através da reabilitação equestre são estimulados aspectos cognitivos e da linguagem oral de maneira lúdica e fora do contexto convencional das terapias afásicas, sendo possível observar resultados significativos, os quais se caracterizam por melhora relevante nos aspectos de expressão e compreensão da linguagem, nos aspectos cognitivos de percepção, atenção e memória do paciente. Portanto, o objetivo desta pesquisa é verificar os benefícios que a terapia assistida pelo cavalo, associada ao ambiente diferenciado da terapia fonoaudiológica convencional, poderão proporcionar em relação às capacidades cognitivas de um paciente com Afasia Anômica decorrente de TCE. Para a realização da presente pesquisa serão utilizadas medidas de avaliação quanto aos aspectos de emissão e recepção de fala, verificando, após intervenção equoterápica, os avanços ocorridos nestes mesmos aspectos.

Protocolo: 1029 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2011 - 10/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CARLA MAYARA FRANCISCO GUEDES
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
No período gestacional, a mulher passa por um período de grande labilidade emocional. Para muitas das mães, são nove meses vividos intensamente e acompanhadas de sonhos, expectativas além da ansiedade em conhecer o esperado filho. Quando o bebê nasce prematuro ocorre, consequentemente, um longo período de internação com privação de estímulos, havendo um aumento do estresse da mãe e da família, o que pode prejudicar, posteriormente, o estabelecimento do vínculo e do apego entre mãe e filho. Para incentivar o aleitamento materno, torna-se necessário contemplar aspectos relacionados ao prematuro e à mãe-nutriz. A alimentação deve ser iniciada o mais precocemente possível por via gástrica, dando-se atenção e apoio especial para a manutenção da lactação materna, bem como se deve iniciar o contato pele-a pele entre mãe e filho e a sucção direta no seio materno. O objetivo do estudo será o de identificar se a internação do recém-nascido prematuro interfere no aleitamento materno, na produção láctea e na disponibilidade e desejo de amamentar, segundo relatos das mães. O presente estudo pretende abordar a interferência da separação o do distanciamento materno-infantil na eficácia do aleitamento materno, considerando a variável tempo de internação do bebê na UTI Neonatal. Se comprovada a interferência negativa da separação no aleitamento materno, que deve ser exclusivo até o sexto mês de vida e é motivo de garantia de saúde da criança, o resultado do estudo poderá sugerir mudança na rotina hospitalar da UTI Neonatal. A amostra populacional deste estudo será constituída por 30 mães de recém-nascidos prematuros, que passaram por período de internação na UTI Neonatal, pois o tempo de internação pode interferir na efetividade do aleitamento materno. Serão entrevistadas, mães de recém-nascidos de ambos os sexos, antes da consulta médica, que passam por retornos semanais, na sala de espera do ambulatório de um hospital materno infantil de referência regional de Presidente Prudente, após alta hospitalar. Após a aplicação do questionário será utilizado o teste estatístico de independência das variáveis - qui quadrado, relacionando a prematuridade, o período de internação e a efetividade do aleitamento materno.

Protocolo: 1146 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2012 - 10/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LARISSA DOS SANTOS CANO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O termo Dificuldade de Aprendizagem não se refere a um único distúrbio, mas a uma ampla gama de problemas que podem afetar qualquer área do desempenho acadêmico e que podem alterar as possibilidades da criança de aprender independente de suas condições neurológicas para fazê-lo. É comum crianças com tais dificuldades apresentarem outras alterações associadas ou outros transtornos que atuam como etiologia. A presente pesquisa pretende realizar uma análise das comorbidades mais freqüentes em crianças com dificuldades de aprendizagem. Pretende-se ainda observar e comparar os achados das alterações de cada distúrbio de acordo com idade, sexo e o grau de escolaridade de cada indivíduo. A amostra populacional deste estudo será constituída por 70 sujeitos cursando o Ensino Fundamental, em um centro de avaliação e acompanhamento da Secretaria Municipal de Educação da cidade de Presidente PrudenteSP, envolvendo a faixa etária de 6 a 10 anos. O instrumento de coleta será constituído por análise de prontuários para observação das dificuldades apresentadas pelos sujeitos e de comorbidades existentes. Após o estudo dos prontuários será realizada a análise dos resultados, relacionando as dificuldades encontradas com as comorbidades apresentadas. Após a coleta de dados, os achados serão analisados estatisticamente através do T-student.

Protocolo: 1034 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2012 - 7/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): PALOMA PAGNOSI NESPOLO FERREIRA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A presente pesquisa, intitulada"Estudo Sobre a Exposição ao Ruído Ocupacional dos Trabalhadores de uma Marcenaria e uma Serralheria do Município de DracenaSP"tem como objetivo medir o nível de ruído, avaliar as medidas de pressão sonora (NPS) produzido pelas máquinas utilizadas nas Marcenarias e Serralherias de acordo com as Normas Regulamentadoras da NR-15 e verificar as queixas dos trabalhadores expostos a ruídos em ambientes de trabalho. O nível de pressão sonora (NPS) será medido com um decibelímetro posicionado em cinco pontos diferentes de cada local, sendo um central e quatro cardeais. Será realizada uma análise estatística dos dados coletados, onde os resultados obtidos serão comparados com a Norma Regulamentadora NR-15. Os resultados indicarão se a media geral dos níveis de pressão sonora (NPS) dos locais analisados estarão de acordo com as Normas estabelecidas pela NR-15.

Protocolo: 899 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2011 - 10/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CRISTILENE FERNANDES GUASTALDI
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO

Resumo:
Um ambiente ruidoso, principalmente no trabalho, onde o tempo de exposição é longo, pode ser muito prejudicial à saúde e ao desempenho do indivíduo. A perda auditiva é a conseqüência principal. Entretanto, há outras alterações no organismo que devem ser levadas em conta. Os Programas de Conservação Auditiva (PCA) e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) têm sido úteis na prevenção e redução dos efeitos nocivos do ruído. Esta pesquisa tem por objetivos medir e analisar o nível do ruído ocupacional em quatro fábricas de confecção de roupas. A coleta de dados será feita utilizando-se um Medidor de Nível Sonoro, ou Decibelímetro, em cada local, em vários pontos determinados, durante 7 dias, em horários de maior pico de ruído. Os resultados serão analisados, comparados com as normas da NR15 e, se necessário, será proposto a implementação de PCA e utilização de EPI adequados.

Protocolo: 681 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2011 - 7/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIA DE LOURDES RODRIGUES BORGES DE ALMEIDA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO

Resumo:
Dentre as inúmeras profissões que fazem uso da voz como instrumento de trabalho são os professores, e muitas das atividades verbais utilizadas por eles são incompatíveis com a saúde vocal, podendo produzir um distúrbio vocal. O conhecimento sobre uma voz saudável é de extrema importância para quem pretende trabalhar na carreira docente e a observação do comportamento vocal deve tornar-se hábito constante no desempenho da função profissional. Esta pesquisa busca detectar sinais de alterações vocais que apresentam professores universitários e indivíduos de outras profissões e podem estar afetando sua vida nos aspectos profissional, social e emocional. Este estudo visa replicar a pesquisa de Fabiana Zambon e Mara Behlau (2010), "A voz do professor: Aspectos do Sofrimento Vocal Profissional". Será utilizado um questionário organizado a partir deste referido estudo composto de 13 perguntas referentes aos sinais e sintomas apresentados pelos participantes, relação da voz e trabalho, hábitos vocais e saúde geral. Participarão deste estudo 40 professores universitários e 40 não-professores. Serão comparados os dois grupos com o objetivo de verificar a frequência de sinais de queixas vocais e sua possível relação com o uso da voz no âmbito profissional. Os dados serão analisados por meio de porcentagens e discussão qualitativa.

Protocolo: 680 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 12/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CARLA CRISTINA DIAS SILVA
Professor(es): SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
A PAIR é a diminuição progressiva da audição, no qual o sujeito fica exposto a ruídos de longa duração. A exposição excessiva a esse ruído pode causar ao indivíduo uma perda irreversível e permanente da audição, tornando-se assim um desconforto para seu cotidiano e principalmente para a comunicação. A PAIR afeta o indivíduo de forma negativa, causando danos no seu comportamento individual, social e psicológico, fazendo com que se tenha perda da auto-estima, insegurança, ansiedade, estresse, depressão, alterações do sono, isolamento, entre outros fatores, afetando seu desempenho no ambiente de trabalho e sua vida pessoal. A perda auditiva induzida pelo ruído relacionada ao trabalho pode ser prevenida com o uso adequado e constante de protetores auditivos individuais. O objetivo do presente estudo é pesquisar os valores de atenuação auditiva de protetores auriculares de inserção, confeccionados em espuma de vedação, usualmente comercializado no Brasil, mediante medição de limiares auditivos de adultos jovens, sem queixas auditivas, a fim de se verificar a eficácia dos equipamentos de proteção individual, de uso obrigatório em ambientes ruidosos. Esse estudo fará parte de um projeto realizado com maior amplitude que pretende propor a fabricação de protetores com diferentes materiais. A população consistirá de 40 indivíduos, 20 do sexo masculino e 20 do sexo feminino, sem queixa auditiva, com idade entre 18 e 30 anos, hígidos, que deverão responder a questionário e serão submetidos à avaliação dos limiares tonais e vocais auditivos bilaterais, com e sem protetor auricular, individual. Haverá comparação dos resultados obtidos mediante uso de testes não paramétricos.

Protocolo: 694 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 5/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LIDIANI MAIARA DE ANDREA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O processo de transmissão e compreensão da informação dentro de uma sala de aula pode sofrer interferências quando há presença de ruído dificultando a inteligibilidade de fala, prejudicando a comunicação entre professor e aluno e por conseqüência o processo de aprendizagem. O ruído pode ser definido como qualquer som indesejável, considerando-se tanto o nível de intensidade quanto a freqüência sonora. O presente estudo será realizado a fim de se verificar e analisar o nível de ruído presente nas salas de aula de uma universidade do interior de São Paulo, bem como colher informações da percepção dos alunos sobre a aprendizagem e aproveitamento escolar nas referidas salas de aulas. Para tal, será realizada medição sonora das salas de aula para análise precisa do nível de intensidade do ruído presente durante as atividades de aprendizagem. A medição será feita com decibelímetro devidamente calibrado. Os estudantes avaliados deverão responder a um questionário que será aplicado com o intuito de se obter informações sobre a qualidade da comunicação professor aluno em termos de inteligibilidade de fala na presença de ruído rotineiro. Após, as informações serão analisadas em porcentagem de ocorrência, além de discutidas qualitativamente. Os resultados serão comparados com a literatura pertinente compilada.

Protocolo: 688 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2011 - 7/2012 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): CRISTINA SANTANA YIDA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
O ruído encontra-se totalmente incorporado na rotina diária, tornando-se, no entanto, perigoso quando presente no ambiente de trabalho, tanto em função nos níveis de intensidade como pelo tempo de exposição. Quando esse ruído é intenso e a exposição a ele é continuada ocorrem alterações estruturais na orelha interna, que determinam a ocorrência da Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR). A PAIR configura-se como uma perda auditiva do tipo neurossensorial, geralmente bilateral, irreversível e progressiva com o tempo de exposição ao ruído. O ruído ocupacional, entretanto, não é só prejudicial à audição, podendo causar problemas cardiovasculares e digestivos além do aumento do cansaço e elevação da falta de atenção durante as atividades. O presente estudo tem como objetivo verificar a presença de queixas relacionadas ao sistema auditivo, bem como verificar a existência ou não de alterações auditivas relacionadas com o ruído ocupacional em profissionais de salão de beleza em um município no interior do Estado de São Paulo. A partir das informações coletadas pretende-se fornecer conhecimento sobre cuidados com a audição, promovendo melhor qualidade auditiva na vida profissional e social. O estudo será realizado em cinco salões de beleza. A amostra será constituída por 30 sujeitos, funcionários dos salões de beleza, que desejarem participar da pesquisa. Para a composição dos dados a serem coletados foram estabelecidos os seguintes procedimentos não invasivos: anamnese ocupacional, audiometria tonal liminar, audiometria vocal e imitanciometeria. Para análise estatística, serão utilizados testes não paramétricos de comparação entre as variáveis de mesma natureza, as orelhas de um mesmo sujeito (Teste de Wilcoxon), e posteriormente entre os sujeitos Após, realizaremos análises de relação entre as variáveis distintas (Teste de Mann- Whitney): sexo, idade, tempo de serviço e horas de serviço por dia.

Protocolo: 676 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 5/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA FERREIRA LOPES
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Estudos mostram que a exposição ao ruído intenso é um dos fatores de risco à saúde do trabalhador, provocando perturbações de ordem geral e auditiva. A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) ocupa o segundo lugar no ranking das desordens auditivas, perdendo apenas para a Presbiacusia. Investigar a sua incidência é fundamental, uma vez que estudos epidemiológicos viabilizam as práticas de prevenção e favorecem os programas de promoção à saúde do trabalhador. Assim, o presente estudo de caráter retrospectivo e descritivo terá por objetivo investigar a incidência de Perda Auditiva Induzida por RuídoPAIR em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional alocados em um laticínio do interior do estado de Mato Grosso do Sul, bem como promover o Programa de Conservação AuditivaPCA por meio palestras, informando sobre a importância da realização das avaliações audiológicas periódicas e das medidas de proteção individual pelo uso de EPI´s. A coleta dos dados compreenderá na análise das audiometrias periódicas dos 100 funcionários alocados neste laticínio, realizadas no ano de 2010, levando em consideração as seguintes variáveis: faixa etária, gênero, tempo de atividade ocupacional, turno de trabalho (manhã e tarde), setor de atividade profissional e uso de equipamentos de proteção individual. Mediante os dados contidos nas audiometrias, serão analisados os limiares tonais e vocais, cujos achados caracterizam o perfil audiológico dos sujeitos. Após a coleta, os dados serão analisados estatisticamente de forma quantitativa descritiva pela correlação e dependência das variáveis citadas acima. Ao final, os resultados finais serão enviados a revistas indexadas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 677 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2011 - 2/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MICHELLE CAMARGO ROSA
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A gagueira é caracterizada por repetições ou prolongamentos frequentes de sons, de sílabas, ou de palavras, por hesitações ou pausas que pertubam a fluência verbal. Além disso, o sujeito pode apresentar a inclusão de sons atípicos ou palavras que não fazem parte da fala, manutenção anormal de uma postura tanto facial, labial, mento, fronte, fechamentos dos olhos ou desviar os olhos do interlocutor. Diferentes estudos mostram que a gagueira pode ter como fatores de risco, tais como: a história familiar, pois sabe-se que a predisposição para gagueira pode ser hereditária. O estresse, os sustos, os medos, algumas questões emocionais e até mesmo o aparecimento de alguma doença ou sequela. Não que estes fatores sempre causem a gagueira, mas, podem contribuir indiretamente para o seu aparecimento. Até o momento, não existe tratamento que realmente cure a gagueira, fazendo com que ela desapareça por completo, mesmo assim a ajuda precoce de um profissional pode proporcionar resultados significantes, fazendo com que o sujeito produza sua fala mais harmoniosa. O presente estudo tem como objetivo verificar a Eficácia das estratégias da Realimentação Auditiva Atrasada (DAF) juntamente com a Realimentação com Frequência Alterada (FAF) no tratamento de indivíduos com alteração da fluência e busca ainda analisar o número de eventos gaguejados, velocidade de fala e sua naturalidade, comparando os efeitos entre a leitura em voz alta e a fala espontânea. Para a realização desta pesquisa será utilizado como ferramenta o software "Mais Fluência" desenvolvido por Henrique Confessor 2009, que se encontra no site da Associação Brasileira de Gagueira. Os dados serão analisados qualitativa e os resultados enviados para revistas de áreas afins, para possível publicação e/ou apresentações em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 664 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2011 - 1/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CAMILLE HIEDA
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A equoterapia é um método terapêutico que utiliza o cavalo como principal instrumento para a reabilitação em saúde e educação, utilizando-se de técnicas de equitação para reeducar ou atenuar os danos sensoriais, motores, cognitivos e comportamentais de seus praticantes. A capacidade de adquirir linguagem é especifica do ser humano. É por meio dela que ele amplia suas noções de tempo e espaço e desenvolve suas capacidades de raciocínio, sendo capaz de planejar suas ações e avaliá-las depois de realizadas. Uma alteração do desenvolvimento da linguagem pode ser representada por um retardo ou um distúrbio. O retardo é caracterizado por um atraso generalizado na aquisição ou expressão de todos os componentes da linguagem que, ao se desenvolverem, acompanham a mesma seqüência do desenvolvimento normal. No entanto, no distúrbio ocorre o desvio do desenvolvimento, em que a criança apresenta assincronia na aquisição dos componentes da linguagem ou déficits específicos em um aspecto lingüístico e/ou união de componentes com desenvolvimento normal e com atraso na aquisição. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa é verificar a eficácia do tratamento equoterápico em uma paciente diagnosticada com Retardo de linguagem. Os dados serão analisados qualitativamente a partir da comparação das avaliações pré é pós intervenção equoterápica. Sendo os resultados divulgados por meio de literatura especializada, periódicos, revistas de áreas afins e/ou em congressos e eventos científicos da área.

Protocolo: 657 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2011 - 5/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA CRISTINA LAZARETTI
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
GABRIELA ANDRADE PIEMONTE

Resumo:
A audição exerce fundamental importância no desenvolvimento global da criança, uma vez que representa a principal fonte para a aquisição das habilidades de fala e linguagem. À medida que a criança discrimina, reconhece e memoriza auditivamente os sons da fala vai ocorrendo a sua consciência devido à manipulação consciente de sua produção. Lesões no sistema auditivo, mesmo que temporárias, podem levar a criança à privação sensorial, acarretando negativamente nas funções cognitivas e linguísticas, dentre elas o desvio fonológico. Investigar as características audiológicas de crianças com desvio fonológico permite compreender melhor os fatores causais, visto que a integridade do sistema auditivo é fundamental para o seu desenvolvimento linguístico. Assim, o presente estudo terá por objetivo analisar o perfil audiológico de crianças com desvio fonológico atendidas em uma Clínica-Escola de Fonoaudiologia localizada no interior do estado de São Paulo, levando em consideração as seguintes variáveis: o tipo, o grau, a configuração e a lateralidade (direita e esquerda) de audição. A partir da análise de prontuários a casuística será composta pelas crianças com diagnóstico fonoaudiológico de Desvio Fonológico, entre a faixa etária de cinco a dezoito anos e de ambos os gêneros. Os procedimentos dar-se-ão pelos seguintes passos: entrevista audiológica, inspeção do canal auditivo externo e avaliação audiológica básica. Após a coleta, os dados quantitativos descritivos serão tratados estatisticamente e representados em tabelas e gráficos para melhor visualização. Ao final, os resultados serão enviados a revistas de áreas afins para possível publicação, se aceitos.

Protocolo: 661 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 2/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEILA HARUMI KANEZIRO
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
As definições de deficiência auditiva variam de modo amplo na literatura e dependem, em grande extensão, das suposições teóricas sobre a natureza das perdas auditivas. A etiologia da perda auditiva pode ser pré, peri ou pós natal. Pessoas com perdas auditivas unilaterais ou bilaterais assimétricas apresentam o hábito de aproximar-se da fonte sonora com a orelha normal ou melhor. Seria pertinente inferir que esse ato motor realizado repetidamente durante anos, poderia influenciar significativamente na simetria facial desses indivíduos? Com relação a anatomia facial, ainda não foi descrita uma face que tivesse um perfeito equilíbrio anatômico e geométrico, embora geralmente exista um equilíbrio funcional. Em decorrência desse questionamento o presente estudo tem como objetivo verificar a existência ou não de relação entre perdas auditivas, bilaterais assimétricas ou unilaterais, com assimetria significativa da face associada ou não com alterações posturais de cabeça e pescoço em sujeitos adultos. Serão avaliados 30 sujeitos com alterações auditivas e 30 sujeitos sem alterações auditivas e posturais. Após a avaliação e os dados coletados, será realizado um tratamento estatístico para conclusão de monografia e futura publicação de trabalho.

Protocolo: 662 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2011 - 12/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ROSANA LURY HIGA NAMPO
Professor(es): ROSELAINE PALHARES ALVES
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
As fissuras palatinas são malformações congênitas dada pela falta na fusão entre os ossos maxilares ocorridas nas primeiras semanas gestacionais. Dentre as diversas manifestações clínicas, crianças com fissuras labiopalatinas podem apresentar alterações auditivas pelas desordens de orelha média, o que influenciará negativamente em seu processo de comunicação. Uma das formas de avaliar a função do sistema auditivo é a pesquisa das Emissões Otoacústicas Evocadas, que permite obter informações sobre o funcionamento das células ciliadas externas da cóclea pela integridade da orelha média. Assim, o presente estudo de campo, estatístico quantitativo descritivo, terá por objetivo analisar os achados do teste das Emissões Otoacústicas Evocadas em crianças fissuradas, entre a faixa etária de dois e dezoito anos, atendidas um uma associação de apoio ao fissurado lábio palatal localizada em uma cidade do interior do estado de São Paulo-SP, e correlacioná-los com os achados imitanciométricos, levando em consideração o gênero e as orelhas direita e esquerda. O local da pesquisa constituirá o ambulatório de Audiologia, vinculado a uma Instituição de Ensino Superior (IES). Mediante rubrica no TCLE, os procedimentos a serem realizados consistirão na entrevista inicial, na inspeção do meato acústico externo, na pesquisa do volume equivalente da orelha média e do reflexo estapediano, e no registro das Emissões Otoacústicas Evocadas por estímulos Transitórios e por Produto de Distorção. Após a coleta, os dados serão tratados estatisticamente e apresentados graficamente em valores absolutos e relativos. Ao final, os dados analisados serão enviados e publicados para o conhecimento da comunidade científica, se aceitos.

Protocolo: 670 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 1/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): VALERIA MOREIRA MACEDO
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) é considerada um problema de saúde pública, ocasionando lesões A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR) é considerada um problema de saúde pública, ocasionando lesões nas células ciliadas do órgão de Corti, e levando o indivíduo portador desta deficiência a degradações físicas, emocionais e sensoriais. Uma das formas de se detectar alterações na funcionalidade destas células é a pesquisa das Emissões Otoacústicas Evocadas (EOA) e o Efeito Supressão, uma vez que este exame permite avaliar a contração lenta e rápida das células ciliadas externas, responsáveis pela seletividade de freqüências. O presente estudo de campo, transversal, terá por objetivo analisar a amplitude das Emissões Otoacústicas Evocadas (por estímulos Transitórios, Produto de Distorção e Efeito de Supressão) em trabalhadores expostos ao ruído ocupacional, cujo local de trabalho se situa no interior do estado de São PauloSP. A amostra populacional será dividida em dois grupos: G1 (grupo controle), composto por 30 sujeitos normo-ouvintes e sem queixas auditivas e; G2 (grupo experimental), composto por 30 trabalhadores expostos ao ruído ocupacional, entre a faixa etária de 18 a 35 anos. O local para a coleta dos dados compreenderá o Ambulatório de Audiologia, vinculado institucionalmente ao Curso de Fonoaudiologia da UNOESTE. Como procedimentos, serão realizados: entrevista inicial, por intermédio de um questionário para verificar o histórico audiológico, ocupacional e de saúde em geral; meatoscopia, para observar se não há impedimentos para a realização da avaliação audiológica, bem como a presença de cera obstrutiva e corpos estranhos; avaliação audiológica básica, com intuito de caracterizar o perfil audiológico dos sujeitos; e pesquisa das Emissões Otoacústicas Evocadas e Efeito de Supressão, cujo objetivo será verificar a função coclear e atividade do sistema eferente olivococlear medial. Ao final, os dados coletados serão armazenados e tratados estatisticamente para posterior envio a revistas indexadas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 647 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2011 - 9/2012 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Os profissionais e os estudantes do curso de Comunicação Social na área de Radiojornalismo, muitas vezes, não têm um treinamento prévio e desconhecem as noções básicas de higiene vocal, o trabalho de narração e o de interpretação de acordo com o programa e o tipo de reportagem. O trabalho fonoaudiológico procura orientar e realizar um programa de preparação vocal para a prevenção de problemas de voz e a manutenção de uma qualidade vocal adequada ao uso profissional. No presente trabalho, temos como objetivo verificar o conhecimento que o estudante de Comunicação Social tem sobre o uso correto da voz profissional. Para a coleta dos dados elaboramos um questionário para 60 estudantes do 5º ao 8º termos do curso de Comunicação Social de uma Universidade particular do interior do estado de São Paulo. Os dados coletados serão analisados mediante a descrição e discussão dos dados e a realização da porcentagem dos resultados.

Protocolo: 640 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2011 - 12/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA LUCIA FERNANDES
Professor(es): SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
Estudos mostram que a incidência de indivíduos com zumbido no Brasil é bastante significativa. Como causa, este sintoma pode estar relacionado a diversas desordens, dentre elas a exposição a elevados níveis de pressão sonora. Em relação à manifestação clínica, essa sensação ilusória pode repercutir de forma negativa na vida do indivíduo gerador, dificultando a qualidade do sono, as atividades diárias, profissionais e sociais, além da concentração e do estado emocional. Assim, pesquisar suas características e sua repercussão torna-se viável para comunidade científica uma vez que o zumbido é considerado o terceiro pior sintoma presente na vida do indivíduo, perdendo apenas para dor e tontura intensa e incurável. Portanto, o presente estudo de campo terá por objetivo investigar a repercussão que o zumbido traz na vida de trabalhadores expostos a altos níveis de pressão sonora, bem como verificar suas características clínicas. A amostra será composta por 30 indivíduos que serão divididos em dois grupos: G1, composto por trabalhadores com zumbido e perda auditiva, e G2, composto por trabalhadores com zumbido e sem perda auditiva; atendidos em um Centro de Referência em Saúde do TrabalhadorCEREST localizado no interior do estado de São Paulo, de ambos os gêneros, e que apresentaram queixa de zumbido na avaliação audiológica básica. Como instrumento será utilizado dois questionários contendo questões fechadas, de múltipla escolha e aplicadas de forma direta. Após a coleta, os dados obtidos serão armazenados e analisados estatisticamente, para posterior envio a revistas indexadas de áreas afins, se aceitos.

Protocolo: 642 Início e Fim: Mês/Ano: 6/2011 - 6/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RENATA SATURNO
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
Por ser bastante significativa a deficiência auditiva na população neonatal em relação às demais doenças, estudos epidemiológicos viabilizam cada vez mais a detecção precoce dessas desordens, favorecendo a promoção da saúde e reduzindo os males provocados pela privação sensorial. A presente pesquisa epidemiológica, retrospectiva, terá por objetivo verificar a incidência de neonatos nascidos em um hospital regional, que foram submetidos à Triagem Auditiva Neonatal por intermédio das Emissões Otoacústicas Evocadas, no ano de 2010. Além disso, será analisado o índice de passa falha de 300 neonatos, sendo estes selecionados aleatoriamente, levando em consideração o gênero, as orelhas direita e esquerda, e os grupos de risco para a surdez. O local a ser explorado compreenderá um hospital regional localizado no interior do estado de São Paulo, cujo atendimento é voltado ao Sistema Único de Saúde (SUS). A coleta dos dados será realizada pela análise dos prontuários dos neonatos nascidos no ano de 2010, verificando os seguintes critérios: incidência total de neonatos triados pelas Emissões Otoacústicas Evocadas; incidência de passa-falha no primeiro teste e no re-teste; e conduta fonoaudiológica. Após a coleta, os dados serão analisados estatisticamente de forma descritiva e, representados graficamente em valores absolutos e relativos. Ao final, os dados analisados serão enviados a revistas de áreas afins e publicados, se aceitos.

Protocolo: 704 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2011 - 7/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SAVERIO HEITOR GONCALVES CATARDO
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O aprimoramento da tecnologia e da ciência proporciona aos profissionais envolvidos em avaliação e reabilitação vocal subsídios que propiciam uma análise mais completa. A avaliação acústica auxilia de maneira objetiva no diagnóstico precoce das alterações vocais e nos processos de reabilitação. Por meio da análise acústica da voz, pretende-se estudar os achados vocais alterados, bem como os efeitos benéficos da terapia de voz. Este estudo consiste em analisar 10 vozes gravadas em áudio de indivíduos em atendimento ou que receberam atendimento fonoaudiológico, as quais foram gravadas no início e/ou durante o processo de reabilitação. Também serão utilizados os prontuários dos pacientes para verificação do laudo otorrinolaringológico e achados fonoaudiológicos. As variáveis acústicas utilizadas para análise das vozes serão: forma e continuidade do traçado harmônico, presença de ruído, frequência fundamental e suas variantes jitter e shimmer, intensidade e qualidade da voz. Para a análise desses parâmetros usaremos um sistema de análise computadorizada, o software VOXMETRIA, o qual gera a imagem espectrográfica do som, permitindo visualização e manipulação das amostras. Os dados obtidos dos momentos pré e pós fonoterapia serão submetidos à análise percentual, em que se busca observar, caracterizar e comparar as eventuais diferenças de padrões vocais por diagnóstico.

Protocolo: 594 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2011 - 2/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): THAIS ANDREIA DUMONT
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
Este projeto de pesquisa tem como objetivo realizar um estudo da linguagem na interação entre afásicos e não afásicos, para observar a compreensão e a expressão de processos simbólicos, não apenas a aquisição de conhecimentos novos ou a reestruturação de conhecimentos existentes, mas também o desenvolvimento da capacidade incessante de compreender, refletir sobre e com a linguagem. Em relação aos processos interativos e à linguagem, a hipótese de Vygostsky (1934/1987) é a de que os processos cognitivos que nos caracterizam como seres humanos, como a linguagem, a memória, a percepção, o cálculo, a praxia, a atenção etc., não se desenvolvem essencialmente por razões biológicas, mas por vias sócio-culturais, como, por exemplo, pela linguagem. A linguagem é constituinte da cognição e o processo de internalização da linguagem e das práticas sociais ocorre interativamente e intersubjetivamente do social ao individual. Tanto nos processos de aquisição da linguagem quanto nos processos de reestruturação/reorganização da linguagem do contexto patológico das afasias, a linguagem é reestruturadora das funções cognitivas. De acordo com Morato (1996; 2000), sob certas condições, um processo inter-pessoal pode ser internalizado e gerar coordenações intra-individuais, reestruturando e reorganizando a maneira de pensar e agir simbolicamente dos indivíduos. Os dados dos processos interativos e de linguagem serão analisados a partir de uma perspectiva sócio-cognitiva e interacional dos processos interativos com ênfase na compreensão e expressão de processos simbólicos, entre eles a linguagem, no contexto das afasias, nas situações de práticas interativo-discursivas entre sujeitos afásicos e não afásicos. Pretendemos analisar o funcionamento da linguagem na construção do sentido pelos sujeitos nas situações interativas para melhor compreender os aspectos da relação entre linguagem e cognição em situações interativo-discursivas no contexto patológico.

Protocolo: 579 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2011 - 1/2012 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NATALIA PEREIRA GIL
VANESSA KELEM DE SOUZA SABINO
ARIANE DE OLIVEIRA SIERRA
JULIANA DE LIMA OLIVEIRA
Professor(es): SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
O TRABALHO VISA ENFOCAR A VOZ PROFISSIONAL E A COMUNICAÇÃO COMO UM TODO, BUSCANDO VALORIZAR A FIGURA HUMANA E A EFETIVIDADE DA COMUNICAÇÃO NO TELEJORNALISMO. POIS NOTA-SE UM NÚMERO DE JORNALISTAS DA MÍDIA TELEVISIVA QUE, SEM QUEIXA DE DISTÚRBIOS VOCAIS, BUSCAM NA FONOAUDIOLOGIA INFORMAÇÕES E PROCEDIMENTOS NECESSÁRIOS PARA A ATUAÇÃO NO MERCADO.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2004 - 11/2004 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Professor(es): ANA PAULA SANCHES

Resumo:
DIANTE DA QUEIXA DE VÁRIOS PACIENTES ATENDIDOS NO INSTITUTO DE AUDIOLOGIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO DE PRESIDENTE PRUDENTE, SERÁ REALIZADO UM ESTUDO ATRAVÉS DE UM QUESTIONÁRIO APLICADO EM INDIVIDUOS COM A FAIXA ETÁRIA DE 60 A 70 ANOS DE IDADE, COM ZUMBIDO E ADAPTADOS COM PRÓTESE AUDITIVA. O OBJETIVO DO PRESENTE ESTUDO É VERIFICAR A SATISFAÇÃO DO INDIVIDUO IDOSO ADAPTADO COM PRÓTESE AUDITIVA, BILATERAL E NECESSARIAMENTE COM PRESENÇA DE ZUMBIDO.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2005 - 12/2005 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
OS PRIMEIROS PRINCÍPIOS IMPORTANTES PARA O DEFICIENTE AUDITIVO SÃO A DETECÇÃO E INTERVENÇÃO PRECOCES A FIM DE GARANTIR O MELHOR DESENVOLVIMENTO DA CRIANÇA, À MEDIDA QUE OS PRIMEIROS ANOS DE VIDA SÃO APROVEITADOS. TENDO EM VISTA QUE A PLASTICIDADE NEURONAL É MAIOR NOS ANOS INICIAIS E QUE DIMINUI COM A IDADE, A EXPOSIÇÃO PRECOCE AOS ESTIMULOS SENSORIAIS É CRÍTICA AO DESENVOLVIMENTO NORMAL DAS ESTRUTURAS E VIAS DO SISTEMA AUDITIVO NERVOSO. ASSIM, A IDENTIFICAÇÃO, NO INICIO, DE CONDIÇÕES PATOLÓGICAS AUMENTA O SUCESSO NA (RE) HABILITAÇÃO. DIANTE DE UMA CRIANÇA COM DIAGNÓSTICO DE SURDEZ, ALGUMAS PROVIDÊNCIAS QUE ATENUAM SUAS CONSEQUENCIAS PRECISAM SER TOMADAS E ESSAS AÇÕES DEVEM SER TANTO NO AMBITO DA SAÚDE (ATRAVÉS DO DIAGNÓSTICO E DO TRATAMENTO PRECOCE) QUANTO NO AMBITO DA EDUCAÇÃO (POR MEIO DO ATENDIMENTO INFANTIL ESPECIALIZADO).

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2005 - 12/2005 Programa: PPD - Projeto de Pesquisa Docente
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
NO TRABALHO FONOAUDIOLOGICO JUNTO ÀS ESCOLAS E JUNTO AOS PACIENTES COM ALTERAÇÃO NA ESCRITA, SE TORNA INDISPENSAVEL A PARCERIA COM O PROFESSOR. DESTA MANEIRA TORNOU-SE IMPRESCINDIVEL QUE OCORRA UMA PARTILHA NO QUE SE REFERE AOS ASPECTOS TEÓRICOS QUE EMBASAM O DESENVOLVIMENTO DA ESCRITA. DE UM LADO, HÁ O ASPECTO LINGUISTICO E A ESCRITA, VISTAS PELO FONOAUDIOLOGO COMO UM CÓDIGO, DE OUTRO LADO O ASPECTO PEDAGÓGICO E A ESCRITA, VISTA PELO PROFESSOR COMO ÁREA DE CONHECIMENTO E FORMA DE ADQUIRIR INFORMAÇOES.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2005 - 11/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O PRESENTE PROJETO TEM A FINALIDADE DE CONHECER AS CARACTERÍSTICAS QUE INTERFEREM NO ALEITAMENTO MARERNO DE MÃES ADOLESCENTES E DE RECÉM-NASCIDOS PRÉ-TERMO, VERIFICANDO O VÍNCULO MÃE-BEBÊ. A IDADE GESTACIONAL EXTREMA TEM LIMITADO A UTILIZAÇÃO DO ALEITAMENTO MATERNO EXCLUSIVO, OCORRENDO, POR VEZES, A FALTA DE ESTIMULAÇÃO DAS MÃES, QUE NORMALMENTE ENCONTRA-SE FRAGILIZADAS E ABALADAS.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2005 - 10/2006 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): CLICIA LOPRETO
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
DIANTE DO CREDENCIAMENTO DO INSTITUTO DE AUDIOLOGIA DO HOSPITAL UNIVERSITÁRIO, DOMINGO CERÁVOLO, DA UNOESTE DE PRESIDENTE PRUDENTE, PARA PRESTAÇÃO DE SERVIÇO DE CONCESSÃO DE APARELHOS DE AMPLIFICAÇÃO SONORA INDIVIDUAL (AASI), AOS PACIENTES EM TRATAMENTO PELO SISTEMA UNICO DE SAÚDE (SUS), DESDE ABRIL DE 2003, ACREDITA-SE QUE O MESMO OFEREÇA, EM SEU UNIVERSO DE INDIVIDUOS ATENDIDOS, INDICADORES DE SATISFAÇÃO QUANTO ÀS ADAPTAÇÕES DE AASI REALIZADAS NO INSTITUTO DE AUDIOLOGIA, TEMA PROPOSTO PELO PRESENTE ESTUDO. O TRABALHO TEM COMO OBJETIVO CATEGORIZAR E RELACIONAR AS QUEIXAS DE USUÁRIOS DE AASI À SATISFAÇÃO QUANTO À AMPLIFICAÇÃO.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2005 - 11/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Professor(es): REGINA TANGERINO DE SOUZA

Resumo:
FOI PROPOSTO ESSE TEMA A FIM DE INVESTIGAR OS POSSÍVEIS PROBLEMAS QUE A CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN APRESENTA NO DESENVOLVIMENTO DA LEITURA E ESCRITA. AS CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN, FARÃO UMA AVALIAÇÃO QUE SERÁ APLICADA TAMBÉM A CRIANÇAS NORMAIS PARA QUE POSSA TER UMA COMPARAÇÃO E ASSIM DESCOBRIR O GRAU DE ATRASO QUE A CRIANÇA COM SÍNDROME DE DOWN TEM EM RELAÇÃO A UMA CRIANÇA NORMAL.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2005 - 11/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
ESTUDOS DESCREVEM QUE O RUIDO É UM DOS MAIORES CAUSADORES DE PROBLEMAS AUDITIVOS. A LITERATURA REVELA QUE EM UNIDADES DE TERAPIA INTESIVA, OS NÍVEIS DE RUIDO SÃO EXTREMAMENTE INTENSOS, DE VARIDAS FREQUENCIAS E ORIGENS: PESSOAS, EQUIPAMENTOS, PROCEDIMENTOS, ENTRE OUTROS. IDENTIFICAR OS NÍVEIS DE INTENSIDADE DE RUÍDO NAS UTIs, ADULTO E NEONATAL, SERÁ IMPORTANTE EM VÁRIOS MOMENTOS DO DIA, PARA POSSÍVEL COMPARAÇÃO DAS MEDIDAS EM AMBAS UNIDADES. AS MEDIÇÕES SERÃO REALIZADAS NO HOSPITAL DE ENSINO DO ESTADO DE SÃO PAULO COM O MEDIDOR DE NÍVEL DE RUIDO (RÁDIO SHARPE).

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2005 - 1/2006 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MILENE LORENTI
CLEUZA MARIA VIRGILI
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A atuação dos líquidos da orelha interna em nosso organismo é fundamental para o bom funcionamento do aparelho auditivo e oscilações hormonais observadas durante o ciclo menstrual, podem resultar em inúmeras manifestações, como a vertigem, a instabilidade corporal, o zumbido, a sensação de plenitude auricular, a hipoacusia e outras. Investigar a presença destes sintomas é de extrema importância para a compreensão dos possíveis achados audiológicos na prática clínica. Assim, o presente estudo de campo terá por objetivo investigar as queixas otológicas e avaliar a função auditiva em mulheres jovens nas diversas fases do ciclo menstrual: a folicular, a ovulatória e a lútea. A amostra populacional será compreendida em trinta sujeitos, do sexo feminino, entre a faixa etária de 18 a 30 anos de idade, vinculados a uma Instituição de Ensino Superior (IES) localizada no interior do estado de São Paulo - SP. O material da pesquisa constituirá na utilização de um questionário contendo questões fechadas e de múltipla escolha, com intuito de coletar as queixas otológicas. Para avaliar a função auditiva, será realizada uma avaliação audiológica básica, utilizado um Audiômetro Clínico e um Analisador de Orelha Média. Os procedimentos a serem realizados envolverão, primeiramente, a aplicação do questionário seguida da avaliação audiológica básica, em cada uma das fases do ciclo menstrual: a folicular, a ovulatória e a lútea. Como critérios de exclusão não irão compor a amostra os sujeitos que apresentarem idades inferiores há 18 anos ou superiores há 30 anos, bem como aqueles que apresentarem alterações metabólicas e auditivas, tais como a diabetes, o colesterol, infecções de orelha média, trauma acústico, rolha de cerúmen e outras. Após a coleta, os dados obtidos serão armazenados e tratados estatisticamente de forma descritiva, qualitativa nominal e ordinal. Ao final da análise, os resultados serão enviados a revistas de áreas afins, caso aceito.

Protocolo: 404 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2010 - 2/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA SAO JOAO MOREIRA KUMIZAKI
Professor(es): PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O Desvio fonológico poderia ser caracterizado como um desvio que envolve o processo de aquisição dos sons da fala, criando dessa maneira padrões atípicos em relação à fala do adulto, o que torna a fala das crianças ininteligível em maior ou menor grau. Com isso, há uma grande preocupação com a fala e a linguagem de crianças que, em muitos momentos, torna-se de difícil compreensão, ou seja, a criança quando começa a falar, omite as letras difíceis ou as substituem pelas letras mais simples. Isso mostra que alterações na memória fonológica podem retardar indiretamente todos os aspectos do desenvolvimento da linguagem. O presente estudo busca verificar a incidência do desvio fonológico em crianças de cinco a dez anos de idade que frequentam uma clínica-escola de Fonoaudiologia do interior de São Paulo, levando-se em consideração as variáveis, idade, sexo e classe socioeconômica; verificando a ocorrência e os processos de maior prevalência nesse período em que as crianças já deveriam ter adquirido todos os sons da língua e comparando a ordem de aquisição fonológica dos sujeitos estudados com a literatura. A amostragem será composta por todos os pacientes existentes na referida clínica- escola de fonoaudiologia no primeiro semestre do ano de 2010, com idade de cinco a dez anos, podendo ou não apresentar o desvio fonológico, pois são de diferentes grupos de patologia, devendo ser excluídos de tal amostragem os pacientes com alterações neurológicas e deficiência auditiva, sendo o total de 55 prontuários de pacientes, onde 41 são do sexo masculino e 14 do sexo feminino. Após a coleta será realizada análise quantitativa dos desvios fonológicos (trocas, omissão e distorção), pois, trata-se de pesquisa de campo de caráter transversal. Será utilizado para tanto o teste não paramétrico de Fisher que é útil quando trabalhamos com variáveis categóricas e quando o tamanho das amostras-independentes é pequeno. Será realizada também uma análise qualitativa dos dados presentes na anamnese.

Protocolo: 391 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2010 - 5/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): INGRID MAYARA CATUCCI SOARES
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
É sabido que o câncer de laringe, quando requer remoção total desse órgão, ameaça intensamente a qualidade de vida dos pacientes, uma vez que as funções de fonação, respiração e deglutição tornam-se comprometidas de forma acentuada (BLOM et al., 1986). Este estudo tem como objetivo compreender as dificuldades relacionadas quanto ao uso da voz, deglutição e fala, enfrentadas pelos indivíduos com câncer de laringe. A amostra compreenderá 30 pacientes diagnosticados com câncer de laringe de ambos os sexos, os quais já realizaram a cirurgia de laringectomia. Os dados serão coletados por meio de um questionário o qual será aplicado aos pacientes laringectomizados. O estudo tem ainda como objetivo ampliar o foco de atuação dos profissionais da saúde visando contribuir para mudanças, no que diz respeito ao aspectos relacionados a saúde e a reabilitação destes indivíduos. A pesquisa será desenvolvida com coleta de dados relacionados, tendo como referências a compreensão das dificuldades que serão relatadas pelos sujeitos laringectomizados.

Protocolo: 396 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2010 - 11/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA PAULA DE SANTANA
Professor(es): SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
Com o avanço da tecnologia, RN prematuros têm índices de sobrevivência bem maiores, pois as unidades neonatais são monitorizadas por aparelhos de última geração, constituídas por equipes cada vez mais capacitadas e preocupadas com o desenvolvimento e a futura qualidade de vida do RN. Existe a preocupação com período de internação do RN, pois o mesmo fica exposto à iantrogenia, a prematuridade e a fatores emocionais que envolvem o vínculo mãe-bebê. Na fonoaudiologia, o fator alimentar, estimulação de sucção e reflexos orais, vem requerendo bastante atenção destes profissionais que atuam nas unidades neonatais, devido à impossibilidade do RN receber o alimento e realizar a sucção por via oral. Quando existe a necessidade da utilização da sonda o RN pode demorar muito tempo utilizando-a, tornando esse procedimento muito invasivo para a região oral, diminuindo o estímulo prazeroso da alimentação, causando impossibilidade de estimulação de sucção e desorganizando o mecanismo oral de alimentação; além de aumentar as possibilidades de infecções. O presente estudo visa verificar o conhecimento das mães de recém-nascidos prematuros, sobre a importância da estimulação de sucção e reflexos orais das funções neurovegetativas, com o objetivo de minimizar as alterações do desenvolvimento neuro-psico-motor e diminuir o tempo de internação. A pesquisa será realizada no Hospital Estadual da cidade de Presidente Prudente com 30 mães e seus RNs permaturos, de ambos os sexos, que venham a ser pacientes deste Hospital. Serão excluídos os que comprovadamente apresentarem problemas respiratórios e neurológicos. Os dados serão analisados qualitativamente e estatisticamente por meio do teste Qui-Quadrado. Após a análise dos resultados a pesquisadora irá confeccionar um folder para orientação e esclarecimento da população, sobre a necessidade do trabalho Fonoaudiológico em UTI neonatal.

Protocolo: 392 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2010 - 1/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARIANE REZENDE ZAMPIERI CHRISTOFANO
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O sistema respiratório é composto por estruturas responsáveis por captar o ar e conduzi-lo até os pulmões. A primeira dessas estruturas é a cavidade nasal e esta, quando obstruída, conduz o indivíduo à respiração oral que pode ser causada por diversas patologias, dentre elas a rinite alérgica. Quando este quadro obstrutivo passa a ser frequente, o indivíduo adota o padrão respiratório oral, o qual pode levar a alteração de voz, ou seja, a um quadro de disfonia. A disfonia pode ser definida como sendo qualquer dificuldade na emissão vocal que impeça a produção natural da voz. Os distúrbios da voz resultam de estruturas ou funcionamento defeituosos no trato vocal: na respiração, na vocalização ou na ressonância. Sendo assim, a presente pesquisa tem como objetivo verificar a relação entre rinite alérgica e disfonia infantil, avaliando crianças com idade entre 6 e 8 anos, do sexo masculino e feminino, com diagnóstico de rinite alérgica, pertencentes a uma escola pública do interior do Estado de São Paulo. Será utilizado um questionário com perguntas fechadas sobre as condições de saúde, a história pregressa da rinite alérgica, entre outras. Em seguida, a criança será submetida a uma avaliação através do teste de Tempo Máximo de Fonação para observação do controle neuromuscular e aerodinâmico da produção vocal, além da avaliação do tipo de voz, do sistema de ressonância, do ataque vocal, pitch e loudness e da dinâmica respiratória. Serão excluídas da pesquisa as crianças com alterações comprovadas de pregas vocais, com a presença de hipertrofia de amígdalas ou adenóide e com inflamação de vias aéreas superiores no momento da avaliação. Após a coleta dos dados serão realizadas a análise e discussão dos dados e um estudo estatístico descritivo, os quais serão enviados para possíveis publicações em artigos e periódicos de áreas afins.

Protocolo: 385 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2010 - 11/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LEIA DE OLIVEIRA
Professor(es): SANDRA ELISABETE DE OLIVEIRA CAZELATO

Resumo:
O ruído é reconhecido como agente nocivo à saúde do trabalhador e a exposição excessiva propicia o surgimento de doenças ocupacionais, como a Perda Auditiva Induzida pelo Ruído (PAIR). As lavanderias são locais de trabalho dotados de equipamentos geradores de ruído. O presente estudo terá por objetivo medir o nível de pressão sonora existente no interior da lavanderia de um hospital do interior do Estado de São Paulo e compará-lo com o nível permitido pela legislação. A fim de verificar a saúde auditiva dos trabalhadores do local analisado, será realizada avaliação audiológica convencional. A medição do nível de ruído será realizada por um medidor de nível sonoro, o Decibelímetro, devidamente calibrado conforme as exigências da Norma Regulamentadora (NR-15), em cinco direções: um central e quatro cardeais. A avaliação audiológica compreenderá a pesquisa dos Limiares Tonais Convencionais, Logoaudiometria e Imitanciometria, precedida de Anamnese Audiológica e Inspeção do Conduto Auditivo Externo. Os dados coletados serão armazenados e tratados estatisticamente, por meio de testes estatísticos não paramétricos, em função da natureza das variáveis.

Protocolo: 370 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2010 - 2/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JULIENE BOTTI SILVA
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A síndrome do respirador oral apresenta etiologia obstrutiva e não obstrutiva, conseqüentemente, influencia, de maneira impactante, na qualidade de vida do indivíduo, pois causa alterações no crescimento crânio-facial, no tônus da musculatura orofacial, na postura, na qualidade de sono, no apetite, na aprendizagem, na audição, na fala, nas condições gerais de saúde. O respirador oral apresenta um grande número de alterações e sintomas que influenciam na sua qualidade de vida. Tendo em vista que a respiração oral apresenta etiologias variadas e diversas conseqüências estruturais, viu-se a necessidade de realizar estudo sobre as alterações orofaciais decorrentes dessa patologia, correlacionando ás funções de mastigação e deglutição. A identificação precoce desses sintomas e alterações contribuiria no diagnóstico precoce e tratamento multidisciplinar mais adequado e eficiente, levando a não ocorrência de problemas futuros maiores, como alterações fonéticas e até mesmo de aprendizagem. Dessa forma, os objetivos do presente estudo serão: verificar o número de crianças respiradoras orais em idade pré escolar, entre 2 e 6 anos, do sexo masculino e do sexo feminino, pertencentes a uma pré escola municipal da cidade de Presidente Epitácio; observar e analisar alterações orofaciais e as funções de mastigação e deglutição em crianças respiradoras orais e associar a respiração oral às alterações orofaciais e alterações relacionadas às funções de mastigação e deglutição. Para tal será aplicado um questionário aos pais, com perguntas fechadas sobre a identificação da criança, condições de saúde, qualidade de sono, comportamento, possíveis alterações de fala, audição, hábitos orais, alimentação, aprendizagem, entre outros. As crianças então, serão submetidas a uma avaliação fonoaudiológica específica quanto a observação das estruturas orofaciais, tônus da musculatura orofacial e modo respiratório. E em seguida será realizada a avaliação das funções estomatognáticas de mastigação e deglutição. Serão excluídas crianças com síndromes, alterações neurológicas e alterações craniofaciais, além de crianças com rinites alérgicas tópicas e gripadas no dia da avaliação. Após a coleta de dados será feito um estudo estatístico descritivo e estes serão enviados para possíveis publicações em artigos e periódicos de áreas afim.

Protocolo: 321 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2010 - 11/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): NAYDA MANGOLIN FIORAVANTI
Professor(es): MARIA INES MEIRA DOLFINI
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
A audição é um sentido sensorial que nos permite perceber o som, pela qual o indivíduo através do órgão auditivo, recebe e identifica o som apresentado, além de ser órgão responsável pelo equilíbrio do ser humano (BRITO & GOLDENBERG, 1999). Em certas circunstâncias pode haver um acúmulo anormal de cera, formando um verdadeiro tampão (rolha), ocasionando surdez. O objetivo do presente estudo epidemiológico é verificar a ocorrência de queixas auditivas associadas ao acúmulo de cerúmen, na população participante do Projeto Interação. A amostra populacional compreenderá 100 sujeitos, de ambos os gêneros. Os critérios de exclusão da amostra serão os sujeitos que não apresentarem rolha de cerúmen. A metodologia compreenderá a aplicação de um questionário para verificar as queixas auditivas e, a inspeção do meato acústico externo com o Otoscópio da marca Heidji, cujo intuito é de inspecionar a presença ou não de cerúmen obstrutivo. Com a finalidade de promover a saúde auditiva, os sujeitos que apresentarem queixas em relação a sua audição ou acúmulo de cera (obstrutiva) serão orientados para esclarecimentos de dúvidas pertinentes a queixa auditiva e, encaminhados ao Setor de Otorrinolaringologista do Hospital Regional de Presidente PrudenteSP para avaliação e conduta médica. Ao final da coleta, os dados serão tratados estatisticamente de forma qualitativa nominal e quantitativa discreta.

Protocolo: 375 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2010 - 12/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): GERALDO ROCHA
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O nascimento do bebê pré-termo promove inúmeras complicações em seu desenvolvimento. De acordo com a pesquisa teórica, a evolução do neonato prematuro, em acompanhamento fonoaudiológico é considerada satisfatória. O estudo a seguir trata-se de um relato de pesquisa retrospectiva em prontuários, durante o ano de 2009, com o objetivo de informar sobre a importância do acompanhamento fonoaudiológico em recém-nascido pré-termo, bem como, os benefícios do aleitamento materno, sendo desenvolvido em um hospital na região de Presidente Prudente. A presente pesquisa tem característica quantitativa, sendo a população alvo, bebê pré-termo, sem alterações neurológicas, síndromes ou malformação.

Protocolo: 296 Início e Fim: Mês/Ano: 5/2010 - 1/2011 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): KARLA VANESSA ROLIM LINS
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade é caracterizado como uma dificuldade em manter o foco de atenção e se concentrar em atividades cotidianas.Este transtorno não possui uma causa específica, porém existem diversos fatores que influenciam direta e indiretamente para que os mesmos ocorram. O TDAH pode afetar sujeitos de ambos os sexos, entretanto, o sexo masculino é mais acometido que o feminino. Este se subdivide em três tipos, entre eles estão: Tipo Desatento, Tipo Hiperativo/Impulsivo e Tipo Combinado. O objetivo principal deste estudo será o de verificar nos alunos de ensino fundamental que apresentam dificuldades escolares, características condizentes com TDA e/ou TDAH.O local pesquisado será em uma escola pública, situada no município de Presidente Prudente. A amostra da pesquisa contará com alunos de ambos os sexos que estejam cursando entre a 4º e a 5º anos do Ensino Fundamental que apresentarem dificuldades de aprendizagem. Os dados serão coletados por meio de uma elaboração de escrita espontânea dos alunos e por intermédio de um questionário denominado de SNAP-IV, que será respondido pelos professores e pais. Após a coleta dos dados, as informações serão analisadas e tratadas qualiquantitativamente, pois, trata-se de pesquisa de campo de caráter transversal. Será utilizado para tanto o teste não paramétrico de Fisher.

Protocolo: 293 Início e Fim: Mês/Ano: 9/2010 - 12/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): AMANDA FERREIRA BAGLI
Professor(es): MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO
SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
A deficiência auditiva é fator limitante para a aquisição e desenvolvimento da linguagem. Uma das formas de minimizar os efeitos nocivos da deficiência auditiva é diagnosticá-la o quanto antes. De acordo com o Joint Committe on Infant Hearing - JCIH (2000) e o Comitê Brasileiro sobre Perdas AuditivasCBPA (2001) cerca de 50 das crianças com deficiência auditiva não apresentam indicadores de risco para a surdez e, se fossem triadas apenas as crianças pertencentes ao grupo de risco, estariam deixando de detectar aquelas que não são de risco. Assim, o presente estudo, de caráter retrospectivo, buscará analisar a presença das Emissões Otoacústicas por Estímulos Transientes em neonatos de baixo risco para a surdez, triados no ano de 2008 e 2009, em uma Clínica Particular que realiza avaliação da audição localizada no Interior do Estado de São Paulo. Após a coleta dos dados, os achados serão analisados estatisticamente.

Protocolo: 249 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2009 - 10/2010 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): TATIUSKA GABRIELLE DOS SANTOS
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O sistema auditivo é composto por diversas estruturas sensoriais e motoras, cuja função é de captar, conduzir e interpretar a energia sonora produzida pelo meio ambiente e pelo ser humano. A Perda Auditiva Induzida por Ruído (PAIR), caracterizada pela deteriorização das células sensoriais do órgão de Corti, acomete muitos funcionários de indústrias ou ambientes geradores de ruídos de alta intensidade. É sabido que ambientes ocupacional geram ruídos elevados, e por esse motivo, geralmente é recomendado o uso de equipamentos de proteção individuais (EPIs) e/ou medidas para diminuição do nível de ruídos, a fim de proteger a audição dos sujeitos expostos. Nas cozinhas de restaurantes observa-se que há a presença de ruídos intensos, porém é escasso o número de locais onde há, efetivamente, a utilização de equipamentos para a proteção da audição dos funcionários. Com isso, o presente estudo de campo, de caráter transversal, estatístico quantitativo terá por objetivo mensurar os níveis do ruído ambiental produzidos em uma cozinha de um restaurante localizado num município do interior do Mato Grosso do Sul. Os níveis de ruído serão medidos durante uma semana, em vários horários, com um decibelímetro Minipa, nos cinco pontos do local, sendo um central e quatro laterais. A partir das medidas coletadas e analisadas será verificado se há necessidade de orientações quanto à diminuição do ruído e/ou utilização de equipamentos de proteção individual aos funcionários e responsável pelo local da pesquisa.

Protocolo: 235 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2010 - 11/2010 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): LAIS DA SILVA MARTINS
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A audição é um dos sentidos primordiais na comunicação entre seres humanos, sendo a comunicação um dom de intelecto e é a partir da audição que aprendemos a nos expressar verbalmente. Na avaliação comportamental infantil, o mais comumente utilizado é o tom puro modulado em freqüência (warble), os estímulos sonoros não calibrados, produzidos por instrumentos sonoros ou brinquedos possuem maior significado e são mais estimulantes para crianças pequenas, mas não é possível manter a intensidade dos estímulos. O estudo tem por finalidade analisar acusticamente os instrumentos musicais que são utilizados na avaliação audiológica infantil, medindo as faixas de freqüência e de intensidade para cada instrumento, verificando sua adequação, promovendo assim confiabilidade no exame. Neste estudo, serão analisados os instrumentos que compõem a "bandinha" utilizada para exames audiométricos em crianças da faixa etária de 0 a 2 anos. Para a análise acústica, utilizaremos um microfone acoplado a um osciloscópio digital e um software chamado "SCOPE", o qual permite obter a forma de onda e suas componentes espectrais (análise de Fourier). A partir dessas componentes, podemos calcular as freqüências e intensidades emitidas por cada instrumento. Esse software também nos permite gerar tons puros calibrados que pode ser usados para uma verificação adicional das freqüências obtidas. A análise de cada instrumento fornecerá medidas que serão comparadas aos valores da literatura especifica, onde poderemos verificar sua adequação aos exames audiométricos.

Protocolo: 219 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2009 - 10/2010 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): MICHELE FRANCIANE FERRAZ DE SOUZA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
No senso comum, ruído significa barulho, som ou poluição sonora não desejada. Na eletrônica o ruído pode ser associado à percepção acústica, por exemplo, de um "chiado" característico (ruído branco) ou aos "chuviscos" na recepção fraca de um sinal de televisão. De forma parecida, a granulação de uma foto, quando evidente, também tem o sentido de ruído. No processamento de sinais o ruído pode ser entendido como um sinal sem sentido (aleatório), sendo importante a relação Sinal/Ruído na comunicação. O ruído faz-se presente nos estudos de Acústica, Cibernética, Biologia, Eletrônica, Computação e Comunicação.A exposição prolongada do ruído pode levar ao esgotamento físico e às alterações químicas, metabólicas e mecânicas do órgão sensorial auditivo. Conseqüentemente, ocorre estresse e/ou perturbação sistêmica, resultando em distúrbios do sono e da saúde, como transtornos respiratórios, comportamentais, endocrinológicos, neurológicos, entre outros. Os efeitos do ruído ambiental afetam o organismo humano de forma direta ou indireta, considerando-se a freqüência, intensidade, duração e susceptibilidade individual, nas quais o ser humano encontra-se exposto. A exposição contínua a ruídos acima de 85 dBA pode provocar perdas auditivas permanentes e, com aumento de apenas 5 dB, representa uma redução do tempo de exposição ao ruído pela metade.Com relação à comunicação humana, o ruído que compete com os sons da fala têm que ser minimizados. Para a ocorrência de uma aprendizagem ideal, o local deve ser livre ou ter quantidade mínima de ruído. A voz do professor deve ser o motivo de atenção para o aluno e não outros sons ambientais competitivos, verbais e não verbais. O presente estudo visa medir o nível de ruído existente em ambientes escolares a fim de analisar o risco de interferência na aprendizagem dos alunos. Se houver constatação de nível de intensidade de ruído superior aos preconizados para a audição humana, proporemos a realização de palestras de conscientização sobre conservação da saúde auditiva e discussão de formas de amenização dos níveis de ruído.

Protocolo: 190 Início e Fim: Mês/Ano: 12/2009 - 10/2010 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): TAINA FELICE SANCHES
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A audição é a capacidade de captar e reconhecer o som propagado no ambiente. O órgão responsável pela audição é o ouvido, que é capaz de captar sons dentro de um intervalo de freqüências e intensidades, até uma determinada distância. Quaisquer alterações no sistema auditivo podem levar a prejuízos irreparáveis para o ser humano. A Presbiacusia, definida como o envelhecimento natural do ouvido, resultante da somatória de alterações degenerativas de todo o aparelho auditivo, é uma das alterações auditivas mais drásticas e é inevitável. Os problemas ocasionados pela privação sensorial podem ser minimizados com o uso do Aparelho de Amplificação Sonora Individual (AASI), que permite o resgate da percepção dos sons da fala e dos sons ambientais, promovendo melhoras na habilidade de comunicação com outrem. Os programas de reabilitação auditiva para os idosos portadores de Presbiacusia promovem o ajuste destes na família e na sociedade de forma ativa. Sendo assim, o presente estudo terá por objetivo verificar o nível de satisfação pessoal (handcap) dos idosos adaptados com Aparelhos de Amplificação Sonora Individual e acompanhados em um centro auditivo do interior do Estado de São PauloSP. O local da pesquisa compreenderá um centro auditivo que realiza o processo de adaptação e acompanhamento da adaptação, situado no interior do Estado de São Paulo. A amostra será constituída por 30 sujeitos, ambos os sexos, com idade superior a 50 anos, adaptados com próteses auditivas de tecnologia digital e que realizam, atualmente, o processo de acompanhamento da adaptação. Os dados serão coletados mediante um questionário e em seguida, analisados e tratados estatisticamente.

Protocolo: 162 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2009 - 11/2010 Programa: PROBIC - Programa de Bolsas de Iniciação Científica
Aluno(s): FABIANA LOPES DA SILVA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
A deficiência auditiva é uma das afecções de maior ocorrência em crianças no Brasil e no mundo, com conseqüências importantes para a fala, linguagem e comunicação, se não diagnosticada e tratada precocemente. Mesmo sendo freqüente, o diagnóstico é atrasado e muitas vezes inacessível pelo custo e pela falta de informações. Campanhas de divulgação e conhecimento da realidade da surdez no Brasil podem contribuir para que a sociedade procure serviços de atendimento e exames, que, por lei, são obrigatórios desde o nascimento, evitando situações futuras de dificuldades de acompanhamento, escolarização, acesso a terapia e protetização das orelhas por políticas públicas de saúde. O presente estudo objetiva caracterizar a população de deficientes auditivos atendidos em uma clínica escola de fonoaudiologia do interior do estado de São Paulo, que segue a linha oralista de intervenção, a fim de compreender para quem se destina o atendimento prestado, buscando colaborar com a divulgação de informações sobre a surdez no Brasil. O presente estudo, de caráter retrospectivo, será realizado mediante análise de prontuários de pacientes que apresentam Deficiência Auditiva, atendidos em uma Clínica Escola de Fonoaudiologia, desde sua fundação em 1.999 até os dias de hoje. Nos prontuários constam relatórios das avaliações audiológicas, anamnese e fonoterapia. Os seguintes aspectos das perdas auditivas serão analisados: o grau, o tipo, a configuração, a simetria, o lado da orelha afetado, se uni ou bilateral e a topografia da lesão, bem como o tempo de adaptação do aparelho de amplificação sonora individual (AASI), tempo de demora para protetização, após o diagnóstico, e etiologia provável da deficiência auditiva. As informações serão contabilizadas em número absoluto e porcentagem para comparação com os índices oficiais e de estudos, nacionais e internacionais.

Protocolo: 145 Início e Fim: Mês/Ano: 11/2009 - 9/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ADRIANA XAVIER DE AVELAR
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O DIAGNÓSTICO DIFERENCIAL ENTRE DISFAGIA OROFARÍNGELA E DOENÇA DO REFLUXO GASTROESOFÁGICO É COMPLEXO E REQUER CONHECIMENTO ESPECIALIZADO. ESTUDOS RECENTES TENTAM DEMONSTRAR OS SINAIS/SINTOMAS QUE DIFERENCIAM ESSAS DUAS PATOLOGIAS, TANTO DA ÁREA MÉDICA QUANTO DA FONOAUDIOLÓGICA. APESAR DESSE CONHECIMENTO SER DESIGNADO AOS PROFISSIONAIS DA SAÚDE, OPTOU-SE POR FAVORECER A PRÁTICA DESSE PROCESSO DIAGNÓSTICO PARA ACADÊMICO, QUE AINDA NÃO POSSUI O OLHAR CLÍNICO TÃO REFINADO, E ASSIM, TENTAR MAPEAR AS PRINCIPAIS DIFICULDADES DIAGNÓSTICAS, ALÉM DE APRIMORAR O CONHECIMENTO DO ALUNO.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2005 - 12/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SHEILA CRISTINA DA SILVA DIAS
Professor(es): FLAVIA YURI SHIMIZU

Resumo:
COM O INÍCIO DO CLIMATÉRIO E MENOPAUSA, O SISTEMA ENDOCRINOLÓGICO FEMININO SOFRE UMA SÉRIE DE MUDANÇAS, ACARRETANDO ALTERAÇÕES DA FUNÇÃO HORMONAL, UMA VEZ QUE OS OVÁRIOS DIMINUEM A PRODUÇÃO DOS HORMÔNIOS ESTRÓGENO E PROGESTERONA. EM ALGUMAS MULHERES OBSERVAM-SE ALTERAÇÕES DE DIVERSOS ÓRGÃOS DO CORPO HUMANO, GERANDO SINTOMAS E SINAIS FÍSICOS, PSÍQUICOS E EMOCIONAIS. A AVALIAÇÃO OTONEUROLÓGICA, INCLUINDO PROCEDIMENTOS DA FUNÇÃO AUDITIVA E VESTIBULAR, É UM MÉTODO DE FÁCIL REALIZAÇÃO E EFICAZ PARA O TOPODIAGNÓSTICO, DAS ALTERAÇÕES DO SISTEMA AUDITIVO E VESTIBULAR AUXILIANDO NA CONDUTA MÉDICA.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2005 - 12/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Professor(es): GISELA NUNES GEA
ELIZABETH MOREIRA DE MELO

Resumo:
RESUMO Os tratoristas estão diariamente expostos ao ruído ocupacional, tendo como agente causador o motor do veículo. Além disso, podem estar expostos aos agrotóxicos utilizados na pulverização das lavouras. Ambos os agentes podem ser causadores de perdas auditivas. Como são trabalhadores do campo, muitas vezes não recebem as orientações necessárias de cuidados à saúde, tais como o uso dos equipamentos de proteção individual. Os protetores auriculares são equipamentos necessários para a prevenção contra danos auditivos. A literatura e a legislação referem à Perda Auditiva Induzida pelo Ruído (PAIR), com característica de lesão auditiva simétrica, ou seja, muito semelhantes em ambas as orelhas expostas. Estudos recentes e a nossa experiência clínica, no entanto, têm nos permitido a observação de déficits auditivos ocupacionais gerados por ruído como assimétricos nos trabalhadores expostos com maior freqüência em apenas um dos lados, a saber: tratoristas que dirigem olhando para trás, voltando uma das orelhas para o motor do maquinário, motoristas de ônibus e caminhão, alguns marceneiros, entre outros possíveis. A literatura e principalmente a legislação trabalhista não se encontram atualizadas nesse sentido de acordo com nossa compilação de informações e novamente experiência clínica e pericial. O presente estudo terá por objetivo caracterizar o perfil audiológico dos trabalhadores motoristas de tratores agrícolas, expostos a ruídos ocupacionais e agentes agrotóxicos, avaliados em um Ambulatório de Audiologia Clínica do interior de São Paulo, bem como promover o Programa de Conservação Auditiva. O perfil audiológico será caracterizado por meio da avaliação audiológica tonal em freqüências convencionais de 250 a 8000 Hz (Hertz), altas freqüências (9.000 a 16.000 Hz), audiometria vocal e pesquisa das emissões otoacústicas por estímulos transientes e produto de distorção. A fim de verificar a integridade da orelha média e das vias auditivas será realizada a Imitanciometria, mediante medida de complacência estática, timpanometria e pesquisa do reflexo estapediano. A população da pesquisa compreenderá em vinte (20) indivíduos, motoristas de tratores agrícolas, do sexo masculino e se encontrarmos, também do sexo feminino, com faixa etária entre 20 e 50 anos.

Protocolo: 105 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2009 - 4/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MARY DAIANA PIERINI TORRES
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA
PATRICIA ARRUDA DE SOUZA ALCARAS

Resumo:
O SISTEMA ESTOMATOGNÁTICO TEM SIDO ALVO DOS NOSSOS ESTUDOS NO QUE DIZ RESPEITO AO DESENVOLVIMENTO E PREVENÇAO DAS ESTRUTURAS BUCAIS. ESTE SISTEMA NOS MOSTRA CLARAMENTE A RAZÃO DO TRABALHO CONJUNTO ENTRE A ODONTOLOGIA E A FONOAUDIOLOGIA, POIS FAZEM PARTE DELE DOIS GRUPOS DISTINTOS DE ESTRUTURAS BUCAIS: AS ESTÁTICAS OU PASSIVAS 9ARCO OESTEODENTÁRIOSMAXILA E MANDÍBULA) E AS ESTRUTURAS DINÂMICAS OU ATIVAS (UNIDADES NEUROMUSCULARES) E QUE EQUILIBRADOS E CONTROLADOS PELO SISTEMA NERVOSO CENTRAL SERÃO RESPONSÁVEIS PELO FUNCIONAMENTO HARMÔNICO DA FACE. O REFERIDO SISTEMA É UM CONJUNTO DE PARTES COORDENADAS ENTRE SI E A BUSCA DO EQUILÍBRIO É CONSTANTE NO DESENVOLVIMENTO NATURAL DO MESMO. AS PRINCIPAIS FUNÇÕES REALIZADAS SÃO SUGAR, MASTIGAR, DEGLUTIR E FALAR E ALGUNS AUTORES INCLUEM, AINDA, A RESPIRAÇÃO. PARA QUE ESTAS FUNÇÕES OCORRAM ADEQUADAMENTE É NECESSÁRIO QUE AS PARTES QUE O COMPÕE ESTEJAM SAUDÁVEIS, TANTO EM RELAÇÃO Á FORMA COMO EM RELAÇÃO A FUNCIONALIDADE, OBJETO DE ENFOQUE DA FONOAUDIOLOGIA. UM DOS PRINCIPAIS PROBLEMAS ENCONTRADOS, LEVANDO ÁS ALTERAÇÕES DAS FUNLÇÕES BUCAIS É A AUSÊNCIA DE ELEMENTOS DENTÁRIOS OU O MAL POSICIONAMENTO DOS MESMOS ENTRE SI, ASPECTOS TRATADOS PELOS ORTODONTISTAS. NESTES CASOS, TODAS AS FUNÇÕES BUCAIS REALIZADAS APRESENTARÃO ALTERAÇÕES DE MAIOR OU MENOR GRAU, OU PASSARÃO A ACONTECER DE FORMA ADAPTADA. A RESPIRAÇÃO BUCAL, SEGUNDO ANGLE É A MAIS POTENTE E CONSTANTE DAS VARIADAS CAUSAS DA MALOCLUSÃO, CAUSANDO DESENVOLVIMENTO ASSIMÉTRICOS DOS MÚSCULOS, COMO DOS OSSOS DO NARIZ, MAXILA E MANDÍBULA, E UMA DESORGANIZAÇÃO DAS FUNÇOES EXERCIDAS PELOS LABIOS, BOCHECHAS E LÍNGUA. OS EFEITOS DA RESPIRAÇÃO BUCAL SÃO SEMPRE MANIFESTADOS NA FACE. CABE AO OTORRINOLARINGOLOGISTA O DIAGNÓSTICO DA CAUSA DE DOENÇAS OBSTRUTIVAS DO NARIZ QUE LEVAM A RESPIRAÇÃO BUCAL.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2005 - 12/2005 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): MELCA CAVALCANTE VASCONCELOS
Professor(es): CLEIDE GUEDES SORIANO

Resumo:
O sistema vestibular é uma das ferramentas mais importantes do sistema nervoso do controle postural, exercendo funções ao mesmo tempo sensoriais e motoras. Na função de sistema sensorial, fornece ao sistema nervoso central (SNC) informações sobre a posição e o movimento da cabeça e a direção da gravidade. A presente pesquisa tem por objetivo estudar a relação existente entre as funções do sistema vestíbulo coclear (audição e equilíbrio) com as do sistema visual em portadores de deficiência visual, a fim de embasar a proposição de atividades terapêuticas posteriores. O termo deficiência visual refere-se a uma situação irreversível de diminuição da resposta visual. A deficiência visual é classificada, de acordo com o DSM IV, em dois tipos: cegueira e baixa visão. Além das questões diretamente relacionadas à visão, deve-se considerar a existência de uma interação muito próxima entre visão e desenvolvimento, de forma que a diminuição das capacidades visuais implica uma série de comprometimentos em outras áreas, como a motora. Os estímulos sonoros são uma das principais fontes de contato com o ambiente. A audição é um sentido de extrema importância para a pessoa cega, uma vez que através da localização e discriminação dos sons ela seleciona pistas e pontos de referência que irão facilitar a sua orientação e mobilidade. O equilíbrio postural refere-se ao alinhamento dos segmentos articulares necessários para manter o centro de gravidade dentro dos limites máximos da estabilidade. Serão avaliados, a audição periférica, o equilíbrio estático e o equilíbrio dinâmico de vinte (20) sujeitos deficientes visuais, na faixa etária de 18 a 40 anos de idade, do sexo masculino e do feminino, escolhidos aleatoriamente, na Associação Filantrópica de Proteção aos Cegos Escola Faradei Bôscoli, com autorização dos responsáveis do local para contato com os sujeitos. O protocolo de avaliação fonoaudiológica compreenderá de Anamnese; Inspeção do Meato Acústico Externo; Audiometria Tonal Liminar Convencional e de Altas Freqüências; Logoaudiometria; Imitanciometria; Pesquisa de Nistagmo de Posição e Vectoeletronistagmografia Digital. As informações obtidas serão analisadas mediante comparação com os padrões de normalidade estabelecidos mundialmente para cada exame.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2008 - 12/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JESSICA BOZETTE MAZINI
Professor(es): ROBSON QUINTILIO
MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
A alfabetização consiste no aprendizado do alfabeto e de sua utilização como código de comunicação. De um modo mais abrangente, a alfabetização é definida como um processo no qual o indivíduo constrói a gramática e em suas variações. Esse processo não se resume apenas na aquisição dessas habilidades mecânicas (codificação e decodificação) do ato de ler, mas na capacidade de interpretar, compreender, criticar, resignificar e produzir conhecimento. Segundo a abordagem construtivista, para ter sentido, a alfabetização deve ocorrer num processo interativo, sempre permeada pelo contexto da criança, a realidade em que vive. Deve-se trabalhar com histórias e com intervenções das próprias crianças e que no momento da emissão gráfica, podem aglutinar, inserir, omitir letras, palavras, desde que façam algum sentido para elas. Para seus idealizadores, os erros fazem parte do aprendizado, as crianças formulam hipóteses, cometem erros que, na verdade, demonstram a construção da escrita, e que com o passar do tempo vão diminuindo e as crianças começam a se preocupar com outros aspectos da escrita, como a ortografia. Em virtude de a abordagem construtivista ser adotada pela maioria das escolas e pelo grande número de alunos com dificuldades de aprendizagem encontrado na clínica fonoaudiológica, o presente estudo pretende observar as fases de alfabetização de crianças do 1º ano do Ensino Fundamental, segundo a abordagem construtivista, verificar os níveis de alfabetização em escolas pública e privada do município de Presidente Prudente e comparar as fases em que se encontram.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2008 - 9/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ANA CAROLINA OLIVEIRA LIMA
Professor(es): MARIA SALETE VACELI QUINTILIO
MEIRE APARECIDA JUDAI BARRETTO

Resumo:
O sopro cardíaco se resume em ruídos anormais, ouvidos à ausculta cardíaca, representando o turbilhonamento do sangue ao passar geralmente por uma válvula ou defeito congênito. Dentre as características descritivas do sopro, a relação com a respiração merece maior destaque, pois os sopros apresentam relações significativas com estruturas relacionadas à respiração, principalmente, com tronco e artéria pulmonar. A respiração é algo extremamente importante para a comunicação oral do ser humano. É ela a responsável pela emissão da voz, junto ás estruturas do trato vocal. O controle respiratório, é favorável na manutenção e até interfere nas características vocais. O conjunto de características de determinada voz é denominado qualidade vocal. A qualidade vocal refere-se ao processo de identificar o tipo de voz utilizado pelo indivíduo e está relacionado com a seleção de ajustes motores empregados, tanto em nível de pregas vocais e laringe, quanto em nível do sistema de ressonância. Além de carregar elementos de outras duas dimensões, psicológica e sócio-educacional. Desta forma, características vocais relacionadas aos aspectos emocionais também podem se manifestar em situações como esta (sopro), pois, desordens vocais pode ser resultado de repressão de emoções negativas, e, além disso, emoções e tensões podem gerar perda de voz. O uso inadequado da voz, seja por abuso vocal ou falta de conhecimento de certos cuidados básicos da voz, pode desencadear algumas doenças na laringe, como por exemplo: edemas, fendas, nódulos, pólipos. Esse abuso vocal, e cuidados básicos com a voz, estão muitas vezes relacionados ao padrão de respiração. Portanto, em função da importância de novos horizontes para pesquisas na área da fonoaudiologia, da grande existência na prática clínica de alterações vocais em indivíduos adultos com sopro no coração e escassez de outros estudos relacionados ao assunto, este estudo objetiva verificar o perfil vocal de indivíduos com o sopro no coração. O presente estudo será realizado com adultos na faixa etária de 20 a 50 anos, sem histórico de cirurgias no trato vocal, portadores de sopro no coração, mediante realização de avaliação vocal básica.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2008 - 9/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): RAFAELI HIGA SCARMAGNANI
Professor(es): ROSELAINE PALHARES ALVES

Resumo:
A gagueira como um distúrbio complexo é definida como uma alteração da fluência, caracterizada por interrupções anormais do fluxo da fala, perda de controle, ocorrendo de modo involuntário. Seus sintomas são: repetições de palavras ou sílabas, pausas ou prolongamentos de sons, inclusão de sons atípicos ou palavras que não fazem parte da fala, manutenção anormal de uma postura tanto facial, labial, mento, fronte, fechamentos dos olhos ou desviar os olhos do interlocutor. Estudos recentes comprovam que a gagueira não é apenas uma alteração genética, mas que está juntamente relacionada com outras alterações, sendo uma delas a Desordem do Processamento Auditivo Central (D.P.A.C.). Assim sendo, estes indivíduos apresentam dificuldades na detecção do som, localização, discriminação, reconhecimento e compreensão, baixo desenvolvimento escolar, dificuldade de memória em ouvir sons em ambientes ruidosos, gerando assim um conflito na produção da fala desse sujeito, acarretando em bloqueios, repetições e truncamentos em sua fala. O presente estudo busca verificar a presença do D.P.A.C. através da realização da triagem do processamento auditivo com sons instrumentais e verbais em 25 pacientes com faixa etária entre 05 a 30 anos de idade, 19 do sexo masculino e 06 do sexo feminino, atendidos em uma clinica escola de Fonoaudiologia do interior do Estado de São Paulo no ano de 2009, o que possibilitará a inclusão de procedimentos terapêuticos para o D.P.A.C nas terapias de gagueira visando o controle mais rápido da fluência destes pacientes..

Protocolo: 110 Início e Fim: Mês/Ano: 10/2009 - 4/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): JOSSIE AKEMI MORIKI
Professor(es): SANDRA SILVA LUSTOSA DEARO

Resumo:
O presente trabalho propõe avaliar se há diferença do ritmo da sucção de bebês a termo que nasceram de parto normal ou de cesariana, para que assim encontre mais uma vantagem para o parto ser normal. Será coletado dado referente à mãe e ao bebê e logo após realizado a avaliação da sucção antecedendo 10 minutos o horário da alimentação. A pesquisadora que estará de mãos enluvadas e com o dedo mindinho umidificado com leite materno iniciará com a avaliação da presença do reflexo gag (abertura de boca) ao tocar os cantos da boca. Em seguida, fará a avaliação não-nutritiva gustativa, sendo essas avaliações de extrema importância, uma vez que, nos primeiros meses de vida, a sucção propicia o suprimento das necessidades nutricionais e o desenvolvimento do sistema sensoriomotor oral. Ao final da coleta de dados, será realizada análise estatística, os resultados encontrados durante as avaliações serão enviados e, se aceitos, publicados em revistas indexadas das áreas afins.

Protocolo: 77 Início e Fim: Mês/Ano: 8/2009 - 2/2010 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): TAMIRES MAYUMI ARACHIRO
Professor(es): FLAVIA YURI SHIMIZU

Resumo:
Dentre todos os tipos de distúrbios intrínsecos do sono, têm-se a Síndrome da Apnéia/Hipopnéia Obstrutiva do Sono (SAHSO). A Apnéia se define como a interrupção ou parada do fluxo aéreo (respiração) pela boca e/ou nariz, com uma duração superior a 10 segundos. A Hipopnéia é um episódio de diminuição do fluxo aéreo pela boca e/ou nariz com uma duração superior a 10 segundos seguida da dessaturação da oxihemoglobina e/ou despertar transitório. A presença de um Índice de Apnéia/ Hipopnéia (IAH) superior a 5-10 episódios por hora é considerado anormal ou patológico. O presente estudo tem como objetivo verificar, por meio de anamnese e avaliação clínica fonoaudiológica, quais as alterações fonoaudiológicas os pacientes com a SAHSO apresentam. Serão avaliados 30 indivíduos, de ambos os sexos, com a faixa etária entre 40 e 70 anos, etnia indiferente e com o índice de massa corpórea entre sobrepeso e obesidade mórbida. Além disso, serão coletados dados como peso, altura e resultados de exames de polissonografia. Após a coleta de dados será feito um estudo estatístico e estes serão enviados para possíveis publicações em artigos e periódicos de áreas afim.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 2/2008 - 12/2008 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ALINE GUSMAN MATRICARDI
Professor(es): FLAVIA YURI SHIMIZU

Resumo:
As fissuras palatais são malformações anatômicas que ocorrem em torno da 4ª a 12ª semana de vida intra-uterina. Ocorrem quando há abertura direta entre o palato e a base do nariz, por falta ou deficiência de fusão dos processos maxilares, nasal médio e dos processos palatinos, devido à interação de fatores genéticos e ambientais. O nascimento de uma criança com fissura palatina provoca significativas alterações psicológicas aos pais: Sentimento de culpa, ansiedade, super proteção e rejeição que afetarão o desenvolvimento emocional da criança, caso não se faça o tratamento adequado. Pela complexidade do quadro das fissuras labiopalatais e palatais, no qual as principais estruturas craniofaciais envolvidas nas funções vitais, como respiração, deglutição, mastigação e fala, estão comprometidas, há sempre a necessidade de uma abordagem interdisciplinar.O presente estudo tem como objetivo identificar a quantidade de casos ocorridos entre o período de 1998 a 2008 e os fatores que podem influenciar no desenvolvimento destas anomalias. A coleta de dados relevantes à pesquisa como dados pessoais, história gestacional, história familiar, condições de nascimento, tipos de fissuras e associações com outras doenças ou síndromes, será feita através de análise de prontuários registrados no maior hospital de Presidente Prudente, região do extremo oeste do Estado de São Paulo. Após a coleta de dados segue-se um estudo estatístico para possíveis publicações futuras.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2008 - 5/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): ELIANA SERIBELI
Professor(es): MARIA INES MEIRA DOLFINI
ROSELAINE PALHARES ALVES

Resumo:
As fissuras labiopalatais estão entre as malformações craniofaciais mais freqüentes no mundo e se caracterizam por abertura ou descontinuidade das estruturas do lábio e palato (unilateral ou bilateral). Podem estar associadas a fatores genéticos ou ambientais ou a uma combinação de ambos. Geralmente as famílias destes pacientes sofrem um grande impacto inicial devido à acentuada deformidade estética causada. Devido às alterações funcionais encontradas nestes pacientes (voz, fala, audição, nutrição, cognição) é de extrema importância a intervenção precoce e eficaz de todos os profissionais de saúde envolvidos. O presente estudo tem como objetivo identificar a quantidade de casos ocorridos entre o período de 1998 a 2008 e os fatores que podem influenciar no desenvolvimento destas anomalias. A coleta de dados relevantes à pesquisa como dados pessoais, história gestacional, história familiar, condições de nascimento, tipos de fissuras e associações com outras doenças ou síndromes será feita através de análise de prontuários registrados no maior hospital de Presidente Prudente, região do extremo oeste do Estado de S. Paulo. Após a coleta de dados segue-se um estudo estatístico para possíveis publicações futuras.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2008 - 5/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): SANDRA MARIA DIVIESO MALDONADO LIMA
Professor(es): MARIA INES MEIRA DOLFINI
ROSELAINE PALHARES ALVES

Resumo:
O ATRASO NA AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM CONSTITUI UM DOS MAIORES PROBLEMAS ENCONTRADO PELOS PAIS DE CRIANÇAS COM SÍNDROME DE DOWN. A ASSISTÊNCIA DE UM ESPECIALISTA DA FALA, O FONOAUDIÓLOGO, É MUITO IMPORTANTE PARA AUXILIAR A FAMÍLIA A VERIFICAR AS DIFICULDADES DA CRIANÇA E ORIENTAR QUANTO A MELHOR FORMA DE ESTIMULÁ-LA EM CASA. O PRESENTE ESTUDO TEVE COMO OBJETIVO VERIFICAR EFETIVAMENTE A CONTRIBUIÇÃO DA INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA NO TRATAMENTO DDE CRINÇAS COM SÍNDROME DE DOWN, POR MEIO DA ANÁLISE DE PRONTUÁRIOS DE QUATRO PACIENTES QUE ESTÃO OU ESTIVERAM EM TRATAMENTO FONOAUDIOLÓGICO NA CLÍNICA ESCOLA DE FONOAUDIOLOGIA DA UNOESTE. COMO INSTRUMENTO DE COLETA DE DADOS FOI UTILIZADO O PROTOCOLO DE OBSERVAÇÃO COMPORTAMENTAL PROPOSTO POR ZORZI E HAGE (2004), SENDO QUE A OBSERVAÇÃO SE DEU DE FORMA INDIRETA ATRAVÉS DA ANÁLISE DE PRONTUÁRIOS, UMA VEZ QUE OS MESMOS APRESENTAM A DESCRIÇÃO DE SEUS COMPORTAMENTOS AO INICIAREM A TERAPIA E SUA EVOLUÇÃO DURANTE A INTERVENÇÃO FONOAUDIOLÓGICA. OS DADOS FORAM COLETADOS NO RELATÓRIO DA PRIMEIRA E DA ÚLTIMA AVALIAÇÃO. VERIFICAMOS QUE OS PACIENTES ANALISADOS EVOLUÍRAM SIGNIFICATIVAMENTE NA AQUISIÇÃO DA LINGUAGEM ORAL, COMPREENSÃO VERBAL E ASPECTOS COGNITIVOS. OBSERVAMOS TAMBÉM QUE OS SUJEITOS QUE TEM UM CONVÍVIO FAMILIAR ESTÁVEL E ESTA, SEGUINDO AS ORIENTAÇÕES REALIZADAS PELO PROFISSIONAL FONOAUDIÓLOGO, APRESENTARAM MAIOR EVOLUÇÃO NO SEU TRATAMENTO

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 4/2008 - 9/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica

Resumo:
O leite materno é fundamental para a saúde das crianças nos seis primeiros meses de vida, por ser um alimento completo, composto por elementos responsáveis pela hidratação, nutrição e proteção contra infecções, proporcionando um desenvolvimento infantil adequado. Desde o período gestacional a mulher deve ser incentivada a acreditar na importância da amamentação natural, além de preparar-se física e emocionalmente para tal atividade. As situações que contra indicam a amamentação materna são raras e algumas se restringem a mulheres com câncer de mama que foram tratadas ou que estão em tratamento quimioterápico, as soro positivas para Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (SIDA/AIDS) que precisam ter seu leite pasteurizado, mulheres com distúrbios da consciência ou comportamento grave. Quanto ao bebê pode haver intercorrências que contra indiquem a amamentação como alterações da consciência da criança de qualquer natureza, baixo peso com imaturidade para a sucção ou deglutição, e fenda palatina que impossibilite o ato de sugar. O presente estudo tem por objetivo observar trinta mães e respectivos recém nascidos a fim de identificar quais são os tipos de dificuldades na pega do seio materno de bebês nascidos a termo. Pretende-se, também, informar e conscientizar as mães sobre a importância do aleitamento materno e os benefícios que pode trazer tanto pra ela quanto para seu bebê, por meio de orientações focais, quando identificada a dificuldade na amamentação.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 7/2008 - 9/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): LUCIANA SOARES DE AZEVEDO
Professor(es): MARIA CRISTINA ALVES CORAZZA

Resumo:
De acordo com a literatura, crianças que não brincam podem desenvolver atraso de linguagem. A pesquisa será realizada em uma Unidade de Educação Infantil (creche), para avaliação e estimulação da linguagem oral, de acordo com o desenvolvimento da linguagem infantil segundo a literatura, posteriormente após coleta de dados à transcrição fonêmica. A partir deste estudo será possível verificar a estimulação dada nas crianças na Unidade de Educação Infantil (creche), a fim de elaborar orientação para as auxiliares de educação infantil (A D I) e monitoras, buscando maximizar a linguagem oral das crianças atendidas. O presente estudo tem por objetivo analisar o nível da linguagem infantil das crianças que permanecem em Unidade de Educação Infantil.

Protocolo: 0 Início e Fim: Mês/Ano: 1/2008 - 7/2009 Programa: PEIC - Programa Especial de Iniciação Científica
Aluno(s): FERNANDA APARECIDA PEREIRA