CAMPUS:
Telefone 0800 771 5533
Você está em: Notícias

Dia da Água é comemorado com ações no Balneário da Amizade

Escolares são envolvidos em atividades práticas e orientados em preservar e produzir para as novas gerações


email facebook twitter whatsapp

Foto: João Paulo Barbosa Dia da Água é comemorado com ações no Balneário da Amizade
Soltura de alevinos da espécie curimba nas águas do Balneário da Amizade


Em comemoração ao Dia Mundial da Água, lembrado nesta sexta-feira (22), a administração pública e a iniciativa privada se juntaram para envolver escolares em ações ambientais no Balneário da Amizade, na divisa de Presidente Prudente e Álvares Machado. Na manhã de hoje foi realizado o plantio de 30 árvores e a soltura de mil alevinos.
 
As mudas foram produzidas pela Secretaria Municipal do Meio Ambiente (Semea) e os peixes doados pela Fosferpet, empresa industrial de alimentos para os mercados pet food e aquacultura. As ações foram desenvolvidas por professores e acadêmicos dos cursos de bacharelado e de licenciatura em Ciências Biológicas da Unoeste.
 
Também estiveram envolvidos 50 alunos de escolas pública e privada, com idades entre 7 e 10 anos. “Faixa etária apropriada para criar a conscientização ecológica”, conforme o docente da universidade, Rondinelle Simões. As ações no balneário foram desenvolvidas como modelo a ser aplicado em qualquer outro manancial.
 
As crianças receberam orientações sobre a proteção do manejo do solo do professor Dr. Willian Takata que mostrou como se evitar o assoreamento. O plantio das árvores esteve inserido na recuperação da mata ciliar na bacia do Córrego do Limoeiro, onde água se encontra represada desde o final da década de 70.
 
O represamento foi feito pela Sabesp, visando a captação, o tratamento e o abastecimento de água potável que chegou a representar 30% do consumo da cidade. Represa utilizada em situações emergenciais, desde que entrou em funcionamento o sistema de captação de água do Rio do Peixe em 1998.
 
Com a utilização de reagentes químicos foi possível mostrar às crianças o impacto causado pelo assoreamento. Técnica idêntica, aplicada pela professora Dra. Ana Paula Oliveira que mostrou a agressão que o lixo causa na água. A soltura de alevinos foi a última de quatro ações e todos os alunos (em grupos) passaram por todas elas. 
 
Como parte do procedimento constante de repovoamento dos peixes, realizado pela prefeitura municipal e parceiros, dessa vez a soltura foi de curimba, espécie que se alimenta de matéria orgânica e, por isso, funciona como filtro de limpeza da água, conforme explica Simões.
 
“As crianças ficaram encantadas, até por estarem mais acostumadas aos recursos tecnológicos. Então, todas as ações de contato com a natureza são muito diferente para elas”, comentou a professora de matemática do Colégio Cristo Rei, Vanessa Alessandra Conzalez Vieira Bresqui.
 
Pelo projeto social Talento Olímpico participaram das ações alunos da Escola Municipal Dr. Pedro Furquim. O fundador do projeto, o medalhista olímpico Claudinei Quirino esteve presente e disse que as questões ambientais fazem parte dessa iniciativa que atende 900 crianças e recebe o apoio da Caixa Econômica Federal.
 
O acadêmico de Ciências Biológicas, Bruno Felipe Picoli de Oliveira atendeu o chamamento dos professores. Pediu permissão do seu patrão para se ausentar do emprego e participar da atividade em alusão ao Dia da Água, por entender ser algo importante na sua formação de biólogo e pelo seu gosto por zoologia, manejo e preservação silvestre.

Foto: João Paulo Barbosa Orientação sobre a qualidade da água e do teste de pH
Orientação sobre a qualidade da água e do teste de pH

Visita
Na quarta-feira (20), também em razão do Dia Mundial da Água, alunos do Colégio JP foram recebidos na Unoeste pelo Núcleo de Apoio ao Estudante (NAE) e pela professora Leila Maria Couto Esturaro do curso de Engenharia Ambiental e Sanitária da universidade. Os alunos do ensino fundamental conheceram a usina solar fotovoltaica, recém-inaugurada pela universidade no campus II; os Laboratórios de Química, Hidráulica e Elétrica; o Viveiro de Mudas; a Chácara da Zootecnia e o Acervo Educacional de Ciências Naturais (Aecin).

GALERIA DE FOTOS

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem