CAMPUS:
0800 771 5533
Aprender Unoeste
Você está em: Notícias

Volta às aulas da Unoeste é marcada por emoção e expectativa

Drive-thru com muitas surpresas possibilitou o reencontro entre alunos e professores; mais de 500 carros passaram pelo campus 2 na noite dessa segunda (10)


email facebook twitter whatsapp

Foto: Ector Gervasoni Volta às aulas da Unoeste é marcada por emoção e expectativa
Em duas horas de atividade, mais de mil estudantes passaram pelo drive-thru da Unoeste

A segunda-feira (10) foi de muita emoção para estudantes, professores e funcionários da Unoeste. A retomada das atividades acadêmicas, mesmo no atual cenário de pandemia, foi marcada por uma grande recepção totalmente adaptada ao momento. Mesmo que, por enquanto, mantendo o modelo de aulas remotas em meios digitais, os acadêmicos tiveram a oportunidade de reencontrar os docentes através de um drive-thru no campus 2 da universidade. Em duas horas de ação, mais de 500 carros e mais de mil estudantes passaram pelo local para matar a saudade. 

Alunos da graduação, dos cursos técnicos e pós-graduação (presencial ou a distância) participaram da atividade, que aconteceu das 18h às 20h. Dentro de seus veículos seguiram um trajeto cheio de surpresas e receberam brindes especiais. Com a entrada pelo portão 1, os participantes foram direcionados até a saída, no portão 2, respeitando todos os protocolos de biossegurança determinados pelo Serviço Especializado de Engenharia de Segurança e de Medicina do Trabalho (Sesmt) e Departamento de Segurança da Unoeste. 

Emerson Silva tem 29 anos e está cursando o 4º termo de Administração. De acordo com ele, a saudade foi a maior motivação para participar do drive-thru na noite de segunda. “Muitos meses afastado do campus, meu coração estava pedindo desesperadamente para voltar, nem que seja esse pouquinho para respirar o ar da universidade, que me faz tão bem!”, diz. 

Já a estudante do 6º termo da licenciatura em Música Fernanda Wizenfard de Lima, 20, revela que poder rever os professores foi a maior satisfação para ela. “Estou no último termo, então as expectativas para essa reta final é ainda maior. Um dos grandes diferenciais da Unoeste, em minha opinião, é o jeito que sou tratada aqui dentro. Rever alguns docentes e funcionários me fez muito bem neste início de semestre”, salienta. 

O professor doutor Fábio Echer, do curso de Agronomia, fez questão de participar do drive-thru, recepcionar os acadêmicos e reencontrar alguns colegas docentes. De acordo com ele, a ação é importante para que os alunos tenham consciência de que todos da graduação estão presentes, mesmo remotamente. “Queremos mostrar apoio e que eles entendam que estamos à disposição deles. Está todo mundo muito saudoso de ver rostos conhecidos e ter esse contato, mesmo que de dentro dos carros, respeitando os protocolos de segurança. A ação serviu para confortar os corações, não só dos alunos, mas também dos professores”, comenta. 

Foto: Ector Gervasoni Os primeiros 200 participantes receberam cupcakes do curso de Gastronomia
Os primeiros 200 participantes receberam cupcakes do curso de Gastronomia

Doação de Alimentos

Durante a ação, os participantes puderam ainda doar alimentos (arroz e feijão carioquinha) para o programa Refeição Anjos da Unoeste, que tem oferecido refeições todos os domingos para entidades assistenciais de Presidente Prudente. A campanha segue até o dia 28 de agosto e as doações podem ser entregues nos pontos de coleta localizados no bloco A, no campus 1, e na portaria do campus 2. 

Calouros

O início das aulas dos calouros da Medicina em Presidente Prudente também foi marcado por muitas expectativas. Rafaela Cristina Cacciatore tem 35 anos e foi a primeira colocada no vestibular. Ela conta que já é advogada, mas seguir a carreira médica sempre foi seu maior sonho. “Depois de trabalhar com o direito por seis anos, há cinco abri uma clínica de aleitamento materno e isso me deixou cada vez mais próxima da área da saúde. Estou muito feliz de realizar esse sonho na Unoeste e quero ser pediatra para unir minhas duas paixões. Inclusive já até me inscrevi para a liga de Pediatria, estou muito animada para começar essa trajetória!”, revela. 

Ana Maria Caccioatore, mãe da caloura, fez questão de homenagear a filha e mostrar o orgulho e apoio da família neste momento de mudanças para Rafaela. “Estamos enfrentando um momento difícil em nosso cotidiano e eu gostaria que minha filha tirasse o lado positivo de tudo isso e que ela desse importância aos pequenos detalhes. Os desafios são importantes para tirarmos boas lições e agora começa um novo ciclo na vida dela. Meu desejo é que ela aproveite ao máximo essa nova fase e esse novo desafio junto à Unoeste”, finaliza. 

Notícia disponibilizada pela Assessoria de Imprensa da Unoeste

Alguma mensagem