CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Batata-doce é tema de webinar e ação extensiva da Unoeste

Evento aberto à comunidade é voltado à contribuição do desenvolvimento sustentável e tecnológico da cultura


email facebook twitter whatsapp

Foto: João Paulo Barbosa Batata-doce é tema de webinar e ação extensiva da Unoeste
Mostra de produção dos vários experimentos científicos de batata-doce feito na Unoeste

Mais duas atividades na Unoeste estão voltadas para contribuir com uma das principais culturas de Presidente Prudente e região, geradora de emprego e renda. A primeira delas é o 1º Webinar do Ceofop – Batata-doce: Manejo, Oportunidades e Divulgação de Resultados de Pesquisa, realizado pelo Centro de Estudos em Olericultura e Fruticultura do Oeste Paulista. A segunda será o projeto de extensão Fortalece Batata-Doce, a ser lançado durante o evento que é aberto à comunidade, gratuitamente.

Conforme o professor pesquisador Dr. André Ricardo Zeist, o seminário através da web é idealizado por membros do Ceofop, que tem como integrantes professores e alunos dos cursos de graduação e pós-graduação em Agronomia. “Surgiu a partir das atividades que esses cursos já realizam com a cultura da batata-doce”, comenta. Ele diz ainda que o evento está voltado para a divulgação de resultados de pesquisa e tem a intenção de contribuir para o desenvolvimento sustentável e tecnológico da batata-doce, visando melhor atender as necessidades dos produtores e exigências dos consumidores. 

Os temas abordados serão melhoramento genético, manejo visando altas produtividades, múltiplos usos da batata-doce e rastreabilidade. A programação será aberta às 19h no dia 11 de agosto, próxima terça-feira, com o tema “Batata-doce: manejo visando altas produtividades”, que será desenvolvido pelo palestrante engenheiro agrônomo André Longen, consultor da Interagro SP - Consultoria e Assessoria em Produção Agropecuária. Às 20h, o engenheiro agrônomo Felipe Rodrigues da Silva, do Caminho do Produtor, discorrerá sobre “Rastreabilidade vegetal na cultura da datata-doce”.

No primeiro dia, atuará como debatedor o engenheiro agrônomo José Corte, produtor de batata-doce e presidente da Associação dos Produtores de Batata-doce de Presidente Prudente e região (Aprobarpp).  No dia 12, na quata-feira, o engenheiro agrônomo Dr. Juliano Tadeu Vilela de Resende, vinculado à Universidade de Londrina (UEL), falará sobre “Múltiplos usos da batata-doce: alimentação humana, animal e produção de álcool”. Às 20h, Zeist, também engenheiro agrônomo, abordará o tema “Melhoramento genético da batata-doce e divulgação de resultados”.

Na condição de debatedor, na segunda noite haverá a participação especial do engenheiro agrônomo Marco Aurélio Fernandes, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, diretor da Coordenadoria de Desenvolvimento Rural Sustentável (CDRS) Regional de Presidente Prudente. 

Adicionalmente na última noite ocorrerá o Lançamento do projeto/ação Fortalece Batata-Doce, pelo Lucas Feitosa, que é Acadêmico e Diretor-Presidente da Agripec Jr. da Agronomia Unoeste. Iniciativa que envolve a Pró-Reitoria de Extensão e Ação Comunitária (Proext), professores dos cursos de graduação e pós-graduação em Agronomia e a Agripec Jr. “A intenção é contribuir para o fortalecimento da batata-doce por meio de ações de extensão que visarão assessorar produtores, contribuindo para o aumento da produtividade e fortalecimento da cultura”, diz Zeist.

Com o patrocínio do Sicoob Paulista é feita a aquisição de batata-doce a ser doada para 30 entidades assistenciais que já são atendidas em ações sociais da Unoeste. Essa ação que faz parte do webinar foi idealizada junto  Ação idealizada pela Pró-reitoria de Extensão e Ação Comunitária, Pró-reitoria de Pesquisa e Pós-graduação e cursos de graduação e pós-Graduação em Agronomia.

O público que já está sendo alcançado com as inscrições em andamento é formado por agricultores, consultores, professores e estudantes, dentre outros. “Estamos com mais de 140 inscritos, público de todas as regiões do Brasil (mais de 10 estados) e inclusive uma inscrição da Bolívia”, conta Ziest. 

O evento será realizado por meio da plataforma Google Meet de forma gratuita e com emissão de certificado. Inscrições pelo site da Unoeste.

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem